Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Por favor, não perca mais tempo, inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobres todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Aguardo.
Feliz Natal e Ano novo!

[GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Sonic and Shadow em Ter 14 Nov 2017 - 2:14



-Bem... Não é muito importante, mas eu fiquei pensando em uma coisa desde que li a sua carta senhor Primeiro Ministro.

-Eu entendo a ideia de motivar a juventude atual a ir atrás de uma carreira e de usarem o talento que possuem. É realmente uma ideia que me identifico e que compartilho o interesse em executá-la.

-Mas me preocupa um pouco você chamar tantos alunos da Hope's Peak Academy para esse único objetivo que, embora me pareça importante, não me parece exigir tanto pessoal. Principalmente considerando que temos pessoas com MUITO talento aqui, como o sr. Fernando. A situação é grave ao ponto de precisar de tantas pessoas assim?
avatar
Sonic and Shadow
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 20/10/2011

Frase pessoal : Ilário


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Rush em Ter 14 Nov 2017 - 15:10



— Eu gostaria de saber porque caralhos eu fui chamada, for fucking real. 






— Formada como SHfodendoSL Survivor, não creio que meu talento se encaixe como matéria para alunos da Hope's Peak. Os fucking alunos que ingressarão à porra da instituição serão chamados pelo seu Super High School Level como antigamente, estou fodendo certa? Então não sei se esses pirralhos geniais irão precisar saber sobreviver sob circunstâncias perigosas, já que a maioria vai ser criado a base de leite com pera. 






— Além de, bem, pesquisando a respeito aos outros alunos, fora o meu talento indesejado... Tem a porra de um criador de galos e uma garçonete. Além dessa tal de Justice que é instrutora de auto-defesa, nos tempos de paz atual, qual é o caralho da necessidade em ensinarmos esses alunos?






— Gostaria que a vosso fodendo primeiro ministro fosse franco em relação ao seus objetivos. Caso realmente queira os nossos serviços, pagando bem, farei o meu melhor em ensinar esses pivetes, mas tenha noção que se for a porra do caso, eu não farei com total confiança no senhor, mesmo que o senhor seja o fodão do primeiro ministro de um país de primeiro mundo. Sorry. 






— Só quero que você saiba que eu fui chamada pelo meu talento, e o seu senhor sabe muito bem que meu talento pode ser útil muito mais além que ensinar fedelhos numa escolinha chique. Como esses palermas talentosos e causadores de inveja serão meus colegas de trabalho, queria que a vossa santidade em forma de samurai fosse honesto com suas verdadeiras intenções. 






— Só uma outra coisa...


Esperanza dava uma olhada de soslaio acompanhado de um sorriso provocador para Henry. 







— Onde é o interruptor da luz?
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Mori em Ter 14 Nov 2017 - 16:02



- Ensinar crianças? Eu não sei se seria a pessoa mais adequada pro trabalho.
avatar
Mori
Admin
Admin

Feminino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/07/2014

Frase pessoal : Ante up!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Gehrman em Ter 14 Nov 2017 - 20:24



São várias perguntas, de fato; e nenhuma delas surpreende o Primeiro Ministro. Mantendo uma postura ereta e firme e percebendo que a reunião encontrava-se ali mesmo, ele começa respondendo Patrice.


- Patrice, sua habilidade em empilhar coisas é algo extremamente mal explorado pela sociedade e por você. Seu conhecimento de física é desumano; até comparado com o meu filho, que já estudou tudo de, bem tudo. Recentemente vem sido percebida a necessidade de investir no mercado da engenharia física, mas convenhamos; aprender física quando você é um aluno do ensino médio é extremamente chato. Eu não estou dando para vocês apenas chances de ensinarem para as crianças os valores de assuntos relacionados a suas responsabilidades; estou dando a vocês chances de serem ainda mais reconhecidos e atuarem em áreas que necessitam de maior desenvolvimento em tecnologia. Como todos nós presentes sabemos, vivemos em uma época de paz; pessoas como vocês são vistas como heróis, e não alvos de inveja, algo comprovado em pesquisas recentes nas escolas do mundo. Assim, as crianças e adolescentes certamente prestarão atenção em tudo que vocês disserem, não sendo apenas uma boa experiência para elas, mas também para vocês.

Ele ouve a questão de Inanna, parecendo entender o motivo de sua confusão.


- Sacerdotisa de Ishtar; é o que você é. Você certamente possui um conhecimento forte da história do mundo que fez com que sua religião chegasse a esse nível tão grande que é hoje. As crianças da atualidade, pelo menos aqui no Japão, não são muito motivadas a ainda a aprender sobre outras religiões além das mais frequentemente praticadas pelo povo japonês. Então, com seu conhecimento em história e religião... Você pode ensinar para os jovens bastante coisa, disto eu tenho certeza.

A questão de Kasumi é ouvida atentamente pelo Primeiro Ministro.


- Isso não tem nada ver com a situação de ensino estar grave ou não. Desde alguns anos após o fim do Evento Absolutamente Desesperador de Shelly Caddick, o ensino no Japão encontra-se em estado crescente de melhoria; o único problema é a necessidade de chamar a atenção de alunos. Tristemente, com o período de paz que nos encontramos, o mundo inteiro vem ficado extremamente relaxado; e isso inclui os adolescentes, que mal pensam em seus futuros até fazerem uma escolha de última hora no terceiro ano. É para isso que eu preciso de vocês, ex-alunos da Hope's Peak, para me ajudarem neste evento para que consigam provar aos alunos que o esforço e a descoberta de algo interessante para se estudar no futuro pode, de fato, causar a diferença. Admito que é uma quantidade acima do normal de pessoas convidadas, mas meu maior desejo é o desenvolvimento de adolescentes para que eles consigam decidir exatamente o que querem para a vida pacífica que eles já têm consiga tornar-se perfeita. É por isso que estou pagando caro para que vocês façam este serviço comigo; não estarão só ajudando as crianças, como estarão ajudando a visibilidade da popularidade de vocês mesmos. É como eu disse para o Patrice agora a pouco.

Por fim, ele ouve o discurso extremamente rude de Astrid.


- Você está pensando fundo demais sobre isso, garota. O motivo de eu ter chamado a Melhor Sobrevivente para cá é simplesmente por causa de seu conhecimento atlético sobrenatural. Jovens adoram pessoas fortes e destemidas que nem você, então certamente você pode mostrar para elas o seu histórico breve de sobrevivência e mostrar como a educação física pode ser importante. Afinal, mesmo estando em um período de esperança… O desespero existe. Ah, e o interruptor está na sala de controle lá no 20º andar. Mas claro, temos guardas lá, então acho improvável que alguém vá lá agora só para desligar a luz. - Pode-se perceber que isso foi como se fosse uma ameaça para Astrid caso ela tente fazer algo engraçado.


- Sr. Primeiro Ministro. Tenho uma pergunta. - Musashi afirma em voz alta. Kyousuke faz um leve gesto com a cabeça, permitindo-a que fale. - Seu objetivo é nobre. A juventude realmente anda despreocupada com seus futuros, e nosso ensino certamente pode fazer a diferença. Porém, sabendo que você precisa tanto de nossa ajuda… - A mulher levanta-se lentamente, e quem estava do lado dela acabou se surpreendendo com o que viu.





- Você poderia explicar, então, o motivo de eu ter achado uma granada colada com fita logo abaixo do seu lugar na mesa? - Musashi revela o pequeno objeto, que mesmo tendo uma aparência tão pequena, pode carregar com si várias mortes. - Sabe, aproveitei que fui a primeira a chegar e dei uma vistoria pela sala. Não é muito comum o próprio Primeiro Ministro guardar uma bomba com ele de forma tão descarada, não acha?

A mesa toda encontra-se em silêncio, exceto Henry, que estava gargalhando.


- Ah, bem que eu estava suspeitando! - Ele exclama, atraindo a atenção de todos para si. - Haviam 12 guardas no portão, diferente do normal de 4. A recepção, que fica no primeiro andar, estava vazia, mesmo hoje sendo um dia útil. São pequenos fatores, mas que para alguém que verifica as notícias relacionadas ao famoso Prédio Comercial Watanagashi com frequência, fazem uma enorme diferença! E ainda mais, além disso, além disso…! Você coloca uma granada embaixo da mesa! COM FITA DUREX! E AINDA É DESCOBERTO FACILMENTE PELA PSICÓLOGA! E VOCʅ E VOCÊ SE CHAMA DE MELHOR SAMURAI! SAMURAIS NÃO ERAM PARA SER INTELIGENTES?! - Ninguém podia parar a risada histérica de Henry. Parece que ele não se diverte assim faz tempo.


- E além do mais… O formulário. - Fernando não parecia muito abalado com tudo que estava acontecendo na sua frente; será que é essa a posição que ele toma quando encontra-se contra algo que vai contra sua ideologia paz? - O formulário que o senhor enviou para nós, duas semanas atrás. Que tipo de formulário pede personalidade, história, pergunta se você mataria alguém, pergunta qual crime você cometeu, e pergunta continuamente sobre quem é você? Exijo respostas imediatamente, Sr. Kyosuke.

 
- …? - Kyousuke já aceitou que estava encurralado, mas… Algo o interessou de fato. - Primeiramente, eu admito. Isto era uma emboscada para atrair vocês até aqui e assassiná-los, mas antes que eu faça qualquer coisa para me defender… Poderiam me explicar o que Fernando acabou de falar sobre o formulário? - Ele parecia legitimamente confuso, parecendo voltar à atitude de bom velhinho.


Tudo está acontecendo tão rápido, não acham?

Pois é... O mundo nunca para.

E ele nunca irá parar.
avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Unit DAN em Ter 14 Nov 2017 - 20:37


-Cara eu... Eu sou só um criador de galos de combate se você queria tanto acabar comigo você poderia ter mandado a policia atrás de mim ou algo do tipo, isso tudo parece bastante exagerado... Eu nem sou perigoso, exceto o fato de eu conhecer os metodos de "Bloody Brazilian Knife Fighting" Mas eu não tenho uma faca agora e nem estou no Brasil.
Rodriguez fica pensativo.



-Mas que merda, é claro que isso era uma armação! Eu deveria ter ficado no sitio cuidando das galinhas.




avatar
Unit DAN
Membro
Membro

Masculino Idade : 77
Alerta Alerta :
1 / 101 / 10

Data de inscrição : 07/01/2015

Frase pessoal : Poderia ser pior


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por ana em Ter 14 Nov 2017 - 20:52

[...] encara o primeiro ministro por alguns momentos e engole seco. De repente, ele sai correndo da sua cadeira e vai até a porta, a tentando abrir.
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Gehrman em Ter 14 Nov 2017 - 21:00

A porta estava trancada, obviamente. O que é que nosso amiguinho quietinho esperava, sabendo que o Primeiro Ministro tinha acabado de dizer que pretendia assassiná-los? Tsc, tsc, tsc...

O Primeiro Ministro ainda olha para vocês, esperando uma resposta a respeito do formulário.

________________

cfox: APARECI NO MULTISHOW


avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Rush em Ter 14 Nov 2017 - 21:19





Sentia o ar gelado preencher os pulmões, junto a uma eletricidade adrenalínica se manifestar por todo âmago. A notícia da granada havia desperto sua curiosidade, mas ouvir claramente que o primeiro ministro planejava comer um homicídio-suicídio naquele momento havia lhe pego de surpresa. 

Ela era tão importante, ou melhor, todos aqueles ex-alunos eram tão importantes a ponto de valer a vida do primeiro ministro?

Esperanza respirava fundo pelas narinas, enchendo seus pulmões de ar mais uma vez. Aos poucos tentava desacelerar o coração que pulsava fortemente em seu peito. Sabia que estava ansiosa no momento, mas era uma boa atriz. Não demonstrava nenhum tipo de nervosismo, por mais que ele estivesse presente. 

Poder controlar a sua adrenalina para melhor foco era um de seus dons.





— Você... Quer dizer sobre o formulário idio... 







— "Controle o vocabulário, Esperanza." — Pensou. — "Ele ainda está com duas katanas, então maneira no vocabulário. Mesmo com uma instrutora de autodefesa ao seu lado e o homem não parecer perigoso, Esperanza nunca faz apostas maiores do que pode pagar."







— O formulário. Sim. Ele fez algumas perguntas peculiares sobre se mataríamos alguém sob, entre apas, uma situação complicada, qual crime cometemos e por fim, quem somos. Quer dizer que você não tinha noção dessas três perguntas? 
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Okiru em Ter 14 Nov 2017 - 22:12

- Explodir todos nós com uma granada... é?

Blank se levanta com um ar diferente, apertando sua bolsa cheia de pelucias contra o peito, ela derrepente parecia muito mais séria do que antes.

- Não. Não posso deixar que destrua meus amigos, e se eu morrer ninguém mais vai poder reviver eles, então... não.

A garota encara o ministro com um olhar perfurante, parecendo estar bastante tensa mas tentando se controlar.

- E esse formulário? Eu posso fazer uma copia quase exata do meu se tiver um papel e uma caneta. Com a cooperação dos outros talvez eu até consiga copiar os deles também, mas em troca ao menos prometa que não vai encostar "neles".

Blank diz apontando para propria bolsa.
avatar
Okiru
Membro
Membro

Feminino Idade : 12
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/11/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Gehrman em Ter 14 Nov 2017 - 22:20


- Se vocês matariam alguém em uma situação complicada...? Quem vocês são...? Qual... Crime...?! Isso... Como que... - O Primeiro Ministro acaricia sua barba, extremamente pensativo. O que será que ele está pensando? Ele ouve as palavras de Blank atentamente, e sabendo que ela era uma estudante da Hope's Peak, ele sabe que o impossível é possível para ela. - Tome. - Sabendo que ela estava bem ao seu lado, o Primeiro Ministro pega um guardanapo e uma caneta do bolso, e as passa para Blank. - Por favor.

________________

cfox: APARECI NO MULTISHOW


avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Okiru em Ter 14 Nov 2017 - 22:32

Blank tira algo que parecia uma jujuba do bolso e a engole. De olhos fechados, a garota parecia se concentrar em algo, tentando invocar exatamente, ou da forma mais aproximada possivel, a memoria que ela tinha de quando escreveu o formulário.

- Oof!

Blank respira fundo e ainda de olhos fechados, começa a escrever no guardanapo, igual Chico Chavier fazendo aquelas leituras malucas com os espiritos lá, mas ainda mais metal do que aquilo, muito mais. Depois de um pouco mais de um minuto, ela já tinha praticamente imprimido a página de seu formulário no guardanapo, com foto e tudo. A pagina mostrava as seguintes informações.

Spoiler:



Nome: Laurent Blanc, ou só "".

Habilidade: Eu nasci com a habilidade de usar e tranferir magia através de objetos inanimados e alimentos. Não particularmente util em comparação a medicina atual, mas pode definitivamente ser uma boa forma de entreterimento.

Idade: 27

Personalidade: Que pergunta imbecil. Aposto que ninguem respondeu essa merda direito, se foder rapaz.

História: Meus pais são franceses, mas eu nasci no japão mesmo. Sou a mais velha numa familia de 5 irmãos, nenhum de nós nunca se deu muito bem mas nada que tornasse a nossa coexistencia impossivel. Todos eles também herdaram algum tipo de dom não necessariamente ligado a magia, de fato, nenhum de nós tem um talento igual, e graças a isso nossos interesses sempre foram bem diferentes.

Fora da minha casa minha vida foi relativamente ordinária, a unica época que foi levemente fora do comum foi o tempo que eu estudava na Hope's Peak mas mesmo isso não foi tão fora do comum assim, realmente não existe nada de valor a se dizer sobre a minha vida publica.

Em casa meu principal hobbie quando criança era brincar com meus brinquedos animados por magia, oque mais tarde se desenvolveu em algo que me dava muito tempo livre, já que eu conseguia usa-los para completar minhas tarefas e coisas do tipo. Além disso, temperar certos alimentos com magia me permitia memorizar um tanto de informação de uma vez sem nenhum esforço, então realmente não é como se eu tivesse ido tão bem nessa escola aí por nada. Eu considerei a possiblidade de mencionar sobre o uso relacionado a entreterimento da minha magia ligada a culinária mas... creio que seja desnecessário.

Comida Favorita: Crianças... e biscoitos recheados.

Você Mataria Açguém Caso Colcoaddo EM Uma SITUAÇ O “COMPLICADA”: Tá.

QUAL O CRIME QUE VOCÊ COMETEU: Usar alinhar a esquerda ao invés de centralizar.

Quem é VocE QUEM È VOCÊEEÊE@?:
avatar
Okiru
Membro
Membro

Feminino Idade : 12
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/11/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Gehrman em Qua 15 Nov 2017 - 2:42


- Hm… - Kyosuke pega o guardanapo, e como previsto, Blank havia feito uma cópia exata do documento que ela enviou. Ao ler o formulário, ele fica boquiaberto. - Vocês todos responderam isso, correto? Sem exceção? - Todos respondem que sim. Novamente, Kyosuke encontra-se pensativo e lê o que está escrito no guardanapo várias vezes. Ele não parecia chegar a uma conclusão sobre o que tinha acontecido. Mesmo que ele fosse um Samurai, era difícil ele não expressar emoções fortes como a que ele sentia naquele momento. Após uns longos segundos sem emitir um som, ele finalmente levanta a voz, como se estivesse falando sozinho. - Então… Quem será que




Antes que o Primeiro Ministro pudesse terminar suas palavras, ele é forçadamente parado pelo altíssimo som emitido pelo sinal de emergência. Todos entraram quase instantaneamente em estado de alerta, com medo do que pudesse acontecer. O Primeiro Ministro também encontrava-se aflito; quem diabos teria ativado o alarme de emergência?! Na verdade… O que diabos teria acontecido para a ativação do alarme ser necessário?! De qualquer forma, aquela não era uma situação natural. Eram necessárias tomar medidas necessárias, e rápido.


- RÁPIDO! TODOS SAINDO PELA PORTA, AGORA! - Fernando, percebendo a aflição de Kyosuke e sendo o líder que ele é, instantaneamente pede para que todos corram o mais rápido que puderem para a porta de entrada do prédio para que consigam fugir. Mesmo que ele fosse um dos alvos de assassinato do Primeiro Ministro, ele não o ignorou; ele havia percebido que aquilo com certeza não fazia parte do plano dele. - VOCÊ TAMBÉM, SR. KYOSUKE! SAIA DE SUA CADEIRA E VENHA CONOSCO!

Após ouvirem as palavras de Fernando, todos olham para trás e percebem a mesma coisa: Kyosuke fazia o máximo de força possível para sair da cadeira, mas ele simplesmente não conseguia. O motivo? Cintos. Cintos extremamente resistentes que prendiam sua boca e seus braços na cadeira, de uma forma que não o permitissem de pegar uma de suas duas katanas. Não era possível saber de onde os cintos vieram; de trás da cadeira ou da parede diretamente atrás da cadeira em que o Primeiro Ministro encontrava-se eram as duas maiores explicações, mas nada concreto. A única coisa que se sabia era que o Primeiro Ministro estava preso e impossibilitado de sair de sua cadeira.

Kyosuke. Ele balançava-se sem parar. Ele queria fugir. Ele não queria estar lá. Mesmo que sua boca estivesse sido presa pelo cinto em sua boca, isso não o impediu de gritar até que seus pulmões estourassem. Kyosuke chorava; ele queria viver.

De qualquer forma, sabendo que ele queria os assassinar, algumas pessoas não ligavam para o estado em que Kyosuke se encontrava, e tentaram abrir a porta de fora… Ainda estava trancada, como o nosso querido homem sem nome havia percebido antes quando tentou fugir.


- Mas que merda é essa?! - Musashi, expressando sua irritação com o fechamento quase instantâneo de seu punho, tenta analisar a situação. - A gente é convidado para uma reunião, o presidente planejou nos assassinar e acaba não dando certo, o alarme apita do nada e as portas estão trancadas! Isso não faz o mínimo de sentido! ISSO NÃO FAZ O MÍNIMO DE SENTIDO! - Musashi ignora completamente o fato de que usava um salto alto fino e chutava a porta com o máximo de força possível, desejando sair logo daquele lugar que ela já considerava amaldiçoado. - EU QUERO SAIR DAQUI, CARALHO! - Logo após que ela termina suas palavras, o alarme subitamente para de funcionar; como se tivesse sido forçadamente desligado por algum procedimento.




- Upupupupupu...

Vocês ouvem um riso… um riso diferenciado, digamos. O som parecia vir daquela sala, mas ninguém conseguia exatamente identificar de onde que ele estava sendo emitido. Porém, após o som ser emitido, Kyosuke gritava mais ainda; era como se seus pulmões não tivessem limites para serem completamente destruídos.

Aquele era um grito causado por uma única emoção. Algo que seres humanos acham engraçado, mas quando o sentem, o percebem o quão é terrível o sentimento.

Qual era o nome?

Medo? Sim… Era medo.

- Vocês estão vendo este homem, correto? O tal famosão, o tal de Primeiro Ministro? O que é que ele faz mesmo? Eu só conheço Presidentes, eu nem sei o que Primeiros Ministros fazem direito! Upupupupu! - A voz parecia a de um daqueles mascotes de desenhos animados, daqueles bem irritantes e que os desenvolvedores dos programas jamais irão se livrar pois eles dão muito merchandising para crianças pequenas. A voz apreciava a confusão dos ouvintes, e ela continuava a falar. - Se formos nos basear em um processo dedutivo, podemos logicamente identificar que, a diferença de um Presidente e de um Primeiro Ministro é de… Bah! Nada disso importa! Afinal, sabem o que uma pessoa importante, quando morta, pode fazer quando ela morre? - Todos aguardavam uma resposta, mesmo que não quisessem a ouvir. - Bem… Eu também não sei, acho que ela só morre mesmo. Ei, que tal nós entendermos melhor sobre isso agora, juntos como uma família?

Kyosuke gritava ainda mais. Lágrimas, suor, saliva e urina escorriam de seu corpo como se fossem um conjunto de cachoeiras. Ninguém mais entendia o que estava acontecendo, e com motivo; antes o Primeiro Ministro queria assassiná-los e agora ele vai ser assassinado?! Era uma reviravolta extrema até demais!

- Kyosuke Inoue! - A voz diz o nome inteiro do Primeiro Ministro. - Você é um velhinho muito, mas muito mau! Tsc, tsc, tsc. Logo você, o tão amado Primeiro Ministro do Japão, decide atrair estas pessoas de bem para assassiná-las! E você tem algum motivo para isso? Hmmmm? - A voz zombava do estado em que Kyosuke encontrava-se; ela nitidamente sabia que ele estava amarrado e que obter uma resposta seria impossível. - Não tá podendo responder? Ah, que pena… Eu queria tanto que você explicasse para eles o motivo de ter os chamado para esse assassinato disfarçado de reunião! De qualquer forma, não temos tempo a perder! Por tentativa de assassinato, sr. Kyosuke Inoue...

O projetor estendido no teto da sala desce lentamente até uma posição favorável, e ela logo vira-se para a esquerda. Certamente controlada por algo que não estava na sala, ela se liga sozinha, mostrando uma imagem estranha e perturbante de um urso monocromático.



- Você terá uma execução especial, feita somente para você! Aproveite!


Execução 0

Pula-Pirata Melhorado: Salta-Samurai




Todos se perguntam; uma execução? No meio da sala de reunião? O Primeiro Ministro… Estava prestes a ser executado?! Vocês todos não acreditam no que estava acontecendo. O heroísmo de Fernando quis tomar conta, mas a súbita aparição de uma parede de vidro fortíssimo em sua frente evitou com que ele pudesse seguir em frente para salvar Kyosuke.

Kyosuke esforçava-se mais e mais ainda para conseguir remover os cintos de seu corpo; certamente seu treinamento como Samurai durante décadas valeram a pena, não é? Seria bom usar esse treinamento para esse momento… Não é?

A mesa de reunião subitamente começava a mexer-se sozinha, causando leves tremores na sala. De dentro da mesa, era possível ver um estoque gigantesco de katanas, todas de diferentes formas, protegidas por uma camada de vidro. Um braço mecânico surge da parte de trás do objeto, parecendo ter sido feito especialmente para segurar aquelas espadas.

O braço toma um tempo para alisar o vidro… Sentindo sua grossura, espessura… Levemente...

SLAM! Sem pensar duas vezes, o mecanismo golpeia o vidro, e agarra a primeira espada que vê. Ela é enfiada diretamente em seu braço direito; Kyosuke mal consegue ter tempo para gritar de dor, e outra katana já é enfiada em sua coxa direita. O braço mecânico não o deixava relaxar. Era sempre um procedimento de agarra-espada-enfia-espada. Braço esquerdo. Coxa esquerda. Mão direita. Mão esquerda. Joelho esquerdo. Joelho direito. Panturrilha esquerda. Panturrilha direita. Pé esquerdo. Pé direito. O braço sempre tomava cuidado para não acertar nenhuma parte vital; afinal, uma execução é uma execução. Sofrimento acima de tudo.

Só faltava uma coisa para acabar com o trabalho. O coração. Kyosuke não possuía mais forças para gritar, chorar, salivar ou urinar; mas ele estava vivo, e sofrendo. “Por favor, me deixe morrer”, ele provavelmente pensava. O braço parecia estar tomando seu tempo; para finalizar aquele jogo de pula-pirata distorcido, para que ele ganhe o jogo, era necessário fazer o samurai sofrer antes de matá-lo. O braço mecânico agarra a espada que parece mais atraente, e estava pronta para dar a estocada final…

Subitamente, o teto se abre. Um objeto metálico extremamente pesado e grande surge de além do teto, e se colide com ambos Kyosuke e sua mesa. No final… O jogador e o samurai morreram. Será que é assim mesmo no pula-pirata? Eu nem lembro mais…!

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Vocês vêem o que tinha acabado de acontecer.

Kyosuke Inoue, Primeiro Ministro do Japão e Melhor Samurai, estava morto.

Mas o que é isso?

Mas o que é isso?

Você está entendendo?
avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Musketeer em Qua 15 Nov 2017 - 5:20


Patrice tentava se manter calmo diante daquilo, normalmente ele tenta esboçar um sorriso em momentos de tensão pra esconder como ele se sentia de verdade, mas nem isso ele conseguia fazer nesse instante.



– Então... Ele ia tentar nos matar, e então acabou morto. Era tudo um plano daquele urso pra matar o Primeiro Ministro, só ele né? Ou vamos acabar mortos também? Ninguém encontrou uma saída? – Ele estava bem mais desesperado do que parecia. – Eu não quero morrer aqui.
avatar
Musketeer
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/09/2016


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Sonic and Shadow em Qua 15 Nov 2017 - 6:21


-Mas o que é...

-MAS O QUE CARALHO ACABOU DE ACONTECER AQUI?

-O Primeiro Ministro... Ele...

Eu tentava organizar os acontecimentos até então na minha mente. Todos recebemos uma carta que nos chamava até aqui a pedido, supostamente, do Primeiro Ministro. Após algum tempo conversando ele finalmente chegou e iniciou a reunião, onde foi revelado uma bem provável intenção dele de matar todos ali na sala. Quando falamos da carta de convite ele ficou espantado com o que estava escrito e, antes de poder falar qualquer coisa, os alarmes começaram a tocar. E então... E então... Isso. Eu não... Isso é um sonho? Pesadelo? ...

Não, eu tenho certeza que é a realidade. Não tem como não ser. Mas no fundo eu ainda quero que não seja.
avatar
Sonic and Shadow
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 20/10/2011

Frase pessoal : Ilário


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por mrdeid em Qua 15 Nov 2017 - 13:23


- Cara.

Mutatsu não sabia exatamente o que dizer. Mal havia absorvido o fato do Primeiro Ministro ter tentado o matar - estava planejando modos de bater no velho pra descontar a raiva. Apenas ficou encarando, incrédulo, a cena.
Era curioso, pois ao mesmo tempo que era doentio, parecia exuberante?
Eu não sei. Esse velho queria me matar.
Eu preciso sair daqui.
EXUBERANTE. Sair. SAIR.
avatar
mrdeid
Membro
Membro

Masculino Idade : 71
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 01/01/2013

Frase pessoal : ata


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Unit DAN em Qua 15 Nov 2017 - 13:49



-...Eh... Ah...
Antes de que possa começar a falar, Rodriguez começa a rir.


-Hhehehehehehehe... Hhahahhaha, É ISSO QUE VOCÊ GANHA POR TENTAR ME MATAR! Seu bosta!




avatar
Unit DAN
Membro
Membro

Masculino Idade : 77
Alerta Alerta :
1 / 101 / 10

Data de inscrição : 07/01/2015

Frase pessoal : Poderia ser pior


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Rush em Qua 15 Nov 2017 - 13:50




— Oh, shit. Maldito sexto sentido. 



Esperanza não estava tão nervosa como queria estar, muito menos comovida pela morte do primeiro ministro. Já havia presenciado mortes tão cruéis quanto, cometidas pelo quartel. Porém, não pode negar que sentiu pena do velho. As katanas perfuraram pontos não-vitais, apenas para prolongar o seu sofrimento. Quando a última katana perfurou seu coração, o velho já não sentia mais nada para temer a morte, a não ser a própria vontade de morrer. 

Ela ficava atenta, se afastando das cadeiras e das paredes. Olhava velozmente para os lados, vendo a situação do cômodo em que estavam presentes. "Mas de onde diabos saiu aqueles cintos?" — Pensou, imaginando que aquilo poderia se tratar de uma tecnologia avançada para algum tipo de golpe contra o país... Ou melhor, em toda a filosofia de paz, julgando pela forma em que o velho morreu. 


Esperança se aproximava de Henry, ficando de lado com o mesmo, assim, cada um dos dois teriam o privilégio do campo de visão. No entanto, a mulher não confiava no detetive. Nada impediria ele de ser um agende duplo. Claro que, vendo a situação atual, ela teria que se aproximar do homem. Mantendo-o próximo, além de ser um possível aliado, também iria mantê-lo sob vigilância de qualquer atividade suspeita. 







— Minha intuição nunca falha. Mas é cedo demais para se gabar ou fazer piadinhas de humor negro. 







— Você pensa rápido, então me responda essas perguntas, onde podemos achar armas aqui? Podemos tentar abrir espaço para usar a granada e explodir as paredes, caso o raio de explosão não nos atinja, ou podemos usar tentar usar essa própria parede de vidro como proteção, se encontrarmos uma maneira de passar por ela.





— Outra coisa, você acha que o filho do primeiro ministro pode ter sido o autor dessa fatalidade? 








— Eu não quero ser pessimista, mas isso é apenas a merda batendo no ventilador. A chuva de merda que vem em seguida vai ser muito pior, então fique atento.




Após a conversa com Henry que ainda será atualizada, Esperanza vai até o homem que se desesperou mais cedo em tentar abrir as portas trancadas. O tal de ufologista que foi o único que Esperanza nao conseguiu descobrir o nome. Ele a intrigava por ser tão desconhecido, embora seu desespero em sair dali fosse pouco atraente.






— Yo, está bem, cabeça de alien?





— Gostaria de te dar uma dica. Sabe essa caneta no bolso de seu jaleco? É melhor tomar cuidado para não perdê-la. Ela será importante em alguma situação para a nossa fuga. 





— De qualquer maneira, é um prazer conhecê-lo, mesmo que nessa infeliz circunstância. Pode me chamar de Astrid. Creio que você não irá revelar seu nome tão facilmente, então como quer que eu o chame? Oh, foda-se. O chamarei de cabeça de alien mesmo. Soa poético.
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por ana em Qua 15 Nov 2017 - 14:11

[...] para de tentar abrir a porta e se vira para Astrid. - Cabeça de alien? Isso não é muito... Ok! Tanto faz!


- SHSL sobrevivente... Você sabe um jeito da gente sair desse lugar? eu não quero morrer aqui
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Rush em Qua 15 Nov 2017 - 14:25




— A gente pode derrubar a parede com a granada que o primeiro ministro ia usar pra explodir a gente. 







— De qualquer forma, aquela voz irritante vai voltar a falar com a gente, tenho certeza. Matar o primeiro ministro, por mais importante que ele seja, foi só uma mensagem para a gente dizendo que os tempos de paz já acabaram. 





— Mas não creio que ele vai nos matar. Porra, o filho da puta conseguiu colocar várias katanas na sala e um fucking braço mecânico, se ele quisesse nos matar for real, ele teria jogado outra granada, não é mesmo?





— Então não se desespere, cabeça de alien. Vai dar tudo certo. A gente vai sair daqui ileso, mas mesmo assim, não abaixe a guarda, okay?
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Okiru em Qua 15 Nov 2017 - 14:37

- Isso... isso não é bom. Temos que sair daqui logo, antes que eles causem algum dano irreparavel em "vocês".

- Vo... você...!

Blank diz apontando na direção de Kasumi.

- A mulher de preto... ela... ela disse que... você era boa em... em ajudar pessoas... ce-certo?

- Ugh... Oof!

- Então... então ajude e-ela. A... a achar um jeito de sair daqui...!...? De preferencia um que não nos exploda... no processo.

Diz Blank, que parecia extremamente nervosa enquanto apontava na direção de Astrid.
avatar
Okiru
Membro
Membro

Feminino Idade : 12
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/11/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Lordhdio em Qua 15 Nov 2017 - 23:14



-Me desculpem, eu tinha dormido enquanto o primeiro ministro estava falando. O que eu per...




-Ok, o primeiro ministro ainda está aqui... e ali... e ali... Inesperado, começaram uma anarquia enquanto eu dormia?

avatar
Lordhdio
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/05/2015

Frase pessoal : Isso foi um desejo?


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Sonic and Shadow em Qui 16 Nov 2017 - 1:57


Eu ainda estava um pouco perdida nos meus pensamentos quando uma voz me traz de volta para a realidade. Era a garota dos bichos de pelúcia.


@Okiru escreveu:
- Vo... você...!

- A mulher de preto... ela... ela disse que... você era boa em... em ajudar pessoas... ce-certo?

- Então... então ajude e-ela. A... a achar um jeito de sair daqui...!...? De preferencia um que não nos exploda... no processo.



-Achar um jeito de sair daqui?

A morte do Primeiro Ministro me chocou tanto que eu acabei esquecendo que nós também estamos em perigo aqui. Não existe certeza nenhuma de que estaremos a salvo se conseguirmos sair desse prédio, mas ao menos tentar fazer isso é um primeiro passo. Não posso simplesmente ficar aqui parada esperando algo acontecer ou alguém me salvar. Certamente existem várias pessoas talentosas aqui que poderiam fazer algo quanto a situação de maneira muito melhor que eu mas... se ela me pediu ajuda, eu vou ajudar. Esses momentos são os únicos em que eu consigo fazer algo.



-Certo. - eu passo a mão na cabeça dela. - Pode deixar comigo, vou nos tirar dessa sala sem ninguém acabar explodindo.

Achar um jeito de sair daqui... Bem, existe um bem simples na nossa frente: a porta. Se isso vai realmente nos tirar daqui eu não sei mas é o que tem pra agora. Eu me aproximo dela e começo a examiná-la. Era feita de metal e possuía uma maçaneta comum. Com tempo, calma e algum objeto para auxiliar arrombá-la não me parece impossível mas... não me parece muito funcional agora. Força física tem uma chance de dar certo... e uma chance de não dar. Faz algum tempo, mas não custa tentar.

Tomo uma certa distância e estico meu braço direito. Respiro fundo e avanço rapidamente contra a porta, socando-a com meu punho direito.
avatar
Sonic and Shadow
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 20/10/2011

Frase pessoal : Ilário


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por 3DSFood em Sex 17 Nov 2017 - 14:08


-SANGUE DE JESUS TEM PODER, O QUE FOI ISSO?


-ALGUÉM MATOU O VELHINHO COM OSTEOPOROSE QUE QUERIA MATAR TODOS NÓS.
E ELE TEM UMA RISADA PÉSSIMA.



-QUE COISA HORRÍVEL... EU NUNCA TINHA OUVIDO UMA RISADA ASSIM ANTES.


-P-PAPAI NOEL COSSDRESS, EU NÃO ACHO QUE VOCÊ VAI CONSEGUIR SAIR DAI ASSIM.
avatar
3DSFood
Membro
Membro

Masculino Idade : 17
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/02/2011

Frase pessoal : e eu sei la porra


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Anphony em Sex 17 Nov 2017 - 18:48


--eh?
Sem palavras ou ações para reagir a cena que presenciou, Yuuki fica imóvel ao lado dos outros convidados. Logo que se recupera, pega seu celular para pedir por ajuda.
avatar
Anphony
Membro
Membro

Masculino Idade : 17
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 22/10/2017


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por ana em Sex 17 Nov 2017 - 21:31


[...] observa Kasumi socando a porta.

- Ótima ideia. - Ele soca a porta também.  
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum