Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

[GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Página 12 de 18 Anterior  1 ... 7 ... 11, 12, 13 ... 18  Seguinte

Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por ana em Dom 31 Dez 2017 - 4:29

- Relações humanas são forjadas pelo o ambiente em que elas acontecem. Criar um laço artificial baseado nas condições que poderiam acontecer fora deste é um esforço inútil. Essa relação será descartada quando for oportuno. Estudiosos discutem se as amizades criadas em ambientes perigosos são mais duradouros, porque logo já se cria um laço de confiança entre as duas partes, como essa a que fomos impostos...


- Eu li uma tese sobre isso... P-Posso citar as fontes.

[...] percebe que agora seria uma boa hora de comprovar a teoria através da prática.

- ...


- O que você quer j-jantar? 
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Rush em Dom 31 Dez 2017 - 4:32

Astrid bocejou durante o discurso do Cabeça de Alien. Após escutar a pergunta final, no entanto, ela deu um sorrisinho meigo. 





— Uma costela de porco com asinhas de frango frito com chedder e bacon, uma porção de torresmo e duas garrafas de cachaça. 





— E se tiver um baralho de truco, melhor ainda.




— Sabe jogar truco, cabeça de alien?
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : Agora você não tem mais waifu!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Unit DAN em Dom 31 Dez 2017 - 5:14



-Se você insiste... Espere, eu tenho que me preparar, isso não vai ser bonito.
Rodriguez aproveita que todos estão na sala de jantar volta pra cozinha por um momento, lá ele encontra mais alguns ovos, ele pega apenas um e o engole inteiro sem quebrar a casca ou engasgar, Rodriguez possui a incrível habilidade absolutamente secreta de engolir um ovo inteiro sem problemas.

Rodriguez então volta para a sala de jantar.


-Eu fui no banheiro lavar o rosto e me preparar, desculpe a demora, prestem atenção porque não vai ser bonito e eu não vou fazer outra vez.
Rodriguez então deixa seu corpo completamente tenso, ele começa a soltar grunhidos e tremer, logo logo ele está suando e ficando vermelho.



-EEERHHHHHHHHHHFJGHDFDRDDDDDDDDDDRRRRRRRRRRRRRRRRRRRHHHHHHHHHHHHHHRRRRRRRR
Algo começa a subir da garganta de Rodriguez, como algo direto de um filme do Alien o objeto vai se movendo lenta e dolorosamente, Rodriguez começa a suar mais ainda, seu rosto parece que vai explodir até que... Ele cospe um ovo de sua boca direto em suas mãos, um ovo em perfeito estado exceto por estar bastante babado.


-O milagre da vida!
Rodriguez diz, suado e respirando pesado mas mesmo assim sorrindo orgulhoso.


avatar
Unit DAN
Membro
Membro

Masculino Idade : 78
Alerta Alerta :
9 / 109 / 10

Data de inscrição : 07/01/2015

Frase pessoal : Poderia ser pior


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por ana em Dom 31 Dez 2017 - 5:20

@Rush escreveu:
— Sabe jogar truco, cabeça de alien?

- Obviamente. Jogos de cartas são a minha quinta ou sexta natureza.

... então Rodriguez bota um ovo?

-  Que especie de criptídeo você é? É claro, viver tanto tempo com galos alterou seu DNA, de alguma forma... Talvez os aditivos na ração. 'O homem que bota ovos'... Simplesmente incrível. 

 [...] está impressionado com Rodriguez.
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Musketeer em Dom 31 Dez 2017 - 5:34




Patrice estava parado, espantado. Uma coisa caiu na cabeça dele e ele viu um dos seus companheiros colocar um ovo. Para ele aquilo era apenas alucinação, ele ficou só observando e não falou nada.

avatar
Musketeer
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/09/2016


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Okiru em Dom 31 Dez 2017 - 6:44

Blank não parecia surpresa com o truque do ovo, já que graças a sua percepção impossívelmente aumentada ela tinha conseguido ver através do truque. Mesmo assim ela se aproxima de Rodriguez com um sorriso garrido, como se tivesse algo em mente.

Chegando perto a garota começa a bater balmas... lentamente.

- Muito bem Rodriguez! Eu realmente não gosto de charlatões, mas parece que senhor é realmente a verdadeira coisa, então eu te aplaudo.

- Mas se lembre que esse ovo agora é seu filho! Você não abandonaria seu filho por aí não é mesmo? Lembre-se, você é ambos o pai e a mãe dele! É bastante responsabilidade em!


Blank tira uma peça de tamagoyaki da bolsa, uma de um set diferente do de antes. Ficava claro que esta era parte do segundo set, já que todas as cinco peças ainda estavam ali.

A garota come o tamagoyaki, fazendo com que seus olhos começam a brilhar em vermelho e que uma forte "corrente" passe ao redor dela por um instante. Mesmo alguém sem nenhum conhecimento de magia seria capaz de notar que o poder magico dela tinha sido temporariamente amplificado.

- E olha só... parece que o seu filhinho já vai nascer! -ela ri.

Ela aponta para o ovo, que começa a tremer como se tivesse fosse um vibrador que acabou de ser ligado, não apenas isso mas ele começa a ficar levemente morno com a vibração. Treme, treme, treme, aquece, aquece, aquece e finalmente...


o ovo... choca...?! mas não completamente. Mesmo assim, seja lá oque fosse aquela coisa, ela claramente estava "viva" agora.

- Realmente! O milagre da vida... cuide bem do seu filhote okay? hehehe...

A aura invisivel circulando Blank desaparecia, ao mesmo tempo que seus olhos voltavam ao normal. Até mesmo sua percepção aumentada parecia ter ido embora, apesar de ser mais dificil de dizer.
avatar
Okiru
Membro
Membro

Feminino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/11/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Gehrman em Qua 3 Jan 2018 - 2:15


- Milagre da vida... Milagre da vida... Milagre da vida... - Iori repetia a mesma frase contínuas vezes, demonstrando estar bastante perplexo com o que é que Rodriguez tinha acabado de fazer com o ovo surgindo de sua garganta. - Devo dizer que estou moderadamente desapontado, mesmo estando surpreso. Caso queira ser uma ave de verdade, terá que colocar o ovo usando sua cavidade anal. É conhecimento básico da ciência, afinal; sendo um criador de galinhas, gostaria muito que tentasse executar tal proeza. Também gostaria que Laurent tente o máximo para executar a mesma magia no novo ovo. Finalmente, terei algo novo para pesquisar sobre. - Não havia um pingo de ironia na frase de Iori; ele parecia finalmente estar se interessando em algo relacionado ao ser humano. A partir desse ponto, todo mundo simplesmente decidiu ignorar Iori.


- Oh! - Enquanto isso, Fernando acaba ouvindo a conversa de Vegeta e de Astrid. Educadamente, ele tenta entrar na conversa, e também tenta entrar um pouco na brincadeira de Astrid. - Com licença, você disse "uma costela de porco com asinhas de frango frito com cheddar e bacon, uma porção de torresmo e duas garrafas de cachaça"? Eu posso cozinhar isso facilmente. Eu só preciso ser pago para fazer isso. - Ele olha fixamente para Vegeta; seu olhar sério e justo e magnífico coloca medo instantâneo no homem, ainda mais com as seguintes palavras: - Sendo que é você quem pagará, amigo, exijo duzentos dólares, e isso contando com o serviço do garçom. Que sou eu. - Fernando mantém sua face rígida. Até que...


- Hahaha! Eu estava de brincadeira. Era uma simples piada. - Esse sorriso consegue ser mais assustador que sua expressão séria. - Mas eu juro, posso cozinhar isso facilmente. Quando for hora do jantar, só pedir.



- Ei, ei, ei! Atenção em mim, já que acabaram com todo esse lance de botar ovo! - Monokuma limpa a garganta. - Pois bem! Exijo atenção máxima de todos vocês, pois logo darei pra vocês o melhor presente de Feliz Ano Novo possível para qualquer pessoa!



- Vai deixar a gente sair? Uau, muito obrigada. - A ironia de Musashi, mesmo em uma situação tão insana e surreal como aquela, consegue até aliviar um pouco os nervos das pessoas.





- Não, querida! É algo melhor ainda! Quero que você veja só também, Kirito. Sei fazer algo melhor que você. Vocês receberão... Tchatchararaaaaaaaaam! - Ele abre a boca, e tira uma pistola carregada do fundo de sua garganta. - Uma demonstração de morte! Muito legal, né? - Ao ver a pistola, grande parte dos indivíduos imediatamente se afasta. - Então, todos devem estar se perguntando: como que alguém morre? Simples! Sendo morta!


- Idiota! Isso não é brincadeira! Pare de ficar balançando essa arma pra lá e pra cá! - Musashi, que antes queria dar uma leve brincadeira com a situação, sentia-se nervosa... Monokuma estava apenas brincando com aquele objeto altamente mortífero.



- Oh, eu te entendo, Musashi! Armas são muito, mas muito perigosas! Mas sabe o que também pode ser considerado arma? QUALQUER COISA!


- No final, morte é algo simples que se deve por causa de motivações simples, e que pode ser executada com coisas simples. Esse objetinho em minha mão, por exemplo, é feito principalmente para auto-defesa, ou seja, uma forma chique de dizer "matar"! Então, hoje, nesse lindo ano novo, eu quero dizer que...




"Errado", uma voz ecoa na sala de jantar. Subitamente, alguém surge no meio do grupo. Este homem era ninguém mais, ninguém menos que Albert Einstein! Ah, não, perdão. Era Mutatsu Kihiko, na verdade. Ele começa a executar um discurso que nega tudo que Monokuma falou, mostrando que aquela ideologia apologística a morte era algo que jamais deve ser considerado. Afinal, humanos são heróis! Eles devem ser seus verdadeiros heróis, e não devem colocar um ao outro para se matarem. Com seu conhecimento extremo de bonecos, ele sabe que Monokuma é controlado por um humano; ele sabe que tem um pingo de humanidade sobrando nele. Ele sabe que





- Tá bom, já chega! - Monokuma dá um tiro na cabeça de Mutatsu. Ele descarrega toda a munição da pistola no homem, que mesmo sem vida, ainda sofre. O corpo dele está caído lá, sem vida, sem nada mais a dizer. - Cara, eu ia continuar bem mais com meu discurso, mas do nada vem esse cara e ferra tudo! Que saco! Eu volto depois, fiquem cuidando aí desse corpo que depois eu limpo isso. - Monokuma pula na direção do teto, entra em um buraco, e desaparece.


Todos vocês encontram-se sem reação.

F-Feliz ano novo... Eu acho.


@DEI: Me desculpe caso você quisesse realmente jogar o DR6, mas você não me avisou o motivo de seu sumiço faz um longo período de tempo e infelizmente não poderá continuar caso prossiga com essa inatividade. Novamente, peço desculpas. Caso esteja enfrentando algum problema, por favor, que tudo esteja bem com você. Te amo.

________________

cfox: APARECI NO MULTISHOW


avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Unit DAN em Qua 3 Jan 2018 - 2:21


-Eu não sei o que você queria me demonstrar mas agora não dá mais, você ficou sem munição. Ah e não me chame de Kirito.
Rodriguez não parecia muito chocado com a morte do homem, talvez por sua vida cheia de atividades ilegais e convivência no mundo do crime.
avatar
Unit DAN
Membro
Membro

Masculino Idade : 78
Alerta Alerta :
9 / 109 / 10

Data de inscrição : 07/01/2015

Frase pessoal : Poderia ser pior


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por ana em Qua 3 Jan 2018 - 2:32

[...] sai correndo da sala e tenta escapar do prédio pela recepção.
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Musketeer em Qua 3 Jan 2018 - 3:30




Patrice parecia congelado, mas dava pra ver claramente suas pernas tremendo. O olhar em seu rosto não muda. Dava pra ver o suor descendo de sua testa. Quem estava próximo conseguia ouvir o batimento rápido e forte que o seu coração fazia naquele momento. Em sua face nenhuma reação, mas ele claramente estava abalado com o incidente que aconteceu diante de todos que se quer conseguia falar uma palavra.

avatar
Musketeer
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/09/2016


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Okiru em Qua 3 Jan 2018 - 3:59

- Bicho desnecessário... mas ainda sim...

Blank poe uma das mãos dentro de sua bolsa, acariciando as plushies dentro dela.
avatar
Okiru
Membro
Membro

Feminino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/11/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por KnightOMetal em Qua 3 Jan 2018 - 4:10



— M-mas o que--? – Michael ficou perplexo por algum tempo.



— E-ele não morreu de verdade, morreu?...
avatar
KnightOMetal
Membro
Membro

Masculino Idade : 17
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 07/06/2011

Frase pessoal : Se tivesse poder, mudaria ao mundo ou a si mesmo?


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Sonic and Shadow em Qua 3 Jan 2018 - 6:35


-...

Nada. Eu não conseguia falar nada. Não conseguia gritar. Não conseguia chorar. Não conseguia me desesperar. Apenas... nada.

...

...

...

Eu não esperava por isso. Não tinha como esperar. Não tinha como sentir algo. Ele só... atirou e matou ele. Não teve nada além disso. Foi rápido, repentino e sem nada por trás. Um assassinato vazio. Uma morte vazia.



-... Por quê?
avatar
Sonic and Shadow
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 20/10/2011

Frase pessoal : Ilário


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Junim - kun em Dom 7 Jan 2018 - 5:42

O semblante de Justice se torna sério, contudo ela não está chocada com isso



- Se é para você nos matar aleatoriamente, faz isso de uma vez...
não precisava de um barco voador para isso
avatar
Junim - kun
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 07/09/2014

Frase pessoal : Whatever


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por 3DSFood em Seg 8 Jan 2018 - 2:42


-U-URSINHO...

Albert Einstein estava relativamente perplexa; não tinha sido a primeira vez que ela tinha visto alguém tomando um tiro e sendo executado em sua frente, mas não sabia o que dizer sobre o que tinha acontecido. Repentinamente, ela corta o silêncio.


-POR QUÊ FEZ ISSO COM ELE, URSINHO? MATAR OS OUTROS É ERRADO, S-SABIA?!.
avatar
3DSFood
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/02/2011

Frase pessoal : e eu sei la porra


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Rush em Seg 8 Jan 2018 - 3:04

Astrid estava de bom humor e rindo com o Cabeça de Alien e Fernando até que... O carinha invisível morre após a única oportunidade que teve para se destacar desde o início dessa porra toda. Ela observa o Cabeça de Alien fugindo desesperado, entrementes, as feições alheias se manifestavam em um pavor absoluto com tamanha desgraça. 

Astrid deu um forte soco na mesa e se levantou, apontando o dedo para Monokuma.




— Filho da puta do caralho! Pra que fazer essa porra de apresentação ridiculamente desnecessária, seu merdinha baitola chupador de rola?! Tudo isso é a porra de uma insegurança e prepotência em saber que nós não vamos participar da porra dessa caralha do teu joguinho?!




— Então você vai nos matar aleatoriamente se não seguirmos as regras dessa bosta?! Seu filho da puta!




— Enfia essa pistola no teu cu de pelúcia e arrota bala, cretininho miserável inútil! 




— E não ouse dar mais discursos! Eu iria odiar interrompê-lo e levar bala também. 






— Sua fodendo pelúcia plantígrada bicolor caolha comedora de bosta. 
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : Agora você não tem mais waifu!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Gehrman em Sab 13 Jan 2018 - 23:12


É extremamente notável; o clima havia mudado de mal para pior. Monokuma havia assassinado alguém a tiros, uma pessoa que embora vocês não conheciam, ainda tinham uma certa conexão, pois afinal... Ele estava na mesma situação que vocês, sofrendo o infortuno evento de ter a sua morte gasta apenas por querer retrucar Monokuma. Foi um motivo idiota para morrer; Monokuma dizia algo sub-humano, logo é respondido por um comentário cuja pretensão era demonstrar boa índole, e logo fora silenciado para sempre pelo urso de pelúcia.

E então... Seu corpo estava apenas jogado no chão, com vários furos em seu crânio... Alguns podiam ver aquilo com extrema facilidade, mas outros simplesmente não aguentavam. Vegeta, por exemplo, tenta fugir pela recepção, e logo para a sala de documentos, pensando: "Será que posso fugir pela parede suspeita na recepção?" Então, ele logo tenta fazer isso. Não o culpem; é algo justo de fazer.

Vegeta adentra a sala, e ignorando tudo, incluindo os estranhos "Nudes do Monokuma", ele imediatamente se joga contra a parede; ela é facilmente destruída, revelando que não precisava da ajuda de Iori. Ele se encontra em um corredor escuro, e sem querer saber se tinha ou não saída, ele corre incansavelmente, perdendo seu fôlego mas sabendo que essa perda seria de bom uso. Quando ele colide com a parede (machucando um pouco o seu braço), ele tenta procurar por algo para sair, começa a bater na parede, até que...

O resto do grupo encontrava-se, ainda, na Sala de Jantar. No meio de todo o silêncio, Fernando decide ajoelhar-se perto do cadáver de Mutatsu, rezando para o bem dele no paraíso em que ele espera que ele vá. Ele logo retira seu casaco, e logo o põe encima do homem, cobrindo o seu corpo sem vida.


- É verdade. Todos nós somos criminosos. Mas ainda assim... Tenho certeza que não há criminoso tão cruel quanto a pessoa controlando aquele urso. Mesmo que sejamos, de fato, pessoas más... Não nos comparamos a alguém daquele calibre. - Fernando, embora triste, demonstra um argumento válido sobre toda aquela situação. Iori, irritantemente, não parece se importar com aquele evento, e logo diz:


- Que desnecessário. O que me parece mais problemático é como ele deixou o corpo aqui. Ele será removido ou apenas ficará aqui, imóvel? Que puramente desnecessário. - Vocês não se importam com a frieza das palavras dele, mas percebem que aquilo era algo válido; Monokuma realmente deixaria o corpo ali? Pelo visto, vocês terão que esperar ele surgir da próxima vez para tentar obter alguma resposta disso.

Vocês logo percebem; Henry havia voltado da cozinha logo após Monokuma ter sumido. Ele parecia extremamente nervoso, algo incomum para alguém conhecido como Melhor Detetive. Ele percebe o cadáver de Mutatsu, mas não parece se importar muito com aquilo, e rapidamente tenta sair pela porta de saída. Musashi, obviamente achando aquilo suspeito, o agarra pela gola do casaco e o joga no chão, e antes que ele pudesse se levantar, ela o tranca em um movimento de arte marcial, deixando-o imóvel.


- O que você acha que está fazendo? Você não estava presente durante aquele discurso idiota todo do Monokuma, vê o cara morto, e ainda acha que pode sair assim? Você tem noção do quanto você está se sujando moralmente? - Musashi, àquele ponto, já não aguentava levar tanto caos na cara continuamente.


- E-Ei. - Ele tentava manter uma cara séria, mas encontrava dificuldades em fazer tal ato. - Não vá me dizer que não achava que ele não ia fazer isso alguma hora. O Monokuma, embora esteja executando as coisas de forma bem idiota, ele sabe o que tá fazendo. Afinal, não havia maçãs na geladeira. Não... Não havia maçãs na geladeira. - Musashi sentia o corpo extremamente trêmulo e suado do homem; ele estava tão intenso que ela podia sentir os batimentos extremamente velozes no coração dele. Percebendo isso, ela acidentalmente o destranca do chão, e sem nem pensar duas vezes, ele aproveita a chance e corre para fora da sala de jantar, ainda estando extremamente nervoso.


- Henry...! Espere! Isso não acabou aqui! - Fernando decide sair correndo atrás dele.

Novamente, a sala encontra-se em silêncio.

Musashi suspira, e logo olha para o cadáver, ainda estando no chão e coberto pelo casaco de Fernando. Ela logo vê o rosto de todos os presentes no momento, analisando cada uma de suas reações.


- Tsc, isso é péssimo. - Ela diz, com uma cara de que provavelmente queria dizer aquilo para ela mesma. - Ele mata alguém e ainda deixa o corpo aqui, parado. Alguém pode me ajudar a levar isso pro canto da sala? - Ela diz, pronta para levantar as pernas do cadáver. - Por mais que seja cruel... Vamos ter que lidar com isso.


Parece que vocês estão... Livres pelo resto do dia. Qualquer coisa pode acontecer. Qualquer coisa.

Que tal... Interagirem? Talvez um pouco de conversa ou calor humano semelhante possa ajudar.

Afinal, qualquer um precisaria disso.

Qualquer um.

Bem, o que é que vocês farão?


Quantidade de Pessoas Vivas
Antes: 17
Agora: 16
avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por ana em Dom 14 Jan 2018 - 2:08

Após voltar do banheiro masculino, [...]  esfrega seu braço onde ele doía. - ... a parede não poderia ser assim a priori, certo? Certo... alguém está alterando a estrutura desse prédio,

- A mesma pessoa que nos prendeu aqui e matou aquele homem para provar um ponto, Monokuma? mas antes, a pessoa quem nos trouxe aqui... 

[...] vai até a sala de jantar.

- Iori! Eu tenho perguntas para você!
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Gehrman em Dom 14 Jan 2018 - 2:10


- Diga.

________________

cfox: APARECI NO MULTISHOW


avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por ana em Dom 14 Jan 2018 - 2:13

- Que tipo de homem seu pai era? Seja imparcial... É importante. 
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Gehrman em Dom 14 Jan 2018 - 2:46


- Essa é uma questão bastante vaga, mas vou respondê-la de qualquer forma. Meu pai sempre era, mesmo na época em que eu era uma criança humana, bastante sério, rígido e dedicado no que fazia no período em que ensinava Kendo em um dojô. Seus ensinamentos eram sempre muito práticos e simples de entender, então ele sempre queria procurar uma maneira de tornar tudo o mais simples possível; claro, havia a necessidade de passar por extremas dificuldades, algumas horas bem imprevistas, mas ele sempre enfrenta tudo sem exceção. Basicamente, era um pai decente e justo, embora levemente ausente, pois mesmo que ele seja o Melhor Espadachim, ele ainda precisava trabalhar bastante para me sustentar. Não sou muito atualizado em políticas japonesas já que eu não ligo, mas eu sei que na época em que ele se tornou Primeiro Ministro, uns 5 anos atrás, após aproximadamente um ano e dois meses ele ficou bastante distante de mim. Mesmo que ele ainda fosse bondoso mas rígido para mim e com o mesmo pensamento de tomar o caminho mais prático e simples mas disposto a enfrentar dificuldades... Ele aparentava querer falar comigo menos do que fazia antes. Afinal, mesmo quando eu consegui minha própria moradia e laboratório, nos comunicávamos bastante... Após aquele período de tempo que eu falei, ele tem tomado distância de mim. - Ele olha profundamente nos olhos de Vegeta. - Qual o motivo da pergunta? Não seja vago.

________________

cfox: APARECI NO MULTISHOW


avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Junim - kun em Dom 14 Jan 2018 - 23:29



- Damn bear... Nem sequer tem toma providencias sobre a sujeira que ele fez...

Justice vai até o corpo de Mutatsu e pega nos braços dele



- Eu te ajudo com isso Senhora Musashi
avatar
Junim - kun
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 07/09/2014

Frase pessoal : Whatever


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por ana em Seg 15 Jan 2018 - 1:46

@Gehrman escreveu:
- Essa é uma questão bastante vaga, mas vou respondê-la de qualquer forma. Meu pai sempre era, mesmo na época em que eu era uma criança humana, bastante sério, rígido e dedicado no que fazia no período em que ensinava Kendo em um dojô. Seus ensinamentos eram sempre muito práticos e simples de entender, então ele sempre queria procurar uma maneira de tornar tudo o mais simples possível; claro, havia a necessidade de passar por extremas dificuldades, algumas horas bem imprevistas, mas ele sempre enfrenta tudo sem exceção. Basicamente, era um pai decente e justo, embora levemente ausente, pois mesmo que ele seja o Melhor Espadachim, ele ainda precisava trabalhar bastante para me sustentar. Não sou muito atualizado em políticas japonesas já que eu não ligo, mas eu sei que na época em que ele se tornou Primeiro Ministro, uns 5 anos atrás, após aproximadamente um ano e dois meses ele ficou bastante distante de mim. Mesmo que ele ainda fosse bondoso mas rígido para mim e com o mesmo pensamento de tomar o caminho mais prático e simples mas disposto a enfrentar dificuldades... Ele aparentava querer falar comigo menos do que fazia antes. Afinal, mesmo quando eu consegui minha própria moradia e laboratório, nos comunicávamos bastante... Após aquele período de tempo que eu falei, ele tem tomado distância de mim. - Ele olha profundamente nos olhos de Vegeta. - Qual o motivo da pergunta? Não seja vago.

- O motivo? Seu pai é a razão de eu estar aqui... Deveria ser claro, Iori, aquela pessoa morreu (quem era mesmo?) também foi chamada aqui por ele e... Agora, qualquer um aqui está vulnerável... - [...] balança a cabeça. - Entender o homem que fez isso é o primeiro passo para chegar numa resposta.

- Esse prédio, ele foi modificado, a parede da sala de arquivos, sabe? Além dele inteiro estar voando... 

-  Nada disso está certo... Está tudo errado!
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Gehrman em Seg 15 Jan 2018 - 2:51


- Obrigada, Justice. - Musashi e Justice colocam o corpo de Mutatsu apoiado no canto da sala de jantar, embora sentindo um pouco de remorso. - É uma pena que temos que deixar ele parado aqui... Tsc. Não é só desrespeitoso, pode também causar mal cheiro se deixado sozinho por muito tempo... - Musashi logo decide ir até a cozinha, provavelmente querendo comer algo. Se quiserem falar com ela, ela provavelmente vai ficar por lá. Iori, enquanto isso, conversa com Vegeta ainda.


- Válido, mas isso não garante de que tudo foi culpa de meu pai. É óbvio que ele teve uma certa participação no desenvolvimento disso tudo, mas qual a porcentagem de participação? No momento, não temos como mesurar isso. - Após falar isso, ele percebe algo interessante nas palavras de Vegeta. - Ah, lembrou da parede da sala de arquivos, muito bem lembrado para um ser humano. Ainda deseja que eu use minha força física aprimorada para destruir a parede, como fora sugerido antes?
avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por ana em Seg 15 Jan 2018 - 4:12

- Na verdade, a sua ajuda não vai necessária. 

- ... mas mancha dá num buraco que acaba numa passagem secreta até o banheiro masculino, não o feminino (um machista, talvez?). Não entendo o motivo disso, não faz sentido.
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [GAMEPLAY] Danganronpa: UNLIMITED 6

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 12 de 18 Anterior  1 ... 7 ... 11, 12, 13 ... 18  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum