Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Por favor, não perca mais tempo, inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobres todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Aguardo.
Feliz Natal e Ano novo!

Searching for Greatness

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Searching for Greatness

Mensagem por Nagre em Sab 20 Maio 2017 - 20:54

Não sei fazer capa, desculpa. Então galera, apresento uma história que é clichê mesmo, mas estarei trazendo alguns pontos novos. Afinal o clichê não é algo necessariamente ruim, também estou fazendo algo fora da casinha e adultão cheio de sangue jorrando e pode ser que um dia eu poste, porém por enquanto é isso.
Alguns avisos: Eu vou postar um capítulo por semana, que dia? Não sei, o dia que a faculdade permitir.
Z Moves e Megas são legais, porém acho Z Move apelão demais e Mega só vai rolar fora de batalha de GYM e tals, não fiquem bravos.

Pokémon: Searching for Greatness


Sumário:
Spoiler:

Prologue:

National University, Pallet Town, Kanto.

Era o dia mais esperado em Pallet Town. Diversas emissoras de TV, vários membros de empresas de streaming e fãs da Pokémon League estavam montando barracas e plaquinhas em frente da National University.

Essa universidade é a única focada em preparo de novos treinadores novatos para as Ligas Pokémon, entravam 52 estudantes no primeiro período e se formavam apenas 21 jovens promissores que vinham de todas as partes do mundo. Ao se formar esses treinadores eram divididos em sete grupos com três e estes grupos são sorteados para competir em cada continente que integra a Pokémon League.

A faculdade ficava ao lado da costa de Pallet, era um castelo gigantesco, com quatro torres, com um pequeno riacho feito artificialmente que desembocava no mar e com grandes muros que rodeavam a área do castelo e para reforçar a segurança, haviam fossos na frente dos muros para que nenhum fã tentasse invadir. Era um local anormalmente grande para acolher pouquíssimos estudantes. Um repórter se posicionou em frente dos portões e começou a discursar:

- Boa tarde aos fãs da Pokémon League do mundo todo que estão acompanhando os canais YSPN nesse momento tão esperado do ano, eu sou Kent Rock! E eu estou aqui onde os mais promissores treinadores novatos integram as Ligas! Mais 21 jovens que batalharam duramente estarão juntando as filas de treinadores nesse nobre esporte que tanto amamos! Só lembrando a você que estava em coma ou morando embaixo de uma pedra que os sete atuais Champions são: Blue Oak de Kanto, Lance de Johto, Wallace de Hoenn, Cynthia de Sinnoh, Íris de Unova, Diantha de Kalos e Sun de Alola. Outro lembrete que sempre damos é que Red é o atual World Champion e que as Ligas funcionam todas da mesma forma. Todos treinadores que conseguirem as oito badges em seis meses batalham pela grandeza até restar apenas um, este vencedor tem o direito de desafiar a Elite Four. Outras regras que são comuns em todos os eventos: Não são permitidos Z Moves e apenas no desafio a Elite Four e ao Champion é permitido uma mega evolução. E agora esperamos calmamente pelos novatos-estrelas.

Garotas apareceram atrás do repórter dando gritinhos nervosos, já um motoqueiro flexionava seu bíceps e fazia cara de mal.

X

Ace andava nervosamente pelo seu quarto, pois o sorteio estava chegando e ele tinha muito medo de cair na Kanto League. Embora Kanto fosse sua terra natal, todo mundo sabia que essa era a liga mais competitiva, que acabava com novatos com muita facilidade e era a liga onde as pessoas mais famosas competiam. Ele queria ir para Alola, onde o clima era maravilhoso, as garotas pareciam andar de biquíni o tempo todo e onde a competição era mais amena, não significava que era fácil, mas normalmente treinadores iniciantes escolhiam Alola ou Hoenn para começar suas jornadas.

Ele se jogou na cama e passou a mão vagarosamente em seus cabelos brancos e ficou esperando que o Professor Oak batesse em sua porta, deixasse uma Pokédex da região e uma Pokéball com um inicial dela. Despedidas na National University não aconteciam com frequência e não era permitido o treinador saber quais colegas haviam sido selecionados para determinado continente, para que ninguém fizesse time ou discutissem estratégias, um aluno da NU trilhava seu caminho sozinho.
Às duas da tarde uma batida na porta, Ace esperou alguns segundos, então encontrou na frente de seu quarto uma mochila que parecia bem cheia e em cima dela havia uma Pokédex, uma Pokéball e um bilhete, que dizia:

“Parabéns Ace! Você foi sorteado para a Hoenn League! É com muita alegria que informamos que seu helicóptero estará esperando fora da NU, sua Pokédex e seu inicial estão em sua frente, você já foi inscrito na competição, não perca tempo paquerando no continente! Sabemos de sua índole, e você tem uma constante corrida contra o tempo para conquistar badges ou estará de fora da competição final. A HoennDex é feita com uma grande inteligência artificial e ela se chama Dexter, ela além de registrar dados sobre Pokémon capturados, Dexter conhece todas as rotas, locais onde dormir ou comprar comida, basicamente faz tudo. Ah lembramos que você tem trinta minutos para se mandar ou o helicóptero vai sem você, boa sorte!”

Hoenn não era Alola, mas o clima parecia ser agradável e ele iria descobrir como as garotas de lá são com o tempo. Ace abriu o zíper da mochila onde haviam várias mudas de roupa (as camisas tinham um enorme NU no meio), ele achou algumas Pokéballs e Potions embaixo das camisetas, faltava só ver qual era o Pokémon. Ele sabia que poderia ser um Treecko, Torchic ou Mudkip e não importava muito qual viria, pois ele havia treinado duramente todos os tipos de Pokémon (de Kanto) durante três anos na melhor formadora de treinadores que existia. Ele apertou o botão da Pokéball e na sua frente surgiu um lagartinho que correu para baixo da cama ao ver seu treinador.

- AH MANEIRO UM TREECKO! – gritou o garoto se jogando embaixo da cama e abraçando o Pokémon – Cara você é tão maneiro! Um pouco tímido, mas muito legal.
Os dois saíram de baixo da cama, Treecko olhava para o treinador constantemente, como se ainda estivesse se acostumando a ele e enquanto Ace preparava uma ração para seu Pokémon, Dexter apitou:

“E aí Ace, beleza! Treecko: Este Pokémon tem pequenos ganchos na parte inferior de seus pés que permitem escalar em paredes verticais. Este Pokémon ataca batendo inimigos com sua cauda grossa. Agora que já dei o recado sobre seu Pokémon, quero dizer que seu helicóptero decola daqui quinze minutos e que tem várias emissoras e fãs ai na frente, então melhor correr cara!”

- Caraca a Pokédex é irada! – disse Ace enquanto Treecko olhava interessado para o sol.

Ele apanhou suas coisas, recolheu o Pokémon e saiu correndo.
Atravessar a NU era uma atividade que não era muito rápida, pois o lugar era muito grande, logo quando Ace chegou nos portões ele tinha só dois minutos para entrar no helicóptero. Garotas começaram a gritar e os caras soltavam fogos de artificio em sua homenagem, afinal os fãs aficionados pela Pokémon League esperavam muito dos novatos e queriam conhece-los e Ace queria conhecer as garotas, mas não tinha tempo, afinal ele já via o helicóptero sendo ligado. Ele teve que ignorar o repórter da YSPN que veio em sua direção, mas gritou um “Estou extremamente muito atrasado, caras! A gente se vê em Hoenn! Amo todos vocês! Ah, me chamo Ace!”.

O piloto estava rindo para ele quando o garoto finalmente entrou no veiculo, fez um sinal de beleza e falou:

- Você demorou bastante, então eu peguei uma entrega que chegou para você. Você conhece alguém que está em Alola? Isso aqui chegou por um Toucannon.
Ele apontou para o outro banco vazio ao lado dele, Ace viu uma caixa de presente gigante que tinha um bilhete nele também. Ele leu em voz alta, pois o piloto estava curioso para saber o que era.

“Caro Ace, fiquei sabendo que você foi selecionado para a Hoenn League, queria estar em Kanto para te dar esse presente pessoalmente, mas sua tia, eu e alguns amigos estamos em Alola no momento, então estou enviando através do meu Toucannon, diga oi para o Non! Enfim estamos muito bem aqui e esperamos te ver em breve. Ah Pika e Chuchu mandaram lembranças também!”

- Ah droga eu perdi de ver o Non, nunca vi um Toucannon pessoalmente. Deve ser um Pokémon fascinante, como ele era?

- Bem bonito, parecia ser bem forte também. Pika e Chuchu? Esses são Pokémon famosos, seus tios são fãs deles?

- Ahn, não exatamente. – Ace não gostava de falar muito sobre seu tio, então começou a rasgar o presente e dentro dele tinha um ovo, com a parte superior de cor amarela e a parte inferior de cor preta, o garoto começou a rir – Valeu tio, só seu aprendiz tinha recebido um ovo do Pika e da Chuchu.

O piloto achou que aquele ovo era mesmo dos verdadeiros Pika e Chuchu, mas resolveu não comentar nada e só disse:

- Fico feliz por você garoto! Agora se sente ai que já estamos um tanto quanto atrasados e as pessoas estão se aglomerando aqui perto para ver esse ovo.

- Hã? Eles viram meu ovo? Como?

- Você não pode esquecer que agora está em uma Pokémon League, tudo sobre você irá aparecer em noticiários esportivos, sites de noticias e redes sociais. E sempre terá um repórter te esperando em cada cidade que possua um Gym para filmar sua batalha e fazer entrevistas. Inclusive estavam tirando fotos de você e seu ovo.

Ace sentou-se no banco e colocou os cintos de segurança e começou a sentir o helicóptero tremer ao começar a decolar e começou a pensar em como só teria privacidade fora das grandes cidades, era legal ser um treinador famoso, mas ao mesmo tempo não era. Porém como isso fazia parte do seu sonho de ser tão bom quanto seu tio o garoto não tinha opções.

- Cara isso quer dizer que se eu quiser fazer um encontro romântico em Lumiose City e ficar admirando a Prism Tower eu vou ser alvo de paparazzi?

- Provavelmente. – falou o piloto rindo.

- E onde você vai me deixar em Hoenn? Na NU nós estudamos a geografia de cada continente e quais são as rotas que ligam cada cidade, então eu acredito que consigo me virar.

- As instruções do Prof.Oak foram de te deixar em Dewford Town.

- CARA QUE IRADO! CIDADE DO SURF BRO! – e fez um high five com o piloto.

Os dois conversaram sobre garotas, a batalha de Sun e Red, provando que o novo Champion de Alola era tão forte quanto o de outras regiões, falaram sobre bandas e comidas, mas como a viagem era muito longa, Ace acabou dormindo ao anoitecer, quando ele foi acordado o helicóptero já havia pousado no que era uma pequena ilha, o garoto conseguia ver o Gym, conseguia ver as praias, era um dia ensolarado e bem quente.

- Opa chegamos em Dewford, valeu Rex – ele fez um high five com o piloto – tenho seu número salvo, quando você quiser podemos surfar ou ir a um bar curtir um show do The Politoed.

- Você tem seis meses para coletar oito badges então acho que vai estar um pouco atarefado... Mas depois da League podemos dar todos os tipos de rolê!

- Fechado Bro! A gente se vê em Ever Grande City.

E foi para o Pokémon Center enquanto Rex decolava para qualquer outro lugar de Hoenn.





Personagens e seus Pokémon:

Ace: Treecko, Egg

Ah, é assim que o Ace é (ele pode usar toucas, bonés e até faixas no estilo Axl Rose, mas o core dele é esse):
Spoiler:


Última edição por Nagre em Dom 11 Jun 2017 - 16:44, editado 3 vez(es)
avatar
Nagre
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 29/01/2010

Frase pessoal : O importante é aquilo que importa!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Searching for Greatness

Mensagem por Lawliet em Dom 21 Maio 2017 - 9:48

Uhul! Mais uma fic ''clichê''!
Eu gostei bastante da preparação do Ace, que tomou algum tempo, mas foi bem interessante. Porém não gostei muito da ideia da faculdade, é uma tentativa de fuga do convencional que acaba se tornando clichê e meio chatinho, mas isso sou só eu sendo chato HAUEHAHA'

Gostei da mudança de atitude do Ace antes de conhecer e depois de conhecer seu Treecko, quando ele tava mó ''tanto faz qual Pokémon vai vir'' e depois se jogando pra abraçar o bichinho. Achei engraçado e fofo.

Não tenho muito o que comentar, já que é só o prólogo (comentário clichê xD). Tenho uma fic de jornada tbm, se puder dá uma passada lá.

Boa sorte com a fic!
avatar
Lawliet
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/05/2017


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Searching for Greatness

Mensagem por Black~ em Ter 23 Maio 2017 - 9:17

Bom, vamos lá.

Primeiramente, é legal ver outra fanfic na área, já que uma fanfic nova é sempre uma coisa bem legal -q, mas vamos falar do que importa.

Você disse que a história é clichê, mas talvez o único clichê seja o fato de ser uma jornada mesmo, o que não é bem ruim, pra falar a verdade. Porque todo o resto da história eu achei completamente interessante e, pra dizer o mínimo, achei inovador também. A história de treinadores que passam o Ensino Médio num internato para após três anos virarem treinadores, não é, de fato, nova. Porém a sua "contribuição" nova foi o fato de existir apenas uma escola dessas no mundo Pokémon e os 21 melhores alunos serem direcionados aleatoriamente a um dos sete continentes existentes, de acordo com o inicial que ganhou; achei essa ideia muito boa, já que, por exemplo, o fato de nascer em Kanto, não o faria ser um treinador nesse continente, podendo ir parar em qualquer lugar do mundo. Gostei.

Outro ponto que achei bem interessante foi o fato de os treinadores terem apenas seis meses para conseguirem as insígnias e se registrarem na Liga Pokémon; não que isso seja anormal, mas são poucas as fics de jornada que tratam o tempo com mais "respeito", de cabeça só estou lembrando da do Rush e a do Ice; gostei disso.

Outra coisa também que eu achei bem bacana foi o fato de as batalhas serem consideradas um esporte - assim como em outra fic ativa do fórum. Pelo que percebi, as batalhas pokémon são o equivalente ao futebol no mundo inteiro e o Basquete/Futebol Americano nos Estados Unidos, com os "atletas", no caso, treinadores, sendo estrelas mundiais, que têm fã clube, têm várias menininhas perseguindo-os, etc. Isso também já tinha visto na fic do Rush, mas é muito legal que você tenha colocado isso. Acredito que isso dê mais valor aos treinadores, do que simplesmente um moleque de 10 anos da roça que vai batalhando e ninguém o conhece.

Só quero entender melhor como funcionam os outros treinadores. Pelo que você explicou no prólogo, nessa escola saem três treinadores para cada continente e tals, mas e os outros treinadores surgem como? Pois, pelo que deu pra entender, parecia que somente os escolhidos da escola seriam treinadores. Mas acredito que você deva explicar isso melhor mais pra frente, quando o nosso protagonista pisar em Hoenn. Aliás, fiquei curioso com ele já ter ido direto para Dewford, ao invés de começar em Littleroot ou Oldale. Ele já vai lutar no ginásio logo no começo? Mas enfim.

Bem, sobre o protagonista, não tenho muito o que dizer. Apenas que ele aparenta ser rockeiro e que estaria feliz com qualquer inicial de Hoenn. Bem, me identifiquei com o protagonista, já que, apesar de não ser fã de Hoenn, é a única região onde eu acho todos os iniciais legais. Assim como ele, qualquer um dos três estava bom pra mim -q. Mas gostei do Treecko, é um bom pokémon. E, pelo visto, o protagonista já começou com sorte ao ter ganhado um ovo pokémon também -q, mas enfim.

Curti essa pokédex smartphone, que tem todas as funções possíveis de um celular, ao invés de só descrever os monstros de bolso.

Quanto aos Z-Moves, considero-os bem apelos também, e por serem recentes, considero justo você ignorá-los. Quanto às Mega Evoluções, considero necessário você tê-las separado apenas à Elite 4, achei interessante, mas enfim.

Bem, erro devo ter visto um ou outro, mas nada de mais.

Então, é só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Searching for Greatness

Mensagem por Nagre em Qui 1 Jun 2017 - 19:43

Amigos ero agradecer os comenários e eria informar e me noebook á com roblemas no elcado. Algmas eclas não fncionam, enem adivinhar ais são(ono de exclamação não fnciona) Enão e eria resonder, mas no momeno não é ossível, mas enho mais mais rês caílos ronos.

Chapter 1: Granite Cave and Rivals

Ace sabia que ele tinha só seis meses para coletar todas as Badges, mas Dewford era aquele paraíso tropical rústico que ele tinha sempre sonhado. Já era o quinto dia dele na cidade, ele já havia concedido algumas entrevistas ao repórter da YSPN que estava hospedado no Pokémon Center. Ace saia de manhã para andar com seu ovo e treinar seu Treecko contra Magikarp e Tentacool que ele encontrava em cima de sua prancha de surf, ele comia várias berries com Treecko e o Pokémon estava menos tímido com seu treinador, ele ficava na ponta da prancha absorvendo luz solar e ele gostava de surfar junto com Ace. Os dois surfaram juntos, fizeram escaladas em montanhas, pegavam berries de palmeiras, basicamente faziam tudo juntos.

Ace estava usando uma camisa da NU, seus cabelos brancos estavam todos bagunçados, seus olhos verdes brilhavam, Treecko estava no ombro do seu treinador enquanto os dois iam explorar a Granite Cave, um local que segundo um vendedor de ervas, era perfeito para treinar Pokémon, capturar alguns selvagens e ver as pinturas sobre Primal Groundon e Primal Kyrogre.

- HEY VOCÊ DO CABELO BRANCO! – gritou um senhor gordo com chapéu de escalada, ele tinha uma bengala e um colete com todo tipo de acessório para fazer montanhismo – Você vai explorar toda a caverna ou só ir ver as pinturas sobre Groundon e Kyrogre?

- E aí tio! Eu vou ahn, explorar tudo, soube que alguém deixou cair um TM e uma Steelixite lá embaixo e eu quero, mesmo não tendo interesse em ter um Steelix...

- Hm então acho que devo te acompanhar, quero capturar um Sableye e nada melhor do que ter companhia enquanto exploramos. E esse seu Treecko vai ser de grande ajuda na caverna.

- Beleza tio, vamos juntos então. Qual o seu nome?

- Darton, e o seu?

- Eu me chamo Ace, tio Ton. Vamos curtir um dia maneiro na caverna?

E entrou na caverna sem esperar a resposta. Ele esperava um breu, mas ele viu um corredor bem iluminado, o garoto viu um Zubat vindo em sua direção. Darton estava ofegante por correr atrás de Ace e quando viu que Treecko iria atacar o morcego, ele encostou-se a uma estalagmite e ficou recuperando o fôlego. Dexter apitou:

“Salve Ace, esse Zubat está no level 13. Possui os moves Absorb, Supersonic, Bite e Wing Attack. Use o que aprendeu na NU, boa sorte!”

- Valeu D. Certo Treecko, escale na parede e ataque com um Quick Attack!

Zubat mergulhou na direção de Treecko com a boca aberta tentando mordê-lo, mas surgiram os ganchos nas quatro patas do lagartinho, assim como Dexter havia dito, ele escalou a parede com facilidade, desviando de Zubat e então se jogou na direção dele com muita velocidade acertando o ataque usando os ombros.

- Acerte ele com um Pound e escale a parede novamente!

Treecko deu uma cambalhota para frente acertando Zubat na cabeça com sua cauda e correu para as paredes, o morcego alçou voo e mergulhou com velocidade, com suas asas abertas, Treecko era muito ágil e conseguiu desviar de alguns rasantes, porém acabou por sendo atingido e caiu no chão. Zubat se aproveitou desse momento e mergulhou de boca aberta.

- Acerte-o com Pound e finalize.

No momento que Zubat ia atacar com uma mordida, Treecko deu mais uma cambalhota para frente e o atingiu com uma forte pancada utilizando sua cauda que deixou o morcego desmaiado. Ace tirou uma Pokéball e a lançou no Zubat que foi capturado.

“Zubat: Ele dorme em cavernas durante o dia. Não tem olhos, portanto, para verificar seus arredores enquanto voa, emite ondas ultra-sônicas. Parabéns pela primeira captura Ace!”

- BOA GAROTO! – Ele gritou enquanto limpava terra de seu Treecko, o lagartinho comia um bolinho de ervas que Ace havia feito e tinha uma expressão satisfeita no olhar. – Hey Dexter, como você sabia o nível dele e os golpes que ele tinha?

“Toda vez que você entra em batalha com um Pokémon selvagem eu emito uma onda que tira um scan do Pokémon e assim posso recolher dados. Embora eu não possa fazer isso em batalhas oficiais, seja com Gym Leaders ou treinadores comuns”.

- Muito útil, D. Obrigado.

- Você utilizou a biologia corporal do Treecko muito bem para lutar nesse corredor, muito engenhoso, Ace.

- Valeu tio Ton, o senhor consegue fazer escalada na sua idade?

- Ah meu jovem, como consigo! Mas antes de nos aventurarmos em escaladas, deixe-me curar seus Pokémon.

Ace soltou seu Zubat que parecia estar bem contente agora que estava totalmente curado.

- E aí cara, acho que seremos parceiros de agora em diante. Então quero te dar boas vindas a minha equipe! No momento só conto com meu amigo Treecko aqui e um ovo que deixei no meu quarto no Pokémon Center, pois não queria que ele nascesse em uma caverna. Mas enfim, seja bem-vindo, Bro!

Zubat emitiu grunhidos animados e se aninhou na cabeça de Ace, Darton deu risadinhas. Eles seguiram pela caverna, Treecko ia na frente dos dois agindo de modo muito protetor e nocauteava todos Pokémon tipo Pedra utilizando seu Mega Drain e Zubat só saia da cabeça de Ace para atacar Zubat e Makuhita que acabavam aparecendo no caminho, e então eles chegaram em uma “bifurcação”, pois de um lado havia o caminho que levava para o altar de Groundon e Kyrogre e uma ladeira bem lisa que levava a uma escada que levava a andares inferiores da caverna que era onde Darton e Ace queriam ir primeiro. Treecko apenas subiu a parede com facilidade e Zubat voou até o topo. Ace tentou escalar de mãos nuas e acabou caindo no meio da escalada, fazendo com que seus Pokémon e Darton rissem alto.

- Não pense que você é como seu Treecko que pode escalar paredes – ele tirou um grande gancho que estava amarrado em uma corda. – Venha Golem!

Ele liberou seu Pokémon e pediu para que ele subisse a ladeira carregando seu gancho. Como se já tivesse feito isso diversas vezes, Golem mordeu o gancho e subiu usando Rollout em uma alta rotação, fazendo Ace assobiar admirado.

- Agora amarre bem firme em uma dessas pedras grandes! E nós amarramos a corda em uma pedra aqui de baixo.

Quando terminaram o serviço, os dois puderam passar pela ladeira segurando a corda e deixaram a corda esticada nas duas pedras para que pudessem voltar depois e então desceram a escada.

- Hey tio Ton, é hora do almoço. Então eu trouxe alguns ingredientes na mochila e umas panelas. Se o senhor tiver como fazer o fogo...

- Deixa comigo! Eu sempre trago utensílios para fazer fogo comigo.

Ace começou a cozinhar e a fazer um cozido de batatas com arroz e alguns bolinhos de Berries para Zubat e Treecko. Todos fizeram uma rodinha em volta da fogueira, Darton estava deitado estirado no chão enquanto Ace trabalhava fervorosamente.

- O cheiro está realmente muito bom Ace! Onde um jovem como você aprendeu a cozinhar assim?

- Ah na National University nós aprendemos a cozinhar e aprendemos como usar os ingredientes da melhor forma possível para a nutrição dos nossos Pokémon, é bem útil! Mas nunca utilizamos carnes como ingrediente, pois seria meio bizarro.

- National University? Não me é a toa que você me pareceu familiar! Você é o rapaz que tem um ovo e que saiu tão atrasado da NU que não teve tempo para entrevistas! Você é um daqueles novatos promissores... Boa sorte na Hoenn League!

- Hey tio Ton, não me deixe encabulado assim, até parece que sou famoso desse jeito que o senhor fala. Mas me diga, você viu os outros novatos que vieram para Hoenn junto comigo? Adoraria saber quem são meus rivais da NU.

- Ah vi sim. Tem a garota de cabelos rosa, Diane. Ela parece ser bem esforçada e metódica. Segundo as previsões da YSPN ela parece ser a novata mais promissora não apenas da Hoenn League, mas de todos os vinte e um novatos da National University.

- Ih a Diane é minha rival? Ela é muito forte, geralmente é a melhor em tudo e muito competitiva...

- Ela tem um Torchic e parecia bem satisfeita com ele. E bem o outro se chama Delta, ele me parecia um tanto quanto depressivo, tinha uma franja que cobria o olho esquerdo e tem um Mudkip.

- Delta tem aqueles longos cabelos pretos estilo emo, mas não se engane ele é muito animado! É um grande amigo!

- Bem vocês três são listados como os novatos mais promissores desse ano na Hoenn League, temos no total vinte novatinhos, será uma temporada divertida. Estarei torcendo por você garoto, provou ser promissor.

Treecko, Zubat e Golem se divertiam enquanto os dois conversavam então ninguém percebeu um pequeno Pokémon branco que foi atraído pelo cheiro da comida.

“Hey Ace e Darton, odeio atrapalhar uma conversa legal, mas detectei um Aron bem próximo. Geralmente não consigo detectar Pokémon selvagens a não ser que estejam bem pertos de mim então cuidado. Ele está no level quinze e possui Harden, Headbutt, Metal Claw e Rock Tomb como ataques. Fiquem atentos!”

Ao ouvir que ele era o assunto, Aron pulou no meio do “acampamento” procurando por comida.
- Ah um invasor! Treecko use o Mega Drain nele!

A boca de Treecko emitiu um brilho branco que voou na direção do corpo de Aron fazendo várias bolinhas verdes de energia irem para o corpo de Treecko, Aron fez uma expressão de dor, mas parecia estar bem. Começou a correr na direção de Treecko, Golem e Zubat e sua cabeça começou a brilhar intensamente, os três desviaram, mas o golpe atingiu uma pedra e esta foi completamente destruída.

- Hey seu adversário é o Treecko! Continue com o Mega Drain, vá pulando em pedras e aumente a pressão nele!

Aron e Treecko continuaram com Mega Drain e Headbutt. Treecko estava desviando facilmente enquanto os golpes de Aron demoliam as pedras ao redor. Aron bateu no chão e mais três pedras caíram ao redor de Treecko, o machucando bastante. Aron estava ofegante, enquanto o lagarto parecia mais saudável, devido a drenagem de HP e aos desvios dos Headbutt de Aron.

- Treecko use o Quick Attack!

Ao ver Treecko vindo rápido na sua direção, Aron começou a correr com a cabeça emitindo o brilho do ataque Headbutt. Os dois estavam em rota de colisão e quando já estavam bem próximos Ace gritou:

- Mude para Pound!

Treecko usou a velocidade do Quick Attack para dar a cambalhota para frente e acertar a cabeça de Aron com sua cauda, a cabeça do Pokémon se chocou com o chão fazendo um enorme buraco. Treecko caiu em cima dele e o segurou bem.

- Termine com o Mega Drain!

Dessa vez os corpos dos dois Pokémon brilhavam intensamente, enquanto Treecko roubava o HP de Aron, este emitia grunhidos de dor e acabou desmaiando. A Pokéball de Ace voou na direção do monstro de metal que ao ser absorvido pela bola fez com que Treecko caísse confortavelmente no chão. Aron pareceu até resistir um pouco na Pokéball, mas acabou sendo capturado.

“Aron: Este Pokémon tem um corpo de aço. Para fazer seu corpo, Aron alimenta-se de minério de ferro que escava das montanhas. Ocasionalmente, causa grandes problemas ao comer pontes e trilhos. Provavelmente ele queria comer suas panelas, Ace...”.

Darton ofereceu-se para curar a mais nova aquisição para o time de Ace, que chamou seu novo Pokémon quando este foi curado.

- E aí carinha, seja bem-vindo a minha equipe. Somos amigos a partir de hoje então vamos nos dar bem e tente não comer minhas panelas, OK?

Aron fez um sinal afirmativo com a cabeça e começou a comer as tigelas de comida de Treecko e Zubat, que eram feitas de metal. Ace começou a rir e recolheu o Pokémon que olhava meio irritado para ele de dentro da Pokéball*

- Vamos trabalhar nos metais que você pode e não pode comer, certo? – ele olhou para os Pokémon e Darton – Tá servido a bóia, se vocês acharem onde colocar a comida!
Após o almoço Darton e Ace separaram-se e tinham um acordo de irem para o painel de Groundon e Kyogre assim que completassem seus objetivos, então depois de duas horas ambos estavam no amplo salão de pedra onde encontravam-se as pinturas de Groudon e Kyogre batalhando, era uma cena incrível, mesmo sendo representada por uma pintura, na frente dela havia uma placa que dizia: “Hoenn foi criada depois de Primal Groudon e Kyogre Primal serem formados. Primal Groudon levantou os continentes e Primal Kyogre encheu os mares que mais tarde se tornariam Hoenn. O encontro destes dois criou uma grande batalha pela supremacia até que foi interrompida por Mega Rayquaza, enviando Primal Groudon e Kyogre Primal para o sono em cavernas, onde eles dormem até os dias atuais”. Ao terminar de ler Ace assobiou admirado e falou:

- Quem diria que tudo isso foi criado pelo poder desses dois caras... Assustador.

- Homens gananciosos tentaram se apossar deles no passado, mas foram impedidos por ótimos treinadores. Porém essa é uma história para outro dia, foi uma honra passar o dia com você Ace, espero que nos encontremos novamente. Você pode me encontrar em Fallarbor Town onde vou pesquisar meteoritos!

- Pode crer que vou vê-lo novamente tio Ton. Foi realmente muito divertido, iremos explorar mais cavernas no futuro, pode apostar!

Eles trocaram números e quando Darton estava indo embora ele disse:

- Vejo suas batalhas na TV! Fale de mim em uma entrevista, OK?

- Pode deixar!

Ace voltou ao Pokémon Center e quando se preparava para ir para seu quarto dormir, ele acabou vendo uma aglomeração em volta da TV que mostrava uma garota de cabelo rosa e um Combusken que estavam batalhando contra um Magnemite e um senhor gordo.

“Eu sou Kent Rock e hoje amigos da YSPN vamos mostrar a primeira batalha da jovem Diane contra Wattson, líder do Gym de Mauville! Essa jovem promissora foi a primeira novata a derrotar um Gym Leader, os outros dezenove ainda não fizeram nada. Foi uma batalha eletrizante que iremos transmitir depois batalha da nossa veterana de Sinnoh, Lucy, que derrotou Wallace utilizando seu time que foi top 4 da Sinnoh League do ano passado! Fique ligado no splash que essa batalha fez! Lembrando que os veteranos de outras ligas só podem utilizar seu time em um Gym, depois devem reformular suas equipes só podendo usar seus Pokémons antigos novamente na Pokémon League!”

Ace queria ficar e ver as lutas de suas rivais, mas ele tinha que dormir cedo, pois no sétimo dia em Hoenn ele mesmo iria enfrentar seu primeiro Gym, afinal ele estava muito acomodado em Dewford, mas antes que pudesse ir para seu quarto ele ouviu a voz de Diane.

“Como foi sua primeira batalha por uma Badge?”
“Tudo correu bem, Combusken e Trapinch lutaram muito bem hoje, embora eu tenha sido surpreendida com um Pokémon do Wattson e tenha sentido medo de perder tudo acabou bem.”
“Medo de perder?”
“Bem eu tenho só três Pokémon no momento e um deles não era muito apropriado nesse tipo de Gym”
“Você lutou realmente muito bem, pode se orgulhar disso, qual será a próxima parada?”
“Ah obrigada, e eu realmente não sei. Mauville é realmente incrível! Vou ficar por aqui durante mais alguns dias...”
“Você ainda não viu nenhuma notícia de seus amigos, agora rivais, da National University, quer mandar algum recado?”
“Bem, Ace e Delta, sei que estão por aí, eu sempre fui mais apressada que vocês então saí na frente, mas mal posso esperar para ver o que vocês vão aprontar nas suas lutas, vou assistir todas! E no final eu vou vencer todos vocês!”

“Boa e velha Diane” pensou Ace. Ao ir para o dormitório ele não podia deixar de pensar em como ela era linda, com aqueles cabelos rosa, os olhos azuis elétricos... Afastou esses pensamentos, Diane era sua rival, a mais difícil de derrotar, não importava mais as histórias de NU que eles tiveram, para ser tão bom quanto seu tio Ace tinha que ser melhor que todos. Foi dormir para se preparar para a luta que estava por vir.


* Pokéball é transparente igual a do mangá, muita coisa dessa fic é baseado e/ou igual ao Adventures
Ace: Treecko, Zubat, Aron, Egg
Diana: Combusken, Trapinch, ?
Delta: ?
avatar
Nagre
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 29/01/2010

Frase pessoal : O importante é aquilo que importa!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Searching for Greatness

Mensagem por Black~ em Dom 4 Jun 2017 - 15:19

Primeiramente, desculpe a demora pra comentar. Tinha visto já que você tinha postado, mas acabei só lendo hoje, mas enfim.

Bem, o pessoal desse fórum tem um problema grande com teclados né? huahuaha, sempre dando problemas. Mas enfim, espero que arrume aí e tals, mas vamos ao que importa.

Gostei desse capítulo, mas achei um pouco rápido. Quer dizer, não um rápido ruim, mas sei lá, foi muito insano o capítulo. Tipo, num capítulo só o Treecko já tá praticamente evoluído, ele conheceu um cara que tem um Golem, lutou contra vários selvagens, capturou dois pokémons e ainda apareceu uma das rivais dele lutando no ginásio com um Combusken em sete dias de jornada. Ufa! huahahua Enfim, só digo pra tomar cuidado nos capítulos seguintes para as coisas não ficarem muito rápidas, mas enfim, por enquanto tá bom -q.

Bem, a captura do Zubat achei desnecessária, porque é um pokémon importante só quando vira Crobat, já que os dois primeiros estágios são completamente descartáveis e irritantes. Mas, de toda forma, eu achei interessante o protagonista ter capturado o morcego, já que apesar de essas merdas sempre aparecerem, muito difícil alguém captura né huahauha e também não lembro de muitos outros personagens de fanfics que capturaram o Zubat também. Quanto ao Aron, achei legal, é um pokémon legalzinho e gosto do Aggron também.

Bem, tenho que dizer, não sei se você esqueceu ou não, mas no começo do capítulo, o Darton disse que ia na caverna capturar um Sableye e o Ace ia pegar um TM e um Steelexite, e no fim das contas nenhum dos dois pegou o que queria. Não sei se você deixou implícito ou não, mas ficou confuso de qualquer forma.

Achei interessante os treinadores já se conhecerem antes de saírem pelo mundo afora e os rivais serem mais bem trabalhados do que simplesmente "oi, não gosto de você, vamos batalhar". Enfim, pelo visto, a Diana além de ser rival, também é o interesse romântico do nosso protagonista? Vamos ver como isso vai rolar. Ah, e pelo pouco dela, até que gostei dela sim.

Não sei se é um erro, ou não, mas a caverna do Groundon/Kyogre não é aquela caverna de Sootopolis? Quer dizer, você falou apenas em pinturas, mas eu imaginei a caverna mais num contexto geral, então por isso me causou essa dúvida. Talvez você apenas escolheu uma caverna qualquer das muitas de Hoenn, mas enfim.

Bem, eu ainda estou um pouco confuso com esse negócio dos treinadores veteranos, se só são três treinadores lutando em cada região, como funcionam os outros treinadores e tudo mais. O repórter deu aquela explicação sobre os veteranos, mas não consegui pescar muito as informações dali, sei lá, talvez você explique isso melhor depois.

Eu quero alertar sobre a repetição de palavras. Você repetiu muito os nomes dos pokémons e das pessoas. Sugiro utilizar sinônimos para a leitura não ficar tão repetitiva. Tente coisas simples como "lagartixa", "inicial", "o garoto", "o velho", etc. É mais uma dica, já que erros ortográficos não encontrei nenhum prejudicial à leitura.

Bem, é só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Searching for Greatness

Mensagem por Nagre em Dom 11 Jun 2017 - 16:42

Black: kkkk tá num ritmo mais acelerado pq começo de jornada é um saco e sla geralmente antes do GYM tu já tem seu starter evoluído. Sobre o Zubat, talvez ele não fique no time ou talvez fique, mas eu gosto dos morceguinhos. Os objetivos de cada um ficam implícitos.
A caverna existe nos jogos sim, é aquela que vc encontra o Steven, em ORAS tem umas pinturas lá também. E sobre os treinadores veteranos e novatos quantos tem e não tem. Bem a galera da NU tem um destaque, mas qualquer um pode ser um treinador e se inscrever na Pokémon League a galera da universidade só são "especiais" tem vários treinadores novatos e veteranos por aí. Acho que no capítulo 4 eu explico mais sobre isso (eu tô escrevendo o 9 agora)
Enfim muitíssimo obrigado por estar acompanhando e comentando (isso anima tanto a gente hauauhauahu) fico muito agradecido mesmo.

Esse capítulo parece extenso, mas é bem curtinho. Quando faço as batalhas de GYM eu prefiro fazer o capítulo ser só sobre isso

Chapter 2: Vs Brawly

Trilha Sonora Da Batalha: (Ouçam e repitam pq é curtinha)
Trilha Sonora

Ace acordou cedo e voltou para Granite Cave, deixou o ovo no Pokémon Center porque ainda não queria que o que saísse de lá nascesse em uma caverna. Mas o garoto voltou para treinar seus Pokémon e deixa-los todos no mesmo level, o que não demorou muito na verdade. Após terminar seu treinamento, Ace pegou seu ovo e foi para a praia, onde ele foi surfar para relaxar antes da batalha. Mas ao chegar à praia o sentimento foi diferente, um repórter da YSPN encontrava-se presente lá (de terno, o que deixou Ace muito triste por ele, pois era um dia muito, muito, muito quente) e haviam várias garotas bonitas na praia, mais do que de costume. Ace procurou o motivo de tanta exaltação e se aproveitou do fato de não ser tão famoso e simplesmente ficou sentado na areia atrás do repórter, aparecendo em sua filmagem.

“Nós sabemos que dois treinadores veteranos tentaram ganhar do Brawly com seus times antigos, mas nosso querido líder de ginásio lutou de forma perfeita e ganhou dos dois, queimando a única chance que eles tinham de usar seu time antigo na busca pelas Badges, agora com seu time formado em Hoenn eles devem enfrentar um desafio mais fácil. Claro que como vocês sabem, o nível dos Pokémon do Gym Leader muda conforme o número de Badges que o treinador possui. Digamos que um novato tente lutar com Brawly sem nenhuma Badge, então ele não deve ser tão forte, logo não há motivos para lutar com força total contra um mero inseto. Mas esses eram times fortes de treinadores que lutaram na Kanto League e na Unova League, as ligas que mais exigem do treinador. Brawly está tentando elevar o nível da Hoenn League esse ano, isso é uma certeza e agora podemos vê-lo relaxar surfando aquele tubo”.

Ace ficou aliviado ao saber que ele iria lutar contra uma versão “fraca” de Brawly, o que significava que ele também era fraco, mas isso não o chateou, era uma longa jornada para ficar forte. O garoto olhou para o mar e finalmente enxergou o Gym Leader. Ele tinha longos cabelos azuis, olhos azuis, pele queimada pelo sol quente de Dewford, estava sem camisa o que fazia as garotas da praia darem gritinhos animados (levou uma delas a fazer topless, mas para a infelicidade dela Brawly não deve ter visto,  pois havia caído na água) e estava usando óculos de sol de lentes douradas.

- Hunf, o cara é um surfista também. Posso ficar amigo de uma pessoa como ele, e eu estou imaginando que tipo de Pokémon ele treina... E se está aqui não pode estar no Gym, mas eu vou lá mesmo assim.

Voltou correndo ao Pokémon Center, colocou uma camiseta que dizia “Trainers From Pallet Town Rocks” e estava tentando controlar a ansiedade. Embora tenha sido ensinado por algumas das maiores personalidades do mundo, aquela era sua primeira vez desafiando um Gym. Saiu andando calmamente e ao chegar ao Gym viu outro repórter com uma equipe toda e que provavelmente estavam esperando que um desafiante chegasse. Ace tentou entrar sem que ele percebesse, mas o cara de terno gritou:

- HEY ESPERE AÍ. Jack ligue as câmeras, Rachel veja minha maquiagem, Lily luzes! Qual seu nome garoto?

- Hm, Ace.

- Ah o novato que saiu correndo e que quase me atropelou, fui designado para acompanhar você, então tomara que seja um treinador promissor. Os monstros da NU geralmente são, mas a Elite Four e o Champion conseguem lidar com vocês, a NU não destronou ninguém.

- Ainda.

- Gosto de você e é até bom, pois estarei em todas as cidades que você estiver.

- Vamos entrar ao vivo na YSPN em 3, 2 – fez o sinal de 1 com o dedo e então o repórter começou a falar.

- Boa tarde amigo do esporte! Aqui em fala é Kent Rock e estou aqui com um dos novatos da NU, Ace! Como se sente ao estar desafiando Brawly?

- Eu me sinto ahn, bem, eu acho.

- Confiante?

- Não sei bem dizer... Um pouco nervoso.

Ace estava um pouco incomodado, não conseguia dar respostas boas a estas simples perguntas, ele estava confiante? O garoto achava que devia estar, mas ele estava apenas ansioso por uma boa batalha.

- Normal, normal. Mas como se sentiu ao ver sua amiga e rival Diane vencendo?

“Finalmente alguma coisa que eu consigo responder bem” - pensou.

- Bem, ela sempre foi a melhor em tudo na NU, não é surpresa que ela esteja mandando bem nos desafios, Diane é uma garota muito forte. Ela deve estar vendo isso, já que falou que ia assistir todas as lutas minhas e do Delta. Um beijo sua linda!

- Boa resposta, garoto! – elogiou Kent que estava insatisfeito com as respostas de Ace até o momento. – Agora vamos entrar com você e ver como se sai contra Brawly e seus treinadores!

Ace achou meio irritante que as câmeras estavam o seguindo por onde ele ia, mas quando chegaram no que pareceu ser o campo de batalha, todos foram para a área dos comentaristas. Um cara super malhado e uma garota com roupas de ginástica realmente apertadas chegaram até ele.

- Novato? – perguntou ela, transmitindo um olhar desafiador.

- Sim.

- Treinadores de Pallet não são tudo isso, sabia? – falou o homem flexionando os bíceps.

- Diz isso ao Red e ao Blue.

- Que engraçadinho, quantas Badges você tem, novato?

- Por enquanto nenhuma.

Os dois assentiram e foram até uma máquina que parecia uma geladeira e voltaram com duas Pokéball cada.

- Achei que ia enfrentar o Brawly...

- Um lixo como você só vai ver Brawly se passar por nós. Acha que consegue? – desafiou a garota.

- Caras, vocês não estão intimidando ninguém. Vamos ao que interessa! – gritou Ace pegando a Pokéball do Treecko

- Nos acompanhe. Hector é seu primeiro adversário. – explicou a garota.

- Você quer ser intimidante se chamando Hector?

A garota riu e o homem ficou vermelho, ao ver o tamanho dele Ace mudou de ideia sobre provoca-lo. Eles avançaram no que parecia ser um campo de batalha normal.

- Vamos começar então moleque! – ele arremessou a Pokéball – Com meu Makuhita.

“Hm, então é um Gym do tipo lutador”.

- Zubat, conto contigo.

Ace ia ordenar alguma coisa, mas grades começaram a subir das laterais do campo o fechando. Makuhita parecia acostumado com aquilo, mas Zubat procurou o treinador que disse para que ele se acalmasse.

- Luta em uma jaula? Tá que é um Gym do tipo lutador, mas isso é um pouco doentio, Hec.

- Luta livre garoto. Você pode chorar na cama onde é quente. Makuhita comece com Fake Out.

“Tentando dar flinch, não vai ser tão fácil assim, Makuhita é um Pokémon lento comparado ao meu Zubat”.

- Espere ele chegar perto e use Supersonic.

Makuhita pulou com os braços abertos para acertar o Fake Out, mas Zubat voou um pouco mais acima no momento certo e disparou uma onda sônica que atingiu o lutador no ar.

- Agora use sua velocidade e use um Wing Attack.

- Confusão? Não é o suficiente para nos parar! Force Palm!

A mão do Makuhita brilhou, mas o Pokémon atacou a grade ficando de costas para o Zubat que mergulhou com velocidade atingindo o oponente com suas asas causando muito dano.

- Arm Thrust!
- Wing Attack!

Zubat mergulhou mais uma vez com grande velocidade e causando mais dano ao Makuhita que conseguiu dar dois socos no morcego fazendo com que esse rolasse no chão, mas Zubat se recuperou rápido e já estava de volta ao ar sem grandes ferimentos.

- Fake Out!
“Flinch por flinch”
- Bite!

Zubat sendo mais rápido mergulhou e mordeu Makuhita no pescoço, esse aproveitou que o morcego não podia fugir e o acertou com o Fake Out. Zubat saiu de perto um pouco atordoado.

- Esse Makuhita devia estar confuso!

- Não existe confusão para quem tem foco na luta! Force Palm!

Os danos do Wing Attack estavam acumulando no Makuhita que estava ofegante, Ace esperou que o lutador chegasse perto para que então ordenasse.

- Termine com um Wing Attack.

Zubat foi mais rápido e nocauteou o lutador, Ace achou que era o suficiente e o chamou de volta.

- Vamos Treecko, tenho um plano para você.
- Ainda tenho meu parceiro Machop!

Treecko olhava confiante para as grades da arena, Ace sabia que seu amigo adorava escalar.

- Machop Low Kick.
- Suba na grade Treecko. Vamos usar aquele TM bem útil.

Machop acertou um chute em Treecko que o fez cair, mas o Pokémon correu e escalou as grades como Ace mandou.

- Machop suba nessa grade e use Karate Chop!
- Sabe, acho que foi um erro colocar essa grade ai, isso nos dá altitude suficiente para usar o Aerial Ace! Vamos Treecko!

O braço de Treecko brilhou e o Pokémon deu um mortal ao pular da grade e cair de cabeça em cima do oponente o acertando em cheio no rosto, os dois Pokémon desabaram no chão, mas Machop sofreu mais dano com o impacto, enquanto Treecko dava saltos graciosos e ficava de pé.

- Um golpe voador em um Treecko? Como?
- Bem, um senhor tinha me dito que um treinador ficou frustrado e jogou fora esse TM na Granite Cave e ele disse que me ajudaria a lutar pela Badge. Então eu ensinei ao Treecko. Finalize usando Quick Attack.

Machop ainda estava se levantando quando foi atingido com força pelo lagarto, caiu e não se levantou mais.
As grades baixaram com muita rapidez, Hector cumprimentou Ace meio a contragosto e murmurou algo como “Por essa eu não esperava”, a garota avançou e disse:

- Engenhoso, iremos lutar agora, mas antes me deixe curar seus Pokémon. E ah vamos lutar sem a grade dessa vez. Me chamo Jacqueline e vamos lutar na mesma arena em que você vai enfrentar o Brawly.

Chegaram a uma arena Pokémon com várias grandes pedras espalhadas, campo mais rochoso, um campo mais estratégico do que uma jaula.

- Vamos lá então Jac, vou começar com meu Zubat.
- Vamos lá Machop.

E no momento em que eles iam começar a luta, o rapaz de cabelos azuis, olho azul, que usava óculos de sol dourados, chegou. Estava usando uma camisa com uma estampa de punho e shorts mais colado conforme se usa na academia.

- Ah foi mal aí cara, eu estava surfando e deixei o Gym sozinho. Meus discípulos estavam te enrolando até eu chegar. – ele olhou para Jac – seu Wingull não foi muito rápido ao mandar a mensagem de que tínhamos um desafiante!

- Pera aí e a luta que eu tive na jaula com o Hec?

- Bem aquela arena nós usamos para treinar artes marciais, mas sem nenhum Pokémon. Nos sentimos no cinema lutando em uma jaula “pelas nossas vidas” – ele fez aspas nas últimas palavras. – Enfim chega de enrolação. Eu sou Brawly, líder do Gym de Dewford. Você tem quantas Badges? – Ace fez um 0 com a mão – novato? – o garoto fez que sim com a cabeça. - Então continue com seu Zubat que já me vou vir com meus Pokémon.

Hec e Jac pediram desculpas por terem enrolado, mas Ace achou bom que isso acontecesse, deu algumas informações muito úteis. O garoto também reparou que agora tinha uma plateia aproximando-se para assistir a luta. Ace não sabia onde Kent Rock estava, mas imaginava que ele estaria decepcionado com a luta que não havia valido de nada.

- Seu Zubat está a mostra, preparado para enfrentar meu Makuhita? – gritou ele convocando seu parceiro – Não me confunda com o Hector, ele ainda tem muito que aprender.

- Vamos ver, Zubat use Wing Attack!
- Espere que ele chegue perto e use Rock Tomb!

Zubat com sua rapidez atingiu Makuhita com suas asas e causou um bom dano, mas ao tentar voar para longe viu que o lutador estava lançando pedras para o alto, ele tentou desviar, mas duas caíram em cima de suas asas abertas e o prenderam ao chão o machucando muito.

- Force Palm!

Com a mão brilhando Makuhita atingiu uma pedra que se espatifou, os destroços atingiram o Zubat e Makuhita ainda atravessou a outra rocha com o poder do seu golpe, o morcego alçou voo, mas com dificuldades.

“Então era para isso que serviam as pedras no campo de batalha! Eu o subestimei! Mas ainda temos como vencer!”

- Era tudo o que tinha? Esperava mais de você, garoto de Pallet! Use o Rock Tomb novamente!

- Você é realmente bom, vou dar o meu melhor. Não deixe as pedras chegarem perto de você, Zubat, voe de encontro ao Makuhita com o Wing Attack!

Zubat voava rápido, pegou muita altitude e quando o Makuhita jogou as pedras que seriam sua tumba, o morcego fechou as asas e desceu em parafuso pegando muita velocidade e atingiu o Makuhita no rosto com as asas que foram abertas pouco antes de Zubat chegar ao chão, o lutador cambaleou, mas ficou firme.

- O segure! Use Rock Tomb e acabe com ele!

Makuhita prendeu Zubat fechando o braço esquerdo ao redor de seu corpo e com a mão direita ele esmagou o morcego sob uma pedra o deixando desacordado.

- Mandou bem Zubat, descanse bastante. Vamos Aron!
- Um Aron? Acho que estou superestimando você, Arm Thrust!
- Protect!

Makuhita tentava acertar socos em Aron, mas um campo de força azul emitido pelo pequeno Pokémon impedia que os golpes o acertassem.

- Force Palm
- Metal Claw!

Os dois Pokémon se atingiram ao mesmo tempo e voaram para longe atingindo duas rochas e os dois caíram desacordados. Makuhita já havia levado muito dano de Zubat e Aron caiu, pois golpes do tipo lutador são super efetivos contra seu tipo metálico.

- Acho que isso nos deixa com um Pokémon cada! Vamos Meditite!
- Bora lá Treecko! Quick Attack!
- Detect!

Treecko não conseguiu acertar o Meditite, pois este esquivou do golpe no último momento.

- Force Palm!

Meditite atingiu o lagarto no rosto e o fez voar longe, o pequeno ficou acuado de costas para uma rocha.

- Mantenha a pressão com o Force Palm!

Ace esperou que o Meditite chegasse perto e só então gritou:

- Suba na pedra Treecko, depressa!

O Pokémon de Brawly atingiu a pedra e sua mão ficou presa nela, local onde até poucos segundos Treecko estava. O lagarto agora se encontrava no topo da rocha.

- Aerial Ace!
- Que? Tire o braço daí rápido Meditite!

Os braços de Treecko brilharam e ele saltou girando em parafuso pegando muita velocidade e atingindo o oponente na cabeça enquanto este tentava soltar seu braço. Meditite afundou um pouco no chão, recebendo muito dano.

- Quick Attack!
- Detect!

Mesmo preso ao chão, Meditite ainda conseguiu desviar do golpe de Treecko e com um pulo já estava solto novamente.

- Ataque com Confusion!

Os olhos do lutador brilharam e uma onda psíquica parecia estar atordoando o oponente que recuou com o dano recebido.

- Mega Drain!

Pontos verdes de energia saiam do corpo de Meditite que fazia uma expressão de dor, o dano que Treecko havia recebido da onda psíquica havia sido restaurado com o HP de seu próprio oponente, que estava ofegante.

- Termine com um Force Palm!
- Use Quick Attack na rocha para pegar altitude e termine com um Aerial Ace!

Meditite atravessava a arena com a palma brilhando, Treecko pegou velocidade saltou na pedra e se lançou ao ar com um mortal, seus braços brilharam e os dois golpes colidiram levantando muita poeira. Quando esta baixou, apenas Treecko estava de pé.

- Boa luta, parabéns pela vitória!

Ace ia agradecer, mas o corpo de Treecko começou a brilhar, seu corpo cresceu, folhas apareceram em seus braços, folhas formavam uma cauda e uma longa folha saía de sua cabeça. Brawly riu e disse:

- Acho que você ganhou mais do que a Badge!

- CARALHO BOA EU TENHO UM GROVYLE! – ele correu até o Pokémon e o abraçou e depois foi até Brawly e esticou o punho fechado – Foi uma luta maneira, valeu a pena bater no Hec primeiro!

Brawly sorriu e bateu no punho fechado de Ace com seu próprio punho.

- Bro fist é um sinal de amizade, sabia? – perguntou o Gym Leader.

- Ah sim, eu sei que você surfa, então a gente podia sair e aproveitar o resto do dia!

- Ótima ideia! Mas antes pegue isso – Ele entregou a Badge – essa é a Knuckle Badge e permite que Pokémon até o level 30 o obedeça, além de aumentar o Ataque de seus Pokémon!

Ace pegou o pequeno punho e o colocou na caixinha de Badges que todo treinador recebia ao se inscrever na Hoenn League, muito esforço foi necessário pelo pequeno pedaço de metal. O rapaz abraçou seu Grovyle novamente e disse para Brawly:

- Só dê um jeito de eu sair daqui sem dar entrevistas, OK? Tô meio cansado pra isso...

O Gym Leader riu, a plateia aplaudia e gritava. Foi uma ótima luta realmente.

Ace: Grovyle, Zubat, Aron, Egg
Diana: Combusken, Trapinch, ?
Delta: ?
avatar
Nagre
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 29/01/2010

Frase pessoal : O importante é aquilo que importa!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Searching for Greatness

Mensagem por Netflix em Sex 7 Jul 2017 - 17:41

O meu primeiro comentário para uma fanfic... Huh, tô nervoso -brinks

Antes de mais nada, prazer, sou Netflix. Sim, nome criativo, eu sei. Eu espero que continue com a ideia da fanfic e que não desista, porque deu para notar que o fórum está um pouco morto-vivo e tenho uma fézinha que dá para mudar isso, porém vamos ao comentário real:

Universidade Pokémon! Eu gosto da ideia, eu acho mais com nexo e basamento considerando que você tem que ser bom em algum lugar para sair numa jornada e não ter dez anos e sair de casa mundo a fora com Equipes Rockets e Pokémon malucos. O protagonista Ace - que me recorda One Piece - realmente parece ser um novato em tudo que envolve a jornada e acho legal, mesmo que ele provavelmente teve aulas téoricas sobre qualquer coisa.

Referente as batalhas presenciadas até o momento, eu vi uma mistura entre os jogos e o próprio anime. Os jogos por causa de TM, usar expressões como flinch e tudo mais e o anime porque dá uma sensação de movimento do Treecko subir nas coisas para usar um Arial Ace - coisa que eu nunca ia pensar em colocar na lagartixa verde. A batalha foi rápida, direta e que dá para entender o que cada lado queria fazer; só achei injusto que o Ace usou três Pokémon e o Brawly usou somente dois, porém é ideia sua então ok.

Usar um Aron no ginásio de tipo lutador que leva 4x dos ataques? Garoto audacioso, gosto disso.

Quero ver agora para onde o Ace irá: Slateport ou Petalburgh?

Até breve, Nagre!

Ass,
Netflix
avatar
Netflix
Membro
Membro

Masculino Idade : 17
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 04/07/2017


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Searching for Greatness

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum