Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Por favor, não perca mais tempo, inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobres todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Aguardo.
Feliz Natal e Ano novo!

Pokémon - The Mirage Pyramid

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pokémon - The Mirage Pyramid

Mensagem por Slow em Ter 9 Maio 2017 - 20:42

He... caramba, quanta poeira, desde 2015.

Hey o/

Bom, basicamente esta é uma Oneshot que eu já tinha feito e postado em outro site outro site. Foi uma fic que eu fiz para um desafio, onde eu deveria escrever sobre a cor dourada, qualquer coisa relacionada a isso. Resolvi trazer pra cá porque eu quis. Sinopse era obrigatória, mas eu não julgo necessária, ainda mais quando a Oneshot tem esse tamanho... e eu não sei fazer sinopses! Então vamos relevar isso.

Dos mesmo criadores de "The Faker" (eu), vem ai:




Capítulo Único - Areia com areia é sempre areia
Oneshots realmente precisam de título nos capítulos?

Cara, definitivamente eu odeio o deserto. Ter que ficar segurando essa capa preta que quer voar por ai nesse depósito de areia, usar esses óculos de proteção no meio de uma tempestade de areia e não poder ir até onde quero voando por conta disso. Mas que seja, Edward tem que manter o meu título de maior caçador de tesouros do mundo, como sempre. Mas por que diabos eles fizeram um negócio desses? Se não fosse o tesouro, só aqueles historiadores doidos viriam aqui.

Meu Flygon, voando ao meu lado, não parecia odiar como eu. Talvez porque foi em um lugar como esse que eu o capturei, deve estar sentindo-se em casa. Eu não. Sabe o que eu vou fazer quando chegar em casa? Tomar uma gelada. Agora estou com muita vontade de dar meia volta e sair voando daqui, mas dai o Flygon me mata.

Bom, aparentemente é aqui. Agora eu só tenho que esperar parado no meio da tempestade, mais um dia normal. Espero que não demore muito... CARA, POR FAVOR, APARECE LOGO! EU JÁ ESTOU ESPERANDO FAZ TRINTA SEGUNDOS E SE ISSO NÃO APARECER AGORA EU VOU...

E foi então que apareceu. A tempestade de areia começou a se concentrar em um ponto, ficando um pouco mais forte. Do ponto de concentração, lá no alto, começou a descer enquanto se expandia, moldando uma pirâmide. E eis aqui, a Mirage Pyramid. Ao contrário da Mirage Tower, que de vez em quando aparece, essa desgraça só aparece a cada 100 anos. Diz a lenda que as pessoas vinham a cada 100 anos aqui pra oferecer ao seu Deus e blábláblá. Se o Deus delas ainda não gastou tudo, acho que pode dividir um pouco comigo. Eu sou um bocado sortudo, então coincidiu de isso aparecer enquanto eu existo e eu nem precisei esperar uns 80 anos, tenho 25. Posso explorar isso que outros não tiveram a oportunidade e ainda posso ser jovem e bonito enquanto faço.

Após alguns segundinhos se formando enquanto mais areia batia na minha cara, ela foi concluída. A tempestade de areia parou, finalmente, e deu forma a grandes blocos de areia tão dura quanto pedra que davam forma a pirâmide. Cada bloco era do meu tamanho e não faço ideia do quão alto era aquela coisa ao todo. Antes de entrar, tirei metade da areia dos meus cabelos loiros já bagunçados, passando a mão. Coloquei os óculos de proteção modelo “cosplay-dos-olhos-do-flygon” no pescoço ele e revelei meus olhos azuis. Da minha mochila, tirei um capacete com uma lanterna e coloquei no lugar obvio onde ficam os capacetes. Tudo pronto.

A entrada da pirâmide estava na verdade abaixo dos meus pés, com uma escada subterrânea. Tudo aqui é feito de areia, me pergunto se o tesouro é um saco com a melhor areia já encontrada no deserto. Se for, ainda consigo vender pra algum colecionador compulsivo ou algum retardado que colete areia. Comecei a descer as escadas com cuidado, me apoiando em “corrimões” de... não vou dizer de novo, adivinhe. A passagem era inconvenientemente estreita, Flygon tinha dificuldades só de ficar em pé. Quando já estava começando a ficar cansado de descer escadas, finalmente, chega à divertida vez de subir escadas!

Eu espero que não seja só um saco com a melhor areia do deserto, sinceramente. No mínimo tem que ser sete esferas de areia que invocam um Rayquaza de areia que me concede uns desejos, ou até uma lâmpada mágica com um gênio que concede desejos confinado nela. No fim, dá no mesmo. Depois de finalmente subir, cheguei a uma câmara. E estava ali: ouro e jóias, a cor dourada para todos os lados. Não é um dragão de areia ou um gênio, mas também não é um saco de areia. Em meio ao mar de ouro, havia uma estátua feita de você-sabe-o-que com a forma de Rhyndon.

Na parede, estava um texto que me chamou um pouco a atenção. Não mais que o ouro, mas fiquei curioso. Estava escrito, em um alfabeto ridículo que era basicamente um monte de letra com um olho no meio (qual a necessidade de olhos em letras?) “deixe a sua ganância longe de Deus”. Eu não sou ganancioso, só estou fazendo um empréstimo. Eu pego parte do tesouro dele e, quando morrer, pago umas cervejas pra ele. No céu tem? Descubro isso depois.

Tirei a mochila das costas e dei para Flygon segurar enquanto colocava alguns tesouros nela. Se cabe até uma bicicleta aqui, com certeza vai caber boa parte disso. Aproveitei os bolsos da calça também, todo espaço é útil. Após colocar, só precisaria voltar às escadas e sair. E foi então que os olhos da estátua de Rhydon brilharam em vermelho e um imenso bloco caiu na entrada. Nas paredes, duas passagens se abriram, uma mais fina e outra bem maior, respectivamente na parede esquerda e direita. A partir da maior, um estrondo começou a surgir e, da menor, algo estava se arrastando até aqui.

Flygon pressentiu o perigo e ficou ao meu lado, esperando algo aparecer. Uma esfera marrom veio rolando em minha direção pela direita e uma cobra amarela de uns 3 metros tentou me abocanhar pela esquerda.

─ Flygon, Protect! ─ Gritei, ordenando.

Não tinha necessidade de gritar na verdade, só havia nós dois e as duas coisas aqui. Enfim, Flygon nos envolveu com uma barreira esverdeada e nos protegeu dos múltiplos ataques. Quando a criatura saiu da forma de bola, se revelou um Golem marrom. A grande cobra era na verdade um Arbok amarelo. Pokémon Shiny! Poxa, quase esqueci dois tesouros bem aqui. Pelos olhos deles dois estarem brilhando no mesmo tom que a estátua, eu imaginei que seria apenas destruí-la e estaria livre, mas ai não seria divertido e quem sabe eles fugiriam. Um rolo compressor ou uma cobra de 3 metros, o que atacar primeiro?

─ Flygon, use o Dragon Claw em quem você quiser.
~Fly?
 
Ele ficou um pouco confuso. Tenho certeza que pensou em me atacar só pra me sacanear, mas ai apanharia pra um rolo compressor e uma cobra de 3 metros, então resolveu não me zoar. Suas patas se envolveram em uma aura semelhante a garras e voou até Arbok, arranhando-o. Ela revidou, com a “cauda” (ou um pedaço dela, já que cobras parecem caudas ambulantes) brilhando em verde, acertou Flygon e o lançou contra a parede. Golem se aproveitou disso e rolou novamente, acertando em cheio o dragão e o empurrando ainda mais para dentro da parede.

Eu não queria estar no lugar dele agora, mas quando ele se levantou, eu não queria estar no lugar dos oponentes. Deu pra notar o quão puto ele estava.

─ Eh... Draco meteor... sem matar eles, por favor.
~Flyyyyy!

Flygon criou uma esfera laranja de energia e lançou ao telhado. A energia explodiu para todos os lados, acertando tudo. Eu não queria estar no meu lugar agora. Todos os lugares da sala estavam começando a rachar, até que Flygon teve a brilhante ideia de usar Earthquake sem que eu mandasse. Ai tudo começou a tremer e as coisas racharam de verdade. Peguei duas Ultraball da minha mochila e joguei em cada um deles, que estavam feridos no chão. Como eu sou sortudo mesmo, capturei os dois de primeira. Apanhei as duas esferas e montei no Flygon, pois o lugar não duraria muito.

─ Hm... ─ Vi que a saída estava lacrada ─ vai por ali! ─ Apontei para a maior abertura, por onde Golem veio.

Voávamos desesperadamente pelo corredor enquanto as coisas desabavam nas nossas costas até que, em uma curva, Flygon teve a ideia de usar Dragon Pulse. Criou uma esfera verde gigante e atirando na parede, e explodiu ela. Esse dragão consegue ser mais esperto que eu às vezes.
Finalmente estávamos do lado de fora, onde tinha ainda mais areia padronizando com o tom amarelado, mas agora com um pouco de dourado comigo. Eu não quero ver areia por um bom tempo. Agora eu só quero encontrar um Oasis por aqui, de preferência um Oasis, preferencialmente como um bar na esquina. E não, eu não sou um bêbado... eu acho.




Essa foi a minha primeira Oneshot, então... eu sei lá. Da primeira versão, só fiz algumas correções e pequenas alterações que achei legal ao revisar, nada demais. Então, até alguma outra hora o/
avatar
Slow
Membro
Membro

Masculino Idade : 16
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/01/2015

Frase pessoal : Don't go crying to your mama


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The Mirage Pyramid

Mensagem por Bakujirou em Qui 11 Maio 2017 - 0:02

Achei bacana o texto, foi bem construido as primeiras passagens, é mt tranquilo para ler conforme avanca. E me surpreendeu que fosse uma one-shot com pokemon, faz tempo que nao via issow. HIHI Parabens!

________________


Heir of Life

a target="_blank" href="??"
Um novo challenge breve

Spoiler:


sign dork princess & original art by RhuanFPS

CONFIRA!

Veja meus outros perfis!

avatar
Bakujirou
Moderador
Moderador

Masculino Idade : 29
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/02/2009

Frase pessoal : ~"You are my lucky charm"


Ver perfil do usuário http://bit.ly/docrJs

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The Mirage Pyramid

Mensagem por Rush em Qui 11 Maio 2017 - 12:31

E aí, Slow!

Gostei bastante da one-shot, mesmo que tenha parecido um início de uma fic. hahah

Admito ter ficado um pouco "chateado" ao ver que se trata de um caçador de tesouros. Não sei se a profissão se enquadra como um caçador de recompensas, mas eu prPor isso, meu amigo, na segunda parte da shot eu estarei aqui! Hahaha

Um abraço, até mais!etendia fazer uma fic com esse tema futuramente, e agora vai parecer que eu plagiei de ti. AUHUA' Mas brincadeiras a parte, eu gostei bastante de como fomos apresentados ao caçador de tesouros e seu Flygon.

A piramide-miragem foi algo bem místico também. Lembrei de cara da mirage tower e, sendo dito que ela some e só aparece de cem em cem anos, fiquei com uma puta angústia ao ver o protagonista lá dentro. Fiquei pensando, "e se a miragem sumir com ele dentro? Ele fica preso lá por cem anos? D:", de fato uma morte lenta e horrível.

Gostei das referências de Dragon Ball, Aladim e Indiana Jones. Sobre a pedra do último filme, achei bem interessante você adaptá-la para ser na verdade um Golem, o que ficou bem mais desesperador, vendo que a pedra gigante que rola seguindo o personagem agora tem vida e não vai parar se ela bater em um obstaculo.

De fato não tem muito o que comentar. Gostei da criatividade em fazer o protagonista usar "lentes de Flygon" para se proteger da tempestade de areia, mas a falta de informação que temos acaba por me deixar ansioso para continuar lendo.

avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum