Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Por favor, não perca mais tempo, inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobres todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Aguardo.
Feliz Natal e Ano novo!

The Princess of the Pyramid

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quem deve ser o primeiro Pokémon de Phoebe?

20% 20% 
[ 1 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
20% 20% 
[ 1 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
0% 0% 
[ 0 ]
40% 40% 
[ 2 ]
20% 20% 
[ 1 ]
0% 0% 
[ 0 ]
 
Total dos votos : 5

The Princess of the Pyramid

Mensagem por Rwby em Dom 7 Maio 2017 - 22:48

THE PRINCESS OF THE PYRAMID


Gênero: Ação, Amizade, Angust, Comédia, Fantasia, Suspense, Romance, Mistério, UA.
Sinopse: Filha do mais forte Cérebro de Fronteira... Dotada de habilidades psíquicas surpreendentes... inteligente e sagaz... ambiciosa e determinada... Phoebe Gray está pronta para sair em sua jornada e provar ao mundo que ela pode superar todos os limites. Que ela pode superar todos os Mestre.
Avisos: Pokémon não me pertence. O nome da personagem se lê 'Fibi'.

Notas Importantes da História:
~> Essa fic acontecesse paralelamente com os eventos do anime e dos filmes.
~> Pokémon Lendários são classificas em 'Lendários Originais', que são os primeiros de sua espécie e 'Lendários', que são os filhotes, ou seja, dos descendentes dos Originais.
~> Não existe evolução por troca na fic.


Sumario::
Prólogo ~ Neste post


Personagem Principal:


Phoebe Gray
Idade: 12 anos
Cidade natal: Desconhecida
Habilidade: Psíquica
Família: Brandon (pai adotivo)
Pokémon's:



Prólogo


Brandon nunca tinha se sentindo tão nostálgico, sentado em sua poltrona do lado oposto a sua cama. Em sua mão um copo de uísque, enquanto a garrafa pela metade descansava sobre a mesinha ao lado da poltrona. Em seu colo o motivo de sua nostalgia, um álbum de fotografias, que o fazia reviver os últimos 11 anos.  11 gloriosos anos.

Era difícil de acreditar que 11 anos já tinham se passado, desde aquela noite milagrosa, em que ele, o Rei da Pirâmide, se tornou pai.

Brandon nunca se esqueceria como ele tinha encontrado sua pequena princesa dentro das ruínas de um antigo templo da Mew Original. Ela não era mais do que um bebê, com pouco mais de um ano de idade. Muitas vezes, Brandon ainda se perguntava o que o tinha feito ficar com a criança, mas em nenhum momento ele se arrependia de sua decisão. Phoebe, sua pequena princesa, tinha se tornado sua maior alegria e seu maior orgulho.

Como os anos tinham se passado, Brandon pensou que tinha sido obra da Mew Original. Ele ainda não sabia a verdadeira origem de sua filha, mas com o passar dos anos ficou claro que Phoebe não era uma criança comum. Ela era especial… sua pequena princesa era psíquica. No começo, ele tinha pensado que era apenas coisa de sua cabeça, mas não demorou muito para que ele tivesse certeza de que Phoebe era ainda mais especial.

Talvez seus poderes psíquicos tivessem algo a ver com a Mew Original? Brandon não sabia.

Porém, ele tinha se tornado decidido a não permitir que Phoebe se tornasse uma segunda Sabrina. Não… ele sabia que era preciso aprender a controlar seus poderes, mas ele não permitiria que ela se fechasse no mundo. Não foi difícil… ele contratou alguns tutores, que ajudaram com exercícios de controle no inicio, mas a maior parte do trabalho tinha sido feito pela própria Phoebe. Segundos seus tutores, Phoebe era muito poderosa, mais poderosa do que a própria Sabrina e com um controle muito mais afiado. Para eles, ela tinha tudo o que era necessário para ser uma Mestra Psíquica. Contudo… esse não era o sonho de Phoebe.

Phoebe queria viajar pelo mundo e se tornar uma treinadora Pokémon que superaria todos os limites possíveis… muitas vezes, ela dizia que se tornaria uma treinadora acima dos ‘Mestres Pokémon’.

Brandon sorriu de lado, ao se lembrar de sua filha declarando com tanta confiança e bravura o seu sonho. Como o pai superprotetor que era, Brandon desejava que Phoebe apenas fosse parte dos 69% dos novos treinadores, que desistiam em menos de duas semanas. Ele queria proteger sua princesa, escondê-la de todos os perigos e de todo o mal… contudo, como treinador e Cérebro de Fronteira, uma posição que se igualava a Elite 4, Brandon aguardava ansiosamente o momento em que sua filha iria enfrentá-lo em uma batalha oficial.

Esse seria o dia mais aguardado para ele e seus pokémons.

O dia em que a Princesa da Pirâmide iria desafiar o Rei da Pirâmide.
⇜♥⇝Continua...⇜♥⇝




Notas Finais (Leiam!):
Oi gente, essa é a minha versão do que deveria ser um verdadeiro protagonista para o anime Pokémon. Sei que esse é apenas o prólogo, mas espero ter deixado todos muito curiosos.
Espero que todos gostem =D
Beijinhos e até mais Wink


Última edição por Rwby em Seg 8 Maio 2017 - 10:26, editado 1 vez(es)
avatar
Rwby
Membro
Membro

Feminino Idade : 25
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 13/03/2017


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Princess of the Pyramid

Mensagem por Rush em Seg 8 Maio 2017 - 1:23

Opa, Rwby!

De início tenho que dizer que a ideia - mesmo sendo de meu desagrado ser no universo furado e infantil que é o anime - me agradou por se tratar da Battle Frontier. Mesmo sendo dito que o cargo se iguala à Elite Four, sempre pensei que eles fossem BEM superiores, já que no mangá, eles são respeitados e, em raras situações, até temidos em questão de desafiar os cérebros. Além de tudo, eles não se reservam apenas o tipo, e sim na estratégia e métodos de batalha, o que eu acho simplesmente fascinante.

Brandom, o famoso cara que possui pokémons lendários - isso se os regis podem ser considerados lendários - tanto canon no anime tanto canon no mangá. Se eu não me engano, nos jogos, ele até arruma as aves lendárias, né? Moltres ou alguma coisa do tipo.

Sobre a Phoebe, pensei inicialmente que ela tivesse alguma relação com Phoebe da Elite Four de Hoenn pelo nome, mas é idiota pensar que só pode ter uma pessoa com o mesmo nome NA REGIÃO, ta ligado. Pela descrição, no entanto, pensei que ela tivesse alguma relação com Anabel que também é psíquica e ainda faz aquela pressão como cérebro da fronteira. Talvez a Anabel tenha sido uma de suas tutoras para que a protagonista aprendesse a controlar seus poderes psíquicos.

Um comentário a parte, que eu achei bem cômico, foi sua declaração que existirá animais na fic por você não conseguir imaginar um Pokémon sendo comido. Bem, comer animais é algo muito mais fofinho né? :/ Acho que você deveria descartar a situação, já que seria tosco um Growlithe encontrar um cachorro ou coisa do tipo, faz bife de Tauros mesmo e Farfetch'd à alho poró.

Outro ponto que achei um pouco deselegante foi o poder inicial imenso da protagonista, como se ela fosse predestinada a ser foda. Ok, isso é uma opinião total pessoal minha, pois é bem protagonismo e acho que fica até sem graça. Seria legal ver ela correndo atrás e lutando para ficar mais forte, e não já nascer mais poderosa que a Sabrina por exemplo, que já tem uma puta moral. E seguindo em opiniões pessoais, que na real não deveria interferir diretamente o plot da fic, eu tenho que admitir que não gostei dessa votação.

Acho que é interessante você interagir com os leitores para improvisar em alguns aspectos das fics, isso me lembra as antigas fichas de personagens que os leitores escreviam para enriquecer os integrantes que apareceriam nas fan fictions, mas coisas como o inicial são muito... Radicais sabe? Tirando que eu acho que um inicial comum não combinaria muito com a Phoebe, e sim um Pokémon psíquico. Ralts, talvez, tanto pela linha evolutiva semelhante a um inicial e bem maleável (Gardevoir e Gallade são incríveis), tanto por ser em Hoenn. Honestamente, acharia muito original um Spoink como Pokémon inicial, já que ele é fofo e muito underated. Acho que NUNCA vi um Spoink numa fic.

E bem, Phoebe tem doze anos? -q Pela imagem dela - muito linda por sinal - eu chutaria uns quinze entre dezessete anos.

Eu geralmente escolho os Pokémons de meus personagens por semelhanças de cor do cabelo, olhos ou personalidade. No caso, acho que o correto seria um inicial de Hoenn por se passar na região, mas nenhum dos três combinaria com Phoebe. Não sei se pela personagem em si, algum inicial combinaria, talvez Fennekin.

Caso você queira a opinião do público, ainda voto no Spoink, talvez não como inicial, mas com certeza no time. Ralts talvez como inicial.

É isso. Tenho que ressaltar que gostei da originalidade na personagem decidir seguir seu sonho, e não suas qualidades naturais. Isso mostra a liberdade e originalidade em geral, onde ela corre atrás dos sonhos. Acho que a Battle Frontier, estilo a fic de @Kirkos faria mais sentido que uma jornada, tho. E bem, espero que ela não encontre o Ash ou coisa do tipo.

Irei acompanhar a Fan Fiction, aguardarei o primeiro capítulo.

Um abraço, até mais!
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Princess of the Pyramid

Mensagem por Black~ em Seg 8 Maio 2017 - 9:22

Primeiramente, tenho que dizer que achei bem legal ver uma nova fanfic escrita por um autor "novo". É sempre bom ter gente nova na área, mas enfim, vamos ao que interessa.

Bem, eu achei bem legal a história estar se passando na Batalha da Fronteira e coisa do tipo. Achei ainda mais interessante que a protagonista da fic seja filha de um dos cérebros da Batalha e mais interessante ainda -q ela ser uma filha adotada, já que poucas vezes eu lembro de ter visto um protagonista adotado nas fics. De toda forma, assim como o Rush, eu realmente me incomodo com fanfics que têm alguma relação com o anime. Não que eu esteja mudando ou escolhendo alguma coisa, mas eu não acharia legal se ela, por exemplo interagisse com personagens do anime, deixando apenas como consideração o tempo em que se passa a história, paralelo aos eventos do anime. Mas como eu disse, não quero interferir na história, só estou dando uma opinião parcial e pessoal.

Eu achei bem original o fato de existirem os lendários originais e os lendários filhotes, só que imagino que isso deva causar um pouco de confusão (não só pra mim, espero) e talvez você explique melhor durante o decorrer da fic. Já que os lendários são únicos e tals, e como eles teriam filhos. Sei lá, uma explicaçãozinha biológica básica já vai me ajudar -qq.

A respeito dos pokémon serem comidos, concordo com o Rush. É meio surreal a gente pensar: "que absurdo, como alguém pode comer Magikarp ou Tauros", sendo que comemos os semelhantes deles no mundo real. Quando eu escrevo as minhas fanfics, eu já pensei nisso, de parecer crueldade comer pokémons. Mas, comer vacas e outros animais não é também? (não sou vegetariano, só pra deixar claro). Enfim, concordo que você deva deixar isso meio de lado. Não acho que isso tenha tanta importância e talvez acabe dando uma pequena confusão, nada de mais.

Protagonistas muito protagonistas me incomodam também. Todavia, devo dizer que achei interessante a protagonista ser a escolhida do Mew. Gostaria de ver mais dessa relação e do porquê de ela ser escolhida. Eu só espero que mesmo ela sendo a escolhida, que ela não seja tão apela, super forte, imbatível, etc. porque sabemos que é meio chatinho um protagonista que é o melhor. Gosto daqueles que vão atrás e conseguem por terem ido atrás, não por serem o tal. Enfim, de toda forma, também achei legal que ela pelo visto não deu tanta importância para o seu poder psíquico e que quer apenas seguir uma jornada como qualquer criança (criança?) normal do Mundo Pokémon.

Concordo mais uma vez com o Rush no que tange a escolha do inicial. Realmente, inicial é uma coisa muito delicada e acho que o autor deva escolhê-lo, já que é basicamente o principal pokémon do personagem e ele ser escolhido a esmo deve ser um pouco estranho. Bem, eu votaria no Chimchar, pois é meu inicial preferido, mas votei no Fennekin que é o inicial que talvez mais combine com ela, já que a última evolução do Fennekin adquire o tipo psíquico. Mas, como disse, acho que essa decisão devia ser tomada apenas pelo autor. Mas enfim.

Só quero alertar para a repetição de nomes próprios que você colocou. Nos próximos capítulos, tente trocar o "Brandon" e "Phoebe" por sinônimos, como "homem", "cérebro", "garota", etc. Mas só tenho isso para alertar, já que não vi nenhum erro muito grave, não.

Enfim, gostei da história no geral e espero mais da mesma.

É só e boa sorte com a fic o/
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Princess of the Pyramid

Mensagem por Slow em Seg 8 Maio 2017 - 14:50

Hey Rwby o/

Acho que sei de onde vem o seu nick, embora só tenha assistido 1 ep caso for isso aeuhauhe. Tem a ver com cores? :v

Enfim, vamos deixar esses comentários por fora de fora. Primeiramente eu gostaria de falar sobre o Background da fic, começando pela votação, já que foi a primeira coisa que vi. Nós podemos ter alguns critérios para te indicar um inicial: personalidade, preferência pessoal (Chimchar do Black e por coincidência o meu tbm), características do personagem (como cor do cabelo e olhos ? [acho que só o Rush usa isso], Ralts, Spoink e Fennekin citados anteriormente), etc. Só que tem umas coisas que interferem nessa escolha da posição de leitores: 

Personalidade foi algo não mostrado no prólogo, já que a menina só foi citada pelo pai e não apareceu, mas esse é o meu critério preferido. Preferência pessoal eu só acho justo de ser usado quando ligado a algum dos outros, usando o exemplo do Chimchar, fazer uma característica ou personalidade do personagem que levasse até esse Pokémon. Característica do personagem não tem tantos problemas, tanto que foi o mais concluído aqui. O problema é exatamente porque nós somos leitores e mal conhecemos a personagem. Primeiro, ela quer fazer um time mono-Psychic? Eu acho que não, pois no caso você isolaria a votação para os psychic que... na verdade só tem Fennekin. Considerando um não, você já tem outro Psychic em mente para algum dos outros 5 Pokémon dela? Pq isso inviabilizaria o Fennekin se você só quiser 1 do tipo. Então, o que sobra dos disponíveis é Fennekin, desconsiderando esse problema, ou uma preferência pessoal que pode ter nada a ver com o personagem.

Essa aqui é mais direcionada ao Black do que a própria fanfic. Enfim, não sei qual explicação você dará, mas essa é a que eu conheço e "aceito" sobre os lendários. Tem o fato e tem a desculpa, como a maioria das coisas em Pokémon. O fato é que eles não reproduzem pra dificultar a nossa vida como jogadores. A desculpa é que eles são assexuados e isso pode ter 2 significados: eles não cruzam ou não precisam cruzar (pareço até um biólogo falando isso, é sexo mesmo). Ou seja, eles se reproduzem sozinhos, sem um parceiro. Detalhe que não é um hermafrodita, como flores, que possuem os dois gêneros e se autofecundam (faz sexo com ela mesma). Se quiser uns exemplos, dá uma olhada no google sobre "reprodução assexuada", que realmente eu não lembro de certeza.

Sobre a comida, eu também não gosto de fazer os Pokémon serem comidos e, embora sejam baseados e parecidos com os animais, existe algumas diferenças. Em primeiro lugar, os Pokémon são bem mais inteligentes a ponto de compreender a morte. Sério, eu preciso pesquisar mais sobre, mas eu soube que a maioria dos outros animais não sabe que vai morrer (que são mortais) e faz sentido lógico pra mim. Além de que Pokémon entendem a nossa língua, saberiam para o que estão sendo criados. Além disso, um fato que agrava a situação é o anime ser sobre amizade com eles e tal. A gente tem essa relação com os animais, mas é muito diferente, justamente pelo nível de racionalidade. Animais são mais inocentes, não tem senso de justiça ou algo assim que eu saiba. Fora tudo isso, eu já vi umas teorias ai pela internet, a que você vai fazer (Pokémon + animal) e uma "oficial por baixo dos panos" que eu vi em alguma matéria, acho que na PBN, em que um cara que participa desa criação disse que o universo de Pokémon é tão desenvolvido a ponto de conseguirem sintetizar comida. De qualquer forma, o anime não ajuda: 
Pokedex do Farfath'd.

Eu não vou dizer nada como os outros sobre você ter citado a relação com "como deveria ser um protagonista no anime". Isso pq o que nos foi mostrado foi apenas um cara sentado tomando uísque e contando uma história, não quero concluir nada sobre o plot só assim, mas como pouco foi mostrado, é como se a gente imaginasse uma história meio chata, sabe? Apenas uma moça indo atrás de umas insignias sem nada muito mirabolante envolvido, uma simples jornada casual.

O poder dela eu achei legal, só quero saber como vai ser usado. Ela vai lutar ao lado dos Pokémon ou são poderes não voltados para isso? Enfim, também achei legal usar o Brandom e o Battle Frontier, essa é apenas a segunda fic que vejo usando isso, depois da do já citado Kirkos. Estou bem curioso pra conhecer mais o personagem, já que eu só posso imaginar coisas vagas com o que foi mostrado, como o pai dizendo que não queria que ela fosse fechada como a Sabrina e não mostrando nada que indicasse que tenha falhado nisso.

É isso, até a próxima, vou ver se voto em alguma coisa, mas saiba que há muitas variáveis na minha mente :v Até  tchau
avatar
Slow
Membro
Membro

Masculino Idade : 17
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/01/2015

Frase pessoal : Don't go crying to your mama


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Princess of the Pyramid

Mensagem por Rydia em Seg 8 Maio 2017 - 18:46

Olá~ Como estás?

Heh, nota-se que tens grande apreço por protagonistas psíquicas, visto que suas antigas assim eram, também. Não que seja algo ruim, pelo contrário. Também aprecio esta classe de personagem, mas há certo defeito nesta por conta do potencial, assim como em suas fanfics anteriores, nas quais as protagonistas também tinham potencial elevado. Geralmente, isto acaba por tornar-se apelativo. Um protagonismo apelativo, eu diria. Todavia, é primeira impressão de minha parte. Tome cuidado para não forçar além da conta, já que protagonismo sempre é algo complicado de ser aplicado em histórias longas, e ao mesmo tempo, dificilmente é apreciado por quem o vê. Até porque um anime, em si, torna-se chato com protagonismo crescente.

Fora um prólogo muito breve com apenas citações, e isto abre portas para as expectativas de imaginar como será Phoebe. Prólogos de devaneio sem ação alguma são pura calmaria... E eu amo-os, heh. Houve pequeninos erros, também. Nada que prejudique muito, mas seria bom dar uma revisada.

Usar um Frontier Brain como pai da protagonista fora muito criativo! (Tive de dar uma pesquisada para lembrar dele, mas ok.) Geralmente, os Elite Four são mais lembrados por conta dos jogos, e esse caso foi um bocado inovador. O quê pecou um pouco foi o clichê típico de pai protetor e coruja.
 
Fiquei um tanto confusa quanto ao caso dos Lendários Originais e filhotes. Teria certa semelhança com Cosmog ou Manaphy e Phione? Explicações são bem-vindas~

Agora o que mais intrigou-me foi a existência de animais. Ora, vamos, seja um pouco mais cruel e realista(?). A descrição dos alimentos cárneos em nada acrescentará ao texto, independente se eles forem de Pokémon. Porém, ficará realmente estranho se colocares que são de animais reais. Mas isso já é minha opinião, e se não consegues pensar deste modo, tudo bem. Imagino que sua fic não terá nada de muito pesado, como violência, por conta disso e será algo bem relax. E sendo Phoebe, uma psíquica, o mais comum (...clichê) seria um Fennekin, mas outro inicial ou um pokémon do Psychic-type poderia vir a calhar.

Por fim, apenas peço que continues com a fic. Pode haver um potencial pouco explorado no enredo, e tu podes fazer algo incrível com ele. Não abandones ela como fez com as outras, e se tiveres dificuldade em continuar os capítulos, outros enredos poderão inspirar-te. Até mais~

Obs inútil: Fiquei com certa dúvida se comentava aqui, ou no Nyah!, acabei por optar por aqui. É provável que eu comente lá, em futuros capítulos~
avatar
Rydia
Membro
Membro

Feminino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/03/2015

Frase pessoal : Somos amigos ou inimigos de nós mesmos?


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Princess of the Pyramid

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum