Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Por favor, não perca mais tempo, inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobres todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Aguardo.
Feliz Natal e Ano novo!

Prince of Fight - 1ª Temporada (REESCRITA)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Prince of Fight - 1ª Temporada (REESCRITA)

Mensagem por Yukiya em Seg 10 Out 2016 - 16:27

Prince of Fight



Autora: Yukiya
Gênero: Ação, Amizade, Comédia, Vida Escolar.
Sinopse: Echizen Nanjiroh foi uma grande lenda das batalhas Pokémon, porém ele se aposentou de forma súbita estando há apenas um torneio de ser considerado o número um do mundo. Doze anos depois de sua aposentadoria e seu sumiço das batalhas, um garoto com o mesmo sobrenome desembarca no aeroporto de Tóquio. Será que esse é o início de uma nova grande lenda?
Notas: Pokémon não me pertence. Essa fic é originalmente pertencente a Bruninha, que me deu permissão de 'roubar' a ideia (demorei três meses pra encontrar essa guria e conseguir a permissão =.='').

Perfil Protagonista:

Echizen Ryoma
Idade: 15 anos
Altura: 1,65 m
Data de Nascimento: 24 de Dezembro
Signo: Capricórnio
Nacionalidade Mestiço (meio japonês, meio americano)
Família: Echizen Nanjiroh (pai), Echizen Jennifer (mãe), Echizen Ryoga (irmão mais velho) Meino Nanako (prima)
Frase de efeito: Mada, mada dane (Você ainda tem muito o que aprender)
Pokémon's:

Personagens Secundários:

Echizen Nanjiroh
Pokémon's:



Echizen Jennifer

Sumário:

Prólogo: Adeus a Lenda ~ Neste post

Prólogo: Adeus a Lenda



Jennifer estava correndo com toda a força que tinha. A raiva pulsando em suas veias. Sua vontade era de matar o homem com quem havia se casado há quatro anos. Assim que chegou em casa, deixou as sacolas de compras no chão da entrada e marchou até o jardim dos fundos, apenas com o jornal daquele dia em mãos. Abriu a porta com um baque forte, fazendo com que as dobradiças rangessem ao serem atacadas daquele jeito. Não precisou nem ao menos procurar pelo homem que chamava de marido, pois o mesmo estava sentado sobre a grama, enquanto ao seu lado estava seu pokémon – Jennifer – dormindo aparentemente confortável.

- Nanjiroh!

O grito vez com que o homem desse um pulo e se virasse para encarar Jennifer, que parecia prestes a matá-lo naquele mesmo instante.

- Etto... Aconteceu alguma coisa, Jennifer? – indagou Nanjiroh, olhando para a esposa com certo receio.

- O que significa isso, seu bastardo?! – exclamou ela, jogando o jornal contra o marido que soltou um gemido com o impacto.

Confuso, Nanjiroh pegou o jornal e o abriu. Um sorriso de lado surgiu em seus lábios ao ver sua foto, junto com Greninja, estampando a primeira página. Logo acima da foto, havia a legenda: Adeus a Lenda?

- Esses repórteres... Como eles conseguem esse tipo de informação? – indagou Nanjiroh rindo, porém o olhar enfurecido da esposa o fez parar no mesmo instante.

- Isso é alguma jogada de marketing?! Algo para aumentar a venda dos ingressos para a sua próxima batalha?! Responda Nanjiroh!
Nanjiroh sorriu ao escutar aquelas perguntas. Bem, provavelmente era o que parecia, não é mesmo? Uma jogada de Marketing.

- Não. Não é uma jogada de Marketing. É exatamente isso. Não vou mais batalhar.

Jennifer não acreditou. Ela não conseguia acreditar. Seus olhos castanhos observavam com descrença o homem sentado no chão, para então olhar aflita para Greninja. O pokémon ninja parecia indiferente, como se não se importasse com o fato de que estavam se aposentando de forma tão prematura.

- Nanjiroh... Por quê...? Se você vencer o próximo torneio, vai ser o primeiro japonês a ficar em primeiro lugar no rank mundial! Por que você vai desistir do seu sonho, agora que está tão perto?! – indagou Jennifer desesperada, tentando compreender o que se passava pela cabeça do homem com quem casara.

Nanjiroh não respondeu. Ele apenas estava sorrindo. Um sorriso de satisfação, enquanto olhava para um ponto adiante de onde estava.

- Eu já fiz tudo o que tinha de fazer. Não tenho mais nenhum interesse de ficar ganhando torneios.

Jennifer o olhou com descrença. O que havia acontecido? Desde o dia em que haviam se conhecido, Nanjiroh falava sobre seu ‘grande sonho’. O que poderia ter acontecido para que seu marido desistisse, agora que estava tão perto?

- No que você está pensando, Nanjiroh...? – murmurou baixinho, olhando de forma depressiva para marido.

Nanjiroh não respondeu, apenas sorriu erguendo um pouco o olhar. Nesse momento Greninja abriu os olhos e se colocou de pé, encarando o mesmo lugar que seu mestre.

- Veja, Jennifer. Não acha que esse baixinho tem um bom olhar?

Jennifer se surpreendeu com aquilo e olhou para ver o que o marido queria dizer, foi então que viu o filho deles – Ryoma – se aproximando com um pequeno Froakie de olhos ametistas em seu colo. Ryoma era ainda apenas uma criança de três anos. Tinha os cabelos em um tom negro esverdeado e olhos avelã, que lembravam muito o olhar de um gato. No entanto, apesar disso Jennifer não conseguiu deixar de perceber o olhar que estava estampado no rosto infantil de seu filho. Um olhar que era compartilhado com Froakie. Aquele era um olhar de pura determinação. Um olhar que brilhava e dizia: Não perderei!

Ela olhou chocada para o marido, para depois desviar o olhar para Greninja que parecia incrivelmente empolgado. Quando ela finalmente entender, precisou segurar o riso da melhor forma que pode.

- “É mesmo... Você encontrou outro grande sonho, não é mesmo?” – pensou ela sorrindo. Ela havia entendido. Não havia como pará-lo agora. Assim como não houve como pará-lo no passado.

A lenda o Samurai Vindo da Terra das Cerejeiras havia encontrado seu fim, porém Jennifer tinha certeza olhando para aquela cena, que aquilo era apenas o prólogo de uma nova lenda.
avatar
Yukiya
Membro
Membro

Feminino Idade : 25
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 01/08/2013


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum