Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Por favor, não perca mais tempo, inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobres todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Aguardo.
Feliz Natal e Ano novo!

Wild World

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Wild World

Mensagem por TypeNull em Dom 25 Set 2016 - 9:33




Sinopse: "Red é um jovem da cidade de Celadon. Criado desde pequeno pela avó que possui câncer, Red ganha a vida batalhando em lutas ilegais de Pokémon que acontece em Celadon City. Um dia, recebe a proposta de se juntar a uma equipe do governo, mudando sua vida para melhor.
Ao mesmo tempo, uma organização criminosa surge das cinzas, pronta para eliminar qualquer um que esteja em seu caminho."


Capítulo Um - Vs. Arbok
O Vagabundo, salão subterrâneo de lutas clandestinas em Celadon, estava lotado naquela madrugada. Grande parte dos apostadores da cidade estavam lá, para assistir a luta magnifica que estava para se iniciar. Michael Cobra, campeão invicto de três campeonatos seguidos, havia sido desafiado por “Red”, um novato que havia se destacado nas lutas do salão. O apelido devia ao fato de que vermelho era a única cor que cobria o ringue no fim de cada uma de suas lutas.
— É um prazer estar aqui, narrando esta luta. — Disse Aldous Rickman, atual Diretor do Vagabundo. Ele era gordo, careca e baixinho, mas dono de uma voz invejável. — Espero que o dedo de apostas de vocês estejam coçando, aproveitem a faze-las agora, pois quando esse sino tocar, acabou o tempo. Mas vamos ao que interessa. Do lado esquerdo, com seus cabelos dourados espetados e dono de um humor ácido, temos ele, nosso campeão três vezes seguida, Michaaaaeeell Cobra! — Conforme o homem subia as escadas do ringue, seu sobrenome era gritado pela plateia. “Cobra” “Cobra” “Cobra”.
Michael Cobra subiu ao ringue, com os braços levantados. Tirou uma pokébola do cinto, e a lançou no ar, prendendo toda a atenção da plateia. Um raio branco saiu do objeto, logo ganhando forma no ringue. Sua principal Pokémon, Arbok, exibia suas presas e cores exuberante para a plateia, que gritou alto com o Pokémon.
— E no lado direito, temos ele. O garoto que vem deixando a equipe de limpeza com bastante trabalho, Red. — Anunciou Aldous, arrancando algumas vaias e risos da plateia.
Red, de dezessete anos, subiu ao ringue com a cabeça erguida. Vestia apenas uma camisa preta e uma calça jeans, na cabeça, um boné já um pouco velho com o símbolo da liga Pokémon. Já exibia a pokébola em mãos, e sem nada dizer, a lançou para cima, liberando o Pokémon escolhido.
Um Charmeleon surgiu no meio da arena. E diferente de seu treinador, que não queria fazer muito alarde, o Pokémon do tipo fogo soltou um Flamethrower para o alto, gerando alguns gritos eufóricos da plateia.
— Parece que alguém está pegando fogo hoje! Vagabundos, escutem. — Aldous fez uma pausa. — A única regra hoje aqui, é que vence aquele que se manter em pé. Está tudo liberado. — Ele deu um sorriso um tanto sinistro. Foi em direção ao pequeno sino, localizado no canto da arena, e bateu com um martelo três vezes. A partida havia começado.
— Ainda tem tempo de desistir, pirralho, e não sair daqui machucado. — Falou Michael debochando do adversário.
— Eu digo o mesmo para você. — Respondeu Red, falando pela primeira vez desde que entrara na arena naquela noite.
— Idiota mesmo, Arbok use Poison Sting! — A Serpente abriu a boca, soltando várias pequenas agulhas roxas irem na direção de Charmeleon em alta velocidade.
Charmeleon e Red haviam treinado bastante para aquele momento. Treinaram estratégias para que tivessem que se comunicar poucas vezes, confundindo o oponente. Com um pouco de dificuldade, Charmeleon se desviou do ataque, e revidou com um forte Flamethrower.
— Rápido, use Dig! — Arbok escavou a arena, desviando do ataque de chamas de Charmeleon. Red não dizia nada e apenas observava a situação, Charmeleon encarava os lados, procurando sua adversária. — Agora! — Gritou Michael Cobra.
Arbok apareceu meio metro atrás de Charmeleon, atingindo antes do mesmo poder se defender.
— Isso! — Comemorou.
A plateia deu gritos de excitação. Red passou a mão na testa, tirando algumas gotas de suor.
— Charmeleon. — Falou Red. Sua voz era firme, e ele não tirava os olhos de Arbok nem por um segundo. — Flame Burst no chão!
Charmeleon cuspiu uma espécie de feixe vermelho, que ao atingir o chão, explodiu e brilhou em um grande clarão, lembrando fogos de artificio.
— Droga, não consigo ver merda nenhuma. — Xingou Michael, e algumas pessoas. — Arbok, fique atenta e use Double Edge!
A Pokémon tentou, mas seus olhos não conseguiam enxergar nada, ainda cegos por causa do ataque. Quando sua visão foi finalmente voltando, viu-se sendo atingida por um poderoso Fire Punch, que a jogou do outro lado do ringue.
— O quê? Levante e lute, sua cobra maldita! — Ralhou Michael, ao perceber Arbok caída no ringue. — Use o Crunch!
Recuperando os sentidos, as presas de Arbok brilharam forte e a Pokémon foi em direção de Charmeleon, que tentou inutilmente se desviar. Depois de cravar os dentes no braço do adversário, Arbok o jogou para o alto e o atingindo com uma rajada de Poison Sting.
— Isso, agora use Acid! — Ordenou Michael Cobra.
Charmeleon caiu no chão com dor. Percebeu uma sombra vindo por trás, e desviou-se agilmente, evitando ser atingindo pelo liquido roxo fervente.
— Charmeleon, evite o ácido usando Flamethrower, depois use Swords Dance! — Ordenou Red. Ele viu que Charmeleon estava fraco, e não duraria mais tempo naquele ringue. Arbok era forte e rápida, e ele precisava superar esses atributos primeiro.
O segundo ataque de Arbok colidiu contra o ataque de chamas de Charmeleon, causando uma pequena explosão no centro da arena. A plateia continuava a admirar eufórica, muitas vezes xingando ambos treinadores. “Cobra, você não vai perder para um moleque, vai?” “Minha avó luta melhor que você”, “Moleque, isso aqui não é seus torneios não, volte pro seu lugar”, “. Esses comentários não causavam nenhum efeito em Red. Ele estava focado mais na batalha, e sempre evitava a plateia. Michael queria se mostrar como o maioral, logo, aqueles comentários lhe afetavam muito.
Charmeleon fechou os olhos, e pequenas espadas de energia rodaram ao seu redor. Seu corpo brilhou uma vez, aumentando seu ataque.
— Acabe com ele usando Double Edge, Arbok! — Gritou Michael.
— Flame Charge! — Red gritou também.
Arbok se inclinou para trás, e disparou seu corpo na direção do oponente.
O corpo de Charmeleon foi rodeado por chamas. A mesma luz de antes brilhou rapidamente sobre ele, aumentando sua velocidade dessa vez.
Ambos Pokémon foram com grande velocidade um contra o outro. Ao se chocarem, a colisão de ambos ataques foi poderosa suficiente para abrir um buraco na arena, e jogar ambos oponentes para lados opostos do ringue.
Charmeleon caiu quase inconsciente no chão, ao lado de Red, que correu até o amigo.
Arbok estava estirada, usando o resto de suas forças para se levantar.
— Arbok! Levante! — A expressão no rosto de Michael era difícil de entender. Parecia algo misturado com medo e raiva, ou talvez nenhum dos dois. — Lute sua maldita!
— Charmeleon, você consegue lutar? — Red perguntou.
Charmeleon levantou-se com dificuldade, e acenou com a cabeça. Seu corpo estava mais quente que o normal, e a chama de sua calda dobrou de tamanho, ficando com a cor azul.
Red abriu um enorme sorriso no rosto. O jogo tinha virado ao seu favor.
Do outro lado da arena, Arbok jazia de pé. Seu peito estava negro, com uma enorme queimadura, embora aquilo não parecia lhe incomodar mais que os ferimentos no resto do corpo. Ao dar uma olhada melhor em seu oponente, ela se assustou. E com razão.
— Meu Santo Zapdos! — Aldous gritou junto com a plateia. — Charmeleon ativou sua habilidade, Blaze! O Flamejante! Como será que Cobra irá lidar com isso?
Michael Cobra cerrou os dentes e apertou os punhos. Red estava conseguindo lhe vencer, e agora parecia que não tinha muita escapatória. Retirou um vidro amarelado do bolso, e o jogou sobre Arbok. O liquido se espalhou pelo corpo da serpente, que gritou alto. O Full Restore, era um remédio que recuperava todo o HP do Pokémon, e ainda por cima curava seus status. O desconforto era apenas uma pequena queimadura, que logo passava. Assim estava em sua descrição, pelo menos.
Red franziu a testa. Esperava muita coisa naquela batalha, mas, se esquecera que era um Vale-Tudo. Ambos poderiam usar itens em seus Pokémon. Amaldiçoou a si mesmo, por ter esquecido algumas Potions em casa. Embora, mesmo se tivesse, seria ilógico perder o efeito de Blaze.
— Arbok, vamos detonar esse fedelho e manda-lo para seu lugar! — Disse Michael, com um grande sorriso no rosto. Como de alguém que acabara de tirar o doce de uma criança. — Use Double Edge!
Agora com sua energia totalmente recuperada, Arbok parecia estar mais ágil e confiante. Inclinou-se para trás e disparou com toda a velocidade para Charmeleon, que, esperava o comando de seu treinador.
— Charmeleon, faça aquilo que combinamos! — Gritou Red. Charmeleon assentiu.
Com ótima agilidade, Charmeleon se livrou do ataque de Arbok facilmente, contra-atacando a serpente com Flamethrower. Logo em seguida, utilizou novamente o movimento Swords Dance.
— Arbok, use Acid, rápido! — Comandou Michael, desesperado.
Arbok ainda se levantava, percebendo uma leve queimadura em seu corpo, que era bastante dolorida. Virou-se para onde Charmeleon estava, e antes mesmo de poder atacar, foi atingida por um poderoso Flame Charge, que a jogou no meio da arena.
— Merda, Arbok, Merda! — Disse Michael Cobra, bagunçando todos os cabelos. — Rápido, use o Gunk Shot!
— Charmeleon, use Slash! — As garras de Charmeleon aumentaram drasticamente de tamanho, se assemelhando a espadas brilhantes. Ele se disparou na direção de Arbok, que soltou uma poderosa rajada de gosma acida em sua direção. Charmeleon atravessou o ataque, se protegendo com suas garras. Arbok se assustou, e fugiu para o lado oposto.
Charmeleon, com incrível velocidade, continuava a persegui-la.
A plateia acompanhava tudo em silêncio, o que era bem raro. Uma garota fitava Charmeleon com os olhos arregalados. Dois homens, que antes discutiram sobre quem ganharia, não tiravam seus olhos da luta.
— Revide, Arbok, não fuja sua desgraçada! — Michael xingou, inutilmente. Arbok agora temia por sua própria vida. A cada golpe de Charmeleon que passava por perto, ela parecia achar que via algo familiar. E realmente havia. Ela estava vivenciando novamente suas caçadas por Ratatta, que perseguia quando sentia fome ou, simplesmente, queria matar por satisfação. Para sua má sorte, agora ela era a presa, e não o caçador.
Red já havia feito um cenário em sua mente, sobre como aquela luta acabaria. Ele não gostou de como aquilo acabaria, mas, não ligou muito.
Charmeleon lançou um rápido olhar para Red, como se pedisse permissão para algo. Red assentiu, e Charmeleon, sorriu.
O que aconteceu nos três segundos seguintes foi tão rápido, que simples olhos humanos não teriam captado nada, então vamos diminuir um pouco.
Cinco...
Arbok conseguiu escapar mais uma vez de Charmeleon, e o ataque do mesmo fez com que um enorme corte ficasse marcado no chão.
Quatro...
Charmeleon então, aparece na frente de Arbok, atingindo-a com sua cauda.
Três...
Arbok fora arremessada para cima, Charmeleon, com o ataque já pronto, parte para seu encontro.
Dois...
Charmeleon gira o corpo, e o ataque atravessa o corpo de Arbok, partindo-a ao meio.
Um...
As duas partes do corpo de Arbok despencaram no ringue como fruta podre que cai das árvores, e cobriu boa parte da arena de vermelho.
Charmeleon caiu no chão exausto. A chama de sua cauda voltou para o tamanho normal, assim como suas garras. A batalha havia terminado, e ele vencera da maneira mais brutal possível.
Houve silêncio por um tempo.
Michael Cobra caiu de joelhos no chão, indignado com o que havia acabado de acontecer. Fitou as duas metades de Arbok, que ainda jorravam sangue na arena, e amaldiçoou Red mentalmente. Não pela morte de Arbok, mas por ter roubado seu título.
— E os vencedores, e atuais campeões do título de prata, são Red e Charmeleon! — Anunciou Aldous, aplaudindo Red e Charmeleon. Seu rosto ainda exibia a expressão de surpresa, e não era para menos.
Vaias e aplausos dominaram o salão. Eles gritavam o nome de Red várias vezes, e urraram quando Charmeleon, usando o resto de sua força, disparou um Flamethrower para cima, como fizera antes da luta.
“Bom trabalho, Charmeleon” Red pensou.
“Eu sei” Charmeleon pensou de volta.

***

— Garoto, eu ainda estou surpreso e eufórico com a luta de noite. — Falou Aldous Rickman, exibindo seu típico sorriso amarelo.
O escritório de Aldous era exuberante como o mesmo. Haviam algumas fotos dele com alguns antigos campões do Vagabundo, assim como um grande retrato do mesmo em um terno roxo apertado. Haviam embalagens de comida por toda a mesa, e ele estava com dificuldades para achar o que procurava.
— Eu confesso que por um momento nós perderíamos, Aldous. — Respondeu Red, lançando um olhar para a pokébola de Charmeleon.
— Oh, isso é verdade. Quando Michael Cobra usou o Full Restore, eu achei que você perderia. Mas ainda bem que eu estava errado. — De uma grande gaveta, no fim de sua mesa, ele retirou um grande saco amarelo, com a letra R bordada. Ali estavam o dinheiro, prêmio para quem vencesse a luta de hoje. Cinco mil em dinheiro. Red apanhou a sacola e conferiu. — Ah, e por citar Cobra, eu recomendo ter bastante cuidado com ele.
— Ele pareceu bastante chateado. — Disse Red, sem prestar a atenção.
— Hahaha, estou falando sério, garoto. — Respondeu Aldous, franzindo a testa. — Michael Cobra era um treinador forte, e venceu várias lutas. Hoje você venceu ele de uma maneira, bem, destruidora. Cobra é meio...Bem, ele não bate muito bem da cabeça, e é violento. — “A palavra que você procura é Louco.” Pensou Red, mas não falou nada. — Recomendo tomar cuidado.
— Eu vou tomar, Aldous, obrigado. — E colocou a sacola nos ombros. — A partir de agora vou prestar mais a atenção.
— Te vejo semana que vem então. Recomendo que traga dois Pokémon, estou pensando em algo diferente.  — Sorriu, ele levantou a mão na direção de Red.
— Valeu pela dica. — Red sorriu de volta e apertou a mão de Aldous.
— Cuide-se, Jake.
— É Red.
— Hum? — Perguntou, confuso.
— Aqui, meu nome é Red.
E sem dizer mais nada, saiu pela porta. Aldous sorriu novamente. Red lhe traria bastante dinheiro algum dia.
***

O Vagabundo, ficava há vários metros debaixo da terra. Foi projetado por um dos mais renomados arquitetos de Kanto, e fora feito com os melhores materiais. Primeiramente, era para ser o novo lugar do ginásio de Celadon, mas depois foi reformulado. Embora fosse ilegal em todos os sentidos, o Vagabundo atraia treinadores para a cidade, e vários apostadores, trazendo dinheiro e fama para a cidade. Logo, a polícia local simplesmente ignorava o lugar.
A principal entrada era pelo ginásio de Celadon, mas, existiam algumas entradas secretas espalhadas pela cidade. Red usava uma que poucos conheciam, ao lado do Cassino Foguete. Seu relógio marcavam 1h:52min, vendo isso, tratou de apressar o passo para sua casa.
O velho ditado de sua avó, “nada de bom acontece depois das duas horas da manhã” veio em sua cabeça, por algum motivo.
— Você é o Red, não é? — Uma sombra chamou. Red virou-se bruscamente, procurando o responsável. Ficou surpreso ao ver quem era.
Uma garota, que deveria ter uns dois anos há mais que ele que perguntou. Ela era poucos milímetros mais alta, e usava um chapéu. Vestia uma blusa azul claro, e uma saia vermelha. Possuía cabelos marrons, embora fosse um pouco difícil dizer devido à pouca iluminação.
— Quem pergunta? — Arriscou dizer.
— Acho que você deve ser mesmo. Quem mais responderia assim, não é mesmo? — Falou, fitando-o nos olhos.
— Xeque-mate. — Respondeu. — Desculpe, eu estou com um pouco de pressa, sabe. Se puder falar rápido.
— Eu vi sua luta hoje. — Falou ela, desviando o olhar para a lua no céu. — Achei incrível seu Charmeleon conseguir resistir tanto, e vocês pareciam estar tão conectados. Foram poucas as vezes que você falou diretamente com ele. Era quase como se um ouvisse o pensamento do outro.
Red nada respondeu. Voltou a fita-la, e em seguida olhou para o relógio em seu pulso. 2h:01min.
— Como você sabia que eu sairia por esse lugar? — Perguntou.
— Eu queria te fazer uma pergunta, sabe. — Ela ignorou sua pergunta. Fez uma pausa e então falou, olhando-o diretamente nos olhos. — Não sentiu remorso quando Charmeleon matou aquela Arbok?
— Não. — Respondeu, olhando nos olhos dela. — Eu fiz o que tinha que fazer. A morte de Arbok foi um meio, apenas.
Ela sorriu.
— Obrigada, isso foi tudo. — E sem nada mais a dizer, virou-se e caminhou para o lado oposto da rua.
— Espere, qual seu no—. — Um Mukrow alçou voo numa arvore ali perto. Red desviou o olhar rapidamente, e quando percebeu, a garota havia sumido.
— Eu espero que vovó esteja errada. — Falou Red, num sussurro para si mesmo. Virou-se e seguiu na direção de sua casa.

***
Um carro passava pelas ruas desertas e escuras de Celadon. No banco traseiro, duas pessoas conversavam. A garota era uma dessas pessoas.
— E foi isso. Mukrow me ajudou um pouco. — Falou ela, mostrando uma pokébola. — Não entendo, o que você esteja procurando nesse garoto. Acho que ele ganhou por sorte.
— Não existe sorte, minha querida. — Respondeu a outra pessoa. — Existe o poder, e aqueles que sabem usá-lo. Comece logo o plano.
— Sim, senhor. — Ela respondeu, desviando o olhar para a janela. — Até uma semana no máximo, estará tudo completo. Eu garanto.
Houve silêncio. O carro continuou seguindo por mais um tempo, e parou na porta de um hotel, várias quadras depois do Cassino Foguete.
— Te vejo depois, Blue. — Falou o homem.
A garota apenas assentiu. Fitou o carro se afastar e andou na direção para recepção do hotel. Tinha trabalho a fazer.
avatar
TypeNull
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/09/2016


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Wild World

Mensagem por Drack em Ter 27 Set 2016 - 22:33

eu gostei muito do início da sua fanfic! ela tem conceito bem simples (Red é um jovem gênio que vai /possivelmente/ embarcar numa grande aventura, tal e tal), mas tu criou diversos elementos dentro da narração que tornaram a leitura mais instigante e atraente.

para começar, seu cuidado em descrever o mundo da estória (seja criando um lugar chamado "O Vagabundo" ou especificando de maneira interessantíssima os efeitos do full heal) me deixou muito preso no desenrolar do capítulo. diria, inclusive, que esse número de sutilezas sobre as vidas das personagens foi o maior mérito do texto.

além disso, a maneira pela qual você criou várias nuances foi muito legal. o Cobra, por exemplo, poderia ter sido um babaca aleatório, mas você conseguiu construir uma babaquice muito complexa nele. tudo isso tornou o enredo mais interessante.

algo também válido de se comentar é sobre todas as referências do pokémon special que você conseguiu enfiar aí, em especial a fatídica cena do charmeleon fatiando o arbok. eu já estava esperando aquilo acontecer quando a luta começou e, mesmo sabendo do resultado, foi empolgante ver a construção para o momento.

em referência à gramática do texto, houve passagens com errinhos ou um pouco confusas, mas nada que atrapalhasse muito a leitura. não vou ficar listando aqui elas pois não teria muita razão, só peço para que você faça algumas releituras no seu texto com mais atenção a fim de diminuir tais problemas. enfim, espero mais capítulos! (linda imagem, btw)
avatar
Drack
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 20/09/2009

Frase pessoal : dlç


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum