Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Por favor, não perca mais tempo, inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobres todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Aguardo.
Feliz Natal e Ano novo!

Portões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Portões

Mensagem por Ele em Dom 17 Maio 2015 - 23:11





Em 1954, J. R. R. Tolkien publicou o primeiro livro do que seria sua famosa trilogia, 'O Senhor dos Anéis'. Três anos depois, Hugh Everett publicou pela primeira vez sua Interpretação de Vários Mundos, trazendo a tona pela primeira vez a Teoria dos Multiversos.

Coincidência? Talvez. Provavelmente. Nunca saberemos.




É possível argumentar que a incursão tenha sido o evento mais marcante da história até então. Se não isso, pelo menos o mais marcante do século XXI.

Num dia qualquer de Verão, cerca de uma dúzia dos chamados 'Portões' se abriram espontaneamente em diversos lugares do mundo. Deles, emergiram grandes exércitos, aparentemente saídos de algum livro de fantasia, munidos de escudos, lanças, catapultas e magia.

Previsivelmente, esses exércitos primitivos foram facilmente dizimados pelas forças militares modernas em questão de dias. No entanto, principalmente onde os portões haviam aberto em áreas populadas, o estrago já havia sido feito: centenas de casualidades civis.

O nosso mundo estava em guerra. Contra algo não compreendido, talvez até impossível de compreender...

E estávamos ganhando.

Cerca de um mês já se passou desde a primeira incursão. Todos os portões descobertos já estão sob controle de exércitos de diversos países da Terra, e bases militares improvisadas já foram construídas do outro lado. A Organização das Nações Unidas formou uma força-tarefa para enviar em missão de paz para o outro universo. Vocês fazem parte dessa força-tarefa, e possuem os seguintes objetivos, nesta ordem de prioridade:


  1. Proteger os civis de nosso universo e seus direitos humanos.
  2. Proteger os civis do outro universo, seus direitos humanos e sua cultura.
  3. Promover e apoiar discussões de paz, e forçar o cumprimento de tratados de paz e cessar-fogos.
  4. Disseminar os direitos humanos para os habitantes do outro universo.
  5. Estudar a cultura, a linguagem e a história do outro universo.
  6. Educar os habitantes do outro universo em relação ao nosso mundo.
  7. Disseminar a democracia.


Para isso, vocês estão equipados com as melhores ferramentas, armas e veículos que os exércitos do mundo não queriam mais mesmo e iam jogar fora de qualquer jeito. A missão a frente de vocês é formidável, e francamente, ninguém está esperando que vocês tenham sucesso.

Bem... Boa sorte.




Formato das Fichas:

Nome:
Necessário para motivos óbvios. Sinta-se a vontade para incluir apelidos ou nomes de guerra.
País de Origem:
Indica a bandeirinha que vai ser costurada no seu uniforme.
Idade:
Mantenha em mente que as Nações Unidas não empregam crianças soldado.
Sexo:
'Sim, por favor' não é uma resposta aceitável.
Aparência:
Descrições em texto ou imagens podem ser aceitos.
Braço do Exército:
Indica o seu treinamento e o tipo de equipamentos que carrega. Exemplos incluem Infantaria (opcionalmente: Montanheira, Reconhecimento, etcetera), Cavalaria (tanques!), Artilharia, Aviação (helicópteros), Engenharia, Medicina, Logística, etcetera.
Especialidades:
Coisas que você faz melhor que as outras pessoas. Exemplos incluem Matemática, Línguas, Natação, Jiu-Jitsu, Carpintaria, Design de Interiores, tanto faz. Sejam criativos e escolham três. (Vale mencionar que escolher especialidades em coisas que envolvam seu treinamento militar, como Atirar ou Dirigir não é necessário).
Personalidade:
Insira aqui todos os seus complexos e problemas de comunicação.
História:
... E aqui seu passado trágico.

Sintam-se a vontade para incrementar sua ficha um pouco mais, se desejarem. Por favor, mantenham também um mínimo de seriedade. O hoster se reserva o direito de recusar fichas que ele não considere sérias o bastante, ou que não sejam condizentes com o clima desejado.

Tendo dito todas essas coisas chatas... Divirtam-se?
avatar
Ele
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 14/01/2015

Frase pessoal : ok, but why?


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por Unit DAN em Dom 17 Maio 2015 - 23:12

Nome:
Marcelo "Kablam" Avelar

País de origem:
Brasil.

Idade:
36

Sexo:
Cabra macho

Aparência:



Braço do exercito: Cavalaria (TANQUES!),

Especialidades:
Explosivos, desarmar bombas, detectar minas/colocar minas, sabe?  Essas coisas que explodem em geral.

Personalidade:
Calmo, bom ouvinte, tendo a ficar geralmente quieto no meu canto, não é que eu seja algum lobo solitário frio e calculista com um passado trágico bobo, é só que eu sou quietinho mesmo. Isso é: Até algo explodir, o que me deixa muito animado e elétrico, sei lá eu sinto uma conexão com explosões desde que eu era pequeno adorava fogos de artificio no final do ano e no São-João...

Historia:
Sou nascido e criado nas favelas da Bahia, vida era difícil, meu pai me deixou e minha mãe chegava tarde. Eu era moleque de rua, pedia dinheiro e ficava observando carros estacionados pra ganhar uns trocados pra poder comprar pão e docinhos, estudei em escola publica, e vendo como minha condição não ia me proporcionar um bom futuro eu fui e entrei pro exercito, o que ia me ajudar a sustentar a família, cheguei em minha posição com trabalho árduo e dedicação e hoje em dia eu sou piloto de tanque! Meu tanque é meu amorzinho eu gosto tanto dela que até dei nome! Ela se chama Valquíria. Não é linda em?


Última edição por Unit DAN em Seg 18 Maio 2015 - 21:50, editado 1 vez(es)
avatar
Unit DAN
Membro
Membro

Masculino Idade : 77
Alerta Alerta :
1 / 101 / 10

Data de inscrição : 07/01/2015

Frase pessoal : Poderia ser pior


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por Gehrman em Dom 17 Maio 2015 - 23:15

RESERVA PRA EU MEU JOVEM
avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por Rush em Dom 17 Maio 2015 - 23:17











Nome: Michelle Fountaine 
País de Origem: França.
Idade: 23
Sexo: Feminino  
Aparência:




Braço do Exército: Artilharia (Uma excelente Sniper)
Especialidades: 


- Uma excelente mira, tão precisa a ponto de matar uma mosca com um tiro. No entanto, não é forte a ponto de aguentar o recoil de um rifle, por exemplo, por isso prefere pistolas e Fuzil de Precisão (Aka, Sniper Guns).  
- Sabe diversos combates corpo-à-corpo, se especializando em Jiu-Jitsu e Krav Maga. Como dito anteriormente, não possui força o suficiente para levantar homens, mas sua agilidade pode ser mortal. 
- Sabe agir sobre pressão.

Personalidade: Michelle é linda e possui um corpo lindo. Como filha de um severo coronel dedicado ao seu trabalho, Michelle se tornou uma garota fria por não conseguir a atenção do mesmo. Além de fria, a mulher pode ser arrogante. Os eventos de seu passado apenas esfriaram ainda mais o seu coração, tornando-a em uma assassina de sangue frio.


Não possui um bom senso de humor e possui dificuldades em se relacionar com outras pessoas já que está acostumada em perdê-las.
 
História: Nascida na frança, filha de um poderoso Coronel e uma Garçonete, Michelle sempre teve a ausência de ambos em sua vida. Quer dizer, sua infância foi totalmente dedicada em cuidar de sua mãe doente, enquanto seu pai estava fora. Não se sabe a doença que sua mãe teve, mas ela ficou de cama por muitos anos até o seu falecimento quando Michelle tinha treze anos de idade.


Por não confiar em empregadas ou serviçais, seu pai a levava para o trabalho, onde a garota acabou aprendendo as artes da guerra. Ainda jovem aprendeu a atirar, lutar e dirigir. Amadureceu muito mais rápido que uma pessoa normal, mas em compensação, nunca soube como é ter uma infância de verdade.


Estudou em colégios militares, e por possuir um nome famoso, felizmente nunca foi agredida sexualmente pelos outros alunos, mesmo sendo provavelmente a garota mais linda de todo o colégio. 


Aos dezesseis acabou conhecendo Dereck Mc'Cartney, um soldado dedicado que possuía muito potencial. Ambos se destacaram muito e se tornaram muito prestativos para a França. Se casaram quando ambos ainda possuíam dezenove anos.


O casamento durou apenas um mês, quando Dereck morreu com um tiro na cabeça.


É isso, não tem muito o que falar. Ela é fria e vai matar todos vocês. De uma boa maneira.


Última edição por Rush em Seg 18 Maio 2015 - 0:09, editado 1 vez(es)
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por Mori em Dom 17 Maio 2015 - 23:21



"Ugh, eu odeio essa foto, te digo uma coisa, quando seu filho te falar pra fazer cosplay... diga não."


Nome:



"Amélia Fay, Fay pros íntimos, Amélia para os chegados, "Quer uma cerveja?" para estranhos.

País de Origem:

"
Escócia."


Idade:


"Estou na flor da minha idade, queridinho, você não precisa saber mais que isso, sua mãe nunca te deu educação?"

30.

Sexo:

"
Uma vez por dia seria o ideal."

Feminino.


Braço do Exército:


"Aviação, seja um monomotor ou um jato, pode contar comigo... mesmo que pessoalmente eu prefira helicópteros."


Especialidades:

"Eu posso dizer que sou ótima cozinheira, apesar de que eu sempre tenho dificuldades pra conseguir fazer meu filho comer, ai ai, essa crianças de hoje em dia...
Além do mais, no meu treinamento eu consegui sobreviver algumas semanas sozinhas na floresta, aparentemente "esquecemos de que você tinha sido colocada" ai, e pra finalizar, sou bastante orgulhosa da minha capacidade de aprender linguas rapidamente."



Personalidade:

O que posso dizer sobre a minha personalidade? Sou só mais uma mãe solteira tentando seu lugar no mundo, uma pessoa muito humilde, sim, sim, e modesta também!







Me considero uma boa pessoa, apesar de saber que tenho um pavio um tanto curto, tudo bem, tudo bem, nem Deus é perfeito, mas veja bem, como eu já disse, sou uma boa pessoa que ama as coisas simples do mundo, como um bom vinho, uma viagem de helicóptero e meu filhinho!

História:

Yeah, minha história, certo?

Olha bem, eu nasci numa familia de classe média comum na escócia, bem padrão, pra ser sincera, meu pai era um metalúrgico e minha mãe trabalhava dando aula, é, nada muito interessante.

Ainda me lembro do primeiro dia que vi aquelas belezinhas, aqueles monstros de metal voando pelo céu! Tão fortes! Tão imponentes!

Eu soube naquele momento que era ali o meu lugar, e com minha mente em foco, eu me esforcei e fiz tudo que em meu poder para conseguir entrar no exército!

E foi lá que eu encontrei aquele filho da [palavra censurada].

Joseph Ferdinand, aquele lixo humano, e pensar que eu tive um filho com ele!

Não que meu filho tenha culpa, claro! Mamãe te ama!

Bem, voltando ao assunto, eu me divorciei daquele merda! Dizem por ai que ele fugiu pra Dubai, coisas com traficantes ou algo do tipo, patético.

Bem, essa é minha história, pelo menos a parte que interessa dela.




Última edição por Mori em Sab 23 Maio 2015 - 11:28, editado 3 vez(es)
avatar
Mori
Admin
Admin

Feminino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/07/2014

Frase pessoal : Ante up!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por Okiru em Dom 17 Maio 2015 - 23:22

Nome: Chen Fan (陈箑)

País de Origem: China

Idade: 25

Sexo: Não obrigada

Aparência:


Braço do Exército: Infantaria

Especialidades:
1: Wing Tsun, combate corpo a corpo em geral, tanto na aplicação quanto na parte de ensinar, na verdade fui instrutora por um tempo.
2: Bem, isso também é incluído nos treinos de combate corpo a corpo, mas caso não tenha dado a entender sei usar várias armas de curto alcance com bastante perícia.
3: Sou boa em improvisar com qualquer porcariazinha, afinal um graveto pode virar um bastão! Haha... ou quase isso. Bem, graças a isso tenho bastante facilidade em sobreviver mesmo sem muitos recursos mas eu espero que as acomodações sejam boas.

Personalidade: Aah... em geral sou bem brincalhona, mas sou séria quando é preciso ser... as vezes. Apesar do que dizem por ai eu não sou TÃO PREGUIÇOSA ASSIM! Pois é, eu faço meu trabalho de vez em quando. Difelente do que pensam também não tlocamos o R pelo L a maioria das vezes. Enfim, me contrate. ou não vê se eu ligo...

História: Bem, como posso dizer... tudo até que foi bem normal. Meus pais queriam um menino, oque foi um problema como eu já era a segunda filha. Claro que se estou aqui é porque eles não conseguiram se livrar de mim hahaha! vitória! BEM! de qualquer jeito... Quando eu era criança treinava em um dojo meia boca perto de casa, sempre me dei muito bem lá mas minhas notas na escola eram horríveis. Por fim, eu não sabia fazer nada direito além de lutar, então quando atingi a maior idade me juntei ao exército e ai... bem... é isso ai. Consegui um cargo de instrutora de combate corpo a corpo na base militar que eu atuava por um tempo, infelizmente os filhos da mãe não tinham respeito mesmo assim. Talvez seja bom sair daquele ambiente por um tempo, além de que acho que isso de ir verificar as fendas pode ser bem interessante! ...e provavelmente vai dar menos trabalho eu espero...


Última edição por Okiru em Ter 19 Maio 2015 - 22:03, editado 2 vez(es)
avatar
Okiru
Membro
Membro

Feminino Idade : 12
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/11/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por Junim - kun em Dom 17 Maio 2015 - 23:33


Nome: Yukio "Xamã" Ohara
País de Origem: Filho de uma japonesa com um americano, mas cresceu no japão mesmo
Idade: 25
Sexo: Masculino
Braço do Exército:Medicina
Especialidades: Especialista em plantas e ervas de qualquer tipo, criando ótimos venenos e remédios, Ótimo em combates com facas e dardos, consegue fazer operações médicas com recursos rústicos
Personalidade: sereno como um lago no meio de uma floresta, e muito compreensivo ele gosta de ajudar os outros (por isso virou médico do exército), tem um leve descontentamento com pessoas um tanto arrogante mas para não falhar na profissão aprendeu a suprimir isso
História: Sua mãe foi uma sobrevivente de um ataque terrorista enquanto estava de passagem nos EUA e foi levada ao hospital muito ferida, e por ironia do destino quem tratou dela foi seu pai, um jovem médico americano sorridente, sua mãe ficou logo apaixonada e se machucava só para ser tratada novamente ( e ela sempre recusava outro médico) os dois se casarão e se mudarão para o japão, Yukio cresceu ouvindo essa história o que inspirou ele a seguir essa profissão mas, para ele ajudar as pessoas não ajudaria a manter a paz, ele decidiu servir ao exército pois a melhor forma de ajudar o planeta é ajudando seus heróis, durante missões em que soldados são dados como mortos no meio da mata ele sempre ia ajudar, pois sabia que muitas familias esperavam o retorno de seus entes queridos, ele parava o sangramento com uma pasta feita de ervas e os curativos eram folhas, com essa habilidade com plantas foi apelidado de Xamã, hoje mesmo com a primeira vitória sobre o pessoal do portal seu trabalho não para, e ele tem a sensação de que ira piorar


Última edição por Junim - kun em Seg 18 Maio 2015 - 21:59, editado 3 vez(es)
avatar
Junim - kun
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 07/09/2014

Frase pessoal : Whatever


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por Mestre em Dom 17 Maio 2015 - 23:37

Nome:Enzo Yang
País de Origem:Brasileiro (mãe)Japones(pai),mas infelizmente eu to no Brasil
Idade: 25
Sexo:La nas zona do norte tem uma cabaninha e uns esquema que se eu quisesse eu ia la,eta não era para eu revelar isso ,ferro,há e eu sou homem
Aparência:

Braço do Exército:Aviação (Helicoptero)
Especialidades:

Falar segredos ,Explodir coisas, e fazer Pastel de Frango

Personalidade:Idiota, sem graça ,e desastrado ,estiloso talvez,não com certeza não
História:

Eu nasci,a pior coisa que eu fiz que faria uma serie de desastres,eu cresci com meu pai e minha mãe sendo cozinheiros e eu tambem ,ja que eu não tive estudo pois eu explodi a privada da unica escola da minha cidade ,eu era feliz,mas um assaltante tirou a vida de meu pai ,minha mãe ,da clientela gente fina,da mina que eu tava pegando,não essa ultima e mentira ,desculpe a zueira numa ficha militar,e então o exercito era a unica opção ,depois de muitos banheiros serem lavados ,de muito treino,eu consegui entrar como cozinheiro,mas depois de despejarem uma feijoada pegando fogo em mim ,e achando que me mataram ,me levaram pro helicoptero ,que,advinhem,pegou fogo,eu consegui acordar e vi que ele tava voando,a noite ele foi invadido por três pessoas,uma tava treinando voo para tirar onda e os outros dois ,uma era menina ,então ,bem, eu acordei e encontrei os dois,mortos pelo fogo,e o que tava dirigindo desmaiado,consegui pousar ,e me especializei nisso e treinei


Última edição por Mestre em Ter 19 Maio 2015 - 21:10, editado 1 vez(es)
avatar
Mestre
Membro
Membro

Masculino Idade : 15
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 30/11/2014

Frase pessoal : Fire emblem is love,Fire emblem is life


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por Gehrman em Qua 20 Maio 2015 - 17:36



Nome: Alfred "Don" Berlepsch. Me chama de qualquer coisa na verdade, pra mim tanto faz.
País de Origem: Alemanha. Bem, meu pai é alemão e minha mãe é holandesa, mas eu cresci na Alemanha mesmo.
Idade: Não se engane pelos meus cabelos excessivamente brancos, obrigado. Tenho 33.
Sexo: É meio óbvio, mas tudo bem, hehe. Masculino.
Braço do Exército: Engenharia.
Especialidades: Sou ótimo em mexer com máquinas. Tipo, qualquer coisa mesmo. Conserto carros, computadores, e o caramba a quatro. Basicamente, me traz algo quebrado que eu tenho quase certeza que eu conserto a sua belezinha. Sou absurdamente atencioso, então minha capacidade de decorar é, com todo respeito, melhor do que muita gente. Decoro até as fórmulas mais difíceis, o que me fazia tirar uma cacetada de nota dez na época que eu era moleque. Por fim, eu tenho uma coordenação motora fenomenal. Eu faço coisas rápido, escrevo rápido, blá blá blá. Não sou muito bom em explicar, desculpa.
Personalidade: Eu sou uma pessoa meio complicada, se me permite dizer. Sou um cara bastante sociável, tenho uma boa capacidade de fazer amigos, diferente de quando eu era mais novo. As pessoas dizem que eu tenho um senso de humor e de moda estranho, como pode ver pela foto acima. Se quer que eu seja sincero, eu não me importo. Se eu algum dia me apresentar de uma forma levemente estranha para alguém, o problema não é meu; isso leva ao fato de eu ter uma língua afiada. Por exemplo, não me importo se fulano não gosta de algo que eu faço; mando se ferrar e falo pra que ele faça melhor, haha! Eu também nunca me senti atraído por nenhum dos dois sexos, sou assexuado. Isso não é muito importante, mas só curiosidade mesmo. Bem... É tipo isso, né? Sou um ser humano. Gosto de me socializar com outros seres humanos. Tenho sentimentos que nem todo ser humano. Ser humano. Hehe.
História: Eu nem tenho uma história tãããão chocante pra contar, sinceramente... Mas se é tão necessário assim, beleza. Eu nasci na Alemanha, fui o primeiro a nascer de dois irmãos. Meu irmão se chama Augustus, mas ele é uma droga de pessoa. Ele não tem nada realmente relacionado com a história que eu estou contando, mas só quis tirar isso de mim, pois adoro falar mal dele. ENFIM. Eu tive uma vida relativamente normal. Nos meus tempos de escola, eu era bem quietinho. Tipo, bem quietinho mesmo. Eu sempre me dava bem na escola por ser inteligente, gostava mesmo é de matemática. Putz, que saudade! Eu tinha o meu próprio grupinho de amigos, e eu era o menos sacana deles. Ao invés de falar que mulher era gostosa, discussão entre bunda e peito, eu só queria falar de coisas decentes e que respeitem a imagem dos outros, especialmente a mulher. Por isso, eles foram se afastando de mim com o passar do tempo. Sinceramente, foi bem melhor! Odeio gente indecente. Aí, no 9º ano, quando eu tinha tipo 14 anos, entrei pro clube de literatura e conheci outros nerds como o pequenino eu... O único problema é que eles eram nerds demais. Tipo... Demaaaaaaaaaais. Achavam-se mais inteligentes que todo mundo, falavam sobre como eram Nice Guys (até hoje não sei o que isso significa, heh), e as discussões entre o grupo eram ridículas. Uma vez um cara disse que a ditadura deveria ser reinstalada no Brasil, é mole?! Foi meio que com eles que eu consegui minha manha de ver o erro dos outros. Enfim, com o passar do tempo, fui indo em várias visitas técnicas, palestras e oficinas para melhorar meu conhecimento profissional. Então, foi aí que eu decidi fazer engenharia. Engenharia militar, pra ser mais exato. Quis fazer o meu melhor para defender o planeta. Desejo meio ruinzinho, mas fazer o quê, meu filho? É a vida. Então, com o passar do tempo, fiquei cada vez mais aberto, conheci muita gente bacana no meu trabalho, e saio com muito mais frequência do que o nerdzinho do Alfred. Pois é gente, as pessoas mudam, e bastante. Se você mostrar essa ficha pro seu filho gordinho que sofre bullying, então prove pra ele que mudanças ocorrem! Be strong! E se você por acaso tiver um irmão hétero de 30 anos que é quase sempre despedido no primeiro dia do novo emprego, saiba que você não é o único!
avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por Ele em Qua 20 Maio 2015 - 19:47



Oh, desculpe, eu não vi vocês aí.

Olá amores! Aqui é seu querido e amável host, Ele, falando.

Como todo mundo que já havia reservado já postou suas fichas, eu acho que estamos em um bom lugar para começar. Só peço que me deem um dia ou dois para colocar algumas coisas em ordem.

Enquanto isso, veja abaixo se sua ficha foi aprovada:
Spoiler:
  • Unit DAN: Aprovado com carinho.
  • Rush: Aprovadíssimo.
  • Mori: Em construção mas já tá aprovada.
  • Okiru: Tá nos conformes.
  • Junim-kun: Serve, tá aprovado.
  • Mestre: Tendi porra nenhuma. Você pode tentar reescrever se quiser.
  • Gehrman: Aprovado automaticamente por ser o Fabão.

Quem não mandou uma ficha ainda, não se preocupe. O envio de fichas não está encerrado. Sintam-se a vontade para deixar suas fichas aqui, e eu as encaixarei no RPG assim que for possível.

E isso é tudo. Soldados, dispensados!


Foto real do Ele.

Bom trabalho e boa sorte!
avatar
Ele
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 14/01/2015

Frase pessoal : ok, but why?


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por mrdeid em Qui 28 Maio 2015 - 22:03


Nome:
Dave Ian, senhor!

País de Origem:
Eu sou do Brasil.

Idade:
Depois dos 18 parei de contar.

Sexo:
Eu tenho um pênis, então... Feminino?

Braço do Exército:
Pau-Pra-Toda-Obra, senhor.

Especialidades:
- Sou especialista em carregar coisas na minha mochila - ela está cheia de tudo e vazia de nada.
- Ser o Inútil Útil.
- Fazer pastel!

Personalidade:
Eu sou o chamado Inútil Útil, apelido que recebi por uns amigos do exército. Bem, eu sou magrelo, fraquinho e atrapalhado, então não tenho habilidades com armas e coisas assim, por isso, sempre que precisavam de alguém pra tomar o tiro pelos outros ou servir de isca pra cachorros famintos... Bem, essa pessoa era eu. Sou uma pessoa legal, eu acho. Me dou bem com todo mundo e panz, faço um pastel do caramba - sério, você devia provar ele! Bom, eu acho que é isso.

História:
Nhá, eu não gosto de falar disso. N-não que eu tenha vergonha, é óbvio, mas... Ser filho do Jorjão da Pastelaria do Jorjão não é a melhor coisa do mundo. Quer dizer, todos os meus colegas do exército - QUE EU FUI POR OBRIGAÇÃO, OUVIU? - tinham pais advogados, policiais, militares - o filho do presidente estava lá -, e meu pai... Bem, ele era o grande, gordo e velho Jorjão. Mas ele tinha um coração tão grande que eu nem ligava pro povo, apenas seguia em frente. Receber a notícia de que eu ia participar de uma coisa importante - que eu até agora não entendi o que é - foi algo que o deixou muito orgulhoso - ele até postou no blog dele, o De Frente com o Jorge Da Pastelaria Do Jorjão, que, por um acaso, a mamãe não apoia. Ah, sobre a mamãe... A mamãe é a coroa mais legal que eu já vi! Eu casaria com ela, sério. E, na boa, o que ela viu no Jorjão? Ela podia muito bem esquecer ele e ir casar comigo. M-mas, pera... Isso seria errado. Eu saí dela... Ahn... Eu tô cantando minha mãe? N-NÃO FOI ISSO QUE EU QUIS DIZER, E... Shhhhhhhhhhh, cadê os meus colegas do exército pra atirarem em mim numa hora dessas?
avatar
mrdeid
Membro
Membro

Masculino Idade : 71
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 01/01/2013

Frase pessoal : ata


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por ana em Sex 29 Maio 2015 - 22:48




Nome: Marama Maloney (Eu gosto da sonoridade dele) 
País de Origem: Nova Zelândia.
Idade: Feminino.
Sexo: 25 anos e contando. 
Aparência: 
Braço do Exército: Anti-tanque
Especialidades: Eu... Sou bem atlética! E sei bastante de história, também. Ser carismática conta? Tipo, eu acho que seria mais pra "mentir bem". Já me tirou de muitas situações ruins. 
Personalidade: ... Aqui você me aperta sem abraçar! Eu sou uma pessoa de bem com a vida, nada demais. Eu tenho amigos aqui e ali, mas, para falar a verdade eu não sou muito inteligente, não. Distraída também. Eu gosto de festas, coisa e tal. Sou bem energética! Pode vir, eu vou tá aqui! 
História: Eu nasci numa família normal, lá na bela cidade de Wellington. Sabem como meu pai conheceu minha mãe? ... Ah, melhor não falar disso aqui. Mas é uma história engraçada, envolve praias de nudismo e... Bem, minha mãe é um professora de história. E... Ela ama bastante a história de nosso querido país, então eu ouvi minha vida toda sobre isso. E cara, aqui é legal pra caramba! Nossos animais não existem em lugar mais nenhum, nossa lingua e cultura são bastante ricas. Somos um país de primeiro mundo! Então, eu sempre me interessei em algum dia poder ajudar de perto, entende? E foi assim que eu fui parar no exercito. Eu gosto bastante daqui, mas é cansativo e eu sinto saudades de kāinga. Bem, não é todo dia que se pode conhecer outro mundo. Espero ser útil por aqui.

Obs: Sabia que nós nos tornamos independentes no ano de 1907? Eu nasci no dia da independência, 26 de setembro! 
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por ana em Qua 3 Jun 2015 - 23:40


Subtenente, Exército Brasileiro.


Lieutenant, Exército Francês


中士, Sargenta, Exército de Libertação Popular (China)


(1等陸士), Cabo Primeira Classe, Força Terrestre de Autodefesa do Japão. 


Stabsgefreiter, Especialista, Exército Alemão.


Soldado, Exército Brasileiro 


Second Lieutenant, Exército Britânico.


*
Lance Corporal, Soldado, Exército Neozelandês 

*só que verde escuro.
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por ana em Sab 6 Jun 2015 - 1:12

avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Portões

Mensagem por Ele em Seg 15 Jun 2015 - 23:11

NESTAS FÉRIAS, EM UM CINEMA PERTO DE VOCÊ:



TRÊS SOLDADOS E UM BEBÊ

Consulte classificação indicativa do filme.
avatar
Ele
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 14/01/2015

Frase pessoal : ok, but why?


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum