Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Pokémon: Tales of Red (Alternativo)

Ir em baixo

Pokémon: Tales of Red (Alternativo)

Mensagem por Mathss em Ter 6 Jan 2015 - 16:20

Ficha técnica:
Nome: Pokémon: Tales of Red
Autor: Mathss
Baseado: Nos jogos
Gênero: Shōnen, ficção científica, aventura, lutas, treinos

============

Detalhes Iniciais:

Serie Baseada nos jogos.
NÃO É BASEADA NO MANGA
NÃO È BASEADA NO ANIME
Os personagens, mesmo com o mesmo nome, não são os mesmos que aparecem no anime ou mangá.

A história é baseada nos jogos, no caso especial, no fire red, mas terão suas diferenças, que poderão ser notadas durante a fan fic.

Esta fan fic é praticamente a mesma coisa que uma que eu tava fazendo, mas que ficou inativa e foi trancada. Então, to começando do zero nesta, considerando desde já alguns detalhes.

============

Sinapse:
Em um mundo onde criaturas mágicas existem, e são parte do dia a dia dos humanos, e onde a tecnológica tomou proporções que nossa geração ainda sonha, a aventura tem um sabor fantástico. Com 10 anos, muitas crianças já são consideradas aptas a passar seus primeiros 3 meses de jornada pokémon, durante o período em que as aulas estão em recesso.
Nesta história, Red, um jovem de coração ardente, procura se aventurar pela primeira vez, no mundo pokémon.

Capítulos:

1- A escolha

Capítulo 1 - A escolha

"Você sabe guardar segredo? Não estamos sozinhos. Existem diversos mundos, e em alguns deles, existem criaturas fascinantes. Nossa história começa em um destes mundos, onde estas criaturas são chamadas de pokémons."

O Sol mal nascia na cidade de Pallet, se é que pode-se chamar de cidade, uma pequena vila, tranquila e pacifica, um dos poucos lugares onde se encontra ar puro, e aromático, que vem tanto das flores dos quintais de seus habitantes, quanto das grandes árvores que cercam a cidade. Era uma cidade sem Market, e sem centro pokémon, pois não era nenhum ponto para os treinadores, a maior atração era o laboratório do Professor Carvalho, um renomado cientista, conhecido tanto por ter estudado diversos pokémons, quanto por, a mais de trinta anos, ter criado a pokédex, um guia que cada treinador leva, e os ajuda em sua jornada, por possuir informações sempre úteis, e um detalhe especial, as pokédex, também servem para coletar informações dos pokémons, e ajudar cientistas a estuda-los.

Embora Professor Carvalho seja mais visitado por cientistas, do que por outros treinadores, todo ano, ele prepara três treinadores da cidade de Pallet, para suas primeiras aventuras. Mas isto, não é só ele, durante o recesso das aulas, que dura três meses, todas as crianças de dez anos, podem começar, a maioria das crianças de Pallet vão par Veridian, em algum centro pokémon para pegar seu primeiro pokémon, mas as três crianças escolhidas, pegam com o Professor Carvalho.

Em uma casa da Cidade de Pallet, um garoto de cabelos castanhos, com olhos vermelhos, um metro e quarenta de altura, considerado um pouco alto para crianças desta idade, com bastante energia, estava vendo uma luta gravada do ano passado, em que um treinador desafiara Agatha, e mandava seu Nidorino contra um Gengar, quando ele ouve a voz suave da sua mãe.

- Red, esta na hora de ir ver o professor Carvalho! - Disse ela, em um tom alto o suficiente para ele ouvir.

Seu quarto estava uma bagunça, mas hoje ele sabia que não ia precisar arrumar, como o de costume todas as manhas, levantou rapidamente da cadeira de madeira com um símbolo de pokémon, a cadeira quando arrastava no chão, fez um barulho, ele pensou que seria melhor comprar logo um carpete para por no chão, quando voltasse para casa. A sua cama, macia, estava uma bagunça, roupas espalhadas por todo o lugar, ele pegou sua mochila, com algumas roupas, e seu boné vermelho, com um pequeno circulo na frente, passou correndo pela porta, que quando fechou, fez outro barulho, que fez a mãe pensar que o silêncio naquela casa, seria um lado bom dele ficar fora por três meses. Desceu a escada pelo corrimão, como faz sempre que esta animado, a porta da cozinha ficava bem do lado esquerdo do pé da escada, descendo, logo viu sua mãe. Colocou sua mochila no chão e se sentou, na mesa com uma toalha amarela, havia umas frutas, e um misto quente, como rotineiramente, ele começou a comer antes de cumprimentar sua mãe.

Ela lhe trouxe um copo de suco de laranja, colocou sobre a mesa e passou a mão atrás da orelha dele.

- Um dia os filhos crescem e saem de casa - Disse ela. Red se envergonhou e tirou a mão dela de perto do seu rosto. Ela se sentou a frente de Red, pegou uma xícara com um desenho de Eevee na frente, e começou a beber seu café. - Pena que seu pai teve que viajar com seu irmão, eles ficariam muito felizes em lhe ver agora - Disse ela.

- Ah, que isto, eles tão tendo muitas emoções também! - Disse Red esboçando um sorriso, e terminou de dar sua ultima golada de Suco.

- Professor Carvalho esta te esperando. - Disse ela, mas Red, como muito a conhecia, sabia que ela queria que ele a desse um abraço antes de partir, e assim o fez.

Então saindo de sua casa, seu quintal, cheio de flores, o deixou com um pouco de saudades de deixar sua cidade, aquele cheiro agradável não era encontrado igual em nenhum outro lugar do mundo, mas prosseguiu até o laboratório do Professor Carvalho, que ficava próximo a sua casa, como aquela pequena cidade, ninguém tinha carros, não havia ruas, apenas estradas de terras, e era preciso apenas alguns segundos para chegar, então caminhando, ele viu seu vizinho sair de casa, o nome dele era Gary, era neto do professor Carvalho, ambos tinham uma rivalidade desde que tinham 7 anos, tantos nos esportes, quanto nos estudos, mas a maior rivalidade, talvez tivesse sido ambos nascerem no mesmo dia, ou serem escolhidos para iniciar sua jornada naquele laboratório desde que completaram 7 anos. Junto claro, da Mary.

Então Red primeiramente iria evitar falar com ele, mas então o Gary o desafia com o som.

- Esta pronto para começar sua jornada de derrotas? Perdedor! - Disse Gary com uma expressão sádica.

Red pensou em dizer que ele tava procurando um espelho para praticar seu discurso, mas acho que seria melhor seguir reto, Gary vendo a situação, foi em direção ao laboratório também. O Laboratório do Professor carvalho, assim como todas as casas, lojas, e a escola da cidade, tinha na frente, um quintal cheio de flores, o prédio era construido com janelas em Mosaicos de pokémons, as paredes externas, eram adornados com materiais cerâmicos belos, era definitivamente um belo local, la dentro, muitas estantes de livros sobre pokémons, e também, algumas maquinas nas mesas, um cientista avaliando uma lâmina no microscópio, que provavelmente tinha um pedaço de tecido de algum pokémon, outra olhando uma maquina que checa as medidas de pokémons, era possível ver também várias máquinas para avaliar por exemplo a saúde de alguns pokémons, ou estudo de seu Genoma, sua experiência em combate, entre outros aparelhos. Tinha também um pequeno campo de batalhas, que provavelmente serviria para testar as batalhas entre pokémons de pequeno porte.

Então o Professor Carvalho chegou, olhou para seu neto, e para o jovem garoto que ele não via a quase um ano.

- Red, você cresceu bastante nestes últimos meses. - Disse o professor entusiasmado, ele se virou numa onde tinha 3 pokébolas. - Podem escolher seus pokémons!

Red e Green olharam, atrás das pokébolas, tinham as informações, se o pokémon era Bulbasaur, Squirtle, ou Charmander.

- Pode escolher na frente, pense com calma ein. - Disse Gary com um tom sarcástico.

- Não preciso pensar! Eu herdei os olhos vermelhos do meu pai, por isto ele me deu o nome de Red. - Começou a dizer o garoto olhando para a terceira pokébola. - Eu decidi, a muito tempo, que meu primeiro pokémon seria do tipo fogo, então eu escolho o Charmander.

Continua...


===========

Bom, eu ia fazer mais coisa neste primeiro cap, mas vi que tava ficando muito grande. Agradeço a todos que lerem, podem dar sua opinião.

Qualquer coisa, se algum personagem ficou um pouco robotizado, se faltou alguma cosia na descrição qualquer coisa mesmo, se alguma coisa não ficou legal, ou se vocês simplesmente não gostaram por algum motivo, aceito todas as críticas, pois penso nelas como algo construtivo.
avatar
Mathss
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 20/12/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: Tales of Red (Alternativo)

Mensagem por Gehrman em Qua 7 Jan 2015 - 17:44

Fala rapaz, tudo bem?

Então, pelo visto essa sua fanfic vai ser a aventura do Red pelo continente de Kanto, correto? Pois bem, já posso perceber que esta será que nem uma fanfic considerada clichê, a não ser que nos capítulos futuros você faça alguma coisa que deixe esta história com um ar bastante inovador comparado à outras. Espero que isso aconteça, pois se não, sua fanfic não poderá atrair muita gente para ler, infelizmente.

Sua escrita eu consigo considerar como boa, mas o verdadeiro problema é o teu uso "extremo" de vírgulas. Por exemplo:

O Sol mal nascia na cidade de Pallet, se é que pode-se chamar de cidade, uma pequena vila, tranquila e pacifica, um dos poucos lugares onde se encontra ar puro, e aromático, que vem tanto das flores dos quintais de seus habitantes, quanto das grandes árvores que cercam a cidade. Era uma cidade sem Market, e sem centro pokémon, pois não era nenhum ponto para os treinadores, a maior atração era o laboratório do Professor Carvalho, um renomado cientista, conhecido tanto por ter estudado diversos pokémons, quanto por, a mais de trinta anos, ter criado a pokédex, um guia que cada treinador leva, e os ajuda em sua jornada, por possuir informações sempre úteis, e um detalhe especial, as pokédex, também servem para coletar informações dos pokémons, e ajudar cientistas a estuda-los.

Mano, eu contei 15 vírgulas. Usando tanta vírgula assim numa mesma frase, tentar ler o que está havendo na mesma pode causar uma certa perda de fôlego do leitor, se é que me entende. Tente diminuir o uso de vírgulas, como irei demonstrar aqui:

O Sol mal nascia na cidade de Pallet, se é que pode-se chamar de cidade, uma pequena vila, tranquila e pacifica, um dos poucos lugares onde se encontra ar puro, e aromático, que vem tanto das flores dos quintais de seus habitantes, quanto das grandes árvores que cercam a cidade. Era uma cidade sem Market, e sem centro pokémon, pois não era nenhum ponto para os treinadores. A maior atração era o laboratório do Professor Carvalho, um renomado cientista, conhecido tanto por ter estudado diversos pokémons, quanto por, a mais de trinta anos, ter criado a pokédex; um guia que cada treinador leva e os ajuda em sua jornada por possuir informações sempre úteis, e um detalhe especial: as pokédex também servem para coletar informações dos pokémons, e ajudar cientistas a estuda-los.

Ok, eu sei que meu exemplo não pode ser um de um professor de português, mas o uso de vírgulas meio que diminuiu, não percebeu?

Pois bem, realmente não tenho muito a falar sobre a história em si, mas espero que, como eu disse antes, tenha algo inovador no processo. Se precisar de alguma referência, leia ou releia algumas fanfics já existentes ou livros, para aprimorar sua escrita. Mesmo assim, ela está boa, espero que no próximo capítulo consiga ficar em um nível ainda melhor que boa.

Boa sorte, brother.

________________

cfox: APARECI NO MULTISHOW


avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: Tales of Red (Alternativo)

Mensagem por Mathss em Qui 8 Jan 2015 - 23:11

Bed, vlw pelo feedback.

A respeito das vírgulas, eu irei diminuir. E a respeito de ser clichê, terá muita coisa inovando.

E to pensando em ficar fazendo 2 fan fics simultâneas, uma baseada nos jogos, outra no anime.

Capítulo 2 - Sprinter

"Recentemente Red recebeu seu primeiro pokémon, e perdeu na sua primeira batalha, contra Gary. Passou no Market de Veridian e pegou uma encomenda para entregar para o professor Carvalho, onde após entregue, recebeu sua primeira pokédex, e dez pokébolas. Assim como seu cartão de treinador, e uma carta para mostrar aos lideres de Ginásio. Tentou ir no ginásio de Viridian, mas estava fechado, agora, esta em Viridian Florest."

A floresta que misturava árvores grandes e uma vegetação rasteira, com muitos pokémons insetos e alguns elétricos estava com cheiro de queimado e cinzas. Red passava por ali ao ver uma menina de cabelo preto, vestido vermelho e branco, e uma fita vermelha na cabeça, conversar com um menino um pouco menor, com boné e cabelos castanhos.

- Pelo que eu entendi, um Sprinter atacou onde tinha alguns Pikachus, a grande maioria ficou ferido. - Disse o menino de boné branco, e camisa roxa, enquanto coçava a barriga. - Parece que todos os que aguentaram bem ao ataque, ou foram rápidos suficiente para escapar, foram capturados. - Terminou enquanto a menina olhava com medo para a cena.

Red sabia que Sprinter era algo praticado em muitas cavernas ou em outras florestas, as vezes até no Oceano, mas naquele lugar, era algo tão raro. Sprinting é o ato de atacar indiscriminadamente em um grupo de pokémons selvagens, usando já um pokémon mais forte, e capturar apenas os que apresentem resistência, ou em alguns casos como este, velocidade para atacar. Um ato ilegal, que levava por um ano o cartão de treinador de qualquer um que infligisse tal lei.

Normalmente os treinadores enfrentam pokémons que aparece para eles, nestes casos as vezes levando o pokémon a nocaute, Ou então perseguiam um pokémon para conseguir captura-lo, algo permitido. Mas quando se usa ataques indiscriminados para pokémons que nem apareceram sem a intenção de captura-los, passa a se tornar uma inflação média.

Longe da polícia, o Sprinter passava em um "adulterador de pokébolas", para mudar a data em que foi registrado na pokébola as capturas. Após isto ele podia vender ou trocar estes pokémons.
- "Aquele pikachu maldito, ele escapou". - Pensava o garoto de cabelos longos e pintados de azuis.

Red decidiu ficar longe das áreas queimadas, andando sobre uma parte com muitas plantas rasteiras, ele vê um vulto de um pokémon rápido. Sem pensar duas vezes, ele chama Charmander para fora e avança nesta direção.

- "Um Pikachu ferido" - Ele pensou, após ver o pequeno rato elétrico na sua frente. Mal sabia ele que este pokémon, não só tinha conseguido escapar, mas também resistido ao ataque do Sprinter. - Charmander, Brasa! - Ordenou, e então o pequeno lagarto com fogo na cauda iniciou seu ataque.

Não foi preciso muito, o pequeno Pikachu estava quase desmaiado, a visão de uma pokébola indo em sua direção não lhe assustava tanto. Quando tocou e o sugou para dentro, a bola então tocou no chão, balançou para direita, para equerda, novamente para a direita. Então a luz vermelha ficou verde, e um brilho indicou que o pokémon havia sido capturado. Red não pensou duas vezes até voltar a Veridian e recuperar seus pokémons.

Continua...


===========

Este eu fiz mais curto por 2 motivos: Facilitar a leitura e poupar tempo, assim como pulei as partes desnecessárias(que só iriam tomar o tempo do leitor) da forma que acontece nos jogos. Espero que realmente fique melhor assim.

A primeira coisa diferente que eu trouxe nesta fan fic, foi isto dos sprinters, mas terão mais coisas, podem esperar, isto é só o comecinho.

E pretendo criar uma outra fan fic também, e ficar mantendo duas, provavelmente pra amanha to começando a segunda fan fic que eu vo ta escrevendo. Em ambas provavelmente terei atualizações semanais.
avatar
Mathss
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 20/12/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: Tales of Red (Alternativo)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum