Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Por favor, não perca mais tempo, inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobres todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Aguardo.
Feliz Natal e Ano novo!

O JOGO MATRIMONIAL

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por ana em Ter 9 Dez 2014 - 0:05


UMA PRODUÇÃO ANA/JUAN, O AMORZINHO IMBATÍVEL, LHE APRESENTAMOS O:



O Jogo Matrimonial 


Você é um estudante do ensino médio da escola Santa Elizabeth. Você viveu uma vida normal até agora, sem nada que te qualifique como o protagonista de uma tragédia grega ou um protagonista daqueles seus desenhos japoneses. Mas, em um dia, a linha do destino se torna um nó, que te prende nas delicadas linhas de uma grande aventura. Você irá embarcar nela? Você e mais ONZE pessoas são escolhidas para lutar pela salvação do futuro. Vocês agora terão o poder para invocar sua ALMA e usar disso para viver emoções, e ainda poder vivenciar uma vida escolar normal! Seja bem vindo ao Jogo Matrimonial.  Você aceita? Na morte e na vida, até o fim, até na doença. Façam os votos!


Preencha a ficha e sele seu destino!

Código:
[B]Nome:[/b] O seu nome, querido.
[b]Idade e série no colégio:[/b] A quantas primaveras você habita a terra e em qual série da escola você se encontra.
[b]Arcano:[/b] A seu 'Arcano' é a carta de Tarot que te escolheu, não o contrário. Para ser escolhido por uma carta seu espírito e personalidade devem bater com o que ela representa e os valores que são parte dela. Entenderam? Se sua personalidade não bater com o Arcano escolhido, haverão punições. Então pensem com cuidado. *leia a lista de arcanos que estarei colocando mais em baixo.
[b]Personalidade:[/b] A sua personalidade, UÉ. Não se esqueçam que eu não vou aceitar sasque utirra aqui.
[b]História:[/b] A sua história, ué. Não se esqueçam que eu não vou aceitar sasque utirra aqui.
[b]Espaço livre:[/b] Seus hobbies, fetiches estranhos, amorzinhos, u name it. vale tudo aqui.
[B]Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?:[/B]
[b]Atributos:[/b] Descrição mais abaixo. juan vai postar.
[i]Mana:[/i]
[i]Resistência:[/i]
[i]Estamina:[/i]

Aviso número: o rpg de passa na cidade Gainax, mas em nenhum país especifico.
Aviso número 2: APENAS UMA PESSOA POR ARCANO, VOCÊS ME OUVIRAM.


A LISTA DE ARCANOS:


O   Mago
Para a arcana que representa o inicio de atividades e o poder de mudança, as pessoas mais aptas são as inteligentes, de ação e eloquência. Mas, também aquelas que sejam corvades, fraudulentas e charlatonas nos momentos de dificuldade. 


A Feiticeira
Apenas aqueles que possuem intuição e sabedoria tem força para representar a Feiticeira. Forças interiores e escondidas, um segredo. Conhecimento e crescimento, também, porém seus portadores sempre foram fadados a imaginação em excesso, preguiça e intenções hostis.


 A Imperatriz
O forte sangue da necessidade de dominar, da produtividade, da ação e da evolução correm nas veias daqueles que possuem essa arcana. Inquietude, beleza e riqueza que são enfeitiçadas pela vaidade, frivolidade e falta de senso prático


O Imperador
Forte autoridade! Vontade! Força de execução! Triunfo! Inteligência! Certeza! Se você não sabe dominar essas partes, você será consumido pelo fogo da derrota! Mas também, precisa saber lidar com a fraqueza de caráter, receio da autoridade, dogmatismo!


O Sol
Aqueles que brilham com a energia, perfeição, crescimento espiritual. Amigos leais com facilidade e clareza de expressão, o sucesso e sonhos de alegria. Que são afetados, apesar de tudo, pelas falhas, perdas de valores e maus entendimentos, e às vezes a falta de confiança.


 A Lua
A face dos escolhidos pela Lua é tocada pela ansiedade, insegurança, acontecimentos ruins... Sonhos regidos pelo excesso de imaginação e pelo instinto. Almas marcadas pela decepção, fraude e fortes emoções.


A Força
Os escolhidos por essa carta são aqueles que usam racionalmente a sua força, o poder de transformação. Aqueles que reconhecem e tem consciência das vantagens e desvantagens. Audácia! Compaixão e entusiasmo! Mas, eles também podem fraquejar, usar a sua força para coisas ruins e sofrer uma inversão de valores.


Os Amantes
O caminho dos representantes dessa carta é marcado pelas dúvidas e necessidade de decisão e escolhas responsáveis. O desejo e simpatia benevolentes, comungados com a prudência e o caminho do amor e do coração. Há também a irresponsabilidade, vícios e o perigo da hipocrisia. É duro o caminho dos astros.


A Justiça
Não pense em cruzar o caminho dessa carta se você não tiver honra! O gosto e a missão de manter o equilíbrio, a regularidade, a razão e a lei. A imparcialidade necessária para o fim das ilusões e para a conservação. Superação. A virtude que é perturbada pela timidez, complicação, a intolerância. A justiça que pode se tornar uma injustiça e desordem.


O Diabo
A ganância e obcessões descomedidas... A ambição que é carcomida pelo desejo e estagnação... A mentira do espírito contraditório que está preso numa barreira intransponível...  A servidão de uma vida de enganação... A fantasia que trás problemas... Paixão...


O Eremita
O silêncio que ronda a morte social e o isolamento, daqueles que são tocados por esta carta. O espírito de sacrifício que é escolhido, junto das revelações e exigências que são permutadas pela avareza e falta da sinceridade. Há também uma busca por proteção, e revelações e exigências que vem junto da luz da inteligência. Atos imprudentes. Imaturidade.

A Temperança
Apenas os portadores da disciplina e do autocontrole são honrados o suficiente para possuir este arcano. Um possível falta de personalidade ou de controle. Pessoas sociáveis, que possuem confiança e são justas. Há também uma queda pela religião e pela santidade, valorizando o pensamento e equilíbrio.


A Roda da Fortuna
Para o representante desta carta, a vida gira em torno de constantes mudanças. Ao enxergar as diversas possibilidades, é um alguém versátil e que tende a acreditar no destino.São pessoas que podem ser falsas ou que podem se perder em ilusões. É necessário ser versátil. Expansão e atividade!


O Sumo Sacerdote
O representante desta aqui deve ser um alguém que inspira proteção, mas que ainda possa agir com extrema arrogância e que necessite de autoafirmação.  Estar ciente dos deveres e ter consciência, mesmo que isso traga um moralismo exagerado, meio que ser uma autoridade moral. Saber perdoar, afinal, porque não?


Última edição por dork princess em Sab 13 Dez 2014 - 19:13, editado 3 vez(es)
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Mori em Ter 9 Dez 2014 - 0:12

ATRIBUTOS - ou "metade da sua experiencia nesse RPG."


O sistema de personagens de O Jogo Matrimonial é dividido em três status principais, esses serão usados varias vezes durante o RPG para decidir se você conseguira ou não realizar algum tipo de ação excepicional (i.e arrombar uma porta, fazer uma conta matemática muito dificil e etc.) ao começar o jogo você terá disponível 15 pontos para distribuir como quiser entre os 3 atributos, Resistencia, Mana e Stamina,.
 
Mana: 


É sua capacidade mental e espiritual, o que rege seu auto-conhecimento e estreita as  relações com sua Essência, a torna mais forte e cooperativa.
Em "O Jogo Matrimonial" Mana é um dos status com maior importância, ele dita quantas vezes ao dia você pode usar as habilidades sobrenaturais de sua Essência, além de quão bem você ira se passar em testes de inteligencia, sabedoria e em algumas situações, diplomaticos. Ela também rege a quantidade de "Espirito" que você possue, espirito é a moeda de troca usada para invocar e comandar sua Essência, um personagem que atinga Espirito "0" não podera usar sua Essencia por um certo numero de rounds de "descanço", aonde ele estara recuperando sua mente e se preparando para entrar em combate novamente, um personagem, que por ventura atinga Mana "0", desmaia, não aguentando mais a pressão mental, sua Mana pode ser aumentada através de qualquer exercicio mental ou de auto-conhecimento. i.e estudar, meditar, etc.


Estamina:




Em “O Jogo Matrimonial” Estamina é, assim como Mana, um dos atributos mais importantes, na verdade, todos são, ela dita a quantidade de tempo que seu personagem aguenta praticar exercícios fisicos, o quão rapido ele consegue atacar, o dano que você causa com seus ataques e sua velocidade em geral, Estamina dita o quão bem você se sairá em testes de velocidade, precisão e astúcia. Um personagem que atinga Estamina 0 não poderá mais lutar devido a fadiga física, sua Estamina pode ser aumentada através de treinamentos fisicos aeróbicos, como corrida e natação.


Resistência:


Em “O Jogo Matrimonial”, novamente, Resistência é um dos atributos mais importantes, sério, todos são, ela dita a quantidade de de dano que seu personagem aguenta receber (HP), a quantidade de peso que ele pode carregar, sua resistência a feitiços mentais. Resistência dita o quão bem você ira se sair em testes de resistir a dor, de força e de perceber mentiras, além de tudo, seu HP é calculado como sua Resistência vezes 10. Um personagem que atinga Resistência 0 fica incapacitado de lutar, também por fadiga fisíca. Sua resistência pode ser aumentada com treinamentos fisicos anaeróbicos, como por exemplo lutas e levantamento de peso.




A sua proficiencia com um atributo é baseada em sua pontuação nele, sendo o minimo 1 e o maximo 10, seguindo a tabela abaixo:


10 - Excelente, pode fazer com maestria a maior parte das tarefas que exijam o atributo.
9 - Otimo, pode fazer com precisão a maior parte das tarefas que exijam o atributo.
8 - Muito bom, tem um conhecimento pratico e teorico vasto sobre alguns assuntos que exijam o atributo.
7 - Bom, tem um conhecimento pratico e teorico vasto sobre assuntos especificos (baseados em sua ficha), que exijam o atributo.
6 - Decente, tem um conhecimento teorico sobre assuntos especificos que exijam o atributo.
5 - Mediano, tem conhecimentos teoricos populares sobre assuntos especificos que exijam o atributo.
4 - Abaixo da Média, tem pouco conhecimento, tanto teorico quanto pratico sobre  assuntos que exijam o atributo.
3 - Ruim, tem problemas em assuntos especificos que exijam o atributo de maneira geral.
2 - Péssimo, tem grandes problemas com todos os assuntos que exijam o atributo.
1 - Horrivel, não tem conhecimento algum, e tem problemas sérissimos com assuntos que exijam o atributo.


Além de tudo, existe um limite para qual seu corpo e espirito aguentam chegar, se um personagem atingir 0 em 1 atributo, ele desmaia, se ele atingir 0 em 2 atributos, ele ficara incapacitado de lutar pelos proximos 3 dias, tendo que visitar o hospital, um personagem que atingir 0 em 3 atributos já não pode mais aguentar a pressão em sua alma e corpo, logo, morrendo. 





Escolham bem seus atributos, já que uma vez escolhidos NÃO poderão ser mudados, exceto em casos de treinamento, como já citado acima.

avatar
Mori
Admin
Admin

Feminino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/07/2014

Frase pessoal : Ante up!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Micro em Ter 9 Dez 2014 - 1:08


Nome:
Vicktoria de la Peché

Idade e série no colégio:
16 - Segundo Ano

Arcano:
Diabo

Personalidade:
Uma garota que não precisa de muitas palavras. Apenas seus olhos e seus olhares. Segura os colegas na palma de sua mão, e gosta de fazer isso. Obcecada em ser o centro das atenções, não suporta ser deixada para trás, o que a torna uma enorme attwhore em qualquer lugar que vá. Isso é o que a maioria das pessoas que a vê pela primeira vez pensa se tratar de sua personalidade. Tal atitude de vadia na verdade esconde uma personalidade mal-definida, insegura, que impede que a garota cresça como pessoa. Acha que todos querem aproveitar dela, e por isso pretende aproveitar dos outros antes que eles possam fazê-lo. O que ela não sabe é que toda a situação onde seus amigos são falsos existe apenas em sua cabeça, fazendo com que ela viva numa distopia da verdadeira realidade, criando uma barreira socio-psicológica em sua mente. Desta maneira ela vive sempre em medo, e tal barreira aumenta sua resistência ao certo, o que faz com que ela sempre tenda ao caminho errado e esteja sempre arranjando encrencas. Mesmo assim, ela ainda tem esperança de que um dia ninguém mais poderá abusar dela, mas ela acha que atingirá este sonho subindo em cima de todos, sendo que ela precisa apenas confiar nas pessoas que tentam se aproximar dela.

História:
Nunca conheceu seu pai, visto que abandonou a ela e sua mãe quando descobriu que esta estava grávida, o que causou nela a desconfiança no sexo oposto. Desde pequena via sua mãe chorar por causa do ex-marido, o que causou um certo crescimento prematuro na garota. Por isso sempre esteve afrente de sua idade: já mandava nas outras crianças durante as brincadeiras, e a mãe muito ocupada em colocar o pão dentro de casa, nunca tentou consertar isso na garota. Por causa da ausência dos pais, achou que sempre estaria sozinha na vida, criando assim uma personalidade de certa maneira tsundere. Com doze anos descobriu sua primeira paixãozinha de infância, e rendeu-a até os dias atuais, e embora goste muito do rapaz ainda sente medo de ser abandonada como o pai fez com ela e sua mãe.

Espaço livre:
Possui na sua cabeceira dois livros: Cinquenta Tons de Cinza e Querido John. Não preciso dizer com qual deles ela chorou mais lendo.
Suas músicas favoritas são How to Be a Heartbreaker, Problem e Suddenly I See, sendo que ela ainda não entendeu a mensagem que a última tenta passar para ela.
Tem uma quedinha por um garoto não muito popular de sua turma, pois acha sua calma tranquilizante, mas prefere ignorá-lo, achando que o amor tornaria-a fraca. Pobre Vicky.
Nasceu dia 15 de Abril, sendo do signo de Áries.

Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?:
Um pato do tamanho de um cavalo. É mais fácil enganar um par de olhos do que vinte, e assim preparar um golpe furtivo.

Atributos:
Mana: 2
Resistência: 9
Estamina: 4


Última edição por Micro em Ter 16 Dez 2014 - 16:53, editado 1 vez(es) (Razão : colocando uma foto à là anime pq todo mundo fez isso)
avatar
Micro
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 04/02/2010

Frase pessoal : destination unknown


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Rush em Ter 9 Dez 2014 - 1:11



Nome: Noah Duje

Idade e série no colégio: 15, me encontro no primeiro ano ainda.

Arcano: A Força. Quer dizer... "A FORÇA?!".


Personalidade: Sou um rapaz inteligente, amigável e que se pode confiar! Também sou muito educado, tento evitar de tudo para não falar palavras de baixo calão, e por isso acabo usando sinônimos que muitos consideram... Toscos? Olha, vou ser sincero. Sou cagão pra caramba e me considero bem fraco.

Quer dizer, eu me conheço, e o único músculo realmente forte em meu corpo é o meu coração. Por essa razão prefiro a minha mente aos meus punhos. Mas não posso negar que eu já me meti em várias enrascadas para tentar proteger meus amigos, mesmo eu não querendo. Parece que eu sei que irei me dar mal, mas mesmo assim acabo fazendo besteiras idiotas por impulso. Se isso parece uma qualidade? NAH, é horrível. Eu não sou um bom mentiroso ou muito menos bom de briga. Sou apenas... o Noah. Um rapaz brincalhão e que mesmo não conseguindo, tenta ser bem otimista! Hehe, pelo menos eu tento!


História: Eu nasci numa família de classe média alta, constituída pelos meus pais e duas irmãs mais velhas. Mesmo vivendo bem, ter duas irmãs mais velhas sempre foi difícil! Elas eram muito mimadas e sempre queriam presentes caros, roupas caras, maquiagens, acessórios, e coisas do gênero! Eu não julgo meus pais por terem economizado comigo e me dado livros ao invés de brinquedos. Eu até acho que isso foi uma coisa boa! Aprendi a não dar muito valor aos bens materiais e coisas do gênero. Não sou egoísta por causa disso. De qualquer forma, minha convivência com minhas irmãs foi difícil. Salvo uma parte de minha história de quando elas me trancaram dentro da geladeira de sorvetes lá de casa, por tipo, umas duas horas! Ainda bem que a geladeira não estava ligada, e eu consegui respirar graças a alguns buracos de onde sairiam as tomadas.

Bem, deu pra perceber que sofria bastante bullying das duas, mas eu não guardo nenhuma raiva delas. Bem, posso sentir um pouquinho sim, mas elas são minha família!

Eu também já sofri bastante bullying nas minhas escolas. Não consideraria bullying, porque crianças são destrutivas por natureza. Mas convenhamos, eu sou um rapaz de um metro e sessenta e cinco de altura, peso cinquenta e oito quilos, não possuo nenhum talento em esportes ou artístico - além da leitura e escrita, é claro! - e fui trancado por duas horas numa geladeira. É claro que vão caçoar de mim! Mas nunca houve aquela perseguição, e isso nunca me deixou pra baixo. Tirando aquelas vezes em que haviam cuecões ou me prenderem dentro do lixo e me jogarem no banheiro feminino. Hey, isso não foi legal!

Eu sou inseguro, mas também sei de minhas qualidades! Eu me considero um ótimo amigo, e por muitas vezes eu acabo fazendo mais do que posso receber em troca, mas sei que possuo amigos verdadeiros que posso guardar em meu coração. E por causa disso, já acabei entrando em uma fria por causa deles, mesmo não querendo. Isso aconteceu bastante na quarta série, quando eu tentava mentir para as professoras ou tentar roubar o lanche do meu amigo de volta quando o Vandinho roubou.

Maaas, mesmo tendo apenas quinze anos, eu já vivi muitas coisas e experiências que acabariam deixando esse texto ainda maior! Só sei que por enquanto tive uma vida boa, rodeada de amigos e pessoas que me amam! Só não diga isso para as minhas irmãs, se não elas me matam.  


Espaço livre: Eu gosto de transar com garotas e beber com meus amigos no bar enquanto mato aula! Não colou, né? Bem. Obviamente, como deu para perceber, eu gosto bastante de ler e escrever. Gosto de ler livros de ficção, romance, biografias e até aquele livro de História que ninguém dá atenção a nada além das imagens.

Além de ler, gosto de jogos de mesa, como o xadrez ou damas. Gosto de escutar músicas. Mas geralmente em meu espaço livre, eu acabo pensando em várias maneiras de me esconder ou me livrar de alguns acontecimentos desagradáveis que a vida gosta de me presentar.

Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Isso é sério? Bem, depende. Se eu tiver uma caixa grande eu prefiro lutar com os cavalos. Afinal, eles são pequenos e leves, duvido que possam fazer alguma coisa. Mas se eu tiver alguma arma de choque eu até me arrisco a lutar com o pato gigante. Hehe! Mentira.


Atributos:

Mana: 8
Resistência: 4
Estamina: 3


Última edição por Rush em Ter 9 Dez 2014 - 1:18, editado 1 vez(es)
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Corvin em Ter 9 Dez 2014 - 1:47


Nome: Henry Johnson

Idade e série no colégio: 17 anos. 2º ano.

Arcano: Os Amantes.

Personalidade: Sou um cara normal. Er... Me considero uma pessoa amiga, sabe? Nunca tive dificuldade de fazer, mas eu não saio dando papo pra qualquer um também. Sou compreensivo: faço o possível pra entender os pontos de alguém em determinada situação. Sou curioso: quando é algo que me interessa, eu investigo tudo, até onde não dá mais. Amoroso: quando eu amo alguém, essa pessoa se torna algo tão valioso quanto minha vida. Imbecil: às vezes falo merda, sempre acontece quando eu fico nervoso. Atrevido: às vezes faço coisas que as pessoas podem não gostar, ações sem lógica e mal calculadas. Contraditoriamente, eu penso muito bem nas coisas que eu vou fazer, antes de fazê-las... Quando eu estou normal. Ah, desculpe. Bem, coisas adicionais você saberá com a convivência.

História: Eu nasci prematuro, em Madrid. Vim pra cá quando criança, com uns 8 anos por motivos financeiros. Regredindo um pouco... Quando eu tinha 5 anos, sofri um acidente de carro com meu pai. Felizmente eu sobrevivi, mas papai não. Ele ficou uns dias no hospital, até chegou a melhorar minimamente, mas não resistiu. Acho que a hora dele realmente tinha chego, né? Uns anos de depressão vieram junto disso, mas passaram. Tudo passa, né? Até uva. Por incrível que pareça isso não me afeta hoje. Meu pai foi um grande homem, me orgulho disso. A minha mãe? Ela me deixou aqui para os estudos e voltou para lá, onde ela administra uma concessionária. Estranho, né? Eu sei. Mamãe adora carros. Ela mesma tem três. Bom, pelo menos ela conseguiu melhorar de vida, porque depois da morte do papai, ficou difícil pra gente... Enfim, não tenho muito a falar de minha vida. Qualquer coisa eu lembro e te conto em particular depois, se quiser.

Espaço livre: Se vocês me derem um Kamasutra e uma garota,a gente faz aquele livro todinho. Brincadeira, falar é fácil.
Ah, eu curto jogar Halo, pra Xbox, o jogo é perfeito demais! Me julguem, mas Pokémon também é um ótimo jogo. Super Smash Bros, etc.
Em música eu gosto do David Guetta, do Calvin, da Meghan Trainor, Sia, um pouco da Rihanna, Ellie Goulding... É, tem uns outros que eu não me lembro. São muitos.
Ah, e tem uma garota da minha sala que... Me ignora. Não sei dizer o porquê. Eu só preciso de uma chance, mal ela sabe.

Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: "Quanto menor a quantidade, mais rápida a reação", segundo a biologia. 20 cavalos.

Atributos:
Mana: 4
Resistência: 5
Estamina: 6


Última edição por Crow em Qui 18 Dez 2014 - 21:10, editado 7 vez(es)

________________
-> SE INSCREVA NO MEU CANAL! <-
avatar
Corvin
Moderador
Moderador

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/11/2013

Frase pessoal : I'm gonna hold you like I'm saying goodbye.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Okiru em Ter 9 Dez 2014 - 20:03



Nome: Kyoko Misaki.

Idade e série no colégio: 16, me encontro no primeiro ano.

Arcano: A Justiça.

Personalidade: Sou uma pessoa calma, porém não muito sensata. Tomo a maioria das minhas decisões baseadas em meu senso de justiça, e não sou de voltar atrás.  Sou também uma pessoa que gosta de evitar atos de violência desnecessários, e prefiro resolver as coisas de maneira pacífica quando possível.

Devo dizer também que desprezo o uso de pessoas como ferramenta e o abuso dos mais fracos, des de que me entendo por gente, procuro proteger os fracos e punir os tiranos, apesar de que isso já me meteu em várias encrencas em que me dei mal, na verdade, acabo me dando mal a maioria das vezes. Mas não me arrependo de nada, afinal, eu não poderia ficar só olhando enquanto injustiças acontecem diante dos meus olhos.

História: Fui nascida em uma família de classe média baixa, e morei a vida toda junto de meus pais e meu irmão mais novo. Sempre frequentei escolas públicas de baixa qualidade, onde muitas injustiças aconteciam, mas sempre segui as regras e me mantive pura. Entrando na escola Santa Elizabeth estou certa que darei um grande passo para um futuro brilhante, e não pretendo desperdiçar essa oportunidade.

O fato de me intrometer em problemas alheios já me causou vários problemas como já citei anteriormente, até oque muitas vezes me tornou alvo de injustiças, ah... me lembro até que já cheguei a me meter em problemas sérios por causa disso, é, acho que não foi uma boa ideia atacar aquele assaltante armado com um graveto, até hoje ainda sinto um pouco de dor na minha coxa esquerda por causa daquela bala que ficou presa ali.

Só comecei a frequentar a escola no primeiro ano do primário, e ainda acabei entrando um ano atrasada, oque me faz um ano mais velha que a maioria dos estudantes da minha classe, mas isso não deve ser problema, certo?

Espaço livre: Gosto bastante de escutar musica instrumental, animações e água. Minha cor favorita é azul. Nunca tive atividades extra curriculares no meu tempo livre devido à condição financeira da minha família, mas sempre quis aprender algum tipo de luta.

Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Certamente um pato do tamanho de um cavalo! Não me interessa lutar com "minions".

Atributos:
Mana: 4
Resistência: 7
Estamina: 4


Última edição por Okiru em Ter 9 Dez 2014 - 20:17, editado 1 vez(es)
avatar
Okiru
Membro
Membro

Feminino Idade : 12
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/11/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por mrdeid em Ter 9 Dez 2014 - 21:01


JASPER, THE COOL


Nome: Jasper Jerome Coolins.



Idade e série no colégio: 17 - Terceiro Ano do Ensino Médio.



Arcano: O Imperador.



Personalidade: Jovem animado, esperto, extrovertido. Sempre está apto para grandes jornadas e aventuras radicais, onde o mesmo possa se divertir. Apesar dessa animação extrema, é um líder nato. Sabe mandar, ordenar e comandar. Leva seu grupo aonde for - ou pelo menos tenta. Em situações perigosas, transmite segurança, sempre utilizando sua mente - que some nas horas de diversão, mas aparece durante o perigo - para acalmar a todos. É um jovem rebelde quando se trata de seguir ordens de outras pessoas, pois acha que ele é o inteligente, o importante, o comandador, o governante, o imperador.



História: Nascido de uma família de classe média normal, Jasper sempre teve tudo o que queria - na medida do possível. Seus pais eram operários públicos, e trabalhavam em setores diferentes da cidade. Seu pai era encarregado da construção de prédios, enquanto sua mãe era uma simples contadora. Mesmo com seus serviços "perigosos", a família não tinha a maior renda de todas, e para isso, tinham que trabalhar em dobro. Jasper e seu irmão Brendan entendiam aquilo, mas diferente do irmão mais novo, Jasper queria viver como um adolescente normal, não como um estudante dedicado que devia passar o dia em casa para não deixá-la sozinha.

Começou a fugir de sua casa, jogando toda a responsabilidade pro irmão. Ele conseguia convencer o irmão de fazer as coisas, pois transmitia uma simplicidade em suas palavras, como se tudo fosse ficar bem. Se reunia com grupos de amigos e saíam para praticar parkour, fazer acampamentos, trilhas, rachas. Coisas de pessoas que gostam de levar tudo na adrenalina.

Seus pais não desconfiavam de nada, pois Brendan dava conta de tudo. Seu irmão o comandava, e com sua inteligência, fazia o irmão ficar calado. Era um dos melhores no parkour, já que usava seu cérebro para aquilo. Porém, tanta aventura e diversão acabaram levando o jovem a se tornar um destaque, fazendo com que vários jornalistas e repórteres aparecessem para gravar os grandes feitos do rapaz.

A notícia se espalhou, e quando seus pais descobriram, o obrigaram a ficar em casa junto de Brendan. Porém, discutiu com a família, dizendo que já era velho o suficiente para fazer o que queria. Que não era nenhuma criancinha. Que conseguia fazer TUDO o que quisesse.

Seus pais deixaram o rapaz sair, indo morar com seu grupo de amigos, onde o jovem comandava para que seu acampamento num dos bosques da cidade fosse totalmente seguro.



Espaço livre: Praticar parkour, participar de aventuras radicais e sair pra se divertir.



Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Prefere encarar 20 patos com o tamanho de um cavalo. Isso mesmo.



Atributos:

Mana: 06.
Resistência:04.
Estamina:05.




Ana, João, quero que saibam que me atrapalhei um pouco no final. O Jasper ele sempre foi aventureiro, e gostava de comandar em todas as suas aventuras, levando pessoas com ele e usando sua inteligência para sobreviver e se destacar entre os demais. Na descrição de IMPERADOR, dizia que devia ser uma pessoa que soubesse comandar, fosse um líder, usasse sua inteligência com sabedoria e que soubesse lidar com os problemas - não com essas palavras, mas mais ou menos assim -, e mesmo que superficialmente não aparente, Jasper tem tudo isso e mais. Qualquer coisa que achem que esteja errado ou tenha que errar, por favor me contatem por MP, certo? Goodi Bai :3
avatar
mrdeid
Membro
Membro

Masculino Idade : 71
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 01/01/2013

Frase pessoal : ata


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Gehrman em Ter 9 Dez 2014 - 21:59

Link da aparência da personagem

Nome: Miranda Redfield!
Idade e série no colégio: 16 anos, e estou no segundo ano!
Arcano: Lua!
Personalidade: Ora, ora, ora! Caso não tenham percebido os 3 pontos de exclamação vistos até agora, percebam agora, pois é assim que eu vou agir com meus futuros colegas de classe! Mas vamos lá... Eu sou a Miranda (ou Mira), e eu sou uma garota que adora fazer amigos e que esta sempre disposta a ajudá-los! Bem... Se eu pudesse fazer amigos, é claro. Eu tento desesperadamente não parecer estranha na frente das pessoas com essa minha suposta personalidade "hiperativa", e por mais que eu tente, é difícil me controlar por muito tempo. É sério! Eu tento muito, muito mesmo, parecer uma singela garota normal na frente das pessoas, mas é tão difícil! Eu não gaguejo com tanta frequência, mas tem horas que eu fico bastante nervosa, dependendo da situação. Eu tenho um certo complexo de inferioridade, mas eu explico um pouco melhor lá embaixo na minha história. Enfim, no começo de uma amizade com alguém (se ela durar, claro) eu vou com a minha personalidade de menina alegre, e aí vai passando pra menina alegre mas com uma vidinha nem tão alegre, e aí chega no nível final, que é a honestidade em pessoa. Enfim, eu não costumo me abrir pras pessoas logo de cara, mas o que eu quero mesmo é conseguir entrosar com a galera toda. Por isso que eu meio que inventei essa minha personalidade alegre e otimista; para as pessoas conseguirem ter uma boa perspectiva minha antes de me conhecerem totalmente, e também porque eu quero realmente ser igual a essa minha eu exterior, se é que entendem. Bem, é o que eu espero que aconteça, né? Vou tentar manter esse otimismo até onde eu puder!
História: Ok, ok. Como eu disse antes, não conheço a galera daqui, mas que eu vou ser sincera, eu vou. Era uma vez uma família normal que vivia em uma casa normal e tinham trabalhos normais. Ela era feita por uma mãe, um pai, e um menino. Aí eles decidiram novamente ter outro filho, para que ele também pudesse herdar da família tantas coisas quanto o irmãozinho mais velho. Mas eles esqueceram o fato de que a criança também poderia ser uma menina, e eles estavam tanto com a ideia de "filho" na cabeça que nem pensaram na possibilidade de "filha". E aí, eu... Nasci. Enquanto minha infância acontecia, eu era menosprezada por toda a minha família, menos meu irmão e minha tia. Meu irmão porque ele sabia que não era culpa minha de eu ter nascido assim, e minha tia porque ela tem bom senso e aceita o fato de eu existir. Bacana, né? Enfim, minha mãe e meu pai economizaram muito do dinheiro comigo, e usaram principalmente pra apoiar o meu irmãozão ir pra Inglaterra fazer faculdade. Ah, eu também passei muito tempo com a minha tia, já que meus pais viajam muito pra trabalhar. Trabalhar, né.
Minha tia, como eu disse antes, era diferente. Não importava se eu era garota ou não, eu teria que ser tratada igualmente ao meu irmão e com respeito. Já dá pra saber que não era assim o caso. Mas eu sempre adorava brincar com a minha tia! Ela me levava pra brincar no pátio perto da casa dela com as outras crianças que ficavam lá, me ensinava a cozinhar, me ajudava a estudar, e um monte de outras coisas! Eu adoro ela, de montão! Atualmente eu não consigo mais falar tanto com ela, pois ando bem focada nos meus estudos, e fazer esse tipo de coisa tem que ser sozinha. Enfim, minha tia me ajudou bastante e ainda ajuda na minha vida, sempre aumentando minha auto estima e outros problemas pessoais meu.
Graças ao menosprezo vindo de meus pais, eu acabei ganhando um certo complexo de inferioridade e falta de auto confiança. Ainda mais na escola, que algumas pessoas ficavam zoando com a minha cara por eu tentar me expressar mas sempre enrolando no meio, ou também pelos meus gostos estranhos. Eu sempre pensava que eles poderiam me aceitar por eu gostar o que eu gosto, mas eles nem se importavam e partiam pras brincadeiras de mal gosto. Graças a um conselho do meu irmão e da minha tia, eu aprendi que vou ser eu mesma para sempre, e ignorar aqueles que não se importam com meu bem estar. É claro que eu tento fazer amigos, como eu disse antes, mas... Eu tento. Eu montei essa minha personalidade de pessoa alegre pra ver se eu arranjo mais amigos, mas ela nem sempre dá certo... Bem, o ano passa e o tempo passa, né? Estou no segundo ano já, e vou me esforçar o máximo possível pra finalmente ver se viro uma pessoa mais sociável normalmente. Os estudos também são importantes, claro! Vamo que vamo!
Espaço livre: Eu sou piromaníaca, já que uma vez eu queimei meu dedo enquanto minha tia me ensinava a cozinhar, e eu a-do-rei a sensação de ser queimada! Óbvio que eu não me queimo com frequência pois eu não sou doente, mas de vez em quando eu gosto de queimar um dos meus dedos pra dar boa sorte, não sei o porquê. Enfim, fogo faz parte de um monte de coisa que eu gosto de fazer! Eu gosto de ir pra fazenda da minha tia e sou encarregada de queimar a lenha, e um monte de outras coisas envolvendo fogo! Eu adoro meter fogo em outras coisas! Quando eu tô feliz, eu até uso a expressão "Eu tô pegando fogo" e coisa assim! É maneiro!
Ok, desculpem o entusiasmo, mas vamos pra outras coisas! Nos meus tempos livres eu também gosto de ficar vendo séries, mas especialmente desenhos animados japoneses e mangás. Se eu fosse dizer minhas coisas favoritas, eu acho que ficaria maior do que minha história, então deixa pra quando perguntarem especificamente!
De vez em quando eu fecho a porta do meu quarto e começo a cantar músicas que eu gosto, sendo elas brasileiras, americanas, japonesas, francesas, tudo mais. Eu simplesmente adoro ouvir música, sempre trago um iPod no meu bolso pros momentos tensos ou que precisam de tensão! Música é vida.
Pra acabar, eu gosto de ficar lendo livros de histórias infantis e ver programas de animais na TV. Quando eu vejo alguma coisa fofa, cara, eu sempre acabo chorando! É tão fofo! Uma vez eu vi na TV com a minha tia um filme de uma menina chamada Moranguinho, e era super bonitinho! Tanto que eu pedi pra ela comprar algo relacionado com um morango pra mim, e me deu o meu prendedor de cabelo com forma de morango. Eu uso esse prendedor bastante, aliás! É tipo um símbolo de boa sorte que não é aquele método do fogo!
Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Eu brincaria com essa questão, mas como parece que é coisa séria, então eu diria lutar com os 20 cavalos com tamanho de pato! Eles não são tão grandes, afinal. Cuidar deles definitivamente seria menos perigoso do que uma monstruosidade de pato do tamanho de um cavalo.
Atributos:
Mana: 6
Resistência: 5
Estamina: 4

________________

cfox: APARECI NO MULTISHOW


avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Cervo Cósmico em Qua 10 Dez 2014 - 4:29

Nome: Tobias Clark

Idade e série no colégio:
17 / 1° ano do ensino médio.

Arcano:
Eremita

Personalidade:
Costuma discordar de muitas coisas, porém não consegue enfrentá-las, preferindo se afastar. Vê as pessoas sempre pelo seu pior lado. É solitário, mas por opção. Não liga muito para o sentimento alheio, assim como também procura não se apegar a ninguém. Tende a se perdoar por fazer coisas erradas. Algumas meninas gostam do seu estilo "bad boy", mas ele não se sente atraído pelas garotas em geral, tampouco pelos garotos. Ele não é preguiçoso como pode parecer, só não consegue fazer aquilo que não quer. Gosta muito de observar e analisar as coisas, sempre de longe sem se envolver. Pode parecer um pouco impulsivo ou imprudente, mas prefere pensar 42 vezes antes de tomar qualquer decisão, mas mesmo assim a maioria delas é ruim.

História: Vem de uma família um tanto quanto rica, seu pai é dono de uma gigante rede alimentícia, sua mãe é atriz de novela, não muuuito famosa, mas pode-se dizer que é uma celebridade, por conta de suas profissões, eles nunca deixaram faltar nada a Toby, porém nunca o deram a devida atenção, ele nunca se queixou disso, assim ninguém o enchia o saco.
Ele sempre "estudou" em escolas de primeira, nunca foi de prestar atenção às aulas ou de se dedicar aos estudos. Só terminou o ensino fundamental sem repetir por causa daquele "Sou eu quem paga essa ****!".
No sexto ano começou a matar aula, os professores não o deixavam ouvir o próprio pensamento. Sempre preferiu pensar com a própria cabeça, sendo assim achava a escola idiotice, e quem se submetia a isso, idiota.
No último ano do fundamental conheceu uma garota chamada Amanda, sua primeira paixão. O tempo foi passando, os dois se aproximando, o relacionamento ficando mais sério e a garota mais parecida com ele.
No final do ano, vendo que a garota desenvolveu muitos problemas na escola e com os pais, percebeu que a culpa era sua. Sendo assim decidiu pedir para o seu pai não o mandar para a mesma escola da garota. Isso foi muito doloroso para os dois, mas foi necessário.
Seus pais, que não aguentavam mais serem chamados à escola, fizeram Tobias prometer que melhoraria, pois em sua nova escola o buraco seria mais embaixo. Hoje ele tem 17 anos e está no primeiro ano. É, ele mentiu.

Espaço livre: Muito raramente, quando está um pouco cansado da rotina, gosta de visitar a escola pra saberem que ele está vivo. Nos outros dias ele costuma sair de casa bem cedo, com um aparelho MP3 e uma mochila carregada de coisas de comer. Fica vagando pelo bairro até encontrar um local sossegado. Prefere os lugares altos e particulares, escalar e invadir são as únicas atividades físicas das quais é adepto. Quando acha o lugar perfeito se deita, abaixa o volume da música, fecha os olhos e começa a pensar na vida, no universo e tudo mais.

Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: O pato poderia ser mais difícil , porém a mordida do cavalo é bem mais forte, então considerando a lentidão do pato, seria muito mais fácil desviar de uma bicada colossal do que centenas de mordidinhas, mas para mim é importante pensar pelo ponto de vista racional, sendo assim, como todos sabemos, patos gigantes e cavalinhos miniatura não existem, existem os pôneis claro, mas eles são bem maiores que os patos, e também existem os avestruzes, que são como patos inúteis gigantes pescoçudos, estes últimos que são muito...

Atributos:
Mana:6
Resistência:4
Estamina:5

avatar
Cervo Cósmico
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 22/09/2013

Frase pessoal : O Sonic é meu amigo, o Sonic é meu herói!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por lord sugar em Qua 10 Dez 2014 - 15:54

Nome: Caroline  Morrison Mercury
Idade e série no colégio: 15 anos - no ano / série do Ensino Fundamental.
Arcano: Sol
Personalidade: Sou uma pessoa normal, eu pelo menos acho. Sou bastante alegre e positiva, gosto bastante de ver o lado positivo das coisas e não apenas o lado ruim, prefiro supervalorizar o bom a menospreza-lo. Gosto de alcançar a perfeição quando possível, isso faz eu me sentir psicologicamente bem. Nunca tive dificuldades de ter amigos, mas, não tive muitos, não é que eu não consiga ter vários, é que conhecer a todos pode acabar me sobrecarregando e me fazendo ignorar algumas pessoas, isso definitivamente não é uma coisa legal. Me considero bastante leal apesar de não ter posto isso em prova, pelo menos não em algo significativo. Sou um pouco desconfiada com desconhecidos mas esse sentimento não é muito forte, pelo menos não até o momento. O seu conhecimento a cerca da arte a fez desenvolver bem sua visão e seu discernimento, gosta de ver o lado bom e superestima-lo
História: Nasci em uma família de classe média-baixa e vivi muito humildemente até cerca dos 7 anos, idade na qual meu pai conquistou um pequeno prêmio devido suas noites de Pôquer, após essa data a quantidade de brigas dos meus pais acabaram aumento e provocou a separação deles, fui morar com meu pai que até hoje diz que o dinheiro assumiu a cabeça da minha mãe, espero ter a oportunidade de reencontra-la algum dia. Mudei de escola e de casa devido as reviravoltas na minha vida mudando assim de uma cidade do interior para Gainax em uma escola particular, mas, nem por isso fui discriminada por ser caipira ou algo do tipo, por incrível que pareça eu consegui algumas amizades bem fortes lá. Aos 10 anos eu acabei conhecendo minha paixão, a arte. Sempre gostei bastante de pinturas e sempre que tinha oportunidade meu pai me levava a exposições de artes diversas. Aos 12 anos acabei tendo a oportunidade de expor alguns quadros amadores meus e acabei sendo reconhecida como uma pequena artista. Com o tempo passei de riscos e borrões a alguns traços que considero bonitos, procuro a perfeição na arte, apesar de saber que no mundo da arte, nada é ou foi perfeito, pelo menos não até hoje. Esse sentimento de procura e desejo pelo impossível que me move, afinal o que é possível, está feito, o que é impossível esta por ser feito.
Espaço livre: Curto bastante um pouco de música, estilos como um rock leve ou um pop são bem bacanas e também são ótimos para combater a falta de criatividade e a falta de inspiração. Mas pessoalmente eu prefiro passar o meu tempo disponível pintando, desenhando e dependendo dos casos até escrevendo, é algo que me alivia, algo que me permite soltar pra fora os sentimentos, e isso tira minha sensação de peso nas costas. Esportes também são bem bacanas para passar o tempo, e por um curto período de tempo eu acabei me apaixonando Kendo e comecei a treinar, mas logo abandonei, minha baixa resistência me destruía durante os treinos e após deles, e em consequência acabava por ficar um pouco fraca e na cama, por algum tempo, algo que realmente me incomodava, afinal, ficar parada é horrível.
Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Olha, considerando que um pato do tamanho de um cavalo seria bem difícil de se lutar na mão, eu preferiria cavalos no tamanho de patos, já que feri-los seria mais fácil e mais rápido, dando assim tempo de fazer outras coisas, mas isso não quer dizer que lutar contra um pato do tamanho de cavalo seria impossível, realmente depende do ponto de vista.
Atributos:
Mana: 5
Resistência: 4
Estamina: 6

Caroline Morrison Mercury




Clique na imagem da cabeça da Carol para ver ela de corpo inteiro!
CLIQUE AQUI para ver Carol de biquini < 3


Última edição por Rique em Sex 20 Fev 2015 - 15:34, editado 3 vez(es)
avatar
lord sugar
RPG Mod
RPG Mod

Masculino Idade : 14
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 07/11/2013

Frase pessoal : oi


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por VamosSayParaComerKibe em Qua 10 Dez 2014 - 20:49

Imagens:

Nome: Stenie Kaiserin.

Idade e série no colégio:15, 1° Ano Ensino Médio.

Arcano:A Imperatriz.

Personalidade: Bom, cuido muito bem no meu cabelo, e a parte do meu corpo que mais me agrada, nunca deixei ninguém encostar nele, mas não e só porque eu amo meu cabelo que só cuido né? Também faço vários tratamentos para peles, manicure, essa coisas de mulher... Não consigo ficar num lugar tão apertado assim, me irrita pessoas encostando nas outras, isso prejudica muito, tadinha da minha pele com aqueles suor, ECAAA!!! Muitos me julgam porque pareço que sou uma patricinha, mas sou apenas uma pessoa sensível, quase sempre choro longe das pessoas, eu não preciso dividir meu casos com ela, mas no momento que entro numa turma, prepares os ouvidos, pois terá conversa por horas. Amo gastar dinheiro, muito mesmo, mas e lógico gastar com bijuterias, tudo caro de preferência, amo também ter um pouco de conhecimento do mundo, ler um livro, revista não mata ninguém.


História: Não tenho muito que falar, tenho uma família de classe avançada, muito rica pelo visto, desde quando sai da barriga da minha Mãe nunca quase tive sua atenção, ficava fora de casa o dia inteiro voltava muito tarde, já meu Pai, recebia mais atenção dele, mas muito pouco, quem me criou foi minha babá Julia, até os 11 ou 12 anos não me lembro direito, ao perto de completar meus 13 anos, meu pai fundo seu 13° Restaurante, não se pra que isso mas ok, no mesmo dia da inauguração ,o estabelecimento foi assaltado por ladrões de luxo, mas nada tão grave assim, apenas 4 mortos e 15 feridos, meu pai não tinha culpa daquilo serio, culpa do segurança que o traio , bom minha mãe me levou para ver a cena do crime , atrás daquela listra amarela, aquilo me deixou chocada serio, então voltamos para casa eu e minha mãe pai foi na delegacia, esse acontecimento marcou minha vida, no mesmo ano eu estava a caminho de casa depois da escola e recebi uma trágica noticia quando cheguei em casa, Julia avia sido morta por um cara foragido, infelizmente não acharam o cara, aquilo me deu um aperto no coração, no enterro dela então, chora muito, muito mesmo, mas ela avia deixado uma vontade imença, a aprender as lições de vida, de como viver , ela era uma mãe para mim. Depois disso fui levando a vida como tinha que ser e até chegar aqui.

Espaço livre: Ler Livros,Gibis e Jogar um pouco,Viciado no meu cel, não tenho mais nada disso a não ser estudar e cuidar da minha beleza.

Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Seria fácil matar o 20 cavalos, mas prefiro o pato do tamanho do cavalo, parece mais desafiador.

Atributos:

Mana:7
Resistência:4
Estamina:4


Última edição por SayXanaSummer em Sex 12 Dez 2014 - 14:03, editado 1 vez(es) (Razão : Ficha)
avatar
VamosSayParaComerKibe
Membro
Membro

Masculino Idade : 17
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 19/11/2013

Frase pessoal : soim andy play magiq!!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Water the HOisteper em Sab 13 Dez 2014 - 23:27


Nome: Juvia Santa
Idade e série no colégio: 17 - 3º ano
Arcano: A Roda da Fortuna
Personalidade: Juvia, pelo forte TDA, nunca conseguiu manter muita atenção em uma coisa só, então sempre foi meio atrapalhada, volúvel e esquecida, logo nunca foi muito longe com seus projetos pessoais ou tentativas de qualquer espécie, mas sempre deu o máximo de si, sempre foi muito carismática, fazendo com que os com ela entravam em contato por sua personalidade se apaixonassem. É inocente em vários sentidos e não dá muita atenção a assuntos mais "maldosos", como amor, mas em compensação sempre foi bem responsável e madura em questões mais básicas.
História: Juvia foi adotada aos 12 anos, sua vida no orfanato foi pacata e simples, toda noite, após executar algumas tarefas diárias, olhava paras estrelas e enxergava um futuro com pais. Após ser adotada viajou com seus pais por várias cidades a trabalho. Eles são muito legais e fofos, tratam Juvia como uma princesa, das mais "pobrinhas", mas com muito carinho. A garota que tem que se virar pra conseguir dinheiro junto com os pais, que são ufologos e muito desacreditados pelos sociedade. Porém ela apoia e segue-os fielmente, ela realmente acredita ou talvez acredita por causa do amor que carrega pelos seus pais.

Após 2 anos de procura eles realmente acharam algo digno de uma matéria que poderia lhes render muito dinheiro. Desde então eles permanecem na mesma cidade Gainax. Na nova escola se adaptou muito bem, conheceu muitas pessoas e com sua falácia não foi difícil se tornar alguém muito querido pelos outros alunos
--

Espaço livre: Adoro desenhar seres místicos, coisas aleatórias, objetos surreais e parques de diversão hiper-coloridos. Amo fazer amorzinho e adoro cores, em tudo!
Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Primeira opção, sempre quis andar de Pato gigante  Wink
Atributos:
Mana: 6
Resistência: 4
Estamina: 5
avatar
Water the HOisteper
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
3 / 103 / 10

Data de inscrição : 01/08/2010

Frase pessoal : cuz all you people are vampires


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Asami em Dom 14 Dez 2014 - 0:15

Nome: Alex Silva
Idade e série no colégio: 16 | 2º Ano
Arcano: Temperança
Personalidade: Alex é manipulado facilmente e é muito submisso, exceto quando o assunto é sua religião. Ele é gentil e amigável com todos que o tratam bem e se não tratam: ele tenta conquistar com amizade e respeito. É um pacifista e sempre está disposto a ouvir e acreditar no que as pessoas dizem.
História: Nasceu numa família católica, que o criou na igreja. Alex sempre participou de todos eventos de sua congregação e sempre foi devoto a seus santos e seu deus. Sempre foi um bom aluno e uma pessoa com notas exemplares. Sempre estudou em um colégio religioso, mas pediu para ser retirado no 9º graças a um incidente com outro garoto, que Alex admirava.
Espaço livre: Por mais que seja uma pessoa que gosta de manter o auto-controle, ele tem problemas com sua sexualidade. Ele gosta de garotos.
Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Não lutar? >///<
Atributos:
Mana: 10
Resistência: 2
Estamina: 3


Última edição por Jet. em Dom 14 Dez 2014 - 3:17, editado 2 vez(es)
avatar
Asami
Membro
Membro

Feminino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 17/08/2011

Frase pessoal : É caaaanon!


Ver perfil do usuário http://indigoplateau.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por PIKACHU LV.100 em Dom 14 Dez 2014 - 1:19


Nome:Ken Marko
Idade e Serie no colegio: 16 primeiro ano.
Arcano: Mago
Personalidade: Muito inteligente, um pouco timido, nao gosta de gente agitada, bagunceira ou otimistas, tem um medo tao grande do sobrenatural que os amigos o chamam de Salsicha, sabe falar muito bem, tao bem que pode convencer as pessoas facilmente, as vezes fica rabugento como um velho, muito persistente.
Historia: Ken teve sua infancia marcada pelo pai, Jason, que sempre se preocupava com os estudos do filho, mas se preocupava muito, a ponto de faze-lo estudar madrugadas inteiras, mesmo a contra-gosto, sua mae lhe ensinou a falar melhor pois iria precisar disso alguma vez, ja sua irma ferrava com a vida dele, e os pais com a dela e foi assim por muito tempo e enquanto o pai puder ajudar, assim sera.
Na escola ele ia bem em todas as materias, as vezes suas notas caiam, mas nada muito grave, ele ia mal mesmo era na materia mais odiada Educacao Fisica, e por isso era fraco e magrinho, a falta de exercicio o deixou assim, em suas turmas era quase sempre o unico que tirava boas notas e era quieto, pois todo mundo era bagunceiro e muitos so o queriam pelo seu cerebro, quando chegou no setimo ano conseguiu um grupo estavel e confiavel de amigos, que lhe acompanhou ate o nono ano.
Chegou o nono ano e comecou a faltar muito, a escola o deixou cansado, suas notas diminuiram com isso, ele era inteligente, mas nao como antes, uma coisa que lhe deu raiva foi o nerd maximo da escola, Mike, levou um tablet por gabaritar todas as provas, o ano foi passando e ele se recuperou, comecou a ir todo o dia, passou perto da recuperacao, mas passou, no ultimo dia de aula, ele se despediu dos amigos e uma garota disse gostar dele, ele disse que nao gostava dela, os estudos eram mais importantes, ainda mais depois do nono ano, e agora seguia para as ferias e uma nova escola.
Espaco Livre:Gosta de jogar videogame, ler livros, curte um bom Rock n' Roll, nunca namorou ninguem, nunca beijou na boca, ama comer, odeia esportes e pessoas bagunceiras, capricorniano e sedentario.
Voce prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Bom, eu nao sei lutar o meu corpo nao permite, prefiro os cavalos com tamanho de patos, pegava uma tocha e tacava fogo neles.
Atributos:
Mana: 9
Resistência: 3
Estamina: 3
avatar
PIKACHU LV.100
Membro
Membro

Masculino Idade : 15
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 05/02/2014

Frase pessoal : My pokemon techiniques will leave you crying.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por laser queer em Dom 14 Dez 2014 - 2:13

(clique na imagem para ver a original)
Nome: Valquíria Bored
Idade e série no colégio: 17 aninhos e 3º ano do Ensino Médio.
Arcano: A Feiticeira.
Personalidade: Nunca na face da terra alguém poderia ter sido tão objetivo na tentativa de discorrer toda uma personalidade em apenas 6 palavras, que sequer tivessem algum significado em uma leitura literal: "olhos de cigana oblíqua e dissimulada" (ou "olhos de ressaca"), assim escreveu Machado, e capitando com isso a essência da personagem. Valquíria talvez não fosse uma Capitu de carteirinha, para ninguém senão o seu próprio criador seria possível repetir a tal dose, mas talvez uma versão fajuta e adolescente, ou adaptada - assim como os horrorosos filmes hollywoodianos - da personagem fosse um título que lhe coubesse bem. Ainda assim, a garota pode ser considerada uma deusa feminina, pois a tudo que é feminino também bem lhe cabe como descrição, bem como a beleza, luxúria, esperteza, saliência, inveja, dedicação, educação (quando lhe convém, apesar do esforço que faz para aparentar ser malcriada ser maior do que no caso inverso), e principalmente delicadeza - em sentido de precisão com graciosidade e de fragilidade; dote e provável defeito).
Valquíria pode, em sua mais superficial leitura, ser fragmentada em duas partes, dois lados que a completam, sendo ambas rodeadas pelos mesmos defeitos e fraquezas: de um lado, uma mulher de extrema espiritualidade e misteriosidade, que usa de fé e crenças para se firmar e não se deixar desacreditar nas decisões tomadas por sua outra metade - uma mulher, não uma garota, mas uma feminista de punho cerrado e unhas pintadas de cores vibrantes, esperta, criativa e objetiva. Contudo, preenchendo todo o yin de sua existência, a sua principal limitação com certeza é o seu corpo, fraco e frágil, vulnerável às mais variadas ameaças.
História: Val, como qualquer cigana que se preze, não poderia ter feito diferente: passou toda a sua vida viajando de lugares extremos a mais extremos ainda, tanto geograficamente, quanto climaticamente ou culturalmente. Seus pais sempre se preocuparam em ensinar o necessário para sobreviver no seu estilo de vida, principalmente a arte de roubar, mas da forma mais ética possível (se é que se pode ser ético roubando) - o que a ensinou também a lidar melhor com a administração de pertences -, e o básico do combate corpo-a-corpo, para situações mais perigosas e auto-defesa, afinal, ciganos nunca foram bem-vistos pela maioria conservadora e ignorante, mas também lhe foi ensinado coisas mais comuns a uma garota normal, como línguas diferentes - z języka polskiego, al català - ou modos à mesa - garfos maiores para jantar principal e menores para sobremesa - ou moda.
A menina também teve grandes paixões, e apesar de ser uma grande sedutora, sofreu com todas, já que não podia ficar em um lugar fixo. A maior parte dos seus problemas girava em torno disso, mesmo que se apegar demais não lhe fosse comum, até que sua mãe ficou doente e seu pai decidiu que ficaria na cidade de Gainax por período indeterminado, pois só assim teria condições de fornecer descanso para a esposa e um trabalho que lhe pagasse o suficiente para um tratamento digno.
Espaço livre: Tem uma paixão grande por modificações corporais minimalistas e animais de todos os tipos, evita comer carne e tem uma leve mania de organização e simetria.
Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Olha, eu vou ser sincera, eu acredito que animais não merecem ser machucados assim nem nada, mas se a batalha me fizesse sentido na hora eu provavelmente escolheria um pato do tamanho de um cavalo, porque aí seriam menos almas penando.
Atributos:
  • Mana: 7;
  • Resistência: 3;
  • Estamina: 5.

laser queer
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 16/12/2011

Frase pessoal : Freeze? I'm a robot, not a refrigerator.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Löwen em Ter 16 Dez 2014 - 1:58


*alguns anos mais jovem*
Nome: Andrew Nest
Idade e série no colégio: 16/2º Ano
Arcano: O Sumo Sacerdote
Personalidade: Uhh... Sou uma pessoa bem comum, pra falar a verdade. As pessoas acham que sou durão e bravo só por eu ser meio, hã, grande. Não sou aquele estereótipo do cara grandão também, aquele kuudere que se revela fofo no final e ama todo mundo. Sou só um cara de boas que por algum motivo tem um corpo grande e é alto. Sou meio tímido e inseguro, apesar de ser muito orgulhoso.
É engraçado como eu não faço o mínimo esforço possível pra mostrar minha personalidade porque as pessoas instantaneamente assumem que sou um cara que vá protege-las, então acabo me sentindo assim. I mean, já que sou grande e forte, porque não desenvolver um senso de proteção pelos meus amiguinhos? Mas não se engane, sou bonzinho mas não sou completo push-over.
História: Minha história é bem normal. Fui criado só pelo meu pai, mas nunca fui muito próximo dele. Ele se separou da minha mãe quando eu era criança, mas eu não me importei muito. A maior parte da minha vida, fiquei sozinho em casa, já que meu pai sempre estava trabalhando. Vai ver é por isso que não somos tão amigos? Não tenho certeza. Mas isso nunca me afetou muito, sempre fiquei bem no meu quarto, desenhando, lendo, jogando, afins. Nunca tive muitos amigos, mas também nunca liguei pra isso.
Espaço livre: Jogos em geral, quadrinhos em geral. Passei maior parte da minha vida lendo quadrinhos e mangás enquanto ouvia musicas retro. Fetiches? Nada em particular. *cofcof*furry*cfcof*
Gosto MUITO de desenhar. A maioria dos meus desenhos são, uh, testes de, hã, anatomia.
Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?:
Nenhum dos dois me parecerem realmente perigosos, mas deve ser divertido ver um pato do tamanho de um cavalo.
Atributos:
Mana:4
Resistência: 8
Estamina:3


~~
DESCULPA PELA DEMORA SÉRIO OBG POR GUARDAR A VAGA ANA!!
avatar
Löwen
Membro
Membro

Masculino Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 02/06/2011


Ver perfil do usuário http://lowenthal.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por ana em Ter 16 Dez 2014 - 12:22


Nome: o nome é Pronome
Idade e série no colégio: mim não se importa numeros sao constructo humano.
Arcano: me diseream que minha carta e nove de espadas
Personalidade: tenho depressao, me sinto culpado por passado ruim. mim ser cachorro bom. tenho fe na homem de metal
História: eu era um cachorro bom. tinha uma dona boa. mim saiu. humano ruim me prendeu. fugi. nunca encontrei minha dona. mim viveu epoca ruim na rua. humano de metal me deu nome casa. mim conhecer humano superior. mim pode invocar espirito agora.
Espaço livre: woof woof woof woof woof woof woof woof woof woof. mim gosta de longas caminhadas cagar em pessoa ruim bolinhas brincar com humano musica classica 
Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: pode vi que eu aguento tudo
Atributos: com esses constructo humano mim se importa
Mana: 5
Resistência: 5
Estamina: 5



avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Mori em Ter 16 Dez 2014 - 12:30





Nome: Cecil.
Idade e série no colégio: ???
Arcano: Aeon, o julgamento divino.
Personalidade: Minha personalidade? Eu não tenho tempo pra isso, fui mandada aqui para cumprir as ordens dos meus criadores com precisão e rapidez. Eu poderia te construir uma bomba atômica dos seus fios de seus cabelos, eu poderia lhe dizer a velocidade exata da rotação da terra, eu poderia lhe dizer daqui a quantos anos você vai morrer, o que você quer saber primeiro?
Quando a primeira bomba nuclear vai atingir a cidade de Gainax?
Ou em que bairro?
Eu sei de tudo isso, mas ainda sim... por que humanos são tão imprevisíveis? 

História: ...
Espaço livre: Eu não entendo seus conceitos estranhos de emoções, sexualidades e gênero, preciso fazer algo sobre isso... tudo bem, acho que já estou exercitando isso com o Pronome, meu cachorro, eu achei ele na rua.
Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?:
Atributos: Ambos.
Mana: 0 
Resistência: 10
Estamina: 15
avatar
Mori
Admin
Admin

Feminino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/07/2014

Frase pessoal : Ante up!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por ana em Ter 16 Dez 2014 - 13:56


E a lista de jogadores foi selada. Na morte e na doença... Sejam bem vindos ao jogo matrimornial...


Todos vocês são o "Tolo" a partir de agora, inocentes e no inicio de uma grande jornada...





Mas, vocês também são diferentes, muito diferentes. 


        

      

    



avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por ana em Dom 4 Jan 2015 - 21:15

 e 

O DESTINO DA DESTRUIÇÃO TAMBÉM É A ALEGRIA DO RENASCIMENTO

O RPG VOLTA AMANHÃ...
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Unit DAN em Qui 15 Jan 2015 - 23:55




Nome: -Johnatan Stark, "Joestar" pra você, moleque.

Idade e série no colégio: -18, sou repetente, e dai?

Arcano: -A estrela!

Personalidade: -Que eu saiba eu sou bem calmo, não serio eu sou geralmente calmo e talz mas eu tenho um pavil bem curtinho pra
perguntas idiotas e gente que se acha muito e tem pouca atitude. Sou bem leal com meus amigos, a galera fala
que eu sou um cara inspirador, prestativo determinado. Quando eu quero fazer alguma coisa eu vou e faço não deixo
ninguem ficar em meu caminho, se  você não está comigo você está na minha frente e acredite em mim,
eu vou te tirar dela. Tenho esse probleminha do pavil curto por causa do meu passado mas eu estou tentando
deixar ele para traz, afinal eu tenho que começar a tomar jeito na minha vida né? Heheh...

História: -Hmm minha historia né? Ó só, é mais ou menos assim: Eu nunca fui um garoto muito obediente, era
rebelde e não tomava ordens de ninguem, causei muitos problemas em varios colegios que eu entrei, fui expulso
da maioria deles, e assim foi decaindo até que eu formei uma gangue, a "Shooting Star" eu devo dizer, essa foi a melhor
pior época de minha vida, eu brigava pra caramba(mandei muita gente pro hospital, sério),
roubava dineheiro, fazia corridas de rua e ra no geral uma pessoa bem ruim até duas coisas acontecerem comigo:
Eu encontrei Teresa, o amor de minha vida que começou a me mudar e fazer eu querer melhorar de vida, a outra
foi que um dia eu acordei e pensei "Caramba cara, tu tem 18 anos, o que você ta fazendo? é melhor tomar um jeito
na vida ou que tipo de homem você vai ser?". Desde então eu desbandei os "Shooting Star" e hoje eu estou tentando
apenas ser um cara decente e deixar minha velhar vida de delinquente de rua no passado.

Espaço livre: -Ah, eu te falei da Teresa? Ela é meu amorzinho que está estudando na frança neste
exato momento! Hobbies? Uuuh xô ver: Eu gosto de morder palitos(eu ando com uma caixinha com essas coisas onde quer que eu vá)
de dente e andar na minha moto, sair pra beber e eu ja falei que amo minha namorada?

Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Eu monto nesse pato king size e saio voando

Atributos:

Mana: 2
Resistência: 4
Estamina: 9
avatar
Unit DAN
Membro
Membro

Masculino Idade : 77
Alerta Alerta :
1 / 101 / 10

Data de inscrição : 07/01/2015

Frase pessoal : Poderia ser pior


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Ele em Sex 16 Jan 2015 - 0:06



Nome: Alanna D'arby.
Idade e Série: 17 anos. Terceiro ano do ensino médio.
Arcano: O Enforcado.
Personalidade: Não sou o tipo de pessoa com quem as outras querem se associar. Eu me envolvi em problemas na minha cidade natal, até mesmo com a lei. De uns tempos para cá, eu venho tentando melhorar, ficar longe de problemas. O que eu penso, mantenho pra mim mesma. Tentar falar comigo... Pode não trazer resultados, já que tem assuntos que eu prefiro evitar. Na realidade, talvez seja melhor nem chegar muito perto de mim, sob risco de eu te arrastar pra baixo junto comigo.

História: Filha única de uma família boa, se bem que um pouco pobre, as necessidades básicas nunca me faltaram. Mesmo assim, cedo, eu me envolvi com um pessoal ruim na escola. Uns roubos pequenos aqui, uns muros pichados ali, umas brigas com alunos de outras escolas... Não me orgulho muito dessa época. Cometi também algum... Algum bullying. Essa situação acabou saindo do meu controle quando uma colega de classe, bem... Pulou da janela do seu apartamento do décimo segundo andar. Eu não tive mais coragem de dar as caras na escola depois disso, e resolvi vir morar com uns tios aqui em Gainax. Eu sei que não há como me redimir pelo que eu fiz, mas desde que isso aconteceu, eu venho tentando mudar.

Espaço Livre: Deixei na minha cidade natal o maior high-score na máquina de Ms. Pac-Man do fliperama. Meus outros hobbies... Bem, eu abandonei. Deve ser por isso que eu estou com tanto tempo livre em mãos hoje em dia. Se apenas eu conseguisse encontrar outra máquina de Ms. Pac-Man por aqui...

Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: O pato. Uma luta de verdade precisa ser um a um.

Atributos:
Mana: 2
Resistência: 6
Estamina: 7

Atuais:

Mana: 6
Resistência: 10
Estamina: 9


Última edição por Ele em Sex 7 Out 2016 - 19:42, editado 1 vez(es)
avatar
Ele
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 14/01/2015

Frase pessoal : ok, but why?


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por ana em Dom 8 Fev 2015 - 23:41


Nome: Kaz, Kaz Donlan!
Idade e série no colégio: 18, mas eu parei de contar... 19, eu acho? Eu vivo na floresta, cara. Só sei os dias da semana porque acompanho animes. E quem precisa de escola quando vive na floresta? O grande Kaz não.
Arcano: Ué que pergunta estranha... Como um mago, poderoso mago igual ao Kaz, eu me aprofundo em estudos de magia, incluindo Tarot! Me identifico bastante com a carta do Pajem de Ouros. Mas pra que isso? 
Personalidade: Eu quero viver uma vida tranquila, só eu, magia, a floresta e a Juliana. Ela é um docinho! E gosta muito de mim... Quer dizer, que não gostaria de mim? O Kaz é um ótimo mago, médico e amigo! Sou um cara tranquilo, com interesses variados. Gosto muito de ajudar pessoas, quero viver disso. E da floresta! Não ousem irritar-lo ou dever dinheiro ao Kaz, não é uma boa ideia. 
História: Digamos que aconteceu um pingue pong comigo. Fui da minha gangue pra uma escola estranha daí fui pra um acampamento mais estranho ainda e agora vivo na floresta, que é meu verdadeiro lugar. O resto não importa. O Kaz vive na floresta e está feliz com isso! Sinto falta do Joestar, foi divertido. 
Espaço livre: Animes, magia, dinheiro, flores, Juliana, vida de gangue, magia, Merlin, Harry Potter, espiritos, trailers, aquele clipe do Mystery Skulls... É isso!
Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: Os dois? Há força o suficiente pra isso, hehe.
Atributos: 
Mana: 12 
Resistência: 5
Estamina: 5



Última edição por dork princess em Sab 13 Jun 2015 - 23:06, editado 1 vez(es)
avatar
ana
Moderador
Moderador

Feminino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/01/2011

Frase pessoal : ta dentro dos limites


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por Sonic and Shadow em Sab 21 Fev 2015 - 21:25


Nome: Shimako Rin
Idade e série no colégio: 16, 2º Ano do Ensino Médio
Arcano: Roda da Fortuna
Personalidade: Bom, é aqui que eu falo sobre o quão incrível eu sou, certo? Bem, eu estou sempre disposto pra qualquer coisa. Quer dizer, para falar a verdade eu não sou lá muito bom em nada em especifico, mas eu me esforço em tudo que faço e sempre dou um jeito de ajudar em qualquer tipo de assunto. Não importa qual seja o problema, eu tenho certeza de que posso resolver ou pelo menos tentar ao máximo achar uma solução ou o mais próximo possível disso!
Eu gosto de experimentar coisas novas, afinal todo dia é uma oportunidade única para aprender e fazer coisas novas que eu nunca tinha ouvido falar! Eu costumo me enturmar bem em qualquer tipo de grupo de pessoas, provavelmente porque eu me interesso facilmente nas coisas que elas conversam e em seus hobbys.
Eu simplesmente não consigo ficar parado, é uma “falha” minha. Eu sempre, e quando digo sempre não estou exagerando, estou sempre fazendo algo diferente e tentando começar algo novo. Talvez porque eu não saiba muito bem como prosseguir ou finalizar o que eu comecei anteriormente, mas isso não vem ao caso!
Mas enfim, como deu pra perceber, sou uma pessoa alegre, animada, de bem com a vida e que sempre está por ai para o que der e vier. Posso não ser muito bom com nada, mas tenho certeza que consigo lidar com tudo que ainda vai aparecer na minha vida!
História: Minha história? Bom, não é nada demais... Eu nasci no Japão, mas vim para Portugal quando ainda tinha 2 anos com minha família. Eu comecei a viver em uma pequena cidade com o meu pai, meu avô, minha mãe e minha avó. Nós vivíamos na mesma casa.
Infelizmente, tanto meu avô e minha avó vieram a falecer. De idade mesmo, nada trágico ou complicado. Meu pai e minha mãe acharam que era uma boa nós mudarmos de cidade, aliviar um pouco toda aquela saudade deles sabe? É difícil não lembrar de pessoas que você gostava tanto quando você vive na mesma casa que elas costumavam viver.
Eu fiquei bem animado quando finalmente nós mudamos. Nós fomos para uma cidade bem grande, daquelas cheias de carros indo pra lá e pra cá, o tipo de cidade que mesmo as 3 da manhã ainda tem um movimento gigante pelas ruas. Eu me apaixonei pela cidade. As luzes, as pessoas, eram tantas coisas diferentes e novas por todos os lados que eu já me sentia aconchegado naquele lugar. Passei a viver ali desde então, fazendo novos amigos e tendo novas experiências todos os dias.
Espaço livre: Bom, é difícil dizer do que eu não gosto, porque se for para listar as coisas que eu gosto de fazer eu passaria um bom tempo falando. Bem, eu não gosto de nada muito parado ou desanimado, como ler livros, estudar, dormir e... acho que só.
Em questão de músicas, eu gosto mais de música eletrônica, se bem que qualquer coisa que tenha uma batida animada e de para dançar já me agrada bastante.
Em questão de jogos... bom, não dá pra fugir do meu clichê. Eu gosto de qualquer gênero, mas eu gosto um pouquinho mais de jogos com um multiplayer divertido, como jogos de luta ou esportes em geral.
Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?:
Difícil responder... Eu nunca tive a chance de fazer nenhuma das duas coisas, então pra falar a verdade eu gostaria de poder experimentar as duas coisas! Mas, se só posso escolher uma... Vejamos... Acho que eu iria preferir lutar contra o pato do tamanho de um cavalo. Quer dizer, isso me parece mais difícil de acontecer outra vez na minha vida do que enfrentar vinte cavalos do tamanho de um pato!
Atributos:
Mana: 14
Resistência: 8
Estamina: 3


Última edição por Sonic and Shadow em Seg 3 Out 2016 - 23:50, editado 1 vez(es)
avatar
Sonic and Shadow
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 20/10/2011

Frase pessoal : Ilário


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O JOGO MATRIMONIAL

Mensagem por bluehairghost em Dom 2 Out 2016 - 17:28




Nome: "Arkh Hunnigan O Mestre da Visão e das Trevas!"

Idade e série no colégio: "14 anos muito bons e o melhor aluno da oitava série!"

Arcano: "Arcano? bem... é... Arcano! Sim! O Arcano é o meio pelo qual tudo é revelado! Priest! Ou... é... Sumo Sacerdote! É, isso mesmo!"

Personalidade: "Ahahaha, bem eu tento ser um cara legal, afinal eu tenho o poder das magias sombrias! Sim! Meus selos e meus olhos me perimitem canalizar magia como se fosse algo que sempre fiz!"

Ele aponta para os desenhos em seus olhos e as faixas em seus braços

"Mas eu tento ajudar em sala apesar disso, sabe, não adianta ser um mago se ninguém gostar do que você faz, eu normalmente acabo fazendo a maior parte dos trabalhos e apresentando também... e vivem me pedindo cola também.... MAS ISSO É TUDO UM PLANO! HAHAHA TODOS DA MINHA SALA ESTÃO SOBRE O MEU CONTROLE! LOGO A ESCOLA TODA ESTARÁ!"

Uma lente de contato dele escorrega para baixo

"Ah, DROGA, ESPERA UM MINUTO"

História: "Ah... História... nunca foi minha melhor matéria na escola... espera, minha história? Ah... eu... eu...." - Arkh limpa a garganta - "Eu descobri os meus poderes quanto eu tinha 13 anos! Desde então eu sou o guardião da Mão das Trevas! Ela consome todo o mal que eu encontro! Mas fora isso minha vida sempre foi normal, todos me adoram! por que não adorariam O MESTRE DAS SOMBRAS?"

Espaço livre: "Hobbies? Eu jogo video-games e leio mang-- DIGO, DIGO, err, eu treino com magia e treino o meu SENSO DE JUSTIÇA! SIM! EU TENHO MAIS DE 20 GRIMÓRIOS!"

Você prefere lutar com um pato do tamanho de um cavalo ou 20 cavalos do tamanho de um pato?: "20 cavalos do tamanho de patos! Domaria todos eles e criaria meu exército sombrio!"


Atributos:
avatar
bluehairghost
Membro
Membro

Feminino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/08/2015

Frase pessoal : meh


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum