Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Pokémon - Survive

Ir em baixo

Pokémon - Survive

Mensagem por monkey d. luan em Qua 9 Jul 2014 - 22:05

Pokémon – Survive!

Prólogo

Spoiler:
Era domingo de manhã, acordei já pensando que amanhã seria segunda e eu simplesmente odeio segundas. Calcei meus chinelos e levantei da cama, estava só de cueca (estava escrito “Bryan” com o “B” ao contrario), não me lembro de ter ido dormir, quando olhei em volta, percebi que estava na cozinha:

- Droga! Sabia que não tinha ido pra cama. Agora, por que eu vim pra cozinha mesmo?

Baixei os olhos e vi uma moeda de 5 cents no chão. – HÁ!! Achei minha moeda.

Quando parei pra lembrar me senti meio burro por ter abaixado pra pegar a moeda e pegar no sono deitado no chão da minha própria cozinha, bom, mais um dia mais um dólar, ou 5 centavos pelo menos, melhor ir pro chuveiro.  Lavei meus cabelos castanhos compridos bem, gostava de passar a mão neles, então lavava com cuidado, fiz a barba enquanto cantava “Música Urbana” deixando apenas o cavanhaque, como sempre, joguei água com o chuveirinho em mim bem rápido (Nunca aprendi o maldito nome daquelas coisas) e fui me secar. Como de costume joguei o cabelo todo para trás deixando a minha testa toda aparecendo, estava na altura do pescoço, encostando, de leve, nas costas.

Coloquei uma calça jeans e peguei uma camisa de uma banda que gostava muito “Planet Hemp” e então coloquei uma bota de couro militar e sai de casa, ainda eram 9 da manhã. Levei a mão ao bolso e peguei uma Pokébola, a minha única por sinal, não via graça em sair pelo mundo fazendo meu amigo lutar contra outros Pokémons, não parecia justo na minha visão.

– Vamos cara, pode sair daí.

Dizendo isso arremessei a esfera pra cima e ela se abriu brilhando com uma luz vermelha e a mesma luz formando um Poliwhirl.

- Eai amigão? Está bem? Ou está bem pacas?

Ouvindo isso o Pokemon azul deu um pequeno mortal.

- Vou levar isso como a segunda opção, haha, vamos parceiro, temos um avião pra pegar, certo?

Nos dois fomos caminhando até o aeroporto, que não era longe da minha casa por sinal, e causava um barulho infernal!

Chegando lá eu comprei a passagem pra Kanto e me preparei pra inspeção que os guardas fariam.

Primeiro eles olharam a minha mochila, depois fizeram uma inspeção corporal em mim (As memórias vão demorar pra ir embora, mas ele tinha mãos macias) e fizeram algumas perguntas:

- Nome?

- Bryan Rogen.

- Idade?

- 22 anos.

- Altura?

- 1,71. Não sou muito alto, mas não sei o que isso tem a ver com eu poder viajar, cara.

- Nada, são só perguntas de praxe, o senhor já vai poder viajar.

- Motivo da viagem?

- Vou ver minha família em Kanto.

- Okay, pode ir, não tem nenhuma ameaça em você, senhor.

-valeu cara, mas eu podia ter te dito isso sem os toques desnecessários.

Sentei no avião e coloquei os cintos, comprei passagem de primeira classe, estava bem vazio o avião, bom, não importa, desde que eu possa comer a comida da mamãe de novo.

- Aeromoça, cadê meus amendoins?

O voo começou, era uma viagem de 2 horas, Kanto e Hoenn não eram continentes muito distantes, coloquei os fones de ouvido e comecei a ouvir e cantarolar “Cassia Eller” logo, eu estaria em casa, então fechei os olhos.

Abri os olhos.

Tinha se passado 50 minutos.

- Aeromoça, cadê a porra dos meus amendoins? To com fome aqui, mulher!

Uma moça loira, muito bonita e... hum... bem afeiçoada, se aproxima:

- Desculpe senhor, não temos amendoins a bordo, acabaram a pouco tempo, por que o senhor não pediu no começo da viagem?

- Eu pedi... Não importa, muito obrigado, vou fazer uma carta pra sua empresa falando sobre isso.

A moça sai meio cabisbaixa, mas não importa, estou com fome, melhor voltar a dormir, porem, quando vou fechar meus olhos, o avião todo treme, primeiro eu ignoro, mas logo após o primeiro ele treme de novo, em seguida mais forte ainda. Uma voz fala conosco

- Senhores passageiros, aqui é o piloto, estamos enfrentando uma turbulência, mas não se preocupem, logo vamos estabilizar.

Ele desliga o auto falante, porem o avião sofre um baque bem maior que os outros dois juntos, se eu não tivesse de cinto teria sido arremessado pro teto, como ocorre com algumas pessoas próximas, um cara não levanta mais, fico me perguntando que merda que esta acontecendo, então eu cometo o erro de olhar pela janela:

- A MALDITA ASA ESTÁ EM CHAMAS! AEROMOÇA FAZ ALGUMA COISA!

A moça bonita não vem com os gritos, um cara senta do meu lado e começa a gritar, pelo corte na testa foi um dos que havia sido arremessado ao teto:

- O AVIÃO TA CAINDO! VAMOS MORRER!

Eu odeio gritos, quase tanto quanto segundas-feiras.

- Cara, eu vi que a asa estava pegando fogo e eu percebi que o avião está caindo, mas se você gritar de novo, eu dou um jeito de você chegar no chão antes de todo mundo aqui, ok?

Acho que ele não gostou muito de mim, ele saiu correndo pro outro lado do avião, infelizmente gritando. Eu estava tentando ficar calmo, mas também queria gritar e correr, eu ia morrer indo ver a minha família?

O avião caiu.

Tá tudo preto.

Merda.

As mãos daquele cara eram macias mesmo.

Tudo preto de novo.

Abri os olhos, não me movi, estava tudo doendo, olhei em volta e vi que o avião caiu no meio de arvores e se dividiu em 4 pedaços diferentes, eu estava caído na areia de uma praia, olhei pra perto do avião e vi uns 30 passageiros caídos pelo área, e em pé, haviam 3 homens, fortes e bem altos, um deles estava ajoelhado perto da aeromoça e estava comendo o braço dela, pela cara dele era bem apetitosa.

- Merda, não estou mais com fome.

Me levantei naquela praia e olhei em volta, perto de mim havia uma pedra bem grande, corri até ela e me escondi atrás, torcendo pros caras não me verem, não queria virar banquete deles, não sabia aonde eu estava, não sabia por que eu estava cheirando a mijo e era segunda, ótimo!



Bom, é isso, não mostrei muita coisa no prólogo e o fiz em primeiro pessoa, odeio escrever assim, então daqui pra frente vai ser em terceira pessoa, forma na qual escrevo beeeeeem melhor, acho haha. Se vocês gostarem, a fic continua, espero que gostem do que fiz, se não, esperam pelo primeiro capitulo pra ver se melhora, se mesmo assim não gostarem, aí  podem me apedrejar, espero poder interagir com vocês por aqui. Bom, sobre a fanfic, acho que só tenho que falar que é o mundo de pokémon normal, só que eu inseri cantores e bandas de verdade nele, isso é um problema? espero que não. Ah, e vocês poderiam me dizer de quanto em quanto tempo eu posso postar um capitulo? obrigado
avatar
monkey d. luan
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/10/2012

Frase pessoal : You're not special


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por pietrosaggioro em Qua 9 Jul 2014 - 23:53

Eae cara blz, então o que tenho a te dizer da Fic, cara eu gostei do prólogo foi bem interessante, o protagonista tem uma personalidade diferente, achei ele muito engraçado e espontâneo, e ele é bem direto. Achei legal a parte que ele não gosta de segundas-feiras, gostei da forma de como você colocou o humor na Fic, ficou bem leve e natural, não é forçado pra ser engraçado.

Achei interessante e fiquei curioso para saber como se dará a interação entre o protagonista e os Pokemons, pois ele não gosta de batalhas e tudo mais, achei bem legal, estou curioso pra saber se ele vai capturar algum pokemon e tals. A fic contém alguns palavrões, mas acho que vai do estilo da Fic, o protagonista e bem descontraído e tals, não vejo problema, é só não exagerar muito nisso e continuar com o humor da personagem. O prólogo ficou num tamanho bom, mas achei que se passou muito rápido da parte do avião e tal. Gostei de você postar o texto no spoiler ficou organizado assim não deixando o main post poluído.

Enfim estou bem curioso para saber com será o primeiro capítulo. Quanto o tempo de postagem, aí varia cara, pode ser 1 capítulo por semana, você que vê, só não poste mais que 2 capítulos por semana, fica massante e dando mais tempo entre os capítulos, mais pessoas têm a possibilidade de ler e comentar o capítulo, e não sobrecarrega você também. Então é isso cara, gostei bastante e irei acompanhar, espero que eu tenha ajudado ai e boa sorte com a fic, até o próximo capítulo ;D


Última edição por pietrosaggioro em Ter 5 Ago 2014 - 2:11, editado 1 vez(es)
avatar
pietrosaggioro
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/10/2009


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por Tsurugi em Qui 10 Jul 2014 - 15:15

Yo.
Gostei bastante do prólogo, a narração ficou muito bacana. Acho que devia continuar assim em 1ª pessoa, sei lá, eu gostei.

Esse Bryan é um [palavra censurada] sociopata, meio que me identifiquei com ele O-o Coitada da aeromoça, é isso que dá não dar amendoim pros outros xD

Tente postar um capítulo por semana. Eu tento escrever um capítulo por semana, mas nem sempre dá certo. As vezes a inspiração vem e quando você chega no PC ela simplesmente some e você acaba se distraindo com outra coisa até ela voltar.

Enfim, vou acompanhar. Té mais.


Tsurugi
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 26/03/2012

Frase pessoal : Nuzleaf Rocks


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por Brijudoca em Qui 10 Jul 2014 - 16:40

Posso dizer que gostei pacas rs

Curti muito o protagonista, ele é bem... ãh... espontâneo haha

O que eu mais adorei nesse prólogo foi sem dúvida sua escrita, me cativou de verdade. Se você se sente melhor escrevendo em terceira pessoa tudo bem, mas saiba que em primeira ficou muito bom.

O enredo é bom e a história tem tudo pra ser bem interessante, fico no aguardo do próximo capítulo e que a aeromoça bonita tenha sobrevivido.
avatar
Brijudoca
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 28/04/2009

Frase pessoal : make brazil emo again


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por Black~ em Qui 10 Jul 2014 - 16:51

Bom, vamos lá.

Pelo prólogo a fic me pareceu interessante. Esse negócio de sobreviventes numa ilha, comendo a própria boca para sobreviver. Bom, pelo jeito o povo ficou loucão, já que o cara tava comendo o braço da aeromoça, coitada dela -qqq.

O protagonista é bem doidão. Até que foi legalzinho o humor da sua fic, o cara com esse negócio do amendoim e do guarda das mãos macias lol. Além daquele negócio da comida da mamãe e da moeda de cinco centavos. Ficou bem interessante.

O principal não curte muito pokémons, vamos ver como ele vai se sair sozinho nessa ilha. Ele e os zumbis. Acredito que ele terá de usar o Poliwhril e talvez capture novos pokémons, quem sabe né? Vamos esperar -q, mas enfim.

Quanto aos capítulos, vai de cada pessoa. Mas eu recomendo pelo menos cinco dias de tempo entre um capítulo e outro, pra dar tempo de ler e comentar e tudo mais. E quanto a bandas e cantores não tem nenhum problema quanto a isso.

É só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por Mítico em Qui 10 Jul 2014 - 17:32

Muitó-Bóh oh prólogó!
Continue a usar a narrativa na primeira pessoa, fica bem assim ;_; Mas bom, se quer, tente na terceira perrrssona para ver no que dá.
Achei o Bryan arrogante demais, principalmente a falar para a menina linda do avião, isso não se faz! Mad  E ele não mostrou expressão ao ver a mulher ser recortada à força, foi um bocado estranho... scratch Fora isso o prólogo foi bem engraçado, cheguei a rir em voz alta!
Quanto ao canibal, penso que seja um membro de uma tribo qualquer, não? Porque é demasiado cedo para um naufragante aéreo apurar o seu extinto faminto por carne humana Shocked 
Just that, good luck for the fan-fic. mustache
avatar
Mítico
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
3 / 103 / 10

Data de inscrição : 20/04/2011

Frase pessoal : Heaven, I'm in heaven- Adagio


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por monkey d. luan em Dom 13 Jul 2014 - 2:59

Comentários
Spoiler:
Bom, eu ia responder os comentários individualmente, mas são 3 da matina e to com sono, então me perdoem, vou usar isso aqui pra falar com vocês, é mais fácil assim. Bom, resolvi manter em primeira pessoa já que vocês "pediram" (mentira, eu só resolvi deixar assim porque falaram que gostaram desse jeito e eu fiquei com preguiça de mudar XD) e eu postei o capitulo 1 muito cedo, eu sei, o porque é simples, eu estou ansioso pra saber o que vocês acharam, mas do 2 em diante eu vou postar de 6 em 6 dias mais ou menos. E a partir do próximo capitulo a historia vai andar, nesse não aconteceu muita coisa, foi só pra eles saírem da praia mesmo, espero que gostem pacas!

Capitulo 1 – As Segundas

Spoiler:
Tudo que eu conseguia pensar atrás daquela pedra era que diabo aconteceu! Por que caímos e quem eram aqueles homens?

Assim que organizei as minhas ideias, a primeira coisa que fiz foi levar a mão ao bolso, meu amigo não estava lá, merda! De tudo que poderia acontecer, perde-lo era uma das piores. Resolvi que não iria sair detrás daquela pedra com aqueles homens lá, então me deitei na areia e dormi mais uma vez. Mas percebi que se passaram poucos minutos, pois logo abri os olhos e avistei Klaus, ele estava no avião, loiro e um pouco mais alto que eu, estava deitado na areia perto de mim, inutilmente fazendo “pseeeeet” para eu nota-lo, mas eu realmente não queria, não curto muito loiros, eles geralmente são mais bonitos que eu e a verdade dói, mas no fim das contas resolvi olhar pra ele, e para minha alegria ele ainda estava fazendo “pseeeeet” e gestos com os braços para eu me aproximar, então agachei e fui na direção do palhaço, logo que cheguei perto ele já me mandou deitar na areia

- Ei, cuidado, eles ainda podem estar por perto, e antes que eu esqueça, de nada por salvar a sua vida garoto, eu urinei em você e isso fez os canibais ficarem longe.

- Você fez o que...

-mijei em você, amigo

Pelo que percebi o sorriso dele era verdadeiro, ele realmente achava que mijar em mim tinha sido algo bom.

- Seu cretino...

-Amigo, você esta bem? Seu rosto esta meio roxo e tem varias veias pulsando.

-... mijou em mim

- Não se preocupe parceiro, isso foi pra afasta-los, o olfato dos canibais é muito sensível, igual ao de um growlithe, eles saberiam que você estava vivo e te matariam sem o xixizinho que eu fiz em você, lembre-se de venerar a Pepsi diet pro resto da sua vida, amigo, pois foi ela que eu bebi pra poder urinar.

- Ahh claro, muito obrigado Pepsi diet, você é meu novo Deus agora... EU AINDA ESTOU CHEIRANDO A CAIXA DE AREIA DE MEOWTH!!!!!

- Não temos tempo a perder, vamos ver se achamos outros sobreviventes.

- Ai senhor cuja existência eu duvido, daí-me forças pra não me tornar um homicida...

Klaus foi em direção ao pedaço do avião mais próximo e começou a procurar por pessoas vivas, no fundo eu queria que ele achasse sobreviventes, eu não queria admitir, mas estava começando a ficar com medo de virar um naufrago naquela ilha, e o pior, eu não tinha uma bola de basquete e não curtia o nome Wilson.

Klaus gritou alguma coisa e correu pro fundo do avião, eu ignorei e me aproximei de uma certa mulher loira que estava sem braços, porem ainda continuava bonita:

- Toma maldita, isso é karma! Dá próxima vez, serve os amendoins.

Andei em direção a cabine das aeromoças que ficava no fundo do pedaço do avião que caiu, o loiro estava lá, fuçando em tudo, eu me aproximei e perguntei se ele precisava de ajuda, afinal se eu fosse ficar ali, era melhor sermos amigos, pelo tempo que fosse, e os mortos estavam começando a me dar arrepios.

- Amigo, olha isso, eu achei um machado, três garrafas d’água e alguns salgadinhos... ahh e um pouco de remédios avulsos, mas vou ter que sentar e ler a bula pra saber o que cada um faz.

Eu peguei uma mala que estava ali perto, me livrei das roupas, alguma coisa me dizia que o dono não iria mais usa-las, coloquei tudo que Klaus achou lá dentro, deixei com ele apenas o machado, por que era mais seguro assim. Quando desistimos de procurar coisas no avião e íamos sair, ouvimos um gemido e corremos na direção dele, avistamos um jovem ruivo, deitado em baixo de uma viga de ferro. Eu me aproximei:

- Que merda cara, isso deve doer muito! Você está bem?

- Eu pareço bem? Já vi que temos um maldito comediante aqui, agora a viagem tá garantida.

Klaus chegou perto dele e apertou uma perna.

- Sentiu isso, amigo?

- Senti.

- Que bom isso significa que a viga não destruiu a sua coluna.

- ótimo, agora se você e o piadista quiserem tentar, podem tirar a viga, mas não se incomodem, por favor.

- Legal, um cara mija nas pessoas e o outro é uma flor.

Eu e Klaus ficamos cada um em uma ponta e levantamos a viga, era pesada pra inferno, mas conseguimos afastar do ruivo e joga-la pra longe. Ele tenta se levantar, porem cai, o problema não é nas pernas, é que ele esta com muita dor, algumas costelas foram esmagadas e o braço esquerdo quebrado, o estado dele era péssimo e não tínhamos como cuidar dele de forma apropriada, mas nos íamos sair dali, não podíamos correr o risco de os canibais voltarem e estarmos ali. O ruivo deveria ter por volta de 1.85 de altura, era bem maior que eu e o Klaus, tinha os olhos verdes bem fortes, cabelos ruivos desgrenhados e bem selvagens, estava usando uma camiseta normal com alguma estampa genérica que não me interessava,  calças jeans e um tênis de corrida de marca, não me chamou muita atenção, apenas o cabelo, o cabelo dele era incrível, como fogo, quem me dera ter o cabelo assim... hum, agora acho que gosto mais de loiros do que de ruivos, me sinto mais feio ainda perto de ruivos, merda.

Eu e Klaus meio que compartilhamos nossos ombros com o ruivo e saímos andando dali, fomos em linha reta dentro da selva, apesar de eu não gostar nada daquilo, então tentei puxar papo:

- Eai amor de pessoa, qual teu nome?

- Matt.

- Não seu apelido, porra, seu nome!

-Meu nome é Matt!

- Mas isso é apelido! Qual o problema da sua mãe?

- Para de falar da minha mãe, qual o seu problema? Por que você está fedendo tanto?

- Ahh pergunta pro Mister Natureza aí do seu lado.

- Eu estava salvando você!

- Olha, acabei de conhecer vocês, mas mesmo que eu precise muito, não me salva desse jeito, me deixa morrer.

Eu ia rir do que o apelido disse, mas parei pra pensar um pouco.

- Ei, caras, vocês perceberam que nosso avião caiu e estamos perdidos em uma ilha?

- Eu sei, amigo, eu estou tentando não ter que encarar isso, mas to com medo.

- Eu também, na verdade, no momento em que acordei com uma viga em cima de mim e me dei conta do que aconteceu, eu só esperei a morte vir me pegar, eu realmente estou com medo.

- É, acho que eu não tinha encarado isso de frente, mas agora to tremendo igual uma [palavra censurada] velha. Nós vamos morrer?

- Não, nos vamos sobreviver.

- Espero que sim, eu não quero morrer em uma maldita segunda, como odeio isso!

Depois de alguns minutos caminhando, achamos uma caverna, entramos e vimos que era bem curta, e o melhor, estava vazia! Klaus tirou um pano do bolso e amarrou na ponta de um pedaço de madeira que ele pegou La fora da caverna, pegou álcool da mochila e jogou um pouco na ponta e depois pegou duas pedras e ficou riscando uma na outra até sair uma faísca e acender a tocha improvisada que ele fez, nesse meio tempo, eu levei o ruivo pro fundo da caverna e estendi uma toalha que peguei da mala de alguém e sentei-o em cima, deixei a mochila com ele e fui ajudar o Klaus a fazer uma fogueira, só que ele já tinha feito tudo, me senti sortudo por ter um biólogo comigo nessa situação (Descobri que ele era biólogo enquanto estávamos pegando coisas no avião) sentamos perto do Matt e ficamos conversando por umas horas, assim que anoiteceu eu senti o chamado da natureza e me levantei, porem fiquei tonto:

- Uoou, que estranho, to me sentindo meio... sei lá

- Você está bem?

- To vendo umas manchas pretas.

- Você comeu no avião?

- Não.

- Por que não? Por que não pediu amendoins pra aeromoça?

- Vai se [palavra censurada]. Tá?

Logo depois disso eu cai pra trás.

Tudo preto. De novo. Pra variar.

Quando abri os olhos, era de manhã, mas eu não consegui me mexer, olhei pra baixo e vi que eu estava amarrado do pescoço pra baixo em teia e eu estava preso no teto.

- Mas que diabos aconteceu enquanto eu estava apagado?

Ouvi um barulho de patas batendo contra o chão, bem fortes e rápidas.

Droga.

Bom, prometo que o capitulo 2 vai ser maior, não muito maior pra não ficar chato, porem maior que o primeiro! E eu vou aprender a organizar tudo bonitinho no primeiro post, igual a fanfic do Black~ <3
avatar
monkey d. luan
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/10/2012

Frase pessoal : You're not special


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por Tsurugi em Dom 13 Jul 2014 - 13:58


Okay, retiro o que disse sobre me identificar com o Bryan O-o
O capítulo foi legal e tal, meio parado, mas legal. Achei estranho como o Bryan sabia o nome do cara loiro no começo, sei lá, foi repentino.

Gostei do Matt e do seu bom humor pra lidar com a própria situação xD Na minha fic também um personagem que se chama Matt, deve haver algo com as mães deles mesmo.

É só isso, vou esperar pelo capítulo 2



Tsurugi
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 26/03/2012

Frase pessoal : Nuzleaf Rocks


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por pietrosaggioro em Dom 13 Jul 2014 - 20:37

Eae cara tranquilo? Gostei muito do primeiro capítulo, mas como você disse, fui curto e rápido, mas não tem problema, contou o que tinha que contar e me diverti muito lendo o capítulo. Acho melhor continuar narrando em primeira pessoa, tá bem legal assim. Continue com esse ótimo bom humor na fic eu me divirto muito lendo.

Eu racho com o Bryan e seu ódio mortal pelas segundas-feiras. A narração continua muito boa, acho que poderia aprimorar a descrição, do cenário, das personagens, tentar expressar mais como elas estão se sentindo, de um modo geral está bom, mas seria legal se melhorasse nesse ponto, a fic ficaria muito mais rica em detalhes e mais interessante do que já é.

A fic tá muito bom e tals, gostando bastante, cara mão desiste, a área de fics está pouco movimentada e há algum tempo uma fic não me empolga assim, espero que não desanime e que continue escrevendo. Ansioso para saber o que vai acontecer no próximo capítulo. Até mais e boa sorte!
avatar
pietrosaggioro
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/10/2009


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por Metronome em Seg 14 Jul 2014 - 21:19

Olá!

Sua fanfic tá fantástica, mesmo, adquiriu mais um leitor fiel.

Então, você não parece nada focar em Pokémon, mesmo. Nem parece uma Fic de Pokémon. O legal é que você ganhou muitos fãs por não escrever clichê, porém, você poderia botar mais Pokémon na história. Ela tá PAKAS, claro, mas a única aparição de Pokémon foi uma vez e tem poucas referências. Mas isso deve ser só paranoia minha.

Cara, eu adorei o Bryan, tipo, ele consegue ser engraçado nos piores momentos e na verdade, o fato de como você faz ele narrar a história deixa engraçado nós piores momentos. Tipo na hora em que ele desmaia, acorda e lembra do cara apalpando ele. E a parte dos amendoins também é engraçado.

Bem, adorei, não estou vendo muitos erros na escrita, você escreve bem e sua história é legal, divertida e bem elaborada. Parabéns.
avatar
Metronome
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/08/2013


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por evoltrka em Seg 14 Jul 2014 - 21:26

Ai que fic pakas, adorei o jeito que VC escreve ,o humor ta no ponto de batata (pq batata é boa) , MDS ta muito PAKAS sua fic poderia apelar mais um pouco pro humor e botar mais pokémon pq né Nome : pokemon survive
Forum : pokémon mythology
Mas tirando isso SUA FIC TA PAKAS
avatar
evoltrka
Membro
Membro

Masculino Idade : 28
Alerta Alerta :
3 / 103 / 10

Data de inscrição : 10/07/2014


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por Brijudoca em Seg 14 Jul 2014 - 23:47

Oiê

Bryan é demais, totalmente louco, mas demais mesmo. Também curti o Klaus e Matt, acho que o ponto alto da sua Fic são os personagens, até agora gostei de todos haha sem falar do humor que até agora foi excelente.

Só se atente com alguns detalhes já citados pelos outros leitores, como ele saber o nome do Klaus sem mais nem menos e algumas falhas de frases inciadas em letra minúscula.

Dito isso, ansioso pelo próximo capítulo!
avatar
Brijudoca
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 28/04/2009

Frase pessoal : make brazil emo again


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por Black~ em Qua 16 Jul 2014 - 19:03

Bom, vamos lá.

O capítulo foi legalzinho. Como disseram, foi meio parado e sem ação, mas não deixou de ter sido um bom capítulo. Além de tudo, o Bryan com essa sua doideira lol. Eu nunca vi um personagem tão problemático igual é esse Bryan -q. Mas enfim.

Também achei estranho o fato do Bryan já conhecer o Klaus. Tipo, não deu nenhum indício no voo que eles se conheciam, além de que uma hora ele desmaia, na outra ele acorda sem saber onde está e tudo mais e já conhece o cara? Mas enfim.

Cara, esse Bryan tem algumas tendências homossexuais né? Porque uma hora ele fica falando que o guardinha do aeroporto tem mãos macias, outra hora fica admirando a "beleza" de outros homens, como o Klaus e o Matt. Sei não hein... tá com cara de quem morde a fronha -qq.

Bom, espero que os pokémons apareçam. Porque a fic está na área de Pokémon e ainda não deu sinais de que eles vão realmente aparecer. Somente aquele Poliwhril do Bryan, sem muita importância que apareceu, mas enfim.

Erros devo ter visto um ou outro, mas nada de mais, exceto algumas frases começando em letra minúscula, em vez de começarem em letra maiúscula, mas enfim.

É só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por Owl em Qua 16 Jul 2014 - 22:46

Ganhou um leitor.

Conseguiu manter o humor, adicionar mais, e tornar a estória divertida e não entendiante.

Achei poucos erros, bem irrelevantes, na verdade, só houve erros em uma área. A pontuação, foi de 2 a 3 erros, creio eu que esse erros sejam de costume, mas é só algo que se visar, melhora.

Estou ansioso para ver como a estória se desenrola e o que aconteceu com eles. Apesar d'eu ter idéias uma fic pode ser uma surpresa atrás da outra, conseguiu impor um certo suspense no finalzinho, o que é bom, grande parte das vezes.

Como o Black, também senti falta de pokémons, mas como é só o início e eu não sei se será uma estória contínua e extensa, pode ser que ele apareça um pouco mais tarde. As idéias que eu tenho sobre o que aconteceu com eles tem à ver com Pokémons então, eu acho que não é algo que demorará muito.

É isso, boa sorte com a fic e acompanharei! ;D
avatar
Owl
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
1 / 101 / 10

Data de inscrição : 27/05/2014

Frase pessoal : Nothing is impossible.. just you believe!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Survive

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum