Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Tales of Radiata

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Re: Tales of Radiata

Mensagem por DarkZoroark em Sab 24 Maio 2014 - 12:44

xKai o/
É... Demorei um pouco d+ da conta, mas enfim cheguei para comentar. Malz a demora, mas faculdade tá torrando boa parte do meu tempo livre - ainda mais que é de tarde, aí já viu. Na verdade era para ter saído no meio da semana, mas tive provas e aí... Já viu. Bem, fim de semana, não vou ter testes nessa próxima semana, então vamos deixar isso de lado e irmos logo ao review:
O capítulo ficou bem da hora, com a conclusão da fight Luke & Rod Vs. Yuki. Os dois, apesar de tudo, trabalham bem em equipe, visto que conseguiram coordenar seus movimentos para atacar a "The Reaper". Aliás, já aproveitando, sou só eu ou tirasse esse título do Jack The Ripper? Sei lá, achei bem parecido no geral.
Outro ponto interessante foi ter apresentado o desenvolvimento do Luke durante o tempo da última missão que eles fizeram para essa. Ele ter adquirido duas novas manas - tudo bem que com elementos bem básicos mesmo - foi algo muito legal. Só fico imaginando de quais ele está atrás... Com certeza deve ser algo overpower. Combinar os dois elementos para criar gelo meio que me lembrou Naruto, mas enfim...
A personalidade do Luke e do Rod meio que me lembra a do Natsu e do Gray, já que eles param no meio de uma luta e ficam discutindo um contra o outro. Ainda não chegaram a sair na mão um com o outro durante uma disputa, mas do jeito que tá indo... Sei lá, não deve demorar muito não para isso acontecer. O mistério no final do capítulo foi um toque legal, apesar de que esse vai ser revelado no próximo capítulo - ou no seguinte, caso aquele seja voltado para a história da princesa.
Bom, por hora é só. Aguardo seu próximo capítulo.  ninja
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 08: Reunião e Fuga

Mensagem por xKai em Dom 1 Jun 2014 - 16:01

Comentários:


Black: Sobre a mana do Rod neste capítulo será revelado o que ela é na verdade, então fique ligado Very Happy

Como eu já disse o Rod e o Luke são que nem cão e gato, vão brigar sempre que possível por motivos toscos ou sem fundamento, as vezes por coisas sérias também, adoro esse tipo de amizade que quanto mais se xingam significa que são mais amigos kkk

Os capítulos tão pequenos, até eu me organizar melhor com o tempo eles continuarão assim :\ Espero que isso não atrapalhe e por enquanto é só 0/



DZ: Olha, usei o apelido "The Reaper" nela por significar "A ceifadora" juro que nem sequer pensei no Jack estripador xP Pois é, ele adquiriu novas manas, mas como explicado no capítulo ele ainda não consegue usar seus poderes com eficiência, mais pra frente as próprias manas irão o ajudar com isso. Eu já até tenho ideias deles enfrentando um adversário forte e de repente começam a lutar entre si no meio do embate ignorando totalmente o adversário, é uma ideia "A la Natsu e Gray " mesmo mas ficaria legal, eu acho... Por enquanto a história da Princesa tá mais fragmentada nas partes finais dos capítulos, mas no próximo capítulo já vai começar com ela, dando sequência ao final deste postado agora, fique ligado. Obrigado pelo comentário 0/



Capítulo 08
Reunião e Fuga.




A silhueta de uma mulher alta trajando uma armadura pesada e um elmo de guerra bem vistoso logo foi notada pelos demais presentes, seu rosto coberto pelo protetor apenas deixou sua chegada mais impactante. Rod encarou a figura sinistra com um olhar assustador, obviamente já sabia de quem se tratava o rapaz de cabelos vermelhos também não demorou muito para descobrir, era Elwen, Líder da guilda dos guerreiros.

– Rodolpho Van Rosdericht, o que faz aqui? – Interrogou Elwen com um tom implacável.

– Rodolpho Van Rosdericht? – Disse Luke em tom baixo, para ele escutar o nome completo daquela pessoa era relativamente inédito.

– Agora lascou-se... – Proferiu Rod ainda mais assustado com a aproximação da mulher.

– Elwen, não é? Ouvi meu avô falar sobre você algumas vezes... Ele só tem culpa de ser um cabeça oca, todo o resto foi arquitetado por mim, eu quem o contratei para este trabalho eu já tinha conhecimento sobre esta biblioteca. – Explicou Luke sem sequer olhar para a mulher, o garoto continuava a observar as figuras desenhadas nas paredes daquele lugar.

– Hunf... Você não é o único de Vareth que se interessou por este lugar. Genius Weissheit, costuma vir aqui muitas vezes e assim como você passa horas observando estes painéis e criando teorias. – Explicou a mulher de forma calma, ela não parecia estar ali para dar nenhum tipo de sermão.

– Ele é bem influente mesmo lá no Vareth... Com apenas 17 anos se tornou professor e especialista em diversas áreas, o nome dele literalmente o define. Mas... Você não veio até aqui para conversar não é?

– É claro que não, apenas peço para que mantenham este lugar em segredo, sei que não são pessoas ruins, apenas curiosos. – Disse a mulher.

– Curioso o caramba, quero meu dinheiro. – Disse Rod enquanto apontava para Luke com cara de poucos amigos.

– Ah... É claro que sim... – Afirmou Luke tentando disfarçar.

– Não façam nenhuma besteira, contra um exército inteiro nem mesmo as quatro guildas unidas teriam chance. – Proferiu a mulher desconfiando das intenções de Luke.

– Eu sei... Não quero fazer nenhuma loucura, mas se algo não for feito uma guerra vai estourar.

– Agora que vocês tão falando nisso de guerra... Ouvi dizer que a coisa tá feia pro lado dos Dwarvs, não é? Parece que o Império de Valhalla não aceitou muito bem o aumento do preço do lote de mineração... – Disse Rod.

– Radiata mandou a Noire Mouton Brigade para Earth Valley... Mandar uma brigada de cavaleiros para um vilarejo "negociar"? Não vejo isso dando certo de forma alguma.

– Desde que a filha de Lord Jasne foi ferida por um Blood Orc e quase perdeu sua vida, parece que estão tomando decisões precipitadas e guiando a si próprios pra uma guerra... A morte do Light Elf Hap durante o ritual que curou a menina não foi vista com bons olhos... Como são imortais os elfos dificilmente aceitam a morte de um deles e são extremamente vingativos. Não sou à favor de uma guerra entre humanos e não-humanos, mas vocês não se metam nisso, será melhor guerrear contra eles, do que contra sua própria raça. –Explicou Elwen.

– Pegarei estes livros emprestados... Quando terminar de ler irei os devolver, com sua licença. – Proferiu o rapaz se retirando do local.

– Vá com ele Rodolpho. Os túneis podem ser perigosos à esta hora. – Ordenou Elwen.

– Certo... Mas para de me chamar assim, Rod tem mais impacto! – Reclamou o negro enquanto saia do recinto acompanhando Luke que estava lendo enquanto caminhava para fora.

Elwen permaneceu na biblioteca, a mulher havia descoberto sobre algumas coisas que nem mesmo ela sabia no encontro com os dois jovens, mas ela por outro lado ainda guardava muita informação que por algum motivo excitou em compartilhar com os demais. Enquanto ela se sentava em uma grande cadeira de madeira bruta que estava por ali uma luz brilhante de cor prateada surge em sua frente, eis que surge uma criatura bem diferente, seu corpo era totalmente coberto por uma armadura, flutuava e haviam vários adornos perolados em seu corpo, se trava de uma mana, em particular, Zuvelk a mana do Aço.

Zuvelk - Mana of Steel:

– Que surpresa, Zuvelk. Precisa de alguma coisa? – Perguntou Elwen parecendo já conhecer a figura.

– Ah, é você quem estava aqui. Imaginei que dentre aqueles garotos que saíram poderia haver um alquimista, talvez tenha sido minha imaginação.

– Sua intuição é infalível, caro amigo. O de cabelos vermelhos é um alquimista, mas ainda não é digno de seu poder, tendo a mana do aço um usuário de armas como ele ficaria incrivelmente forte, mas no momento ele não é apto para controlar os próprios poderes de forma correta, você acabaria embriagando o rapaz. – Explicou a dama de armadura.

– Que sofrimento... Já fazem anos desde o último alquimista ter aparecido por Radiata, de todos as manas do Aço eu talvez seja aquele que está a mais tempo sem um contrato... Alquimistas e Manas devem sempre se unir... É claro que existem muitas manas por aí que vivem ao bel prazer sem contratos, mas as mais antigas ainda preferem ser úteis para este mundo... Nem mesmo nós sabemos o porque da nossa existência, apenas este estranho vínculo com alquimistas... – Explicou Zuvelk claramente desanimado.

– Não faça essa cara Zuvelk. Você as vezes idolatra demais a nós humanos, fizemos coisas terríveis no passado e ainda cometemos. Acha que sabemos o motivo de nossa existência, estamos todos no mesmo barco. De qualquer forma sua presença será útil, tenho um favor a lhe pedir e já que está sofrendo uma certa carência de utilidade, poderá me ajudar com isto. Não sei como, ou porque  e nem sequer tenho como impedir, mas aqueles dois vão fazer alguma loucura... Quero que você os proteja, se possível evite ao máximo aparecer com seu corpo físico, assim que perceber que você é uma mana o garoto vai querer um contrato com você, como eu disse antes ele ainda não pode, vai acabar matando-o. – Explicou a mulher.


– Tudo bem, eu faço o trabalho. Sinto algo familiar naqueles dois, de alguma forma... – Disse Zuvelk pensativo.

– Você está certo em relação ao Rodolpho... Ele é um ser incrível... Um híbrido. Nunca havia imaginado que manas e humanos poderiam gerar crianças... Jiptus a mana do veneno e também representante dos pecados Luxúria e ganancia, Jiptus no passado seduzia os homens para a morte o embebedando com um tipo único de veneno, ao mesmo tempo que tirava prazer disto satisfazendo seus desejos... Apesar de fazer isto, dizem que ela amava mais do que tudo seus filhos, não se sabe ao certo quantos filhos Jiptus possui, mas todos eles conseguem usar o poder dela, sem sequer saber direito que esta usando... Ele acha que é órfão, nem imagina que o poder dele é na verdade a própria mãe.

– Estou indo. – Despediu-se Zuvelk.


•••



Vallhala, the Shining Capital - Path of the Wisdom and Fayth

Já era anoitecer na capital brilhante do mundo de Arcadia, Valhalla. As ruas e casas desta bela capital são todas de cores variadas do branco e do cinza deixando a capital com uma pureza incrível, as leis são severas para todos aqueles que mancharem ou sujarem a cidade, pouco se ouvem falar daqueles que os fazem, em Valhalla existem dois pontos turísticos muito visitados, um deles é o vasto jardim do palácio, apenas o jardim é aberto para o público, do tamanho de uma pequena cidade este Jardim possui desde colinas à belos lagos, rios e até mesmo um parque inteiro dentro do mesmo, contendo animais selvagens e domesticáveis. Já o outro local visitado é um templo, algumas raras pessoas possuem habilidades de invocar criaturas mágicas, os espíritos de tais criaturas estão em certos templos que são visitados pelos invocadores, que após cumprir algum tipo de desafio é presenteado com a habilidade de invocar tal criatura.

Naquele entardecer silencioso uma bela jovem de cabelos negros como a noite e olhos alaranjados como aquele por do Sol estava descendo a escadaria da construção antiga, a jovem empunhava uma bela e elegante lança, que era pouco maior do que a própria, seu vestido curto mesclava entre o branco e laranja que pareciam ser suas cores favoritas, já que contrastava com seus cabelos e olhos. A garota aparecia aflita e com muita pressa, correu até um dos becos da cidade onde se encontrou com um homem que aparentava ser um cavaleiro.


– Estou pronta para ir embora, Johan conto com você. – Proferiu a garota.

– Tenha a minha palavra, princesa. Após o seu nascimento eu fiz um juramento para vossa mãe, a protegerei com a minha vida se necessário. – Após dizer tais comoventes palavras o homem correu até o portão onde havia alguns cavaleiros de vigia.

– Invasor! Um homem acabou de ser visto nas dependências do castelo, movam-se! – Ordenou Johan enquanto corria na direção para que os demais o sigam, o plano já estava feito, agora dependia apenas da garota.

– Você terá minha eterna gratidão Johan, por favor fique bem! – Pensou a garota enquanto atravessava os portões do castelo dando início à sua fuga desesperado, ela iria seguir até Earth Valley, terra dos anões para ver com seus próprios olhos se aquilo que seu pai dissera era verdade, caso fosse ela não teria ideia do que fazer, apenas sabia de uma coisa, não queria participar disto e sim dar um fim nesta era de corrupção.

– Não de mais nenhum passo! – Exclamou a silhueta de um cavaleiro que avistara a garota.

A garota havia tomado um susto com a exclamação do homem, ela imaginou que o plano havia sido perfeito, mas sua fuga ainda não estava concluída. A garoto então se virou para o homem empunhando sua lança, fitava um sorriso muito simpático antes de proferir uma frase que não se usaria naquela situação.

– Então vai ser assim... Prontos para dançar? – Disse a garota enquanto abria os olhos ainda sorridente.

– Vossa alteza... O que está fazendo fora de seus aposentos... Não me diga que está... Fugindo? – Perguntou o cavaleiro, este em questão era um dos cavaleiros de elite do reino, conhecido como Judas McMorrow.

– Cavaleiros corruptos que agora desonram o reino que um dia já foi coberto pela luz, se você tentar me impedir não terei opção a não ser matá-lo. – Proferiu a princesa em tom calmo, sua personalidade havia mudado drasticamente, já que ela sofre de uma espécie de transtorno bipolar, se tornando uma outra pessoa quando está irritada.

Uma aura de cor violeta envolvia seu corpo como se fosse um pequeno redemoinho transformando seus belos cabelos negros em um tom bem claro de lilás, também o deixando maior, algumas marcas vermelhas aparecem em suas bochechas assim como a cor de seus olhos que também estavam vermelhos, a garota ainda contava com nove caudas de Kitsune que surgem magicamente em seu corpo. Que tipo de batalha estaria para acontecer?



Ending:

________________

avatar
xKai
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/05/2013


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tales of Radiata

Mensagem por Black~ em Ter 3 Jun 2014 - 20:44

Bom, vamos lá.

O capítulo foi menor em relação à média, mas ficou legal de qualquer forma, com alguns acontecimentos relevantes e aparentemente fundamentais ao desenrolar da história. Por exemplo essa mulher da biblioteca, o final, a mana de aço, etc, mas enfim.

Cara, tipo, a Jiptus é mãe do Rod? Que coisa absurda. Por isso ela estava com ele naquela luta? Então todos os filhos bastardos dela têm poderes e são loucões? Gostaria de ver o Rodolpho encontrar algum de seus irmãos perdidos por ai -q.

Rodolpho? Pensei que o nome dele fosse realmente Rod -q. Mas e essa Elwen já conhecia o Rodolpho Van Rosdericht? Porque ela já foi falando o nome dele, eu só não percebi se o Rodolpho já conhecia ela ou não, mas ok.

Mas essa Elwen parece saber tudo das manas e ser "amiga" delas né. Porque contou tudo aquilo pra mana de aço e tals. Vamos esperar pra ver se a mana vai se juntar com o Luke e como será essa relação harmoniosa e louca entre eles -qq.

Coitado do cavaleiro no final, foi só proteger a Senhora Sua Princesa, e a doida baixa o santo, e passa de doce princesa para uma louca endoidada, que vira um Ninetales, a raposa do Naruto ou sei lá que porra ela virou, mas enfim.

Erros eu devo ter visto um ou outro, geralmente com vírgulas, mas enfim.

É só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tales of Radiata

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum