Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Corruption.

Ir em baixo

Corruption.

Mensagem por Daken em Qui 6 Fev 2014 - 5:33

Olá, vim a este fórum a alguns dias por que pretendo ser um escritor num futuro não tão distante (eu espero) e achei que uma boa maneira de praticar seria escrever de um jeito mais leve sobre coisas que eu gosto. Por que não pokemon? Very Happy
Bom, está ai o prólogo do meu primeiro projeto, tenham em mente que eu não escrevo a muito tempo (devido a faculdade + trabalho) e estou um pouco enferrujado.

TODAS as criticas são bem vindas
Espero que gostem :DDDDDDDDDDD

Corruption




   
    As portas de metal rangeram levemente antes de abrir. Diferente da frente do edifício, seus fundos não gastavam nada com luxo, era exatamente aquilo que parecia, um jeito de entrar ou sair sem ser notado.
    Jhon parou em frente ao colosso de metal, um pouco nervoso, se agitou levemente pra espantar qualquer vestígio de insegurança enquanto esperava o sinal dos guardas que escoltavam a passagem do beco.

- Entra.  – disse o maior deles com um desprezo obvio na voz. Jhon não pode deixar de pensar que eles pareciam cães de guarda, treinados pra agradar ao dono e esperando a vida toda por um osso.  
- Obrigado – replicou com a boa educação aparente, não ia deixar que um ser tão insignificante abalasse aquele momento.

    Deixando a porta e os guardas para trás, o homem foi adentrando no hangar, veículos  de carregamento circulavam o baixo nível da parte de trás do prédio movimentando o contrabando para o despacho. Acostumado com a cena este a ignorou e seguiu o pequeno caminho laminado até o elevador, hoje especialmente não poderia haver erros ou atrasos.

    Meses de operação já haviam se passado desde que Jhon havia se infiltrado na maior organização criminosa do continente, depois de um trabalho árduo e de uma série de sacrifícios pessoais finalmente os seus feitos tinham chamado a atenção do líder. Rank após rank, Jhon chegava mais perto de seu objetivo, descobrir o plano daquela mente doentia. Hoje era o dia do encontro, de manha cedo ele havia sido chamado, o chefe queria vê-lo.

- Calma cara – disse para si mesmo mirando-se no espelho do elevador, tudo aquilo que ele tinha feito havia dado resultado, suas ações cruéis em campo de batalha tinham impressionado as altas patentes da organização. – Você sabe o que fazer – e segurou levemente o cinto por baixo de sua camisa. *plin* Tinha chegado ao seu destino, permitiu-se um ultimo segundo de pânico, segurou a respiração e adentrou o recinto enquanto as portas iam se abrindo.

    Era uma sala belamente arrumada – uma coisa que não podia se negar de Giovanni era seu estilo – Um carpete da mais fina tapeçaria do ocidente estendia-se da entrada do elevador até a mesa de escritório no final da grande sala. As paredes em volta preenchidas com quadros antigos, cada um descrevendo uma lenda diferente e no final do corredor uma vidraça ricamente decorada com tons de ouro nas bordas. A sala só perdia em beleza para a grande vista que se tinha da cidade de Saffron.

- Ah! Que bom que chegou – A cadeira atrás da mesa subitamente se virou para encarar o convidado, um homem caucasiano de cabelos negros cuidadosamente penteados vestido com um terno preto caríssimo se levantou e caminhou lentamente para contorna-la  – Então você é o famoso Jhon não é? Vamos garoto, sente-se e aproveite de minha hospitalidade – O homem apontou para um pequeno balcão ao canto esquerdo da sala onde uma garrafa do mais fino whisky o esperava com dois copos servidos.

- Agradeço senhor, mas eu prefiro não beber quando estou a trabalho. – Respondeu Jhon prontamente. Giovanni correspondeu a todas às expectativas. Ricamente vestido, parecia o tipo de pessoa que necessitava mostrar poder, e pelo jeito como agia e se movimentava com confiança, tinha bastante pra se esbanjar.

- hmm, um homem de negócios então? – Giovanni abriu um leve sorriso de canto de boca - Eu gosto disso rapaz, vamos aos fatos – O homem caminhou até a garrafa de whisky, pegou um dos copos e deu um longo gole antes de retomar a fala. – Tenho que admitir, uma coisa que eles sabem fazer lá em Unova é álcool – disse para si mesmo após saborear a bebida -      
Falaram muito bem de você garoto, dois de meus mais fiéis comandantes me contaram de seus feitos na operação intercontinental.

- Eu só cumpri com meu dever senhor. – Outra resposta pronta, sabia bem o jogo que estava sendo jogado ali e não iria ceder.

- huh huh – De novo aquele sorriso malicioso, Jhon só conseguia pensar em o quanto gostaria de enterrar uma faca naquele rosto – Acontece que cumprindo com o seu dever, você praticamente me garantiu a melhor posição estratégica entre Kanto e Jhoto que eu poderia desejar, você pensou e agiu rápido quando assassinou aqueles cientistas filho – Giovanni abaixou ligeiramente o copo – e eu espero estar morto antes que digam que não sei reconhecer um bom trabalho de meus homens.

    Giovanni deu as costas a seu convidado e foi caminhando em direção a mesa. Como um impulso de raiva, Jhon abaixou a mão e colocou instintivamente em sua cintura. Esta podia ser uma chance única - Calma cara - Não podia desperdiçar meses de operação num súbito ataque de fúria.

- Acontece que se seus feitos forem todos verdadeiros, são bem impressionantes caro Jhon – o homem estendeu a mão para a primeira gaveta e tirou um objeto metálico de dentro – eu tenho planos pra você, o seu valor se provou digno de uma posição muito maior da nossa organização – Giovanni estendeu a mão enquanto caminhava em direção ao outro homem com a medalha que indicava a patente de subcomandante.

- Senhor, eu fico extremamente honrado – respondeu prontamente o homem, aceitando a medalha que lhe foi estendida – qualquer missão que o senhor me der será cumprida.

- Ótimo garoto, eu tenho grandes planos no horizonte – com um movimento em forma de arco, virou-se para a janela que dava vista para a cidade – está vendo Jhon? Todas essas pessoas, ignorante, simples, sonhadoras. Todas acham que o destino está prestes a entregar um grande futuro a elas, elas foram moldadas para acreditarem que são especiais em seu jeito único. Patético – se sentou novamente em sua cadeira atrás da mesa - Eu vou tirar tudo delas Jhon, o destino não é feito para gente fraca e ignorante. Ele é feito para mãos de aço, que estão dispostas a pegar o que lhes é devido à força – a ultima parte foi dita com um misto de ódio e prazer, e talvez alguns outros sentimentos mais ocultos.

- O que o senhor pretende? – replicou o homem simplesmente. Não podia demonstrar nenhum sentimento contrário ou estava acabado, seu disfarce tinha de permanecer intacto por mais que seu corpo gritasse por violência.

- O estado está à beira de um colapso, nossa economia é fracamente garantida num sistema aparentemente perfeito de sustentabilidade – o outro homem explicou calmamente enquanto ia virando a cadeira em direção ao vitral – Mas basta um pouco de influência e conhecimento pra abalar o sistema. Eu pretendo ir até o fundo, rasgar as bases dessa sociedade pateticamente construída. – Giovanni se levantou e encostou-se à vidraça - E quando o mundo estiver gritando ao fogo que vou lançar nele, eu ressurgirei como símbolo de esperança, essas pessoas ignorantes que eu mesmo rechacei vão me aceitar como salvador de bom grado. Não é irônico? – Riu-se o homem sem olhar para trás.

A janela não oferecia reflexo, bastava um movimento rápido e estava tudo acabado, era só baixar um pouco as mãos e sacar suas armas *bam* uma lança de gelo na nuca e o sangue escorrendo pela sala, Jhon teve que lutar contra todos os seus músculos que desejavam fazer isso, bastava só alcançar a pokebola.

- Sim senhor, as suas ordens – disse segurando o impulso assassino e mantendo a cordialidade na voz. As células continuariam a operação mesmo com o líder morto, precisava se aprofundar e entender o plano para desordem social da máfia.

- Ótimo garoto, desça até o andar de baixo e mostre a patente a armeira, ela vai instruir o que você deve fazer – e com um movimento de braço Giovanni dispensou o convidado.

- Senhor. – Jhon replicou com uma meia reverência e saiu a caminho do elevador por onde entrou.
    Assim que as portas se fecharam ás suas costas a tempestade mental começou, perguntas povoavam sua mente. O que diabos aquela organização pretendia fazer, e como alguém poderia almejar algo tão grande quanto cataclismo do estado? - Merda – resmungou sozinho, estava às cegas e não podia fazer nada, para piorar a situação a base tinha cortado a comunicação com ele após o ultimo relatório. Resolveu engolir as duvidas enquanto chegava ao quinto andar, a armeira esperava por ele.


                                                         
  ...


    Após alguns minutos em silêncio, Giovanni abriu a segunda gaveta e tirou um pequeno aparelho de capitação de som, semelhante a um rádio.
- Ouviu a conversa toda?
- Positivo Senhor, devo prosseguir com a operação? – replicou uma voz feminina pelo dispositivo.
- Sim, não deixe sobreviventes.
- Entendido.

    Com um click, o dispositivo apagou suas luzes e aquietou-se. Giovanni pós as mãos sobre os braços da cadeira e encarou a vista a sua frente com um sorriso de satisfação. Em algum lugar longe dali alguém estava morrendo por suas ordens, era sempre uma sensação agradável pensar nisso.



 Obrigado por lerem, comentários positivos e negativos por favor Smile
avatar
Daken
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 04/02/2014

Frase pessoal : we are not special


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corruption.

Mensagem por Bakujirou em Sex 22 Ago 2014 - 2:01

Hm, resolvi aparecer, pois estava sem ideias do que fazer por aqui. O prólogo da história é boa, conseguiu usar bem as descrições de cenários. Mas, com o espaço curto, como todo prólogo, somente pouco do protagonista é revelado. A fic se tratará de sua missão de acabar com a organização de Giovanni, ou seria apenas pincelada por eventos do passado para explicar o que ele fez ou ate que ponto, suas atitudes foram cruéis para se tornar um homem de confiança de Giovanni? Espero que de continuidade a fic. Buenas suertes.

________________


Heir of Life

a target="_blank" href="??"
Um novo challenge breve

Spoiler:


sign dork princess & original art by RhuanFPS

CONFIRA!

Veja meus outros perfis!

avatar
Bakujirou
Moderador
Moderador

Masculino Idade : 30
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/02/2009

Frase pessoal : ~"You are my lucky charm"


Ver perfil do usuário http://bit.ly/docrJs

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corruption.

Mensagem por -Murilo em Sex 29 Ago 2014 - 21:28

Olá! Sua fic é muito interessante. Se está mesmo querendo escrever um livro, está no caminho certo. Sua escrita é muito boa. Consegue descrever bem os sentimentos dos personagens, eu me senti bem envolvido. No começo eu senti um pouco de falta de descrição dos lugares, me senti meio confuso sobre onde os personagens estavam, mas depois isso foi melhorado. Como é um prólogo, ainda não dá pra imaginar muito sobre como será a história, mas já senti um forte enredo sobre vingança e/ou espionagem. Esse Jhon deve ser o protagonista, mas não um do tipo muito bonzinho, já que ele foi capaz de algumas atrocidades pra atingir seus objetivos. Isso na verdade é bem legal, pois personagens ambíguos assim retratam melhor o lado humano deles, afinal não existem pessoas 100% boas ou más (talvez os Giovanne seja mal, mas isso é algo que logo descobriremos rsrs). Enfim, boa sorte na sua fic e no seu futuro livro. Não desista dos seus sonhos e até!
avatar
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corruption.

Mensagem por Brijudoca em Sab 30 Ago 2014 - 0:35

Eita, li o prólogo faz quase uma semana e esqueci de comentar o que achei, mas antes tarde do que nunca qqqqq

Curti muito a história e a forma como você a apresentou, deixando um pequeno gosto de "quero mais" pra descobrirmos mais sobre o Jhon e sua missão. Achei o título bem sugestivo a possível "corrupção" dele pro lado dos Rockets, sei lá asuhsaha

Sua escrita é bem legal e fácil de entender, sem nenhum erro que prejudicasse o entendimento, então meus parabéns.

Já fico no aguardo do próximo capítulo!
avatar
Brijudoca
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 28/04/2009

Frase pessoal : make brazil emo again


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corruption.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum