Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Pokémon Soul - Adventure!

Ir em baixo

Pokémon Soul - Adventure!

Mensagem por Doctor em Sab 16 Nov 2013 - 17:41

POKÉMON SOUL - ADVENTURE!

"Em tempos desconhecidos, criaturas estranhas apareceram nesse planeta. Nós os chamamos de Pokémon. Por muitos anos, incontáveis espécies de Pokémon se desenvolveram. Pesquisadores procuraram e identificaram centenas dessas criaturas. E ainda há muitas mais para serem descobertas. Muitas histórias foram passadas contando as extraordinárias aventuras que os humanos compartilham com seus amigos Pokémon. Também houve conflitos, mas através das eras, aprendemos a viver em harmonia e assim a história continua."

E assim, com essa frase do texto inicial do filme "Pokémon 8: Lucario e o Mistério de Mew" é com o qual começo essa minha mais nova Fanfic de Pokémon. Nela, acompanharemos a história do jovem Eric Vincent ao lado de Shinx, Pokémon que ganhou de seus pais quando era bem mais novo. Agora com 11 anos, o garoto que até então nunca pensou em ser um Treinador Pokémon vai iniciar sua aventura através de Atlantis (Região da Fanfic), mais será apenas mais uma simples jornada Pokémon?

Lista de Capítulos:

Obs: Clique no nome para ir direto ao capitulo.

Cap. 01: A Ave Lendária e um Treinador Pokémon! (Capítulo nesta mensagem)
Cap. 02: Alma de Treinador!
Cap. 03: Rumo a Cyber City! O Inicio da Jornada.

Observações:


Decidi finalmente iniciar está fanfic de Pokémon a qual tinha algumas ideias a tempos, nela tentarei escrever uma história simples de Pokémon porém tentando fugir do padrão que conhecemos, sei que não poderei agradar a todos, mais espero que gostem. Comentem o que acharam, podem elogiar e podem criticar, desde que com muito respeito, criticas construtivas sempre serão bem vindas, boa leitura.



Cap. 01: A Ave Lendária e um Treinador Pokémon!

– Vamos lá Shinx, ataque-o com o Investida!
Shinx avançou contra seu oponente o atacando com velocidade, logo o mesmo conseguiu se esquivar.
Não de chance a ele, utilize faísca – Gritou o garoto e sem tempo de reação do Pokémon rival, o Pidgey foi atingido por uma corrente elétrica e caiu.
– Isso, vamos vencer...
– Eric! Venha até aqui meu filho – O chamado de seu pai desconcentrou Eric por um segundo, nisso o Pidgey fugiu.
– Foi por pouco, vamos lá Shinx... – O garoto começou a correr na direção do local onde seu pai estava seguido por seu Pokémon. O Rancho da fazenda não ficava muito longe do riacho e logo ele chegou, seu pai estava arrumando algumas ferramentas logo à frente.
– Pai?
– Filho, onde você estava te procurei o dia todo – Disse o homem.
– Eu estava fazendo um pequeno treino com o Shinx – Respondeu o garoto mostrando animação - Estávamos brincando...
– Treino? Isso você chama de brincadeira... Bem, preciso que me faça um pequeno favor.
– Sim pai, o que seria?
– Como hoje é feriado e a fazenda está sem nenhum de nossos funcionários, preciso buscar um pacote de medicamentos na Cidade do Oeste... Porém apareceram alguns problemas com Pokémons selvagens na cerca norte e não poderei ir...
– O senhor quer que eu vá busca-los? – Eric começou a se animar com a ideia de sair um pouco daquela fazenda Pokémon e ir para a cidade.
– Sim, mais precisa tomar muito cuidado, o caminho até lá pode ser muito perigoso e...
– Não há com que se preocupar, eu posso levar o Shinx comigo, não é Shinx? - O Pokémon se aproximou alegre dos dois.
– Eric, eu acho melhor...
– Ah pai, você sabe que não acontecerá nada conosco.
– Certo! Mais deve tomar muito cuidado!
– Pode deixar...
Seu pai foi até um armário no fundo e abriu uma das gavetas, de lá tirou um papel e entregou a Eric – Entregue isso a vendedora da loja, ela saberá qual é o pacote – Eric acenou com a cabeça e chamando Shinx com um pequeno gesto com a mão saiu do Rancho e seguiu para sua casa.
– Então seu pai quer que você vá até a Cidade do Oeste?
– Isso mesmo mãe... E já estou pronto para ir.
– Seu pai sabe que isso pode ser perigoso, por que não mandou outra pessoa e...
– Não há mais ninguém... Mas mãe, a Cidade do Oeste fica perto e eu estarei de volta antes que perceba – Disse o garoto mostrando confiança – Além do que eu tenho 12 anos e não sou mais criança!
– Eu sei meu filho, eu sei... Só prometa que ira direto para a cidade e de lá voltar para casa.
– Prometo que não vou fugir – Ele sorriu, mas sua mãe manteve uma expressão preocupada – Eu vou ficar bem, além do que, Shinx estará comigo!
Após tudo pronto Eric saiu de sua casa e seguiu para a saída da fazenda, o portão principal localizado ao sul. No caminho ele avista uma mulher, já idosa a qual cumprimenta.
– Oh, olá senhora De Vilie...
– Olá Eric, aonde vai com tanta pressa?
– Cidade do Oeste! Tenho que buscar alguns medicamentos...
– Você não para de lembrar o meu neto...
Eric para de correr antes de se afastar muito da senhora e se vira para a mesma – Seu neto? Por que diz isso?
– Quando eu vejo você pela fazenda, animado e confiante desse jeito... Ele é igual, neste momento está em sua jornada para ser um mestre Pokémon.
– Mestre Pokémon? Então não somos tão iguais assim... Eu não pretendo me tornar um mestre... Já pensei sobre ser treinador, mais não sei se gostaria...
– Mesmo assim, você o lembra de muito, tem até a mesma idade... Talvez um dia o conheça.
– É talvez... Mais agora tenho de ir senhora De Vilie... Até mais...
– Tome cuidado...
Eric segue seu caminho, não iria demorar muito até chegar à cidade, teria de passar pelas rotas 101 e 102 e já estaria lá. A Cidade do Oeste não era um lugar muito grande, realmente havia algumas casas, um Centro Pokémon e uma venda, a qual o garoto se dirigiu assim que chegou ao local.
– Olá, vim buscar um pacote de remédios – Disse ele entregando o papel que seu pai havia lhe dado.
– Oh sim, já vou verificar, aguarde um momento... – A vendedora pegou o papel se foi para os fundos da loja. Neste momento se ouviu um trovão, e o tempo que mudava com negras nuvens de chuva se formando.
– Acho que vai chover Shinx, precisamos voltar logo – Disse o garoto e o pequeno Pokémon apenas acenou confirmando. Logo a vendedora voltou.
– Aqui está – Ela entregou o pacote que não era muito grande – Volte sempre.
Eric saiu da loja, observou que o tempo realmente havia mudado estranhamente de um minuto para o outro e que não demoraria muito a chover, neste momento Shinx sai correndo rumo à floresta – Shinx! Espere! – O garoto corre atrás do Pokémon enquanto o chama tentando para-lo sem sucesso.
– Shinx! Shinx!
O mesmo termina na frente de um lago, lá encontra seu Pokémon e não muito longe um pequeno Eevee, quando houve alguém gritando – Eevee! – Um outro garoto aparece.
– Mas o que está... – Eric não tem tempo de dizer nada, um barulhento trovão pode ser ouvido, seguido de um raio que atinge o lago causando uma forte explosão elétrica, neste momento os dois garotos juntos aos seus Pokémons caem para trás. Uma espécie de sombra do que parecia ser uma grande ave podia ser vista no lago, a mesma passa rápido por cima dos dois e some. Neste momento as nuvens começam a se desfazer e o sol a aparecer novamente.
– Uau... Mais o que foi aquilo? – Pergunta Eric sem esperar nenhuma resposta.
– Acho que foi por isso que você veio até aqui não é Eevee – Diz o outro garoto acariciando seu Pokémon.
– Você também, não é Shinx? – Eric faz o mesmo e ambos os Pokémons parecem concordar.
– Oh... Que falta de educação a minha, sou Eric.
– Max, prazer...
– O que será que foi aqui... – Pergunta Eric.
– Talvez um Pokémon...
– Um Pokémon? Mais aquilo era muito grande... E para causar tudo isso, muito poderoso...
– Uma das aves lendárias de Kanto...
– Ave lendária? – Eric se sentiu confuso – Kanto?
– Kanto é uma região que fica bem distante daqui, e lá dizem viver três aves lendárias Pokémon, Articuno, Zapdos e Moltres. Algumas pessoas dizem que Zapdos está em nossa região...
– Pode ter sido ele?
– Sim...
– Você parece saber bastante sobre esses Pokémons Max...
– É preciso quando se quer se tornar um Mestre Pokémon! – Diz Max enquanto chama seu Eevee de volta para a Pokébola – Acho melhor chamar seu Shinx também e...
– O Shinx não tem uma Pokébola...
– Não? Você não é o treinador dele?
– Não diria treinador... Mais somos amigos...
– Achei que fosse um treinador Pokémon. Mas este Shinx é seu?
– Sim...
– Ei! Então que tal fazermos uma batalha! Eu tenho um tempo até ir visitar minha avó na fazenda Pokémon e...
– Sua avó? Não seria a senhora De Vilie, seria?
– Sim, você a conhece?
– Eu moro lá...
– Melhor ainda Eric, vamos para a fazenda e lá faremos uma batalha, o que acha? – O garoto mostrava-se animado, enquanto Eric não possuía a mesma expressão.
– Não sei... Eu não sou um treinador e até agora só batalhamos alguns Pidgey selvagens.
– Treinar Pokémons é uma experiência inesquecível... E veja – Apontou para o Shinx que já avançava aparentemente animado com a ideia – Seu Pokémon parece querer batalhar...
– É isso mesmo Shinx...? – O Pokémon confirmou – Acho que não fará mal... Afinal sempre quis batalhar com um treinador de verdade.
– Certo Eric! Vamos para a fazenda e lá batalhamos Ok? - Eric acenou que sim com a cabeça e ambos saíram em direção a Fazenda Pokémon.
“Após buscar os medicamentos para seu pai, Eric e Shinx conheceram Max e Eevee durante uma cena que os deixaram maravilhados, um possível Pokémon lendário, Zapdos. Agora, após descobri que Max é o neto da senhora De Vilie, aceitou realizar uma batalha contra o treinador, será ele capaz de vencer sua primeira batalha?” – Continua no Próximo Episodio!


Observações Finais: Espero que tenham gostado. Deixem seu comentário com o que acharam do capítulo, deem sugestões e criticas, em breve estarei trazendo o capitulo 2.


Última edição por Doctor em Dom 1 Dez 2013 - 20:00, editado 4 vez(es)
avatar
Doctor
Membro
Membro

Masculino Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 30/11/2011

Frase pessoal : Allons-y!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Soul - Adventure!

Mensagem por Light Caramel em Sab 16 Nov 2013 - 21:23

Curti bastante esse ep, vou acompanhar com certeza =D
Mas acho que devia falar mais dos personagens, e principalmente do cenário em si.
Até o proximo ep!
avatar
Light Caramel
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 06/02/2012

Frase pessoal : 718 Pokémons.Sério que temos que pegar todos?


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Soul - Adventure!

Mensagem por -Murilo em Dom 17 Nov 2013 - 10:58

Olá! Que diferente sua fic. O menino da fazenda não quer ser treinador, então quer ser o que? Fazendeiro? Talvez ele ainda não tenha experimentado a emoção das batalhas pokémon. Vamos ver como ele vai se sair e reagir na batalha contra o neto da velhinha lá. Aliás, será uma pena se ele tiver que sair em jornada forçado por causa dos problemas da fazenda. Sair assim a contra gosto deve deixar as coisas ainda mais difíceis. Olha, uma sugestão que eu tenho é que você na hora de escrever, separe as falas da parte narrativa, descrever mais as paisagens, os sentimentos das pessoas, etc. E também que dê um espaço entre as frases. Veja um exemplo:

Você escreveu:
Shinx avançou contra seu oponente o atacando com velocidade, logo o mesmo conseguiu se esquivar – Não de chance a ele, utilize faísca – E sem tempo de reação do Pokémon rival, o Pidgey, foi atingido por uma corrente elétrica e caiu.
Sugestão escreveu:
Shinx avançou contra seu oponente o atacando com velocidade, logo o mesmo conseguiu se esquivar.

– Não de chance a ele, utilize faísca – ordena o garoto determinado.

E sem tempo de reação do Pokémon rival, o Pidgey, foi atingido por uma corrente elétrica e caiu.
São diferencinhas pequenas, mas acho que já deixa o texto mais legal. Mas é só uma sugestão. Cada um tem um seu próprio jeito de escrever. É só caprichar mais nas descrições que já ficará bem melhor. Boa sorte na sua fic. Até!
avatar
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Soul - Adventure!

Mensagem por Doctor em Dom 17 Nov 2013 - 22:21

Cap.02: Alma de Treinador!

Após saírem da Cidade do Oeste, Eric e Max vão para a fazenda Pokémon, onde os dois realizariam uma batalha. O caminho de volta foi rápido e logo eles estavam na casa da avó de Max, a casa era bem simples e feita de madeira com um jardim de flores a direita e um córrego não muito fundo e de água bem clara a esquerda, este daria direto ao lago que fica ao oeste da Cidade do Oeste.
Após cumprimentar sua avó e lhe contar algumas coisas de sua aventura, algo bem rápido, Max e Eric se posicionaram na frente da casa para batalharem.
- Você esta pronto Eric?
- Claro... Vai lá Shinx! – E Shinx avançou para o campo de batalha.
- Certo! É com você Eevee! – Max chamou seu Pokémon para fora da Pokébola.
Sentada em frente à porta de casa, a senhora De Vilie observava os dois atentos. Primeiramente olhou para seu neto, confiante e com olhar fixo para batalha, seu Pokémon Eevee aparentava a mesma expressão e este encarava o rival. Do outro lado observou Shinx, animado possivelmente com a batalha, diferente de Eric que parecia nervoso e às vezes olhava para os lados.
- Pronto, pois eu estou! Eevee use Investida! – E o Pokémon avançou em direção ao adversário.
- Shinx, salte – Shinx salta escapando do ataque.
- Ataque de areia - E com o golpe de Eevee, Shinx é atingido pela areia sem ter chances de reagir. Aquilo parecia ter deixado o Pokémon de Eric sem ver por um momento.
- Essa não! Shinx use Faísca – E Shinx atacou, porém não podendo enxergar errou o golpe.
- Há! Vamos lá Eevee, investida! – O ataque atingiu Shinx que caiu para trás.
- Shinx!
- Vamos acabar com essa batalha, mais uma vez use a Investida! – Eevee partiu contra Shinx.
- Shinx, use evasiva e tente correr para o córrego! – O Pokémon conseguiu escapar do golpe e foi em direção ao córrego.
- Não vai não... Agilidade Eevee! – Eevee correu na direção de Shinx, porém o Pokémon elétrico conseguiu entrar no córrego se livrando da areia.
- Atrás dele Eevee! - O Pokémon pulou no córrego e avançou contra Shinx.
- Faísca! – Shinx utilizou o ataque elétrico que dentro da água atingiu Eevee com força – Isso, agora investida!
Shinx avançou contra Eevee e o atingiu com a investida, Eevee caiu para trás.
- Nada mal... – Max se mostrava surpreso.
- Agora mais uma vez, use a Investida!
- Eevee, Bola das Trevas! – E quando o Pokémon elétrico se aproximou foi atingido em cheio pelo poderoso golpe de Eevee, sem chances de continuar batalhando.
- Shinx! – Eric correu até seu Pokémon.
- Isso Eevee! – Max chamou seu Pokémon de volta a Pokébola e foi até perto de Eric e Shinx – Você meu surpreendeu Eric, usando a água para escapar da areia e atingir Eevee com a eletricidade.
Eric olhou para Shinx - “Teria sido surpreendente se não tivesse sido algo que eu vi na TV” – Pensou ele.
- Foi uma ótima batalha Eric! Talvez um dia iremos batalhar de novo – Disse Max – Bem, já esta na minha hora...
- Hora? Você mal chegou...
- Max precisa continuar sua jornada Eric – Disse a senhora se levantando e indo até os dois.
- É isso mesmo – O garoto pegou uma pequena caixa e a abriu, nela continham três insígnias – Preciso conseguir as outras três insígnias e entrar na Liga Pokémon.
- Liga Pokémon? – Perguntou Eric.
- A Liga Pokémon é um dos maiores eventos Pokémons do mundo, treinadores buscam conseguir todas as insígnias para participar do campeonato... E nossa região são seis no total... Pegue – O garoto entregou um folheto para Eric.
- Estou neste caminho apenas pela emoção de poder batalhar ao lado de meus Pokémons e de vencer este grande campeonato, e assim poder chegar mais perto de conquistar meu sonho – Respondeu Max – Enfim, até mais Eric.
Max se despediu de sua avó seguiu em direção à saída da fazenda.

- Sempre apressado... Nunca para no mesmo lugar ao não ser que seja para batalhar – Disse a senhora.
- Liga Pokémon... – Eric ficou pensando sobre isso, sobre como seria sair em sua própria jornada Pokémon pela Região de Atlantis. Nunca teve realmente vontade de se tornar treinador, seu único Pokémon era Shinx o qual havia ganhado há alguns anos.
- Eu estou indo para casa senhor De Vilie – Disse ele seguindo pela fazenda, pensativo enquanto carregava Shinx.

Ao chegar a casa e cuidar de seu Pokémon junto a sua mãe, este não havia sido totalmente ferido na batalha.
- Eric, que ideia foi essa de realizar uma batalha contra um treinador? – Perguntou sua mãe com seriedade.
O garoto não respondeu, apenas observava seu Pokémon que o olhava. A verdade era que tanto Eric, quanto Shinx haviam gostado de batalhar, apesar de não terem saído vitoriosos e o garoto percebia isso no olhar de seu Pokémon.
- Eric meu filho, você esta bem? – Perguntou sua mãe já mostrando preocupação.
Ele seguiu em silencio por mais alguns segundo e finalmente disse algo, baixo, como se falasse com seu Pokémon – É isso o que você quer também? – E o Pokémon acenou positivamente com a cabeça em um gesto leve.
- Vamos participar da Liga Pokémon! – Falou o garoto em voz alta o suficiente para toda casa escutar.
- Liga Pokémon? – Perguntou sua mãe.
- Mãe, até agora eu não tinha certeza sobre isso, já havia pensado algumas vezes, porém nunca achei que poderia ser um treinador... Até sentir o gosto de uma verdadeira batalha Pokémon ao lado de Shinx...
- Mais filho, isso é arriscado e...
- Mãe, eu nunca tive certeza ao certo de qual caminho eu devia seguir... Mais não apenas eu, Shinx também quer isso... Eu preciso fazer isso.
- Entendo Eric – Sua mãe mostrou-se compreendida com a situação – Sabia que esse dia provavelmente chegaria, porém não tenho certeza que seu pai aceitará tão bem quanto eu essa noticia...
- Ele terá de aceitar, estou decidido, serei um Treinador de Pokémons!

Após alguns minutos Eric seguiu para o rancho onde seu pai o esperava para pegar os medicamentos, chegando lá o garoto logo os entregou.
- Tudo ocorreu bem na Cidade do Oeste Eric?
- Sim, eu conheci o neto da senhora De Vilie, Max... Ele é um treinador Pokémon – Disse o garoto.
- A sim, ela já havia me dito – Falou seu pai abrindo o pacote.
- Pai... – Disse o garoto o chamando à atenção.
- O que é?
- Eu vou ser um treinador de Pokémon.
Seu pai não respondeu e não mudou sua expressão, por alguns instantes o lugar ficou em um silencio total.
- Pai...?
- Você sabe o que eu penso sobre isso, é muito perigoso – Disse ele – Eu preferia que você ficasse e me ajuda-se a tomar conta da fazenda, assim como eu fiz com seu avô...
O garoto ficou quieto, porém logo resolveu falar – Pai, eu...
- Não poderei te impedir.
- O que? – Eric se mostrou meio surpreso com a resposta que não era a esperada.
- É isso mesmo o que você quer? – Perguntou seu pai colocando a mão no ombro do garoto e o mesmo apenas acenou. Seu pai se dirigiu até um armário localizado no canto e abriu uma gaveta onde havia uma pequena caixa de madeira, logo em seguida voltou entregando-a ao garoto.
- O que é isso? – Perguntou ele curioso abrindo-a. Havia uma Pokébola dentro dela, aparentemente normal, branca na parte de baixo e vermelho na parte de cima, entretanto havia o pequeno desenho de um raio de cor dourada na parte frontal.
- Esta é a Pokébola de Shinx... Acredito que irá precisar dela.
- Pokébola de Shinx, eu achei que ele não possuía uma...
- Quando o Prof. Adrian enviou este Pokémon para você, eu não achei que ela seria necessária... Mais agora que pretende realmente seguir em uma jornada, o melhor é que a utilize.
- Certo – Respondeu firmemente o garoto pegando a Pokébola.
- Quando pensa em partir meu filho?
- Amanhã! Talvez eu ainda consiga encontrar o Max e contar a novidade... – Disse o garoto seguinte para a saída do rancho.
Seu pai o observou e não disse mais nada – Espero que esteja tomando a decisão certa meu filho, e que essa seja melhor que a minha... – Pensou ele voltando aos seus afazeres.

“Após ter sua primeira batalha contra Max, um treinador Pokémon neto da senhora De Vilie, da qual saiu perdendo, Eric decidiu sair em sua primeira jornada como treinador Pokémon, irá Eric se sair bem neste desafio? Será que ele fez a escolha certa? E seu pai, o que estaria escondendo? Essas e outras respostas nos próximos episódios de Pokémon Soul!”

Próximo Capitulo: "Rumo a Cyber City, o inicio da Jornada!:

Spoiler: "Eric finalmente parte de sua casa rumo a Cyber City, a cidade onde poderá se registrar para a liga Pokémon, entretanto o caminho até lá está apenas começando..."


Última edição por Doctor em Dom 1 Dez 2013 - 16:51, editado 1 vez(es)
avatar
Doctor
Membro
Membro

Masculino Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 30/11/2011

Frase pessoal : Allons-y!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Soul - Adventure!

Mensagem por Roar em Ter 19 Nov 2013 - 14:17

Bom, a fanfic é bem legal, enredo diferente, coisa e tal mas você repetiu aquele erro de manter as falas e narrativas muito juntas, use espaço de 1 enter para cada, facilitará a leitura do público em geral.

Isso é tudo, irei acompanhar a fic, boa sorte com ela!
avatar
Roar
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 16/11/2013

Frase pessoal : Não baseie suas escolhas em sentimentos temporário


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Soul - Adventure!

Mensagem por Doctor em Dom 1 Dez 2013 - 16:59

Após pensar por um tempo, decidi refazer todo o enredo da história, o que não era muita coisa afinal só tinha três capítulos projetados. Sim, eu não iria conseguir seguir com o desenvolvimento da Fanfic com a ideia antiga, então eu refiz muitas coisas e agora darei sequência a história e, apesar de não ter nada muito inovador e parecer algo comum, espero que possam estar acompanhando, pois prometo muitas surpresas ao logo dos capítulos que seguem.

Com isso houveram algumas modificações no Capitulo 01 (nada muito relevante) e muitas modificações no Capitulo 02, então peço que quem já leu, releia para assim, entender o que aconteceu anteriormente. Abaixo o Capitulo 03, leiam e comentem o que acharam, toda critica e sugestão é bem vinda.



Cap. 03: Rumo a Cyber City, o inicio da Jornada!

“Após batalhar contra Max, Eric decide se aventurar pela Região de Atlantis e ser um treinador Pokémon, mesmo que não tendo certeza disso, agora em mais um dia que amanhece, ele está pronto para partir”.
- Tem certeza que não está esquecendo-se de nada? – Perguntou sua mãe preocupada.
- Não, peguei tudo... – Respondeu o garoto – Estou pronto para partir!
- Prometa-me que ira se cuidar meu filho, e ira ligar todos os dias.
- Eu prometo...
Ela observou o garoto por alguns instantes com um olhar triste antes de voltar a falar.
- Seu pai não vai vir se despedir...
- Eu sei...
- Você sabe que ele realmente não aceitou, por mais que tenha mostrado apoio, ele não gosta dessa ideia... Mais isso por que ele se preocupa com você meu filho e só quer seu bem – Começou a explicar a mulher enquanto uma lagrima caia de seus olhos.
- Eu vou mostrar a ele que está foi minha decisão correta – Disse o garoto, mesmo sabendo que nem ele tinha certeza disso – O farei ter orgulho de mim!
- Eu sei que fará e acredite, ele está torcendo por você... – Sua mãe mal terminou de falar e foi até uma mesa pegar uma bolsa, da qual tirou alguns objetos, Pokébolas.
- Pokébolas?
- Eu as tinha guardadas, são Pokébolas extras da fazenda... Você poderá capturar Pokémons com elas... Há cinco Pokébolas.
- Obrigado mãe – Disse o garoto a abraçando e logo depois pegando os itens.
- E para onde pretende ir primeiro?
- Cyber City, lá poderei me escrever na Liga Pokémon... Também há um ginásio – Respondeu Eric.

Eric se despede de sua mãe com um longo abraço e após dar uma ultima volta na fazenda a fim de encontrar seu pai, sem sucesso, ele parte rumo a Rota 101 pensativo. Como ele mesmo sabia, aquela rota era bem curta e logo chegaria à próxima rota. Na região de Atlantis, algumas cidades não ficam muito distantes de outras, o que era o caso da Cidade do Oeste e da Vila do Silêncio, vila que estava em seu caminho até Cyber City.
- Certo, a Vila do Silêncio fica logo à frente e eu... Um Pidgey - Eric avista um Pidgey parado no galho de uma das arvores que cercavam a estrada.
- Certo... Acho que precisarei de novo Pokémons se quiser ser um treinador, não? Vai Shinx! – E assim chama seu Pokémon para fora da Pokébola, Shinx parecia estar bem alegre.
- Certo Shinx, vamos capturar um Pokémon... Use o Faísca!
Shinx utiliza seu ataque elétrico, porém o Pidgey percebe o golpe e desvia voando alto. O mesmo ataca Shinx com a investida.
- Evasiva... – Shinx desvia do ataque.
- Mais uma vez, use a faísca! – E Shinx ataca, mais uma vez se sucesso.
Pidgey utiliza sua habilidade de Tornado e atinge Shinx o mandando para trás, porém não havia sido muito efetivo.

Kate acabará de sair da Cidade do Oeste a pouco tempo e partia para Cyber City, sua empolgação para pegar seu primeiro Pokémon era muito grande, já sabia qual iria escolher, os três iniciais de Atlantis eram na verdade a mistura de um dos iniciais de Kanto, um dos iniciais de Johto e um dos iniciais de Hoenn. A garota que acabava de completar dez anos agora poderia seguir sua jornada Pokémon, apesar de nem ela mesmo saber se queria ser uma treinadora, ela gostava de Pokémons, os adorava, mais não possuía tanta confiança. Passar pelas Rotas 102 e 101 tinha sido algo rápido e sem nenhum problema afinal, o caminho até Cyber City era seguro.
- Certo... Estou a pouco tempo de pegar meu primeiro Pokémon – Pensou a garota animada e pensando no Pokémon que escolherá – Talvez depois eu possa tentar batalhar e...
Algo chamou a sua atenção, parecia que alguém conversava, ou melhor gritava não muito longe dali, então ela se apressou e de trás das arvores viu um garoto batalhando contra um Pidgey, sabia que aqueles Pokémon eram comuns em toda a região, talvez foram os primeiros trazidos de Kanto, mais não conhecia o segundo, o que parecia ser do garoto, era bonito segundo ela, mais nunca o havia visto.
- Shinx, Ataque Investida! – E com a ordem do garoto, o Pokémon avançou contra Pidgey e o atingiu, o mesmo foi lançado para trás caindo não muito longe de onde Kate estava, a mesma percebendo a aproximação do garoto, começou a dar alguns passos para trás.

Eric observou o Pidgey cair e logo ordenou – Shinx, Faísca! – Seu Pokémon logo atacou com um potente golpe elétrico, porém o rival conseguiu dar evasiva e o ataque se perdeu no meio da floresta, logo se ouviu um grito.
- Mais o que foi isso... – Eric correu e viu uma garota, aparentemente ela havia sido atingida pelo ataque elétrico e acabava de se levantar – Ei, você está bem?
- Um pouco chocada... – Disse Kate – Mais acho que já me acostumei, meu pai tem um Raichu...
- Desculpe, eu estava tentando capturar aquele Pidgey e... – Quando ele se virou, o Pokémon já havia fugido – Ah não, volte aqui...
- Você encontra outra, tem muitos deles nessa área – Disse ela arrumando seu cabelo que ficara bagunçado após o choque.
- Bom Shinx, melhor continuarmos e...
- Shinx? Eu nunca havia visto esse Pokémon.
- Ele é realmente especial, talvez o único em nossa região. Eu o ganhei a alguns anos, ele veio de uma região muito distante daqui – Explicou o garoto se virando para o Pokémon – Volte.
- Incrível, então você é um treinador Pokémon!?
- Acredito que agora sim, eu acabo de iniciar minha jornada, sou Eric.
- Kate...
- Kate, eu preciso ir, eu quero chegar a Vila do Silêncio antes de anoitecer...
- E para onde vai?
- Cyber City, aonde eu irei me inscrever na liga Pokémon!
- Eu também estou indo para lá, pretendo estar pegando meu primeiro Pokémon... Será que eu poderia ir com você?
- Ir comigo?
- É, sabe, dizem que o caminho para lá é seguro, mais eu não tenho nenhum Pokémon e acho que seria muito melhor ir com alguém... – Disse ela meio envergonhada – Ou você não quer...
- Pode ser uma ótima ideia... Acho que não gosto de ter de falar só comigo mesmo – Respondeu ele – Vamos?
- Sim, vamos.
Ambos partiram através da estrada rumo a Vila do Silêncio.

“Eric inicia sua jornada Pokémon e parte rumo a Cyber City, tendo uma parada no meio do caminho para tentar capturar um Pidgey, na batalha Shinx acaba atingindo Kate, com um golpe elétrico. Após se apresentarem, Kate pede para seguir junto com Eric e poder pegar seu primeiro Pokémon. Agora os dois seguem juntos para a Vila do Silêncio – Continua no Próximo Capitulo”.

Próximo Capitulo:

Spoiler: Eric e Kate chegam a Vila do Silencio, onde passam a noite. Eric reflete se fez a escolha certa e conversa com Kate. No outro dia, já prontos para saírem da vila, Eric encontra um Pokémon, a qual tentará capturar.

Black: Comentário de Carinatas apagado por ser flood.
Black: Fanfic trancada a pedido do autor. Caso queira reabri-la mande uma MP a qualquer FFM
avatar
Doctor
Membro
Membro

Masculino Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 30/11/2011

Frase pessoal : Allons-y!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Soul - Adventure!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum