Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Pokémon - The New World

Ir em baixo

Pokémon - The New World

Mensagem por Ayakashi em Qua 10 Jul 2013 - 18:45



Nome da FanFic - Pokémon The New World (Pokémon o Novo Mundo)
Autor - Ayakashi (Eu)
Classificação - Livre
Tema - Ação, Ficção, Batalhas, Anime, Dimensão Alternativa e Comédia.
Publicada em - Pokémon Mythology/Pokémon Brutal
Lançamento - 19/06/2013


Sinopse


O mundo pokémon cada vez evoluiu mais, havia se passado muito tempo desde que Ash Ketchum morrera, mas ele virou uma lenda. Agora no novo continente de Opala todos vivem aparentemente em harmonia, mas por trás de toda essa felicidades, existe um mal, que espreita esperando a chance de se mostrar para o mundo, eles são uma união dos descendentes dos antigos líderes do Team Rocket, Team Aqua, Team Magma, Team Galactic e Team Plasma, todos os descendentes dessas antigas organizações formaram uma nova, o Team Universe, e o propósito deles, não é apenas dominar o mundo, mas também o universo.
Ayakashi completa 15 anos, já está na idade de começar sua jornada na região de Opala, ele embarcara em uma aventura sem limites com seus parceiros. O Mundo pokémon que aguarde.  


O Continente de Opala




Imagem do Continente


O Continente de Opala é diferente de todos! Quando ele foi povoado, vieram pessoas e pokémons de todos os outros continentes, assim Opala abriga todos os tipos de Pokémons de todas as outras regiões! O continente se localiza ao noroeste de Johto, ele é um continente relativamente pequeno sendo menor que Hoenn. Este continente tem muito poucas ilhas e assim o continente é todo ligado, tendo muitas cidades. Todo o norte do continente sofre com o frio, há montanhas cobertas de neve, já no sul eles sofrem com o calor, onde se pode ver grandes planícies e alguns desertos e no centro do continente é o melhor lugar de todo o mesmo, onde o clima é tropical e as planicies e cadeias de montanhas se juntam em alguns pontos dando o incrível visual.
Enfim esse continente é o mais recente descoberto, e nele os personagens irão viver várias aventuras.



Treinadores/Coordenadores


Protagonistas:

Avatar:
Nome: Ayakashi
Idade:15 anos
Sexo:
Personalidade: Alegre , Companheiro , Brincalhão , enfim muito amigo , mas quando se ve em uma situação que exige seriedade ou até mesma frieza , Ayakashi sabe demonstrar.
Ocupação: Protagonista - Coordenador/Treinador
História: Ayakashi, filho de uma Coordenadora que não conseguiu ser bem sucedida  e de um treinador pokémon bem sucedido mas que desapareceu misteriosamente, Ayakashi vive até hoje com sua mãe sem se lembrar do rosto de seu pai que desapareceu quando esse tinha 3 anos a unica coisa que restou de lembrança foi um pequeno ovo de pokémon que o pai tinha dado a ele antes de partir na missão em que nunca mais voltara, desse ovo nasceu Larvitar que é seu companheiro mais fiel, ele e a mãe vivem em uma boa situação. Ao completar 14 anos Ayakashi decidiu que iria se tornar um Treinador igual ao pai, e o Coordenador que a mãe não pode ser.  
Insígnias: N/A
Fitas: N/A
Pokémon:
Larvitar 
Litwick 


Avatar:
Nome: Hades
Idade:17 anos
Sexo:
Personalidade: Educado e de bom-humor, ás vezes se aproveita da situação, mas é uma boa pessoa.
Ocupação: Protagonista - Treinador/Coordenador
História: Hades, nasceu em Oklahoma uma cidade no extremo leste de Opala onde o ocidente reina mais honrável. A cidade era cheia de colunas inspiradas na Roma Antiga. Hades sempre sonhou em viajar pelo mundo até que perdeu seu pai. Sua mãe não o via: vivia ocupada junto de seu Noctowl no ginásio da cidade, não se importou com a morte do marido nem com o coração estraçalhado de Hades que em um noite fugi-o de casa apoiado pelairmã mais velha andou muitos dias sozinho , até que encontrou um pokémon que estava machucado no meio de uma rota então ele se pôs a cuidar todos o dias de um pequeno pokémon: um Zorua com um estranho brilho diferenciado em sua cor.
Insígnias: N/A
Fitas: N/A
Pokémon:
Zorua Shiny
Anorith 



Avatar:
Nome: Amy
Idade:14 anos
Sexo:
Personalidade:  Sempre doce e educada, possui gestos e modos delicados e polidos, como uma perfeita dama. Adora todos os tipos de pokémons e crianças pequenas, sendo bastante paciente com as mesmas. É bastante amigável e carinhosa com todos a sua volta, fazendo o possível para ajudar quem precisa. Porém, é um tanto mimada e nunca aceita um "não" como resposta, ficando indignada quando não consegue o que quer.
Ocupação: Protagonista - Coordenadora
História: Amy sempre fora a única filha de um casal super bem sucedido, e por isso sempre foi acostumada a ter o que quer e quando quer na palma da mão, tornando-se uma jovem mimada. E bastante vaidosa, procurando sempre vestir-se bem e nunca permitindo ser vista com o cabelo bagunçado ou uma unha quebrada.Se emociona facilmente e, embora jamais admita, se preocupa com as pessoas ao seu redor, fazendo o possível para ajudá-las e protegê-las.
Fitas: N/A
Pokémon:
Skitty
Misdreavus


Rivais:


Avatar:
Nome: Leroy
Idade:15 anos
Sexo:
Personalidade: Sádico, Misterioso, Solitário, Arrogante, Frio e Calculista.
Ocupação: Rival - Coordenador/Treinador
História: Leroy é um menino diferente dos demais, ele é filho de um membro da Elite do 4 de Opala, mas ele não fala muito sobre isso. Seu pai começou o treinamento puxado de Leory aos 7 anos do mesmo, ele vivia ao meio de pokémons noturnos, seu pai apenas o treinava e não dava atenção alguma com ele. A mãe de Leroy tem problemas mentais e ele tem nojo desta. Quando completou 15 anos roubou o Sneasel de seu pai e fugiu para uma jornada.
Insígnias: N/A
Fitas: N/A
Pokémon:
Sneasel


Avatar:
Nome: Gary
Idade:15 anos
Sexo:
Personalidade: Alegre, amigo leal, mas também é muito competitivo.
Ocupação: Rival - Coordenador/Treinador
História: Gary é um fã de Ash Ketchum , embora ele tenha morrido a muito tempo, conta-se seus feitos até hoje, Gary gostava muito te andar pela floresta que tinha atrás de sua residência e um dia encontrou um Eevee amarrado pelo pescoço em uma árvore, esse Eevee estava muito frágil e Gary pegou e levou ele para sua casa, aonde cuidou dele e depois o Eevee nunca mais quis ir embora, assim Gary adotou esse pokémon.
Insígnias: N/A
Fitas: N/A
Pokémon:
Eevee
Carvanha


Avatar:
Nome: Thunder
Idade: 14 anos
Sexo:
Personalidade:Frio e solitário, odeia ser ajudado acima de tudo. Adora batalhar humilhando o oponente, não se importa com as pessoas ao seu redor a não ser que elas possam ser úteis, só se importando com seus Pokémons. Não demonstra muitos sentimentos.
Ocupação: Rival - Treinador
História:Thunder viu a casamentos dos pais ruir a cada dia, esses brigavam tanto! Thunder já tinha raiva dos dois tanto que aos 13 anos já fugiu de casa, e quando esse fugiu roubou a pokébola do pai, essa pokébola tinha o Kecleon seu único amigo assim esse seguiram o caminho e juntos se tornaram uma grande dupla.
Insígnias: N/A
Pokémon: Kecleon




Avatar:
Nome: Kaay
Idade:15 anos
Sexo:
Personalidade: Alegre, observador, bobo, inteligente e focado.
Ocupação: Rival - Coordenador/Treinador
História: Kaay é filho de um Coordenador de sucesso, e de uma mãe que sumiu quando ele era pequeno. Assim ele creseu apenas com a companhia do pai, e deste ganhou um Tangela quando pequeno e até hoje ele tem esse amigo e pokémon. E aos 15 anos Kaay decidiu partir em jornada com seu amigo Tangela, sendo Kaay um Mono-Trainer.
Insígnias: N/A
Fitas: N/A
Pokémon:
Tangela


Avatar:
Nome: Nami
Idade:16 anos
Sexo:
Personalidade: Solitária, Misteriosa, Fria e calculista.
Ocupação: Rival - Coordenadora
História: Nami nasceu em um vilarejo abandonado, e logo dpeois que nasceu foi abandonada pelos pais! Quem cuidou desta era um Absol com quem se apegou, ela teve que sobreviver da caça e talvez por isso tenha alguns problemas psicológicos.Seu pokémon é o mesmo Absol que cuidava dela enquanto era pequena.
Fitas: N/A
Pokémon:
Absol


Avatar:
Nome: Laff
Idade:14 anos
Sexo:
Personalidade: Boba, Alegre, Brincalhona. A legitima patricinha burra!
Ocupação: Rival - Coordenadora/Treinadora
História: Ela sempre foi muito mimada por seus pais por ser filha unica, até que um dia ela queria sair em jornada e os mesmo não deixaram. Então ela revoltada saiu por conta própria, e levou consigo sua Corsola.
Insígnias: N/A
Fitas: N/A
Pokémon:
Corsola




Outros personagens


Outros Personagens:
Avatar:
Nome: Lucya
Idade:29 anos
Sexo:
Personalidade: Inteligente,paciente,agradável,forte,educada e determinada.
Ocupação: Professora da Região de Opala
História: Lucya é uma grande cientista renomada em todas as regiões do mundo. Quando ela viajou para Opala ela com boas referencias vira a Professora de lugar, onde é respeitada por todos e se tornou um ícone, alem de professora do lugar também julga em Contest a maioria das vezes. Lucya tem um Zaptos que salvou ela de cair no mar e morrer, eles se deram muito bem e Zaptos quis acompanhar Lucya desde então.
Pokémon: Zaptos




Avatar:
Nome: Augusto
Idade:14 anos
Sexo:
Personalidade: Alegre
Ocupação: Amigo Eventual - Criador
História:Vivia numa cidadezinha pobre la na região de Opala , aonde sofreu da miséria. Augusto sempre gostou dos pokémons, ajudava eles com o que podia. Até que um dia em uma rua da cidade , viu um Zoroak ser morto na sua frente por humanos que queriam a carne do pokémon, esse Zoroak estava carregando um ovo pokémon. Augusto aterrorizado com o acontecido foge daquela cidade com aquele ovo pokémon que um dia chocou e de lá saiu um Zorua. Depois do acontecimento com ele, Augusto começou a ter surtos mas nunca procurou um médico, sua personalidade muda de uma hora para outra e seu passado esconde mais segredos.
Pokémon:
Zorua


Avatar:
Nome: Johan
Idade:30 anos
Sexo:
Ocupação: Apresentador de Contest, sempre quando tem um Contest na região de Opala, quem irá apresentar é Johan.






1º Season - The beginning of everything

Episódios
01 Chapter - The Big Day
02 Chapter - The Battle
03 Chapter - New's Pokémons
04 Chapter - The Contest First Step







1º Chapter - The Big Day




Estava tudo escuro , uma escuridão tão profunda e eu queria fugir dela , comecei a correr mas minhas pernas não se moviam rápido o suficiente , comecei a ouvir gritos , gritos de um homem. Esses gritos entravam nos meus ouvidos , perfuravam meus tímpanos e me enlouqueciam , então tudo ficou claro e eu estava caindo , caindo de uma altura gigantesca , e logo abaixo de mim havia uma lava fervente. Então acordei , sonhava a mesma coisa que sonha a anos , a parte que me atormenta são os gritos , os gritos me atormentam a anos. Levantei da cama e me olhei no espelho , com o cabelo loira bagunçado e os olhos verdes com olheiras , altura mediana e magro , achava uma boa aparência , mas sempre com a mesma cara de assustado toda a manhã. Minha cara não estava com a emoção que devia , afinal hoje iria começar a jornada pokémon , troquei a roupa e fiz a higiene matinal , depois disso desci as escadas , onde iria achar o meu poço de lamentações , minha mãe , que estava sempre com um sorriso no rosto , mesma passando por tudo que passou.

- Então é hoje né , anw que emoção , meu pequeno ira partir - Disse ela com um sorriso e lagrimas nos olhos.

- Já conversamos sobre isso - Disse - Sempre foi o que eu quis.

Ela suspirou mais uma vez , e me abraçou forte , com os longos cabelos ruivos e a pele branquinha era do meu tamanho e magra , minha mãe era uma pessoa não apenas bonita de físico como de coração e me entendia facilmente e era a favor de minhas jornada , Larvitar que estava comendo sua comida pokémon me olhou alegremente , ele era o mais feliz com essa história de jornada , ele nunca havia batalhado fora criado como um bicho de estimação , o mais precioso bicho de estimação , andei até a janela e me debrucei no parapeito da mesma olhando o céu , que hoje estava nublado. Iria sair hoje em jornada por que é nesse dia que os outras pessoas pegam seus pokémons e partem , assim partiria no mesmo dia , juntamente com Larvitar.

- Bem Ayakashi , arrume sua mochila filho , já peguei tudo o que precisara para Larvitar , tem muita comida pokémon e outras coisas -Disse ela.

Assenti com a cabeça e fui para meu quarto , Larvitar veio comigo , peguei uma mochila que era grande o suficiente , coloquei meu saco de dormir , materiais de higiene , lanterna , roupas , e assim foi , a mochila ficou cheia e descemos novamente para o andar de baixo , onde ficamos conversando eu e a mãe ela dando novamente as recomendações que toda a mãe da , era até de forma engraçado ela falando tudo aquilo. Quando ela serviu o almoço , comi com vontade seria a ultima vez em um longo tempo que comeria a comida dela.

- Ai , e agora o que será de mim nessa casa , ficarei sozinha para sempre - Ela riu do próprio pensamento.

- Não seja tão dramática - Disse a ela - Vou voltar as vezes para te visitar , e você deveria arranjar alguém.

Ela ficou vermelha e riu , depois disso , sabíamos que estava na hora de eu partir , peguei minha mochila e estava pronto , Larvitar também então fomos até a frente de casa onde ela falou:

- Bem, é aqui que nossas vidas se separam.

- Sem drama mãe - Disse para ela

- Não se esqueça de tudo o que eu disse , e pegue isso -Disse ela , me alcançando uma pokédex - Era de seu pai , ele deixou antes de partir , estava esperando especialmente esse dia para lhe dar isso.

Olhei a pokédex , estava com muito bem cuidada , então abracei minha mãe novamente e ela me alcançou 5 pokébolas.

- Pegue isso também, Larvitar venha cá - Disse ela dando um beijo nele - Ganhe tudo por ai , e cuide bem dele , bem adeus meu filho , você tem a garra e coragem que seu pai tinha e sera um treinador melhor que ele e um coordenador impecável.

- Adeus mãe , conquistarei tudo graças a você - Disse dando um ultimo beijo.

Eu e Larvitar abrimos a porta e saímos na tarde nublada , andamos até o portão abrimos este e saímos , olhei uma ultima vez para trás e vi ela  acenando uma adeus.

- Agora é com a gente Larvitar - Disse para ele.

Assim andamos pela pequena cidade de Ikuca andamos até atravessá-la , sentiria falta da pequena cidade e da sua população hospitaleira, estávamos na entrada da cidade prontos para entrar na Rota 101 onde começaria nossa jornada , é na entrada da cidade que ficava o centro pokémon , e desse estavam saindo três pessoas , dois meninos e uma menina. Um deles estava com um Zorua Shiny , outro com um Cubchoo e a menina com uma Skitty. Eles haviam acabado de pegar seus pokémons pelo que parecia. Olhei novamente a rota , as arvores com grandes copas formavam um telhado de folhas , comecei a andar e a voz da menina me chamou:

- Oi , você com o Larvitar - Disse a menina.

- Ãh ? Olá - Respondi ela.

- Meu nome é Amy , e esses são Steve e Hades - Disse ela sorrindo , e os meninos me cumprimentaram com um ''Oi'' - Você também está indo para Maucam ? A próxima cidade.

- Bem eu estou indo para qualquer lugar - Disse tímido.

- Bem nós estamos indo para la , se gostaria poderia seguir a viajem conosco - Disse o menino loiro chamado Hades.

- Nós? Não me envolva nisso , eu sou um Treinador solitário - Disse o cara chamado Steve - Boa jornada para  vocês.

Então esse saiu para a rota , mas não seguindo o caminho da trilha , e sim entrando floresta a dentro. Aceitei o convide da simpática Amy que pela primeira impressão era uma pessoa vaidosa , que adoro os seus longos cabelos loiros. E já Hades parecia um tanto fechado , mas era legal depois de algumas conversas. Ja havíamos andando uma meia hora , e cada vez mais gostava da companhia deles , descobri que Amy tinha 14 anos e queria ser uma grande coordenadora. Já Hades tinha 17 anos embora não aparentasse e como eu desejava ser Coordenador e Treinador.

- Esta ficando noite - Disse Amy.

- Não se preocupe , se seguirmos essa rota , acharemos uma pousada que fica no meio do caminho para Maucam - Hades falou.

- Certo , então vamos continuar , até achar essa pousada - Disse para eles.

Assim continuamos seguindo o caminho até a pousada, acho que finalmente achei pessoas que posso confiar !



Fim do Chapter 1º




Comentário do Autor

Spoiler:
Olá pessoas , primeiramente agradeço quem se inscreveu , e depois peço desculpas pelo primeiro capítulo ser pequeno e que seja uma monotonia , não ouve ação , não é mesmo ? Concordo , mas para não ficar uma coisa muito corrida deixei assim . No próximo terá mais ação juro juradinho ;D . Comentem o que gostaram , o que não gostaram , recebo criticas numa boa , então o que você acham que pode melhorar a fic ?


Preview:
Ayakahsi , Amy e Hades chegarão a pousada , eles irão conhecer outros dois treinadores , e já acontecera o primeiro confronto da turma , não perca o próximo capitulo.



Última edição por Ayakashi em Dom 4 Ago 2013 - 3:46, editado 25 vez(es)
avatar
Ayakashi
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/08/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The New World

Mensagem por Black~ em Qua 10 Jul 2013 - 21:56

Bom, vamos lá.

Hm... história de jornada... Nada contra, já disse isso mil vezes, mas também não acho legal aquelas histórias que sejam "João quer ser virar um Mestre Pokémon e pronto." Sei lá né, é sempre bom ter alguma coisa a mais na história. Sabe? Pra deixá-la interessante.

Eu gostei de você ter feito um novo continente. Pelo tamanho, deve ter sido bem trabalhoso '-'. Mas enfim, histórias em novos continentes são boas, pois dão mais "liberdade" ao autor escrever os lugares, as rotas e tals, mas enfim.

Cara, seu texto não ficou bom não =/. Primeiro, descentralize esse texto, pois fica ruim o texto centralizado. Não estou dizendo que é obrigado, mas é sempre bom arrumar. E também é desnecessário colocar cada personagem com uma cor de fala diferente. Deixando o texto muito colorido, acaba ficando feio, portanto sugiro que deixe tudo numa cor só (de preferência preto ou negrito).

Essa parte em que eles se encontram foi meio "sem sal". Tipo, "Oi, tudo bom, estamos indo pra Cidade X, quer ir conosco?". E pronto, sei lá cara, acho que é bom colocar algo mais, tipo, algo aconteceu, ai eles se encontram e tals, mas enfim.

Eu não sou fã de quando o autor coloca um monte de personagem na biografia, sendo que vários nem apareceram ainda. Sei lá, tira um pouco daquele "mistério" na hora que fomos vê-lo aparecer, mas enfim.

Foi legal que os pokémons iniciais deles foram pokémons "diferentes", sem serem nenhum inicial. Isso é bom, pois tira um pouco daquela "falta de originalidade". Ainda mais que alguns foram pokémons "mais fortes", como Zorua e Larvitar.

Erros eu vi, alguns ortográficos, como falta de acentos, falta de vírgulas, etc. Também saiba que não há espaço entre a palavra à esquerda e a pontuação, apenas há entre a palavra à direita, mas enfim.

É só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The New World

Mensagem por Ayakashi em Qui 11 Jul 2013 - 20:55

Olá pessoal ! Quero avisar que os 3 primeiros Capítulos já estavam prontos a muito tempo , por isso estão meio ruins pois só estou respostando eles.Bem agora vou responder os comentários.

~Black:

@Black~ escreveu:Bom, vamos lá.

Hm... história de jornada... Nada contra, já disse isso mil vezes, mas também não acho legal aquelas histórias que sejam "João quer ser virar um Mestre Pokémon e pronto." Sei lá né, é sempre bom ter alguma coisa a mais na história. Sabe? Pra deixá-la interessante.

Eu gostei de você ter feito um novo continente. Pelo tamanho, deve ter sido bem trabalhoso '-'. Mas enfim, histórias em novos continentes são boas, pois dão mais "liberdade" ao autor escrever os lugares, as rotas e tals, mas enfim.

Cara, seu texto não ficou bom não =/. Primeiro, descentralize esse texto, pois fica ruim o texto centralizado. Não estou dizendo que é obrigado, mas é sempre bom arrumar. E também é desnecessário colocar cada personagem com uma cor de fala diferente. Deixando o texto muito colorido, acaba ficando feio, portanto sugiro que deixe tudo numa cor só (de preferência preto ou negrito).

Essa parte em que eles se encontram foi meio "sem sal". Tipo, "Oi, tudo bom, estamos indo pra Cidade X, quer ir conosco?". E pronto, sei lá cara, acho que é bom colocar algo mais, tipo, algo aconteceu, ai eles se encontram e tals, mas enfim.

Eu não sou fã de quando o autor coloca um monte de personagem na biografia, sendo que vários nem apareceram ainda. Sei lá, tira um pouco daquele "mistério" na hora que fomos vê-lo aparecer, mas enfim.

Foi legal que os pokémons iniciais deles foram pokémons "diferentes", sem serem nenhum inicial. Isso é bom, pois tira um pouco daquela "falta de originalidade". Ainda mais que alguns foram pokémons "mais fortes", como Zorua e Larvitar.

Erros eu vi, alguns ortográficos, como falta de acentos, falta de vírgulas, etc. Também saiba que não há espaço entre a palavra à esquerda e a pontuação, apenas há entre a palavra à direita, mas enfim.

É só e boa sorte com a fic.

É história de Jornada é mais que clichê , concordo. Eu como comecei a fazer de novo vou pensar em algo para destacar , há personagens que são Treinadores e Coordenadores ao mesmo tempo , então acho que isso é alguma coisa diferente das outras , e talvez o fato de tem uma equipe nova pode ser algo a destacar ! Mas eu intendo sua critica e vou tentar achar algo mais interessante. Já sobre o novo continente eu o montei por isso mesmo , uma maior liberdade e não ficar preso nas cidade pokémons que já assistem e que tem que ser assim e assado.
Eu vou fazer o texto como disse a partir de agora , é que aquele eu só copiei e colei agora vou começar a mudar um pouco. Enfim , muito obrigado por dar essa crítica e vou tentar melhorar




2º Chapter - The Battle




Eu e meus companheiros de jornada Hades e Amy continuávamos seguindo a estrada , o céu estava vermelho no horizonte , afinal era o por do sol e era lindo  mas também preocupante pois ainda não achamos a pousada que deveria haver por ali , apenas quanto mais andávamos mais árvores víamos . Olhando para trás já avistava-se a Lua , ali em um relevo elevado dava para ver a floresta imensa que separava o local de Maucam . Mas a conversa havia sido muito produtiva  , descobri mais sobre a vida de Amy e Hades assim como eles descobriram sobre a minha . Amy era uma menina de pais ricos e disse que foi um pouco mimada por eles , sempre tendo tudo que quis , mas como ela disse seus pais queriam proteger ela demais e achavam que ela não tinha capacidade para sair em uma jornada e para mostrar para eles que ela era capaz ela partiu de sua cidade que é cidade vizinha a minha e foi pegar seu primeiro Pokémon. Já Hades é totalmente diferente , ele como eu já tinha seu Pokémon desde criança , seu Zorua de coloração diferente o acompanhava desde a infância , ele vem de uma cidade longe é no extremo leste do continente , ele era filho de uma Líder de Ginásio muito ocupada que nunca deu atenção suficiente há ele , Hades contou que perdeu seu pai , como o intendia não quis me aprofundar no assunto , a única pessoa que tinha era sua irmã que o apoiou na decisão de ele viajar em sua própria jornada . Agora me achava amigo deles já , Larvitar que andava fora da pokébola já estava cansado de tanto andar , a Skitty de Amy andava nos braços desta já o Zorua de Hades não estava demonstrando cansaço , falando nisso descobri que o Zorua é fêmea e a Skitty de Amy também o único macho do grupo de pokémons era o meu Larvitar. Andamos por mais cinco minutos e então no maio do mar de árvores , há uma pequena e larga estrada .

- Olhem essa placa Falou Amy chamando nossa atenção.

Seu rosto demonstrava um sorriso largo de alivio , a tal placa dizia o seguinte “Pousada Pokémon , siga a estrada” . Era tudo o que queríamos , parecia que minhas energias foram repostas e então todos ficamos felizes com a notícia e começamos a apressar o passo para encontrar a tão aguardada pousada , afinal o sol já estava no extremo e não iluminaria mais daqui algum tempo. A estrada era curta e depois de um curto tempo já avistamos a grande cabana de dois pisos onde iriamos ficar de noite , a cabana era feita toda de madeira parecia ser um local muito aconchegante além de ser muito bonita tinha uma grande espaço  para treinar na frente , havia um campo de batalha e um dos lados da cabana e do outro uma pequena que devia ser para os pokémons aquáticos piscina. Chegamos na frente da cabana ali dizia a placa “Pousada Pokémon grátis” assim quando fui abrir a porta essa abriu sozinha , era automática , entramos no local ,havia uma enfermeira Joy atrás de um balcão , no centro havia uma mesa e um tapete no chão. Bem no fundo da enorme sala havia dois sofás e um televisão  já na nossa direita , havia uma escada que eu acreditava que daria para os quartos , Joy contornou o balcão e veio em nossa direção com um sorriso que demostrava a simpatia que todas as Joy tinham.

- Boa Noite , jovens treinadores , o que desejam - Disse ela com seu sorriso fazendo covinhas e com um bom humor.

- Olá Joy , meu nome é Amy e esse são Hades e Ayakashi - Falou Amy no apresentando - Queríamos passar a noite aqui.

- Certo , não recebemos muitos treinadores hoje , apenas mais três meninos estão aqui - Disse ela - Eu tomo conta daqui , posso recuperar seus pokémons também , deixem eles comigo que vou dar alimento há eles , fico feliz que venham se hospedar na minha pousada.

Joy foi atrás do seu balcão vermelho e pegou três pratos pokémons com comida e colocou no chão , logo Skitty , Zorua e Larvitar estavam comendo rapidamente , deviam estar com fome ! Nos sofás tinha pelo que pude ver , três meninos conversando eles estavam sentado no sofá maior , Hades apresentou interesse em ver quem eram aqueles treinadores.  

- Querem conhecer eles? - Perguntei para meus companheiros , pois estava em dúvida.

- Não vejo problema  , vamos logo - Disse Hades já andando na direção deles.

Atravessamos a sala e fomos aonde se encontravam os outros treinadores . Esses estavam sentados no sofá do canto que ficava encostado na parede , Amy , Hades e eu sentamos no outro , que ficava bem ao lado desse , sentamos lá e vi um menino moreno que estava sentado na posta do sofá mais próximo a nós, esse devia ser um pouco mais novo , e um pouco menor em tamanho , aso lado desse na parte do meio do sofá estava um menino ruivo que devia ter minha idade e ao lado desse estava um menino com cabelos longos , e verdes e usava um boné branco. Todos pareciam muito tímidos , fiquei olhando o fogo que tinha na lareira a nossa frente , e na televisão estava dando notícias sobre um possível ataque em Maucam , a cidade aonde iriamos , pelo visto ocorreu um ataque aonde ficavam os fósseis pokémons  estava prestando atenção na notícia quando o menino moreno falou.

- Olá - Disse ele sem timidez - Meu nome é Augusto e esse são Gary e Thunder.

- Oi , eu sou Ayakashi , e esses são Hades e Amy no momento estamos viajando juntos e vocês - Disse nos apresentando a eles.

- Não , nós só nos conhecemos aqui  - Disse Augusto.

Depois disse a conversa fluiu naturalmente  , o menino de cabelos ruivos era o Gary , pela conversa deu para perceber que ele parecia alegre mas um tanto solitário. O outro era o Thunder  ele parecia meio fechado e também parecia desconfortável ali , conversamos por um bom tempo , cada um contou a sua história. Gary era um fã de Ash Ketchum , embora ele tenha morrido a muito tempo , conta-se seus feitos até hoje , Gary contou que gostava muito te andar pela floresta que tinha atrás de sua residência e um dia encontrou um Eevee amarrado pelo pescoço em uma árvore, esse Eevee estava muito frágil e Gary pegou e levou ele para sua casa , aonde cuidou dele e depois o Eevee nunca mais quis ir embora , Gary contou essa história dele e de seu pokémon. Thunder não contou muito sobre sua vida , apenas disse que seus pais brigavam muito , e ele não aguentava mais as brigas e um dia decidiu sair de casa , viveu um tempo sozinho até encontrar seu Kecleon  que estava protegendo seu território , depois desse encontro eles se aproximaram e Thunder diz que o Kecleon é o único amigo verdadeiro que ele tem.  Augusto contou que vivia numa cidadezinha pobre aqui na região , aonde sofreu da miséria. Augusto sempre gostou dos pokémons , ajudava eles com o que podia. Até que um dia em uma rua da cidade , viu um Zoroak ser morto na sua frente por humanos que queriam a carne do pokémon , esse Zoroak estava carregando um ovo pokémon Augusto aterrorizado com o acontecido pega o ovo de pokémon e foge daquela cidade , e daquele ovo pokémon que ele cuidou tão bem nasceu um Zorua. Ficamos impressionados com as histórias deles , principalmente a do Augusto , estávamos de queixo caído quando a Joy chamou nossa atenção.

- Jovens - Chamou a enfermeira Joy , devolvendo nossos pokémons nas pokébolas - Quero devolver seus pokémons , e também avisar que amanhã a tarde haverá um ônibus que passara por aqui com destino há Maucam se quiserem podem pegar esse ônibus , Maucam é a cidade que ira ter um Contest  que será daqui a dois dias.

Todos fomos pego de surpresa pela notícia do Contest , eu precisaria treinar. Amy que estava sentada ao meu lado ficou pálida , e depois ficou vermelha ela demonstrava raiva e decepção ao mesmo tempo.

- Como assim daqui a dois dias ? Eu não treinei não estou pronta , preciso fazer combinações senão eu vou perder - Ela parou para recuperar o folego - Tenho que treinar , ai meu deus ,eu quero ir nesse ônibus sim , mas eu tenho que treinar.

Todos ficaram olhando Amy , até ela parar com o momento de histeria , “bem que ela disse que foi mimada” pensei  , Joy disse para ela se acalmar e que daria tempo para treinar , pois ainda faltava dois dias.

- Acalme-se  menina - Disse o Thunder  com olhar superior - Eu vou querer ir nesse ônibus mesmo que não irei participar do Contest fica mais perto do Ginásio Pokémon.

No fim todos menos Augusto , resolvemos que iriamos no ônibus , Augusto queria explorar um pouco a floresta daqui , ele queria ser um criador e como não iria participar de Contest e nem de batalhas de Ginásio  ia decidir explorar , depois de mais uma conversa sobre treinos e Contest , decidimos que amanhã todos treinaríamos juntos , assim como já era noite nós decidimos que iriamos dormir.

- Bem Joy , nós decidimos ir dormir ! - Disse Gary Como vai ser ?

- Sem problemas ,tem um quarto para cada Disse ela indo pegar as chaves Aqui estão .

Joy entregou a chave para cada um , nós todos subimos as escadas de madeira , que rangia a cada passo , os quartos ficavam em uma reta ,havia dez quartos nessa pousada então sobraram os quatro últimos. Todos nos despedimos e cada um entrou em seu quarto , o quarto era simples e pequeno , tinha uma cama no canto direito , um mesa no fundo do quarto e tinha uma porta, que dava para um banheiro muito simples , assim escovei meus dentes e fui dormir , logo que deitei percebi como estava cansado de caminhar e então dormi. Sonhei com a escuridão , com os gritos e a lava novamente acordei assustado e suando , como sempre. Pela janela os raios de sol entravam e iluminavam o quarto , levantei de minha cama e coloquei uma calça e fui ao banheiro , pelo jeito dormi um bom sono , peguei minhas coisas e depois a chave do quarto e saiu , chaveei o quarto novamente e fui caminhando , atravessei o corredor , os raios de sol entravam nas janelas e iluminavam toda a cabana , desci as escada e lá estava Joy no seu balcão , assim que me avistou falou.

- Ayakashi , como foi a noite ? Joy disse.

- Ãh , bem até - Disse para ela descendo as escadas - Onde estão os outros.

- Estão todos lá no pátio ao lado , todos iriam treinar pelo que percebi - Disse Joy - Você foi o ultimo a acordar.

Agradeci , peguei a  pokébola com Larvitar de minha mochila e ande até a porta da frente  abriu-se a porta e andei para fora da cabana , o sol estava forte e estava fazendo um calor muito grande , ouvi a conversa dele e andei até lá , todos estavam treinando seus pokémons estavam no lado que tinha o campo de batalha , e a floreta ficava ali do lado , fazendo as árvores um bom alvo , estavam todos treinado. Amy tentando fazer combinações com seu Skitty , Hades treinando os ataques de seu Zorua Shiny , Augusto e  Gary atacando a mesma árvore e Thunder treinando seus ataques em uma árvore. Assim que o pessoal me viu, Amy e Hades vieram falar comigo :

- Acordou em ! - Disse Amy - Venha treinar conosco.

- Ayakashi venha cá , olhe como o Scratch de Zorua está forte- Disse Hades - Mostre para ele.

Zorua corre em direção a uma árvore , suas patas estavam brilhando , Zorua salta e arranha a árvore , parando atrás desta , na árvore  ficou as marcas profundas das garras de Zorua.

- Muito bom Hades , essa sua Zorua é uma mistura de força e fofura - Disse para a Zorua Shiny.

Como todos estavam com seus pokémons ,lancei minha pokébola para o alto e de lá surgiu meu Larvitar, que começou a brincar com Zorua e com Skitty ,mas como não ia ter tempo para brincar , fui chamar Larvitar para começar o treinamento. Mas quando íamos começar Thunder veio falar comigo e com Hades.

- Ayakashi e Hades - Chamou Thunder - Que acham de uma batalha em dupla ? Eu e Gary Vs Vocês

Olhei para Hades , ele parecia confiante , ele nunca havia batalhado então acho que seria uma boa experiência , nem eu nunca havia batalhado também.

- Claro que aceitamos - Disse Hades - Vamos arrasar Ayakashi.

No fim aceitamos o confronto , Hades e eu nos posicionamos em uma ponta do campo de batalha e Gary e Thunder na outra decidimos que Augusto seria o Juiz. Amy que queria olhar nossa batalha , sentou-se no chão e sua Skitty brincava de correr atrás do rabo. Larvitar e Zorua estavam preparados , assim como Eevee e Kecleon.

- A batalha em duplas Ayakashi e Hades Vs Gary e Thunder - Disse Augusto - Comesse agora !




Battle Start



- Kecleon , viemos para ganhar use Fury Swipes em Zorua e depois Lick no Larvitar - Disse Thunder

- Zorua , use Fake Tears para parar o Kecleon e depois use Scratch no mesmo - Hades deu os comandos.

Kecleon começou a correr com suas mãos brilhando pronto para usar o Fury Swipes em Zorua , mas esse começou a chorar era o movimento Fake Tearse Kecleon pareceu preocupado com Zorua e parou seu movimento. Zorua parou de chorar e ágil saltou e acertou Kecleon no queixo , e esse caiu para trás , Zorua caiu suavemente no chão , Kecleon se levantou e se recuperou o golpe.

- Eevee use Sand Attack , e depois use Tackle em Zorua - Falou Gary.

- Larvitar use Bite na língua de Kecleon quando esse for usar Lick e em seguida ataque com Screech - Falo

Eevee fica de costas e arrastas as patas traseiras na terra , assim atirando areia nos olhos de meus pokémons , os dois são afetados danos assim diminui a mira deles paras os ataques. Kecleon abre sua boca e estica sua língua gigante tentando acertar Larvitar, mas quando o ataque ia acertar Larvitar , esse pula para cima e abre a boca  , a língua de Kelcleon é acertada pelo ataque de Larvitar que morda a língua dele  que se desespera e começa a correr em pânico pelo campo.

- Kecleon rápido recolha sua língua e use Fury Swipes - Disse Thunder.

Kecleon começou a recolher sua língua até que Larvitar que ainda estava mordendo a língua de Kecleon  fique em alcance das mãos do adversário que começam a brilhar atacando Larvitar com o ataque Fury Swipes , e fazendo esse largar sua língua. Eevee corre na direção de Zorua e se joga na direção deste , acertando com seu ombro o Zorua que cai rolando para trás , mas se levante logo , Larvitar usa Screech que da um grito muito alto fazendo com que Eevee e Kecleon fiquem distraídos.

- Zorua precisamos nos recompor , use Attract nos dois pokémons - Disse Hades

- Kecleon , despareça e depois use Bind em Larvitar e depois jogue esse - Falou Thunder.

Kecleon tornou-se transparente por causa de sua habilidade ! E Zorua usou Attract afetando somente Eevee que ficou olhando fixamente para Zorua. Kecleon aparece ao lado de Larvitar que se assustou com o aparecimento inesperado de Kelcoen e esse usa  Bind desenrolando sua cauda e enrolando em Larvitar a mesma , fazendo tudo isso em uma velocidade muito grande , depois esse começa a girar e continua segurando Larvitar, quando esse para de girar ele solta Larvitar que é arremessado para cima.

- Eevee rápido aproveite que Larvitar está no ar e use Tackle - Falou Gary.

- Zorua o empesa com Scratch - Falou Hades.

Eevee pula deixando um rastro luminoso por onde passa e está no caminho para acertar o Tackle em Larvitar que estava indefeso no ar , mas Zorua salta usando Scratch que acerta Eevee no ar , interrompendo o ataque deste em cheio , Larvitar consegue cair suavemente no chão.

- Obrigado Hades. Larvitar revide usando Sandstorm - Digo para ele.

Larvitar se concentra e uma grande tempestade de areia começa a se formar no campo, e ela permanece afetando Eevee , Kecleon e consequentemente Zorua , a tempestade continuaria causando dano nos pokémons conforme o tempo que durasse

- Eevee use Tackle no Zorua - Gary disse.

- Kecleon use Scratch em Larvitar e depois use Astonish em Zorua - Thunder deu o comando.

Eevee não obedece Gary por que ainda esta sobre o efeito do Attract e não pode atacar Zorua por estar apaixonado por está. Kecleon salta alto e cai usando Scratch em Larvitar , mas esse pula pra trás evitando o golpe , Kecleon gira para o lado começando a gritar e assustando Zorua que estava ao lado de Larvitar  , Kelceon corre atrás de Zorua gritando , quando chega perto dela ataca com seus braços Kelceon havia usado Astonhish. A tempestade continua no campo.

- Zorua vamos novamente use Scratch em Kecleon e depois use Attract nesse mesmo - Falou Hades.

- Eevee tente atacar Zorua com Tackle - Gary continuava persistindo.

- Larvitar use Bite em Eevee - Falei para meu Larvitar.

Zorua que estava perto de Kecleon use Scratch nesse mesmo , e esse cai , mas antes de Zorua executar o outro movimento , Eevee que não está mais sobre o efeito do Attract corre na direção de Zorua e da um golpe com seu corpo fazendo Zorua cair no chão debilitada.

- O primeiro pokémon há ficar fora de combate é Zorua de Hades - Falou Augusto

- Bem Zorua , volte - Falou Hades chateado.

Mas a batalha continuava , Larvitar saltou e acertou o Bite em Eevee , Larvitar balançou a cabeça e atirou Eevee longe , e esse que já havia levado muitos danos também cai no chão desmaiado.

- Eevee também fica debilitado , agora a batalha é entre Larvitar de Ayakashi e o Kecleon de Thunder - Comentou Augusto.

- Vamos acabar com isso Kecleon , use Fury Swipes em Larvitar - Disse Thunder.

- Larvitar use Bite nas mãos de Kecleon - Falei para Larvitar.

Kecleon veio correndo usando Fury Swipes , e Larvitar também foi correndo na direção dele com sua boca brilhando negro usando Bite.

- Agora Kecleon pule - Thunder falou inesperadamente.

Kecleon pulou e Larvitar passou por ele , Larvitar quando percebeu o movimento parou de correr , Kecleon caiu atrás dele e usou o Fury Swipes nas suas costas , Larvitar leva vários golpes e depois que os golpes param , Larvitar se ajoelha no chão e depois cai de cara no mesmo , Larvitar havia perdido.

- Larvitar está fora de combate , o vencedor da batalha é Thunder - Falou Augusto




Battle End



- Bem foi mais difícil do que esperava , isso mostra que temos que treinar mais em Kecleon - Falou Thunder acariciando seu pokémon.

- Você foi bom Larvitar , na próxima nós ganharemos , volte para a pokébola e descanse - Disse.

Logo depois que acabou Amy veio parabenizar Hades e eu pela empolgante batalha , Joy que estava observando tudo de uma janela nos chamou para comer alguma coisa.

- Então eu estava observando a batalha , vocês batalharam muito bem garotos ! - Disse ela - Deem seus pokémons aqui que curarei para vocês , e comam algo que em menos de uma hora o ônibus chegara.

Assim fizemos , comemos algo e ficamos conversando Augusto de despediu de nós e depois embarcou em sua aventura pela floresta. Joy veio nos entregar nossos pokémons um tempo depois , arrumamos nossas coisas e logo depois que fizemos isso o ônibus parou na frente , agradecemos e nos despedimos da a enfermeira Joy , e depois disso pagamos o motorista e subimos no ônibus que estava quase vazio , com exceção de dois meninos, sentei nos últimos bancos do Ônibus junto com Amy e Hades. Fiquei pensando em como participaria do Contest , que movimentos faria pensei em muita coisa , e foi pensando que peguei no sono.







Fim do Chapter 2º





Comentário do Autor

Spoiler:
YO minna ;D. Esse capítulo diferente do outro ficou grande, não sei se alguém vai ter saco pra ler até o fim ! Mas desculpa ai por ter demorado muito para chegar ao ponto principal da história , e no final por não ter dado muitos detalhes. Particularmente achei melhor que o primeiro capitulo , espero que gostem acima de tudo ;D Comente o que acharam e deem sugestões e criticas


Preview:
Amy , Ayakashi e Hades chegaram a Maucam , lá eles terão que se inscrever no contest , e depois treinar , eles treinarão na floresta que rodeia a cidade e lá encontrarão mais parceiros para acompanha-los na jornada.



Última edição por Ayakashi em Dom 14 Jul 2013 - 14:21, editado 4 vez(es)
avatar
Ayakashi
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/08/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The New World

Mensagem por Tsurugi em Qui 11 Jul 2013 - 22:06

Hey o/
Eu havia lido o primeiro capítulo e pensei ter comentado a fic, mas acabei esquecendo. Enfim, minha opinião é a mesma que a do Black quanto ao primeiro cap. Há muitos erros de ortografia, mas isso você arruma com o tempo.

Uma coisa que achei muito feia em ambos os capítulos são essas cores que você fica mudando, sério, isso deixa o texto muito feio e chato de ler. Fora que você escolher algumas cores que forçam a vista, se for pra botar uma cor diferente use ela com [*b][/*b] (tire o asterisco), ou melhor, nem use cores diferentes.

Eu ia sugerir botar a ficha dos personagens depois de cinco ou dez capítulos. Você começou botando uns personagens que nem apareceram ainda. Foi como o Black falou, isso tira o mistério dos capítulos iniciais. Mas acho que isso não vai ser problema, porque você demonstrou ter bastante criatividade com o segundo capítulo.

Aliás, tente melhorar na sua descrição. Ela está boa, mas nos diálogos você deixa as coisas muito simples. É tipo assim:

- Vai comprar pão de melão. - Disse.

Isso deixa a leitura muito maçante, mas também não exagere na descrição dentro dos diálogos. Se for pra fazer uma coisa assim, nem deixe o outro travessão. Só faça assim:

- Vai comprar pão de melão.

Tente deixar as batalhas um pouco mais emocionantes também, não faça um excesso de descrição. Mas também não deixe de detalhar ataques e cenas.

Enfim, aguardo pelo próximo capítulo. o/

Tsurugi
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 26/03/2012

Frase pessoal : Nuzleaf Rocks


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The New World

Mensagem por Black~ em Qui 11 Jul 2013 - 23:25

Bom, vamos lá.

Primeiro, não poste um capítulo logo um dia depois, ainda mais um capítulo grande, assim você afasta os leitores. Sugiro que você dê uns três dias de diferença pelo menos e faça uns capítulos menores, pois fica bem melhor de ler. E também capítulos muito grandes acabam enrolando muito pra ter pouca coisa, como por exemplo esse, mas enfim.

Eles conheceram novos personagens, que aparentam ser rivais, mas tipo cara, foi muito "boba" essa apresentação entre eles. Primeiro, o cara pergunta pros amigos se eles querem conhecer os jovens. Se ele quisesse conhecer ele ia lá e falava com eles, não acha? E também foi, meio "sem sal". Ele pergunta se estão em jornada e eles falam que não e pronto, sei lá, podia colocar algo mais, mas enfim.

Cara, essa batalha ficou muito grande e muito cansativa. Deu vontade de parar de ler em alguns momentos, pois não teve muita descrição e também foi muita mistura de golpe, nem terminava um, já tava em outro. Enfim, ficou cansativa e confusa.

Eu disse que não era a favor de cores pra cada fala de personagens, mas cores nos golpes eu apoio, até uso nas minhas fics. Mas cara, você exagerou bastante. Teve muito golpe no capítulo e acabou fazendo um carnaval de cores, o que fica chato de ler, mas enfim.

Uma coisa que não foi nenhum pouco aplicado nesse capítulo, foram as leis de vantagem e desvantagem. Porque o Larvitar tomou golpe normal e sofria dano normal, mas ele é de pedra, e pokémons de pedra são resistente a pokémons normais. Também o cara usou golpe fantasma no Zorua sendo que ele noturno, e noturno é resistente a fantasmas. Sei lá cara, é sempre bom respeitar as regras de vantagem numa fic.

A descrição deixou a desejar. As coisas se passaram bem depressa e ficaram confusas, principalmente a batalha, como eu já disse. E também entre os diálogos como citaram acima. Tenha mais cuidado quanto a isso, mas enfim.

Agora a repetição cara, foi muito grande, muito mesmo, sem exageros. Toda hora eu via "Kecleon", "Zorua", "Larvitar" e etc. Sugiro que você troque por sinônimos ou coloque descrições, como "o pokémon raposa", "o camaleão", etc.

Erros eu vi alguns, talvez até bastante, alguns ortográficos, mas não vou citar nenhum. Só vou dizer que você persistiu em colocar espaços entre a palavra à esquerda e a pontuação. Saiba que isso é errado, mas enfim.

É só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The New World

Mensagem por Ayakashi em Dom 21 Jul 2013 - 14:40

Olá, voltei novamente com um novo Chapter, demorou porque estava viajando. E já quero dar um aviso, que o próximo capítulo apenas em Agosto, pois vou viajar em férias. Espero que gostem! E vamos aos comentários.


Comentários.:

@Tsurugi escreveu:Hey o/
Eu havia lido o primeiro capítulo e pensei ter comentado a fic, mas acabei esquecendo. Enfim, minha opinião é a mesma que a do Black quanto ao primeiro cap. Há muitos erros de ortografia, mas isso você arruma com o tempo.

Uma coisa que achei muito feia em ambos os capítulos são essas cores que você fica mudando, sério, isso deixa o texto muito feio e chato de ler. Fora que você escolher algumas cores que forçam a vista, se for pra botar uma cor diferente use ela com [*b][/*b] (tire o asterisco), ou melhor, nem use cores diferentes.

Eu ia sugerir botar a ficha dos personagens depois de cinco ou dez capítulos. Você começou botando uns personagens que nem apareceram ainda. Foi como o Black falou, isso tira o mistério dos capítulos iniciais. Mas acho que isso não vai ser problema, porque você demonstrou ter bastante criatividade com o segundo capítulo.

Aliás, tente melhorar na sua descrição. Ela está boa, mas nos diálogos você deixa as coisas muito simples. É tipo assim:



Hey! Obrigado pelas críticas, eu coloquei a ficha de personagens agora pra as pessoas saberem de quem eu falo que as vezes fica meio confuso hehe. Tentarei deixar as batalhas mais emocionantes e enrolar menos também.
Obrigado
.



@Black~ escreveu:Bom, vamos lá.

Primeiro, não poste um capítulo logo um dia depois, ainda mais um capítulo grande, assim você afasta os leitores. Sugiro que você dê uns três dias de diferença pelo menos e faça uns capítulos menores, pois fica bem melhor de ler. E também capítulos muito grandes acabam enrolando muito pra ter pouca coisa, como por exemplo esse, mas enfim.

Eles conheceram novos personagens, que aparentam ser rivais, mas tipo cara, foi muito "boba" essa apresentação entre eles. Primeiro, o cara pergunta pros amigos se eles querem conhecer os jovens. Se ele quisesse conhecer ele ia lá e falava com eles, não acha? E também foi, meio "sem sal". Ele pergunta se estão em jornada e eles falam que não e pronto, sei lá, podia colocar algo mais, mas enfim.

Cara, essa batalha ficou muito grande e muito cansativa. Deu vontade de parar de ler em alguns momentos, pois não teve muita descrição e também foi muita mistura de golpe, nem terminava um, já tava em outro. Enfim, ficou cansativa e confusa.

Eu disse que não era a favor de cores pra cada fala de personagens, mas cores nos golpes eu apoio, até uso nas minhas fics. Mas cara, você exagerou bastante. Teve muito golpe no capítulo e acabou fazendo um carnaval de cores, o que fica chato de ler, mas enfim.

Uma coisa que não foi nenhum pouco aplicado nesse capítulo, foram as leis de vantagem e desvantagem. Porque o Larvitar tomou golpe normal e sofria dano normal, mas ele é de pedra, e pokémons de pedra são resistente a pokémons normais. Também o cara usou golpe fantasma no Zorua sendo que ele noturno, e noturno é resistente a fantasmas. Sei lá cara, é sempre bom respeitar as regras de vantagem numa fic.

A descrição deixou a desejar. As coisas se passaram bem depressa e ficaram confusas, principalmente a batalha, como eu já disse. E também entre os diálogos como citaram acima. Tenha mais cuidado quanto a isso, mas enfim.

Agora a repetição cara, foi muito grande, muito mesmo, sem exageros. Toda hora eu via "Kecleon", "Zorua", "Larvitar" e etc. Sugiro que você troque por sinônimos ou coloque descrições, como "o pokémon raposa", "o camaleão", etc.

Erros eu vi alguns, talvez até bastante, alguns ortográficos, mas não vou citar nenhum. Só vou dizer que você persistiu em colocar espaços entre a palavra à esquerda e a pontuação. Saiba que isso é errado, mas enfim.

É só e boa sorte com a fic.


Olá Black. Como eu tinha dito eles estavam prontos e só precisavam de grandes alterações, é eu acho que não sei fazer apresentação dos personagens mesmo hehe. Eu vou tentar moderar nas cores também, e eu não gosto de colocar assim "Larvitar tem vantagem e por isso não sofreu grandes danos", mas depois que re-li também vi que ficou muita repetição das palavras, não voltarei a cometer esse erro.
Obrigado!




3º Chapter - New's Pokémons




Os solavancos do ônibus me despertaram, dei um longo bocejo e estiquei os braços, me acomodando no banco estofado do ônibus abri os olhos e fiquei observando a paisagem pela janela o ônibus, mas a única coisa que havia para ver era a longa e infinita floresta que se estendia por vários quilômetros. A estrada piorava a medida a nos aproximávamos da cidade minhas mãos já estavam suando, apenas com a expectativa de participar do Contest. Coloquei meus pés no banco do lado, que estava vazio, Amy e Hades estavam no banco em frente ao meu, mas não ouvia algum barulho deles, deveriam estar dormindo então continuei observando a paisagem, pelo visto a velocidade o ônibus era lenta, fique pensando que teria que enfrentar meus amigos no Contest e isso não era uma coisa muito empolgante, mas eu estaria lá para ganhar! Assim perdido em meus pensamentos que mal percebi que um homem havia entrado no local onde ficavam os passageiros era o cara que ia na frente junto com o motorista ele só podia estar aqui para dar um aviso, fiquei esperando ele falar.

- Atenção! Passageiros, a cidade de Maucam está muito próxima, então vão se preparando para o desembarque. Deixaremos todos que
queriam desembarcar na cidade na estrada da mesma  – Assim avisou o homem e depois entrou na cabine do motorista.

Amy e Hades se acordaram com o movimento dentro do ônibus, disse há eles que deveríamos nos preparar para descer. Pegamos nossas mochilas e sentamos esperando para chegar na cidade a paisagem que antes era apenas árvores já começara a mudar, agora as casas que ficavam mais afastadas da cidade estavam começando a aparecer, as fazendas pokémons era repletas dos mesmos. Gary que estava mais para frente apareceu e sentou-se ao meu lado.

- Então Ayakashi, pronto para o Contest? – Perguntou Gary com uma expressão curiosa.

- Bem, não muito essa notícia de ter um Contest foi muito inesperada não tive tempo para treinar e Larvitar nunca treinou para isso –
Respondi há ele tristemente.

- Entendo, temos até amanhã para treinar logo depois que me inscrever no Contest irei me aventurar pela floresta que rodeia a cidade, nela há pelos pokémons verei se encontro um de meu interesse, você e seus amigos também deveriam fazer isso! – Disse ele enquanto olhava pela janela – Bem, acho que chegamos a Maucam.

Levantei com minha mochila nas costas e fui ao encontro de Amy e Hades que já estavam na pequena fila para desembarcar do ônibus, Gary veio logo atrás, quando olhei senti que faltava o Thunder, perguntei para Amy que estava na minha frente aonde esse tinha ido.

- Enquanto você dormia teve uma parada para quem quisesse desembarcar em outra rota e foi aonde Thunder desceu, ele desejou para nós uma boa sorte no Contest.

Fiquei meio decepcionado com a resposta, queria minha revanche contra ele. O ônibus parou e o motorista abriu a porta assim começamos a descer, quem desembarcou foram eu, Amy, Hades, Gary e outras duas meninas , no ônibus ainda havia ficado com três passageiros, logo que desci do ônibus percebi a bela entrada da cidade, em um grande arco dizia o seguinte em letras neon  “Bem-Vindo a Maucam” era uma coisa simples mas as letras em nenon é que chamavam atenção. Cheguei mais perto da estrutura de metal e percebi que nesse havia um cartaz colorido e chamativo colado na altura de minha cabeça que anunciava o Contest, lá dizia que era pra se inscrever no centro pokémon e as inscrições encerravam hoje, chamei meus amigos para ler isso, logo depois que todos leram e Hades comentou:

- Bem, temos que correr para nos inscrever nesse Contest!

Nós concordamos em nos inscrevermos logo, passamos por baixo do arco e estávamos finalmente em Maucam era uma cidade bem maior do que a minha, mas mesmo assim não era considerada uma cidade grande. Havia algumas pessoas na rua e brisa que estava no momento era muito confortável, Maucam era uma cidade bonita com muitas árvores e jardins e o seu chão de terra batida dava a ela um ar de uma cidade do interior. E também havia várias placas mostrando onde se localizavam os pontos importantes e o Centro Pokémon era um desses vi que a cidade tinha um posto policial e também um museu.

- É por aqui – Falou Gary seguindo uma rua.

Enquanto atravessávamos a mesma, uma moto passou muito rápido quase atropelando Amy que começou a chamar o motorista de várias coisas que não preciso citar e esse parou a moto. Amy ficou assustada e pensou que ele tinha parado por causa das ofensas que ela disse, mas na verdade eu percebi que ele havia parado pois havia caído uma pedra de uma sacola que ele carregava no braço, esse cara se levantou da moto para pegar a pedra e deu para perceber que ele se vestia com uma camisa branca e uma calça preta, quando esse terminou de sair da moto apareceu na esquina uma oficial Jenny que eram as agentes da lei, essa também estava em uma moto, o homem desistiu de pegar a pedra e subi-o na moto novamente e deu para perceber que nas costas da camisa deste havia um U roxo, o cara estranho acelerou a moto a toda a velocidade e logo perdemos ele de vista. A oficial Jenny parou na nossa frente com sua moto e perguntou:

- Vocês estão bem ? – Ele perguntou e todos assentimos – Que bom, aquele homem roubou um fóssil de nós.

- Fui eu recuperei – Disse Hades com a pedra na mão.

- Sério? Então isso o torna um herói – Disse Jenny – Como recompensa eu dou esse fóssil a você.

- Não acredito, mesmo? – Disse Hades que queixo caído – Bem, eles não são raros.

- A, não muito, temos mais alguns no museu – Disse ela rindo – Para ressuscitar seu fóssil vá a o museu que eles tem a máquina essencial para isso.

Dito isso Jenny sobe em sua moto e da um tchau abanando a mão e acelera, todos ficamos olhando para Hades com olhares repreensivos.

- O que? Tecnicamente eu achei isso mesmo, estava no chão eu peguei e achei – Disse ele se defendendo e colocando o fóssil em sua mochila.

Continuamos seguindo o caminho centro Pokémon embora todos tenham achado estranho o que acabara de ocorrer acabamos ignorando o fato. Depois de caminharmos mais duas ruas chegamos ao centro Pokémon, abrimos a porta de vidro e adentramos no mesmo. O centro estava com poucas pessoas nesse horário, todos já deviam ter se inscrito.

- Finalmente chegamos! – Disse Gary – Agora vamos nos inscrever logo.

Andamos até a Joy, que estava atrás de seu balcão marrom, nos dirigimos na direção da enfermeira que estava lá pronta para nos receber.

- Olá jovens treinadores – Joy falou rindo – O que deseja?

- Bom dia Joy, soubemos que é aqui que nos inscrevemos para o Contest – Falei – E como que nos inscrevemos?

- É aqui sim, para se inscreverem é só me darem suas Pokedex’s que depois que eu passar seus dados já estarão inscritos. Todos irão se
inscrever?  – Perguntou ela e respondemos que sim – Ótimo.

Começamos a procurar as Pokedex, e um a um fomos entregando a Joy. Enquanto esperávamos que a enfermeira copiasse nossos dados Gary disse a todos que depois que pegasse a sua Pokedex iria partir para se aventurar na floresta e que passaria a noite lá também. Amy disse que não gostaria de passar uma noite na floresta, a não ser que fosse extremamente necessário, e eu concordei com ela.

- Acabei de passar os dados – Joy chama a nossa atenção –Vocês estão oficialmente inscritos no Contest de Maucam, que será realizado amanhã com inicio ás 3 horas da tarde! Boa sorte meninos.

- E menina – Falou Amy rindo enquanto pegávamos nossas Pokedex – Joy você sabe aonde tem uma pousada? Ou algo que pudéssemos ficar a noite.

- Aqui mesmo é um lugar aonde podem ficar! – Responde a Joy – Nós temos uma pousada especial para treinadores sem nenhum lugar para ficar que fica atrás do centro. É só virem mais tarde e pegar a chave do quarto.

Agradecemos a Joy e depois de todos pegarem as Pokedex fomos até o centro da cidade, que era apenas atravessar a rua. Lá decidimos para onde iriamos.

- Até amanhã pessoal – Disse Gary – Como já avisei vou passar a noite na floreste e só volto na hora do Contest, boa sorte em seu treinamento.

- Bem, eu vou para o museu deixar o fóssil lá e treinarei pela cidade mesmo – Falou Hades.

- Eu irei para a floresta que rodeia a cidade – Disse Amy.

- Eu também, mas por um lugar diferente  – Falei.

Depois de uma despedida formal cada um foi para um lado, eu fui para o sul. Desci algumas ruas e logo vi uma rota, na verdade a estrada da cidade juntava-se com a rota e essa era ladeada por árvores, segui a rota por um momento e depois decidi entrar na floresta escura e assim fiz. Entrei na floresta enorme, tinha que ter cuidado para não me perder mas assim que andei uns passos vi uma pequena estrada que devia ser feita pelas pessoas que vinham na floresta, depois continuei andando e pensando em como estavam os outros.


POV - Amy


Depois de ter me separado dos outros, fui para o Norte e por esse caminho logo achei uma rota que levava a floresta, gostei dessa cidade pela quantidade de placas que tinha e uma delas me levou a um lugar lindo na floresta! Nesse lugar havia um pequeno riacho e as árvores ficavam um pouco afastadas assim tinha um bom lugar com apenas grama, que seria perfeito para treinar os movimentos de Skitty. Assim que achei o lugar lancei a pokébola para cima assim liberando a Skitty.

- Vamos treinar aqui Skitty – Disse chamando a atenção dela que perseguia o próprio rabo –Vamos começar, deixe eu ver alguns ataque que podem dar uma boa combinação , use Attract e depois acerte os corações com Doubleslap.

Skitty saltou para cima e começou a usar Attract , assim começou a girar no ar fazendo com que os corações ficassem a rodeando , e depois com elegância sua cauda começou a brilhar e começou a acertar os corações e esses explodiram fazendo pequenas explosões de brilho e esse brilho estava caindo

- Perfeito Skitty, agora termine com Tackle passando por baixo do brilho – Falei deslumbrada.

Skitty correndo usando Tackle e passou exatamente quando  brilho estava caindo, assim esse grudando nela, e assim terminou com seu pelo todo brilhante.

- Isso mesmo, vamos fazer mais vezes – Disse entusiasmada.

Assim repetimos a mesma coisa, e cada vez que fazíamos isso o brilho aumentava parecia estarmos pegando o jeito, quando íamos fazer a mesma coisa pela décima vez, senti uma coisa atrás de mim e quando olhei para trás não havia nada! Depois um riso de menina assustador já que havia eu e Skitty ali.

- Skitty, vamos sair daqui – Disse com medo.

Havia uma nuvem na frente do sol, quando peguei Skitty no colo e me virei para ir embora observei uma pequena criatura flutuante seu corpo parecia ser transparente como uma fumaça totalmente roxa, quando a fumaça se virou meu queixo caiu, era uma Misdreavus quando vi ela meu coração deu um pulo de alegria, desde pequena eu sonhei com esse Pokémon fantasma.

- Skitty, mudança de planos, vamos lutar – Disse totalmente determinada – Mas antes vou analisar esse pokémon, Pokédex.



Pokédex – On.


Name: Misdreavus
No.: 200
Type: Ghost
Abilities: Levitate
Height: 70cm
Weight: 1kg


Pokédex – Off.



Misdreavus não parecia preocupada com o desafio, penso eu que ela se garantia e era um Pokémon assim que eu desejava!

- Vamos lá minha gatinha, use Foresight assim ela poderá ser afetada por nossos golpes. Em seguida use Doubleslap.

Skitty olhou para Misdreavus com seus olhos brilhando em vermelho e repente o corpo de Misdreavus que parecia ser gasoso e transparente ficou "sólido" ou com uma aparência mais sólida, o Foresight havia funcionado, Skitty pulou e com sua cauda brilhando acertou dois tapas em Misreavus que parecia desrespeitada, e a pequena fantasma se entregou ao desafio.

- Agora que a batalha começa, Skitty use Tackle.

A gatinha rosa começou a correr na direção de Misdreavus, mas essa antes de ser atacada revidou com Psywave o corpo da fantasma ficou contornado com uma linha azul, Misdreavus lançou as suas onde psíquicas que pararam o ataque de Skitty e essa foi lançada longe.

- Vamos continuar Skitty, levante-se e use Copycat – Falei – E em seguida utilize Tail Whip.

Skitty se levantou e usou Copycat, esse movimento permite copiar o ultimo ataque usado, então Skitty usou Psywave era a vez da pequena bolotinha rosa ficar brilhando em azul, as onde psíquicas acertaram Misdreavus que sofreu muitos danos, e esta usou Astonish assim ela ficou com uma cara assustadora, os cabelos de Misdreavus ficaram para cima e sua cara de menina foi substituída, assim ela começou a perseguir Skitty , que ficou desesperada correndo de Misdreavus , depois do ataque ter acabado Skitty começou a balançar suas cauda usando Tail Whip assim atraindo a atenção de Misdreavus.

- Temos que acabar com isso agora Skitty – Disse – Use Doubleslap.

Skitty pulou a com sua cauda brilhando e acertou dois tapas em Misdreavus que ficou furiosa e usou Psybeam , enquanto Skitty ainda estava pulando , assim acertando essa que caiu no chão  e com uma raiva muito grande Skitty usou um movimento que nunca tinha visto, a cabeça dela começou a brilhar apontei a pokedex e ela disse que minha gatinha estava usando "Zen Headbutt" e ela saltou com a sua testa brilhando azul e acertou Misdreavus que levou um impacto tão grande que caiu no chão, Misdreavus estava fraca e não conseguia se erger.

- É agora, Pokebola vai – Disse.

A pokébola acertou Misdreavus e o raio vermelho cobriu Misdreavus e a sugou para dentro da pokébola que começou a tremer, deu três tremidas e depois parou, o que significava que Misdreavus fora capturada.

- Consegui – Gritei – Eu consegui, nós conseguimos Skitty.

Peguei Skitty em um abraço apertado, e caímos no chão, minha emoção era tão grande! Capturei meu primeiro pokémon depois do memento de euforia, comecei a treinar novamente mas desta vez com meu novo pokémon, Misdreavus.






POV - Ayakashi



Seguia corajosamente floresta adentro andei com passos curtos seguia o caminho de uma pequena trilha, assim não me perderia, fiquei preocupado com Amy, essa preocupação passou logo que avistei uma clareira um belo lugar para treinar, havia um lugar sem árvores e essas rodeavam esse lugar assim peguei minha pokébola e joguei para o alto, dela saiu meu pequeno e pesado Larvitar ele tocou o solo e começou a pular, a excitação era evidente.

- Bem Larvitar, vamos treinar uma combinação – Disse para ele e este pareceu pronto.

Mas uma coisa iluminou as árvores por trás de Larvitar, um fogo roxo que se destacou na escuridão da floresta que nos rodeava. Quando vi a iluminação ficou mais intensa, Larvitar se virou e saindo da floresta havia uma pequena vela, mas com uma chama enorme saindo de seu pavio, elas foram pulando até entrar na clareira. Vi que era um Litwick, e este estava com uma cara travessa.

- Teremos uma batalha aqui Larvitar, preparasse – Disse a ele – Vamos analisar este Litwick.



Pokédex – On.


Name: Litwick
No.: 607
Type: Ghost/Fire
Abilities: Flash Fire/Flame Body/Shadow Tag
Height: 30cm
Weight: 3.1kg


Pokédex – Off.



O Litwick olhou assustadoramente para Larvitar e seu olho ficou vermelho, logo depois esse abriu sua boca e um enorme redemoinho de fogo saiu da mesma, era o ataque Fire Spin, saltei para o lado para não ser atingido, Larvitar foi engolido pelas chamas, mas logo depois que o ataque acabou ele estava lá, era muito resistente contra ataques de fogo.

- Larvitar use Sandstorm – Disse para ele.

Larvitar começou a bater os pés no solo, assim uma enorme tempestade começou a se formar redemoinhos de areia se formavam no meio do local, mas Litwick não temeu e inflou seu corpo e soltou um monte de pequenas partículas de fogo era o Ember, o ataque acertou Larvitar que não levou altos danos.

- Está bem Larvitar? – Perguntei para ele e esse fez um aceno com a cabeça – Vamos detonar aqui! Larvitar use Scary Face no Litwick e use Bite no mesmo, e depois jogue a vela e use Rock Slide.

Larvitar encarou com uma cara séria e assustadora, Litwick que ficou paralisado o Scary Face havia funcionado, Larvitar correu usando Bite ele saltou e mordeu a vela ambulante, mas logo que mordeu soltou. Como não me lembrei que os ataques físicos podia deixar o meu pokémon em chamas e assim ele ficou, Larvitar que estavam no efeito burn se recompôs e pulou para longe de Litwick e usou Rock Slide ele balançou seus braços curtos e no céu surgiram pedra que caíram em cima de Litwick. Este sumiu quando as pedras caíram ele devia estar por baixo das pedras, tinha que acha-lo Larvitar começou a tirar as pedras e eu estava indo ajudar o meu pokémon quando vi que as pedras começaram a ficar quente, Litwick devia estar usando um ataque de fogo por que Larvitar saltou assustado e começou a correr enlouquecido levantando as mãos para o alto pois devia estar queimadas. Logo depois disto uma das rochas se desloca e rola até o solo, do lugar que esta caiu surgiu o Litwick todo sujo e cheio de poeira, ele estava muito debilitado e não iria aguentar mais uma sequencia de golpes então decidi e ele seria meu.

- Venha fazer parte do meu time Litwick – Disse – Pokébola vai.

Lancei a pokébola e ela acertou Litwick que estava no alto do monte de pedras, o brilho vermelho o cobriu e depois o sugou para dentro da esfera, essa caiu no chão e começou a tremer, esperei ansiosamente e enfim a pokébola parou de tremer então eu havia capturado um Litwick, assim depois que ele foi capturado a pokébola abriu e Litwick apareceu, pelo visto era um pokémon rebelde que não gostava da pokébola.

- Litwick, bem vindo – Disse e para minha velinha – Agora quero que me mostre seus movimentos.

Litwick entendeu o que falei, foi para meu lado e depois começou. Litwick abriu a boca e usou Ember, assim as pequenas mas muito brilhantes partículas de fogo acertaram o chão, que ficou um pequeno espaço em chamas, mas logo essas se apagaram. Minha velinha depois utilizou Smog, ele abriu sua boca e dela saiu da boca dele uma fumaça roxa, eu e Larvitar nos afastamos um pouco por que a fumaça era venenosa também, Litwick começou a girar e a fumaça o destacou o deixando no centro, esso era um bom ataque para combinações.

- Muito bom Litwick – Disse para ele – Continue.

Litwick ficou feliz com meu elogio, e pulou alto para o tamanho dele e de cima utilizou Fire Spin, o enorme redemoinho de fogo acertou o chão de terra, assim fazendo esse ficar com uma enorme marca de queimado, Litwick continuou, de seus olhos saiu um raio preto era o Night Shade e com esse ataque ele começou a girar, e assim atacando todas as árvores, esse era outro ataque que eu havia gostado.

- Muito bom Litwick, mas já é o horário combinado para me encontrar com os outros – Disse – Vamos indo.

Assim começamos a andar percebi que estava anoitecendo, voltei atravessando o caminho que havíamos andado até chegar na rota principal andei mais umas quadras e cheguei a o centro da cidade que era aonde havia nos separados, quem estava me esperando sentada em um banco que havia na calçada estava Amy rindo para um pokébola que segurava, parei na frente desta e apenas assim ela me notou ele ia falar alguma coisa quando viu meu Litwick pulando ao lado dela no banco.

- Olá Amy.

- Hum, oi – Disse ela ainda observando o Litwick – Que criatura é esta?

- Não é nenhuma criatura pro seu interesse – Disse – Este é Litwick meu novo pokémon.

Ela riu e jogou a pokébola que antes estava em sua mão para o alto, essa tocou no chão e seu abriu, desta saiu um brilho e esse brilho começou a formar uma forma pequena acima de minha cabeça.

- Conheça minha Misdreavus – Disse ela no momento em que o brilho se dissipou.

Ficamos discutindo para ver qual era melhor, mas no fim não chegamos a conclusão alguma e decidimos esperara Hades no centro pokémon. Assim entramos neste e quem estava falando com a Joy era Hades.

- Hades, aqui – Disse chamando a atenção deste – Era para nos encontrarmos no centro da cidade, não no centro pokémon.

Ele ficou me olhando com cara de tacho e começou a reclamar!

- Mas enfim, olhem só – Disse ele tirando uma pokébola do bolso e a jogando para o alto – Esse é meu Anorith.

Um pokémon com aparência velha, ele tinha uma forma estranha parecia uma aranha misturada com algo que eu não sei o que parece.

- O que acharam? – Perguntou ele.

- Maneiro – Disse Amy – Eu acho, olhe o meu então.

Misdreavus apareceu ao lado de Anorith, Litwick foi ao outro lado. Então esses erão os novos membros da turma.

- Bem, não sei vocês, mas eu tenho que treinar – Disse Hades.

Nós concordamos com isso e fomos para o campo de treino do centro, lá treinamos muito e decidimos o que iriamos fazer para amanhã, Litwick seria a minha estrela e usaria ela nas apresentações, já Amy estava confiante que sua Misdreavus seria a pokémon perfeita para isso e a Zorua Shiny de Hades iria concorrer na apresentação também. Treinamos muito, utilizei varias combinações com Litwick, mas depois de um tempo o sol se pôs e nós fomos pegar as chaves com a Joy. Subimos até a pousada e lá tiramos uma boa noite de sono.






Fim do Chapter 3º



Comentário do Autor

Spoiler:
Yooo minna ;3 Obrigado por ler esse Chapter todo, sei quer foi entediante e alguns nem leram todo (Volte e leia todo -.-) .Queria saber o que acharam dos outros protagonistas terem sua parte de narração? Respondam isso no comentário (Claro que a narração desses personagens será apenas em partes importantes)
É isso pessoal Wink

PREVIEW:
Ayakashi , Amy e Hades se preparam para o Contest , lá eles irão encontrar os amigos já conhecidos e também outros Coordenadores. Aguarde e verás quem ganhara á fita de Maucam nó próximo Chapter - The Contest First Step



Última edição por Ayakashi em Qui 1 Ago 2013 - 17:32, editado 1 vez(es)
avatar
Ayakashi
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/08/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The New World

Mensagem por Black~ em Ter 23 Jul 2013 - 16:32

Bom, vamos lá.

Capítulo não achei muito bom, só o final que trouxe as capturas, que foi a parte importante do capítulo. Sei lá, eu não sou muito fã de muitas enrolações nos capítulos, eu já gosto de ser direto, mas cada um é cada um né -q, mas enfim.

Além de tudo ficou bem confuso, muita escassez de vírgulas e os fatos foram muito rápidos, eu diria. Eu não sou fã de ficar trocando a narração, cada personagem narrando uma parte, ponha uma narração em terceira pessoa, assim permite uma melhor narração, ai pode narrar o que cada um faz, sem trocar.

Uma coisa que não entendi, foi tipo, ok, o Ayakashi capturou o Litwick, ai depois ele pede pro pokémon mostrar os golpes, mas ai o pokémon já mostra como se fosse um contest, mesmo sem ele pedir, tipo, ficou meio sem sentido, mas né, enfim.

Bom, você disse que não quer colocar tão óbvio aquela coisa de vantagem e desvantagem, mas acho que a imunidade deveria ser preservada. Ok, o Skitty usou o golpe lá e podia atacar a Misdreavus, mas porque o Astonish fez efeito no Skitty sendo que ele é normal e o golpe é fantasma? Mas enfim.

Eu disse das vírgulas acima, mas não vou citar. Além de tudo eu vi vários erros, tipo quando era pra ser "a", estava "há", sendo que esse último serve pra indicar tempo passado, ou representar o verbo "haver". Claro, tiveram outros, mas não estou a fim de citar.

A repetição foi bem intensa cara, sugiro que você troque por sinônimos, pois fica chato ler a mesma coisa várias vezes. Você repete muito os nomes, tipo "Larvitar" e "Litwick", poderia trocar por "dinossauro" e "vela", por exemplo, mas enfim.

A descrição dava pra melhorar também, pois a batalha ficou meio rápida e confusa, foi tudo muito embolado, sem grandes explicações, mas enfim.

É só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The New World

Mensagem por Ayakashi em Dom 4 Ago 2013 - 2:45

Saindo direito do forno um grande Chapter, mas antes responder os comentários.

Comentários :

@Black~ escreveu:Bom, vamos lá.

Capítulo não achei muito bom, só o final que trouxe as capturas, que foi a parte importante do capítulo. Sei lá, eu não sou muito fã de muitas enrolações nos capítulos, eu já gosto de ser direto, mas cada um é cada um né -q, mas enfim.

Além de tudo ficou bem confuso, muita escassez de vírgulas e os fatos foram muito rápidos, eu diria. Eu não sou fã de ficar trocando a narração, cada personagem narrando uma parte, ponha uma narração em terceira pessoa, assim permite uma melhor narração, ai pode narrar o que cada um faz, sem trocar.

Uma coisa que não entendi, foi tipo, ok, o Ayakashi capturou o Litwick, ai depois ele pede pro pokémon mostrar os golpes, mas ai o pokémon já mostra como se fosse um contest, mesmo sem ele pedir, tipo, ficou meio sem sentido, mas né, enfim.

Bom, você disse que não quer colocar tão óbvio aquela coisa de vantagem e desvantagem, mas acho que a imunidade deveria ser preservada. Ok, o Skitty usou o golpe lá e podia atacar a Misdreavus, mas porque o Astonish fez efeito no Skitty sendo que ele é normal e o golpe é fantasma? Mas enfim.

Eu disse das vírgulas acima, mas não vou citar. Além de tudo eu vi vários erros, tipo quando era pra ser "a", estava "há", sendo que esse último serve pra indicar tempo passado, ou representar o verbo "haver". Claro, tiveram outros, mas não estou a fim de citar.

A repetição foi bem intensa cara, sugiro que você troque por sinônimos, pois fica chato ler a mesma coisa várias vezes. Você repete muito os nomes, tipo "Larvitar" e "Litwick", poderia trocar por "dinossauro" e "vela", por exemplo, mas enfim.

A descrição dava pra melhorar também, pois a batalha ficou meio rápida e confusa, foi tudo muito embolado, sem grandes explicações, mas enfim.

É só e boa sorte com a fic.



Hi Sir.Black. Primeiramente agradeço o comentário, seus comentários tão me ajudando muito ultimamente. Falando sobre enrolações, eu enrolo, sei que isso é chato, principal emente neste capítulo tem muita enrolação, vou tentar dar uma diminuída nela nos próximos capítulos.Sobre a narração de cada personagem eu irei manter, pois agora que comecei seria ruim "meter" uma terceira pessoa, isso fica pra próxima fic. E sobre o Litwick, eu diria que ele já tem uma "alma" para contest, por isso os golpes em forma de apresentação, já o golpe ter acertado Skitty foi descuido meu e não ira se repetir.
Então é isso, espero que continue comentando!



4º Chapter - The Contest First Step



Caminhando de um lado para o outro nervoso, era assim que me encontrava, ainda era cedo da manhã e eu já estava acordado, havia decido da pousada e estava no centro Pokémon esperando a Joy recuperar meus pokémons. Era o único acordado nesse horário, muito ansioso eu estava para o primeiro Contest, pensava se seria assim todas ás vezes, estava imerso em meus pensamentos quando a Joy me chamou.

- Ayakashi querido, aqui estão seus pokémons.

- Obrigado Joy – Falei indo na direção dela.

- Está ansioso para o Contest não é mesmo? – Perguntou ela e respondi um sim baixo – Saiba que eu serei uma jurada!

Olhei pra ela surpreso, ela me disse que avaliaria a saúde e se os pokémons estariam bem cuidados, Joy me contou também que a Policial Jenny da cidade também iria julgar no concurso e essa julgaria a força e habilidade dos pokémons.

- Muito interessante isso, mas são três jurados não é mesmo? – Perguntei a ela querendo saber mais.

- Sim são, mas já de informações de mais! – Disse ela rindo – Mas quem ira apesentar todos os Contest da nossa região será o Johan.

Depois de receber essas curtas informações e de ter pegado meus pokémons, pensei onde iria treinar meus movimentos, tinha que treinar a beleza e graciosidade dos golpes de Litwick.

- Joy, quando meus amigos acordarem, diz a eles que eu fui treinar? Assim encontrarei com eles no Contest.

- Certo, direi – Respondeu ela.

Despedi da Joy e fui a um dos centros de treinos da cidade, não era longe o local e chegando lá percebi que havia apenas mais um treinador, esse tinha cabelos longos e vermelhos muito incomuns e ele estava treinando um Pokémon que era pequeno e preto, quando me viu retornou o Pokémon para o pokébola e saiu com cara de nojo me deixando sozinho no local.

- Bem vamos aproveitar isto – Disse pegando a pokébola – Vai Litwick, vamos treinar.

A pequena vela saiu e parecia pronto para o treino, com uma grande animação e determinação também, olhei no relógio de pulso e percebi que dava pra treinar algumas horas.


~x~


Treinamos por várias horas, com apenas uma pausa para comer um lanche que havia levado. Enfim havíamos feito várias combinações falhas e algumas que deram certo, mas no final estava pronto pro Contest, pelo menos eu achava que estávamos pronto. Litiwck estava muito cansado e na hora que era não daria tempo de voltar ao centro Pokémon, então dei a ele uma poção que havia vindo dentro de minha mochila e dei para ele beber, isso iria recuperar as forças dele, depois disto lancei a pokébola e está cobriu Litwick com o brilho vermelho e o sugou para dentro da esfera.

- Bem, agora vamos para o Contest – Disse para mim mesmo nervoso.

O Contest não ficava longe daquele lugar, era apenas andar algumas curtas quadras do local de onde estava então parti para lá. Não tinha visto o lugar que onde seria o Contest, mas logo avistei de longe, o estádio circular se erguia altamente no centro da cidade, era fechado em cima com vidros pelo que dava para ver, e nele havia uma grande placa dizendo “Pokémon Contest”. Eram ali que começaria o meu primeiro passo como Coordenador juntamente com vários outros, então cheguei à frente e olhei novamente para o estádio e decidido abri a porta, lá dentro havia uma fila para os espectadores e outra para competidores, nesta só havia o menino ruivo que eu tinha encontrado no centro de treinos, entrei na fila atrás deste e ouvi a mulher perguntar o nome dele e ele responder “Leroy” o disse secamente, depois ele entregou a pokédex a ela que leu os dados e devolveu o aparelho a Leroy e esse passou para a sala onde ficam os competidores.

- Olá – Disse a mulher – Qual o seu nome? E pode me entregar sua Pokedex, por favor.

- Olá, meu nome é Ayakashi – Disse entregando o aparelho vermelho a ela.

Ela pegou a pokédex e abriu e depois leu as informações que estava escrita ao lado interior do aparelho, feito isso me devolveu e me desejou boa sorte, agradeci e desci as escadas, percebi que quando fiz isso estava dentro de uma sala com mais vinte e um coordenadores mirins, a sala não era muito espaçosa mas tinha várias bancos nas laterais e em um deles estavam sentados Amy, Hades e Gary. Eles me acenaram e eu fui à direção destes.

- Olá pessoal – Disse a eles.

- Oi Ayakashi – Disse Amy – Por que saiu hoje de manhã?

- Queria treinar sossegado – Disse a ela rindo amarelo.

Falei com todos eles, Gary disse que havia passado uma bela noite de sono na floresta e que tinha um novo Pokémon, mas que não iria mostrar agora.

- Ele está fazendo esse suspense desde que chegou aqui – Disse Hades.

Conversamos um pouco mais, mas sem mais delongas desceu a atendente que estava no balcão anteriormente, ela veio avisar que o concurso começaria daqui a dez minutos e que era para nos prepararmos, estava com a combinação de Litwick na ponta da língua, a sala ficou silenciosa a partir deste momento, todos estavam aguardando o inicio do concurso.


~x~


- Atenção a todos – Disse uma voz grave em um microfone – O grande Contest de Maucam se iniciará a partir de agora!

Os autofalantes que ficavam dentro da sala dos competidores anunciaram o inicio do Contest, e depois seguido por gritos da multidão. Peguei um dos selos que eu tinha em minha mochila e coloquei na pokébola de Litwick e assim estava preparado. A mulher entrou de novo, mas desta vez com uma lista na mão, e ela distribuiu um microfone de roupa para nós colocarmos.

- Vamos começar, o primeiro competidor é Gary – Anunciou a mulher.

Gary levantou nervoso, e nós sorrimos para ele para dar apoio. Ele seguiu a mulher que abriu outra porta dentro da sala que dava para mais escadas, fiquei observando na TV que tinha na sala a apresentação de Gary. O estádio era com um piso de madeira com um símbolo de uma fita no centro, e um alto lugar para cima para os pokémons voadores e mais nada depois disto. Pela TV deu para ver que um homem que deveria ser o Johan foi falar com Gary que estava no centro do palco, e depois que este saiu ao redor do centro do palco o piso de madeira se abriu e neste começaram a encher de água, então o estádio estava assim: o centro do palco com um bom espaço para Gary e na volta deste, apenas água.

- Senhoras e Senhores – Disse com sua voz saindo nas caixas de som – Meu nome é Gary, e eu usarei o meu Carvanha.

Gary jogou sua pokébola para o alto e essa se abriu assim um grande Carvanha saiu de lá rodeado por faixas amarelas que se contorciam no ar! O selo era uma boa escolha para esse Pokémon, o peixe caiu na água que ficava ao redor de Gary e já receberam aplausos.

- É isso, vamos começar Carvanha – Disse Gary feliz.


~x~


Depois da bela apresentação de Gary, ele tinha usado os golpes de seu Carvanha muito habilmente, usar o Aqua Jet para fazer o Carvanha ir para o alto foi uma grande ideia. Gary tinha recebido muitas palmas e recebido vários elogios dos jurados, recebeu uma nota de 8.1 uma boa nota. Gary saiu do palco e veio falar conosco.

- Muito boa sua apresentação Gary – Dissemos para ele.

- Muito obrigado pessoal – Disse ele – Eu não estava muito confiante antes, mas vocês viram que mais é jurada? A Lucya, a professora da região.

Ela era um ícone para todos nós em Opala, e agora estava julgando o Contest que eu iria participar, era algo surreal.


~x~

Tinha ido mais cinco competidores depois de Gary, mas nenhum tinha ido tão bem como ele, todos haviam tirado abaixo de 7 pontos, então voltou o menino que tinha ido e a mulher informou outro nome.

- Continuando, agora é a vez de Leroy – Disse ela.

O menino ruivo e arrogante se levantou e subiram as escadas, Johan mais uma vez anunciou o competidor e depois de falar com o mesmo, um campo de pedras se ergueu a volta do centro do palco.

- Vamos, Sneasel comece o seu show – Disse ele rindo.

Uma pokébola foi jogada para o alto e quando esta tocou o solo um pequeno Pokémon ninja apareceu, ele tinha garras afiadas e alguns detalhes vermelhos. Ele começou as combinações, fizeram o chão congelar com Icy Wind e depois Sneasel patinava graciosamente, depois começou a destruir as pedras congeladas, causando uma explosão de brilho. O resto da apresentação foi tão bom quanto o inicio e Leroy recebeu uma nota de 9 a melhor até o momento. Leroy voltou para a sala dos competidores e se sentou calmamente no banco que ocupava, todos demos parabéns a ele, mas esse não agradeceu. A mulher timidamente chamou mais uma menina e essa se apresentou terrivelmente, tendo a menor nota de todos.

- Como assim – Gritava ela – Eu fui tão bem.

- Não chore Laff – Disse um menino ao lado dela – Você conseguira na próxima tenho certeza.

Esse menino se chamava Kaay, ele já tinha se apresentado e ganhou uma nota razoável 7, ele havia feito uma boa apresentação com sua Tangela. Já diferente da menina que tirara 5 com uma apresentação com um Corsola.

- Vamos continuar pessoal – Falou a mulher – Agora é a vez de Ayakashi.

Meu coração começou a bater mais forte, olhei para meus amigos assustado, mas o olhar deles era encorajador, levantei do banco e fui andando até o centro do palco, Johan já havia anunciado meu nome e foi falar comigo, perguntou qual campo eu queria e me mostrou um papel que dizia os tipos. Escolhi o campo de rochas, e depois que o campo mudou ao meu redor eu podia começar.

- Vamos Litwick – Falei.

Lancei a pokébola para o alto e lá ela se abriu, meu Pokémon vela saiu da pokébola envolvido por uma bola escura, mas ao mesmo tempo transparente e essa bola bateu no chão, quicou e voltou para cima e lá em cima ela explodiu em brilho escuro, liberando Litwick.

- Quando tocar ao solo Litwick use Smog girando – Disse – E depois utilize Ember para cima.

A vela pousou em cima de uma rocha, o fogo que ficara em cima de sua cabeça aumentou e ele começou a girar em cima da rocha liberando uma fumaça roxa que ia a forma de redemoinho para cima, depois que Litwick parou de usar o Smog este se espalhou pelo espaço acima, depois a velinha abriu a boca e mirou para cima e foram lançados vários fragmentos vermelho que se misturaram a fumaça, fazendo uma pequena “galáxia” cheia de “estrelas” lá em cima, mas logo o efeito do Ember acabou. Recebemos vários aplausos da plateia.

- Continuemos – Disse animado – Use Will-O-Wisp daquele jeito que treinamos.

Litwick fechou os olhos e o fogo em sua cabeça ficou muito grande e azul, pequenas esferas de fogo azul começaram a aparecer à volta dele, os fragmentos de chamas começaram a circular seu corpo. As chamas azuis começaram a subir alto, até a “galáxia” e entraram dentro desta, destacando o fogo azul dentro da fumaça roxa, então o circulo de chamas começou a girar muito mais rápido fazendo assim uma luz azul no meio daquilo tudo. Depois de um curto tempo com aquele efeito o circulo para e se aproxima até virar apenas uma grande bola de fogo azul que explode lá no alto, fazendo um brilho azul e roxo chover em todo o palco, dando um contraste bonito e grudando nas rochas aquilo até parecia solo de outro planeta.

- Finalizando – Disse ao meio das palmas – Litwick, seguro o Night Shade e o Fire Spin, largando os dois ao mesmo tempo.

Litwick pulou da rocha e tocou no solo de pedra, no seu pavio ficou coberto por uma escuridão que se acumulava cada vez mais, e a vela também abriu a boca e desta um brilho vermelho aumentava. Os dois ataques foram largados ao mesmo tempo, o raio negro e o redemoinho de fogo seguiam horizontalmente se entrelaçando um no outro passando tão rápido pelo palco que no momento que ia se chocar contra a plateia os ataques sobem no ar e lá se separa, cada um vai para uma extremidade do campo e fazendo um arco voltam ao solo e um encontro final, quando eles se chocam no centro do palco, perto de onde eu estava faíscas pretas saíram e brasas foi o que sobrou dos ataques.

- Muito boa apresentação – Disse Johan ao meio das palmas.

Fiquei de frente aos jurados, observando eles, Lucya se levantou e falou.

- Fiquei admirada com as exuberantes combinações que fez – Disse ela séria – Mas faltou um pouco de fofura, sua nota foi 8.3 parabéns.

Direcionei-me ao local onde estava anteriormente, e quando voltava passei por Hades que estava indo se apresentar. Desejei boa sorte ao mesmo e entrei na sala, onde recebi os parabéns de meus amigos. Não estava tão ruim minha nota, era a segunda melhor até o momento, perdendo apenas para o misterioso ruivo, depois foquei a atenção na TV que mostrava o que Hades iria fazer.


POV – Hades


A ansiedade todo conta, mas andei até o centro do palco vagarosamente! Johan veio me mostrar os tipos de campos, escolhi um que o solo era todo de gramas e tinha duas pedras grandes, sem muitas coisas seria o essencial. Então veio a autorização de que eu podia começar.

- Não fique nervoso, vai Anorith – Disse mais nervoso ainda – Comece usando use a nossa combinação, Globo de Lama.

Anorith saiu da pokébola envolto em rochas, era uma bola de rochas que o cobria completamente, e quando essa bola caiu no solo, explodiu em vários pedaços de pedra não era um selo muito fofo, mas sim o que combinava mais com ele. Anorith conhecia essa combinação, foi uma das poucas que deu certo e resolvi colocar um nome para não dizer o que ele iria fazer! Começou a brilhas as garras do pequeno Pokémon pré-histórico, e esse pulou virando todo seu corpo e no final acertou o chão com as garras, nisso começou a crias uma elevação no solo, era o Mud Sport, Anorith tinha que ser rápido! E foi ele saltou na frente da onda que se preparava para avançar e utilizou Water Gun, acertando a onda de lama que se formava, fazendo essa ficar muito mais molhada! Mas o verdadeiro motivo do Water Gun era dar impulso a Anorith, que atravessou o palco no momento que a onde começou a se mover, mas o Pokémon já estava preparando o Ancientpower, o corpo de Anorith começou a brilhar e uma esfera de energia luminosa formou na frente do mesmo, a onda avançava rapidamente já estava na metade do campo quando o Pokémon soltou o ataque, a bola luminosa foi ao encontro da onda de lama e quando se chocaram a pequena onda engoliu a esfera, e toda a lama parou em cima da esfera, e um brilho abaixo da lama surgiu era exatamente o que eu queria, a bola luminosa começou a flutuar, ela estava coberta de lama o que a deixava como um globo de festa cheio de lama dava um belo contraste, o globo flutuou até a altura de minha cabeça e começou a girar.

- Agora, use Metal Claw.

As garras de Anorith foram cobertas por um brilho banco, então o Pokémon saltou e acertou o golpe no globo luminoso, cortando esse ao meio. O globo se separou e começou a chover minúsculos pedaços de brilho branco e também pedaços de lama.

- Finalizando – Falei – Aproveitando a lama do chão use Rapid Spin.

O Pokémon fóssil se encolheu todo, formando uma esfera, a não ser pelas “penas” que tinha no lado do corpo, embora essas penas fossem duras como rochas, Anorith começou a girar rapidamente na vertical, passando por cima da lama, abrindo o caminho pelas mesmas e fazendo saltar pedaços de lama para os lados e um pouco desta grudar nas suas “penas”, depois que Anorith atravessou o campo de lama ele ainda girando, pegou impulso em uma das pedras e foi para o alto e de lá começou a girar ainda mais rápido, fazendo todos os pedaços de lama saírem de seu corpo e depois pousando suavemente na grama! Ao terminar minha apresentação recolho Anorith e vou à frente dos jurados.

- Essa, foi à apresentação de Hades – Disse Johan – Veremos o que a Jenny tem a falar.

- Olá, sua apresentação mostrou bem a força de seu Pokémon, principalmente no ataque “globo de lama”, mas embora achasse que você não explorou muito outras combinações, usando lama para tudo – Falou a policial – Então sua nota foi 7.6.

Agradeci a todos e retornei a salinha, um pouco decepcionado por minha nota, mas embora reconhecesse que usei muito a lama em minhas combinações, voltei para a sala e uma menina estava vindo se apresentar, sentei no banco e recebi os parabéns de Ayakashi, Amy e Gary por minha apresentação, agora faltava apenas Amy e mais quatro coordenadores, sendo dois deles meninos. A menina que fora se apresentar foi um fracasso, seu Pokémon errou logo no inicio da apresentação, ela voltou chorando, depois dela foi mais uma garota, que foi razoável, depois desta foi um garoto muito bom, que usava um Teddiursa. Logo o tempo foi passando e ficara apenas, Amy e uma garota com cara amarrada, seu cabelo todo espetado e com um olhar sombrio. Essa menina fora chamada primeiro que Amy, o que significava que Amy seria a ultima, essa menina fez uma apresentação esplendida com um Absol, ganhando a segunda maior nota 8.7. Essa menina não demonstrou nenhum sinal de alegria ao voltar para a sala, ela voltou e Amy foi após desejarmos boa sorte à mesma.


POV – Amy


Ai meu Deus, nem acredito que estou subindo essas escadas, nem atravessando esse palco de madeira bem polida, e nem chegando ao centro deste palco que tem gravado na madeira a marca de uma fita. Era hora de levantar a cabeça, e assim fiz ai meu Deus quanta gente. Vamos lá Amy, tudo vai dar certo, ainda mais com o campo que acabei de escolher, era uma pequena floresta, mas não com muitas árvores, também te um espaço apenas com grama.

- Er, bem – Disse nervosa – Saia Misdreavus, use a nossa combinação Feixes de Luz.

Misdreavus saiu das pokébola coberta de brilho roxo que logo enfraqueceu e depois desapareceu totalmente, no espaço apenas com gramas Misdreavus começa a usar Confuse Ray, fazendo bolas roxas e luminosas sair do colar em seu pescoço, as bolotinhas ficam flutuando no ar um pouco distante de Misdreavus, esperando a sequencia do ataque, os olhos de minha fantasma começam a brilhar em várias cores, e destes sai um raio multicolorido que ilumina todo o estádio, era o Psybeam, as bolotinhas do Confuse Ray se junta fazendo uma barreira para o raio colorido, esse se choca com as bolotinhas, mas invés de explodir tudo em uma chuva de brilhos, o raio colorido acha frestas na barreira e começa a passar por estas, assim pequenos e finos raios começar a se movimentar pelo palco, Misdreavus parou de usar o raio luminoso, mas as esferas roxas ainda estava no lugar.

- Agora, use Ominous Wind.

As palmas se agravaram, me tornei um pouco mais confiante, Misdreavus inflou como um balão e depois de sua boca saiu um vento poderoso e esse vento tinha um pigmento roxo, tudo em Misdreavus parecia ser roxo, fiquei me perguntando se as fezes dela eram roxas? Não é momento de pensar bobagens, continuei observando o movimento fazer as bolas rochas voarem por ai, passando de um lado para o outro do palco em instantes, e no final todas ir para a mesma direção e se chocarem explodindo deixando uma fumaça para trás, logo depois o ventou parou.

- Misdreavus, finalize usando Psywave daquele jeito que treinamos – Disse a ela.

Esta veio ao meu lado e o corpo de Misdreavus ficou envolto em um manto roxo, roxo de novo olhe só, esse envolto roxo era a energia que Misdreavus estava acumulando, e depois a fantasma liberou essa energia em forma de ondas de energia, mas estas vieram de cima de nós, fazendo assim ela ficar no centro de onde de energia que desciam, e eram roxas. Nós começamos a fazer uma dança, com movimentos graciosos achava eu embaixo de onde de energias, assim que finalizamos com um salto, uma ao lado da outra, as ondas de energia cessaram, afinal Misdreavus ficava cansada de manter um ataque por muito tempo. Paramos e fizemos reverencia ao publico, assim finalizando nossa apresentação.

- Esses foram os últimos concorrentes, Amy e Misdreavus – Dizia Johan enquanto eu me direcionava para frente da mesa dos jurados – Agora Joy ira dar sua opinião.

- Olá jovem coordenadora – Disse a Joy desta cidade, a qual eu já conhecia – Achamos sua apresentação muito elegante, a também colorida e muito roxa também, sua nota foi de 8.6.

Tremi de emoção, a terceira melhor nota era minha. Isso era mais do que eu podia esperar, e não era só eu que achei minha apresentação roxa demais, pesei enquanto descia as escadas e abria a porta da sala dos competidores.


POV – Ayakashi


Amy entrara na sala e fui logo dar-lhe um beijo na bochecha e lhe parabenizar pela ótima nota, a minha era a quarta maior, eles pediram para nós esperarmos que os resultados sairiam logo. Estava em uma excitação muito grande, a expectativa de todos era grande, a não ser a da triste menina Laff e a da outra que não conseguiram nem terminar sua apresentação e voltara chorando. O tempo passará de vagar até a mulher voltar.

- Voltei jovens – Disse ela com um sorriso – Todos subam as escadas e vão para o centro do palco.

Foi uma fila para entrar no palco, a cada um que aparecia era mais palmas e gritos da arquibancada, todos ficamos no centro no palco olhando atenta mente para o telão que ficava a nossa frente, esperando ele ligar e mostrar nossos rostos lá, foram 16 concorrentes e apenas 8 passariam.

- Atenção, por favor – Gritou Johan no microfone – Olhem para o telão, os oito pessoas que aparecerem serão as que passaram, será por ordem de maior nota a menor.

Os primeiro rosto foi o de Leroy, que ocupou um quadrado, este não demonstrou emoção ao ter a maior nota, depois foi a outra arrogante a tal de Nami, ela esboçou um sorriso debochado a todos, depois a Amy apareceu no telão e não escondeu sua felicidade dando pulinhos para demonstrar a mesma, todos que haviam passado estavam atravessando o palco, ficando do outro lado. Logo depois minha caricatura apareceu lá ocupando o quarto lugar, sorri para os outros e desejei boa sorte antes de atravessar o palco, mas no fundo estava com vontade de gritar alto, Gary me seguiu batendo palmas para ele mesmo, agora só faltava Hades lá, mas este foi o sexto a ocupar uma vaga estando do meu lado um pouco depois. Os últimos dois colocados foram o menino do Teddiursa seguido pelo Kaay o dono do Tangela, o resto ficou no centro do palco se lamentando.

- Estes são os vencedores da primeira etapa – Disse Johan com voz firme – Agora cada caricatura será ligada a outra por uma linha, cada linha tem uma cor diferente e as pessoas que forem ligadas por está linha irão se enfrentar na segunda etapa.

O silencio tomou conta, todos olhavam esperando as linhas se ligarem e todas começaram a ser ligadas ao mesmo tempo.




Fim do Chapter 4º




Comentário do Autor


Spoiler:
Oi gente! Este capítulo ficou mais extenso do que esperei, não gostei disto, mas é assim que vai. Ficou cansativo de ler eu sei, mas espero que se esforcem para ler por favor!
Ainda estou pensando se está fic será apenas uma experiência e terminar logo está pra começar outra ou se continuo firme com ela, o que acham? Bem é isso, o próximo capitulo vai demorar um pouco a sair, pois as minhas aulas começam agora segunda ¬¬’.



PREVIEW:
As batalhas estão muito emocionantes para todos, logo na primeira batalha Leroy e Nami já mostraram que não estão de brincadeira. Mas todos vieram para ganhar.
Chapter 5º - The Contest Finish Step


Última edição por Ayakashi em Qui 8 Ago 2013 - 10:03, editado 1 vez(es)
avatar
Ayakashi
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/08/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The New World

Mensagem por Gus em Qua 7 Ago 2013 - 22:36

Antes de mais nada só queria parabeniza-lo pela organização da fanfic. Tantos os capítulos, como o Main Post estão bem organizados. Tá de parabéns mesmo, cara. Já, a fic.. tem que melhorar.

Eu não sei se estou vendo errado, mas eu acho que o capítulo começou com um tamanho de fonte pequeno e depois aumentou. Deixe sempre o tamanho da fonte e a fonte iguais.

Outra coisa, não precisa deixar a primeira letra de todos os parágrafos em negrito, isso meio que atrapalha a leitura, faça isso apenas no primeiro parágrafo do capítulo.

Você também coloca muitos "e" MUITOS mesmos, o que em algumas vezes é desnecessário, ou seja, substitua por vírgulas e pontos. Agora chegamos a outro ponto: pontuação. Olha, você precisa melhor nisso. Tem vários, vários lugares que faltam vírgulas e em outros você coloca ela, mas o certo seria um ponto.

Sua narração e descrição também precisam melhorar. Principalmente na narração, muito confusa, você meio que fica atrapalhado quando tenta explicar algo. Também sugiro que descreva mais os locais, não deu para ter uma boa visão do contest. E para melhorar, você tem que treinar.

E decida se irá por os golpes em inglês ou portugues.

Por exemplo:


- Não fique nervoso, vai Anorith – Disse mais nervoso ainda – Comece usando use a nossa combinação, Globo de Lama.


Aqui você colocou o golpe em portugues.

Já aqui, foi em inglês:


- Continuemos – Disse animado – Use Will-O-Wisp daquele jeito que treinamos.


Mas, continue deixando os golpes em negrito.

A história é legal. Sobre esse capítulo, o cara que tem o Sneasel como seu pokémon se pareceu muito bom mesmo, Gary, Ayakashi e os outros terão problemas para vence-ló.
Sobre as apresentações, eu não entendi essa galáxia cheia de estrelas que o Litwick fez, nem o decorrer da apresentação, apenas entendi o final quando ele foi usar o Fire Spin e o Night Shade. E gostei dos pokémons utilizados nas fanfics, geralmente o pessoal não utiliza Misdreavus, Litwick, etc.

Também sugiro que antes de postar, revise os capítulos para não ter tantos erros.

E é isso.

Gus
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 05/07/2010


Ver perfil do usuário http://about.me/dantasgustavo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The New World

Mensagem por Black~ em Sab 10 Ago 2013 - 12:44

Bom, vamos lá.

O capítulo teve a apresentação, foi legalzinho. Teve a aparição de dois possíveis rivais (os dois com as maiores notas), mas sei lá, o jeito como ele foi escrito não foi muito bom. Sabe, a história nele foi boa, mas a escrita não, vamos lá.

Primeiro, eu já disse que fica ruim você trocar a narração do nada, ou deixe apenas em primeira pessoa, ou deixe em terceira, esse última tem a possibilidade de um campo de visão maior sobre a história. É bem melhor do que ficar toda hora trocando o ponto de vista de um certo personagem, mas enfim.

Cara, que repetição foi essa? Tava tudo muito repetido, era "lama, lama, lama" toda hora, ai depois "roxo, roxo, roxo". Por favor, evite isso, ficou bem chato de ler. Além de outras também, mas essas duas que eu citei, foram demais.

As vírgulas cara, conhece? Sério, ficou muito sem vírgulas, ou se tinha, eram bem mal colocadas. Cara, o texto ficou muito corrido e chato de se ler, sugiro que revise antes de postar, e leia, assim você percebe onde falta vírgulas e onde não passa.

Que tipo de nota é boa? Tipo, se o cara tira 7 é razoável, mas quase ninguém tira nota acima disso. E também onde que nota 7 é razoável? Também achei diferente um concurso em que dá nota aos participantes, mas enfim.

Erros eu vi alguns, mas não vou citar nenhum.

Enfim, é só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The New World

Mensagem por Ayakashi em Sab 17 Ago 2013 - 14:03

Olá pessoal
Venho trazer uma noticia não muito boa, resolvi parar a fanfic. Sabe quando você não acha mais graça em fazer capítulo? E os personagens são tão sem graça, comuns, que não da vontade de fazer um novo capítulo. E também, existem várias fanfic's de jornadas melhores no fórum, então decidi parar a minha. Então quero pedir que algum Fanfic Mod tranque a fic.
Talvez eu crie uma nova fanfic daqui a uns tempos.

Quero agradecer a todos que vem acompanhando a fic, comentando e me ajudando a melhorar, com certeza aprendi muito com esta fic.
Então é isso, até a próxima! E eu continuarei frequentando o fórum.
Tchau pessoas.


Black: Trancada a pedido do autor. Caso queira reabri-la mande uma MP a qualquer FFM.
avatar
Ayakashi
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/08/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - The New World

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum