Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Por favor, não perca mais tempo, inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobres todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Aguardo.
Feliz Natal e Ano novo!

The Adventures of a Gym Leader

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Shindou Hajime em Sex 13 Set 2013 - 14:15

Bu!

E aí, grande Black! Hora de comentar. 8D

Achei que esse capítulo já teria a revanche do Lurly contra o Filippo, mas parece que tu deixou pro próximo mesmo. Eu ri demais nesse cap, cara! A parte do Thomson fugindo com o Arcanine e do Lurly ficando revoltado porque a mãe do John o chamou de viadinho, rimuito. KLASLASKA'

As viagens que o líder de ginásio faz são hilárias, tipo, o cara manda um Pokémon de fogo soltar um Water Pulse, mano! >XD Esses dois novos personagens estranhamente me lembraram o Len e a Rin de Vocaloid, já que são gêmeos e tem cabelo louro. LAKALKSASA'

Dessa vez o Lurly foi mais esperto e não usou uma cantada na enfermeira Joy, só que pô! Será que todas elas perderam ou tiveram algum problema com o pai na infância? Se bem que pode ser apenas a má sorte do ex-líder de ginásio ferrando ele mesmo... -q

No mais, eu gostei! Quero saber qual será o nível para onde a mãe do John foi rebaixada, além de claro! A tão esperada revanche contra o maconheiro e mais músicas do lendário Bob Marley. KASLASA'

Boa sorte com a fic e espero o próximo cap.
Até! o/
avatar
Shindou Hajime
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 28/03/2010

Frase pessoal : Aquele cara que gosta de laranja, né?


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Rush em Sex 13 Set 2013 - 14:56

"- Você pode me xingar de tudo! Menos de viadinho! Clefairy, eu escolho você!
Lurly Spark Lispector."






UAEHUAHE' Nossa cara, acho que isso foi planejado desde o inicio. Essa frase foi muito bem bolada, até porque e nunca vi um personagem masculino com uma Clefairy - tirando aquele protagonista escroto de um mangá do Pokémon, que tem uma Clefairy falante. Só achei que essa mãe do John iria aparecer mais pro final, sendo aquela "Ultimate Big Boss a la Giovanni and companhia no arco íris da perdição". Mas ela foi bem fraca. 


Fiquei triste ao ver que Thomson saiu do grupo, mesmo que temporariamente, mas agora entraram dois pivetes bonitos no grupo. E caramba, o Lurly não perde uma, ein? A menina nem chegou na puberdade direito e ela já vai se atirando pra cima dela. Agora entendo porque ele e a Francesca não ficaram ainda. - Também pelo fato do Lurly só cantar, e não chegar pegando. e.e


Mas tipo, o John gosta da Francesca? Você disseque o beijo foi por impulso, mas eles não pensam naquilo antes de dormir, com a mão no saco? AUEHAUE' Pelo que você descreveu, a Francesca é gostosa, bonita e tal, acho que um nada como o John iria ficar apaixonado por ela e sentir ciúmes quando o Lurly desse em cima dela.


Bem, no capítulo, a única coisa que fiquei decepcionado, foi a cena que Austin xingou a mãe do John. Pensei que ele fosse educadinho, culto, sotaque inglês, bebendo chá com o minguinho levantado. Mas ele se rebaixou nos palavrões. :c AUEHAUE'


Enfim, é isso. Aguardo o próximo capítulo cara, um abraço.
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Dengel em Sab 14 Set 2013 - 13:20

Hey-Yo!

Muito animado esse capítulo! Bem, um pouco tenso na primeira parte. Nem entendi a cena com a enfermeira, mas conseguiu passar para um ambiente mais relaxado e cómico de maneira perfeita. O caso do Thomson surpreendeu-me. Já achava que ele estava meio a mais no grupo, mas agora quero saber o que fará na próxima participação!!

A batalha do John com a mãe foi muito boa, com uma discussão familiar um tanto ilógica, mas aceitável. Apenas não percebi se o Empoleon estava aos comandos dela ou de Austin. Aí perdi-me. Por falar nisso, perderam um pouco da etiqueta, não? :p

Quanto aos dois meninos (btw, boa jogada com a pedofilia) ficaram um pouco "pendurados" no episódio. Tipo, eles apareceram, recuperaram o dinheiro, fizeram, talvez, a cena mais cómica do capítulo, mas depois ficaram um pouco perdidos na história. Não percebi muito bem a participação desses dois...

Erros, não vi, descrição, pareceu-me boa, narração também. Enfim, é daquelas Fics que nós já nos sentimos curiosos só de ver um capítulo novo e nem sempre prestamos atenção a isso xD

E é só. Continue assim!
avatar
Dengel
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 19/07/2013

Frase pessoal : Just Live and Let Die


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Pikato em Ter 17 Set 2013 - 20:13

Cara, tenho que dizer que fiquei assustado com esse capítulo, o jeito dos jovens tratarem a mãe, kkk.

Lol, o Jhon tem uma raiva dela que até espanta, mas no caso do humor foi bem legal. E a ofenda daquele Austin tirou toda a culticidade desse Rockets. A batalha foi bem legal também, e é igual diz o ditado(Tamanho não é documento). Foi muito show os pequeninhos vencendo os fortões.

No mais, ressalto que a parte do humor ficou bem legal, mas a introdução desses novos personagens foi meio rápida e.e Mas nada que atrapalhe o roteiro, e ri muito da parte do viadinho e do Não mexe com minha irmã.

Foi muito legal mesmo, no mais é isso, sabe que não gosto de analisar muito a gramática. Só ressalto para se atentar às repetições^^

Adios, friend!

avatar
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Qui 19 Set 2013 - 23:00

Aqui estou eu com mais um capítulo. Era pra ser postado terça, mas ai eu fiquei com preguiça, ai ia postar onde, mas acabou a energia elétrica -q, mas enfim, antes os comentários.

Comentários:

@Platinum Slytherin escreveu:A mãe do John é terrível, que mulher escrota! kkkkk É isso cara, sua fic me diverte, vou continuar lendo. Smile
Boa sorte com ela Wink
Platinum o/. É mesmo, mulher demente. Valeu cara. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@xKai escreveu:"- Você pode me xingar de tudo! Menos de viadinho! Clefairy, eu escolho você!" - Tive que rir com essa parte '-'

Cof, cof... Achei interessante, houveram alguns personagens novos, batalhas e o Lurly cada vez mais fumado. Teve um pouco cara de filler. Não sei pporque... Mas eu odeio o Lurly kkkk. Tomara que morra O_O'

Francesca continua tendo maior autoridade neste grupo da minha opinião. Estes dois pirralhos vão acompanhar o grupo principal ou vão se mandar em alguns capítulos?

Complicado esse lance de pedofilia... Eu pessoalmente só considero pedofilia se a diferença for pelo menos de 4 ou 5 anos... Por mim um cara de 19 pode sair com uma garota até de 15 tranquilo... E vice-versa xD
Kai o/. Essa frase foi muito tosca -q, típico do Lurly -q. Geralmente Equipe Rocket dá cara de filler mesmo, mas né -q. Ela tem autoridade porque é meio "menina macho", e acaba os ameaçando -q. Eles já se mandaram, acho que ficou confusa essa parte. Ah cara, eu acho que essa distância de uns cinco anos só seja nítida na adolescência mesmo -q, eu acho estranho essa vasta diferença -q, mas enfim. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@Shindou Hajime escreveu:Bu!

E aí, grande Black! Hora de comentar. 8D

Achei que esse capítulo já teria a revanche do Lurly contra o Filippo, mas parece que tu deixou pro próximo mesmo. Eu ri demais nesse cap, cara! A parte do Thomson fugindo com o Arcanine e do Lurly ficando revoltado porque a mãe do John o chamou de viadinho, rimuito. KLASLASKA'

As viagens que o líder de ginásio faz são hilárias, tipo, o cara manda um Pokémon de fogo soltar um Water Pulse, mano! >XD Esses dois novos personagens estranhamente me lembraram o Len e a Rin de Vocaloid, já que são gêmeos e tem cabelo louro. LAKALKSASA'

Dessa vez o Lurly foi mais esperto e não usou uma cantada na enfermeira Joy, só que pô! Será que todas elas perderam ou tiveram algum problema com o pai na infância? Se bem que pode ser apenas a má sorte do ex-líder de ginásio ferrando ele mesmo... -q

No mais, eu gostei! Quero saber qual será o nível para onde a mãe do John foi rebaixada, além de claro! A tão esperada revanche contra o maconheiro e mais músicas do lendário Bob Marley. KASLASA'

Boa sorte com a fic e espero o próximo cap.
Até! o/
Shindou o/. Eu não diria que a revanche é hoje não hein -q. É, isso chama-se maconha, o cara tava noiadão já -q. Nem conheço, mas deve parecer mesmo -q. Na verdade essa última não teve, é porque ele ia falar: "seu pai é pintor" "não por quê?" "porque você pinta como eu pinto" -qqq. Deve ter virado faxineira. É tão desprezada que nem eu sei o que ela é -q. Vamos aguardar né -q. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

King Joffrey escreveu:
"- Você pode me xingar de tudo! Menos de viadinho! Clefairy, eu escolho você!
Lurly Spark Lispector."






UAEHUAHE' Nossa cara, acho que isso foi planejado desde o inicio. Essa frase foi muito bem bolada, até porque e nunca vi um personagem masculino com uma Clefairy - tirando aquele protagonista escroto de um mangá do Pokémon, que tem uma Clefairy falante. Só achei que essa mãe do John iria aparecer mais pro final, sendo aquela "Ultimate Big Boss a la Giovanni and companhia no arco íris da perdição". Mas ela foi bem fraca.


Fiquei triste ao ver que Thomson saiu do grupo, mesmo que temporariamente, mas agora entraram dois pivetes bonitos no grupo. E caramba, o Lurly não perde uma, ein? A menina nem chegou na puberdade direito e ela já vai se atirando pra cima dela. Agora entendo porque ele e a Francesca não ficaram ainda. - Também pelo fato do Lurly só cantar, e não chegar pegando. e.e


Mas tipo, o John gosta da Francesca? Você disseque o beijo foi por impulso, mas eles não pensam naquilo antes de dormir, com a mão no saco? AUEHAUE' Pelo que você descreveu, a Francesca é gostosa, bonita e tal, acho que um nada como o John iria ficar apaixonado por ela e sentir ciúmes quando o Lurly desse em cima dela.


Bem, no capítulo, a única coisa que fiquei decepcionado, foi a cena que Austin xingou a mãe do John. Pensei que ele fosse educadinho, culto, sotaque inglês, bebendo chá com o minguinho levantado. Mas ele se rebaixou nos palavrões. :c AUEHAUE'


Enfim, é isso. Aguardo o próximo capítulo cara, um abraço.
Rush o/. Essa frase eu ri, tipo ele fala isso, ai você acha que vai vir um Machamp, ai vem um Clefairy -qq. Essa frase nem foi tão pensada, veio à tona do nada, ai coloquei -q. A mãe do John era pra ser só uma personagem fraca, somente pra vencerem os Rockets uma vez e também pro John e Lurly demonstrarem ser uma "dupla" -q. Eu realmente deixei muito confuso aquele final, os moleques na verdade não irão integrar o grupo, e o Thomson é triste a sua saída. Ele homenageia ela, mas acho desnecessário coloca-lo obtendo prazer -qq. É, o Austin se revoltou, ela devia mesmo ser bem ruim -q. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@Dengel escreveu:Hey-Yo!

Muito animado esse capítulo! Bem, um pouco tenso na primeira parte. Nem entendi a cena com a enfermeira, mas conseguiu passar para um ambiente mais relaxado e cómico de maneira perfeita. O caso do Thomson surpreendeu-me. Já achava que ele estava meio a mais no grupo, mas agora quero saber o que fará na próxima participação!!

A batalha do John com a mãe foi muito boa, com uma discussão familiar um tanto ilógica, mas aceitável. Apenas não percebi se o Empoleon estava aos comandos dela ou de Austin. Aí perdi-me. Por falar nisso, perderam um pouco da etiqueta, não? :p

Quanto aos dois meninos (btw, boa jogada com a pedofilia) ficaram um pouco "pendurados" no episódio. Tipo, eles apareceram, recuperaram o dinheiro, fizeram, talvez, a cena mais cómica do capítulo, mas depois ficaram um pouco perdidos na história. Não percebi muito bem a participação desses dois...

Erros, não vi, descrição, pareceu-me boa, narração também. Enfim, é daquelas Fics que nós já nos sentimos curiosos só de ver um capítulo novo e nem sempre prestamos atenção a isso xD

E é só. Continue assim!
Dengel o/. Era uma piada bem clichê que sairia, que foi o que eu disse pro Shindou. É, o Thomson foi necessária a sua saída, mas talvez ele volta de novo. É porque não é comum ver uma mãe querendo matar o filho pelo mesmo não querer ser vilão -q. E o Empoleon estava sob posse da mulher mesmo. Eles são rivais, vou logo falar, pra não deixar tão confuso. Eles são um dos rivais da história. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@Pikato escreveu:Cara, tenho que dizer que fiquei assustado com esse capítulo, o jeito dos jovens tratarem a mãe, kkk.

Lol, o Jhon tem uma raiva dela que até espanta, mas no caso do humor foi bem legal. E a ofenda daquele Austin tirou toda a culticidade desse Rockets. A batalha foi bem legal também, e é igual diz o ditado(Tamanho não é documento). Foi muito show os pequeninhos vencendo os fortões.

No mais, ressalto que a parte do humor ficou bem legal, mas a introdução desses novos personagens foi meio rápida e.e Mas nada que atrapalhe o roteiro, e ri muito da parte do viadinho e do Não mexe com minha irmã.

Foi muito legal mesmo, no mais é isso, sabe que não gosto de analisar muito a gramática. Só ressalto para se atentar às repetições^^

Adios, friend!

Pikato o/. É porque ela queria matar o John, coitado, só queria se vingar -q. É, foi usado esse ditado mesmo de tamanho não é documento. Ficou ruim mesmo a parte dos novos personagens, vou evitar. Mas obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

Sem mais delongas, o capítulo.

Capítulo 17 - Batalha entre irmãos.


Os três já saiam do Centro Pokémon e já caminhavam próximos ao ginásio da cidade. Lurly tentaria vencer sua terceira insígnia. Andaram algum tempo e chegaram à grande construção vermelha, obviamente adentraram.
O líder já estava os esperando.

- Vamos batalhar agora! - Disse Lurly.
- Não. - Disse Francesca cortando o ex-líder na hora. - Eu vou lutar contra ele e provar novamente que sou melhor.
- Então veremos. - Respondeu seu irmão. - Você, vai lá pra arquibancada assistir.

O garoto foi com cara feia e batendo os pés, igual uma criancinha birrenta, então subiu nos bancos construídos à base de pedra e sentou-se junto a John, os dois acompanhariam a luta entre os irmãos ruivos.

- Suponho que tenha três pokémons.
- Não, só tenho dois.
- Que mentira, você tem três! - Gritou Lurly da arquibancada.
- Cala a boca cabelo de prata! Eu só tenho dois pokémons de fogo!
- Continua com Ponyta e Flareon apenas e ainda diz que é mais forte. - Ironizou. - Dois contra dois. Só preciso antes pegar minha querida erva e vamos lá.

A garota bateu a mão na testa, gesto repetido pelos outros dois jovens. Então o líder pegou um objeto branco e pequeno e colocou na boca. Em seguida mandou uma pokébola, saindo Growlithe.

- Qual dos dois irmãos você quer que vença? - Perguntou John.
- Que pergunta ridícula! Óbvio que a Francesca. - Disse. - Mas já pensou que legal se nós dois lutássemos um contra o outro, e o vencedor ficasse com a Francesca?
- É. - Disse o outro garoto meio seco lembrando-se do beijo que ele e ela deram há alguns dias.
- Ei vocês dois! Calem logo a boca! Eu não sou um objeto dos desejos pervertidos de vocês dois!
- Será mesmo? - Provocou o protagonista.

A menina fingiu não ouvir e voltou a sua atenção para a batalha, ela puxou uma pokébola, e de lá saiu um pônei flamejante, que encarou o pequeno cachorro alaranjado.

- Growlithe, use o Quick Attack!
- Ponyta, Stomp!

O canino começou a correr velozmente várias vezes por volta do campo, o cavalo de fogo não conseguia prevenir onde o adversário pararia. Enquanto olhava, foi atingido por um golpe certeiro, porém suas patas ficaram firmes no chão. Em seguida ele correu e com uma das patas bateu no cachorro, que foi arremessado a alguns metros.

- Growlithe, não se abale! Use o Crunch!

O cão correu e à medida que corria, suas mandíbulas cresciam e tomavam uma cor negra. Ele então se aproximou do pônei e o mordeu. O bicho chegou a gritar levemente. Mas em seguida revidou um uma patada na cara, que mandou o animal doméstico longe, já ficando fraco.

- Mas já? - Disse o líder, que estava com os olhos vermelhos já. - Salamence, Solarbeam!

Todos olharam feio pro jovem, inclusive seu pokémon, o efeito já era nítido. E dessa vez tava mais chapado do que nunca.

- Ah! É verdade, esqueci que pokémons inseto não aprendem golpes de gelo! Darkray...

Novamente olharam feio para Filippo, na verdade ficavam até surpresos com tamanha alucinação do garoto. Seu pokémon já impaciente mandou uma grande quantidade de fogo no treinador, que saiu do “transe”.

- Ah sim! Growlithe, use o Quick Attack!
- Ponyta, use o Bounce!

O canídeo começou a correr e novamente começou a dar nós na cabeça da pequena espécie de cavalo, em seguida o atingiu, e o jogou contra a parede, deixando-o bem mais fraco. Mas Ponyta levantou e deu um grande salto, logo, desceu numa velocidade arrasadora, e com suas patas traseiras, deu um golpe certeiro no rosto do adversário, nocauteando-o.

- Blah. - Suspirou o ruivo. - Vai Magmar!

Então aquela espécie de pato do vulcão saiu da pokébola, já cuspindo uma grande fumaça roxa, que cobriu Ponyta, e então o envenenou, porém não teve nem tempo de sofrer o dano do veneno, pois foi logo debilitado pelo pokémon.

- Vai Flareon!

Os pokémons foram ordenados a começarem a batalhar. O pokémon das lavas começou cuspindo uma grande quantidade de fumaça no campo, prejudicando a visão da eevelution de fogo. Em seguida ele carregou uma enorme energia amarela em suas mãos, e desferiu um poderoso soco no cachorro, que foi jogado pra trás. Ele então se levantou e virou de costa, logo seguinte, bateu com as patas traseiras no chão, fazendo uma grande quantidade de areia subir e atingir diretamente os olhos de Magmar, prejudicando dessa vez o grande pato de fogo. O bichano correu velozmente e atingiu o pokémon do líder com um golpe rápido.

- Batalha bem equilibrada. - Disse John analisando.
- Hãn? Que batalha? Fiquei prestando atenção na Francesca que até me esqueci que tinha batalha.
- Ah cansei dessa sua idiotice! Vou ficar por aqui mesmo!
- Então fica ai, com esse maconheiro!

A garota bufou, mas logo voltou suas atenções à batalha.

- Flareon, Bite!
- Thunderpunch!

Os dentes do canino começaram a crescer e tomar um brilho quase preto, ele começou a correr e mordeu Magmar, que carregou uma grande onde elétrica em seu braço e desferiu um golpe, que deixou o pokémon adversário paralisado.

- Desgraçado. Vai Flareon, tente se mexer!
- Magmar, faça ele inalar a fumaça tóxica!

Logo, o habitante dos vulcões abriu sua boca, de lá saiu uma grande fumaça roxa que cobriu o pokémon peludo, o golpe não o envenenou, pois ele já estava paralisado, mas mesmo assim foi suficiente para deixá-lo fora de combate, pra tristeza de sua treinadora, que tinha perdido a luta.

- Vejo que melhorou. - Disse a caçula.
- Sempre fui melhor, eu que deixei você vencer aquela luta.
- Sim, claro, imagino.
- Ei! Depois vocês discutem! Eu quero lutar!
- Me desculpe, mas o ginásio já vai fechar. Mas posso oferecer abrigo pra vocês dois por essa noite?

Francesca olhou com cara feia e disse:

- Esses dois? Dormirem aqui? Não! Nunca!
- Eu podia dormir no mesmo quarto que ela.
- Se continuar falando bosta, vai dormir na rua.
- Ok, desculpa.

Então os quatro seguiram para a parte de dentro do ginásio, onde era uma casa obviamente, afinal todos os ginásios do continente geralmente tinham uma casa nos fundos, onde o líder morava.

To be continued...


Sei lá, esse capítulo ficou pequeno e meio sem graça eu diria, mas a Francesca também é protagonista, então temos que explorá-la (no bom sentido) -q, mas enfim. A batalha ficou muito ruim e rápida, não sei o que me ocorreu no momento que escrevi isso. Mas vocês serão recompensados com a revanche no próximo capítulo, por isso esse vai nem demorar muito o espaço entre ambos. Mas é isso e espero que comentem Smile
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Dengel em Sex 20 Set 2013 - 17:49

Hey-Yo!

Realmente, o capítulo não foi dos melhores, mas a batalha foi mais interessante que o Growlithe vs Vulpix!

Agora a sério, a batalha até foi engraçada, isto é, gostei de ver os dois lutarem. E depois da extrema história de vida de John e a sua luta com a própria mãe, só faltava mesmo Francesca enfrentar alguém como protagonista do seu próprio capítulo.

Não tenho muito mais a dizer. Foi uma luta de fogo contra fogo, por isso não se poderia utilizar fogo. Aí tenho de elogiá-lo, porque soube dar a volta a isso muito bem, sem repetir muitos ataques. Apenas achei a prestação do Magmar fraquinha, apesar de ter vencido, mas enfim. Além disso, há uma coisa que me incomoda há já algum tempo. Eles não se esquivam? Tipo "Magmar ataque com tudo!!" e o adversário responde "Poxa, como a sua cara é bonitinha! Ok, eu deixo acertar no meu pokémon."

Erros não encontrei, escrita "comicamente" boa, descrição razoável. Mas fiquei um pouco confuso no meio dos diálogos. Às vezes não dava para perceber quem começou a falar, mais propriamente no início e fim, quando eram mais que dois a conversar.

E pronto, é só! Continue assim!
avatar
Dengel
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 19/07/2013

Frase pessoal : Just Live and Let Die


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por xKai em Sex 20 Set 2013 - 18:06

Realmente foi bem pequeno. Eu to meio gripado esses dias e tava com uma preguiça absurda de ler, por isso ainda não tinha nem visto, aí eu comecei a ler de de repente... "To be continued" -q

Caramba, esse cara não consegue lutar sem o efeito da erva? Puts... Tem que ta chapadão em toda luta. Esse Gym leader ta sendo o mais apelão até agora... Venceu o Lurly... ( Quem não venceria? -q ) E agora venceu a Francesca, e vai lutar de novo com o Lurly... Medo do Lurly perder outra, não aguento mais ver esse chapadão hahsuahs.

Até o próximo capítulo.

________________

avatar
xKai
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/05/2013


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Pikato em Sex 20 Set 2013 - 23:25

Cheguei, friend.

Então cara, gostei muito do capítulo, li ele rapidinho, mas confesso que foi uma batalha emocionante. Esse líder é o mais doido que eu já vi até agora, pensar que tem o Salamence e que é tipo inseto e depois falar Darkray. O cara tava doidão mesmo, o que me deu raiva foi ele ter vencido a Francesca, como pode um cara chapado vencer uma menina determinada.

Bem, tirando essa raiva que passei, ri muito da briga dos meninos, tentando decidir quem iria ficar com ela e ela morrendo de raiva deles. E novamente a personalidade dela combina com o nome, ela é bem estressadinha mesmo, lembra até uma personagem de outro jogo, a Elesis. Ela é estressada do mesmo jeito que a Francesca, se eu fosse tentar imaginar a protagonista pensaria na Elesis mesmo.

É interessante o fato do povo gostar de usar cabelo vermelho, vai entender esses japoneses, né? Bem, achei que a descrição da batalha foi bem legal, só confesso que confundi uma parte na hora da vírgula, não sei bem se é um erro ou está normal. É na parte do ",logo," e na parte em que a frase se segue.

Mas cara, estou gostando muito mesmo da fanfic, ela é bem fácil de ler e pode arrumar fãs de qualquer idade, o que me agrada muito mesmo, mesmo tendo os seus atrevimentos como um líder fumar maconha. Mas, acredito que o público centro sejam as pessoas que são maiores de 7 anos.

Enfim, até a próxima!
avatar
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Ter 24 Set 2013 - 22:30

E ai galerinha, dia de mais um capítulo, mas antes os comentários.
Comentários:

@Dengel escreveu:Hey-Yo!

Realmente, o capítulo não foi dos melhores, mas a batalha foi mais interessante que o Growlithe vs Vulpix!

Agora a sério, a batalha até foi engraçada, isto é, gostei de ver os dois lutarem. E depois da extrema história de vida de John e a sua luta com a própria mãe, só faltava mesmo Francesca enfrentar alguém como protagonista do seu próprio capítulo.

Não tenho muito mais a dizer. Foi uma luta de fogo contra fogo, por isso não se poderia utilizar fogo. Aí tenho de elogiá-lo, porque soube dar a volta a isso muito bem, sem repetir muitos ataques. Apenas achei a prestação do Magmar fraquinha, apesar de ter vencido, mas enfim. Além disso, há uma coisa que me incomoda há já algum tempo. Eles não se esquivam? Tipo "Magmar ataque com tudo!!" e o adversário responde "Poxa, como a sua cara é bonitinha! Ok, eu deixo acertar no meu pokémon."

Erros não encontrei, escrita "comicamente" boa, descrição razoável. Mas fiquei um pouco confuso no meio dos diálogos. Às vezes não dava para perceber quem começou a falar, mais propriamente no início e fim, quando eram mais que dois a conversar.

E pronto, é só! Continue assim!
Dengel o/. Sim, a história é do Lurly, mas os outros personagens necessitam de mais destaque, não só ficar acompanhando-o. Eu tentei evitar o máximo possível pra não deixar tão chato. Pois é, como eu estava evitando o máximo de deixar chato, acabei deixando o Magmar um tanto fraco. Esquivam lol, é porque geralmente eu só faço contra-ataques. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@xKai escreveu:Realmente foi bem pequeno. Eu to meio gripado esses dias e tava com uma preguiça absurda de ler, por isso ainda não tinha nem visto, aí eu comecei a ler de de repente... "To be continued" -q

Caramba, esse cara não consegue lutar sem o efeito da erva? Puts... Tem que ta chapadão em toda luta. Esse Gym leader ta sendo o mais apelão até agora... Venceu o Lurly... ( Quem não venceria? -q ) E agora venceu a Francesca, e vai lutar de novo com o Lurly...  Medo do Lurly perder outra, não aguento mais ver esse chapadão hahsuahs.

Até o próximo capítulo.
Kai o/. É só pra ficar "engraçado" mesmo -q. Até agora... porque depois o couro come -q, mas o Lurly não perde, pra nossa tristeza -q. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@Pikato escreveu:Cheguei, friend.

Então cara, gostei muito do capítulo, li ele rapidinho, mas confesso que foi uma batalha emocionante. Esse líder é o mais doido que eu já vi até agora, pensar que tem o Salamence e que é tipo inseto e depois falar Darkray. O cara tava doidão mesmo, o que me deu raiva foi ele ter vencido a Francesca, como pode um cara chapado vencer uma menina determinada.

Bem, tirando essa raiva que passei, ri muito da briga dos meninos, tentando decidir quem iria ficar com ela e ela morrendo de raiva deles. E novamente a personalidade dela combina com o nome, ela é bem estressadinha mesmo, lembra até uma personagem de outro jogo, a Elesis. Ela é estressada do mesmo jeito que a Francesca, se eu fosse tentar imaginar a protagonista pensaria na Elesis mesmo.

É interessante o fato do povo gostar de usar cabelo vermelho, vai entender esses japoneses, né? Bem, achei que a descrição da batalha foi bem legal, só confesso que confundi uma parte na hora da vírgula, não sei bem se é um erro ou está normal. É na parte do ",logo," e na parte em que a frase se segue.

Mas cara, estou gostando muito mesmo da fanfic, ela é bem fácil de ler e pode arrumar fãs de qualquer idade, o que me agrada muito mesmo, mesmo tendo os seus atrevimentos como um líder fumar maconha. Mas, acredito que o público centro sejam as pessoas que são maiores de 7 anos.

Enfim, até a próxima!

É, mas eu não diria que ela é bem, "determinada", só é mais séria que seus acompanhantes -q. Coitados, são tão iludidos -q. Eles na verdade são ruivos naturais, mas sempre há uma fascinação em relação à ruivas/ruivos. É porque a fic não é tão violenta, o que acaba fazendo "crianças" lerem, isso é claro se tiver aqui no fórum -q, mas tem uma linguagem mais adulta. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

Agora sem mais delongas, a revanche de Lurly no ginásio Smile

Capítulo 18 - A Revanche!


O dia já amanhecia, no ginásio todos ainda dormiam, menos Lurly, que saiu do ginásio e foi até o Centro Pokémon, e lá, desceu a escada, que dava ao subsolo. No local tinha algumas espécies de máquinas azuis, com um grande visor e um telefone ao lado, além de ter um lugar que era redondo, onde fazia transferências de pokémon. O menino seguiu até lá, colocou uma moeda na máquina e digitou um número.

- Hoje em dia esses centros pokémons estão tão mercenários...

Enquanto reclamava, foi surpreendido por alguém o chamando. A ligação tinha sido completa. No visor apareceu a foto de Samuel Oak, o velho professor de Kanto, que ficou surpreendido com a ligação do jovem.

- Olá Lurly. A que devo a honra?
- Como deve saber, estou em Vermilion, acho que já está num lugar bom pra pegar pelo menos o Jolteon, então se puder mandar.

O velho fez uma cara de desconfiado, mas vasculhou em seu laboratório por alguns minutos, até voltar com uma esfera nas mãos, mas antes disse algumas coisas:

- Você queria provar que a vida de um treinador era fácil. Logo, não teria tanta graça usar pokémons super treinados, mas aqui está.

Então o idoso colocou a pokébola no lugar apto, mas foi impedido de prosseguir.

- Entendo. Então mande o Magnemite, pois eu capturei ele há pouco tempo. Não é tão treinado. - Disse Lurly com uma cara meio emburrada.
- Ok, ai vai.

O objeto redondo bicolor então foi transferido das mãos do velho até o jovem, que agradeceu e desligou, logo, seguiu de volta para o ginásio.

Ao chegar lá, deparou que o trio já estava acordado, e foi logo “assediado” pra dizer onde ele estava.

- Não interessa pra vocês! Quero lutar contra o líder só.

Então os dois jovens amigos do protagonista subiram na arquibancada, e os dois combatentes foram até o campo de batalha. O jovem ditou as regras e puxou uma pokébola.

- Vai Charmander!
- Vai Beedrill!

De um lado saiu um pequeno lagarto de fogo, vermelho, que era sempre sorridente, e que tinha uma cauda que chamuscava. Já do outro lado, saiu uma abelha, nas cores amarela e preta, com dois grandes ferrões nas suas “mãos” e um na parte traseira. Todos à volta olharam para os dois pokémons e tentaram segurar uma gargalhada, mas não se conseguiram se conter, e riram bastante.

- Parem de rir seus pedaços de torta vencida. Eu falei pra você que ia te ensinar, não falei John? Agora você vai ver um mestre batalhando.
- Ok, Char, vamos acabar com a fanfarrice. Flamethrower!
- É muito idiota mesmo. - Suspirou Lurly. - Agility!

O inicial abriu sua boca e de lá disparou um enorme fogaréu, porém o inseto - já veloz - começou a correr tão rápido que parecia se teletransportar, então com isso, desviou facilmente do golpe do réptil, e acabou o deixando confuso com a velocidade incrível em que se encontrava.

- Excelente. - Falou baixo. - Continue!
- Vamos queimá-lo, sei que é capaz! Flamethrower!

A abelha começou a correr muito mais rápido que da outra vez, os golpes de Charmander não eram capazes de acertá-lo. Logo em seguida, um dos ferrões do bicho começou a ficar roxo, ele então com sua extrema velocidade atingiu o animal de fogo, que começou a sentir um forte líquido roxo contrastar com seu sangue. Estava envenenado, pra felicidade de Lurly e pra tristeza de Filippo.

- Vamos Char, reaja!
- String Shot!, depois Fury Attack!

O lagarto tentou novamente acertar um golpe em Beedrill, mas sofreu o dano do envenenamento e gemeu de dor. O pequeno pokémon então mandou em seguida uma espécie de linha pelo seu ferrão traseiro, e essa “linha” amarrou o adversário. Em seguida ele começou a bater sequencialmente nele, até nocauteá-lo.

Todos ficaram surpresos de como que um inseto conseguiu vencer um pokémon do tipo fogo.

- Aí seus trouxas! É assim que se luta! Eu já sabia que o Charmander não tinha uma velocidade muito boa, e que o Beedrill era bem rápido. Além de que ele não consegue usar golpes muito fortes. E eu não deixei contra o Magmar, pois bem, um Flamethrower daquela peste, ia destruir completamente meu pokémon.
- Vou pegar uma ervinha aqui porque essa luta está tensa!

Os três olharam com olhares cínicos pro jovem, que mandou o Growltihe a campo.

- Flamethrower!
- Evasiva!

O cachorro alaranjado abriu sua boca e expeliu uma grande quantidade de fogo. Beedrill tentou escapar, mas como o canídeo era muito rápido, conseguiu acertá-lo com o golpe. Com um único golpe, o pokémon ficou bem debilitado.

- Vamos lá, use o Poison Sting!
- Evasiva e Flamethrower!

Os ferrões tomaram um brilho roxo, o inseto seguiu próximo ao quadrúpede, que se jogou para o lado. Mesmo a velocidade estando alta, o bicho não atingiu o golpe. Em seguida o cachorro cuspiu um monte de fogo, que cobriu o inseto, logo em seguida, ele cai no chão, nocauteado.

- Geodude, eu escolho você!

Da pokébola saiu o pedregulho cinza de membros superiores, todos ficaram espantados. Afinal aquele era o único pokémon com vantagem, logo, Lurly deveria utilizá-lo por último.

- Ta queimando lixo por acaso? - Disse Francesca. - Seu pokémon mais forte teria que usar no final.
- É seu Zé Ruela. - Concordou John.
- Zé Ruela é seu pai. Eu seu lutar e não preciso de opinião de ninguém.

Logo, os dois pokémons se puseram em batalha e se encararam. Growlithe começou atacando, começou a correr, e à medida que fazia isso, via seus dentes crescerem, logo, ele chegou próximo ao pokémon petrificado e o mordeu. O bicho pra revidar levantou as mãos, derramando uma grande quantidade de pedras. Por mais que o golpe fosse super efetivo, não fez “aquele estrago” no canino.

- Preto safado. - Reclamou Lurly.
- Vai seu racista.
- Cara, você é branco, cala a boca.
- Nossa, é verdade? Até esqueci a minha cor.
- Para de fumar cara... - Suspirou. - Vamos Geodude, ataque!
- Milotic, use o Poison Sting!

Todos olharam com cara feia para o líder. Novamente estava com seus delírios loucos, sempre confundindo os pokémons e os golpes. Como o pokémon de pedra não tinha nada a ver, levantou os braços e logo uma grande quantia de pedras caiu sobre o adversário, que continuou de pé.

- Mas que porcaria!
- Flamethrower!

O animal doméstico abriu a boca e de lá saiu um enorme fogaréu, que cobriu todo o de pedra, e mesmo o golpe sendo não efetivo, arrancou um bom dano de Geodude.

- Que corno! - Reclamou o ex-líder.
- Ninguém chama meu irmão de corno, ouviu?
- Ui, ela defende o irmãozinho.
- Nossa, é sério que você está me defendendo?
- Não, só quero me opor ao Lurly.
- Se opõe ao meu... Melhor não, deixa pra lá.

Ela percebeu o que ele ia falar e olhou com uma cara brava, o amedrontando, tanto que ele nem falou o que pensou em dizer.

- Enfim, prosseguimos com a luta. Geodude, use o Rock Smash!
- Crunch!

Então o pokémon de pedra ergueu seus braços e um deles tomou um grande brilho branco, além de crescer um pouco o tamanho. O cachorro começou a correr e seus dentes ficaram negros e bem grandes, em seguida os dois acabaram se chocando com os golpes e uma grande fumaça tomou conta do local. Quando ela abaixou, o resultado mostrava os dois pokémons debilitados. Os dois treinadores lamentaram. Agora cada um tinha um pokémon disponível apenas.

- É agora, o super, o inacreditável, o top, o zika, o pamp... - Disse Lurly, mas parou de repente. - Ah! Engoli uma mosca!

Todos olharam com cara feia pra ele, que simulou um gesto obsceno, e já temeu levar um golpe de sua amiga. Em seguida mandou uma pokébola a campo e dela saiu um pombo de tamanho médio, que tinha plumas vermelhas bonitas e era colorido por um bege e branco. Do outro lado saiu Magmar, o pato de fogo.

- Você cheirou queijo gorgonzola podre? - Perguntou John.
- Queijo gorgonzola já é podre por natureza, mas não, eu não cheirei. Aliás, eu luto muito mais do que você, seu panaca!
- Em pleno 2013 e ainda tem gente que chama o outro de panaca. - Disse o líder.
- Cala a boca ou eu te quebro!

Os treinadores voltaram a atenção à batalha, e logo cada um ordenou um movimento. O pássaro começou a correr pelo alto, e acertou o adversário com um golpe com os ombros. O vulcânico aproveitou a proximidade com o rival e mandou um poderoso soco elétrico, que mesmo tendo vantagem, não fez muito efeito em Pidgeotto.

- Como isso? Que Pidgeotto do cão!
- Na verdade ele é um pássaro mesmo.
- Cala a boca idiota! - Retrucou o líder. - Preciso puxar um pouco.
- Pidgeotto, jogue essa porcaria longe! - Gritou. - Use o Gust!

O pombo abriu as asas e em seguida bateu-as violentamente, criando um forte vento. O ruivo, que estava com um objeto branco na boca, o viu ir parar longe pela força do golpe, que ainda atingiu o pato, que por ser pesado, acabou não indo parar longe, mas algumas coisas que voaram, o atingiram.

- Flamethrower!

O grande pokémon de fogo abriu sua boca e cuspiu um enorme fogaréu, que cobriu completamente o voador. Porém quando o golpe terminou, o pokémon de Lurly estava lá, firme e forte. A batalha parecia que tomaria um rumo bem interessante...

- Pidgeotto, não aceite, vamos lá! Use o Quick Attack!
- Pare-o com Thunderpunch! Vamos vingar nossa maconha perdida!

O passarinho abriu os seus membros superiores e em seguida os juntou ao corpo, fazendo uma espécie de foguete, então ele voava rapidamente, até que atingiu certeiramente o adversário, que não titubeou e começou a carregar uma enorme corrente elétrica sobre seus braços, e então desferiu um forte soco no pokémon, que sofreu bastante dessa vez. Porém, sem nenhuma ordem, ele começou a ficar num brilho azul e algumas penas começavam a “cair” sobre ele. Após esse movimento, ele ficou mais saudável, pra espanto de todos. Tinha aprendido o golpe Roost.

- Que legal esses golpes ilegais. - Esbravejou o líder. - Vamos mostrar o que é um golpe ilegal! Use o Smog!
- Ah! Mas não vai mesmo! Retruque com Gust!

O pato logo cuspiu uma fumaça roxa, que ia em direção ao adversário, porém ele bateu suas asas e o vento levou a fumaça tóxica de volta, e ela atingiu justamente o próprio usuário do golpe. Todos se surpreenderam com a jogada. Em seguida, sem nenhuma ordem, novamente Pidgeotto executou outro golpe. Dessa vez ele abriu seu órgão de voo e elas tomaram um brilho branco, ele então desceu num rasante, que atingiu Magmar. Tinha aprendido Wing Attack.

- Excelente! Dois golpes aprendidos numa mesma luta! Vamos lá, use o Wing Attack!
- Pare-o! Flamethrower!

A ave alçou voo e abriu suas asas e começou a “rodopiar” pelo ar, fazendo umas manobras, então numa espécie de golpe surpresa, ele desce rapidamente, mas Magmar estava preparado e manda uma grande quantidade de fogo em direção ao bicho, o elemento cobre totalmente o animal, dando a impressão da vitória estar garantida ao líder, mas todos se surpreenderam logo em seguida, o voador foi atingido pelo fogo, mas continuou descendo num rasante e deu a impressão de ser um imponente pássaro de fogo. Ele chegou próximo do pokémon vulcânico, que despreparado tomou um golpe certeiro com as duas asas e caiu no chão, já nocauteado, para surpresa de todos.

- Eu falei que eu ia vencer. Eu sou muito bom, eu manjo das estratégias. Estratégias e humildade são meus maiores dons.
- Sim, claro. - Falou Francesca, que desceu da arquibancada e com a excitação da vitória de seu amigo, desferiu-lhe um beijo na boca, assustando a todos os presentes.

Um clima de silêncio ficou no local, até que é ouvido um barulho de música. Lurly e Francesca se soltam.

- Meu celular está tocando. - Disse o líder enquanto era possível ouvir uma “batida de Reggae” no fundo.
- Eu fico depressivo quando vejo gente com celular bom tocando música ruim. - Lamentou John.
- É verdade, tipo forró ou axé. Ou até mesmo Bob Marley. - Falou de maneira baixa e olhando com cara de inocente pra Filippo.
- Ta falando mal do Bob tio? Vai mexer com a favela?
- Que favela cara? O ginásio fica numa área de classe média da cidade, não viaja não. - Lembrou a irmã.
- Eu sei, eu tava só brincando. - Respondeu olhando para o teto. - Eu que fumo e você que ta loucona.
- Enfim, também outro lixo que toca nos celulares também é um tal de Nirvana.

O rosto de Francesca ficou da mesma cor de seu cabelo. John e Lurly - mesmo temendo a morte - riam da situação. Eles começavam a se divertir com o temperamento explosivo da garota. O momento seguinte foi o esperado, o ex-líder tomou uma bela bofetada no rosto, daquela que não dá nem vontade de lavar a cara para deixar a marca mesmo.

- Tapa de amor não dói. - Provocou.

Porém essa atitude foi o maior erro dele. A garota disse algo como “Tapa de amor não dói? Então vamos ver isso!” e deu um chute num lugar muito indelicado, um local onde nenhuma pessoa do sexo masculino gosta de levar um golpe, e o jovem caiu ali no chão, gemendo de dor.

- Trabalho feito. - Disse a garota batendo as mãos como se tivesse limpando-as.

Os três ficaram rindo da desgraça de Lurly. Aposto o momento de riso, o líder chegou com um objeto cinza, feito de metal, ele tinha o formato de uma fumaça, e a parte de baixo era vermelha, era a Insígnia da Fumaça, ou Smoke Badge.

To be continued...


Espero que esse tenha sido melhor que o anterior -q, mas enfim. É isso e espero que comentem Smile
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Snow Walker em Qua 25 Set 2013 - 21:00

Primeira vez que comento em uma fan-fic aqui do forum, sinta-se honrado -q

Lurly é um dos protagonistas que eu mais gosto de todas as fics que eu li, o cara é insano pra caramba! Alem de me fazer rir bastante, claro.

A batalha do Beedrill contra o Charmander foi inteligente, não desmerecendo as outras batalhas que ocorreram é claro. Mesmo sendo um pouco idiota, o Lurly é uma pessoa bem inteligente mesmo.

Estou gostando do rumo que a historia está seguindo, a batalha foi incrivel e alem disso os personagens também são. É uma boa historia e alem disso, é uma leitura agradavel, Li toda a fic hoje e realmente é MUITO boa. Acompanharei apartir de agora.

Continue assim, cara. E boa sorte \o
avatar
Snow Walker
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/04/2013

Frase pessoal : salabim salabão


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Dengel em Qui 26 Set 2013 - 16:20

Hey-Yo!

Bom trabalho com a batalha, mas até eu fiquei um pouco tenso com as atitudes de Lurly no início. O rapaz estava mesmo sério...

Enfim, acho que a melhor parte foi mesmo a batalha do Beedril. Quase que parecia um Ninjask xD foi pena não se ter saído tão bem perante a velocidade do Growlithe... O Pidgeotto também se saiu muito bem, aprendendo dois ataques novos, principalmente o Roost, que é um ataque que não costuma ser muito utilizado nas Fics (entre outros, a não ser por aqueles nerds engenhosos.

E, mais uma vez, Francesca revela o seu lado galdéria xD não, mas foi muito inesperado esse beijo. Foi pena não ter dado muita importância a ele, e à reação de John, mas espero ter um special cap sobre no próximo capítulo!

A descrição esteve muito boa. Decididamente, é das melhores batalhas até agora da Fic. A narração também contribui para isto. Erros, apenas encontrei um ou outro sinal, fiquei muito tenso no início e não me debrucei tanto nisso.

P.S.: pensei que ele fosse utilizar o Manetric na batalha...

Continue assim!
avatar
Dengel
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 19/07/2013

Frase pessoal : Just Live and Let Die


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por xKai em Sab 28 Set 2013 - 19:26

Blaaack! Mil desculpas cara! Ultimamente eu tenho comentado assim que você posta, mas essas últimas duas semanas foram bem complicadas... Eu adoeci e vi os trabalhos de escola e do trabalho... Se amontoarem de uma forma louca... Ainda estou ajeitando as coisas, mas consegui um tempinho pra comentar nas fics, mas não espere anda de qualidade -q



Finalmente o Pidgeotto fez alguma coisa... Desde que ele era apenas um Pidgey o pobre nunca teve brilho nessa fic, tadinho...

Êba... O Lurly venceu... Era o esperado depois de ter tomado na cara já desse cara... Enfim... Francesca continua dando uma de "tiete" do Lurly em certas ocasiões, infelizmente pra mim ela realmente deve gostar dele... Mesmo que isso seja apenas uma pilhagem adolescente isso vai acabar em romance, é meio óbvio -q

Até que o capítulo ficou bem interessante, conseguiu ter um enredo bem legal e não ficou "linguiçado" por eles continuarem na mesma cidade lutando contra o mesmo líder, enfim até o próximo capítulo, espero poder postar em dia.

________________

avatar
xKai
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/05/2013


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Rush em Dom 29 Set 2013 - 23:45

Black! (:


Gostei da batalha. Geralmente é difícil ver alguma estratégia durante a luta, é sempre o modo "kill kill kill" ligado, ou "um Pokémon dá um golpe, e o outro rebate". Porém, desta vez o Lurly usou uma estratégia maneira, uma estratégia que contra-atacasse o "super trunfo" desse Filippo. Eu curti bastante. Podia ter explorado mais em como o protagonista chegou a essa conclusão, mas enfim, ficou maneiro. 


Pelo visto o Lurly manja nos treinamentos, mesmo que não tenha aparecido isso durante a fic. Um Jolteon e um Electivire super treinados? Fiquei curioso com isso. Vamos ver como um Magnemite vai ser útil na equipe dele agora.


Uma coisa que eu não curti, foi a forma que você está trabalhando a Francesca. Sei que a fic é um clichê inovador, como você mesmo disse, mas ela está MUITO clichê. Sinceramente, você está fazendo com que ela seja apenas um "objeto de desejo" sem muita personalidade que beija o rapaz mais próximo quando sente alguma coisa extrema, como medo ou felicidade. Não vi algum bom motivo para ela ter beijado o Lurly, até porque eles brigaram durante o capítulo inteiro e não tiveram nenhuma cena em que ele a surpreende-se emocionalmente. De verdade, achei desnecessária essa cena.


De resto, está tudo bem interessante. Eu gostei muito da batalha cara. A estratégia ficou perfeita. Também, eu espero que haja algum conflito entre o John e o Lurly, até o porque, o moleque deve ter sentido alguma atração pela garota, no beijo durante a travessia da caverna, não?


Enfim, desculpe a demora pra comentar. Aguardo o próximo capítulo cara, um abraço, até mais.
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Dom 20 Out 2013 - 22:43

Sentiram minha falta? Cri cri -qq. Enfim, eu não estive ocupado nesse tempo, eu só estava desanimado a continuar escrevendo, mas pensei "já escrevi mais de vinte capítulos, agora é bola pra frente né", e então fiquem com o novo capítulo, antes claro, os comentários.

Comentários:
Snow.King escreveu:Primeira vez que comento em uma fan-fic aqui do forum, sinta-se honrado -q

Lurly é um dos protagonistas que eu mais gosto de todas as fics que eu li, o cara é insano pra caramba! Alem de me fazer rir bastante, claro.

A batalha do Beedrill contra o Charmander foi inteligente, não desmerecendo as outras batalhas que ocorreram é claro. Mesmo sendo um pouco idiota, o Lurly é uma pessoa bem inteligente mesmo.

Estou gostando do rumo que a historia está seguindo, a batalha foi incrivel e alem disso os personagens também são. É uma boa historia e alem disso, é uma leitura agradavel, Li toda a fic hoje e realmente é MUITO boa. Acompanharei apartir de agora.

Continue assim, cara. E boa sorte \o
Opa, a fic é igual coração de mãe, sempre tem lugar pra mais um hu3. Enfim, eu busquei fazer uma boa estratégia, eu já tava desde o começo da fic querendo pôr uma estratégia, mas sei lá, ai coloquei essa. Obrigado por comentar e espero que continue lendo Smile

@Dengel escreveu:Hey-Yo!

Bom trabalho com a batalha, mas até eu fiquei um pouco tenso com as atitudes de Lurly no início. O rapaz estava mesmo sério...

Enfim, acho que a melhor parte foi mesmo a batalha do Beedril. Quase que parecia um Ninjask xD foi pena não se ter saído tão bem perante a velocidade do Growlithe... O Pidgeotto também se saiu muito bem, aprendendo dois ataques novos, principalmente o Roost, que é um ataque que não costuma ser muito utilizado nas Fics (entre outros, a não ser por aqueles nerds engenhosos.

E, mais uma vez, Francesca revela o seu lado galdéria xD não, mas foi muito inesperado esse beijo. Foi pena não ter dado muita importância a ele, e à reação de John, mas espero ter um special cap sobre no próximo capítulo!

A descrição esteve muito boa. Decididamente, é das melhores batalhas até agora da Fic. A narração também contribui para isto. Erros, apenas encontrei um ou outro sinal, fiquei muito tenso no início e não me debrucei tanto nisso.

P.S.: pensei que ele fosse utilizar o Manetric na batalha...

Continue assim!
Dengel o/. E na verdade o Beedrill ne, é um bicho tãããão rápido, é só porque o Charmander é bem lentinho mesmo -q. Sim, é porque o Roost foi pra "reviver" o Pidgeotto na batalha. Não pretendia fazer especiais, mas se lhes agradam... Enfim, obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@xKai escreveu:Blaaack! Mil desculpas cara! Ultimamente eu tenho comentado assim que você posta, mas essas últimas duas semanas foram bem complicadas... Eu adoeci e vi os trabalhos de escola e do trabalho... Se amontoarem de uma forma louca... Ainda estou ajeitando as coisas, mas consegui um tempinho pra comentar nas fics, mas não espere anda de qualidade -q



Finalmente o Pidgeotto fez alguma coisa... Desde que ele era apenas um Pidgey o pobre nunca teve brilho nessa fic, tadinho...

Êba... O Lurly venceu... Era o esperado depois de ter tomado na cara já desse cara... Enfim... Francesca continua dando uma de "tiete" do Lurly em certas ocasiões, infelizmente pra mim ela realmente deve gostar dele... Mesmo que isso seja apenas uma pilhagem adolescente isso vai acabar em romance, é meio óbvio -q

Até que o capítulo ficou bem interessante, conseguiu ter um enredo bem legal e não ficou "linguiçado" por eles continuarem na mesma cidade lutando contra o mesmo líder, enfim até o próximo capítulo, espero poder postar em dia.
Kai o/. Pidgey não têm brilhos, coitados =/. Sim, ela gosta e não gosta (wtf) dele, é uma relação confusa, acho que nos próximos capítulos vai ser explicado melhor. Sim, eu não quero deixar essa monotonia, então são bem poucos episódios numa cidade. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@Rush escreveu:Black! (:


Gostei da batalha. Geralmente é difícil ver alguma estratégia durante a luta, é sempre o modo "kill kill kill" ligado, ou "um Pokémon dá um golpe, e o outro rebate". Porém, desta vez o Lurly usou uma estratégia maneira, uma estratégia que contra-atacasse o "super trunfo" desse Filippo. Eu curti bastante. Podia ter explorado mais em como o protagonista chegou a essa conclusão, mas enfim, ficou maneiro. 


Pelo visto o Lurly manja nos treinamentos, mesmo que não tenha aparecido isso durante a fic. Um Jolteon e um Electivire super treinados? Fiquei curioso com isso. Vamos ver como um Magnemite vai ser útil na equipe dele agora.


Uma coisa que eu não curti, foi a forma que você está trabalhando a Francesca. Sei que a fic é um clichê inovador, como você mesmo disse, mas ela está MUITO clichê. Sinceramente, você está fazendo com que ela seja apenas um "objeto de desejo" sem muita personalidade que beija o rapaz mais próximo quando sente alguma coisa extrema, como medo ou felicidade. Não vi algum bom motivo para ela ter beijado o Lurly, até porque eles brigaram durante o capítulo inteiro e não tiveram nenhuma cena em que ele a surpreende-se emocionalmente. De verdade, achei desnecessária essa cena.


De resto, está tudo bem interessante. Eu gostei muito da batalha cara. A estratégia ficou perfeita. Também, eu espero que haja algum conflito entre o John e o Lurly, até o porque, o moleque deve ter sentido alguma atração pela garota, no beijo durante a travessia da caverna, não?


Enfim, desculpe a demora pra comentar. Aguardo o próximo capítulo cara, um abraço, até mais.
Rush o/. Bom, ele era um líder de ginásio, então ele sabe das estratégias, mesmo não sendo um pokémon do seu tipo preferido, ele analisou os golpes e buscou uma estratégia que fosse apta à situação. Sim, mas o Jolteon não é tão bem treinado igual ao fucking Electivire -q. Depois dessa crítica eu tentei dar uma personalidade à Francesca, mas é só uns três ou quatro capítulos à frente que vou meio que revelar algumas coisas dela. Ela é meio bipolar, então ela gosta e desgosta dele -q, mas vou tentar arrumar isso. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

Agora o capítulo, ficou tipo, sei lá, meio desnecessário, mas o Sherabiff é o rival oficial da fic, então...

Capítulo 19 - Rivalidade?


O trio saía do Centro Pokémon e seguia rumo ao norte da cidade, aquela área tinha um cheiro de poluição, não era como nas grandes megalópoles, mas não se comparava à brisa marítima da urbe, eles nem ligaram muito pra isso, na verdade isso não importa nem um pouco, eles iam seguindo quando foram surpreendidos por um grito.

- Sir. Lurly Faísca! - Gritou uma voz conhecida.
- O próprio. O que a senhora quer? - Ele disse e se virou, surpreendendo-se por ser um garoto, pra ser mais exato, Joseph Sherabiff.
- Senhora é sua mãe, seu desgraçado! Mas enfim, vi que você ganhou a insígnia e depois de mim, logo eu sou melhor que você, quer apostar?

O menino de cabelo cinza praticamente chorou de tanto dar risada, John mesmo sendo um treinador escroto, também riu bastante.

- Ok cara, muito boa essa. - Disse Lurly ainda rindo. - Agora conta aquela do pintinho.
- Cala a boca infeliz! Nidorina, eu escolho você!
- Ui, ela tem uma Nidorina! - Ele disse, depois olhou para John. - Olha John, ela, digo, ele tem uma Nidorina, você tem um Nidorino, dá pros dois fazerem coisinhas e nascerem Nidorans.
- Lurly, cala a boca! Meu Nidorino não quer ter filho com esse pokémon desse lixinho ai.

O rosto do menino encheu e chegou a ficar vermelho, seu olhar não era nada amigável, estava possesso de raiva, então ordenou que seu pokémon arremessasse pequenas fagulhas de veneno em direção aos dois.

- Cancela esse ataque! - Gritou Francesca. - E vocês dois suas criancinhas! Parem de zoar o moleque! Só porque ele é um bosta, um lixo, um pedaço de nada, não signifique que ele deva ser zoado!
- Nossa... obrigado, eu acho. - Falou ele meio receoso.
- Ta bom, eu aceito seu desafio, vamos Magnemite!

Os dois acompanhantes ficaram surpresos com o pokémon que saiu da pokébola, afinal estavam juntos de Lurly há um bom tempo e nunca tinham visto-o capturando tal pokémon. Ele explicou toda a história. O bicho que na verdade nem era um bicho, era uma espécie de imã, que tinha o formato circular e que tinha seus polos magnéticos dos lados e que tinha um parafuso na ponta da cabeça, ele fazia um barulhinho irritante.

- Use o Poison Sting!

O ex-líder voltou a rir, Francesca que instantes atrás passou um sermão também riu debochadamente, John não ficou atrás. O pequeno animal azul cuspiu vários espinhos venenosos, porém eles bateram no pokémon elétrico e os espinhos bateram e subiram, nada tinha acontecido, pois golpes de veneno não fazem efeito em pokémons metálicos.

- Você não está preparado para a vida quando usa golpes desse tipo em pokémons metalizados. - Riu o garoto principal. - Magnemite, use o Spark!

O objeto vivo concentrou uma grande energia elétrica em seus “imãs menores” e em seguida arremessou uma forte faísca em direção ao bicho venenoso, que caiu no chão, nocauteado. Sherabiff recolheu-a para a pokébola enquanto olhava os outros rirem dele.

- Essa luta não acabou! Eu vou demonstrar que sou muito melhor que Lurly Spark, o ex-líder imbatível. Gloom, saia!

Da pokébola saiu um cogumelo roxo, que tinha a ponta de seu corpo sendo meio marrom, com umas folhas. Sua expressão era de chateado e era visível uma espécie de baba saindo dos cantos da boca.

- Nossa cara, isso é sério mesmo? Você me enoja com isso.
- Sério? - Perguntou ele quase chorando.
- Na verdade não, mas quando eu te vejo batalhando chego a ficar com azia. Magnemite, vai lá, acabe com isso! Sonicboom!

O pokémon de aço abriu sua boca e lançou várias ondas sonoras, aqueles barulhos eram estridentes, e conforme ele avançava, mais forte o barulho ficava. O cogumelo não aguentou e acabou sendo nocauteado.

- Agora eu venço! Wartortle, eu escolho você!

A tartaruga saiu da pokébola uma expressão muito séria, estava a fim de uma boa luta, porém o ex-líder e sua trupe sabiam que isso não ia acontecer e puseram-se a rir novamente do Sherabiff.

- Cara isso é sério mesmo? Você vai me enfrentar com isso? Quer dizer, o pokémon é bom, mas você é um lixo, fumou cocô de pombo? Como você ainda venceu esse ginásio. Tem que ser um maconheiro sem vergonha como líder mesmo.
- Mais respeito com meu irmão ouviu?
- Ah cala a boca cabelo de fogo!
- Quer brigar então?
- Não, eu não quero brigar com você, eu quero fazer outras coisas com você. Nesse momento eu quero estourar a cara do cheira carne.

O protagonista apenas estralou os dedos fortemente, seu pokémon carregou uma enorme energia eletrificada e disparou contra o adversário, que caiu no chão, estático. Joseph retornou seu pokémon e disse:

- Você me paga! Você me paga! Eu vou te matar!
- Nossa que medo! - Ironizou Lurly. - Vai jogar Max Steel.

Então o menino saiu correndo chorando, como uma criança que perde seu doce ou perde seu brinquedo. Nesse caso era uma criança que perdeu uma batalha.

- Esse garoto tem sérios problemas mentais. Alguém precisa interná-lo numa clínica psiquiátrica urgentemente.
- É verdade, coitado. - “Lamentou” John.

Francesca então foi tomando a frente do trio, seguindo em direção à rota que ficava depois da cidade. Ela apressava os passos, parecia querer chegar logo em Celadon ou Saffron. Seus amigos a seguiam com passos largos, quando de repente são surpreendidos com um barulho, e logo em seguida veem uma pequena criatura vermelha, com uma cabeça descomunal e que parecia um pato sair de sabe-se lá onde. Era um Magby, os três faltaram se matar pra pegar o bicho.

- É meu! Eu vi primeiro! - Gritou o de cabelo castanho.
- Não! É meu! - Gritou o ex-líder.
- Gente, me deixa ficar com ele, por favor. - Falou a ruiva fazendo uma cara de criança inocente depois.
- Não adianta tentar me convencer com essa cara de neném porque você não me convence não!
- Ah é? - Gritou ela. - Então eu vou dar uma voadora na cara de você dois, se não me permitirem capturá-lo! Fearow, saia!

A adolescente então mandou uma pokébola a campo, de lá saiu uma grande ave, que passava um olhar amedrontador a todos à sua volta, exceto a sua treinadora, claro.

O bicho saiu e logo fez seu bico tomar uma forma maior e um brilho branco, em seguida ele começou a bicar fortemente o adversário, que foi tentando recuar. O adversário sofreu um certo dano, porém pra não ficar atrás na batalha, cuspiu um imenso fogo, que foi facilmente desviado pelo pássaro.

- Nossa, olha a Francesca, sabe lutar. - Disse Lurly em tom provocativo.
- Cala a boca ou eu te bato! E você sabe que eu bato mesmo!
- Hm... bate mesmo né safadinha? - Provocou Lurly novamente.

John riu da idiotice do seu amigo, tanto que ficou jogado no chão, de tanto gargalhar. O ex-líder até achou estranho, e quando olhou só viu uma mão atingir sua cabeça.

- Ai, preta do caramba! - Esbravejou ele.
- Sou ruiva na verdade, mas isso não importa. Fearow, use o Pursuit!

Então o pokémon cresceu monstruosamente e começou a correr atrás do ser vivo vulcânico, que estava ficando assustado com a situação, ele corria tanto, que acabou caindo no chão, em seguida permitindo um golpe do voador. Ele sofreu bastante dessa vez, mas levantou e soltou um grande emaranhado de chamas, que atingiu o animal selvagem, que nem sentiu muito.

- Vamos finalizar, Fearow! Use o Aerial Ace!

A ave de rapina começou a tomar uma altura bem grande e então desceu num rasante, nesse rasante, passou com uma asa sobre Magby, que caiu nocauteado. A menina pegou uma pokébola no bolso e arremessou no bicho. O objeto esférico bicolor balançou três vezes e finalizou o movimento com um brilho, aquele pokémon estava capturado.

A jovem recolheu seu pokémon para o item circular, em seguida seguiu até o protagonista e os lábios dela encontraram os dele, e estavam novamente se beijando. Após alguns segundos ela o largou e disse:

- Lurly, quer namorar comigo?


Esse capítulo ficou meio escroto, mas né. Enfim, é só e espero que comentem Smile
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Rush em Qua 23 Out 2013 - 17:57

Hey Black! Desculpe a demora, só agora eu vi que tinha sido postado.. Foi mal mesmo. :/


Enfim, capítulo variado esse ein? Muitos acontecimentos num curto período de tempo. Tenho que ressaltar que eu fiquei com muita pena do Cheira Carne, por mais irritante que ela seja. É óbvio que ele venceu o irmão da Francesca por causa do seu Wartortle, mas porra, ele é muito zoado batalhando. Perder os três Pokémons para um Magnemite? o_o


Tive a leve impressão que o Lurly, o John e a Francesca que são os vilões da história AUEHAUE'


A Francesca conseguiu um novo Pokémon. Gosto de Magbies, ele são interessantes. E só uma correção... o Fearow não é uma ave de rapina, pois aves de Rapina possuem os bico curvo como característica. Também achei bizarro a parte em que o Magnemite abriu a boca pra usar o Sonic Boom... Magnemites tem bocas? 


O capítulo ficou interessante, só esse final que ficou... Err. Estranho. Tipo, não entendo essa Francesca... Você disse que ela é meio bipolar e confusa, logo você está fazendo um ótimo trabalho, porque eu não entendo e não consigo prever nada que ela faz. x_x Acho que é uma das poucas personagens que são totalmente imprevisíveis. Por mais que goste dela, eu prefiro que o Lurly diga não. Até porque, eu torço por um Johnesca ou um Franohn. Acho que o Johnny e a Francesca são fofos juntos.


É isso, seria muito interessante se tu explorasse a raiva do John nesse possível trio amoroso, por mais que a Francesca tenha sido uma piriguete por pegar o John na caverna do nada, mesmo não gostando dele. AUEHAUE'


É isso, desculpa a demora por responder, e tente postar capítulos mais rápido, para eu não perdê-los... Um abraço, até mais cara.
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Skyblue em Qui 24 Out 2013 - 20:44

Capitlo 1: Black, estou adorando cara, sua fic é uma inspiração para alma e um ember para os olhos! kkkkkkkkkk
Kra eu amei sua fic, talvez a melhor q ja vi, tomara que continue assim, olha ai: Além de me divertir muito lendo ela, eu pude até aprender mais a narrar batalhas pokémons (apesar de q vou continuar narrando bem diferente). È tudo criativo e espero que continue até os outros que amanhã lerei (uns 3 capitulos).Continue escrevendo, ta ótimo! Ou se quiser pode me esperar pra conseguir te acompanhar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
avatar
Skyblue
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 22/10/2013

Frase pessoal : Se você não gostou de algo, não fuja, mude-a


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Snow Walker em Qui 24 Out 2013 - 21:01

Tio Black! Eu ia comentar, mas fiquei com um pouco de vergonha e tudo mais, mas de qualquer modo... Me desculpe por isso.

Primeiramente: Eu ri muito com a parte da Nidorina, sério cara o Lurly não se toca não? HAUHAUSHUAHUSHAUHSUHAUSHUAHUSHUAHUSA

Enfim, senhorita Joseph Sherabiff se achando melhor que o Lurly só porque conseguiu a insígnia primeiro é algo em que eu sempre pensei a respeito. Nos jogos o seu rival sempre se acha melhor que você e sempre que você chega em um ginásio ele já venceu, já foi embora e já upou muito mais que você, aí você vai lá e ganha dele. Pode ser que não tenha nada a ver, mas é algo que achei interessante você mencionar.

Ao todo não achei o capitulo “desnecessário”, batalhas com o rival são sempre importantes. E em relação a essa batalha, eu até que gostei bastante dela, mostrou mais uma vez o quanto o Lurly é um treinador forte e o quanto o Sherabiff é um bebê chorão. Q

Sobre esse final... Não acho que daria certo um namoro entre os dois, pelo menos na minha opinião, mas vai que da certo né. Neste ponto concordo com o Rush, John e Francesca dariam um casal bem fofo.

No mais é isso, não tenho muito o que comentar. Boa sorte com a fic, cara. Até mais \o
avatar
Snow Walker
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/04/2013

Frase pessoal : salabim salabão


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Dom 27 Out 2013 - 22:20

Hey peoples o/. Então, agradeço aos comentários, mas antes de respondê-los pessoalmente, tenho que dar um aviso geral. Vocês vão me ferrar com essa história de John e Francesca, porque eu planejei desde o começo que a Francesca e o Lurly ficassem juntos, mas pelos comentários percebo que o John é preferência, então como eu já tinha escrito alguns capítulos e não ia apagá-los, tive que fazer umas manobras loucas para poder inventar algo -q, mas enfim. Vamos aos comentários:

Comentários:
@Rush escreveu:Hey Black! Desculpe a demora, só agora eu vi que tinha sido postado.. Foi mal mesmo. :/


Enfim, capítulo variado esse ein? Muitos acontecimentos num curto período de tempo. Tenho que ressaltar que eu fiquei com muita pena do Cheira Carne, por mais irritante que ela seja. É óbvio que ele venceu o irmão da Francesca por causa do seu Wartortle, mas porra, ele é muito zoado batalhando. Perder os três Pokémons para um Magnemite? o_o


Tive a leve impressão que o Lurly, o John e a Francesca que são os vilões da história AUEHAUE'


A Francesca conseguiu um novo Pokémon. Gosto de Magbies, ele são interessantes. E só uma correção... o Fearow não é uma ave de rapina, pois aves de Rapina possuem os bico curvo como característica. Também achei bizarro a parte em que o Magnemite abriu a boca pra usar o Sonic Boom... Magnemites tem bocas? 


O capítulo ficou interessante, só esse final que ficou... Err. Estranho. Tipo, não entendo essa Francesca... Você disse que ela é meio bipolar e confusa, logo você está fazendo um ótimo trabalho, porque eu não entendo e não consigo prever nada que ela faz. x_x Acho que é uma das poucas personagens que são totalmente imprevisíveis. Por mais que goste dela, eu prefiro que o Lurly diga não. Até porque, eu torço por um Johnesca ou um Franohn. Acho que o Johnny e a Francesca são fofos juntos.


É isso, seria muito interessante se tu explorasse a raiva do John nesse possível trio amoroso, por mais que a Francesca tenha sido uma piriguete por pegar o John na caverna do nada, mesmo não gostando dele. AUEHAUE'


É isso, desculpa a demora por responder, e tente postar capítulos mais rápido, para eu não perdê-los... Um abraço, até mais cara.
Rush o/. Sim, ele é muito escroto, ele deve ter perdido tanto que o líder ficou com dó e deu a insígnia pra ele -q. Eles só zoam o Sherabiff porque ele é MUITO tosco -q. Ah, é porque ele é uma ave "violenta", cresci acreditando nisso =/. E aquela do Magnemite foi fail minha, depois eu vi o design dele. Pois é, é o que eu falei no começo, eu tive que transformá-la em bipolar por causa do John -q e também por causa daquela vez que você criticou que ela é uma insignificante na história -q. Mas muitas surpresas aguardam com ela. O John não vai ficar putão, mas acredito que ele vai dar leves descontroles emocionais. É, eu não gosto de demorar, só tava tentando "arejar" minha ideias. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@Skyblue escreveu:Capitlo 1: Black, estou adorando cara, sua fic é uma inspiração para alma e um ember para os olhos! kkkkkkkkkk
Kra eu amei sua fic, talvez a melhor q ja vi, tomara que continue assim, olha ai: Além de me divertir muito lendo ela, eu pude até aprender mais a narrar batalhas pokémons (apesar de q vou continuar narrando bem diferente). È tudo criativo e espero que continue até os outros que amanhã lerei (uns 3 capitulos).Continue escrevendo, ta ótimo! Ou se quiser pode me esperar pra conseguir te acompanhar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Skyblue o/. Opa, leitor novo. Obrigado pelo comentário. E tem um resumo que pode auxiliá-lo a ler mais rápido -q, mas enfim. Espero que continue lendo Smile

Snow.King escreveu:Tio Black! Eu ia comentar, mas fiquei com um pouco de vergonha e tudo mais, mas de qualquer modo... Me desculpe por isso.

Primeiramente: Eu ri muito com a parte da Nidorina, sério cara o Lurly não se toca não? HAUHAUSHUAHUSHAUHSUHAUSHUAHUSHUAHUSA

Enfim, senhorita Joseph Sherabiff se achando melhor que o Lurly só porque conseguiu a insígnia primeiro é algo em que eu sempre pensei a respeito. Nos jogos o seu rival sempre se acha melhor que você e sempre que você chega em um ginásio ele já venceu, já foi embora e já upou muito mais que você, aí você vai lá e ganha dele. Pode ser que não tenha nada a ver, mas é algo que achei interessante você mencionar.

Ao todo não achei o capitulo  “desnecessário”, batalhas com o rival são sempre importantes. E em relação a essa batalha, eu até que gostei bastante dela, mostrou mais uma vez o quanto o Lurly é um treinador forte e o quanto o Sherabiff é um bebê chorão. Q

Sobre esse final... Não acho que daria certo um namoro entre os dois, pelo menos na minha opinião, mas vai que da certo né. Neste ponto concordo com o Rush, John e Francesca dariam um casal bem fofo.

No mais é isso, não tenho muito o que comentar. Boa sorte com a fic, cara. Até mais \o
Snow.King o/. É, o Lurly é meio retardado -q. Sim, o rival é sempre o fodão pica das galáxias, mas que tem os pokémons mais fracos que os seus :S. É porque o Sherabiff era só mais um inútil na história, mesmo desde o começo eu o planejando como um rival. Mas ele vai melhorar muito as suas habilidades de batalhas. Eles vão namorar, desculpa, mas eu já to preparando umas manobras loucas para eles se separarem depois -q. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

Finalmente chegamos no capítulo 20 da fic o/. Se eu tivesse postando de três ou quatro dias como planejei desde o começo, a fic já estava lá pros quarenta -q, mas enfim. Esse capítulo tem duas capturas (dos nossos saudosos protagonistas John e Lurly).

Capítulo 20 - Cada um com seu Eevee!


A pergunta foi surpreendente para o garoto, mesmo ele sendo tão “namorador” ficou espantado, até porque geralmente é o homem quem faz tal pergunta. John também estava bem surpreso.

- Então, Lurly, vou perguntar novamente. - Disse Francesca. - Você aceita namorar comigo?
- Lógico, esperei todo esse tempo de jornada para poder ter uma chance com você. Já até pensei o nome dos nossos filhos, poderia ser Taylor e o outro Jones, o que acha?
- Acho que você ta muito apressadinho pro meu gosto. - Falou ela, em seguida deu um beijo nele.

O menino desimportante de cabelos castanhos olhava a cena sem ter nenhuma reação, não sabia se chorava, ou o que fazia, ficou parado observando os dois se lambuzarem quase, até dizer algo.

- Então gente, vocês dois já podem parar de fazer inveja. - Ele falou, mas não recebeu muita atenção. - Ah, que se dane também! Eu tenho meus jogos aqui. Espera, isso é em outra fic*.

Os dois se largaram então, mas continuaram sem dar muita bola pras idiotices de John.

- Vou pegar meu iPhone aqui pra ver algumas cantadas. - Disse o líder. - Pesquisar no Google “cantadas de pedreiro”.
- Cara, você já tem namorada, não precisa de cantadas. - Disseram seus companheiros.
- Ah, pera ai, esse site é bom. - Retrucou como se não desse bola pro que seus amigos diziam. - Vamos ver as cantadas. “Gata, você não é prato feito, mas eu quero comer você”.

O menino se espantou com o negócio, tanto que deu até zoom no seu aparelho eletrônico para ter certeza de que era o que estava lendo.

- Pelo amor, quem criou uma merda dessas? - Disse. - Já fiz muita cantada escrota, admito, mas essa é de doer o fígado.

A sua agora namorada concordou, mas do jeito louco dela. Por ele ter pronunciado aquelas palavras, levou um tapa. John riu, levou um também.

- Mas eu só tava lendo, meu chuchuzinho. - Disse ele, provocando gargalhadas tanto dele como de seu “aprendiz”.
- Sem apelidos cafonas por favor.
- Sim, senhora. - Disse de cabeça baixa, poderia sofrer se discordasse.

Então após esse momento bem legal, os nossos queridos jovens prosseguem em jornada, quando são surpreendidos por dois bichos, que se materializam na frente deles, e ficam ali, parados. Eram duas raposinhas, ou cachorro, que tinha a cor marrom, que era bem peludo, eram dois Eevees, que ficaram estáticos por um tempo, mas depois voltaram a andar, porém foram impedidos por John e Lurly, que se puseram na frente deles.

- Ta pensando o mesmo que eu? - Perguntou o ex-líder.
- Na verdade não, porque eu não tenho esse dom de ler a mente dos outros.
- Deixa de ser idiota. - Falou e deu um tapa. - Vamos lutar contra esses Eevees e capturá-los.
- Ah sim! Rhyhorn, vai!
- Pidgeotto, surja!

De uma pokébola saiu um médio rinoceronte cinza feito de pedras, da outra saiu um pássaro jovem, com belas plumas vermelhas e possuía um bonito tom de bege. Ambos lançaram olhares de imponentes para os pequenos mamíferos, que recuavam por serem menores.

- Ah cara, manda a pokébola que os Eevees já vêm. Não acredito que dois marmanjos tão com essa frescura.
- Cala a boca Francesca e me beija Francesca!

Então a menina foi lá e deu um beijo em Lurly.

- Vocês se comem depois! - Esbravejou John. - Temos pokémons a capturar!
- Isso soou tão infantil, mas é verdade. - Concordou o de cabelo cinza. - Gata, nosso filho fica pra mais tarde.

Após aquelas palavras, os dois garotos ficaram rindo, mas o mais velho se deu mal, pois levou um violento tapa em seu rosto.

- Na sua cama eu mostro o que é tapa.
- Sem safadezas, por favor, o horário de transmissão na permite isso.
- Desculpe, Sir. John.

A ruiva então interrompe esse debate super emocionante dos garotos, proseando as seguintes palavras:

- Vocês dois são tão crianças! Lutem logo com esses bichinhos!

Logo, os dois garotos voltaram a ficar sérios e ordenaram ataques a seus pokémons. Lurly pediu que seu pássaro usasse o Wing Attack; ele começou a voar bem alto, e desceu num rasante batendo num dos Eevees. Sem perder tempo, o rinoceronte bate com as patas dianteiras no chão e um tremor médio toma conta do campo, várias pedras começam a surgir, e o piso começa a rachar, as rochas batem nos bichos, que são jogados longe, era o Magnitude nível 3. Os treinadores trabalharam juntos, pois aquele golpe atingiria todos os pokémons em campo, inclusive Pidgeotto, mas por ele ser um tipo voador, não foi atingido.

- Boa John. - Disse Lurly. - Argh, depois de ter dito isso minha boca ficou meio salgada.

Os dois olharam com uma cara cínica para ele, mas logo voltaram a prestar atenção, quando duas bolas negras atingem Rhyhorn.

- Ah trouxa, se ferra sozinho! Meu pokémon não é atingido por esse golpe. - Falou o ex-líder de maneira meio provocativa. - Pidgeotto, use o Quick Attack!
- Vamos lá, Tail Whip!

O pombo percebeu o golpe do parceiro, então “cancelou” o seu ataque. Em seguida, o bichano de pedra bateu sua cauda no chão, fazendo um barulho ensurdecedor, que fez com que os Eevees ficassem com a guarda baixa, logo, perdendo um pouco a defesa. O pássaro aproveitou isso e começou a praticamente se teletransportar pelo ar, até atingir os dois cachorrinhos fortemente, e os jogar contra uma árvore, que montava a beleza daquela rota. O monochifre aproveitou que ambos estavam na grama, e então fez seu chifre crescer, e atingiu os bichos com ele, assim os debilitando. Cada treinador puxou uma pokébola, que após três balançadas, pararam, porém a esfera bicolor de Lurly acabou “sumindo do nada”, isso aconteceu por causa que ele já tinha seis pokémons no time.

- Gostaria de saber porque eu tenho tanto pokémon assim. - Reclamou Lurly, obviamente.

Francesca riu e seguiu até ele, e os dois se beijaram por um tempo, até serem forçados a terminar o clima de romance depois de um empurrão de John.

- Então galera, temos uma metrópole a chegar, lá tem vários hotéis e motéis, se é que vocês me entendem... - Disse rindo meio forçadamente.
- Essa foi boa, essa foi boa... Toca ai. - Disse o ex-líder batendo na mão do mais novo.

A menina quase explodiu de raiva e deu um golpe duplo, e saiu na frente, enquanto os dois caiam no chão, com a mão entre as pernas. Golpe indigesto, não?

E após esse momento inútil, nossos jovens seguirão para Celadon, onde encontraram novos desafios.

To be continued...

*: Asterisco em referência à fic do Shindou (quem leu vai imaginar do que eu estou falando) (Ps: Quando escrevi esse capítulo ele tinha recém postado um capítulo, sdds)


Ah caras, me desculpem eu ter colocado o Eevee, tentei evitar um pokémon tão clichê assim, mas né, Eevee é Eevee -q.

Enfim, é só e espero que comentem Smile
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Pikato em Dom 27 Out 2013 - 23:11

E então Black, estou escrevendo pelo 3ds, não espere algo tão legal assim do meu comentário.

Bem, capítulo fogoso e quente demais, muito beijo e até cantadas e eróticas e papo forte. Mas, a batalha foi bem legal e eu mesmo, iria lá e dava uma lição nesses moleques tarados, acho que a Francesca é a única que mantem o controle do horário.

Cara, sem zoar, gostava do Jhon, mas não sei muito bem agora. Só digo que o enredo tá legal, mas que eu tenho vontade de jogar uma bomba nesses meninos tenho sim.

Bem, agora chega de zoação, acredito que a fic esteja chegando a uma etapa diferente do que eu estou pensando, ou seja, algo me diz que você está preparando algo inesperado para todos nós.

Sério, coitado do Jhonn, ele é tarado, mas tinha arrumado um amor e o Lurly rouba ela. Espero que tenha vingança.

Bem, no mais gostei da inovação de citar outras fics, mesmo eu não ter lido a dele por não gostar muito de romances.

Concluindo, boa parte do meu comentario foi só para brincar mesmo, pois a fanfic está genial!
avatar
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Dom 10 Nov 2013 - 22:42

Demorei novamente, mas não foi desânimo, quer dizer, meio que foi, mas eu fiquei escrevendo alguns capítulos, mas sem mais delongas os comentários (o comentário na verdade né -q. Gente, sintam-se à vontade -q).

Comentários:
@Pikato escreveu:E então Black, estou escrevendo pelo 3ds, não espere algo tão legal assim do meu comentário.

Bem, capítulo fogoso e quente demais, muito beijo e até cantadas e eróticas e papo forte. Mas, a batalha foi bem legal e eu mesmo, iria lá e dava uma lição nesses moleques tarados, acho que a Francesca é a única que mantem o controle do horário.

Cara, sem zoar, gostava do Jhon, mas não sei muito bem agora. Só digo que o enredo tá legal, mas que eu tenho vontade de jogar uma bomba nesses meninos tenho sim.

Bem, agora chega de zoação, acredito que a fic esteja chegando a uma etapa diferente do que eu estou pensando, ou seja, algo me diz que você está preparando algo inesperado para todos nós.

Sério, coitado do Jhonn, ele é tarado, mas tinha arrumado um amor e o Lurly rouba ela. Espero que tenha vingança.

Bem, no mais gostei da inovação de citar outras fics, mesmo eu não ter lido a dele por não gostar muito de romances.

Concluindo, boa parte do meu comentario foi só para brincar mesmo, pois a fanfic está genial!
Pikato o/. Ela não é bem controlada. Só não é tão tarada assim, mas é problemática -q. Eu também tenho, eles são muito perversos e malucos -q. Acho que não, acho que sim, eu fui escrevendo e muita coisa não planejada foi aparecendo, até eu vou me surpreender até o final -q. Terá, terá. Tudo que foi possível pra fazer humor, eu vou atrás, eu gosto de fazer piada com tudo, sabe? Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Wink

Capítulo 21 - Equipe Rocket de novo? Como esses caras enchem o saco!


O trio caminhava pelas cansativas e feias estradas de terra da rota, mas logo avistaram uma placa dizendo que Celadon era mais à frente. Vocês devem estar estranhando, pois a rota só liga Vermilion até Saffron, mas na nossa história houveram modificações na estrada, e ela segue pras duas metrópoles. Os jovens continuaram caminhando até serem surpreendidos por um homem, que vestia um sobretudo preto, com uma touca e um óculos também negro, era impossível distinguir quem era, isso claro até que o homem tira sua touca e seu óculos, revelando-se ser ele, Thomson, para espanto de todos.

- Thomson, é você?! - Espantaram-se.
- Xiu! Falem baixo! Vão chamar a atenção da polícia!
- É, gritando a gente vai chamar a atenção da polícia. - Disse Lurly com uma expressão de cansado. - E ninguém vai desconfiar de um cara andando com essa roupa de macaco num calor de trinta graus!
- Ah Lurly, cala a boca, isso são detalhes!

O ex-líder fez uma cara de desgosto, mas continuou seguindo com os outros três, que andaram mais alguns metros e viram uma imensa placa avisando “Bem vindo à Celadon!”. A cidade era bem grande, a entrada onde os jovens estavam não era movimentada, tinha várias árvores, devido à rota que vinha anteriormente, porém ao seguirem só tinham uma visão, prédios e mais prédios, logo que chegaram na parte asfaltada viram algo passar bem rápido por cima deles, era o trilho elevado do trem bala, que servia tanto Celadon quanto Saffron. O ar da urbe era bom, mesmo com várias indústrias e a poluição dos carros. O quarteto continuou caminhando pelas movimentadas calçadas até encontrarem uma construção azul, lá dizia “Estação Tree”, obviamente uma das que faziam parte da linha de trens.

- Galerinha, sei que é difícil, mas temos que abrir nossas carteiras.
- Cara, é três dólares a passagem. - Falou asperamente Thomson.

Eles perceberam que o movimento era elevado ali, mas nada que prejudicasse a viagem. Então cada um pagou uma passagem, e eles subiram a escada rolante, que levava até o andar de cima, onde pegariam o meio de transporte. Após esperarem poucos segundos, ele chegou. O destino era a Estação Ginásio.

-x-

Fim da linha pros protagonistas, desceram do veículo, saíram da estação, atravessaram a rua, caminharam dez metros e chegaram a uma grande construção meio azul e roxa, era o ginásio local, ultrapassaram a porta automática, mas quando entraram, foram surpreendidos. Havia uma menina de um dezoito ou dezenove anos amarrada, do seu lado estavam três homens de preto, com uma máscara, o uniforme não era desconhecido, sim, os próprios.

- Vocês aqui? - Surpreendeu-se Lurly.
- Negativo! Vossa progenitora!
- Pela frescura na voz, já sei que são vocês!

Então o trio tirou a máscara e revelaram-se Austin, Jackson e Anthony. Nada surpreendente para os adolescentes, exceto o fato de Janine, líder do ginásio, estar amarrada. Aqueles três vilões não eram disso.

- Senhor Lurly andou pegando vários pokémons recentemente. Tais quais como Vulpix, Magnemite e Eevee, posso ser surpreendido por ele. Mas vamos lá Sandslash! - Disse o cabeça do grupo, Austin.
- Mas que filho de quenga que sabe tudo da minha vida! - Esbravejou o garoto. - Beedrill, surja!

Da pokébola do homem saiu um gigantesco tatu amarelo, que olhou ameaçadoramente para a abelha. Ele tinha um tamanho muito grande, fora do normal daquela espécie, foi quando Thomson e Lurly têm um flashback simultâneo.

- Então esse era aquele mesmo Sandslash da caverna! - Gritaram ambos.
- Não imaginava que vossas mentes pensassem tanto assim, fico estupefato de observar isso.
- Estupefata vai ficar minha mão de tanto soco! - Gritou o meio policial, meio bandido. - Venha Arcanine!
- Dois contra um é injusto! - Gritou Jackson. - Vamos lá, Hitmonlee!
- Porém três contra dois é justo! Esmagaremos tais pestes incômodas! - Completou Anthony. - Snorlax, venha!

Da esfera bicolor do acompanhante dos protagonistas surgiu um grande cão alaranjado e bem felpudo em suas extremidades, ele ameaçava todos. Porém foi surpreendido com um pokémon humanoide, não grande, de cor marrom, e uma cara meio impossível de definir, ele tinha pernas leves e finas, para executar com perfeição seus golpes de chute. Do último objeto redondo saiu um gigante monstro, que ao cair no chão fez tudo se tremer, ele tinha os olhos fechados, mesmo acordado aparentava estar dormindo. Era azul e bege, aquilo sim dava medo, não apenas um cão.

- Vão se ferrar seus pedaços de lixo! - Gritou John. - Gastly, vamos lá!

A pequena bola de gás entrou em campo e ficou encarando meio assustado todos seus oponentes gigantes. Francesca percebeu que todos estavam entretidos com a luta e foi em direção à líder de cabelos rosas, mas um pokémon amarelo e com uma espécie de bigode segurando uma colher se materializou em frente a ela. Era um Alakazam.

- Desgraçado... - Murmurou.
- Eu começo a batalha! Vamos lá! Poison Sting! - Disse o ex-líder.
- Flamethrower!
- Gastly, apenas espere!

Então o inseto amarelo fez seus ferrões crescerem e tomarem a cor roxa. Ele seguiu em direção ao monstro humanoide, que desviou e em seguida virou um chute no bicho, porém nada eficaz. Em seguida o cachorro abriu sua boca e uma grande quantidade de fogo saiu sem que ele fizesse o menor esforço, atingiu o tatu, que foi arremessado um pouco longe. A bola fantasma ficou lá parada, ninguém entendeu o porquê.

- Nobres jovens, acham mesmo que vão obter vitória? - Zombou o bandido principal. - Vamos lá, Slash!
- Não Lurly, não começa com aquele debate filosófico do ginásio de Vermilion. - Repreendeu John.
- Mas eu nem falei nada...
- Hitmonlee, vamos chutar, chute sem dó! Jump Kick!

O animal terrestre fez crescer ainda mais suas garras e então fez um movimento de corte e atingiu perfeitamente Beedrill, que recuou um pouco. Hitmonlee em seguida tentou virar um chute na cara do canídeo, que não foi burro e mordeu a perna do pokémon, derrubando-o no chão.

- Snorlax, agora! Earthquake!
- Gastly, você sabe o que você deve fazer. - Falou o garoto, sem preocupações.

O enorme pokémon levantou seus braços visando dar um poderoso soco no chão, porém no momento que ergueu seus membros superiores, sentiu algo molhado penetrar na sua axila, era a língua do pokémon gás. Logo, o gigantesco começou a rir sem parar, porém ao ouvir uma represália do treinador, parou de rir, e então carregou uma grande quantia de fogo nos seus braços, e acertou um forte soco no bicho flutuante. Após o golpe, o pokémon foi arremessado longe e sofreu bastante o golpe, entretanto, começou a brilhar e a crescer, obviamente estava evoluindo. Terminando aquela cena, foi possível ver um ser sem uma forma definida, mas era roxa e tinha uma cara de sorriso maligno, além de mãos que não se juntavam ao seu corpo.

Janine se remexia no chão, não podia falar, tampouco se soltar dali. Francesca percebeu algo estranho.

- Ei! Olha o estado dela! - Gritou a ruiva.
- Não me importa. - Disse Austin. - Vamos lá, Metal Claw!
- Se jogue na frente! Use o Fire Fang!
- Snorlax, Rollout em direção àquele fantasminha escroto!
- Haunter, retaguarda!

O tatu metalizou suas garras grandes e partiu em direção à abelha, mas o cão se jogou na frente e fez suas mandíbulas pegarem fogo, então mordeu o bicho, que foi arremessado longe. Em seguida o gigante normal transformou-se num rolo compressor, que atingiu em cheio o fantasma, mas o monstro flutuante não foi arremessado longe, permaneceu ali, então com sua língua lambeu o pokémon, o golpe não tirava danos, por normalmente não fazer efeito em pokémons do tipo normal, mas aquilo fazia Snorlax sentir cócegas. Ele então começou a rir, quando virou-se viu uma bola se formar e de lá sair um raio negro e roxo, porém ele foi esperto e desviou, era o Confuse Ray.

Janine continuava a se debater, dessa vez ela chegou a passar mal e caiu ali, completamente desmaiada. Todos olharam pra ela e perceberam que Alakazam estava com a colher em direção a ela.

- Ótimo, nossa missão aqui está feita.
- Não acredito que... - Disse Lurly, entendendo tudo.
- Sim, o Alakazam puxou algumas coisas do cérebro dela, essas coisas eram importantes. Ela sabia de mais.

Os quatro “mocinhos” se surpreenderam e imaginaram o pior, que a moça tivesse morta.

- Você não seria capaz.
- Seria. - Falou Austin. - Mas a amiguinha de vocês está viva. Lurly pode ter a luta clichê contra ela.
- Agora chega dessa falação. - Disse Jackson já irritado. - Alakazam, Psycho Bomb!

O bicho amarelo ergueu seu instrumento psíquico, então começou a juntar uma forte energia meio transparente, que formou uma bola, que ao atingir o chão, expeliu uma grande quantidade de fumaça, e jogou todos os quatro longe. Depois que a poeira abaixou, o resultado era esperado, algumas partes destruídas e os vilões não estavam mais ali.


É isso, próximo capítulo tem ginásio e surpresa procêis -q. Espero que comentem Smile
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Snow Walker em Qua 13 Nov 2013 - 21:49

Primeiramente me desculpe por não ter comentado no outro capitulo, sério mesmo. E também quero dizer pra não desistir da fic, porque né... Eu gosto. -QQQQ

Cara, mesmo eu não entendendo o motivo, eu me matei rindo no inicio, quando o Thomson aparece. Meu deus, me senti tão sem noção. Achei essa chegada a Celadon bem rapidinha, afinal faz pouco tempo que o Lurly ganhou sua ultima insignia e o pia já vai pegar outra Q, mas também não seria legal mil capitulos enrolando só pra chegar lá, igual é feito no anime. Enfim, não sei direito o que dizer Q

Ao todo gostei do capitulo, gostei da batalha contra a Equipe Rocket e gosto MUITO do modo de falar do Austin, gosto de capitulos deste tipo onde os protagonistas enfrentam a equipe inimiga Q

Enfim, foi um bom capitulo. Nós vemos no proximo <3

@3DSFood: FanFic trancada por inatividade. Caso queira re-abrir a mesma, envie uma MP para qualquer FFM.
avatar
Snow Walker
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/04/2013

Frase pessoal : salabim salabão


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Qua 18 Dez 2013 - 19:43

Depois de milhões e milhões de anos de desânimo, preguiça e tristeza por ninguém ler a fic, eis que a fanfic mais querida de todo o fórum, volta à ativa. Ela, a linda, a belíssima, a magnífica, The Adventures of a Gym Leader!!! (todos comemoram o/ o/ o/ o/). Enfim, antes o único comentário =/. (Pô galera. Não que eu vá desistir, mas comentar não paga não =/).

Comentário. (saudade quando eu escrevia comentários :

Snow.King escreveu:Primeiramente me desculpe por não ter comentado no outro capitulo, sério mesmo. E também quero dizer pra não desistir da fic, porque né... Eu gosto. -QQQQ

Cara, mesmo eu não entendendo o motivo, eu me matei rindo no inicio, quando o Thomson aparece. Meu deus, me senti tão sem noção. Achei essa chegada a Celadon bem rapidinha, afinal faz pouco tempo que o Lurly ganhou sua ultima insignia e o pia já vai pegar outra Q, mas também não seria legal mil capitulos enrolando só pra chegar lá, igual é feito no anime. Enfim, não sei direito o que dizer Q

Ao todo gostei do capitulo, gostei da batalha contra a Equipe Rocket e gosto MUITO do modo de falar do Austin, gosto de capitulos deste tipo onde os protagonistas enfrentam a equipe inimiga Q

Enfim, foi um bom capitulo. Nós vemos no proximo <3

Desisti, mas voltei. Não posso deixar uma fic de 20 capítulos feitos para lá -q. Essa de Celadon é só pra chegar mesmo, porque a batalha do Lurly só vai ser no capítulo 26 (alerta de spoiler). Sim, não seria legal, até porque não teria nada pra fazer, só algo bem tosco. Pois é, como digo, eles é um vilão diferente. Só no modo de falar, porque o clichê é o mesmo -q. Valeu pelo comentário e espero que continue lendo (pelo menos alguém tem que comentar Sad)


Agora o capítulo, que tem uma surpresinha nem tão surpresa assim:

Capítulo 22 - A batalha ninja! Parte 1.


O dia já amanhecia em Celadon, três dias já haviam passado desde o acontecimento. A menina de cabelo rosa acordou e viu quatro pessoas em volta dela, achou estranho, não se lembrava do que tinha ocorrido, obviamente indagou a eles. Seria meio difícil explicar tudo e ainda querer lutar no ginásio, afinal, essa era a proposta inicial dos jovens.

- Ah sim, entendo. - Falou ela colocando a mão na cabeça e fazendo uma cara de dor. - Mas já estou preparada para lutar! Quem será meu desafiante?
- E... - Tentou dizer Lurly, mas foi interrompido.
- Eu! - Gritou John.

O casal de jovens surpreendeu-se, afinal começar a caçar insígnias no quarto ginásio não é lá muito comum.

- O cara tem três oportunidades fáceis de ganhar insígnias e as desperdiça, mas tanto faz, ele só perde mesmo.
- Vamos ver.
- É uma batalha três contra três, quando todos os pokémons de um lado tiverem esgotados, a batalha termina. - Ditou Janine. - Arbok, venha!

Ela fez um malabarismo meio doido dando algumas cambalhotas e então arremessou a pokébola, ela parou numa posição em que ficou com uma mão no chão e com as pernas pra trás.

- Você não farinha, mas eu passo a linguiça. - Pronunciou o de cabelo cinza.
- Nossa cara, essa foi boa, vou até anotar aqui! - Disse o homem tirando um papel do bolso de sua camisa.
- Ah é Lurly? Então me larga! Tudo acabado entre nós! - Gritou a ruiva e saiu do ginásio, mas o seu ex-namorado nem a seguiu, pra espanto de todos.
- Você é burro também né cara, mó gata dessa e você desperdiça! - Esbravejou o “amigo”. - Mas enfim, Eevee, ponha-se em posição de batalha!

De uma pokébola saiu uma cobra roxa, e que tinha um desenho que se assemelhava a um rosto na sua “barriga”. Do outro lado saiu um pequeno canídeo marrom e bege, com orelhas pontudas, por mais que fosse pequeno, não se sentia incomodado com a serpente.

- Comece! Poison Fang!
- Evasiva! Shadow Ball!

O réptil fez seus dentes afiados ficarem maiores e tomarem uma coloração roxa, devido ao veneno que surgia ali, então seguiu em direção ao oponente para lhe morder, mas por um triz, o cachorro escapou e fez uma bola negra de sombras e arremessou no adversário, jogando-o a uma certa distância, mas não suficiente para lhe arrancar um bom dano.

- Idiota! Arbok, novamente, prense-o!
- Seus golpes são inúteis. Sand-attack!

O pokémon venenoso abriu sua boca e fez seus dentes tomarem uma grande quantidade de veneno, mas ao se aproximar do canino teve seu golpe interrompido por receber uma boa quantia de areia em seus olhos. Aproveitando-se da fragilidade do oponente, Eevee correu e investiu seu corpo contra o oponente, que foi arremessado um pouco distante.

- Boa John, você sempre foi o escroto da turma, tava na hora de ganhar alguma coisa!
- Não sei se te xingo ou te bato, mas agradeço o comentário, eu acho.

Após ter dito isso, Lurly saiu do recinto e seguiu em busca da sua namorada.

-x-

- Se eu quiser de fato ser uma elite treinada nos tipo fogo, eu não devo desistir. Não vai ser porque esse garotinho mimado me deu o fora que eu vou parar de andar com ele. Preciso deles pra seguir minha jornada, sozinha não consigo. - Disse Francesca pra si mesma. - Por mais que eu não goste dele, tenho que fingir perdoá-lo, ele me será útil...

Quando terminou de dizer essas palavras foi surpreendida por um grito, era quem ela imaginava. Por mais que ela tivesse fugido do ginásio, não iria muito longe, então foi fácil pro ex-líder achá-la.

- Olha Lurly, me desculpe. - Ela falou de maneira grossa.
- Não Francesca. Eu fui um idiota! Me perdoe!
- Eu sei que você é um idiota, mas aceito suas desculpas. - Falou, em seguida o abraçou. - Quanto tempo eu suporto isso? - Pensou.

A garota o beijou, após seu teatro mental, ela seguiu junto com ele de volta ao edifício de batalhas.

-x-

- Finalize com Shadow Ball!
- Esquive!

O cão abriu sua boca e disparou uma bola de sombras, mista entre o roxo e o preto, e então ela foi em direção à serpente, que tentou desviar, mas de maneira inútil, pois sofreu o golpe e caiu no chão, debilitado, para espanto da dupla de adolescentes que chegava no ginásio.

- Arrasou hein gatão! - Gritou a ruiva.

O protagonista instantaneamente olhou para a garota, que fez cara de “sei de nada”, ambos seguiram para a arquibancada. O clima parecia normalizado entre os dois.

- Volte, pobre Arbok. - Disse a menina ninja. - Vai lá!

Um pokémon saiu da pokébola, mas começou a voar tão rápido pelo ginásio, que mal foi possível vê-lo, mas ao “parar” no alto, vimos quem era. Golbat, o morcego azul de grandes asas roxas e dentes assustadores. Obviamente que não era fraco como os da Equipe Rocket.

- Comece! Confuse Ray!
- Shadow Ball!

O mamífero voador abriu sua já grande boca e cuspiu uma pequena bolinha, que se aproximou de Eevee, assim, vários microrraios surgiram, e foram atingindo o bicho, que ficou com os olhos revirados, confuso, efeito do golpe, assim que tentou executar sua bola de sombras, acabou se debatendo e perdendo um bom dano.

- Wing Attack!
- Pare-o com Sand-attack!

O morcego abriu suas asas e começou a voar, em seguida desceu num rasante, mirando o oponente, então se aproximou e o bateu com a asa. Eevee lançou areia com suas patas traseiras, mas foi em vão, o golpe adversário o jogou longe, mas não estava debilitado.

De repente todos são surpreendidos por um barulho de celular, então Thomson revela que era o seu aparelho, conversando alguns segundos, um tempo depois ele diz:

- Hoje vai ter drogas, quem quer comprar?
- Vou chamar a polícia. - Ameaçou a líder.
- À noite eu te mostro algo de 20 cm que te faz mudar de ideia.

Todos olharam com cara feia pro homem.

- Que foi gente? É uma barra de ouro de 20 cm.
- Sei... - Disse o ex-líder. - Mas o que tem de droga?
- Caterpie, Dunsparce...

Todos os presentes riram, mas sabiam que não era só isso, porém a líder não queria mais dar atenção e voltou as atenções à batalha.

- Golbat, Toxic!
- Eevee, Shadow Ball!

O venenoso fez um movimento em que o tornou num tamanho bem grande, ele então abriu a boca e de lá lançou um líquido roxo, que como o próprio nome sugere, altamente tóxico, ele arremessou em direção ao mamífero filhote, que tentou desviar, mas devido ao efeito da confusão, ficou batendo a cabeça na parede, parado, o tóxico então o atingiu e ele gemeu muito alto, caindo nocauteado no chão.

- Todos os treinadores querem capturar o Golbat pra fazer essa estratégia, mas ninguém consegue fazê-la com tal perfeição como eu! - Exibiu-se a líder. - Mas é uma pena ele não ser o meu pokémon mais forte.
- Pokémons de veneno são os demônios na terra. - Disse Lurly; John concordou.
- Mas sei muito bem de alguém que pode brecar esses demônios! Rhyhorn, eu escolho você!

Os espectadores que sabiam da equipe do treinador se espantaram. Imaginaram que o rinoceronte de pedra seria a última opção por ter vantagem, mas o treinador parecia se desesperar e foi pro tudo ou nada, mas o jovem poderia ter uma carta na manga, mesmo sendo o John...

- Ele é muito burro, põe o melhor pokémon como segunda opção.
- Cala a boca! Eu sei o que eu faço! - Exclamou o jovem. - Tail Whip! Rock Throw!
- Poison Fang!

O bicho de pedra bateu com sua cauda no chão, fazendo um barulho chato, que fez o morcego tampar seus ouvidos e com isso baixou a guarda. O pokémon do semi-protagonista fez várias pedras caírem sobre o voador, arrancando muito dano, pois ele tinha desvantagem. Mas mesmo cansado, ele fez suas prensas tomarem uma grande quantia de veneno e mordeu o adversário, por incrível que pareça, envenenando-o, a líder até deu um pulo de alegria, mas logo se recompôs, voltando à sua postura de líder.

- Desculpem, me exaltei um pouco. - Disse a adolescente, limpando as roupas.
- Percebi, mas isso não é suficiente para me vencer. Rhyhorn é muito forte! Rock Throw novamente!
- Wing Attack!

O mamífero petrificado bateu suas patas dianteiras, com isso várias pedras começaram a cair em direção ao morcego, que abriu suas asas e começou a voar tentando combater as pedras, mas seus golpes eram inúteis, e depois de tantas tentativas de combate, acabou sendo atingido e caiu no chão, ainda não nocauteado. Em seguida, o pokémon de John sentiu um líquido roxo escorrer pelo seu corpo, gemendo de dor.

- Filha duma p...
- O horário não permite palavrões. Desculpe-me. - Disse Lurly, com a idiotice típica.

Os outros riram, menos John, que não estava feliz com a situação. Aproveitando o momento e inutilidade, Thomson diz:

- Gente, vou ter que sair, volto de noite, encontro vocês no hotel. - Só falou isso e foi embora, causando um pouco de confusão nos presentes.
- Dane-se ele, Rhyhorn, vai!
- Esquive!

O animal fez o mesmo movimento de antes e com isso as rochas começaram a cair. O voador tentou escapar, mas umas o atingiram de raspão, suficientes para derrubá-lo e nocauteá-lo, mas novamente o pokémon sentiu o veneno penetrante em seu corpo.

- Excelente trabalho. Agora descanse. - Disse o jovem puxando seu pokémon de volta para a pokébola.

A mulher retornou o seu também, em seguida puxou outra pokébola.

- Se teve trabalho contra o Golbat, imagine contra o meu Venomoth!
- Venomoth? Esperava algo mais forte. Acredito que o Haunter não terá tanto trabalho.
- Coitado, acha que vence fácil o Venomoth, você acha que aquilo foi uma desgraça? Pois aquilo não é nada perto disso!
- Então comecemos! Haunter, Lick!
- Seria bem interessante adormecer a sua língua não acha? Sleep Powder!

Das pokébolas saíram um pokémon de forma indefinida, mas de corpo gasoso, que mantinha sempre o sorriso no rosto maligno, e tinha mãos flutuantes. O outro era uma espécie de mariposa roxa. O fantasma então abriu sua boca e tirou de lá sua língua que parecia infindável, porém foi surpreendido quando o inseto começou a rodar, expelindo um pó meio branco, que começou a cair sobre o músculo da face, assim adormecendo-a, deixando pra fora da boca, pois não conseguia colocar de volta.

- Que droga! Haunter, faz alguma coisa, sei lá, use o Confuse Ray!
- Intercepte! Poisonpowder!
- O quê? Isso vai contra as leis da física. Se o golpe de dormir já foi um sucesso, porque ela vai usar o de veneno?
- Física... não me fala nesse nome maligno. Por culpa dessa matéria reprovei uma série, mas por ser filha do Koga, fui aprovada, “por bom comportamento”.
- Ninguém quer saber da sua vida. - Falou John, seco.
- Orras, disse que a mãe nasceu pelada e banguela, não deixava! - Gritou Lurly da arquibancada.
- Enfim, meu pó de dormir só paralisou a língua do seu pokémon, aproveitando-se disso, eu mando um golpe para envenená-lo.
- Infeliz!

O pokémon de gás abriu sua boca e mandou uma pequena bola negra que ficou flutuando, de lá saiu um pequeno raio, porém o bicho venenoso desviou, em seguida começou a rodar e fazer cair um pó roxo, que atingiu o pokémon adversário, mas nada aconteceu.

- Ué? Por quê?
- Não esperava isso de uma líder de VENENO*! - Disse Lurly. - Nenhum pokémon de veneno pode ser envenenado. E o Haunter, como todos nós sabemos, possui os tipos fantasma e veneno, logo, não será envenenado.

*: Uso do Caps Lock necessário, mesmo eu odiando, mas era pra dar um bom ênfase na palavra veneno.

- Que burrice. - Disse ela tentando se esconder de vergonha. - Sleep Powder
- Evasiva!

A mariposa começou a rodopiar, fazendo um pó meio branco cair, o pokémon gasoso tentou escapar, mas acabou sendo atingido, logo, começou a dormir no meio da batalha.

- Perfeito! Agora, Confusion!
- Acorda!

O animal arroxeado fez seus olhos já grandes ficarem maiores, porém eles começavam a ficar com um efeito psicodélico, o adversário, mesmo dormindo, sentia os efeitos, uma forte dor de cabeça, até que começa a batê-la com força contra a parede, estava confuso, e ainda tinha tomado o dano do golpe, que era super efetivo, porém o companheiro do semi-protagonista não foi debilitado, pra espanto até dele mesmo.

- Você não resiste de novo! Confusion, novamente!

O inseto abriu seus olhos o máximo que pôde, e os fez ficar com um efeito psicodélico, causando assim uma confusão na mente do fantasma, que mesmo dormindo começou a colocar as mãos na cabeça, fazendo uma cara feia, sofreu o dobro do dano pois tinha desvantagem. Depois disso caiu duro no chão, debilitado.

- Isso Venomoth! - Comemorou a líder. - Você agora só tem o seu Rhyhorn envenenado, como você se sairá?
- Será que o John vai se safar dessa? Perguntou Francesca, preocupada.
- Não sei gata, só sei que eu quero te beijar.

O ex-líder abraçou a garota e começou a beijá-la, praticamente deitando-a nos bancos da arquibancada, gerando um desconforto do garoto de cabelos castanhos ao ver aquela cena. Ele engoliu seco, retornou seu pokémon e pegou outra pokébola.

- Rhyhorn, conto com você. - Disse ele preocupado, mas confiante.
- Vamos! Comece! Psybeam!
- Desvie e contrataque com Rock Throw!

O Pokémon da líder abriu os olhos, em seguida lançou um raio multicolorido de cada um deles, criando novamente aquele efeito psicodélico, porém o rinoceronte se esquivou. Em seguida contratacou batendo as patas dianteiras no chão, fazendo várias rochas caírem sobre o inseto, que sofreu um bom dano, mas continuou firme, após isso, o companheiro do semi-protagonista sentiu aquele líquido descer em seu corpo, e caiu no chão, mas com muitas dificuldades conseguiu levantar.

- Venomoth, termine a batalha! Psybeam!
- Rhyhorn, aguente!

O bicho roxo fez novamente aquele movimento para sair o famoso raio colorido, o golpe então seguiu em direção ao oponente, acertando-o em cheio, jogando-o contra a parede, o animal então parou de responder, ficou ali no chão jogado, para desespero de John e até mesmo de seus amigos.

- Venomoth era ruim né? Pois é, eu venci! Chupa!
- Mas você é menina.
- Justamente por isso.

John olhou com uma cara de espanto.

Porém enquanto a líder contava a vitória - que era inevitável - o pokémon tomou-se num brilho branco e começou a modificar a sua forma, em vez de quadrúpede, agora ficava bípede, seu tamanho era bem maior obviamente, no final foi possível ver não mais Rhyhorn, mas sim, Rhydon, para espanto de todos.

- Não acredito! - Falou a jovem com o queixo quase no chão.
- Rhydon, Horn Attack!

O mamífero de pedra começou a fazer seu gigante chifre na face roda, à medida que rodava, se aproximava do adversário, então ele se aproximou, devido ao seu grande tamanho, ele alcançava o voador mesmo sem pular, então o “órgão” furador acertou em cheio o inseto, jogando-o no chão, deixando-o muito fraco.

- Finalize com Magnitude!

Porém o pokémon “desobedeceu” seu treinador, e em vez de fazer o golpe terrestre, levantou o seu braço, e ele começou a pegar fogo, ele então desferiu um poderoso soco queimante na barriga do inseto, que até deu uma “levantadinha” devido à força do impacto, obviamente estava nocauteado.

- Quem venceu? Quem venceu? Ah ta né.
- Desculpe pela minha exaltação aquela hora. Aqui está a Insígnia Ácida. - Disse entregando um objeto em forma de gota com a cor roxa e com detalhes pretos.

O garoto levantou a insígnia comemorando a vitória. Lurly então desceu do ginásio e desafiou a líder.

- Agora eu quero lutar contra você!
- Me desculpe, mas a cota de batalhas acabou! Voltem amanhã!
- Ta bom né, vamos embora. Vamos procurar um hotel para nos hospedarmos.

Porém enquanto saíam o telefone do garoto de cabelo prata tocou.

To be continued...


E como puderam ver, bem legal né? -q. Sem muito pra falar. Apenas espero que leiam e comentem Very Happy
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Pikato em Qui 19 Dez 2013 - 9:18

Black, foi mal não ter comentado, achei que já tivesse comentando o capítulo anterior. Foi mal mesmo. Quanto ao capítulo fiquei espantado com várias coisas.

Primeiramente teve alguns capítulos que eu perdi e eu gostaria de saber quem é o Thomson. O cara é um bandido, pensei que ele era um vilão da equipe rocket.

Segundamente, a Janine cometeu uma burrada feia, hein. Mas foi bem legal o uso das estratégias no capítulo.

E terceiramente, nos jogos é impossível evoluir o Pokémon numa batalha, mas no anime sim. Essa parte você inspirou de lá.

E o mais surpreendente, se entendi bem a Francesca está usando os meninos para conseguir alcançar seus objetivos, isso está parecendo mais novela. A moça bonita usa do velho ou do cara rico para conseguir grana. Não que isso seja uma crítica, é um elogio, nunca vi nada disso em alguma fic.

Sério, foi bem bolada, mas é espantoso que ela goste do Jhonn e fique com o Lurly por algum tipo de interesse misterioso. Sério, muito assustador.

No mais é isso, dou nota 10 para o capítulo.

Adiós!
avatar
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por xKai em Seg 23 Dez 2013 - 13:42

E aí Black, quanto tempo em... Fiquei uns tempos inativo aqui do fórum mas to de volta, pensei que teria um roteiro enorme para ler, mas graças a Arceus não tava assim tão atrasado então deu de boa pra bolar um comentário, mas não espere nada muito bom, tenho que reaprender a comentar hahsuahsa

Primeiro de tudo... Caramba... Já chego dando de cara com o a Francesca pedindo o Lurly em namoro... No mínimo diferente, normalmente é o cara que pede... Mas o cara é o Lurly... Então faz sentido... E também tira aquele clichê, afinal não tem nenhuma lei que impede a garota de se declarar, não é?

A parte mais importante eu achei que foi essa mesmo, a fic como sempre esta muito engraçada. Lembro que no início quando eu não tava acostumado com o humor da fic eu tinha crises de gargalhadas enquanto tentava ler, creio que deve ser normal, afinal é uma fic bem inovadora. Até o próximo capítulo e não repara no comentário que não foi dos maiores :s

________________

avatar
xKai
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/05/2013


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Umbreon_NICE em Dom 5 Jan 2014 - 12:11

Eu li o Prólogo e o primeiro capítulo e cara, eles conseguiram me prender até o final. São de tamanho médio, mas a escrita me levou a ler o final de cada,e logo continuarei a ler o resto. Sobre o humor na história, não é nada forçado, e flui bem nos momentos. O lance da escolha de pokémons pareceu ser feita pra acabar com a vida do Lurly, sério, um Cleffa? Boa sorte pra ele. -q
avatar
Umbreon_NICE
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 05/07/2010

Frase pessoal : COMUNISMO ANTI SOCIAL


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum