Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Por favor, não perca mais tempo, inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobres todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Aguardo.
Feliz Natal e Ano novo!

The Adventures of a Gym Leader

Página 1 de 8 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Qua 26 Jun 2013 - 21:16




Personagens:
Protagonistas:

Nome: Lurly Spark
Idade: 19 anos
Descrição: É um garoto que gosta de paquerar, mas é frio e chato.
Biografia: Era líder de ginásio, mas cansado de só ganhar, decidiu largar o ginásio e virar um treinador pra provar que é fácil. Ele tem um Electivire invencível.
Aparência: Ele tem o cabelo cinza, assim como seus olhos. Usa sempre roupas que tenham um pokémon elétrico como destaque ou que sejam roupas pretas.
Pokémons com ele:
Pokémons com o Professor Oak:

Nome: John Persavic
Idade: 15 anos
Descrição: Aparenta ser um jovem calmo e que não desiste dos seus sonhos.
Biografia: Natural de Sunyshore, Sinnoh. Fugiu do continente com Thomson, pois sua mãe queria matá-lo. Em Kanto, decidiu virar treinador. Ganhou algumas não originais e também a insígnia de Ceruelan, foi enfrentar Lurly, mas perdeu facilmente. Lurly e ele então se juntaram numa jornada.
Aparência: É magro, tem olhos castanhos claros e cabelo da mesma cor. Usa roupa típica de adolescentes, camiseta e calça jeans.
Pokémons:
Acompanhantes:

Nome: Francesca Flame
Idade: 17 anos
Descrição: É uma garota bonita e de personalidade forte. Acaba se revelando uma pessoa diferente no decorrer da fic
Biografia: Ela estava em apuros na floresta de Viridian, mas conheceu John e Lurly e resolveu segui-los. Ela os segue pois tem o objetivo de virar uma mestre em pokémons do tipo fogo.
Aparência: Ela tem o cabelo ruivo e olhos castanhos, além de um corpo bem definido. Usa sempre roupas vermelhas.
Pokémons:

Nome: Adryan Thomson
Idade: Desconhecida
Descrição: É um ex-policial que tem umas técnicas meio suspeitas, é o típico cara que faz justiça com as próprias mãos.
Biografia: É de Sinnoh, conheceu John em Veilstone, e estava preso. Ambos fugiram juntos do continente, cada um com seu motivo.
Aparência: Pele parda, cabelos negros cacheados e olhos escuros.
Pokémons:
Rivais:

Nome: Joseph Sherabiff
Idade: 14 anos
Descrição: É um treinador muito ruim e chorão, que tenta ser melhor, mas é um bobão. Porém ele vai começar a demonstrar um Joseph bem diferente.
Biografia: Rival. Nada se sabe dele, apenas que quer ser um Mestre Pokémon.
Aparência: Pele entre um branco e pardo, olhos negros e cabelos de mesma cor.
Pokémons:

Nome: Tommy Smith
Idade: 14 anos
Descrição: Anda por aí junto com a sua irmã gêmea Alice. Até que sabe lutar.
Biografia: Quer ser treinador.
Aparência: Pele clara, olhos verdes e um cabelo loiro até o pescoço.
Pokémons:

Nome: Alice Smith
Idade: 14 anos
Descrição: Anda por aí junto do seu irmão gêmeo Tommy. Não luta nem bem nem mal.
Biografia: Quer ser treinadora.
Aparência: Pele clara, olhos verdes e um cabelo loiro escorrido pelas suas costas.
Pokémons:
Equipe Rocket:

Nome: Austin Loster
Aparência: Cabelos negros bagunçados e olhos também pretos, usa um óculos. Anda vestido somente com ternos e roupas sociais, tanto que o uniforme de seu trio é adaptado.
Cargo: Executivo
Pokémons:

Nome: Anthony McCried
Aparência: Tem um cabelo castanho quase loiro que é bem liso, seus olhos são azuis. Também só usa ternos.
Cargo: Executivo
Pokémons:

Nome: Jackson Parry
Aparência: Negro com cabelos e olhos também negros. É bem alto forte. Usa sempre ternos, mas às vezes é confundido com segurança
Cargo: Executivo
Pokémons:

Nome: Mila Johnson
Aparência: Ela tem uma aparência bem jovem, por isso tem um corpo modelado. O seu cabelo é rosa e jogado pelos ombros. Seus olhos são castanhos.
Cargo: Executiva e Chefe de Operações
Pokémons:

Nome: Morrison Conrad
Aparência: Alto. Tem uma pele parda, olhos pretos e cabelo castanho.
Cargo: Executivo
Pokémons:

Nome: Myke Epheel
Aparência: É alto e tem o cabelo verde e os olhos pretos.
Cargo: Executivo
Pokémons:
Outros:

Nome: Nero Stone
Aparência: Um homem bem alto, loiro e de olhos negros.
Descrição: Nero é simplesmente o campeão da Liga Pokémon de Kanto. Ele aparece em vários momentos da fic, principalmente quando os irmãos Flint aparecem.
Pokémons:
Capítulos:

Prólogo (nesse post)
Capítulo 01 - A escolha
Capítulo 02 - O início
Capítulo 03 - Confusões e tumultos
Capítulo 04 - Perigos na floresta!
Capítulo 05 - O primeiro desafio, Pewter City! (1° gym)
Capítulo 06 - Novo golpe, nova batalha!(1° gym)
Capítulo 07 - Desafio: O Monte Moon!
Capítulo 08 - Ressurgimento da Equipe Rocket?! Parte 1
Capítulo 09 - Ressurgimento da Equipe Rocket?! Parte 2
Capítulo 10 - O caminho de pedra! (2° gym)
Capítulo 11 - O adeus de Cleffa?
Capítulo 12 - Tensão na Power Plant. Equipe Rocket aparece novamente!
Capítulo 13 - Enfrentando o Rock Tunnel!
Capítulo 14 - A cidade fantasma!
Capítulo 15 - Quente e perigoso!(3°gym)
Capítulo 16 - Outro ataque Rocket?
Capítulo 17 - Batalha entre irmãos
Capítulo 18 - A Revanche!
Capítulo 19 - Rivalidade?
Capítulo 20 - Cada um com seu Eevee!
Capítulo 21 - Equipe Rocket de novo? Como esses caras enchem o saco!
Capítulo 22 - A batalha ninja! Parte 1
Capítulo 23 - A batalha ninja! Parte 2
Capítulo 24 - Batalha entre amigos?
Capítulo 25 - A aparição do campeão!
Capítulo 26 - Outra vez a batalha ninja.
Capítulo 27 - O ser misterioso.
Capítulo 28 - Controle Rocket! Parte 1
Capítulo 29 - Controle Rocket! Parte 2
Capítulo 30 - Um combate estranho...
Capítulo 31 - Os irmãos Flint!
Capítulo 32 - A líder gelada! Parte 1.
Capítulo 33 - A líder gelada! Parte 2.
Capítulo 34 - O adeus.
Capítulo 35 - O lagarto de fogo!
Capítulo 36 - O desafio pela Pedra da Lua!
Capítulo 37 - O desafio pela pedra!
Capítulo 38 - O Concurso de Eevee!
Capítulo 39 - Três em um!
Capítulo 40 - Enfim Fuchsia!
Capítulo 41 - Um rival diferente.
Capítulo 42 - A disputa elétrica! Parte 1.
Capítulo 43 - A disputa elétrica! Parte 2.
Capítulo 44 - Distúrbio psíquico!
Capítulo 45 - Safari Zone!
Capítulo 46 - Eletrizante e Magnético!
Capítulo 47 - Combate em Pallet!
[url=http://www.pokemonmythology.org/t43967p175-the-adventures-of-a-gym-leader#863799]Capítulo 48 - Batalha de elite!
Resumos dos capítulos:
Prólogo

Lurly é o líder de ginásio de Fuchsia, ele tem um Electivire e não perde há um bom tempo. No seu ginásio chega um garoto e o desafia para uma luta, o desafiante então perde facilmente. O capítulo conta um pouco da história de vida do garoto, no mais, é só isso.


Capítulo 01


O mesmo menino aparece novamente no ginásio e luta com Nidorino, depois com Rhyhorn, mas perde de novo pro Electivire. Lurly se cansa de só vencer e decide sair em jornada. Ele pergunta se o menino quer aprender algumas coisas, ele diz que sim, e ambos viajam de helicóptero até Pallet, onde o ainda líder vai fazer sua inscrição como treinador. Lá no laboratório, ele pega um pokémon surpresa, e esse pokémon é um Cleffa, nem o pokémon, nem o treinador parecem se gostar.


Capítulo 02


A dupla anda pela rota 1, quando Lurly é surpreendido por algo, que é um Pidgey. Mas tem um problema, o Cleffa fugiu, por não gostar do treinador, então não dá pra ele lutar, mas ele pega um estilingue e atira no pássaro, depois o pega na mão e o prende, mas ele evolui para Pidgeotto Lurly tenta capturá-lo, mas ele bica sua mão e voa pra ir embora. Enquanto ele procurava o Cleffa, outro Pidgey apareceu, e novamente atirou uma pedra, mas novamente um pássaro daqueles fugiu. Ele então acha o Cleffa, após isso, o mesmo pássaro aparece novamente e os ataca, assim despertando a fúria de ambos. Cleffa vence a batalha e Lurly captura Pidgey.


Capítulo 03


Os dois chegam na cidade Viridian. Lurly vai correndo em direção ao Centro Pokémon, mas esbarra em um garoto, que tenta força uma batalha, mas o ex-líder ignora e ainda esculacha o menino. Ele segue até o centro e lá cura seus pokémons. Mas ao sair, é surpreendido por seis homens, que estavam juntamente com aquele menino. Eles todos mandam Zubats. John manda seu Rhyhorn e Lurly seu Cleffa, mas ele se rejeita a lutar. Então manda o Pidgey, que acaba sendo debilitado. Um homem provoca o garoto, por ele ter só o Cleffa, o que irrita profundamente o pokémon, que vai à luta e vence. Então os caras vão embora, e os dois seguem até a Viridian Forest.


Capítulo 04


Eles chegam na floresta, conversam algumas bobagens, e enquanto passeiam, são surpreendidos por um Fearow, mas uma garota, cujo o nome é Francesca aparece com um Flareon e o seu canino ataque a ave de rapina, mandando-a embora. Ela estava alguns dias na floresta sendo perseguida pelo bicho. Então pede companhia até a cidade de Pewter. Lurly encontra um Weedle machucado, que evolui pra Kakuna durante uma luta contra o Pidgey. O ex-líder captura o casulo.


Capítulo 05


O trio chega em Pewter. A garota muda de ideia e diz que irá junto com os dois até Vermilion, que onde ela mora. A noite cai e eles dormem no Centro. No outro dia, Lurly vai até o ginásio, para lutar contra a líder Misty. Ela usa Horsea, que perde para o Pidgey. Depois ela usa o Starmie que vence Pidgey, e Kakuna, que na verdade evolui para Beedrill durante a luta.


Capítulo 06


Lurly sai do ginásio e encontra aquele mesmo garoto de Viridian, que o chama pra batalha. Como só tem o Cleffa disponível, ele que vai pra luta. Do outro lado, o garoto usa um Wartortle. Durante a luta, o pokémon do ex-líder aprende Magical Leaf e vence facilmente o adversário. O menino cura seus pokémons e vai desafiar o ginásio de novo. Misty usa Horsea, que perde para Pidgey. Depois Starmie vence o Pidgey, mas é superado por Cleffa. O garoto então ganha a Cascade Badge.


Capítulo 07


Eles seguem em direção ao Monte Moon, na rota que liga a cidade até o monte, Francesca captura o Fearow que a perseguia na floresta. Já na caverna, em uma parte eles são surpreendidos por um bando de Geodudes, e Lurly aproveita e captura um deles. Próximos da saída, John acha duas Moon Stones, uma para ele e outra para o Lurly.


Capítulo 08


O trio chega em Cerulean e logo são surpreendidos por uma garotinha que chama gritando por ajuda. Ele cura os pokémons e seguem até a área movimentada da cidade. Lá, veem várias pessoas com uniformes iguais e com Golbats ou Ekans, estavam destruindo a cidade. Eles eram da Equipe Rocket. Então um helicóptero chega e de lá descem três homens, cujos nomes são Austin, Anthony e Jackson que parecem ser executivos, que pedem para os soldados irem embora. Eles então se apresentam e mandam Rhydon, Gyarados e Machoke para lutar. John manda Lickitung, Lurly manda Geodude e Francesca manda o Fearow.


Capítulo 09


Então a batalha começa, com um golpe de Lurly e com um golpe de Austin. John não entende muito bem o porque de eles tanto dizerem ser o ressurgimento da Equipe Rocket e então pergunta. O vilão principal (Austin), conta toda a história. Mas assim que termina de contar, os três recebem uma ligação e vão embora. E a batalha não se encerra.


Capítulo 10


Lurly então vai até o segundo ginásio, e desafia o líder Forrest. A batalha começa com o líder colocando um Geodude, Lurly faz o mesmo. Na batalha dos dois Geodudes, o do protagonista obtém sucesso. Depois o líder do ginásio manda um Rhyhorn, que vence facilmente Geodude e Pidgey, colocando o líder em vantagem. O ex-líder do ginásio elétrico, manda seu último pokémon, o pequenino Cleffa, que com um único golpe, vence o rinoceronte. Cada um só tinha mais um pokémon, então o líder manda um Onix. Após uma batalha disputada, Cleffa usa Metronome e sai um golpe desconhecido, que acaba debilitando a cobra de pedra, além de destruir todo o ginásio. O líder sugere que o garoto ponha seu pokémon no Day Care para que ele tenha controle sobre os golpes.

Capítulo 11

Lurly fica estranho nesse capítulo. A história de pôr Cleffa no Day Care martela sua cabeça. Indo em direção à tal casa, ele encontra um Vulpix. Ele manda Pidgey, que aprende um novo golpe durante a batalha. No final o pássaro vence e ele captura a raposa. Ele então prossegue até o Day Care onde põe seu pokémon, porém voltando até Cerulean ele vê o pequeno bicho correndo atrás dele. E então evolui pra Clefairy, por estar feliz com o Lurly. Eles voltam à Cerulean e seguem para o lado leste da cidade.

Capítulo 12

O trio segue pela Rota 9, quando ouvem um barulho estranho, então vão caminhando até encontrar a Power Plant, próximo à entrada, veem uma movimentação da Equipe Rocket. Misty está lá e vence alguns rockets com seu Gyarados. Os três conseguem se infiltrar no prédio, e lá veem um novo trio de comandantes da Equipe Rocket. Eles mandam um Sneasel, Flaafy e Ariados. Enquanto os protagonistas mandam Rhyhorn, Ponyta e Pidgey. A batalha não se encerra, pois John revela ter a pedra do trovão que eles queriam. Então eles pegam e fogem do local.

Capítulo 13

Os três seguem pela rota até encontrarem a entrada do Rock Tunnel. Já lá dentro, Francesca e Lurly conhecem Thomson, um homem que já era conhecido de John. John explica toda a história do porquê vir pra Kanto e de onde conhece aquele homem. Um terremoto acontece e várias pedras separam o quarteto. John e Francesca ficam de um lado e Thomson e Lurly. O ex-líder e o homem misterioso encontram um Sandslash, o homem o vence facilmente com seu Druddigon, mas o tatu foge quando ele tenta capturá-lo. Geodude e Druddigon usam golpes que quebram as pedras. Já do outro lado, os dois jovens se veem sem saída, pois havia pedras de todos os lados, assim sem nenhuma opção para saírem. Num momento de tensão de Francesca, ela e John se beijam, mas por impulsão. Algum tempo depois, Lurly e Thomson aparecem e salvam os dois jovens. E os quatro saem da caverna. Thomson começa a andar com o trio.

Capítulo 14

O quarteto chega em Lavender e quando a noite cai, ficam presos dentro do Centro, ma Lurly tem seu momento de fúria e consegue sair, seus amigos saem junto com ele, eles seguem até a torre da cidade, um local considerado pelos moradores da cidade como tenebroso, ninguém havia se arriscado a ir lá. Chegando lá, são surpreendidos com uma mulher vestida de branco, eles imaginam que seja uma fantasma, mas a mulher se revela ser humana e só estava lá pra assustar alguém. John é atingido por um golpe, que se revela um Gastly, John luta com Lickitung, que batalha contra o fantasma. John captura a bola de gás.

Capítulo 15

É a luta de Lurly no terceiro ginásio. Eles chegam no ginásio, e John, Thomson e Lurly descobrem que o líder é irmão de Francesca, e também usa pokémons do tipo fogo. Ele acaba se revelando sendo um maconheiro. Quando chegam no ginásio, Joseph está lá e vence com Wartortle, o Magmar do líder. Em seguida a batalha do protagonista começa, ele usa Pidgey, que luta contra um Charmander, o pombo evolui e vence a batalha. Mas em seguida perde para um Growlithe. Lurly manda o Vulipx e empata a batalha com Growlithe. Depois ele manda Geodude e o líder manda Magmar, o pokémon de pedra perde, e o ex-líder sai derrotado.


Capítulo 16

John reencontra sua mãe, e ela acaba revelando ser da Equipe Rocket. John e Lurly lutam juntos com Nidorino e Clefairy contra Honchkrow e Empoleon, a dupla de protagonistas vence. O trio de vilões principais acompanhava a luta e se desagradou bastante, roubando os pokémons da mulher. Em outro canto, Francesca e Filippo combatiam os Rockets e acabaram conhecendo Tommy e Alice, dois jovens aspirantes a treinadores, ele tinha um Quilava, e ela uma Bayleef.


Capítulo 17

Francesca garante que é melhor que seu irmão e luta contra ele usando Flareon e Ponyta. Ele usa Growlithe e Magmar e se sagra vencedor da batalha.


Capítulo 18

Lurly volta a desafiar o líder. Ele então começa a batalha usando um Beedrill contra o Charmander do líder, ele monta uma boa estratégia com a abelha e vence a batalha. Porém o Growlithe do líder vai a campo e vence fácil o inseto, depois o ex-líder manda o seu Geodude, no final, os dois usam golpes físicos que se combatem e a luta acaba empatada. Pro combate final, Filippo manda Magmar e Lurly manda Pidgeotto. No meio da luta, Pidgeotto aprende Roost e Wing Attack, dois golpes que o ajudam a vencer a luta contra o pokémon vulcânico. Lurly vence o combate contra o líder e ganha a Insígnia da Fumaça.

Capítulo 19

Joseph Sherabiff acaba encontrando o trio na cidade e desafia Lurly para uma batalha. Somente com Magnemite, o ex-líder vence Gloom, Nidorina e Wartortle. Depois Francesca captura um Magby e ainda pede Lurly em namoro.

Capítulo 20

O capítulo começa com uma briga clichê e "engraçada" do trio. Eles estão caminhando pela rota que vai até Saffron, quando de repente (sim, em fic tudo é coincidência) surgem dois Eevees. Lurly puxa o Pidgeotto para a batalha e John chama Rhyhorn. Como era de se imaginar, os dois vencem e o trio segue caminho para Celadon.


Capítulo 21

Quase no final da rota, o trio encontra Thomson, totalmente disfarçado, devia fugir da polícia ainda. Ele obviamente se junta ao trio, então o quarteto chega à cidade, e logo percebem que um trem corta toda a urbe, com isso, eles pegam o meio de transporte e seguem até o ginásio, mas chegando lá viram a líder local toda machucada e presa. Junto à ela estavam os três vilões mais queridos do Brasil - ou de Kanto se preferir - obviamente uma batalha surge. Austin começa mandando um Sandslash, que era o mesmo que Thomson e Lurly encontraram no Rock Tunnel. Então Lurly manda Beedrill. O homem nem do bem nem do mal (Thomson) manda Arcanine. Jackson chama um Hitmonlee e Anthony vai de Snorlax. John termina mandando um Haunter. Tinha um Alakazam próximo à líder, sem fazer nada aparentemente. Francesca tenta cuidar da líder do ginásio. A batalha era intensa, mas de repente a mestra do ginásio desmaia no chão e eles percebem que era culpa de Alakazam que estava sugando toda a energia da moça, pois segundo os vilões., ela sabia vários segredos deles. Com a missão cumprida, que era a de apagar algumas coisas da memória, o pokémon psíquico usa um golpe que "explode" o ginásio e os vilões saem do local.


Capítulo 22

Eles retornam ao ginásio e ocorre a primeira batalha. John se põe à frente de Lurly e desafia a líder. Ele manda um Eevee contra o Arbok dela, Eevee vence. Em meio à luta, Lurly e Francesca brigam e ela termina o relacionamento com ele e sai do ginásio, mas ele corre atrás dela e eles retornam, antes disso, a Francesca revela ser outra pessoa completamente diferente... De volta à batalha, Janine manda um Golbat, que vence o Eevee. John manda um Rhyhorn que vai lutando com Golbat e mas acaba ficando envenenado. Thomson sai misteriosamente do ginásio devendo a uns "compromissos". No fim, Rhyhorn acaba vencendo o morcego, após a vitória, ele retorna o pokémon de pedra para a pokébola e manda Haunter para lutar contra o Venomoth da líder, e o fantasma acabou perdendo. Então o jovem pôs novamente o rinoceronte em campo, que estava certamente bem debilitado. Venomoth acerta um golpe e praticamente nocauteia o adversário, já que o mesmo não respondia, porém um brilho branco toma conta dele e ele evolui para Rhydon. Rhydon ganha o combate com Venomoth e John derrota a líder, conquistando a Insígnia Ácida. Lurly recebe uma chamada no celular e o capítulo acaba.


Capítulo 23

A pessoa que liga para Lurly era Oak, que os chama num hotel e conta umas histórias de movimentação estranha em uma área da cidade e etc, nada importante. Então no outro dia, o trio segue para o ginásio e Lurly desafia a líder. Magnemite e Arbok é a primeira batalha, e a cobra ganha, colocando Janine em vantagem no embate. Em seguida, Lurly manda a campo Eevee. Antes da luta entre o cachorro e a cobra começar, Thomson interrompe a mesma, dando sinais de embriaguez, nada útil. De volta à batalha, Eevee vence Arbok e com isso a líder manda Golbat a campo. O pokémon dá muito trabalho e deixa Eevee quase nocauteado e envenenado, mas perde a luta, assim obrigando Janine a mandar seu último pokémon, Venomoth, que vence facilmente o filhote. Lurly então puxa uma pokébola e manda Vulpix a campo. No combate entre inseto e fogo, o improvável acontece, e o inseto vence, declarando a vitória à líder Janine. Francesca termina o namoro pra valer, mas pra ficar com o John. E no fim do capítulo, Lurly e Janine se beijam.

Capítulo 24

O quarteto para em um restaurante para almoçar, em meio às conversas sem futuro, John provoca Lurly por ter ganho a insígnia e o "amigo" não. Então um parte pra cima do outro pra batalhar, mas Tommy e Alice aparecem e decidem uma batalha 2x2. Lurly e John, mandam Geodude e Rhydon, respectivamente. Alice manda um Vivillon e Tommy manda um Amaura. A dupla de protagonistas acaba vencendo e Lurly filosofa ao terminar essa batalha. Novamente o professor Oak liga, dessa vez parece estar desesperado e o quarteto principal sai correndo do local. O capítulo termina nisso.

Capítulo 25

Os quatro principais foram até o local onde Carvalho indicou. Ao chegarem lá viram várias coisas destruídas, plantas pegando fogo, etc. Eles chegam perto de um prédio em chamas e se surpreendem que alguém sai de lá. Esse alguém era simplesmente Nero, o campeão de Kanto, junto de seu Slowking. John zomba o fato do campeão ter como pokémon um Slowking, que joga o garoto numa fonte, molhando-o inteiro. Depois, Thomson manda um Dragalge, que junto com Slowking tenta amenizar o fogo do prédio. Porém, de repente saem duas pessoas de lá, dois vilões para ser mais exato. Emily e Alexander Flint, filhos de Albert Flint, cientista que trabalhou junto com Professor Carvalho há muitos anos, o velho, aparentemente, bondoso, roubou a ideia do cara e se tornou um dos mais conceituados cientistas, não por falta de méritos, mas utilizou-se de algo ilegal pra se promover. Scizor e Torterra saem das pokébolas dos vilões. A polícia chega e rende os dois, mas o homem tira um Flygon da pokébola e usa Earthquake, derrubando vários carros, e destruindo várias coisas e machucando as pessoas. Eles fogem pelos ares e a polícia manda helicópteros buscarem-nos.

Capítulo 26

Lurly vai até o ginásio em busca da sua revanche. Ele e Janine têm um debate escroto. Então a luta começa e ela manda a campo Arbok, e Lurly manda Pidgeotto. Como de praxe dos pokémons de Janine, Arbok envenena o pássaro, mas ele acaba conseguindo vencer a luta. Então a líder manda a campo Golbat, que vence facilmente o pombo. Em seguida, o ex-líder manda a campo Eevee. O cachorro vence o morcego após muito suor. A líder manda seu pokémon mais forte, Venomoth, que vence Eevee. No final, a surpresa, Lurly manda Clefairy a campo. Estava envenenado como sempre, e estava ainda perdendo a batalha para a mariposa, quando aprende o golpe Meteor Mash, que o garante vitória na luta e vitória de Lurly no combate. Lurly conquista a Toxic Badge após a vitória.

Capítulo 27

O trio segue caminhando pelas ruas de Celadon quando algo chama a atenção de Lurly, ele logo vê um jovem maior pegar um menor pela gola da camiseta e erguê-lo no alto. Então Lurly o chama para a batalha, o jovem sem titubear aceita, é aquele típico "frio e calculista", mas que só se acha mesmo. Então ele manda Combusken contra o Magnemite de Lurly. O ímã vence o combate com a galinha. Em seguida ele manda um Dusclops, que incrivelmente sabe o golpe Teleport, o fantasma vence o combate contra Magnemite. Então Lurly manda Vulpix, mas o adversário sabia o Earthquake e vence mais uma. Como último pokémon, Lurly envia seu Geodude, que vence o fantasma. Em seguida ele manda um Lairon. Porém Lurly, com um sorriso psicopata, usa o Rock Smash do Geodude, e garante a luta facilmente. Assim, ele vence o garoto estranho, que se chama Ailan Victory, e que vai embora depois da luta.

Capítulo 28

Lurly e sua gangue chegam em Saffron e acabam vendo uma movimentação próxima ao Silph Co., porém ao chegar são "recepcionados" por Golbats que os atacam fortemente. Eles então entram no prédio e são surpreendidos por Mila, a segunda vilã mais gostosa. John e Lurly mandam Eevee e ela manda Wormadam, que obtém vantagem facilmente sobre os canídeos, mas em seguida, Francesca manda o Flareon, porém a vilã manda um Floatzel e com a dupla Flotazel e Wormadam, praticamente "destrói" os adversários, mesmo sendo uma luta sem fim. Então ela os obriga a subir escadas e no andar de cima veem Tommy e Alice com Lampent e Sandslash, lutando contra Myke e Morrison, com Golduck e Shiftry. Os vilões percebem que Oak e Nero estão vindo e se escondem, e mandam os jovens não falarem nada, e ai acaba o capítulo.

Capítulo 29

Oak e Nero perguntam da Equipe Rocket, mas Lurly responde a grosso modo que eles não estão lá. Então o campeão puxa Alakazam para procurar algo suspeito, mas acaba sendo interrompido, pois Austin aparece. Oak manda Dragonite, mas o vilão nem luta, e convida os sete pra subirem mais alguns andares, Mila dá um piti criticando Austin. Então Austin mostra as câmeras da cidade, várias pessoas sendo assaltadas por Rockets, que também agrediam-nos. Lurly reclama de alguma coisa e sai da sala, logo é seguido pelos outros. Porém ao sair é surpreendido por Anthony e por Jackson, ele tenta mandar Vulpix e Pidgeotto, mas é interrompido por Nero, que diz que é um batalha de gente grande, e manda Slowking, que junto de Dragonite de Oak começa uma luta contra a dupla de vilões. Então cada um dos jovens vai para um canto da cidade lutar contra Rockets Soldiers. Lurly encontra-se com um e Vulpix luta contra Golbat, que até dá trabalho, mas logo dá o braço a torcer e perde. Em seguida, ele volta para onde estava a batalha, mas ninguém vê mais os Rockets, pois tinham usado a bola de fumaça. Depois, o trio de protagonistas vai pro ginásio e descobre que a líder está no Farol de Cerulean. E aí começa uma jornada até lá.

Capítulo 30

O trio está andando por Saffron quando percebem uma movimentação em uma certa rua. Chegando lá, deparam-se com uma batalha, e os treinadores já são conhecidos, são Joseph Sherabiff e Ailan Victory. Do lado do cheirador tem uma Nidorina, e do lado do outro, Blaziken, que vence facilmente Nidorina. Então ambos retornam seus pokémons, e Ailan manda Lairon e Joseph manda Aipom, que também perde facilmente para Lairon. Então ele manda Wartortle, que vence Lairon. Em seguida, o moleque doidão retorna o mamífero de pedra e manda um Kirlia, bem doidão também, que sabe Karate Chop, e logo vence a tartaruga. Porém Sherabiff, insistentemente, manda Ponyta, que também perde. Ailan então fica com raiva e pede para o seu pokémon usar Psybeam no garoto, que é atingido e jogado no chão desmaiado. Ele foge. A ambulância chega e leva Joseph para o hospital.

Capítulo 31

Os três continuam caminhando pela metrópole, até que chegam numa região onde está um caos; lojas com vidros quebrados e várias pessoas de preto saqueando. Nero e Carvalho chegam, e logo todos acabam se deparando com Emily e Alexander. A vilã usava roupas completamente curtas e apertadas, que faziam os homens "babarem", então aproveita-se disso, e manda uma Mismagius, que acerta Nero, Professor, Lurly e John, e eles são jogados longe. Francesca manda Magby, que é derrotado facilmente por Mismagius, mas o bicho levanta e evolui para Magmar, e com o Lava Plume, machuca bastante o fantasma. Mas os vilões se irritam e mandam Delphox (Emily) e Floatzel (Alexander). Depois do nocaute, Nero e os outros levantam, e o campeão já manda dois pokémons a campo, Metagross e Slowking, porém, os bandidos usam uma máquina que barra os apelos pokémons psíquicos de Nero, e ele fica simplesmente impossibilitado de lutar. Lurly manda uma cantada nada a ver pra moça, que finge gostar, mas o garoto finge estar apaixonado. Carvalho manda Dragonite, que fica queimado pelo golpe de Delphox. Lurly grita que está apaixonado pela mulher e ela fica com desprezo, mandando Mismagius atacar com Shadow Ball para acertar Lurly, mas o ex-líder tira a pokébola de Eevee do bolso e se protege, pois golpes fantasmas não acertam pokémons normais. Em uma nova confusão, o vilão manda Flygon, que junto com Floatzel tenta atacar, mas Dragonite impede isso. Francesca decide então fazer um striptease ali pra ver se eles ganhariam essa luta, mas pra tristeza de todos, ela tinha uma blusa por baixo da sua. O vilão se estressa e pega uma metralhadora, a irmã faz o mesmo, a polícia então chega ao local e manda todos se afastarem. Os policiais atiraram contra os vilões e os bandidos "controlados" por eles, mas Delphox usou o Psychic pra controlar os tiros. Então os ladrões começam a atirar contra os policiais, derrubando alguns. Então dois tiros acabam por acertar o Carvalho, que é jogado no chão. Os ladrões fogem em Pidgeottos, e os "bandidos mestres" fogem no Flygon. Todos se preocupam com o estado do velho.

Capítulo 32

O trio parada dura chega a Cerulean e procuram o Farol da cidade, onde disseram estar a líder de Saffron. Ao andarem pouco mais de uma hora, viram uma mulher sentada numa pedra próximo à edificação. Então a mulher confirma ser realmente a líder - e diz ainda ser a líder mais experiente de Kanto, nos seus 40 anos - e começa a lutar com Lurly, é uma batalha 3x3. Ela então manda Jynx, e o garoto manda Vulpix. O humanoide acaba fazendo com que a raposa se apaixone, então o ex-líder retorna Vulpix e manda Clefairy. Após um combate bem cansativo, Clefairy vence. A mulher então manda Piloswine; Lurly retorna Clefairy e manda Vulpix de novo. Vulpix vence num confronto complicado, mas mais rápido. A líder então manda Glaceon a campo. Lurly ri de desprezo. Porém ele se surpreende. Glaceon sabe Water Pulse e isso o ajuda a vencer Vulpix. Depois Lurly coloca Clefairy novamente, que perde pro Glaceon. Lurly manda Geodude e a luta fica praticamente igual, pois cada um só tem mais um pokémon, e a eeveelution mal sofreu danos. Depois de um combate intenso, Glaceon manda Water Pulse contra Geodude, nocauteando-o.

Capítulo 33

Geodude milagrosamente acorda, e evolui para Graveler, tem um combate rápido, e o pedregulho vence Glaceon, assim, Lurly garante sua quinta insígnia. John então vai lutar. Ele manda Haunter contra o Jynx da lady; o humanoide acaba vencendo o fantasma. Então no segundo round, o acompanhante manda a campo seu Rhydon, que vence facilmente Jynx. Piloswine entra em campo, e John retorna seu Rhydon e manda o Eevee. O pokémon de gelo vence o mamífero, e como John só tem o Rhydon, o manda a campo de novo, e novamente o rinoceronte vence. Então a líder manda seu último pokémon e mais OP, Glaceon. A eeveelution vence Rhydon e John perde a luta, mas mesmo assim a mulher lhe entrega a insígnia, "pois gostou dele". Os três acabam se hospedando na casa de Melissa.

Capítulo 34

O capítulo começa com os jovens no restaurante. Francesca tem um 'surto' e vai embora do nada. A moça acaba se encontrando com Thomson. Os jovens vão à procura dela. Francesca e Thomson conversam algumas coisas sem sentido e a ruiva tem uns flashbacks lembrando dos garotos, ela então vai toda feliz e saltitante falar com eles, mas acaba sendo recebida a paus e pedras por eles, que a xingam e tudo mais. Eles descobrem que ela se juntou aos irmãos Flint, e os dois garotos mandam Rhydon e Graveler. Porém, a moça manda seu Magmar, e ele sozinho consegue vencer os dois adversários com um golpe só. Ela fica com raiva e sai do lugar. O capítulo acaba com ela falando pra alguém "pode acabar com eles".

Capítulo 35

O capítulo começa com John e Lurly no restaurante de Melissa, até que escutam um barulho vindo do lado de fora e logo veem um homem e uma mulher, que estão com dois Charizards. Porém um Charizard é na verdade um clone, e a dupla descobre que os dois são membros da Equipe Rocket e clonam pokémons para vender no mercado negro. Lurly dá pouca importância para o fato e sai andando, mas os dois bandidos mandam os Charizards para lutar, porém são surpreendidos com um Mamoswine, que era o Mamoswine de Melissa, que acaba nocauteando os dois Charizards e os dois saem correndo, porém deixam cair uma pokébola no chão, que John pega e vê que se trata de um Charmander. A mulher entra e os vilões reaparecem. Eles mandam Raticates para lutar e Charmander evolui e ganha facilmente dos dois ratos. Porém Charmeleon é surpreendido pela dupla e é capturado, e os dois fogem com a típica bola de fumaça. Após isso os dois resolvem ir atrás da dupla de vilões e finalmente saem de Saffron. E logo percebem que estão sem suas pedras da lua, criando mais um motivo pra ir atrás dos bandidos.

Capítulo 36

Os dois estão caminhando pela rota 7 e decidem descansar sob uma árvore. Porém acabam encontrando duas pessoas suspeitas, ambos com um Jigglypuff. John grita e acaba chamando a atenção dos dois cidadãos que eram Tommy Lee e Jones, os vilões do capítulo anterior. Eles percebem e mandam os Jigglypuffs atacarem, e Lurly manda Clefairy, e John manda Nidorino, que praticamente vencem a luta. Então os dois negros ficam com raiva e resolvem evoluir logo os pokémons, com claro, as pedras da Lua roubadas dos protagonistas. Porém Lurly mandou Magnemite e ordenou que ele usasse Thunder Wave para paralisá-los, mas eles jogam os Jigglypuffs e os pokémons acabam paralisados. Os dois retornam os pokémons para a pokébola e saem correndo. Lurly manda Magnemite montado em cima do Pidgeotto para irem atrás dos bandidos. E logo Lurly e John os alcançam. Magnemite usa Thunder Wave e paralisa os dois, em seguida, Pidgeotto ataca-os e para finalizar, Nidorino termina de atacar, deixando os dois desmaiados. Em seguida, Clefairy e Nidorino evoluem.

Capítulo 37

Lurly e John estão em Celadon, e descobrem que tem um concurso que vai pagar dinheiro e uma pedra para o vencedor. Os dois se candidatam. Lurly usa o Vulpix e na semifinal perde para um cara com um Graveler. John chega na final e usando o Haunter durante o torneio, vence o Graveler na final e ganha cento e cinquenta dólares, além da pedra do fogo. Saindo do local do concurso, Lurly que no outro capítulo diz que uma pedra custa 1000 dólares, tem um debate com John e acaba comprando a pedra do fogo por 225 dólares e 50 centavos. Vulpix evolui para Ninetales.

Capítulo 38

Celadon tem outro concurso, que John e Lurly relutam em ir, mas acabam indo. Esse concurso é um concurso só de Eevees, e o vencedor escolhe uma pedra pra evoluir seu Eevee e ganha um dinheiro. John na semifinal vence um nerd chamado Bruno e Lurly vence uma gatinha chamada Nicole. No meio da luta com a moça, ele descobre que seu Eevee é fêmea. A moça passa o seu telefone para o protagonista, que fica hipnotizado. A final é entre John e Lurly.

Capítulo 39

Os dois combinam de empatar a luta. Então os Eevees ficam usando Shadow Ball exaustivamente e os dois pokémons se cansam e dá empate. Com isso, Lurly escolhe a Pedra d'Água e John escolhe a Pedra do Trovão e o Eevee de Lurly vira Vaporeon e o de John vira Jolteon, mas nenhum dos dois ganha dinheiro devido à falcatrua. Já é outro dia na fic e os dois garotos estão na Rota 16. Até que um nerd aborda Lurly e luta contra ele com um Raichu contra o Magnemite de John. O garoto diz ser o maior fã de Lurly, mas perde facilmente e Magnemite acaba evoluindo. Depois, John captura um Heracross.

Capítulo 40

A dupla dinâmica finalmente chega em Fuchsia. E andando pelas ruas da cidade, pessoas andam num vai e vem. E nesse vai e vem, aparecem Tommy e Alice, que já querem lutar com a dupla, e mandam Honchkrow e Mismagius, respectivamente. Os garotos mandam Vaporeon e Lickitung. Porém escutam um barulho vindo do Centro Pokémon e desistem de lutar. Chegando lá no Centro, encontram Mila e sua gangue, além dos dois neguinhos. Após alguns minutos de luta, a luta é interrompida já que Tommy Lee e Jones consegue o tal objetivo e fogem, em seguida os três fogem junto. E descobrem o plano da Equipe Rocket ao roubarem a Articuno Stone.

Capítulo 41

Thomson aparece e diz para os jovens segui-lo, pois Francesca foi raptada pelos irmãos Flint. Eles relutam, mas acabam cedendo. O preço para soltar Francesca é a Articuno Stone. Eles não têm o objeto, mas Lurly pega o Electivire e eles vão à luta e conhecem a dor, considerando justa, toda forma de amor. Eles chegam ao local marcado. Lurly tenta atacar os vilões com Electivire e obtém certo êxito, mas Francesca é ameaçada de morte caso os três não se rendam. Eles então são amarrados. Porém Joseph revive e com seu Blastoise, Nidoqueen e Ambipom, vence os vilões e salva os protagonistas e os vilões acabam desmaiando. Francesca vai embora para se curar em Hearthome e Thomson entra na Polícia de Kanto. John beija Francesca, sendo um beijo de adeus. E assim acaba o capítulo.

Capítulo 42

Lurly chega no ginásio e descobre que o líder é Jasmine. É uma batalha 4x4. Ela começa usando Skarmory, e ele usa Ninetales. A ave metálica ganha da raposa mesmo com a desvantagem. Lurly manda Magneton, que consegue vencer Skarmory. A líder então manda a campo um Magnezone e Lurly retorna o Magneton, em seguida ele manda Graveler a campo, mas Magnezone vence. Ele manda o Magneton novamente, mas o pokémon perde. Então ele manda Clefable, que vence Magneton de Jasmine, mas perde pro Magnezone. Lurly perde mais uma vez uma batalha de ginásio.

Capítulo 43

John batalha contra a líder. Jasmine dessa vez começa com Magneton e John já manda de primeira o seu pokémon mais forte, Rhydon. O rinoceronte vence facilmente Magneton. Jasmine manda Skarmory e John retorna seu Rhydon, enviando Jolteon a campo. Skarmory usa o Toxic Spikes e por algum motivo, envenena Jolteon, que acaba sendo nocauteado pela ave metálica. O garoto então manda o seu Lickitung, que aproveitou que Skarmory estava bastante cansado e venceu apenas com um Rollout. A líder envia Magnezone, que vence Lickitung, já que o Toxic Spikes deixa todos os pokémons envenenados. John manda o Rhydon de novo, que vence Magnezone. A líder então revela seu quarto pokémon, tratando-se de Ampharos, que surpreendentemente vence Rhydon. John manda seu último pokémon, o Haunter, que acaba sendo nocauteado, porém evolui para Gengar e vence a batalha.

Capítulo 44

A dupla está caminhando tranquilamente por Fuchsia, até que Mila Johnson aparece, juntamente com Maximilian Richter, que se revela ser da Equipe Rocket. A menina ameaça começar uma batalha com Weavile e John com seu Rhydon, porém Nero e seu Metagross aparecem, porém o vilão mostra uma máquina e mostra que essa máquina impede os pokémons psíquicos de lutar. Em seguida, Early, o quarto elite aparece com seu Rhyperior. Após vários minutos de batalha, o Rhydon de John usa o Earthquake e vence a batalha. Então Early presenteia John com um Protector, para que ele possa evoluir seu Rhydon.

Capítulo 45

A dupla acaba indo no Safari Zone e Lurly captura uma Butterfree. O Pidgeotto do Lurly e o Lickitung do John evoluem.






Advinha quem voltou? Sim, eu, o cara das infinitas fics, que nunca terminam. Mas como podem ver, meu último projeto deu meio certo, mas eu consegui terminá-lo. Agora venho com um novo projeto, eu tinha planejado essa história em meados de março, então comecei a escrever, porém eu tinha escrito apenas três capítulos e desisti de continuar a escrevê-la, mas logo quando terminei minha outra, tomei coragem e voltei a escrever essa fic, e tenho escrito uma quantia boa de capítulos pra evitar alguns desastres -q. Enfim, a história é clichê, é de jornada, ultimamente andou surgindo uma quantia maior de fics de jornada, então resolvi criar a minha história. Eu diria que é uma fic 4fun séria. Porque eu pretendo utilizar bastante da comédia (mesmo que sejam piadas sem graça, mas vou tentar '-'), mas tendo uma história séria no fundo da fic (história que só eu sei, leiam pra poderem descobrir e.e). No prólogo já vai dar uma explicação inicial sobre a história. Eu não pretendo colocar episódios fillers na fic, mas mesmo assim ainda vai ser bem extensa, portanto eu não vou demorar muito pra postar os capítulos, senão deixarei de herança pros meus netos uma fic pra eles publicarem -q, apenas entre o prólogo e o capítulo um que deixarei um tempo maior que o que planejo pra postar. Devo dizer também que algumas piadas serão meio "maliciosas", sendo que o protagonista é tipo um Brock da vida só que com falas mais "quentes" -q, também se preparem para ver cantadinhas manjadas na fic.

Mas enfim, aposto que cansaram de ler tudo e já foram embora, mas quem não foi, pode continuar abaixo, pois temos o prólogo.

Prólogo

O sol já estava em pé há algum tempo, mas eu acabara de acordar naquele momento.

Pra quem não me conhece, me chamo Lurly Spark, tenho dezenove anos e sou o líder de ginásio da cidade de Fucshia, tenho olhos cinzas e cabelo da mesma cor devido à um problema que eu tive ao nascer, mas enfim. Minha vida é muito chata e entediante, todos os dias vêm aqueles pivetes com seus pokémons aqui e não conseguem nem tocar no meu Electivire, há muito tempo não perco, e isso está muito monótono e ridículo.

Eu queria sair daqui, queria ter novas aventuras, viver apenas aqui é muito ruim, eu pensei que isso mudaria minha vida, mas não fez nada.

Sei que ninguém quer saber disso então descreverei o ginásio onde eu moro; bom, a parte da frente dele era bem chamativa, com um letreiro amarelo e brilhante, de qualquer ponto da cidade é possível ver, tem também uma porta automática. A parte de dentro possui uma corrente elétrica que caso ultrapasse a parte do campo onde os treinadores ficam, o cara leva um choque, ela só é desativada quando eu subo na arena para um duelo ou quando bato palmas, e a parte de trás é onde eu vivo, aqui tem um banheiro médio, um quartinho com uma cama um pouco velha, uma televisão de 32 polegadas, além de um Playstation 3 e um notebook interessante, é, tem vezes que o ginásio fica mais de uma semana sem visitas ai fica difícil. Ao lado desse cômodo tem uma cozinha, com um fogão velho e um armário caindo aos pedaços, e tem uma geladeira nova.

Gostaria de ver uma vez como é a vida desses moleques que querem ser treinadores, mas são tão ruins quanto uma porta, afinal, seria ruim eu tentar isso? Ah, desculpem-me, mas terei de interromper essa narração, acaba de chegar um treinador pra vir lutar aqui.

- Olá... - Disse um jovem garoto enquanto observava o local, aparentava estar receoso.
- Olá. - Falei batendo palmas, assim fazendo a corrente elétrica do ginásio desligar. - Espero que encontre algo forte hoje...
- Certamente.
- Essa é uma batalha dois contra dois, quando uma equipe estiver perdido dois pokémons, automaticamente terá perdido.
- Tudo bem. Lickitung saia!

Naquele momento não sabia se ria ou se chorava, aquele pokémon era muito ridículo, só sabia lamber, literalmente, mas o treinador deveria ser tão ruim, coitado, que era o máximo que conseguia capturar.

- Vai Electivire!

Então um pokémon amarelo com listras pretas gigantes saiu encarando aquele bicho rosado, o monstro até recuou um pouco.

- Lick!
- Thundershock!

O linguarudo tirou sua língua e a fez crescer pra tentar lamber o meu pokémon, que apenas deu um leve choque, nocauteando-o rapidamente.

- Mas o quê? - Disse o garoto quase chorando. - Eu escolho o Nidorino!
- Ah não! Para! Desisto de ser líder! - Gritei. - É muita incompetência! Pode pegar essa insígnia e ir embora.

O pirralho - mesmo sendo ruim - não era nem um pouco trouxa, então pegou o objeto sem lutar e foi embora do prédio.

Agora penso se não seria uma boa eu me aventurar nesse gigantesco mundo de Kanto...


A fic é narração em terceira pessoa, mas o prólogo e o capítulo 1 serão em primeira pessoa só pra apresentar o protagonista e o modo de vida dele e tals, já que essa é a base da história -q. Os mais espertos já vão sacar algo nesse prólogo, que vai ser diferencial na fic -q. Mas enfim, é isso e espero que comentem Very Happy


Última edição por Black~ em Qui 11 Maio 2017 - 13:48, editado 102 vez(es)
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Rush em Qua 26 Jun 2013 - 21:35

Sir Black.




Boa noite. c: Primeiramente, percebi que você tinha esse projeto como prioridade né? Tanto que na escola do Murilo, você até usou essa estória de um líder de ginásio partindo numa jornada. Mas se eu não me engano, o nome era Joseph, né? Enfim, essa ideia é bem interessante.


Achei meio apelão o cara ter um Electivire. Digo, ele é líder da cidade de Fuschia, o que mostra que o tipo dos ginásios mudou, e pela tecnologia da eletricidade que você descreveu, suponho que seja num futuro próximo - que seria no presente, já que ele possui um PS3. WTF, vou tentar parar em adivinhar a cronologia que se passa a história. De qualquer forma, Electivire continua apelão. AEUHAU


Fico imaginando como será a jornada dele, já que ele desistiu do ginásio. Eventualmente, ele vai ter que enfrentar seu próprio ginásio, e isso vai ser interessante. 


A única coisa que eu senti falta, foi de detalhes como a ambientação e sentimento dos personagens. 


De qualquer forma, vou acompanhar a história. Achei original esse inicio de jornada, creio eu que terá uma grande estória sendo desenvolvida. 


Um abraço, até mais. 
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por -Ice em Qua 26 Jun 2013 - 22:09

Finalmente uma fanfic no começo -q Eu estou querendo pegar uma fanfic para ler mas todas já estão bem avançadinhas, estou já faz semanas tentando comentar na fic do Murilo, mas ele é mais rápido.


Enfim, falando do que interessa, sua fic está bacana para um começo, geralmente temos aqueles prólogos que quase nos fazem dormir (digo isso por experiência própria, eu já fiz alguns desses), mas o jeito como você introduziu tudo me fez ficar interessado e querer ler até o fim. Um ponto por isso.

O personagem ser tarado é algo meio raro nas fictions, já vi várias com o amigo do principal sendo safadão, mas o protagonista não, eu gostei disso.

Assim como o Rush, eu percebi que você usou a mesma história da lição do Murilo, mas acho que isso não fará um grande impacto pois tudo o que você disse na lição já foi falado no prólogo.
Erros eu não achei pois não sou um grande observador, mas creio que não teve nenhum.

Se eu te conheço bem, essa história também terá um fundo sombrio atrás de "Treinador s2 Pokémon", assim como a outra fiction teve, e isso será bastante legal, já que fazer um mundo brilhante, colorido e mágico é trabalho do anime.

Vou acompanhar a fic e já estou aguardando o próximo capítulo, já que você fará um intervalo entre capítulos menor que uma semana (ainda bem, pois esperar sete dias para um novo capítulo é chato).

Até mais e boa sorte.
avatar
-Ice
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 03/02/2010

Frase pessoal : </∆>


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Pikato em Sex 28 Jun 2013 - 15:49

 Olá Black, como pediu, aqui estou^^

Confesso que morri de rir no final deste prólogo, acho que o garoto se estressou rápido o.o Enfim, enredo interessante e promissor cara, vai ser legal ver uma fic engraçada e de um ponto de vista diferente. Sinceramente, acho que faltou um pouco de descrição no início, foi muita rápido, sabe. O sol nasceu e pronto, faltou tipo isso:


A luz já havia vencido a noite, os Pidgeys cantarolavam pequenas notas musicais, o vento agitava as flores que mexiam sem parar. E eu ,acabava de abrir os olhos para encarar mais um dia de minha longa vida.



Exemplo meio tosco e.e Mas enfim, acho que faltou descrição e atenção quanto a repetição, um e uma foram repetidas diversas vezes. Parece que tenho o mesmo problema quanto a isso, hehe. Concluindo, fic promissora, batalha rápida, gym leader estressado e com mente poluída o.o e humor cativante.

Ok então, missão cumprida,adios^^
avatar
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Pikachuzinha em Sex 28 Jun 2013 - 16:27

Yo, Black. Faz um tempinho que não comento em uma fic sua, mas né. ;p Bom, primeiro, posso dizer que essa sua história é mesmo um clichê diferente (e isso existe? e.e). Um gym leader tarado e estressado pode dar um excelente protagonista, penso eu, hue. Para mim, ele pareceu uma fusão de Brock e Paul, dois personagens, que por sinal, são bem diferentes.

Quanto à erros, não vi nenhum ortográfico. Se vi, foi algo bobo. Algumas partes mereciam vírgulas aí, como aquela hora do "Lickitung, saia!" que você não pôs pontuação entre as duas palavras.

Bom, acho que é só, por hoje. É provável que eu acompanhe esta fic, porque né, "interessantismo" é o que não falta nela. xD Boa sorte com a estória e até mais. o/
avatar
Pikachuzinha
Membro
Membro

Feminino Idade : 16
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 21/07/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Ter 2 Jul 2013 - 23:39

Bom, aqui estou eu, pra obviamente postar o capítulo. Eu disse que demoraria um tempinho a mais. Planejo postar os capítulos a cada três ou quatro dias, mas enfim. Antes os comentários, claro.

Comentários:

@Rush escreveu:Sir Black.

Boa noite. c: Primeiramente, percebi que você tinha esse projeto como prioridade né? Tanto que na escola do Murilo, você até usou essa estória de um líder de ginásio partindo numa jornada. Mas se eu não me engano, o nome era Joseph, né? Enfim, essa ideia é bem interessante.


Achei meio apelão o cara ter um Electivire. Digo, ele é líder da cidade de Fuschia, o que mostra que o tipo dos ginásios mudou, e pela tecnologia da eletricidade que você descreveu, suponho que seja num futuro próximo - que seria no presente, já que ele possui um PS3. WTF, vou tentar parar em adivinhar a cronologia que se passa a história. De qualquer forma, Electivire continua apelão. AEUHAU


Fico imaginando como será a jornada dele, já que ele desistiu do ginásio. Eventualmente, ele vai ter que enfrentar seu próprio ginásio, e isso vai ser interessante. 


A única coisa que eu senti falta, foi de detalhes como a ambientação e sentimento dos personagens. 


De qualquer forma, vou acompanhar a história. Achei original esse inicio de jornada, creio eu que terá uma grande estória sendo desenvolvida. 


Um abraço, até mais. 

Sim, tinha esse projeto em plano, mas a fanfarrice foi tanta que eu apenas troquei o nome do personagem -qq. O Electivire era justamente por isso, pra ser algo bem apelo, pro líder se achar o top, mas ficar entediado ao mesmo tempo (wtf). O tempo da história é o ano de 2013 mesmo, mas ela se passa anos depois da "história original". A maioria dos líderes mudou sim. É, pois é, já pensei em tudo, até quem vai substituí-lo e tals -q. Não vai ser igual a Misty, que sai do ginásio, e depois ainda luta como líder -q. Eu também senti, depois eu li e vi que realmente ficou tenso, tentei melhorar nesse capítulo. Pois é, quis fazer algo diferente, sem começar naquela mesma coisa de sempre. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile.

@-Ice escreveu:Finalmente uma fanfic no começo -q Eu estou querendo pegar uma fanfic para ler mas todas já estão bem avançadinhas, estou já faz semanas tentando comentar na fic do Murilo, mas ele é mais rápido.


Enfim, falando do que interessa, sua fic está bacana para um começo, geralmente temos aqueles prólogos que quase nos fazem dormir (digo isso por experiência própria, eu já fiz alguns desses), mas o jeito como você introduziu tudo me fez ficar interessado e querer ler até o fim. Um ponto por isso.

O personagem ser tarado é algo meio raro nas fictions, já vi várias com o amigo do principal sendo safadão, mas o protagonista não, eu gostei disso.

Assim como o Rush, eu percebi que você usou a mesma história da lição do Murilo, mas acho que isso não fará um grande impacto pois tudo o que você disse na lição já foi falado no prólogo.
Erros eu não achei pois não sou um grande observador, mas creio que não teve nenhum.

Se eu te conheço bem, essa história também terá um fundo sombrio atrás de "Treinador s2 Pokémon", assim como a outra fiction teve, e isso será bastante legal, já que fazer um mundo brilhante, colorido e mágico é trabalho do anime.

Vou acompanhar a fic e já estou aguardando o próximo capítulo, já que você fará um intervalo entre capítulos menor que uma semana (ainda bem, pois esperar sete dias para um novo capítulo é chato).

Até mais e boa sorte.

Sei como é tenso isso, você quer ler uma fic, mas ela está muito distante -q. É, quis tirar aqueles prólogos mornos, que é só apresentação, a cidade é linda, os pássaros cantam, etc. É, geralmente é sempre o amigo que acaba dando a graça da fic, alguns sendo safados e tals, mas essa é diferente e.e Sim, não será aquela história que o mundo é lindo, treinador e pokémon se amam e etc. Mas eu digo que não será algo mais "sombrio" nessa fic. É, eu não consigo segurar muito tempo quando já tenho capítulo pronto -q, mas enfim. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

Thepikachu385 escreveu: Olá Black, como pediu, aqui estou^^

Confesso que morri de rir no final deste prólogo, acho que o garoto se estressou rápido o.o Enfim, enredo interessante e promissor cara, vai ser legal ver uma fic engraçada e de um ponto de vista diferente. Sinceramente, acho que faltou um pouco de descrição no início, foi muita rápido, sabe. O sol nasceu e pronto, faltou tipo isso:


A luz já havia vencido a noite, os Pidgeys cantarolavam pequenas notas musicais, o vento agitava as flores que mexiam sem parar. E eu ,acabava de abrir os olhos para encarar mais um dia de minha longa vida.



Exemplo meio tosco e.e Mas enfim, acho que faltou descrição e atenção quanto a repetição, um e uma foram repetidas diversas vezes. Parece que tenho o mesmo problema quanto a isso, hehe. Concluindo, fic promissora, batalha rápida, gym leader estressado e com mente poluída o.o e humor cativante.

Ok então, missão cumprida,adios^^

Olá. Obrigado :)O objetivo era esse mesmo e.e deixar as coisas mais engraçadas e tudo mais. Eu também li depois e vi que a descrição ficou fraca, tentei melhorar nesse capítulo, vamos ver né. Um e uma não consigo achar sinônimos, então acabo repetindo =/, mas enfim. Muito obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

~Pikachuzinha escreveu:Yo, Black. Faz um tempinho que não comento em uma fic sua, mas né. ;p Bom, primeiro, posso dizer que essa sua história é mesmo um clichê diferente (e isso existe? e.e). Um gym leader tarado e estressado pode dar um excelente protagonista, penso eu, hue. Para mim, ele pareceu uma fusão de Brock e Paul, dois personagens, que por sinal, são bem diferentes.

Quanto à erros, não vi nenhum ortográfico. Se vi, foi algo bobo. Algumas partes mereciam vírgulas aí, como aquela hora do "Lickitung, saia!" que você não pôs pontuação entre as duas palavras.

Bom, acho que é só, por hoje. É provável que eu acompanhe esta fic, porque né, "interessantismo" é o que não falta nela. xD Boa sorte com a estória e até mais. o/

Oi.Pois é, mas o importante é que comentou nessa -q. Sei lá se existe clichê diferente, foi por isso que coloquei entre aspas na descrição -qq. Eu não diria bem que ele é base no Paul, pois depois ele vai se revelando. Eu diria que ele é chato, mas não a nível Paul -qq. É mania mesmo colocar o nome do pokémon e não colocar vírgula depois, mas eu vou evitar isso. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

Agora sem mais delongas, o capítulo 1 Smile


Capítulo 01 - A Escolha



O dia amanhecia aqui em Fucshia, como quase sempre, fazia sol. Eu que não tinha tempo pra banalidades, abri o guarda roupa velho do meu quarto, peguei uma camiseta branca com um símbolo de um Elekid no peito, uma calça jeans preta, então tomei um banho.

Após terminar de me banhar, coloquei um boné azul, e então fui até a cozinha, onde tomei apenas um copo de suco velho - talvez uns três dias - e dirigi-me até o ginásio, tentando ver se eu conseguiria ficar ali mesmo.

Então eu vejo um rosto que eu parecia já ter visto antes. Ah! Era aquele moleque de ontem. O menino tinha um aspecto magro, tinha olhos castanho claro e cabelos da mesma cor. Ele já veio me dizendo alguma coisa.

- Olá. Gostaria de dizer que não posso aceitar essa insígnia. Se eu não posso vencer, eu não mereço esse amuleto. - Disse ele devolvendo aquele objeto em forma de raio. - Queria desafiá-lo de novo.

Eu queria rejeitar, mas como eu sou pago - muito mal, diga-se de passagem - pra ficar lutando com esses bocós, não posso rejeitar, então puxei uma pokébola do bolso e disse:

- Essa é uma batalha dois contra dois, o primeiro que perder dois pokémons perde a batalha. - Falei, em seguida lancei a pokébola, e dela saiu o Electivire.
- Tudo bem. - Respondeu. - Nidorino eu escolho você!

Então daquela pokébola saiu um bicho estranho, de cor roxa, com um chifre na frente da cara, logo ele tratou de encarar o bicho elétrico.

- Low Kick!

O bicho começou a correr rapidamente e mirou uma de suas patas traseiras e em seguida a usou para dar um chute no pokémon trovão, que sofreu um dano quase nulo.

- Thunderbolt.

Então ele se “fechou” um pouco e em seguida mandou um poderoso raio de choque, que fez com que o oponente começasse a ir recuando, tentando se defender, mas em vão, já que ele foi facilmente debilitado.

- Volte Nidorino. - Disse ele com a expressão de chateação. - Vai Rhyhorn!

Até deu pra me animar ele ter colocado aquele pokémon, era um que tinha vantagem sobre meu ginásio, não seria tão fácil ganhar dele. Aquele pokémon era uma espécie de rinoceronte de pedra, que tinha uma coloração cinza e tinha um chifre em cima da boca, então ficou encarando o Electivire.

- Rock Throw!

O monochifre então bateu as patas dianteiras levemente no chão, em seguida várias pedras começaram a cair em cima do gigante amarelo, sendo um dano até considerável, depois de tanta coisa escrota, aquilo até me “encantou”.

- Ice Punch!

Meu pokémon então começou a mirar aquele bicho de pedra com a sua mão, em seguida ela começou a ficar congelada, então ele deu um soco no animal, que sofreu um dano, mas não foi debilitado.

- Dig!

Rhyhorn então começou a cavar o chão daquele local, e ficou lá por um turno, eu podia apenas observar aquilo. Em seguida o bicho subiu num ataque surpresa e bateu em Electivire, que sofreu um dano maior dessa vez.

- Low Kick.

Então o grande pé amarelo começou a tomar uma cor branca, em seguida o pokémon elétrico deu uma espécie de rasteira, mas que foi muito eficaz, debilitando o rinoceronte.

- Eu sou uma decepção! - Lamentou-se. - Não mereço virar treinador.

Após aquilo eu decidi que se aventurar em Kanto não deveria ser tão ruim, tampouco difícil...

O menino já estava indo embora, quando eu o chamei a atenção:

- Ei você!

Ele estava com uma expressão bem triste e andava com a cabeça baixa e os ombros soltos, então ele se virou até mim.

- O que foi? - Perguntou.
- Gostaria de melhorar suas técnicas de batalha?

Não pensou nem um pouco e concordou, em seguida foi se apresentando:

- Meu nome é John Persavic e tenho 15 anos.
- Prazer.

-x-

Um helicóptero já pousava em frente àquele prédio, eu e o menino subíamos, o veículo veio direto de Pallet a meu pedido, já que nós líderes somos muito “amigos” do Oak. Na verdade a gente não é nada dele, mas como o velho é cheio da bufunfa, é bom ser amiguinho dele. Nunca se sabe né...

[...] O meio de transporte já pousava em um campo aberto ao sul da cidade, então descemos, eu já avistei um prédio de pequeno a médio porte - mas que nas dimensões da cidade era grande - na cor laranja e na porta deste local tinha um velho que acenava pra mim, junto a um cara de uns vinte e poucos anos, era respectivamente Professor Samuel Oak (sempre chamado apenas pelo sobrenome) e seu neto, Gary Oak, ele me chamou que eu fosse até lá.

- Olá Lurly! - Disseram me cumprimentando.

Eu os cumprimentei também, em seguida falei do John. Eles levantaram a mão timidamente pra cumprimentá-lo. Coitado... nem dão bola pra ele...

- Siga-me.

Então adentramos o laboratório e passamos por um corredor nem muito grande, ao final dele tinha uma mesa com um botão apenas, achei estranho.

- Bom, não sei se você sabe, mas agora a escolha do inicial é diferente. - Disse ele. - Estamos nos modernizando. Agora é da seguinte maneira: temos alguns pokémons já escolhidos, então você aperta o botão e uma pokébola qualquer subirá e esse será seu pokémon.
- Certo. - Concordei. - Já posso apertar o botão?
- Claro.

Segurei aquele botão e então uma das esferas vermelhas e brancas subiu, eu obviamente a peguei, em seguida apertei aquele botão no centro da bola, e saiu de lá um belíssimo, magnífico, esplendoroso... Cleffa. Sério, não era nenhum pouco do que eu imaginava pegar, mas depender da sorte é isso. Ele pareceu não gostar de mim também, pois cruzou os braços e ficou batendo o pé no chão repetidamente. Pelo menos temos algo em comum...

- Isso vai ser engraçado. - Disse Samuel coçando a cabeça. - Tome sua pokédex e suas pokébolas.

Tá, não precisaria da pokédex, mas peguei, talvez depois eu ganhasse uma grana em cima disso. Guardei as esferas no bolso, em seguida Gary acessou o computador do laboratório e me registrou oficialmente para poder ser um “treinador”, então puxei o pokémon pra dentro da pokébola e ia saindo, mas fui chamado a atenção.

- Sinto muito, mas seus antigos pokémons terão de ficar aqui. - Disse o velho.

Não gostei muito, mas deixei as três pokébolas ali e então finalmente fui embora, para ver como é esse mundo...

To Be Continued...


Eu não imaginei uma maneira melhor pra chamar o outro garoto então fiz aquilo '-'. É isso e espero que comentem Smile
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por -Ice em Qua 3 Jul 2013 - 15:07

Gostei do capítulo, achei a descrição desse um pouco menor que a outra, mas deu para entender bem o que você quis dizer, apesar de que apenas o ""importante"" foi descrito, mas sem problemas, eu também sou assim.

A revanche do garoto foi legal, seria interessante se o Rhyhorn (slá como se escreve) ganhasse do Electivire e o líder (ainda não me familiarizei com o nome dele) mandasse seu segundo pokémon, fazendo assim com que a batalha ficasse decisiva.

O resto eu não entendi muito bem. Sim, o líder foi para Pallet pois precisava se registrar como treinador, mas e o outro garoto? Ele vai ser acompanhante, rival, ou vai substituir o cara no ginásio? Enfim, no próximo capítulo vai dar para entender melhor, e, como você disse, ele será em terceira pessoa, e fica muito melhor assim.

Desculpa pelo comentário pequeno, não consegui tirar muita coisa do capítulo, malz :/ Espero o próximo capítulo.
avatar
-Ice
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 03/02/2010

Frase pessoal : </∆>


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por ~Jhonn em Qua 3 Jul 2013 - 19:50

Dae Black, não comentei sua outra Fic pois já estava bem grande e eu ia pegar o bonde andando, mas, aqui estou eu.Gostei da Fic, achei o personagem nojento mais fazer oque né, é sério mesmo eu ri muito com o prólogo na parte que o menózinho quase chorou quando perdeu a batalha eu rialto aqui e é sério eu achei o Electivire dele meio que invencível e também até gostei dele ter ganhado um Pokémãozinho fraquinho e pequeno #chupalurly mais vejo que ele tem potencial.Estou aguardando o próximo capítulo, Boa Sorte 0/
avatar
~Jhonn
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 21/02/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Nothing em Sex 5 Jul 2013 - 23:03

Muito maneira a fic
pega que ele pegou uma cleffa potia ter tido um pouco mais de sorte e tambem nao entedi a do garotinho.
Esperando super ancioso o proximo capitulo.

Nothing
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 02/05/2013


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Sab 6 Jul 2013 - 18:10

Bom, aqui estou eu pra postar o capítulo 2, como eu disse, eu ia postar rapidamente e blablablabla. Mas antes, os comentários.

Comentários:

@-Ice escreveu:Gostei do capítulo, achei a descrição desse um pouco menor que a outra, mas deu para entender bem o que você quis dizer, apesar de que apenas o ""importante"" foi descrito, mas sem problemas, eu também sou assim.

A revanche do garoto foi legal, seria interessante se o Rhyhorn (slá como se escreve) ganhasse do Electivire e o líder (ainda não me familiarizei com o nome dele) mandasse seu segundo pokémon, fazendo assim com que a batalha ficasse decisiva.

O resto eu não entendi muito bem. Sim, o líder foi para Pallet pois precisava se registrar como treinador, mas e o outro garoto? Ele vai ser acompanhante, rival, ou vai substituir o cara no ginásio? Enfim, no próximo capítulo vai dar para entender melhor, e, como você disse, ele será em terceira pessoa, e fica muito melhor assim.

Desculpa pelo comentário pequeno, não consegui tirar muita coisa do capítulo, malz :/ Espero o próximo capítulo.

Sim, é porque eu não tenho paciência pra descrever muito bem, ai acabo colocando só o "mais importante", mas eu tentei colocar algo a mais nesse capítulo (tentei...). Sim, mas era a intenção ele perder mesmo com uma boa vantagem, pro líder ser forte e ele aceitar a ajuda e tudo mais. O menino é acompanhante e treinador também, só que ele foi junto com o protagonista, pois o cara disse que ia ajudá-lo a batalhar melhor. Muito obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

JhonataVigoroth escreveu:Dae Black, não comentei sua outra Fic pois já estava bem grande e eu ia pegar o bonde andando, mas, aqui estou eu.Gostei da Fic, achei o personagem nojento mais fazer oque né, é sério mesmo eu ri muito com o prólogo na parte que o menózinho quase chorou quando perdeu a batalha eu rialto aqui e é sério eu achei o Electivire dele meio que invencível e também até gostei dele ter ganhado um Pokémãozinho fraquinho e pequeno #chupalurly mais vejo que ele tem potencial.Estou aguardando o próximo capítulo, Boa Sorte 0/

Sim, mas eu digo que ele não é tão nojento assim (spoiler -qq). Ele ganhou o pokémonzinho justamente pra provar se ele é um bom treinador realmente -q, acredito que tenha potencial também -q. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

hunterfake escreveu:Muito maneira a fic
pega que ele pegou uma cleffa potia ter tido um pouco mais de sorte e tambem nao entedi a do garotinho.
Esperando super ancioso o proximo capitulo.

Obrigado. Como eu disse mais acima, ele é treinador, mas "vai ter um aprendizado". E quanto ao Cleffa foi só pra ver se ele é um bom treinador mesmo com pokémons fracos -q. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

Agora o capítulo (que já teve uma captura).

Capítulo 02 - O início


John gostaria de seguir Lurly por achá-lo um líder de ginásio forte, e então certamente passaria um bom ensinamento como treinador. Afinal, John queria ser um treinador muito forte em Kanto, depois da tentativa fracassada em Sinnoh, seu continente natal.

A dupla caminhava pela saída da cidade de Pallet, para chegarem à Rota 1, quando de repente algo passou voando baixo e se o ex-líder não tivesse abaixado, teria sido atingido.

- Mas que porcaria é essa? - Reclamou.

Então novamente “a coisa” estranha passou por cima dele.

- Vocês estão de graça só pode!

O outro garoto apenas observava enquanto dava uns sorrisinhos discretos, então Lurly puxou sua pokébola do bolso.

- Cleffa, saia!

Então aquele bicho rosa pequeno saiu da bola e ficou parado, apenas olhando com cara feia para o treinador.

- Ah seu bicho feio! Você não tem que gostar de mim, tem que batalhar apenas! - Gritou o garoto.

O pokémon voltou a fazer cara feia e saiu correndo pra dentro do mato da rota, para despertar ainda mais a raiva do antigo comandante de ginásio, que ameaçou correr atrás, mas pensou melhor e continuou ali, afinal, se seu pokémon não gosta dele, não valeria a pena correr atrás dele, enquanto “aquilo” continuava a sobrevoá-lo.

- Ah! Agora eu te pego! - Disse ele fazendo um gesto com a mão como se fosse acertá-lo ou espantá-lo.

Então o jovem acertou a criatura que o sobrevoava e o bicho caiu no chão, era possível ver que se tratava de uma espécie de pombo bege com algumas partes marrom e era pequeno, aquilo era um Pidgey.

- Droga! Quando me aparece um pokémon mais “decente” eu to sem aquele Cleffa ridículo.
- Mas se você é tão bom, deveria ser bom com qualquer pokémon, não só com seu “super Electivire”. - Ironizou John. - Ou até mesmo sem.
- Eu não pedi sua opinião seu pirralho! - Gritou. - Eu vou pegar esse Pidgey mesmo sem aquela fada, você vai ver...
- Ah é? Como?
- Assim.

Logo o jovem tirou um instrumento de madeira de seus bolsos, ele tinha uma forma de “y” com uma corda elástica na ponta, era um estilingue certamente, ele então pegou uma pedra no chão e a colocou no elástico mirando o pássaro, em seguida arremessou-a, assim acertando o bicho, que voou, mas ele passou perto de Lurly, que dessa vez o agarrou e fechou a mão, deixando-o em suas mãos. Mas um brilho branco começou a tomar conta da ave, que começou a crescer conforme brilhava, em seguida parou com aquela luminosidade e revelou-se um novo pokémon, mais bonito que aquele, ele possuía a mesma cor bege e marrom, tinha umas penas vermelhas e uma espécie de cauda da mesma cor, era um Pidgeotto.

- Que beleza! Agora é um pokémon muito melhor! - Exclamou o garoto já puxando uma pokébola.

Mas o animal começou a bicá-lo fortemente, fazendo uns machucados na sua mão, consequentemente o fez soltá-lo, então ele voou, John apenas ria da situação.

- Ta rindo do que? - Gritou o garoto. - Que droga de dia! Perdi aquela bolinha rosa, perdi um Pidgey, que virou Pidgeotto e ainda to com a mão toda machucada.
- Problema é seu. - Disse o outro rindo. - Vamos procurar o Cleffa logo, que é mais importante do que todo seu drama.
- Cala a sua boca seu nanico! - Esbravejou. - Vai pra lá que eu vou pra cá.

Um foi pelo lado direito e o outro foi pelo lado esquerdo pra assim verem se conseguiriam encontrar a fada, Lurly ia procurando quando bateu em algo, era uma espécie de pé de passarinho, então um bicho acordou furioso, era outro Pidgey.

- Opa! A sorte ta resolvendo aparecer pra mim! - Disse o garoto, em seguida pegou sua arma e atirou uma pedra no pássaro.

Então ele sofreu uns machucados, em seguida ficou parado ali, logo após o garoto ia arremessar a pokébola, mas o bicho voou pra cima dele e o bicou fortemente, fugindo de novo, realmente a sorte não estava do lado do ex-líder naquele dia...

- Pelo amor! Tiraram o dia pra me zoar? - Gritou o jovem enquanto olhava para o alto.

Do outro lado da rota, John procurava pelo pequeno pokémon rosado, quando viu algo no chão que lhe chamou a atenção, era um objeto - difícil de definir - que estava brilhando, ele então tomou em suas mãos e o item parou de brilhar, não dava pra saber que forma era aquilo, mas o menino o guardou no bolso mesmo assim e voltou a procurar o pequeno monstro.

- Cleffa! Cadê você? - Gritava Lurly.

Então ele viu algo rosa passando correndo, ele imaginou ser seu pokémon e então correu atrás, mas não viu nada, então algo pulou na frente dele e ele tomou um susto, era o bicho rosado.

- Te achei!

Após o grito do garoto, John, que procurava do outro lado da rota se assustou e então seguiu até onde estava o garoto de cabelo cinza.

Em seguida àquilo, um pássaro passou voando sobre eles e atacou os dois, despertando a fúria de ambos, que se olharam, e pareceram ter um acordo pela primeira vez. O objetivo era derrotar aquele Pidgey.

- Eu nem sei que golpes você tem, mas vamos lá. - Disse. - Charm!

O pokémon olhou com uma cara muito feia pro seu treinador, afinal macho usar charme com macho é bem bizarro, o garoto até esqueceu-se disso, na verdade ele nem deveria saber que existem Cleffas machos...

Em seguida a ave alçou um voo baixo e acertou com o ombro a fada, que foi jogada pra trás, tomando um bom dano.

- Pensa, pensa... Que golpe esse pokémon tem? - Disse Lurly já impaciente.

Então o pokémon sem ordem nenhuma, começou a correr e em seguida acertou o oponente, havia descoberto o único golpe daquele bichinho, era o Pound.

- Até me esqueci disso. - Disse ele, John e Cleffa fizeram cara de desprezo após isso. - Pound!

O pokémon estrela começou a pegar velocidade e em seguida acertou o pássaro com o ombro, jogando-o para trás, dificultando um pouco ele de se levantar, o ex-líder aproveitou o momento para arremessar uma das esferas branca e vermelha, então a pokébola balançou três vezes e parou. Ele havia capturado Pidgey.

- Ótimo, agora vamos até Viridian porque eu to com fome e cansado. - Reclamou Lurly.
- Caramba Lurly, você é chato demais! - Reclamou o outro garoto. - Tudo está reclamando! Você tem comida em casa, internet...

Então ele foi interrompido pelo ex-líder.

- Alguém já te falou que você parece um retardado fazendo isso?
- Deve ter falado, mas eu nem lembro.

Em seguida eles pararam de falar e seguiram pela rota, pra chegarem na próxima cidade.


A captura de um pokémon super raro e numa rota super rara onde ele nunca aparece -q. E sim, eu sei que o Charm nos jogos abaixa o ataque do oponente, mas pelo nome e pelo fato do Cleffa aprender, na fanfic o ataque vai deixar o oponente apaixonado. E também pra deixar um "humor" ou pelo menos tentar -q.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Pikato em Seg 8 Jul 2013 - 11:15

Cara, que Lurly chato hein, hehe.

Sério achei legal os dois capítulos que você fez, desenvolveu bem a estória e foi bastante inovador ele pegar um cleffa, pelo menos ele conseguiu capturar um Pidgeott que e mais forte.Sério gostei muito do capítulo, foi bem legal e engraçado e procure substituir um por o, tipo em vez de falar um pokémon, você colocar o Pokémon, mesmo que fique estranho.

Enfim, a estória tá ficando legal e divertida de ler, estou gostando muito, falow ae e boa sorte, espero os próximos capítulos já, só dê um intervalo maior de postagem^^
avatar
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por -Ice em Seg 8 Jul 2013 - 15:57

Olá, Black, estou colocando as minhas coisas em dia então vim comentar aqui antes de sair.

O primeiro ponto que eu queria destacar é a captura, eu fiquei em dúvida se ele capturou um Pidgey ou o que evoluiu, mas isso é coisa do próximo capítulo Razz
O capítulo foi legal, eu consegui me familiarizar com o Lurly e já vi que ele é um pouco estressado, o que pode fazer momentos de comédia aparecerem durante a fic, principalmente por seu pokémon ser um delicado Cleffa, quando ele estava acostumado com o robusto Electivire.

Teve algumas repetições das palavras 'então' e 'mas', algo que talvez não pudesse ser evitado, ou sim, sei lá.

O Pikachu comentou sobre um intervalo maior entre os capítulos, mas eu acho 3~5 dias bom, já que a fic será grande e os capítulos nem tanto, portanto, se você perder algum, pode recuperar em alguns minutinhos.

Até mais e boa sorte.
avatar
-Ice
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 03/02/2010

Frase pessoal : </∆>


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Ari Tasarov em Ter 9 Jul 2013 - 16:24

Black! o/ Quando eu fui comentar tava logado na conta do mano, plmdds... '-'

Sério, eu gostei muito dessa sua nova fic... Sobre a escrita, tá de um jeito bem simples e com uma narração muito boa de se ler, tu consegue deixar ela com esse "tom" que dá pra imaginar as cenas sem ser forçado e descrever apenas o básico, aquilo que realmente importa e, fazes isso muito bem, parabéns! Outra coisa que eu tenho que falar é que melhorasse muito no humor desde sua última fic assim... -q Eu consegui dar algumas risadas com o ex-líder, sério, principalmente naquela parte que ele descobre que o pokémon dele iria ser uma Cleffa, me surpreendeu muito, eu pensei que ia ser, sla...

A história tá começando a tomar um rumo interessante, quero ver como ele vai se sair já que tá acostumado com a vitória no ginásio, quero ver ele perder pelo menos uma dessa vez, mas acredito que isso seja bem mais pra frente.

Boa sorte.
avatar
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 82
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Qua 10 Jul 2013 - 23:17

Bom, com um pouquinho de "atraso" (prometi capítulos entre 3-4 dias), mas aqui está o capítulo 3, mas antes os comentários.

Comentários:

Thepikachu385 escreveu:Cara, que Lurly chato hein, hehe.

Sério achei legal os dois capítulos que você fez, desenvolveu bem a estória e foi bastante inovador ele pegar um cleffa, pelo menos ele conseguiu capturar um Pidgeott que e mais forte.Sério gostei muito do capítulo, foi bem legal e engraçado e procure substituir um por o, tipo em vez de falar um pokémon, você colocar o Pokémon, mesmo que fique estranho.

Enfim, a estória tá ficando legal e divertida de ler, estou gostando muito, falow ae e boa sorte, espero os próximos capítulos já, só dê um intervalo maior de postagem^^

Realmente ele é bem chato -q. É, foi justamente isso que eu quis, já que ele era acostumado com o pokémon fortão, vamos ver como ele se sai com um fraco. Na verdade ele capturou o Pidgey mesmo. É, vou tentar trocar isso. Quanto ao tempo, eu não sou muito fã também de capítulos muito rápidos, mas ia ficar estranho postar demoradamente uma fic de ginásios, mas enfim. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@-Ice escreveu:Olá, Black, estou colocando as minhas coisas em dia então vim comentar aqui antes de sair.

O primeiro ponto que eu queria destacar é a captura, eu fiquei em dúvida se ele capturou um Pidgey ou o que evoluiu, mas isso é coisa do próximo capítulo Razz
O capítulo foi legal, eu consegui me familiarizar com o Lurly e já vi que ele é um pouco estressado, o que pode fazer momentos de comédia aparecerem durante a fic, principalmente por seu pokémon ser um delicado Cleffa, quando ele estava acostumado com o robusto Electivire.

Teve algumas repetições das palavras 'então' e 'mas', algo que talvez não pudesse ser evitado, ou sim, sei lá.

O Pikachu comentou sobre um intervalo maior entre os capítulos, mas eu acho 3~5 dias bom, já que a fic será grande e os capítulos nem tanto, portanto, se você perder algum, pode recuperar em alguns minutinhos.

Até mais e boa sorte.

Olá. Ele capturou o Pidgey mesmo, aquele último, pois o primeiro evoluiu. É, mas eu dou um spoiler dizendo que o Cleffa não é muito delicado assim (revelações -q) e tentei desenvolver um humor entre esses dois, já que como você mesmo citou, o Lurly é todo grosso e tem um Cleffa. É, dá pra evitar, mas eu acabo procurando evitar repetições de palavras "mais importantes" e esqueço essas, vou evitar. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

Sally escreveu: Black! o/ Quando eu fui comentar tava logado na conta do mano, plmdds... '-'

Sério, eu gostei muito dessa sua nova fic... Sobre a escrita, tá de um jeito bem simples e com uma narração muito boa de se ler, tu consegue deixar ela com esse "tom" que dá pra imaginar as cenas sem ser forçado e descrever apenas o básico, aquilo que realmente importa e, fazes isso muito bem, parabéns! Outra coisa que eu tenho que falar é que melhorasse muito no humor desde sua última fic assim... -q Eu consegui dar algumas risadas com o ex-líder, sério, principalmente naquela parte que ele descobre que o pokémon dele iria ser uma Cleffa, me surpreendeu muito, eu pensei que ia ser, sla...

A história tá começando a tomar um rumo interessante, quero ver como ele vai se sair já que tá acostumado com a vitória no ginásio, quero ver ele perder pelo menos uma dessa vez, mas acredito que isso seja bem mais pra frente.

Boa sorte.
Sally o/. É, eu não tenho a menor paciência de descrever detalhes por detalhes, mas é bom que esteja entendendo mesmo com a pouca narração. Sim, melhorei mesmo (sem achismo), já que como essa é de comédia, eu tento pensar numas piadas mais engraçadas, e não como nas outras que eu colocava piadas forçadas apenas pra descontrair um pouco. Sim, acho que pensou que seria um Charmander, um Pikachu talvez -q. Pode ser que ele perca mais pra frente, pode ser que não. Mas enfim, obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

Capítulo 03 - Confusões e tumultos


John e Lurly caminhavam pela rota, já bem exaustos, quando avistaram uma estradinha asfaltada, já tinham chegado em Viridian.

A cidade não era grande, mas perto de Pallet era bem extensa, assim que eles andaram pela pequena estradinha que ligava a cidade à Rota 1, avistaram uma construção grande até, era uma edificação não muito alta, possuía a cor vermelha e era toda feita com vidros blindados, de lá de dentro saía um trilho, certamente era uma estação de trem. Essa linha férrea ligava a Central Island - ilha principal localizada no Arquipélago Leste e a leste de Viridian - até a Victory Road, passando pela cidade. A rota, cuja estação era a última parada, havia se tornado uma ilha devido aos problemas ocorridos em Kanto, com isso, construíram essa ferrovia, sendo esse o único meio de acesso para o local - o último para um treinador. Mas quando não era próximo ao tempo da Liga Pokémon, a ferrovia só vai até a cidade pequena.

Então o ex-líder saiu correndo pra procurar o Centro Pokémon e esbarrou em um moleque que também estava correndo, logo os dois caíram, mas se levantaram rapidamente enquanto se encaravam com cara feia.

- Tá olhando o que tiozão? - Perguntou o moleque desconhecido.
- Tá falando que eu sou seu tio seu moleque? - Zombou Lurly. - Você me faz rir.

O garoto tinha um cabelo preto e olhos bem escuros também. Trajava um boné negro, e usava uma camiseta branca juntamente com uma bermuda verde.

- Ah é? Então vamos batalhar. - Disse ele puxando uma pokébola do bolso.

O menino mais velho parou, olhou pro seu companheiro de viagem, olhou pra cima, deu um sorrisinho meio discreto e disse:

- Alguém já te falou que você parece um idiota assim? - Disse. - Ficar com essa bobice de batalhazinha.
- Na verdade já me disseram isso. - Disse o outro já ficando com uma expressão triste. - Eu sofria bullying na escola.

Lurly engoliu e seco, fez uma cara de “olha as coisas que eu falo” e meio que arrependimento e depois disse:

- Problema é seu. Preciso curar meus pokémons.

Então ele e John seguiram pela pequena rua que dava em direção ao Centro Pokémon, quando de repente aquele moleque se jogou aos pés do garoto de cabelos cinza e estava chorando. Os outros dois jovens não entenderam nada do que estava acontecendo.

- Por favor, por favor! Se vocês estão numa jornada, me levem nessa jornada! - Gritava ele chorando.
- Bom cara, já é estranho ter dois homens andando juntos. Você é homem né? - Disse o antigo líder.
- Sim, sou. - Disse com uma cara cínica o outro menino.
- Mas enfim, a resposta é não. Você é um moleque chorão. Um bebezão sem rumo na vida. Agora dá licença que eu preciso ir pro Centro.

O garoto soltou então e continuou ali no chão, os outros dois seguiram pela estradinha e chegaram até a grande construção vermelha.

Lá dentro era bem aconchegante, logo na entrada tinha uns sofás azuis confortáveis e mais algumas mesas com revistas e um telão preto, ali deveria ser certamente a sala de espera, seguindo mais um pouco tinha uma escada pelo lado direito e uma pelo lado esquerdo, a primeira levava até os quartos e a outra até as salas de operações médicas; mais à frente ainda tinha um grande balcão, onde ficava uma jovem de cabelos rosa e avental branco, comumente conhecida como Enfermeira Joy, atrás dela tinha uma grande máquina que curava os pokémons.

Lurly seguiu até lá e foi dizendo:

- Oi gata. Seu pai é padeiro? - Disse ele tentando já uma “cantada de pedreiro”.
- Não... porque nem pai eu tenho. - Disse ela com ar de tristeza.

O jovem ficou com cara de “o que foi que eu disse?”, mas em seguida pegou suas duas pokébolas e pediu que a garota os colocasse na grande máquina.

- Aqui está. - Disse entregando-as. - Boa sorte!

O adolescente ficou meio bobo depois daquele sorriso final da moça, mas em seguida chamou John e os dois saíram da grande construção.

Quando saíram, depararam-se com alguns homens e mais o moleque que o antigo líder tinha reclamado há um tempo atrás.

- O que é isso?
- Você mexeu com a pessoa...
- Por que parou?
- É que minha garganta tava coçando. Pronto. - Disse ele. - Como ia dizendo, você mexeu com a pessoa errada.

Após aquilo os caras tiraram as camisetas e por baixo tinha outra (ainda bem), eram pretas, em seguida cada um dos seis mandou um Zubat sair da pokébola. John chamou seu Rhyhorn para combatê-los, e Lurly chamou Cleffa, porém o pokémon saiu e ficou parado, com os braços cruzados, fazendo “birrinha”.

- Isso não é hora! Vamos lutar!

Ele continuou desobedecendo, obrigando o treinador a colocar o Pidgey, o que fez com que a cara do pokémon estrela aumentar um pouco mais de raiva.

- Gust!

O pombo abriu as asas e começou a batê-las, em seguida um vento - até que forte - foi aparecendo e fazendo os morcegos voarem um pouco pra longe, mesmo sendo voadores também. Mas em seguida eles já “voltaram”.

- Poison Sting.

Então todos os bichos roxos começaram a “cuspir” algo que se assemelhava a várias agulhas venenosas, que acertaram o rinoceronte e o pássaro, mas apenas o último sentiu realmente o golpe, tanto que ficou envenenado.

- Que beleza! - Disse um dos vilões. - Agora que esse pombo bobo está machucado suponho que você troque-o por outro pokémon ou por aquela coisinha. - Falou referindo-se ao Cleffa.

Então o pokémon inchou de raiva e pulou no meio da luta, em seguida começou a balançar as mãos num ritmo frenético e então uma enorme tempestade de areia surgiu de suas mãos, era Sandstorm, que “apareceu” pelo efeito de Metronome, então aquela tempestade de areia acertou todos aqueles pequenos mamíferos voadores, fazendo um strike.

Os homens recolheram seus pokémons e disseram:

- Fique esperto! Fique esperto... Você mexeu com a pessoa errada... Grave isso na memória.

Após isso foram embora, juntamente com o moleque.

Lurly olhou pra seu pokémon e fez um “joinha” discreto, em seguida o retornou pra pokébola. Após isso ele e John seguiram ao norte da cidade, onde daria na Viridian Forest, caminho pra cidade de Pewter, local do primeiro ginásio e do garoto principal começar a provar que é realmente tosca essa história de jornada.

To be continued...


Como eu falei, eu ia colocar cantadas clichês na fic -q. E sim, esse personagem vai aparecer depois, porque eu disse que não teriam fillers, ou se tivesse, seria um ou outro, mas enfim. É isso e espero que comentem Smile
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por ~Jhonn em Qui 11 Jul 2013 - 2:51

Sim estou com insônia e acabei de ler os 2 episódios que eu não tinha lido agora...Cara estou odeando cada vez mais esse tal de Lurly, Mas vi que no final do episódio ele deu um joinha pro Cleffa, ele està comecando a ficar bonzinho ? assim espero.Como o própio Lurly disse ficaria estranho 3 boys andando juntos por aí numa jornada Pokémon, mais eu fiquei com pena do outro garoto, queria que o egocêntricozinho desse moral a ele e esse John podia sair, estou achando ele sem sal sem graça aí sai ele e entra uma mina danadinha doida pra dar e o Lurly fica afim dela e acaba amolecendo um pouco HAHA, viajei liga nâo c sabe como eu sou...Estou aguardando o próximo capítulo boa sorte e um abraço 0/
avatar
~Jhonn
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 21/02/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Pikato em Qui 11 Jul 2013 - 10:08

Haha, cara a cantada foi derrubada na mesma hora, esse Lurly não dá sorte mesmo, primeiro xingando o moleque e agora cantando a Enfermeira. Meu Deus, espero que este menino aprenda algumas coisas nas jornadas, que protagonista chatinho, lol. Sem levar a sorte que ele teve com o Pidgey, espero que o "moleque" se vinge, por que até eu daria uma lição nesse Lurly...

Enfim, você vai colocar os Pokémons da 6ª geração na fic também ou vai ficar só na primeira? Erros eu vi alguns sim, os de repetição e.e Concluindo, humor legal, enredo criativo e protagonista chato, nota 10 agora^^
avatar
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Sab 13 Jul 2013 - 21:11

Aquele mesmo blablabla de sempre, aqui estou eu para postar o capítulo 4, mas antes os comentários.

Comentários:

JhonataVigoroth escreveu:Sim estou com insônia e acabei de ler os 2 episódios que eu não tinha lido agora...Cara estou odeando cada vez mais esse tal de Lurly, Mas vi que no final do episódio ele deu um joinha pro Cleffa, ele està comecando a ficar bonzinho ? assim espero.Como o própio Lurly disse ficaria estranho 3 boys andando  juntos por aí numa jornada Pokémon, mais eu fiquei com pena do outro garoto, queria que o egocêntricozinho desse moral a ele e esse John podia sair, estou achando ele sem sal sem graça aí sai ele e entra uma mina danadinha doida pra dar e o Lurly fica afim dela e acaba amolecendo um pouco HAHA, viajei liga nâo c sabe como eu sou...Estou aguardando o próximo capítulo boa sorte e um abraço 0/

Eu também odeio o Lurly -q, mas ele é que vai ser a graça da fic -q. Eu não diria que ele está ficando bonzinho, pois ele e o Cleffa vão ter alguns momentos de "conflitos". Aquela parte foi só pra ficar mais "engraçada", porque esse menino vai aparecer depois. E o John ta sem sal ainda porque ainda estou apenas apresentando a chatice do Lurly, mas o John começará a aparecer mais depois. Que isso cara? Louca pra dar? '-' Enfim, obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@Pikato escreveu:Haha, cara a cantada foi derrubada na mesma hora, esse Lurly não dá sorte mesmo, primeiro xingando o moleque e agora cantando a Enfermeira. Meu Deus, espero que este menino aprenda algumas coisas nas jornadas, que protagonista chatinho, lol. Sem levar a sorte que ele teve com o Pidgey, espero que o "moleque" se vinge, por que até eu daria uma lição nesse Lurly...

Enfim, você vai colocar os Pokémons da 6ª geração na fic também ou vai ficar só na primeira? Erros eu vi alguns sim, os de repetição e.e Concluindo, humor legal, enredo criativo e protagonista chato, nota 10 agora^^

Pois é, ele é bem azarado mesmo, mas merece, pela chatice dele -q. Ele vai aprender sim, eu espero -qq, brincadeira, mas ele vai conviver com situações que vão fazê-lo pensar duas vezes. Pois é, vamos aguardar pra ver o que esse moleque vai fazer. Não, não vou colocar pokémons da 6ª geração, porque tem poucos e eu só fui começar a acompanhar a sexta geração quase agora, ai só fui ver os pokémons agora (só conhecia os três iniciais, o Sylveon e os lendários, mas enfim.) A maioria dos pokémons vão sim ser de Kanto, ou evoluções e pré-evoluções que sejam de outro continente (como o Cleffa e o Electivire, por exemplo), mas alguns personagens terão pokémons que não têm "raiz" em Kanto. Enfim, obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

Esse capítulo ficou um pouco maior, mas não foi porque eu quis -q. O próximo vai ser maior, então vai ter um espaço de tempo maior nesse capítulos e no capítulo 6 também, mas enfim, curtam o capítulo.

Capítulo 04 - Perigos na floresta!


Lurly e John seguiam por Viridian, já viam o sol ficando mais fraco, mas não estavam nem aí, queriam chegar logo na floresta homônima, mas os passos largos que ambos davam não eram suficientes pra avançarem muito. Chegaram à parte mais importante da cidade, onde tinha alguns pouquíssimos prédios e o Poké Mart daquele lugar. Pararam pra pedir informações.

- Por isso estávamos demorando tanto. - Reclamou o garoto principal olhando seu relógio. - Você seguiu pelo caminho errado!
- A culpa é minha? Você que não olha seu GPS, mapa ou sei lá que droga é essa! - Disse apontando a Pokédex, que estava na mão do jovem e que tinha essa tecnologia.
- Obrigado! - Disse o ex-líder dando um sorriso à velha que os atendeu, fingindo que não ouviu o jovem falar.

Os dois seguiram pela outra estrada disponível, então após uns quinze minutos caminhando, viram uma placa que dava alguns avisos de perigos que poderiam se encontrados, os dois nem ligaram muito.

Em seguida adentraram a floresta, lá os raios solares já não eram tão visíveis, portanto ficava difícil de enxergar. O barulho ali dentro já ia ficando mais sinistro, ainda com a pouca iluminação, os jovens ficaram até com um pouco de medo.

- A gente tem mesmo que atravessar isso? - Murmurou John.
- Mas você não já atravessou essa floresta na sua jornada?
- Não, aquela era a segunda insígnia oficial que eu ia buscar, eu vivia em Cerulean quando eu cheguei de Sinnoh.
- Eu só perguntei se você tinha passado por essa floresta. Não pedi um leve resumo de sua vida. Só quero que você aprenda com o mestre como se batalha. - Disse ele se achando. - Mas só uma dúvida, quais insígnias você ganhou até agora?

O garoto fez cara cínica com as baboseiras que o outro falava, e ironizou o termo “mestre” utilizado pelo companheiro, em seguida virou-se novamente pra ele e disse:
- Ganhei cinco insígnias. Quatro de ginásios clandestinos, e a de Cerulean.

As quatro insígnias não oficiais dele, valiam duas, pois como havia líderes clandestinos que usavam pokémons como Caterpie, não ia ter graça valer o mesmo que a insígnia de um cara que ganha de um Electivire, por exemplo. E também, nenhum treinador podia se inscrever na Liga tendo todas as insígnias não oficiais.

- Viu que diferença? Agora eu perguntei e você respondeu, ninguém se apressou e ficou tudo lindo.

John novamente fez uma cara de quem não tava gostando e falou:

- Ah cara! Vai se ferrar!

E ele ia saindo de perto, quando eles ouviram um barulho e são atingidos por uma ventania que os joga contra as árvores mais próximas dali. Era um Fearow, que voava ali.

- Ah há! Te achei! - Gritou uma menina pulando ali na frente.

Era uma garota bem bonita, tinha uma pele bem clara, tinha um corpo bem definido. Além de olhos castanhos e um cabelo bem ruivo, que combinava com a blusa e a calça que vestia, aparentava ter uns dezessete anos.

Lurly levantou-se do “choque” e ficou olhando a jovem de cima a baixo, fez uma expressão feliz, mas não disse nada.

- Flareon, use o Flamethrower! - Ordenou ela pro pokémon que tinha acabado de sair da pokébola.

Era um pequeno cachorro, com orelhas grandes, além de muito pelo espalhado sobre pescoço e na parte de trás, que seria o rabo. O bicho já saiu cuspindo uma enorme quantidade de fogo, que mirou a ave de rapina marrom. Então aquele fogo o acertou, mas ele em vez de cair, ou sentir o golpe, começou a voar rapidamente, indo pra longe daquele lugar. John e o ex-líder apenas observavam aquilo.

- Fiquem espertos com esse Fearow desgraçado! - Disse ela. - Prazer, me chamo Francesca Flame.
- Pra-prazer, meu nome é Lurly Spark e aquele é o John de alguma coisa, nem sei o sobrenome de sueco ou croata, sei lá.

O garoto não gostou disso, mas resolveu não se estressar e disse:

- Não é nem sueco, nem croata, é sérvio!
- Ah! Tanto faz, é tudo farinha do mesmo saco.

Após esse diálogo inútil, a garota deu um sorrisinho, coçou a cabeça e então cumprimentou ambos.

- Esse pássaro ta me perseguindo desde o dia em que um dos filhotes dele estava perto de mim e o burro se afogou sozinho, ele acha que fui eu. Isso foi há quatro dias, e desde então estou escondida aqui ainda, eu achei perigoso prosseguir sozinha e então fiquei escondida, agora que apareceram vocês dois podem me fazer companhia até Pewter?
- Claro! É sempre bom ter uma companhia feminina. E que companhia hein - Disse Lurly enquanto olhava novamente a jovem. - Mas então gata, seu pai é o dono da Fiat?

A menina fez cara feia e então lhe deu um tapa na cara.

- Sem cantadinhas baratas!
- Ok então né.

Então os três ficaram parados ali, com cara de paisagem, até que a garota disse:

- Então, quando poderemos prosseguir?
- Não sei, toda vez que te vejo eu fico bobo e não consigo pensar. - Disse Lurly, já embicando outra cantada idiota.

John e Francesca se olharam, e viraram para o jovem de cabelos cinzas e então gritaram ao mesmo tempo:

- Cale a boca infeliz!

Então o jovem recuou um pouco e começou a andar na frente, os outros dois o seguiram em passos rápidos, já o alcançando.

- Bem melhor assim, não? - Disse a garota.
- Evidentemente.

Logo prosseguiram caminhando pela densa floresta, que ligava a pequena cidade de Viridian até Pewter, como o local era um pouco mal iluminado, Lurly acabou se distraindo e deu um grito.

- Ai! Ai! Algo furou meu pé! - Disse ele fechando os olhos de dor.
- Oh! Você está bem? - Perguntou Francesca e John parando a caminhada pra chegarem próximos ao jovem.
- Há, há! Enganei dois trouxas de uma vez só! - Disse ele tirando um pequeno galhinho que estava próximo dele.

Os outros dois fizeram cara de “quem comeu e não gostou”, e a menina deu um tapa forte no jovem.

- Ei! Espera ai! Tem um Weedle aqui! - Disse o ex-líder. - Parece que está meio machucado.

O pokémon que o jovem citava, era uma pequena minhoca amarela, com pequenas patas e um nariz de mesma cor - um vermelho rosado - e na ponta da cabeça tinha uma espécie de chifre, que era de onde saia todo o veneno daquela criatura, por mais que fosse pequena, o veneno era muito fatal. Lurly arremessou uma pokébola então, ela bateu no animal, mas ele não aceitou entrar, mesmo machucado, ele queria lutar.

- Ok então. Pidgey saia!

Então aquele pombo saiu da sua esfera bicolor e já foi batendo as asas, criando um vento forte, que jogou o pokémonzinho contra uma árvore. Aquele insetinho “do nada” começou a brilhar e a mudar de forma, ficando maior, estava evoluindo pra Kakuna.

- Mas o quê? - Espantou-se. - Pensava que a história da evolução desse pokémon fosse apenas lenda. Pidgey, Gust novamente!

O pássaro movimentou suas asas novamente e criou um vento mais forte, que fez os jovens colocarem as mãos nos rostos devido à poeira que subia. Ele tentou jogar o bicho fortemente numa árvore pra debilitá-lo, mas aquele casulo ficou brilhante e ficou parado no local. Estava usando Harden pra se defender.

- Ah desgracento, você não se defende agora não! Tackle!

O voador correu rapidamente e então com a cabeça acertou o projeto de abelha, que nem pôde se endurecer, caindo debilitado. O jovem não titubeou e lançou uma pokébola, que “sugou” o monstrinho pra dentro, em seguida balançou três vezes e parou.

- Certo, quando chegarmos em Pewter, ele vai ser curado.

Os três continuaram a caminhar em passos largos e finalmente saíram da floresta, chegava agora o primeiro desafio de Lurly...

To be continued...


Pois é, agora o clichê está formado -q. Mas a garota como foi dito, irá só até Pewter com os jovens (Todos choram -q). Enfim, é só e espero que comentem Smile
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por -Ice em Dom 14 Jul 2013 - 0:11

Dae Black, não tive tempo de comentar no outro capítulo, 'sacomé' né?

Falando sério agora, os dois capítulos ficaram bons, sendo o segundo melhor do que o primeiro por ter uma captura e uma ruiva. Parece que as cantadas do Lurly vão se tornar algo cômico, já prevejo tapas e puxões de orelha, quem sabe tenha uma "Misty" na fanfic para tirar ele de perto das garotas.

Enfim, eu acho que o Kakuna é temporário, o Lurly reclamou de pessoas fracas que iam ao seu ginásio mas agora está sentindo na pele o que é ter apenas pokémon 'lixosos' à sua volta (com algumas exceções).

Também tem o menino do capítulo anterior, eu não ia comentar sobre ele, mas já que ele voltará a aparecer... Acho que ele servirá de ajuda em algum momento, já que eu tive quase certeza que os homens que ele enfrentou no capítulo anterior são Rockets. Enfim, té mais e espero o próximo capítulo (que não demorará a vir e.e).
avatar
-Ice
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 03/02/2010

Frase pessoal : </∆>


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Rush em Dom 14 Jul 2013 - 2:05

O monochifre então bateu as patas dianteiras levemente no chão, em seguida várias pedras começaram a cair em cima do gigante amarelo, sendo um dano até considerável, depois de tanta coisa escrota, aquilo até me “encantou”.





O pokémon olhou com uma cara muito feia pro seu treinador, afinal macho usar charme com macho é bem bizarro, o garoto até esqueceu-se disso, na verdade ele nem deveria saber que existem Cleffas machos...



- Alguém já te falou que você parece um idiota assim? - Disse. - Ficar com essa bobice de batalhazinha.
- Na verdade já me disseram isso. - Disse o outro já ficando com uma expressão triste. - Eu sofria bullying na escola.



Nossa cara, como eu ri nessas partes, AGHEUAHEUAE' 


Enfim cara, demorei um pouco, mas cheguei. Primeiramente tenho que dizer que você não melhorou a descrição nos capítulos. Ainda sinto esse vazio ao ler. :/ Em compensação, você conseguiu caracterizar o protagonista como um cara de cabelos prateados tarado com um estilingue. Gostei muito disso, é a primeira vez que um estilingue é usado em uma Fan Fic. Falando nisso, eu jurava que ele iria capturar o Pidgeotto. 


Gosto de Cleffas, embora os Igglypuffs sejam mais fofinhos. *-* UAEHUAHE' Gostei também do bicho não obedecer seu dono, o que é muito bizarro ao vir de um Pokémon bebê. A personalidade do John ainda não foi explorada, mas ambos os rapazes vieram de Sinnoh? Coincidência. 


Finalmente apareceu uma menina. Isso ficou bem clichê, mas é até melhor. "Menina bonita de corpo definido" AUEHAUHEUAHE' Descrição básica para uma garota que segue jornada. Mas Flareon é um Pokémon que combina muito com uma garota Ruiva, não acredito que isso não tenha sido usado, eu gostei muito. 


Estou gostando bastante da história. Eu sinceramente prefiro que a história seja narrada pelo Lurly - gostei bastante desse nome, me acostumei. - Pois além de ser mais engraçado, não seria necessária a narração detalhada e tal. 


Estranhei o fato deles ignorarem o ginásio de Veridian, mas tudo bem. Quero ver como será o ginásio de Pewter. Além do mais, peguei bem com a ideia dos ginásios clandestinos. 


É isso cara, tenta aprofundar mais a escrita, apenas descrevendo o tempo e o que os personagens estão pensando. A história ta boa, e eu vou continuar acompanhando.


Um abraço, até mais.
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : The king can do as he likes!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por ~Jhonn em Seg 15 Jul 2013 - 2:03

Jà comentei a do Rush, a do Murilo e outras que acompanho, chegou sua vez.Gostei bastante desse episódio apesar dr ter ficado pequeno =\, nesse episódio o Lurly passou de chato pra tarado de tarado pra engracado e de engracado pra infantil, por favor não me diga que ele é bipolar ! eu odeio pessoas bipolares infeluzmente 90 % das pessoas que eu convivo são bipolares é horrível, tà eu confesso que acheio o Lurly legal nesse episódio, mais eu to com medo dele voltar a ficar nojento .Achei o nome da menina muito estranho mais gostei dela, espero que ela siga o Lurly e ela dê pra ele, hahahaha -q, Até o próximo capítulo 0/
avatar
~Jhonn
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 21/02/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por HarryOptiling em Seg 15 Jul 2013 - 14:24

Bom, vamos lá.(e.e)

Gostei muito mesmo do seu prólogo. Bem detalhado. Curto, mais é bem interessante, me dá um gostinho de "quero mais".
Eu não posso reclamar de problemas... Pois realmente a fanfic está ótima.
Ancioso para ler novos capítulos.
Tchauzinho.
avatar
HarryOptiling
Membro
Membro

Masculino Idade : 16
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 30/05/2013

Frase pessoal : "A vida é como comida de vários sabores...


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por DarkZoroark em Ter 16 Jul 2013 - 14:11

Black~ o/
Já estava para comentar aqui desde o primeiro capítulo, mas como pouco tempo depois acabei enfrentando duas semanas de provas tive que aguardar. Agora que estou de férias não vejo motivo para não fazê-lo. Bem, sem mais delongas, vamos ao comentário:
Achei interessante a temática que escolheste para essa Fanfic. Poucas pessoas pensam em escrever uma sobre um Gym Leader e menos ainda sobre um que fica de "saco cheio" de tal função. Devo tirar o chapéu e admitir que foste bem inovador com o conceito da Fanfic.
A personalidade do Lurly também ficou muito bem definida, o que é bom. Um protagonista explosivo - ao menos do meu ponto de vista - e de pensamento rápido é uma figura rara de ser observada em Fanfics, mas que fica muito interessante ao ser misturada com certos aspectos como aqueles que empregaste na sua.
Outro ponto interessante que eu gostaria de ressaltar são estes ginásios clandestinos que falaste no último capítulo. Sério, me fez lembrar demais de dois episódios do anime; um foi lá no começo  da Liga de Kanto, quando o Ash enfrenta um guri e o Sandshrew dele. O outro já foi em Sinnoh, quando a Equipe Rocket cria um ginásio do tipo veneno usando o Seeviper e o Croagunk do Brock. É um ponto bem legal e totalmente original teres posto esses em uma Fanfic. Só achei estranho que sejam realmente válidos para a Liga.
A equipe dele até agora também está muito original, pois Cleffa, Kakuna e Pidgey não são Pokémons muito comuns de serem observados em Fanfics, muito menos com o protagonista. A Cleffa, em especial, tem uma personalidade bem curiosa - ainda mais para um bebê - como citado pelo Rush.
Erros eu irei citar apenas aquele que encontrei no último capítulo:

@Black~ escreveu:Era uma garota bem bonita, tinha uma pele bem clara, tinha um corpo bem definido.
Ficou um tanto redundante o uso de "tinha" duas vezes na mesma frase, quando o segundo poderia ter sido substituído por "e" para evitar tal transtorno.
Sua escrita está boa, mas acho que poderias dar uma aprofundada um tanto maior na questão da descrição. Não tenho muito a reclamar, mas fica aí a dica.
Bom, não há muito mais que eu possa dizer agora, só que irei com toda certeza acompanhar esta história. Aguardo seu próximo capítulo ninja 
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Pikato em Ter 16 Jul 2013 - 17:25

Black, você chama isso de clichê? Não vi nem um pouco disso rapaz, a equipe do Lurly está bem interessante. Bem, acho que você planeja algo com esses dois rapazes aí, o Lurly e a Francesca, sabe porque? Notei algo interessante no nome desse "casal" Spark(que tem a ver com eletricidade) e Flame(chama no caso) Interessante, não sei se você estava planejando algo com esses nomes, mas achei realmente curioso esses detalhes.

E a cantada foi rebatida de novo, só queria saber o da Fiat e.e Mas sério, se eu fosse o Jhon dava uma lição nesse Lurly aí, ele é exatamente um dos tipos de protagonistas que eu falei na lição hoje^^ É alguem que dá raiva até no escritor, hehe. Enfim, vi erros, mas cara este capítulo compensou eles, nem vou citá-los.

Enfim boa sorte aí e desculpe a demora^^
avatar
Pikato
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/05/2013

Frase pessoal : Voltei^^


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Black~ em Ter 16 Jul 2013 - 22:22

Bom, aqui estou pra postar o capítulo 5, mas antes os comentários.

Comentários:

@-Ice escreveu:Dae Black, não tive tempo de comentar no outro capítulo, 'sacomé' né?

Falando sério agora, os dois capítulos ficaram bons, sendo o segundo melhor do que o primeiro por ter uma captura e uma ruiva. Parece que as cantadas do Lurly vão se tornar algo cômico, já prevejo tapas e puxões de orelha, quem sabe tenha uma "Misty" na fanfic para tirar ele de perto das garotas.

Enfim, eu acho que o Kakuna é temporário, o Lurly reclamou de pessoas fracas que iam ao seu ginásio mas agora está sentindo na pele o que é ter apenas pokémon 'lixosos' à sua volta (com algumas exceções).

Também tem o menino do capítulo anterior, eu não ia comentar sobre ele, mas já que ele voltará a aparecer... Acho que ele servirá de ajuda em algum momento, já que eu tive quase certeza que os homens que ele enfrentou no capítulo anterior são Rockets. Enfim, té mais e espero o próximo capítulo (que não demorará a vir e.e).

Quem liga pra captura quando se tem uma ruiva? -qq. Sim, as cantadas do Lurly já foram feitas pra isso mesmo -q. Quem sabe tenha uma Misty? Quem sabe não tenha? Não, o Kakuna não é temporário, mesmo que esteja machucado, mas o Lurly vai ficar com ele mesmo. Pois é, ele reclamou tanto de lutar contra pokémons fracos e tem um time formado por Cleffa, Kakuna e Pidgey -q. Na verdade o menino que "mandou" os homens atacar o John e o Lurly, mas enfim. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@Rush escreveu:
O monochifre então bateu as patas dianteiras levemente no chão, em seguida várias pedras começaram a cair em cima do gigante amarelo, sendo um dano até considerável, depois de tanta coisa escrota, aquilo até me “encantou”.



O pokémon olhou com uma cara muito feia pro seu treinador, afinal macho usar charme com macho é bem bizarro, o garoto até esqueceu-se disso, na verdade ele nem deveria saber que existem Cleffas machos...


- Alguém já te falou que você parece um idiota assim? - Disse. - Ficar com essa bobice de batalhazinha.
- Na verdade já me disseram isso. - Disse o outro já ficando com uma expressão triste. - Eu sofria bullying na escola.


Nossa cara, como eu ri nessas partes, AGHEUAHEUAE' 


Enfim cara, demorei um pouco, mas cheguei. Primeiramente tenho que dizer que você não melhorou a descrição nos capítulos. Ainda sinto esse vazio ao ler. :/ Em compensação, você conseguiu caracterizar o protagonista como um cara de cabelos prateados tarado com um estilingue. Gostei muito disso, é a primeira vez que um estilingue é usado em uma Fan Fic. Falando nisso, eu jurava que ele iria capturar o Pidgeotto. 


Gosto de Cleffas, embora os Igglypuffs sejam mais fofinhos. *-* UAEHUAHE' Gostei também do bicho não obedecer seu dono, o que é muito bizarro ao vir de um Pokémon bebê. A personalidade do John ainda não foi explorada, mas ambos os rapazes vieram de Sinnoh? Coincidência. 


Finalmente apareceu uma menina. Isso ficou bem clichê, mas é até melhor. "Menina bonita de corpo definido" AUEHAUHEUAHE' Descrição básica para uma garota que segue jornada. Mas Flareon é um Pokémon que combina muito com uma garota Ruiva, não acredito que isso não tenha sido usado, eu gostei muito. 


Estou gostando bastante da história. Eu sinceramente prefiro que a história seja narrada pelo Lurly - gostei bastante desse nome, me acostumei. - Pois além de ser mais engraçado, não seria necessária a narração detalhada e tal. 


Estranhei o fato deles ignorarem o ginásio de Veridian, mas tudo bem. Quero ver como será o ginásio de Pewter. Além do mais, peguei bem com a ideia dos ginásios clandestinos. 


É isso cara, tenta aprofundar mais a escrita, apenas descrevendo o tempo e o que os personagens estão pensando. A história ta boa, e eu vou continuar acompanhando.


Um abraço, até mais.

Pois é, eu também sinto que falta uma descrição melhor das coisas, vou tentar, vou tentar -q. É, eu quis fazer uma captura diferente, o treinador usando um estilingue pra machucar o pokémon pra depois capturá-lo, mas ai como virou Pidgeotto e eu quero fazer o Lurly sofrer, eu mudei de ideia -q. Eu acho que o Cleffa é mais legal porque o Igglybuff e sua família são uns demoninhos com o Sing -qqq. Na verdade ele até obedece, mas não gosta do treinador. Eu ainda não encaixei muito bem o John na história, mas ele e o Lurly vão ter alguns "atritos" (alerta de spoiler)-q. Acho que a parte de Sinnoh ficou mal explicada, na verdade apenas o John veio de lá. É, é sempre bom ter uma menina, mesmo que isso seja clichê -q. Ela tem o Flareon, e é ruiva... depois vai ser explicado porquê (mas acredito que a maioria já deve saber). Bom, tudo que já escrevi até agora, não daria mais pra encaixar uma narração em primeira pessoa, e também tem o fato de ter mais de uma pessoa pra narrar e nem sempre todo mundo tá junto -q, mas vou ver se alguma vez encaixo uma narração em primeira pessoa. Eu jurava ter posto porque eles não tinham ido no ginásio de Viridian, mas ai eu lembrei que eu não tinha colocado, senão eu tinha dado spoiler. Mas eu digo, que não existe mais o ginásio de Viridian. Pois é, nesse capítulo você verá o Ginásio de Pewter, e acho que se surpreenderá, ou não né -q. A ideia dos ginásios clandestinos foi só porque eu quero deixar o John como treinador, mas não queria que ele lutasse nos ginásios do começo, ai inventei isso -q. Vou tentar. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

JhonataVigoroth escreveu:Jà comentei a do Rush, a do Murilo e outras que acompanho, chegou sua vez.Gostei bastante desse episódio apesar dr ter ficado pequeno =\, nesse episódio o Lurly passou de chato pra tarado de tarado pra engracado e de engracado pra infantil, por favor não me diga que ele é bipolar ! eu odeio pessoas bipolares infeluzmente 90 % das pessoas que eu convivo são bipolares é horrível, tà eu confesso que acheio o Lurly legal nesse episódio, mais eu to com medo dele voltar a ficar nojento .Achei o nome da menina muito estranho mais gostei dela, espero que ela siga o Lurly e ela dê pra ele, hahahaha -q,  Até o próximo capítulo 0/

É, eu deixo pequeno, pois como posto em pouco tempo, tem de ser episódios menores. Não, ele não é bipolar, só é otário mesmo, a "taradice" dele é algo que eu faço tentar ser engraçado. Vamos ver se ele volta a ser nojento ou não -q. O nome dela é italiano, por isso é mais "estranho". Vai dar tapa nele só se for -q. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@HarryOptiling escreveu:Bom, vamos lá.(e.e)

Gostei muito mesmo do seu prólogo. Bem detalhado. Curto, mais é bem interessante, me dá um gostinho de "quero mais".
Eu não posso reclamar de problemas... Pois realmente a fanfic está ótima.
Ancioso para ler novos capítulos.
Tchauzinho.

Obrigado cara, espero que continue lendo Smile

@DarkZoroark escreveu:Black~ o/
Já estava para comentar aqui desde o primeiro capítulo, mas como pouco tempo depois acabei enfrentando duas semanas de provas tive que aguardar. Agora que estou de férias não vejo motivo para não fazê-lo. Bem, sem mais delongas, vamos ao comentário:
Achei interessante a temática que escolheste para essa Fanfic. Poucas pessoas pensam em escrever uma sobre um Gym Leader e menos ainda sobre um que fica de "saco cheio" de tal função. Devo tirar o chapéu e admitir que foste bem inovador com o conceito da Fanfic.
A personalidade do Lurly também ficou muito bem definida, o que é bom. Um protagonista explosivo - ao menos do meu ponto de vista - e de pensamento rápido é uma figura rara de ser observada em Fanfics, mas que fica muito interessante ao ser misturada com certos aspectos como aqueles que empregaste na sua.
Outro ponto interessante que eu gostaria de ressaltar são estes ginásios clandestinos que falaste no último capítulo. Sério, me fez lembrar demais de dois episódios do anime; um foi lá no começo  da Liga de Kanto, quando o Ash enfrenta um guri e o Sandshrew dele. O outro já foi em Sinnoh, quando a Equipe Rocket cria um ginásio do tipo veneno usando o Seeviper e o Croagunk do Brock. É um ponto bem legal e totalmente original teres posto esses em uma Fanfic. Só achei estranho que sejam realmente válidos para a Liga.
A equipe dele até agora também está muito original, pois Cleffa, Kakuna e Pidgey não são Pokémons muito comuns de serem observados em Fanfics, muito menos com o protagonista. A Cleffa, em especial, tem uma personalidade bem curiosa - ainda mais para um bebê - como citado pelo Rush.
Erros eu irei citar apenas aquele que encontrei no último capítulo:

@Black~ escreveu:Era uma garota bem bonita, tinha uma pele bem clara, tinha um corpo bem definido.
Ficou um tanto redundante o uso de "tinha" duas vezes na mesma frase, quando o segundo poderia ter sido substituído por "e" para evitar tal transtorno.
Sua escrita está boa, mas acho que poderias dar uma aprofundada um tanto maior na questão da descrição. Não tenho muito a reclamar, mas fica aí a dica.
Bom, não há muito mais que eu possa dizer agora, só que irei com toda certeza acompanhar esta história. Aguardo seu próximo capítulo ninja 

É, geralmente os líderes de ginásio são tratados como tendo uma função "mágica", mas ai eu quis mostrar um lado mais "sombrio" dos líderes. Esses ginásio eu diria que são baseados naquelas insígnias que o Gary tem, que são desconhecidas. Mas também são dois ginásios clandestinos pra poderem valer por um, e não são permitidas todas as insígnias oficiais. Então, eles são válidos indiretamente na Liga. É, ele já estava acostumado com o Electivire, ai quis colocar pokémons "piores", pra ele ver como nem tudo é tão fácil assim -q. Eu nem tinha visto esse erro, vou tentar evitar essas coisas, porque fica feio mesmo. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

@Pikato escreveu:Black, você chama isso de clichê? Não vi nem um pouco disso rapaz, a equipe do Lurly está bem interessante. Bem, acho que você planeja algo com esses dois rapazes aí, o Lurly e a Francesca, sabe porque? Notei algo interessante no nome desse "casal" Spark(que tem a ver com eletricidade) e Flame(chama no caso) Interessante, não sei se você estava planejando algo com esses nomes, mas achei realmente curioso esses detalhes.

E a cantada foi rebatida de novo, só queria saber o da Fiat e.e Mas sério, se eu fosse o Jhon dava uma lição nesse Lurly aí, ele é exatamente um dos tipos de protagonistas que eu falei na lição hoje^^ É alguem que dá raiva até no escritor, hehe. Enfim, vi erros, mas cara este capítulo compensou eles, nem vou citá-los.

Enfim boa sorte aí e desculpe a demora^^

Clichê, por causa dos ginásios e tudo mais -q. Sim, eu estava planejando mesmo, e um "segredo" da Francesca será revelado mais pra frente, eu ia dar uma dica, mas ia ficar muito na cara -q. Como disse, o John e o Lurly vão ter alguns "atritos". Mas o Lurly não é um personagem mau, ele só é chato mesmo -q. Obrigado pelo comentário e espero que continue lendo Smile

Agora o capítulo, que terá a primeira luta de Lurly num ginásio (aeeeee, todo mundo comemora o/ -q). Esse capítulo será maior que o normal, pois é batalha de ginásio e tudo mais, então vou demorar um pouquinho mais pra postar o outro capítulo.

Capítulo 05 - Primeiro desafio, Pewter City!


Os jovens chegavam na cidade de Pewter, essa era muito maior, mais bonita e mais avançada do que a anterior. Logo no começo da urbe já haviam grandes casas, “escondidas” em meio à vegetação da floresta de Viridian, que cobria a parte da região sul do município, formava-se então um luxuoso condomínio. Eles seguiram caminhando e à medida que avançavam, o silêncio interiorano dava lugar a uma barulheira, era o Parque Aquático - que era gigantesco - a principal forma de lazer e turismo daquele povo, duas ruas após o parque, chegava em uma rua com maior movimentação de carros, onde tinham alguns edifícios maiores e mais belos, e em meio à esse “mar” de prédios, havia o Centro Pokémon e o Ginásio, separados apenas por um cruzamento.

- Sua parada é aqui não é? - Perguntou Lurly.
- Não, eu vou até Vermilion. Falei que ia até Pewter só pra ter companhia.
- Então tudo bem.

Todo mundo ficou em silêncio por um tempo, e o jovem de cabelo cinza disse:

- Fico impressionado de como Kanto se desenvolveu. - Saudades do tempo que esse continente parecia uma selva, e nós éramos macacos pulando de galho em galho.

Os outros dois riram do comentário do jovem, mas John não perdeu a oportunidade de falar.

- Sinnoh já era assim há mais de dez anos atrás.
- Se é tão bom fica lá naquele lixo, esgoto, escória da sociedade, resto do que sobra da humanidade.
- Não te interessa porque eu não fico lá. Eu tive uns probleminhas... - Disse com expressão triste.
- Ei! Parem de brigar! - Gritou Francesca. - Vão brigar por causa de qual região é melhor? Ah! Me poupem dessa idiotice!

Os jovens se acalmaram. Então em seguida o trio caminhou alguns minutos e chegou à importante rua citada anteriormente, então foram ao centro pokémon, onde Lurly iria recuperar seus pokémons.

- Olá! Seja bem vindo ao centro...
- Eu gostaria de ser bem vindo no seu quarto, gata. - Disse o ex-líder. - Recupera meus pokémons ai.

A jovem de cabelos rosas pegou as três pokébolas do menino de cabelos cinzas e as colocou numa grande máquina, que começou a piscar rapidamente, e após alguns segundos fez um barulhinho que indicava que os monstrinhos de bolso já estavam curados.

- Obrigado gata, me liga pra conversarmos na sua casa, no seu quarto...

A menina nem deu muita bola, só deu aquele sorriso típico de enfermeiras Joy.

- Você acha que todas as meninas gostam de você, porém te acham um babaca. - Disse Francesca. - Nenhuma menina gosta de cara grosseiro e fica achando o que não é.
- Fala com a minha mão vai.
- Criancinha é fogo, vai aumentar a mentalidade e vem falar comigo. Beijos.

Após essa pseudo-discussão, o trio viu que já estava anoitecendo, então o ginásio devia estar fechado. Decidiram dormir ali mesmo. Pagaram quarenta dólares e cada um ficou com um quarto.

- Que assalto, pagar quarenta dólares pra dormir num quarto velho sujo desse. - Reclamou o líder.

-x-

Já tinha amanhecido, o sol era forte na cidade, o trio então saiu do Centro Pokémon e apenas atravessou a rua, chegando numa construção azul bem grande, ao se aproximarem, a porta se abriu sozinha e eles obviamente entraram.

Ao adentrarem viram uma gigante piscina, e uma arquibancada pequena, olharam para os lados e não viram ninguém, até que de repente, uma bela garota “emerge” das águas. Ela tinha um cabelo alaranjado, olhos verde azulados e no momento utilizava apenas um biquíni pequeno, algo que deixou os dois garotos ali presentes, “babando”. O nome da jovem era Misty. Ela aparentava ter seus vinte anos.

- Oi. Bem vindos ao ginásio de Pewter. - Disse Misty. - Aposto que vou enfrentar um dos dois garotos.
- Sim, eu. - Disse Lurly. - Mas espera ai que eu vou ali no banheiro. - Falou olhando a garota de cima a baixo.
- Ei seu tarado! - Gritou ela, em seguida pegou um casaco branco e colocou no corpo. - Pois bem, suba na arena, jovem.
- Espera. - Disse John. - Eu pensava que todos os líderes se conheciam.
- Não cara. - Disse Lurly, em ar triste. - Nossa vida é complicada...
- Sim, é. - Concordou Misty. - Mas isso não interessa, vamos lutar.

Então cada um foi de um lado, e assim que subiram no campo de batalha, alguns pequenos pedaços de terra - que servia de apoio aos pokémons não-aquáticos - foram surgindo.

- Essa é uma batalha dois contra dois, aquele que tiver os primeiros dois derrotados perderá o combate. - A líder ditou as regras. - Horsea, saia!

Da pokébola da moça saiu um pequeno cavalo-marinho azulado, com uma barriga meio amarelada e com algumas listras, e tinha uma pequena “asinha” da mesma cor da barriga, além de uma boca que parecia um tubo e uns “espinhos” na cabeça.

- Pidgey, saia!

Logo, o pombo saiu da esfera vermelha e branca de Lurly, seus amigos se surpreenderam, achando que por o Pidgey ser mais forte, ficaria pra depois.

- O que ele está fazendo? - Comentou Francesca.
- Sei lá, ele é doidão.

Então os pokémons ficaram em forma de batalha e se encararam.

- Pidgey, use o Tackle!

O pássaro então começou a pegar uma velocidade constante, e ao chegar próximo ao monstrinho aquático, o acertou com a cabeça, arremessando-o um pouco longe.

- Horsea, meu querido, use o Smokescreen!

O pokémonzinho abriu sua boca, e de lá uma fumaça preta começou a sair, e tomou conta do campo de batalha, ele aproveitou que o outro pokémon não enxergava muito bem, e arremessou um jato de água bem forte, que jogou o passarinho longe.

- Pidgey, acabe com essa fumaça, use o Gust!

O pombo abriu suas asas e começou a batê-las fortemente, então toda a fumaça do local saiu, e o vento formado pela ave ainda jogou o cavalo-marinho longe, já o debilitando um pouco.

- Water Gun! - Ordenou a líder, dessa vez mais exaltada.
- Evasiva e em seguida, Gust!.

Horsea então lançou um poderoso jato d’água, mas o voador foi mais rápido e esquivou, em seguida fez um forte vento, que arremessou o aquático longe, porém dessa vez, nocauteando-o.

- Volte, Horsea. - Disse Misty com um semblante triste. - Estrela minha, saia!

Da pokébola saiu um pokémon que era uma estrela sobreposta de outra, ambas de coloração roxa, na parte de cima do bicho, tinha algo que se assemelhava a um rubi, devido à cor vermelha e ao brilho.

- Hm, Starmie, interessante... - Analisou Lurly. - Sand-Attack!

Pidgey começou a bater no chão com as asas, e um monte de terra começou a ir em direção à estrela, que não pôde enxergar por um momento, então o treinador aproveitou para golpeá-la.

- Tackle!

A ave correu rapidamente sobre os pequenos pedaços de terra do ginásio, e então acertou uma cabeçada no bicho aquático, que nem sentiu direito o golpe.

- Meu pokémon é muito forte pra isso. - Falou de maneira irônica a jovem.
- Engraçado, conheço alguém que me falou isso, e ta passando sufoco. - Zombou John, olhando pro menino de cabelos cinzas. Inclusive essa mesma pessoa disse que eu ia aprender bastante seguindo-a.

Naquele momento o ex-líder queria sair da arena e socar a cara do menino, mas como estava lutando, apenas olhou com cara feia pra ela.

- Swift!

Então o pokémon aquático arremessou várias estrelinhas, que acertaram o pássaro, o debilitando facilmente, pra espanto de todos.

- Sua estrela é quase forte. - Disse Lurly. - Volte Pidgey, vai Kakuna!

Seus amigos se espantaram, pensaram que ele iria mandar o Cleffa, mas mandou o pokémon mais “inexperiente” que tinha. O casulo amarelo entrou em campo, meio dormindo, mas estava atento à batalha.

- Water Gun!
- Harden!

O monstro marinho lançou um poderoso jato d’água, mas o inseto endureceu seu corpo, porém enquanto seu corpo brilhava por estar duro, ele começou a tomar um brilho branco, e começou a mudar de forma, saindo de casulo para virar uma grande abelha, que tinha ferrões fortes, possuía as cores amarela e preta e tinha uma asa grande, além de um ferrão menor na parte inferior, pra espanto de todos, aquele pokémon estava evoluindo novamente.

- Mas hein? - Disse o ex-líder. - Evoluindo de novo? Aproveite e use o Poison Sting!

Os espinhos da abelha, que já eram grandes, cresceram de maneira descomunal e ficaram numa cor roxa, só de olhar aquilo, já dava medo, então o inseto seguiu até o aquático e o acertou com o ferrão, instantaneamente o envenenando.

- Que porcaria! - Gritou Misty. - Swift!
- Harden!

A estrela psíquica então lançou microestrelas, o adversário tentou defender-se, endurecendo o corpo, mas de nada adiantou, e o golpe acertou o venenoso em cheio, jogando-o bem longe, mas devido ao envenenamento, Starmie tomou um bom dano.

- Achou que escaparia dessa né? Mas Swift nunca falha!
- Fury Attack!

Beedrill então começou a tentar “furar” o aquático com golpes sequenciais com os ferrões, esse ataque arrancou um bom dano do outro bicho.

- Isso não vai ficar assim! - Exclamou Misty.
- Lute sem se exaltar, por favor. - Disse Lurly.
- Vai se danar, o ginásio é meu! Starmie, Recover!

O monstrinho começou a brilhar e umas “poeiras” começaram a cair sobre ele, e ele começou a ficar aparentemente mais forte, afinal com aquele golpe, recuperou boa parte do seu HP.

- Mas que golpe sem vergonha. - Esbravejou o ex-líder. - Poison Sting!
- Evasiva e termine com o Swift!

A abelha fez crescer novamente seus espinhos, e uma alta carga de veneno estava sobre eles, porém a estrela foi mais rápida e escapou do golpe, em seguida lançou várias pequenas estrelas, que acertaram o bicho, nocauteando-o. Então ambos retornaram seus pokémons.

- Boa luta. - Disseram.

Então John desceu da arquibancada batendo palmas sarcasticamente e disse:

- Não é fácil ser treinador? Essas coisinhas de jornada não são inutilidades? A vida não é fácil? - Perguntava. - Com um Electivire é fácil ganhar de todo mundo, mas com Pidgey e Beedriil já é mais difícil né? Eu descobri que você é um tremendo de um trouxa, que não sabe lutar!

Lurly ia segurando-o pela camiseta para dar uns socos nele, mas foi separado pela líder, que afastou os dois. Em seguida o trio principal saiu do ginásio. O ex-líder iria curar seus pokémons pra tentar vencer seu primeiro desafio.

To be continued...


Eu duvido que alguém imaginava quem seria o líder do primeiro ginásio. Acredito que foi surpresa -q. Mas enfim, é isso e espero que comentem Smile


Última edição por Black~ em Qua 17 Jul 2013 - 14:11, editado 2 vez(es)
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Ari Tasarov em Ter 16 Jul 2013 - 23:56

Grande Black! o/

Well, ando bem ausente e perdi muitos capítulos mesmo, mas posso te dizer que dei uma lida rápida e gostei do que vi, me rendeu umas risadas, eu acho o Lurly hilário... xD Gostei muito desses episódios, tamanho ótimo e afins... -q Como eu já havia dito antes, gosto muito da tua escrita objetiva e detalhada bem no ponto, continua com isso. Gostei muito dessa parte aqui:

- Não é fácil ser treinador? Essas coisinhas de jornada não são inutilidades? A vida não é fácil? - Perguntava. - Com um Electivire é fácil ganhar de todo mundo, mas com Pidgey e Beedriil já é mais difícil né? Eu descobri que você é um tremendo de um trouxa, que não sabe lutar!

Concordo... ê.ê Quero ver como ele vai fazer pra vencer...

Por enquanto é isso, no próximo faço um comentário maior sobre os episódios que perdi. Boa sorte!
avatar
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 82
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Adventures of a Gym Leader

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 8 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum