Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Pokémon - O Segredo de Kanto

Ir em baixo

Pokémon - O Segredo de Kanto

Mensagem por Marte em Dom 12 Maio 2013 - 1:46

Olá me chamo Matheus, mas aqui é Nehro. Esta é minha primeira fic de pokémon, porém eu já fiz outras como de Naruto, Saint Seiya e algumas originais. A medida que a fic ir evoluindo eu vou editando os personagens, porém agora só postei as imagens, futuramente irei colocar personalidade, pokémons, idades, paixão e rivais. Espero que se divirtam com este projeto.

Personagens:

Dora

Don

Shiro

Naomi

Sentoki "Toki"

Rozu

Umi

Prólogo


Era um dia comum no orfanato da senhora Dora, uma senhora de 60 anos que cuida de crianças órfãs, dar comida, educação e principal estudos, ela é querida por todos na cidade Pallet em Kanto, ela é calma com todos, engraçada e divertida, séria nos momentos que precisa, ela foi uma grande treinadora em sua época, teve grandes batalhas históricas no mundo, foi uma das melhores mestras pokémons, possuí muitos todos os tipos e é muito inteligente e sábia sobre qualquer assunto relacionado a pokémon, um tempo depois ela se aposentou e decidiu ir morar em sua cidade natal, via crianças desabrigadas por onde passava e assim chamou todas para Pallet, quando chegou a cidade descobriu que estava grávida decidiu criar o orfanato "Crianças da Dora". Assim surgiu o orfanato que recolhe qualquer criança independente de sua região, aos poucos o orfanato foi ficando cada vez mais cheio e dr. Dora faz tudo que pode pelas criancinhas. Quando as crianças completam 16 anos elas podem escolher que caminho seguir em sua jornada e todo ano um homem chamado Don leva ovos de pokémons para as adolescente partirem do orfanato, Don é o irmão gêmeo da Dora, ele decidiu se tornar um mestre pokémon como Dora, ambos eram muito famosos em sua época, mas com o tempo foram esquecidos, mas Don não deixa isso passar nunca sempre visita algum lugar para deixar sua marca e ele ser eternizado pra sempre.


Eu me chamo Shiro, sou alto 1,70, peso 65 kgs, visto o que a sr. Dora dar a todos em datas especiais como aniversário, natal e coisas do gênero. Eu não sei o que seguir em minha vida, apenas tenho um pressentimento que minha família continua viva, não importa como mas eu irei encontra-los. A senhora Dora me achou em uma rota de Sinnoh, eu vivia nas ruas catando lixos e restos de alimentos para me alimentar, mas isso tudo mudou que a senhora Dora me achou ela é uma pessoa maravilhosa e muito criativa. Amanhã será um dia importante para os 15 formandos da orfanato cada um escolher um ovo que o sr. Don irá trazer para escolhermos e cada um seguir sua jornada, meu amigo se chama Sentoki, mas todos o chama de Toki. Ele é meu melhor-amigo possuí cabelos claros, olhos negros, jaqueta verde e por baixo uma camisa preta, com uma calça gins, ela é apaixonado por Umi, uma garota de cabelos negros com mechas azuis claras, ela é a mais velha do bando, possuí 17 anos enquanto o Sentoki tem 16, ela não curte garotos mais jovens, mas isso não faz Toki ir atrás das outras garotas do bando. Toda turma que irá se formar na orfanato se chama bando o número máximo de pessoas para se formar é 17 e o mínimo é 15, esse ano apenas 15 anos completaram a idade exigida para se formar. Há uma garota chamada Naomi, filha de Dora seu pai morreu em um acidente de carro isso abalou muito a senhora Dora mas com o tempo ela superou. Naomi é uma garota encrenqueira, charmosa, mal-humorada e as vezes divertida, ela gosta do Rozu um garoto de cabelos ruivos claros, veste uma camisa preta, com uma gins todo preto, ele é arrogante, rebelde mas isso todo mundo tem, chato. Sentoki foi encontrando em Pallet, Umi em Unova na rota 1 e o Rozu em Hoenn em frente ao um ginásio. Nós estamos na salão principal da mansão que a senhora Dora nos permite morar, tem 5 andares, vários quartos e é enorme.

- Toki, qual pokémon você quer ganhar? - Perguntei desanimado
- Acho que um Elekid, melhor um Onix ou será que um Mew - Respondeu Toki abrindo um largo sorriso
- Eu vou ganhar um pokémon do tipo fogo com certeza meu tio guardou um para mim - Falou Naomi se amostrando
- Hum só porque você quer né? Eu que irei ganhar um Charmander - Interrompeu Rozu que sorria enquanto Naomi babava por ele
- Eu espero ganhar qualquer um, menos algum do tipo gelo, não gosto pokémons do tipo gelo e água - Falei para os 3 que me olhava com a boca aberta, mas não dei importância continuei a olhar apresentação.

Don pediu que todos se calassem e assim se fez, ele postou os 15 ovos e 5 pokébolas e um pokédex em uma fileira horizontal sob uma mesa de madeira enorme que cabia todos aqueles itens. Chamaram por idade, da menor até a maior. Assim ficou eu, Toki, Rozu, Umi e Naomi para ir pegarmos.

-- Toki meu jovem é sua vez venha! - Exclamou Don com seu sorriso
-- Senhor? Qual eu devo escolher, eu queria um do tipo elétrico. - Disse Toki confuso
-- Acho eu que o tipo elétrico já foi escolhido, senti muito. Mas ainda temos esses 5 e eu não lembro os seus tipos. - Disse Don colocando seus braços afrente para incentivar o Toki ir buscar o seu inicial.

Toki foi e pegou um ovo com uma coloração bem diferente mas isso era comum todo ano, não demorou muito e o restante foram buscar os seus ovos e seus itens, Naomi pegara um ovo bem parecido com o Toki, mas talvez seja coincidência.

-- Shiro é a sua vez, mas antes quero lhe entregar isto. - Ele retirou um papel bem pequeno e me deu, era uma carta com os pokémons do tipo voador estampado no envelope. -- Guarde bem isso, eu recebi de um Pidgey enquanto buscava ovos em liquidação para o Bando.

-- Muito obrigado, mas quem teve ter sido? Eu não conhece ninguém de Johto. Você viu alguém? - Respondi confuso

-- Não, apenas vi a ave desaparecendo no céu, nenhum sinal de homem nem de mulher a não ser... -- Nesse hora a Dora, interrompeu o irmão que se calou, nesse momento guardei o papel e fui em direção ao ovo que estava a minha frente ele era todo marrom com pintas azuis claros e escuros, o peguei as pokébolas e os pokédex guardei no bolso e assim peguei o recipiente do ovo e voltei a meu lugar.

-- Olhem crianças, desculpe. Jovens hoje é o seu primeiro dia com os ovos, lembrem eles serão seu parceiro até a morte. Gostei muito de todos aqui, mas como as regras do mundo pokémon determinam todos aos 16 anos se responsabilizam como adultos. Espero que nunca se esqueçam do orfanato e dos seus tios. A partir de amanhã vocês serão pessoas livres e responsáveis pelas suas ações, espero que tenham a melhor vida possível. - Disse sr. Dora enquanto falava no microfone que ficava no palco no salão principal da casa.

-- Ei todos vocês, as pokébolas são para caso de algum de vocês quiserem capturar pokémons e a pokédex é o objeto que irão lhe passar as informações do pokémon, tanto um item quanto o outro irá ajudar tanto os treinadores, coordenadores ou criadores quanto as pessoas que pensam em outra profissão, iram lhe dizer as informações básicas de todos os pokémons. Caso se perca, seja atacador ou algo do gênero. Provavelmente os ovos irão se chocar antes de vocês chegarem a rota 1, boa sorte e tenha uma boa vida - Falou Don, ele não era muito de palavras em despedidas, mas assim ele terminou.

Um saraivada de palmas se ergueram do salão, gritos, aplausos e agradecimentos, era o último dia e todos estavam felizes e emocionados. Eu e Toki fomos andandos para os quartos que nos residíamos.

-- Qual será meu pokémon? - Toki perguntou a si mesmo
-- Um Caterpie? - Falei em tom de brincadeira, algo que irritou Toki
-- É bom que o seu seja um do tipo gelo e você pegue aquela gripe - Toki falou em um tom sério
-- Nem fale isso brincando cara, eu qual se morro por um pokémon desgraçado do tipo gelo, o gripe maldita - Falei deixando-o na porta de seu quarto.

Continuei a andar por mais alguns minutos e assim chego em meu quarto, coloco o recipiente em cima de uma escrivaninha, guarda as pokébolas em minha mochila toda branca com alguns tons preto que deixavam ela bem legal. Me sentei na cama e tirei do bolso o bilhetinho que Don me dera. Tirei do envelope e comecei a ler.

"Filho, amanhã você irá completar seus 16 anos e com isso se tornará um homem. Sua família que lhe mandou esta carta, amamos muito você. Você irá passar por muitos bocados e principalmente em Kanto. Irei visita-lo pessoalmente quando conseguir as 8 insígnias de ginásio, assim você entenderá o porque desse pedido que tanto insisto que realize. Há fatos que irão te destabilizar sua pessoa, há muitos mistérios em Kanto que precisa ser desvendados e preciso que você faça isto por todos.

Ass: Família Yuki"


-- Agora eles precisam de mim? Hum não vou ajudar em nada, eles que se virem com seus problemas, nunca veio me ver e agora me pedem ajudar, eles que se dane! - Exclamei rasgando o papel e sentindo um aperto no coração algo que faltava ser preenchido mas eu não necessitava disso. Aos poucos me deitei e acabei dormindo.

avatar
Marte
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 30/04/2013


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - O Segredo de Kanto

Mensagem por -Ice em Seg 20 Maio 2013 - 20:49

Olá Nehro, nem sabia que você já tinha feito sua fanfic. De qualquer modo, ela está boa, eu achei alguns erros no meio mas nada muito grave, olhe alguns:

Dora me achou ela é uma pessoa maravilhosa e muito criativa.
Esse erro foi de pontuação, as partes "Dora me achou" e "ela é uma pessoa maravilhosa e muito criativa" deviam ser separadas por um ponto por se tratar de assuntos diferentes.

mas todos o chama de Toki
O sujeito da palavra é "todos" logo, o chama devia estar no plural também.

No meio do texto você citou que um dos personagens usa calça gins, o certo é jeans, e também disse que a garota estava se amostrando, o certo é mostrando.

O garoto principal disse, no meio da história, 'eu não conhece', o certo é 'eu não conheço'.


Esses foram os erros que não atrapalharam nada, mas agora teve alguns que eu não gostei pessoalmente mesmo, como você usar "--" como travessão, o certo é — (Alt + 0151) ou a cor da escrita, ficaria melhor de preto (Color=Black). Os parágrafos também ficaram grande demais, você podia arrumar isso.
avatar
-Ice
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 03/02/2010

Frase pessoal : </∆>


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - O Segredo de Kanto

Mensagem por Black~ em Seg 20 Maio 2013 - 22:07

Bom, vamos lá.

Sua história é legalzinha, a mulher que adota uma rapa de gente, tem um orfanato e tals, porém vários fatores fizeram com que o prólogo não ficasse tão bom.

A começar pelos erros, foram vários, bastante mesmo, mas não vou ficar citando todos, porém teve um que eu vi, que deu até uma pontada aqui -q, que foi a palavra "gins", realmente essa calça deve ser muito boa. O certo seria "jeans".

Outros erros foram por exemplo, a conjugação irregular dos verbos, como por exemplo "nunca veio me ver e agora me pedem ajuda", pera, ele se referia à apenas uma pessoa, ou à varias pessoas? Claro que tiveram várias outras, mas só citei essa, toma muito cuidado cara.

A repetição também foi constante, muitas palavras repetidas, inclusive nomes, como por exemplo "Dora", toda hora eu lia esse nome, sugiro que use o dicionário de sinônimos, creio que ele te será útil, para evitar tantas repetições, mas enfim.

Sua narração/descrição foi/foram muito rápidas, tipo, as coisas aconteceram assim do nada, não expressava passagem de tempo, nem troca de lugar, ou coisa do tipo. Por exemplo o primeiro parágrafo, ficou parecendo aquelas histórias que têm mais "ai" do que história -q.

Outra coisa, afinal, qual é a idade pra sair desse orfanato? No texto cita que é dezesseis, depois diz que é quinze, mas tem gente con dezessete saindo. Tipo, hora fala uma coisa, outra hora fala outra, ai fica meio difícil de conseguir entender, mas enfim.

Creio que só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - O Segredo de Kanto

Mensagem por Marte em Ter 21 Maio 2013 - 20:45

Obrigado cada um pelo comentário isso provavelmente mechou muito comigo, mas irei fazer o melhor para errar menos. Sinto muito mas terei que fechar a fic por um período indeterminado, porém irei abrir futuramente uma fic não sobre pokémon, sobre fantasias espero que fiquem ligados. Obrigado mesmo ^^

By~Murilo: Tópico trancado a pedido do autor. Caso queira reabri-lo, contate um FanFic Moderador.
avatar
Marte
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 30/04/2013


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - O Segredo de Kanto

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum