Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Olimpo - #RUÍNA

Ir em baixo

Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por 3DSFood em Qua 8 Maio 2013 - 9:53



Olá meus amigos da PM! ;3
Estou começando mais uma fan fic, .-. Isso tá realmente me irritando. Eu quero muito acabar com essa aqui por quê a história dela é muito daora, eu só preciso conseguir tempo pra terminar de escrever.
Vou dar umas explicações básicas lá do título.
O nome da fic é Olimpo. Seguindo do '#' e o nome da saga. Não sei se serão duas, três ou dez, apenas sei que terá mais de uma. Uma saga = uma temporada. Mas eu coloquei outro nome que é mais chique. Bem, a fic é sobre PJ, mas não se preocupem, que de PJ ela só tem parte do enredo. Está fic aqui está com o selo 'Clichê Nem Pensar'. Sugestões? Por favor, comentem. Não, tipo, ao menos se inscrevam lá no tópico do meu escritório, por que eu vou precisar de semideuses. Clique aqui e será redirecionado. Bem, vamos ao que interessa... A fic se passa meio que nos dias de hoje, alguns anos mais a frente, talvez. Fic em terceira pessoa por quê eu estou acostumado. Se não gostarem eu vou pra primeira.







EPISÓDIOS









Prólogo


Muitos acreditam que acima das nuvens se encontra a paz... Quem lidera. Uma forte tempestade castigava o céu; Muitos raios pareciam atingir as águas e até mesmo os mais fundos canyons e poços. O mar ricocheteava a beira  da cidade e parecia tentar atingir os raios que caiam no meio das ondas. Um prédio treme fortemente. Os moradores olhavam para cima, desconfiados e preocupados. É uma pena que eles não soubessem o que acontecia a alguns, vários na verdade, andares acima.

Uma grande construção branca estava entre as nuvens; O Olimpo. O centro de reunião dos deuses, seres mitológicos repletos de poder. Eu usaria muito tempo para definir o quão majestosos são essas criaturas. Um trovão explode e se choca contra o solo. Parecia uma bomba explodindo.

-O QUÊ PENSAM QUE ESTÃO DIZENDO?!-Berrou uma figura masculina.-EU ORDENO QUE PAREM!- Disse ele, gritando.

-Se acalme, pai.- Falou outro homem. Este parecia ter parte do corpo constituída por metal.- Foi só um mal entendido e...

-CALE A BOCA HEFESTO! SÓ SE DIRIGA A MIM SE ASSIM FOR PERMITIDO!- Disse o homem. Ele usava um terno azul-pastel com listras. Tinha um rosto jovial que parecia conter muita experiência de vida. Uma barba recém aparada e cabelos loiros e cortados. Tinha olhos azuis como os trovões.

-Meu irmão, não precisa ficar gritando.- Falou outro homem. Este por sua vez vestia algo mais humilde e menos social. Trajava uma blusa vermelha com estampa em flores. Tinha uma bermuda marrom-claro e um chapéu com várias iscas espetadas. Vestimentas típicas de um pescador.

-Ora essa, Poseidon. Você nem ao menos se tornou mais... Apresentável?-Indagou o homem de terno.

-Você nos convocou as pressas. Pare de gritar e nos diga qual o problema.- Disse Poseidon, se ajustando em seu trono.

-Eu convoquei a todos vocês para decidir nosso futuro.  Temos sérios indícios de que Cronos tenha conseguido forçar algum titã a acordar. Não sabemos quem é este sujeito, nem se ele quer causar destruição ou apenas virar e voltar ao seu cochilo.

-Temos que avisar ao acampamento!-Lembrou um outro homem.

-Hermes, você não me ouviu? Um titã. O que meros garotos como aqueles podem fazer? Eles estão sem proteção a quase uma semana!- Falou Zeus.- Alguém derrubou o pinheiro de Thalia e destruiu as fronteiras mágicas do acampamento. Com sorte, vão durar mais um mês.

-Pai, não se faça de bobo.-Disse Hefesto, o homem-robô.- Você sabe o que nós tínhamos decidido caso as fronteiras um dia caíssem.

-De jeito nenhum! Este plano ainda deve ser ajustado, treinado e....

-Não tem mais tempo.-Disse um homem que surgiu das sombras. Ele usava um manto preto e rasgado nas pontas, que pareciam se desfazer e refazer aos poucos. Era pálido e careca. Tinha uma barba negra em seu rosto. Parecia cansado. Tinha uma postura desregular e corcunda. Seus olhos eram pretos e sem vida.- Não adianta negar, caro irmão. A árvore não durou para sempre, e agora temos que por o plano em ação.- Disse o homem com sua voz rouca e falha.

-Hades?!-Indagou Zeus.- O quê faz aqui? Quem te convidou? Por quê está assim? Grrr, responda logo!- Berrou o homem. Um raio explodiu no céu.

-Quem me convidou? Você. Eu sou um deus e também tenho direito de participar de suas reuniões bobas, se me der interesse. Estou fraco. Não percebe?- Explicou o homem com seu ar de velho e acabado.

-Hades... Não me venha com mais mentiras! O quê realmente aconteceu?- Perguntou o deus dos trovões.

-Tolo. Ignora a verdade por ter medo dela. Sabe muito bem do que se trata e...

-Calado!  Vamos abrir a votação. Cada um de vocês vota em negativo ou positivo. Vamos decidir quem é e quem não é a favor do plano Divisão. Para os que são a favor, levantem a mão.

Eram treze pessoas presentes, contando com o visitante de roupas negras. Dez deuses tinham a mão levantada. Os outros permaneceram quietos, sem se mover. Zeus e Hermes foram alguns dos que não levantaram a mão.

-Se assim desejam...- Falou ele.- Eu, em nome do conselho do Olimpo, declaro que o Acampamento Meio-Sangue será EVACUADO ao nascer do Sol do próximo domingo terreno!- Delegou ele.


Última edição por 3DSFood em Seg 8 Jul 2013 - 0:02, editado 6 vez(es) (Razão : Editado!)
avatar
3DSFood
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/02/2011

Frase pessoal : e eu sei la porra


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por AkiraEA em Qua 8 Maio 2013 - 11:00

Bem interessante a história. Você usou o fator "curiosidade" num momento certo do enredo. Tenho apenas um uma chatice conselho pra você. Não seria melhor usar o "travessão" no lugar do "hífen" para as falas? Creio que isso daria um ar mais organizado aos diálogos. Enfim, boa sorte com a fic! ^^
avatar
AkiraEA
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 13/04/2013

Frase pessoal : Your knife, my back; My gun, your head!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por Lord Vader68 em Qua 8 Maio 2013 - 11:50

Eai food
Gostei do prologo,oque será que vai acontecer...
Ficou meio misterioso
Bom,espero o primeiro cap
Tchau
avatar
Lord Vader68
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 06/10/2011

Frase pessoal : Se a vida te der um limão, jogue em alguem ;)


Ver perfil do usuário http://www.pokemonmythology.org/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por Joeh em Qua 8 Maio 2013 - 13:07

Parece tem um bom enredo. De erros, são um pouco frequentes. Por exemplo: você pôs, uma vez, ";" no lugar de ":". Você também poderia colocar mais vírgulas, as falas ficam sem sentido algumas vezes. E, se quiser uma dica, separe (com espaço) os travessões das falas e dê um Enter entre a fala e um texto, isso ajuda um pouco na hora de ler. E, não sendo um erro, mas por quê os deuses se vestem tão "humanóides"? Eles convivem com os humanos, como nas histórias? Se for, é bem legal.

Acho que é só isso, boa sorte com a fic.
avatar
Joeh
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/12/2012

Frase pessoal : Deserved.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por -Vans em Dom 12 Maio 2013 - 14:48

A história ja começou interessante e como eu sei vc é um ótimo escritor tenho uma grande certeza que essa fic vai dar oque falar *-*.

Bom a fic está ótima para um começo e essa discussão dos deuses vai dar uma merda bom espero atenciosamente o próximo cap.

Vlw Food-Sama
avatar
-Vans
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 13/10/2010

Frase pessoal : Comandantes falam, soldados obedecem


Ver perfil do usuário http://pokemonabw.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por ~Wind em Seg 13 Maio 2013 - 12:14

Gostei bastante, a história está ótima e as descrições (principalmente no começo, primeiro paragrafo) estão excelentes, nota 10. Não tenho muita coisa a dizer, a única coisa que achei um pouco ruim foi o Caps Lock na hora que eles estão gritando, pois acho que o ponto de exclamação já faz esse trabalho, mas isso não influencia em quase nada, então não é nada de mais.

Só isso a dizer, até! o/
avatar
~Wind
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 03/05/2010

Frase pessoal : Kame... Hame... CHOKI DU TROVAUM!


Ver perfil do usuário http://dualgeneration.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por 3DSFood em Sex 7 Jun 2013 - 14:30

Cuidado com a lagartixa-part.1

-Senhor Zarek, não irei chamar de novo.

-Tá ai, cara?-Perguntou alguma voz.

-Psiu, ele está te chamando.-Falou outra.

-Ahn?-Grunhiu Drako.

-Senhor Zarek.-Disse o professor.- Não vou tolerar crianças dormindo na minha sala. Espero que não se repita.

-Ah, desculpa, professor. Eu não tive sonhos muito bons ontem a noite e...

-Não me importa. Só não faça isso novamente, por quê as consequências serão mais drásticas.- Falou ele em tom ameaçador.

Aquele aluno é Drako, Drako Zarek. Seus pais eram seguidores e grandes admiradores da cultura Greco-romana. ‘Draco’, significa ‘Excessivamente rigoroso’ e ‘Zarek’(Sobrenome da família) tem como significado ‘Deus proteja o rei’. Fora isso, era possível dizer que era uma família normal. Isso é, se o pai de Drako não tivesse fugido de casa quando o mesmo nasceu. A vida não pode parar e sua mãe rapidamente se casou de novo, agora com um homem muito rico e milionário. O problema talvez seja o fato de que este tal cara cheio da grana seja um imbecil, segundo Drako.

Ele tem uma visa normal. Acorda, vai pra escola, volta pra escola, dorme... Mas mesmo assim acaba sendo um pouco diferente. Tendo TDAH, o menino não liga muito para a aula e de vez enquanto dorme na sala. Ele também tem constantemente sonhos estranhos, onde vê coisas bizarras e as vezes apocalípticas acontecendo. Prédios, casas descendo todos em ruínas. Uma verdadeira destruição.

-Alunos, estão dispensados, e Drako... Não quero mais ver isso acontecendo.-Falou Phill.
-Tu-tudo bem, professor.-Disse o menino.

Sua casa não era muito longe da escola. Com seu padrasto rico, podia escolher onde bem quisesse morar, tendo assim um apartamento de frente para o mar, bem pertinho da escola.

O garoto era meio sozinho e não tinha amigos, então ficava solitário na maior parte do tempo. Seu melhor ‘amigo’ era Kensuke Mirakoto. Drako não gostava muito de pessoas orientais, então preferia esquecer esse nome e apenas chamá-lo de Ken.

Andava tranquilamente pelo caminho de sua moradia, até que percebeu um menino de sobretudo preto. Ele estava estranhamente seguindo o garoto desde a escola, aquilo estava ficando um tanto quanto suspeito. Drako decide parar, fingindo que estava lendo algo em seu celular. O garoto estranho também parou. O jovem ficou cada vez mais preocupado. Decidiu esquecer e ir para casa. Quando dobrou a esquina e estava chegando na entrada do seu apartamento, ouviu alguém chamar.

-DRAKO!

-Uh?-O menino olhou para trás e percebeu que era o encapuzado.-Quem é você?-Perguntou.

-Meu nome é salvação, eu vim te salvar, para de enrolar e vamos logo!-Disse ele puxando o garoto para um beco.

-O quê você quer?-Perguntou Drako assustado.

O menino tirou seu capuz e revelou seu rosto; Ele tinha cabelos pretos e olhos azuis.

Parecia estar tenso e preocupado. Se encostou na parede e espiou algo que parecia estar pela rua.- Eu? Eu quero te deixar vivo mais algum tempo. Apenas. É melhor você ajudar.- Disse ele fitando Drako de uma maneira furiosa.

-Er...Ok, eu acho.-Disse ele coçando a cabeça.- O quê eu devo fazer?- Perguntou.

-Ficar quietinho. Tem um dragão vindo ai... Droga, não sei como eu vou atrasar ele...
Por Zeus... Você sabe lutar, cara?

-Eu? Lutar? Eu peguei rank Pro no Wii em Boxe. Isso... Isso adianta?

O menino olhou seriamente para Drako. Parecia estar querendo esganá-lo.

-Desculpa... Foi sem querer, sério. Tem um dragão vindo, eu estou nervoso! Da pra parar de me olhar assim?

-Ok. É o seguinte, de agora em diante pode me chamar de Leônidas. Você maneja bem de alguma arma? Espada, lança, montante, martelo, machado, arco e flecha, machados duplos, Balista... Qualquer arma?-Perguntou Leô.

-Não, cara. Nadinha.-Falou Drako chateado.

-Ok..., Olha, fica com isso aqui.-Disse Lêonidas pegando seu colar e apertando ele. Derrepente a joia que estava no centro do colar começa a ficar em tom cinza-azulada. Depois, se expandiu cada vez mais, dando voltas pela borda da bola de prata. No final, um escudo estava formado na mão de Leô. Ele virou para ver a parte da frente e pode ser avistado um tridente. O problema é que o mesmo estava com a falta de um dos dentes, o do meio para ser mais exato.

-Uh?O quê foi isso?Um escudo quebrado? O quê?-Perguntou o menino preocupado.
-Não, não é quebrado. Está vendo esse buraco aqui do meio? Minha espada cabe aqui.
-Qual espada?-Perguntou Drako.

-Essa.-Disse ele tirando o anel e apertando ele com força por três segundos. Depois jogou para o ar o anel, que começou a se expandir até virar um cabo. Depois pegou e ficou fitando.

-E a lâmina ein?-Perguntou o menino curioso.

-Aqui.-Disse Leônidas. Derrepente uma lâmina pula do centro do cabo. Ela era afiadíssima e tinha um lado dourado e o outro de bronze, com uma ponta também de prata.- Está espada foi forjada pelo mestres da forja. Com uma face de bronze celestial e a outra de ouro imperial e a ponta de um ferro muito raro. Meu orgulho. Seu nome é Onda afiada.

-Eita, bem bonita ela.-Disse Drako.- Mas esse troço ai é bom pra cortar esses tais dragões?

-Isso aqui corta até um carro, cara.-Disse Lêo.-Bem, agora vamos lá... Se esconda ai naquela lata de lixo.

-Eu?Ok.-Falou o menino tremendo.

-Se ele te atacar, coloque o escudo na frente, ok? Não esqueça disso.-Repreendeu Leônidas.

-Tudo bem.-Falou Drako.

O garoto correu e entrou na lata de lixo. Ouviu Leônidas gritando por seu nome. Achou que a barra estava limpa então levantou. Levou um susto; Viu um dragão gigante que lançou uma bola de fogo que se chocou contra o chão e explodiu tudo.

Ele caiu atordoado com o olhar embaçado. Ficou ouvindo um ruído estranho. Viu grandes pés verdes e escamosos chegando perto. Fechou os olhos, com medo.





Obrigado pelos comentários. Bem, como eu tinha dito, eu não vo deixa o bagui ser trancado! >: Se inscrevam no escritório, cada um pode fazer até dois personagens ;D.
Comentem ae :3
avatar
3DSFood
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/02/2011

Frase pessoal : e eu sei la porra


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por Lord Vader68 em Sex 7 Jun 2013 - 14:57

Fala ai food
Ate que enfim posto isso hein.Gostei bastante do cap, mesmo você colocando meu escudo como um colar e não como bracelete,mais ta néh
Tipo,o Draco deve ser filho de poseidon néh? Do jeito que é lerdo.
Vamos ver no proximo cap oque acontece com a Lagartixa Alada(dragão)
Ate
avatar
Lord Vader68
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 06/10/2011

Frase pessoal : Se a vida te der um limão, jogue em alguem ;)


Ver perfil do usuário http://www.pokemonmythology.org/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por -Vans em Seg 10 Jun 2013 - 18:49

Da fuck, Rank pro no wii??? ?_?

Bom to adorando a fic, to achando bem bacana esse negócio de um suspencesinho no final.
Mas acho q falta ainda só um pouquinho mais de ação q ai vai ficar top das porra.
Flw meu irmão.
avatar
-Vans
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 13/10/2010

Frase pessoal : Comandantes falam, soldados obedecem


Ver perfil do usuário http://pokemonabw.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por laser queer em Qui 13 Jun 2013 - 18:11

Então, hehe, hora do seu julgamento, mocinho.
A fic está ótima. Sua narração, o enredo, tudo. Os erros eu falei no skype, não vejo necessidade de repetir. Curti os personagens e tudo mais. Sério. Mas coloca um pouco menos de falas e um pouco mais de narração, acho que isso pode melhorar. Não sou a melhor pessoa para julgar uma fic, mas né.

Enfim, vou acompanhar. ;D


Última edição por Malvo em Dom 23 Jun 2013 - 12:03, editado 1 vez(es)
avatar
laser queer
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 16/12/2011

Frase pessoal : Freeze? I'm a robot, not a refrigerator.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por 3DSFood em Dom 16 Jun 2013 - 16:39

Brigadin pelos comentários, grandes amigos :3. Esse capítulo vai ser um recheio. De encheção de saco e de repetições, mais eu prometo que é o primeiro e último. 




Cuidado com a lagartixa-part.2


Drako levantou atordoado. Mexeu a cabeça de um ladro ao outro. Estava tudo embaçado. Ele viu algo espesso e verde vindo em sua direção, logo depois coçou os olhos e percebeu que era a cauda do dragão. O menino arregalou os olhos e depois foi atingido. Ele caiu, machucado. Tinha sido atingido na barriga. O local estava com uma estranha neblina, que fedia a lixo queimado.

-AAAAAHA!-Disse Leô, aparecendo em cima da grande criatura verde. Ele parecia tentar enfiar sua espada no pescoço do dragão, mas a criatura tremia freneticamente, então era difícil parar e acertar a nuca do monstro.

Drako esfregou a cabeça e viu melhor o réptil gigante. Ele era meio diferente dos dragões que imaginava. Era grande e corpulento. Braços pequenos e pernas grandes. Uma longa cauda e uma cabeça pequena. Apesar disso tinha dentes gigantes. Era possível ver um grande par de asas em suas costas. Sua pele era escamosa e dura, como metal.

-Drako, use o escuuuuuuuudo.- Disse Leônidas sendo balançado de um lado ao outro pelo dragão. O menino lembrou do escudo que seu amigo havia emprestado.

-Ah!-Disse o menino colocando sua salvaguarda em frente ao seu corpo e depois avançando em direção ao monstro. Ele atingiu o joelho da besta, que berrou de dor. Logo depois ele se distanciou da fera, preocupado. Talvez ela iria começar a cuspir fogo nele. Ouviu um rugido alto, logo após se colocou atrás do seu escudo, com medo.

Algo começou a cair do céu. Um pó dourado. Drako sentiu algo em seu ombro, e rapidamente se virou. Era Leônidas, por sorte. Ele respirou fundo, tranquilo. Não existiam mais sinais do réptil gigante pelo local.

-Ufa, essa foi fácil...-Disse Leô.-Malditos dragões, são tão agitados. Por favor, me devolve isso ai.-Falou ele estendendo a mão para pegar o colar que estava com Drako. Aquele era seu peculiar escudo, que se transformava em um simples cordão.

-Isso foi incrível, sério. Tipo, você pulou, atacou, brigou e...-Dizia o garoto fazendo movimentos representativas com as mãos.

-É, É, mais vamos lá, mantenha o foco. Temos que sair daqui, outros destes vão aparecer.

-O-oh... Então vamos logo!-Gritou Drako, entusiasmado e com medo ao mesmo tempo.-Perai, para onde vamos?

-Ah, claro. Eu esqueci de dizer... Vai ser uma surpresa das boas, acredite.-Disse o menino, misterioso.- Ah, qual é. Eu salvei sua vida, cara.
-Tá, né... Eu acho...-Respondeu o jovem, pensante.-E como nós vamos? A pé? Táxi? Você dirige?

-Errr... Não. Vamos pedir um dinheiro para um camarada, você certamente conhece.-Ele sacou um telefone velho e meio antigo. Popularmente conhecido como ‘tijolão’. Ele rapidamente discou um número. Tocou, tocou... Até que uma voz masculina atende.

-Alô?

-Oi, Ken. Seguinte cara, eu to precisando de umas granas, se tem ai?-Perguntou Leô.

-Eu nem trabalho!-Falou a voz.

-Não esse dinheiro, aquele outro dinheiro, sabe? Vamos lá seu idiota, você sabe do que eu estou falando.

-Ah sim, aquele dinheiro. Esse eu até tenho... Onde você está?-Perguntou o tal Ken.

-Aqui em Canarsie, rua Rockaway Parkway, e você?-Perguntou Leônidas.

-Ah, que sorte! Eu também estou aqui fazendo umas compras, hehe. Sabe que eu adoro pizza né cara, não posso voltar pra casa sem comer.-Disse ele de boca cheia.

-Ah, tanto faz. Estou aqui ao lado de uma pizzaria.. Pera, acho que te vi. Você está de vermelho né?

-Sim, sim, estou. Acho que te vi também. Já estou chegando, até.-Falou Ken desligando.

Chegando mais perto, era possível ver o tal garoto. Drako reconheceu; Era seu amigo, Kensuke Mirakoto. Ele tinha olhos um pouco puxados, não tanto quanto outros japoneses que tinha visto. Seus olhos eram castanhos avermelhados. Tinha grandes cabelos com uma franja que tampava sua testa. Trajava uma blusa preta com estampa de caveira com calças jean surradas azuis e tênis azuis com a sola branca. Tinha grandes fones de ouvido nas orelhas. Leônidas se ofereceu para pegar o celular. Ken entregou para ele. Depois Lêo atacou ambos as máquinas contra uma parede, destruindo as duas.

-Toma ai uns dracmas, cara.-Disse Kensuke.- Temos que chamar as irmãs cinzentas se quiser chegar logo no acampamento. Estamos meio longe de Longsland.

-Isso ai você deixa por minha conta.-Ele sacou uma estranha moeda. Pude perceber que uma das faces continha o Empire State desenhado. Ele então abriu a boca e disse bem alto: Stêthi, Ô hárma diabolês!-Falou enquanto jogava uma das moedas no chão. Antes que a mesma pudesse tocar na rua, afundou. Nenhum dano ao asfalto nem nada, ela apenas tinha sumido. Um pedaço do local começava a ficar escuro, como se estivesse apodrecendo. Depois um líquido estranho e grudento começou a borbulhar. Ele era vermelho e denso. De repente, um carro imergiu daquela poça. Ele tinha como cor predominante um cinza-escuro.  Uma neblina flutuava em volta do estranho automóvel. A janela da frente começou a descer. A cabeça de uma velha apareceu. Ela tinha cabelos brancos, crespos. Eles tampavam os olhos da velha.
-Passagem?-Perguntou ela.

-Hm, três. Todas para o Acampamento Meio-Sangue.-Respondeu Leônidas.

Acampamento Meio-Sangue?-Perguntou Drako a sí mesmo. Ele parecia confuso. Kensuke e Lêo estavam bastante tranquilos. Eles entraram dentro do carro, como se não fosse a primeira vez que tinham feito isso.

-Você vem?-Perguntou o garoto asiático, colocando a cabeça para fora da fresta da porta.

-Ah, sim. Desculpe.-Disse o menino confuso. Ele adentrou ali, com medo. Percebeu que eram três velhas iguais, com túnicas negras.
-Coloquem os cintos!-Pediu uma delas.

Os meninos encontraram correntes no chão. Eles encaixaram nos bancos do carro. A velha que estava no volante pisou fundo no acelerador, e o automóvel começou a andar em disparada. Elas gritavam uma com as outras, mas Drako era obrigado a centrar sua atenção no que Leô dizia.

-E aqueles deuses gregos, eles existem. Eles andam vivos por ai. Eu sou um filho de um deus, o que me faz um semideus, entendeu?
-Ahn? Como assim, cara?-Disse o menino, confuso.

-É!-Disse Kensuke.-Eu também sou um semideus!

-Pera, pera. Vocês estão meio malucos, né? Como assim, tipo...

-Acelera Tempestade, o sinal está verde!-Gritou a velha do meio.

-Cala a boca Vespa! Por quê você não me dá o olho?!-Disse a que estava na direção.

-Parem de gritar! Eu é que quero o olho, Vespa!-Gritou a velha que estava no lado do carona.

-Quieta, Ira! Você que estava com ele na última viagem!-Berrou Tempestade.

A velha que estava na direção colocou as mãos na cabeça da Vespa, que se balançava sem parar.

-Não toca nele, para!-Gritava ela. Tempestade pegou o globo ocular e encaixou no buraco de seu olho.

-Bem melhor.-Disse ela sorrindo.

-Ah! Que nojo, cara.-Falou Drako.-Bem, como eu ia dizendo, como assim? Que brincadeira é essa? Tá dizendo que a religião estudada por todos é uma mentira e...

-Não. Existe um Deus, um sujeito maior que todos os outros. E existem os deuses, no plural. Eles são os mesmos deuses gregos das antigas histórias, como a do Minotauro... Entendeu?-Explicava Leônidas.

-Ah, acho que sim, mas... Eu ainda não entendi direito. Por quê me revelar isso hoje, aqui, agora?-Perguntou Drako.
-Bem cara, era preciso. Digamos que... Você também é um semideus.

-Haha, muito boa essa piada.-Disse o garoto, incrédulo.-Nãop era, se não está... Falando sério, né?

-Sérissimo.-Falou Leônidas.

-Então, eu, um semideus?-Dizia ele.

-Sim.-Afirmou Leô.-Vou te explicar tudo no caminho, fica tranquilo.-Disse ele dando tapinhas nas costas do garoto.





A partir do próximo episódio vou usar narração em primeira pessoa. To muito acustumado @.@'
avatar
3DSFood
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/02/2011

Frase pessoal : e eu sei la porra


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por Lord Vader68 em Qui 20 Jun 2013 - 19:47

Daew food,beleza?
Gostei do cap,só acho que o dragão morreu muito rapido e meio que você não narro a batalha,só disse como termino
Bem,espero o proximo cap
Fui
avatar
Lord Vader68
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 06/10/2011

Frase pessoal : Se a vida te der um limão, jogue em alguem ;)


Ver perfil do usuário http://www.pokemonmythology.org/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por -Vans em Qua 26 Jun 2013 - 15:11

Bom esse epi eu vi erros ta

No começo vc usou "mais" no lugar de "mas" nesse seguinte trecho:
Errado: É, É, mais vamos lá, mantenha o foco.
Correto:É, É, mas vamos lá, mantenha o foco.

Mas erros são toleraveis, bom esse cap foi muito maneiro espero o próximo com muita vontade

Até
avatar
-Vans
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 13/10/2010

Frase pessoal : Comandantes falam, soldados obedecem


Ver perfil do usuário http://pokemonabw.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por 3DSFood em Ter 2 Jul 2013 - 11:21

Thanks pelos comentários. Começando a validar a narração em 1º pessoa...





Leônidas

O cachecol da morte


O carro freou violentamente. Fui lançado contra a poltrona da carona, mas me segurei no último instante.
-Estão todos bem?-Perguntei.
-Hmmm.-Gemia Drako.- Estou meio enjoado cara, quando vamos chegar?-Questionou ele.

-Já chegamos. –Disse Kensuke olhando a paisagem pela janela.

-Exato, vamos Drako, pode descer.-Falei removendo o cinto.

Todos nós descemos. Logo após o táxi acelerou e saiu em disparada. De repente o mesmo sumiu no horizonte.

-Certo... Bem vindo ao abrigo de todos os semideuses... O Acampamento Meio-Sangue!-Proclamei.-Esse é o meu local, o seu, o nosso local de segurança.-Ken fará um tour com você pelo acampamento... Tenho outros serviços para resolver.

-Ok!-Responderam os dois.

Assim me despedi e comecei a andar em direção a Casa Grande. Enquanto passeava, percebi que estava tudo diferente. A quadra de vôlei tinha usa rede queimada. Os semideuses mancavam de um lado ao outro, alguns fracos e outros com machucados. Por Poseidon, o que estava acontecendo ali? Os campistas pareciam assustados e nervosos ao mesmo tempo... Alguém tinha atacado o Acampamento. Mais, como? As fronteiras mágicas da árvore de Thalia deveriam proteger a todos de uma invasão.

Bati na porta da Casa Grande. Ela, por sua vez estava sem queimaduras e nem nenhum tipo de dano na estrutura.

-Leônidas!-Disse Quíron.- Graças a Zeus! Entre, rápido.

-O que aconteceu?-Perguntei ao velho centauro.-Está tudo saqueado aqui... O que houve?

-As profecias, meu jovem... Elas começaram... As defesas do acampamento vão ruir...

-E junto delas, todos devem partir.-Completei.-Em chamas tudo será exterminado, e quando os deuses perceberem, tudo terá... Acabado.

-Exato.-Disse Quíron.

-Mas... O que exatamente aconteceu?-Perguntei.

-Sofremos um ataque de dragões. Pelo que parece, o deus que controla os dragões está furioso com tudo e todos. Ele atacou o acampamento diversas vezes, e parece ainda ter sede de mais destruição! Você trouxe o menino?-Indagou o centauro.

-Drako? Sim. Mais não entendo no que ele será útil. Ele é só um semideus comum, como qualquer outro.-Expliquei.

-Não. Ele é um dos quatro escolhidos, de fato. Você já descobriu qual é seu pai, ou sua mãe.-Perguntou ele.

-Não. Ele não pode ser filho de nenhum dos três grandes, acredite. Afrodite...Não mesmo. Ares também não...-Comecei a pensar. Ele não era estrategista como um filho de Atena, não tinha uma boa mira, afinal, não tinha conseguido se defender das chamas do dragão, mesmo com um grande escudo... Descartando Apolo da lista.-Não sei, Quíron. Ele não tem nenhum talento perceptível.

Uma explosão pode ser ouvida lá fora.

-Não temos muito tempo... Os deuses mandaram evacuar o acampamento, e farei isto.-Disse o centauro.- Preciso que vá em uma missão junto de Drako e mais um semideus. Juntos vocês vão procurar Hefesto. Ele deve estar em Los Angeles.

-Tudo bem, tenho em mente quem levar... Adeus, e obrigado por tudo.

-Até, pequeno.-Se despediu Quíron.

Sai da Casa Grande e comecei a correr até os chalés. Três grandes dragões atacavam o acampamento. Um dragão Káskol, um dragão Savros e um dragão Dankána. Cheguei no local que eu queria, o chalé de Deméter.

-A Jade está ai? Preciso falar com ela!-Disse.

-Ela está batalhando com um dos dragões! Olhe lá!-Falou a menina apontando para sua irmã. Consegui enxergar ela, tentando acertar as costas do grande Káskol, sem sucesso.

Suspirei, incrédulo. Ótimo, mais uma vez aquela garota se achava forte o suficiente para derrotar um dragão sozinha. Saquei minha espada e corri em direção a grande besta.

Káskol é uma das espécies mais agressivas de dragão. Ele é grande, cerca de quatro a cinco metros. É bípede com suas duas pernas gigantes e seus braços medianos. Tem garras não muito afiadas. O que diferencia ele de um dragão comum talvez seja sua cabeleira em volta do pescoço. Aquele pelo branco sinistro parece ser inofensivo, mais é exatamente isto que a fera quer que os seus rivais pensem. Quando nervoso, toda sua pelugem se transforma em afiadas agulhas, finas e mortais. Ele as dispara todas juntas, um verdadeiro bombardeio.

Ela estava armada com sua foice. Ela era feita de um metal esverdeado, alguns desenhos de flores pela arma. Um pequeno botão na ponta do cabo, um mistério que ela nunca revelou a ninguém.  O dragão era muito alto para acertá-lo na cabeça, mais Jade não parecia ligar para isso.

Uma coisa que eu devo ensinar a todos os semideuses? Dragões só podem ser mortos se acertados no pescoço, já que sua pele é dura como o mais duro metal existente. Mais eles tem uma fragilidade especial naquela área da nuca. O problema talvez seja de que os espinhos mortais do dragão Káskol também ficam ali.
A menina me viu e no mesmo instante parou de atacar.

-O quê faz aqui? Posso acabar com isso sozinha!-Falou.

-Claro que pode.-Afirmei.-Mais eu não vou deixar que isso aconteça.-Segurei meu escudo com força. Comecei a escalar a fera, estava chegando em suas costas quando percebi que o dragão estava furioso e iria começar a atirar seus espinhos. Coloquei meu escudo na frente, se não teria ficado todo furado. Peguei minha espada e tentei rasgar o pescoço do monstro, que se contorceu para que eu erra-se o movimento. Bati com o escudo nas costas do dragão. Ele ficou ainda mais furioso. Senti que o mesmo estava tremendo. Percebi que Jade tinha feito com que espécies estranhas de plantas começassem a agarrar os pés da fera. Me concentrei e tentei golpear a nuca do monstro mais uma vez, sem sucesso. Cai de costas no chão por causa da falta de estabilidade em cima do réptil. Segurei sua cauda com força e comecei a puxar. O bicho ficou ainda mais raivoso e golpeou com mais espinhos. Me protegi com o escudo novamente. Jade golpeava as pernas daquela enorme fera sem parar. Depois de um tempo, sua simples foice constituída por metal começou a se abrir. Agora, alguns pedaços de sua couraça tinha caído, mostrando uma luminosa energia verde. Quanto mais ela batia, mais a foice se despedaçava. Eu percebi também que os ataques parecia começar a fazer efeito no dragão. Uma fumaça densa saia dos buracos. Aquela arma era definitivamente a mais estranha que eu já havia visto. Percebi que o dragão prendia sua atenção na garota, então comecei a subir nele novamente. Concentrei a força de minha espada. Gotas de chuva começaram a cair do céu, mais ao invés de atingir o chão, elas eram puxadas para a lâmina de minha arma. Golpeei o pescoço do bicho, que ficou inerte. Logo depois a chuva começou a cair mais rápido e mais forte, dessa vez em direção ao monstro, que começou a se desfazer em pó. A luta tinha acabado.

-Eu poderia ter vencido ele sozinho!-Dizia Jade.

-Eu já disse que com certeza pode, mais não quero esperar para ver. Vamos, tenho um favor a te pedir.-Cheguei mais perto da menina, que parecia trêmula.- Eu preciso fazer uma missão, e me falta apenas um integrante no grupo. O que acha de fazer parte dele?

-O Acampamento está sem defesas, tenho que ficar aqui para defender ele!-Exclamou ela.

-A missão é justamente para ajudar o acampamento. Temos que ir falar com Hefesto e pedir uma espécie de escudo de energia, afim de proteger o acampamento de mais ataques.

-Hm, nesse caso... Eu aceito!-Disse ela.

-Tudo bem. Me siga.-Falei.


Última edição por 3DSFood em Sab 6 Jul 2013 - 13:41, editado 1 vez(es)
avatar
3DSFood
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/02/2011

Frase pessoal : e eu sei la porra


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por Pokaabu em Ter 2 Jul 2013 - 12:27

 Olá Food, posso te chamar de food? Resolvi ler a sua fic pois parece ser divertida e não precisa de muito aprofundamento, não que isso seja ruim, tudo depende do contexto que você aplica.
 
Como hoje eu estou muito animado, vou comentar capítulo por capítulo.
 
Capítulo 1: Bom, esse prólogo ou capítulo serviu mais como uma introdução ao mundo de "PJ", eu não sei se a sua fic se passa depois de "PJ e os Olimpianos" ou "Os Heróis de Olimpo", mas tudo bem, vamos deixar em paralelo. Sobre esse capítulo, eu achei interessante, mas tiveram algumas coisas que me deixaram meio assim. Por exemplo, o pinheiro de Tália, como ele caiu se o velocino fica grudado nele e o artefato não permite isso? Não sei, achei isso meio estranho. Sobre a evacuação, tudo depende de para onde você vai levá-los, não sei se você sabe da existência do Acampamento Jupter, aí entramos novamente no caso de a fan fic ser pós  "PJ e os Olimpianos" ou "Os Heróis de Olimpo". Vamos ver como você vai trabalhar isso.
 
Alguns errinhos:
 
Muitos acreditam que acima das nuvens se encontra a paz... Quem lidera.

Eu acho, mesmo ficando meio confuso, que o certo seria Quem lhe dera...
 
-Não tem mais tempo.-Disse um homem que surgiu das sombras.

Não há mais tempo.
 
 
Capítulo 2: Well. Cara, eu adorei de verdade a apresentação do personagem, mas quando chegou na parte do dragão... Bom, como eu posso explicar? Como uma pessoa que nunca teve contato com monstros simplesmente fala: -Eu? Lutar? Eu peguei rank Pro no Wii em Boxe. Isso... Isso adianta? (Não, a piada não foi ruim, eu até ri, mas ficaria melhor se fosse usada como ironia), entende? Ele devia no mínimo rir da cara do garoto, pessoas normais não vêem dragões todos os dias.
 
Errithos:

Ele tem uma visa normal. Acorda, vai pra escola, volta pra escola, dorme...

Ele tem uma vida normal. Acorda, vai pra escola, volta da escola, dorme...

 
Capítulo 3: Bom 3ds, como antes, continuo achando que as coisas estão acontecendo muito rapidamente, vá com calma, apresente os personagens, interaja e brinque com eles, deixe o leitor pegar empatia, depois introduza o conflito.
 
Só vi um erro de MAS/MAIS, mas é sinônimo de porém e mais é antônimo de menos (à lá Mag)
 
Capítulo 4: Eu achei um bom capítulo, melhor que os outros, no mais, você só precisa trabalhar mais os sentimentos e as emoções dos personagens.
 
avatar
Pokaabu
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 02/07/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por X-Infernape em Ter 2 Jul 2013 - 22:52

Olá 3dsFood. Sua fic é interessante. Por adorar Percy Jackson, decidi lê-la. Venho a acompanhando desde o início, e agora decidi comentar. Em alguns caps tem alguns erros ortográficos, mas são bem poucos, mas sempre é bom prestas atenção nisso. Percebi que o Draco não foi descrito na história, não sabemos se ele é loiro, moreno, ruivo, com olhos castanhos, azuis, verdes, e isso fica um pouco ruim, pois não sabemos como ele é. A história já teve um começo, e agora eles já tem um objetivo, e estou ansioso,pois de acordo com o prólogo, teremos um titã na história, oque a tornará ainda melhor, mas eu acho que a história precisa se desenrolar melhor, digo, os personagens precisam se apresentar, mostrar sua personalidade, seu estilo, seu jeito se serem, como se fossem pessoas de verdade, e vc estivesse contando sobre algo que houve com vc e sua família. Eu tive essa impressão com a Jade, uma garota determinada a defender aquilo que ela ama, e orgulhosa, sempre querendo fazer isso sozinha. Quanto ao Draco, tivemos uma apresentação dele, vemos que ele é um garoto solitário, com uma vida supostamente normal, e que não gosta de Naruto, de Pokémon, de Dragon Ball Z, e de diversas coisas do oriente. Esses dois personagens que mostraram melhor a sua personalidade, e agora eu quero ver os dos outros, e espero poder ver isso com o desenvolvimento da fic. Não estou querendo dizer que está ruim, mas que pode melhorar. Não sei se disse exatamente oque eu queria dizer, mas é isso aí.. Não tenho muito oque dizer, apenas que vc fez um bom trabalho, e que espero que ele se torne cada vez melhor com o decorrer do tempo. Espero anciosamente pelo próximo cap, está muito boa a fic.

Ps: Se por acaso nesse coment eu falei hq no lugar de fic, me desculpe, é que estou mais acostumado a visitar a área de hqs fo fórum.
avatar
X-Infernape
Membro
Membro

Masculino Idade : 17
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 16/08/2012

Frase pessoal : Que venha logo o Sangue do Olimpo!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por laser queer em Qua 3 Jul 2013 - 10:30

Então, cara, tudo bem?

Eu curti o capítulo. Conseguiu traçar bem a personalidade da menina Jade e ainda mostrou que esse mano aí é bem fortinho também. Sinceramente, não acho que a sua narração em terceira pessoa estivesse menos melhor (desconsidere o erro), mas se acha que fica melhor assim, tudo bem, em primeira pessoa é bom também. Eu também gostei muito da sucessão de acontecimentos, acho que você daria um ótimo substituto do Rick Riordan caso ele morresse. -q
Agora, vamos aos erros. Ok, eles são poucos, mas estão, hm, atrapalhando um pouco (ok, estão atrapalhando bastante) a sua fic. Basicamente, você escreve rápido demais. A fic parece muito mais um roteiro de uma peça teatral do que uma fic. Tem falas demais, narração e explicações de menos. Se quiser transmitir a agonia, pressa, falta de tempo, etc., o faça, mas não deixe de narrar um pouco. Mesmo algo que acontece bem rápido tem como ser bem explicado, isso não vai fazer com que pareça que tal coisa tenha demorado um dia ou mais. Tente investir um pouco nisso.
Bom, o que eu queria dizer é só isso mesmo. Eu vi que você colocou quase dois parágrafos ali depois da fala sem separar nem nada, mas não vou falar sobre isso (cof, cof). Boa sorte com a fic e tudo mais, ela está muito boa. O:
avatar
laser queer
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 16/12/2011

Frase pessoal : Freeze? I'm a robot, not a refrigerator.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por Lord Vader68 em Dom 7 Jul 2013 - 22:40

Eai food.
Gostei do cap, mais como sempre ficou meio rapido demais.
Só achei um errinho: "A quadra de vôlei tinha usa rede queimada."
Acho que seria "A quadra de vôlei estava com a rede queimada."
Bom,espero o proximo cap
Ate
avatar
Lord Vader68
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 06/10/2011

Frase pessoal : Se a vida te der um limão, jogue em alguem ;)


Ver perfil do usuário http://www.pokemonmythology.org/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por -Vans em Ter 9 Jul 2013 - 13:32

Demorei um pouquinho (tomara que não esteja puto cmg)

Meu parça, esse cap foi legal pra caramba mais como ja havia comentado e o LV68 tbm, alguns caps que vc tem feito tem ficado rápidos e apertados (no sentido de espaço entre palavras).

Espero que melhore um pouco até o proximo

FLW
avatar
-Vans
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 13/10/2010

Frase pessoal : Comandantes falam, soldados obedecem


Ver perfil do usuário http://pokemonabw.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por Mag em Qua 10 Jul 2013 - 23:16

Ei Food, 3DS, tanto faz pra você? Enfim, eu demorei mais do que te disse por MP, mas vim. Estou com uns trabalhos meio urgentes pra fazer, sabe como é.

Vou fazer uma análise bem básica do enredo, já que to meio apressado. Eu li só o prólogo e a primeira parte do capítulo 1, então não espere grande coisa. Eu já imaginava desde que li o nome da fic a influencia de Percy Jackson, mas fiquei meio desapontado no primeiro capítulo quando você apresenta o protagonista. Veja bem, eu acho que li só os 3 primeiros capítulos de PJ, e isso já há uns bons 3 anos, mas o personagem - além, é claro, da situação que inicia a trama, ele na escola, etc. - que você descreve é praticamente idêntico à base da qual você se inspirou, embora você e o Riordan escrevam de forma bem diferente... -qq Falo isso especialmente pelo déficit de atenção que justifica os poderes do Percy e o do seu. Tipo, que fizesse assim também, mas colocasse altismo, aids, esquizofrenia, sei lá, algo mais criativo. Nesse quesito, e apenas nesse quesito, ficou ipsis litteris. Noutra parte do mesmo capítulo eu ri bastante do diálogo entre os personagens, quando o Draco é perguntado se sabe ou não lutar. Ficou legal, como eu disse, mas, sim, é verdade que você poderia ter 'humanizado' e aprofundado bem mais o encontro entre aqueles personagens.

Você me deixou interessado no prólogo, isso eu admito. Certo que você não precisava usar CAPS LOCK nas falas, já que a narrativa serve exatamente pra dizer a forma como os personagens falam (se manso, se gritando, se sussurrando, etc., então é desnecessário o caps lock). Mas, afora isso, eu fiquei meio intrigado especialmente com o Hades, ele não é o comum descrito nas lendas e tal. Tem algo acontecendo aí...

Com relação aos erros, eu deixo para os outros que já comentaram, eles fizeram um bom trabalho, acredite, haha. Nos capítulos que li, vi que você trocou bastante o que deveria ser " , " por " ; ", não tá dando um espaço entre o texto e os " - " que separam a fala, etc. São erros bobinhos e fáceis de concertar.

Deixa eu pensar o que posso dizer além disso... sinceramente não sei, eu precisaria continuar a ler. Talvez eu volte aqui quando estiver mais relaxado, mas por agora realmente não posso.

Se der certo, até a próxima, cara! Boa sorte com tua fic.
Abraço.


Black: Fanfic trancada por inatividade. Caso queira reabri-la mande uma MP a qualquer FFM.
avatar
Mag
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/07/2009

Frase pessoal : Big Mac em Tebas


Ver perfil do usuário http://instintodeler.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Olimpo - #RUÍNA

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum