Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Mass Effect X

Ir em baixo

Mass Effect X

Mensagem por Aephus em Seg 4 Mar 2013 - 12:01

Taí pessoal, o crossover que eu estava planejando nesses dias. Como vocês podem ver na capa do livro, será a inclusão de Megaman X no universo Mass Effect. É ideia que ganhei depois de um gameplay nostálgico da série X e resolvi tentar para ver no que dava. Devo confessar que seria ótimo ter um personagem como ele no Mass Effect, participando da história como se vivesse ali. Pena que a Bioware não faz crossovers de games, né?

ATENÇÃO: RECOMENDA-SE TER CIÊNCIA DO QUE ACONTECE NA HISTÓRIA DENTRO DO JOGO. ALÉM DISSO, USAREI VÁRIOS TERMOS TÉCNICOS DURANTE DELA, ENTÃO ENTENDIMENTO DE FÍSICA PODE SER NECESSÁRIO!

Capa do Livro abaixo:


https://redcdn.net/ihimg/photo/my-images/12/livro2.jpg/

Personagens:


Comandante Shepard. Nascido em naves, serviu o exército terráqueo aos 18 anos. Logo depois, recebeu o título de Herói de Guerra quando ajudou a bloquear um ataque escravista dos batarianos na colônia de Elysium.


Megaman X.


Garrus Vakarian. Ex-policial investigador da rede de segurança C-Sec na Cidadela. Atualmente, na equipe de Shepard.


Tali'Zorah nar Rayya. Uma quariana expert em engenharia de espaçonaves em processo de Peregrinação. Atualmente, na equipe de Shepard.

Legendas:

- Ei! -> Fala Normal
- Ei! -> Comunicador Interno da Normandy


Capítulo 1 - A Descoberta de X


Sistema Grissom, Nebula Armstrong
7 de maio de 2183

Registro Pessoal de Comandante John Shepard, oficial comandante da SSV-Normandy SR-1. Local atual: Sistema Grissom na Nebula Armstrong


“Registro da data 07/05/83. Já faz 3 dias que fui condecorado como o primeiro Spectre humano da Cidadela e enviado para minha primeira missão como líder de uma expedição para capturar um traidor muito perigoso. O nome dele é Saren Arterius, um turiano ex-Spectre que atacou a colônia humana de Eden Prime quase a aniquilando com ogivas nucleares. Além disso, ele se aliou a uma raça de sintéticos chamados de Geth que exilaram seus próprios criadores, os quarianos, de seu planeta natal. É uma aliança bem letal e não sabemos o que realmente intendem, mas de uma coisa tenho certeza, tem a ver com minhas visões e o artefato protheano que achamos na colônia.
Por agora, fui enviado para Solcrum em missão de extrair um pacote ultra-secreto que a Aliança quer que eu use na expedição. O Almirante Hackett não me deu informações mais profundas, apenas que era uma missão de extrair e levar. Ele prometeu dar todas as respostas que eu tivesse após completar os objetivos. Mas, algo me dizia que minha vida iria mudar totalmente depois disso, como já mudou depois que consegui essas visões. Não, isso vai ser diferente. Tenho certeza.


Fim de Registro Pessoal.”



John desativou seu terminal holográfico e se sentou em sua cama no seu quarto dentro da Normandy. Vestindo sua roupa normal da tripulação, ele pensou na sua imnente missão. O únco detalhe que ele tinha era que o pacote estava em uma base altamente fortificada da Aliança, o que já dizia que o alvo era de extrema importância.Hackett também disse que era de confiança e podia ativá-lo assim que estivesse seguro. Mas o que era isso tudo? Para que todo esse segredo? Eram as perguntas que atormentavam a cabeça do comandante.

- Comandante?

- Pode falar, Joker. – Jeff “Joker” Moreau era o piloto da Normandy e era o melhor que se podia encontrar em toda a Aliança, o que o ajudou a ser selecionado para ser o da nave já que era uma novidade tecnológica em relação às outras da Aliança. A Normandy era uma mistura de construção humana e turiana em esforço de dissipar as tensões ainda expostas da Guerra do Primeiro Contato. Ela apresentava um novo sistema de camuflagem espacial que estoca todo o calor produzido nas operações básicas de pilotagem em uma forma de não ser detectada por outras naves, já que os sensores são baseados em fontes de calor. O exótico motor Tantalus, ao contrário de outros que são de emissão calorífica, já ajuda pelo fato de apenas emitir elemento zero. Por isso tudo, a Normandy é perfeita para missões de reconhecimento de discrição e também para operações rápidas de “Atacar e Correr”.

- Nós chegamos na atmosfera de Solcrum. Tempo estimado de chegada na base é de 15 minutos, então é melhor se preparar para o que vem pela frente.

- Desde quando você se tornou minha babá? – Shepard brincou. Ao contrário de muitos oficiais, ele gostava de manter um ar sem tensões na nave. Gostava de tratar todos da tripulação com igualdade e isso valia também para seus novos ajudantes alienígenas. Contanto que eles respeitassem sua autoridade, não teria nenhum problema em ter conversas informais.

- Só fazendo meu trabalho de ser também seu conselheiro tático pré-liminar. De qualquer maneira, a base já mandou suas saudações e nos direcionou para atracar na Doca-2 a oeste dela.

- Entendido. Diga para Garrus e Tali se aprontarem. Vou chegar no Convés-3 em alguns minutos.

- É pra já. Vou mandar a mensagem para o Convés-3.

Com isso, a voz de Joker sumiu dos dispositvos de aúdio dentro de sua cabine. Shepard se levantou e saiu. O quarto dele ficava no Convés-2, logo em frente ao refeitório e em frente à enfermaria. Seu armário de armas e armaduras ficava por aquela área. Como soldado tático e um expert em combates de precisão, ele guardava uma sniper M-92 Mantis e uma pistola M-6 Carnifex. A armadura era a sua usual, a leve que o programa N7 lhe deu quando foi graduado.

Rapidamente, vestiu a armadura e colocou a sniper compactada nas costas e a pistola na cintura direita. Com tudo pronto, ele se dirigiu ao elevador que levava ao convés inferior.

........................................................

Quando desceu, encontrou Garrus eTali armados e prontos. Assim que chegou perto deles, fizeram continência.

- Comandante. – Os dois o saudaram.

- À vontade, pessoal. – Garrus Vakarian é um turiano que serviu na Divisão de Investigação na organização de segurança da Cidadela, C-Sec. Como a maioria da sua espécie, ele começou seu treinamento militar aos 15 anos, mas, mais tarde, decidiu seguir os passos do pai ao se tornar um oficial C-Sec. Ele foi o responsável pela investigação de Saren Arterius quando o mesmo foi declarado traidor do Conselho. Embora a investigação não lhe desse frutos, decidiu desafiar as ordens do Executor Pallin e buscar mais pistas por conta própria. Em uma delas, encontrou Shepard e sua equipe que tinham o mesmo objetivo e então, uniram forças. Depois de conseguir a evidência e apresentá-la ao Conselho, ele se juntou na caça a Saren.

Já Tali’Zorah nar Rayya, é uma quariana que Shepard e Garrus encontraram enquanto investigavam relatórios de que era a pessoa que tinha a evidência contrar Saren. Sabendo disso, Tali tentou conseguir refúgio na Cidadela e, desesperadamente, tentou fazer negócios pessoalmente com o Shadow Broker, o que era praticamente impossível já que ninguém sabia quem ele era ou onde ele estava. Mais tarde, ela se encontrou com os dois que precisavam da evidência e também se juntou à equipe quando Shepard foi escolhido para caçar Saren Arterius. Tali é uma excelente engenheira, sendo uma qualidade notável em qualquer quariano, especializada em naves espacias, mas também mostra ser uma guerreira formidável no campo de batalha. O único problema nisso é o sistema imunológico fraco, característico da espécie, o que explica a vestimenta selada dela.

- Comandante, ouvi dizer que essa missão é de extração de um pacote secreto da Aliança. Eles disseram algo a mais sobre o que é? – Garrus perguntou curioso enquanto se alinhava a Shepard e Tali na comporta do convés.

- Hackett não falou nada a respeito, mas disse que a base é altamente fortificada e que o pacote é algo que vai nos ajudar contra Saren. Só por isso, dá para perceber que é algo poderoso. – Shepard tentou explicar, mas sabia que as informações era muito vagas.

- Será que é uma arma? Ou um veículo? – Tali começou a deduzir.

Garrus começou a rir. - Oooohh, tenho certeza que é um veículo. Porque colocar uma base fortificada no meio do nada sem a presença do Conselho só para construir armas mais eficientes é muito pouco. A menos que seja algo que o Conselho considere como ilegal.

- É muito provável. Esse sistema fica muito perto dos Sistemas de Terminus e a Cidadela evita pôr jurisdição na Travessa Aticana para que não cause uma guerra em massa. Tem que ser uma coisa que não pode ser vista pelo Conselho. – Shepard deduziu.

- Tipo Inteligência Artificial? – Tali perguntou desconfiada. Os quarianos detestavam qualquer coisa que tivesse relação a essa categoria. Eles ainda concentram o ódio carregado por seus ancestrais que foram, e ainda são, forçados a migrar de região a região na galáxia na Frota Migrante.

De repente, a voz de Joker apareceu no convés. – Comandante, um minuto para docar. Eu espero que vocês estejam levando botas anti-calor porque a superfície está fervendo!

- Não se preocupe, Joker. Está tudo resolvido. – Shepard assegurou. Sorte que ele tinha feito um reconhecimento pré-liminar antes de ir no planeta.

- Já que você diz então. O coronel Michael James vai estar aguardando no local. – E com isso, ele desligou o comunicador interno da nave.

- Entendido. Bem, acho que esse coronel pode responder nossas perguntas. – Shepard disse enquanto esperava a comporta da nave abrir.

..............................

Solcrum é a maior lua do gigante gasoso Notanban. Tem uma atmosfera com traços de criptônio e xenônio. A crosta é composta de vários metais com depósitos de sódio. Tal como acontece com todos os corpos do sistema solar, a superfície é muito quente e completamente irradiada pela gigante azul Grissom, chegando até a 351°C. As características mais notáveis do planeta é que período de rotação e de translação são quase que iguais, com os dois apresentando um volta completa a cada 0,6 anos.

E ainda com isso tudo, Shepard não podia deixar de se decepcionar. Quando colocou os olhos para fora da nave, ele esperava ver uma fortaleza que com dezenas de soldados e tanques. Mas, apenas via um pequeno prédio que fortificado apenas por torres de reconhecimento e muros.

- Eu esperava mais desse lugar. – Garrus comentou ao seu lado. O turiano tinha tirado as palavras dele.

- Ah, mas a base não se resume a apenas o que vocês estão vendo. – Eles se viraram e viram um homem em armadura e capacete azul com o distintivo da Aliança.

- Coronel James, eu presumo? – Shepard perguntou.

- Exato, Comandante. Sejam bem-vindos à Base X!

- Então coronel, é verdade que a existência dessa base é secreta? – Shepard continuou.

- Isso. A Aliança construiu a Base X em segredo para guardar e proteger um poderoso artefato do Século 21. Vamos andando enquanto conversamos. – O coronel os direcionou até a entrada do prédio.

- E que artefato seria? – Garrus perguntou curioso.

O coronel sorriu atrás de seu capacete. Agora vinha a surpresa. – Vocês estão familiarizados com a Guerra Robô que aconteceu na Terra no Século 21?

Shepard sabia instantaneamente onde o coronel queria chegar. A Guerra Robô foi um conflito entre dois grandes cientistas e suas criações que durou . Na época, um deles tinha a intenção de dominar o mundo e esse era chamado de Dr. Albert W. Wily. Wily criava robôs militares humanóides para colocar medo na população e subjugá-la sobre seu poder, mas isso não demorou muito tempo até que um velho amigo seu chamado Dr. Thomas Light decidiu modificar seu robô humanóide assistente chamado Mega em uma máquina de batalha incomparável. Assim, nasceu Megaman.

Light enviou Megaman para lutar contra as forças de Wily. Armado com seu canhão de plasma e com a assistência de seu cão robótico Rush, Megaman destruiu, um por um, todos que ameaçassem a paz reinante no planeta. Eventualmente, Megaman foi capaz de acabar com a fortaleza de Wily. Mas, a batalha contra o próprio doutor o deixou muito danificado. Ele parou de funcionar assim que voltou para Dr. Light. Muitos acreditam que Light não pôde reconstruí-lo por falta de fundos para novas partes robóticas.
Desde então, Megaman e Rush estão expostos no Museu da Robótica no Japão, onde aconteceu tudo.

- Todos os humanos sabem, coronel. É algo que vai ficar na mente de muitos por anos. – Shepard respondeu.

- Já ouvi falar disso enquanto trabalhava na C-Sec. – Garrus simplesmente disse.

- Já ouvi falar também em minhas viagens. – Tali adicionou.

- Muito bem, mas o que vocês não sabem é que a última invenção do Dr. Thomas Light ainda existe. – O coronel explicou, ganhando a atenção dos três visitantes. – Por algum motivo, ele a mandou para o espaço antes de seus momentos finais e gravou um vídeo explicando tudo sobre projeto. Aqui está. – O coronel entregou um OSD (painel holográfico, tipo IPad) e reproduziu o vídeo.

Nele, mostrava um homem velho em seus aproximados 75 anos. Ele tinha cabelos brancos e barba enorme da mesma cor. Vestia uma roupa usual de laboratório, também sendo aparentemente o lugar onde estava.


Registro de Vídeo de 27/10/2086


X é o primeiro de uma nova geração de robôs que contêm uma característica inovadora - a capacidade de pensar, sentir e tomar suas próprias decisões. No entanto, essa capacidade pode ser muito perigosa. Se X for quebrar a primeira regra da Robótica, "Um robô nunca deve machucar um ser humano", os resultados seriam desastrosos e temo que nenhuma força na Terra poderá detê-lo.

Aproximadamente, 30 anos serão necessários antes que possamos com segurança confirmar sua confiabilidade. Infelizmente, eu não vou viver para ver esse dia, nem tenho ninguém para continuar o meu trabalho. Portanto, eu decidi selá-lo nesta cápsula, que vai testar seus sistemas internos até sua confiabilidade foi confirmada. Por favor, não perturbe a cápsula até esse tempo chegar!

X possui grandes riscos, bem como grandes possibilidades. Eu só posso esperar o melhor.

Ah, também outra coisa que eu esqueci de dizer. Junto com X, enviei para o espaço de alguns equipamentos que irá ajudá-lo se ele optar por lutar por um bem maior. Se você alguma vez encontrá-los, por favor, dê-lhes a X para que ele possa fazer bom uso deles.


Fim de Registro de Vídeo



Com isso, a reprodução do vídeo estava completa. O coronel olhou para os visitantes, esperando uma reação de fazer rir deles. Mas, somente Shepard ficou com a evidência de surpresa em seu rosto. Quanto aos outros, era quase impossível decifrar quando um turiano estava sorrindo ou surpreso e imagine um quariano com aquele capacete que bloqueava toda textura facial.

- Se ao menos meus ancestrais tivessem aplicado uma medida preventiva como essa, talvez ainda estaríamos em nosso planeta natal. – Tali suspirou tristemente.

- Então quer dizer que você pode confiar em X, senhorita Tali? – James perguntou.

- Eu não confio em IAs, mas se o doutor estiver certo, então acho que posso fazer uma exceção. Além disso, estou intrigada em saber mais como os humanos nos superam na robótica. Sem querer ofender.

- Muito bem então. Me acompanhem até o subterrâneo. – O coronel os direcionou até um elevador dentro do prédio.

Enquanto desciam, ele explicava as operações. – O subterrâneo concentra a maior parte da guarnição. Apenas os melhores soldados da Alianças são alistados para proteger essa base e por isso, é nosso protocolo de fazer inspeções por todos os corredores para ter acesso às dependências. Temo três setores: um refeitório, o quartel onde os soldados dormem e o armazém onde a cápsula de X está sendo mantida. Apenas eu e meu segundo-em-comando têm acesso.

Como ele havia dito, os quatro tiveram que passar por várias irritantes inspeções de armas e de DNA para entrar na sala. Mas enfim, chegaram ao destino final.

- Bem, aqui está ele. – James apontou para a cápsula. Era grande e tinha forma cilíndrica. E dentro do vidro, estava X. O robô vestia uma armadura azul que protegia as pernas, a pélvis, o tórax, os braços e a cabeça com um capacete também azul com um diamante vermelho incrustado acima da testa. Estava imóvel e com olhos fechados, inconsciente ao que acontecia ao seu redor.

- Parece muito com seu antecessor. – Shepard comentou enquanto olhava de perto.

- Isso. X herdou algumas das características que Megaman tinha, seu design como exemplo. Mas não se engane. Ele é bem mais poderoso como Light avisou no vídeo. – James explicou.

- Acha que devemos ativá-lo, Comandante? – Garrus sussurrou para Shepard.

- E o que você acha? – Shepard respondeu.

- Bem, se Almirante Hackett confia nele, então acredito que valha a pena tentar. Mas, as possibilidades do que possa vir depois me... deixam nervoso. – As mandíbulas dele abriram um pouco a cada palavra. Era de se esperar que as civilizações da Cidadela tivessem medo de IAs depois do que aconteceu com os quarianos. Mas, Shepard sabia que ele poderia ajudar muito na expedição contra Saren e confiava nas palavras de Dr. Thomas Light.

- Só tem um jeito de saber se ele é o que doutor promete. Garrus, Tali, estabeleçam um perímetro defensivo atrás das caixas perto da porta dessa sala. E fiquem prontas e miradas em X caso ele tente algo. – Shepard ordenou. Eles não hesitaram e obedeceram. – Coronel, vou ativá-lo agora.

- Muito bem, Comandante. Ele é todo seu. – E com isso, se afastou também.

Olhando para o console da cápsula, Shepard apertou o botão de abrir. Devagarmente, o cilindro de vidro começou a descer e liberar uma névoa branca pela sala. Segundos depois, um único dedo branco enluvado se mexe, com as narinas dilatando e se contorcendo enquanto respirava. Lentamente, dois olhos verdes se abrem pela primeira vez, e fica de postura hereta, examinando a sala com seus olhos afiados e claros antes de sair da cápsula.

Botas azuis batem contra o chão, com ombros rolando para trás enquanto ele respirava fundo e bocejava.

Vendo o robõ estava plenamente “acordado”, ele tentou o primeiro contato. – Olá, X. Sou o Comandante John Shepard da Aliança de Sistemas e Spectre do Conselho da Cidadela. – Ele levanta a mão, oferecendo um aperto de mão.

X alegremente aceita. – Prazer, Comandante. Como o senhor já deve saber, sou Megaman X, a última criação de meu pai Thomas Light. – Ele então examina de novo a sala e percebe duas criaturas atrás de caixas, apontando armas. – Se não for rude da minha parte perguntar, em que ano estamos?

.................................................................

Outros personagens ainda serão mostrados na ala de Personagens no próximo capítulo!


Última edição por Aephus em Qua 6 Mar 2013 - 8:08, editado 1 vez(es)
avatar
Aephus
Membro
Membro

Masculino Idade : 25
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 21/02/2013

Frase pessoal : Not sure if just trolling or making me a fool...


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mass Effect X

Mensagem por Nivans em Ter 5 Mar 2013 - 21:39

Aephus! o/

Achei essa sua fic muito boa e pretendo acompanhar. Lembro de ter jogado todos os jogos Megaman X, até o X8 e sempre gostei muito. Sobre ME, outro título que venho jogando recentemente... Gostaria mesmo de ver o que vai sair daí. Estou curioso para ver o que vem dessa coisa toda.

Sobre escrita, a sua não deixa a desejar em nada. Mantém um estilo de narração agradável e muito boa em termos de descrição. Organização e outras coisas também estão ok, já que não notei quaisquer erros que pudessem atrapalhar.

Enfim... Acho essa ideia de crossover entre esses dois títulos, embora inusitada, interessante. Até por se tratarem de dois games que eu gosto, prendeu minha atenção.



Black: Fanfic trancada por inatividade. Caso queira reabri-la, mande uma MP a qualquer FFM.

Nivans
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/11/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum