Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

The Legend of Zelda Darkness Sword

Ir em baixo

The Legend of Zelda Darkness Sword

Mensagem por ~Dark em Ter 12 Fev 2013 - 15:21

Bem, primeiramente essa é minha primeira fanfic, por isso pode conter erros ortográficos, história mal-contada e etc. A fanfic será entregue a cada semana se tudo der certo.
Bom aí está o prólogo:

~Prólogo

Um garoto de olhos dourados invadira meu sonho, lembrava ao grande herói das lendas com seus cabelos dourados e vestes verdes, porém os olhos estragavam sua imagem, olhos grandes e dourados, mas não era um dourado bonito como seu cabelo, era um dourado fosco e meio acinzentado como o da areia. De alguma forma eu sabia o seu nome, Hirouke, porém seu sobrenome ainda não havia me aparecido.
- Ora, ora, se não é o irmão mais novo do heróizinho. - falou uma voz grossa e constante ao fundo- Você tem muita sorte garoto por não ser esse tal herói, senão não teria poupado a sua vida.
- O que você quer? Meu irmão? Dinheiro? Eu sinceramente não ligo para essas coisas, porém não vou lhe perdoar o que fez com eles. - e ele apontou para mim, o que eu não entendi, olhei mais para o fundo e vi. Estávamos em uma casa feita de madeira, as janelas fechadas com tabuas como se os moravam ali queriam se proteger de algo terrível. O piso estava decorado com vários móveis quebrados e um corpo, o corpo de uma mulher aos seus quarenta e poucos anos, morta. Tentei mover minha cabeça para ver a figura com quem o garoto estava falando, porém meus músculos estavam rígidos, nem mesmo meus olhos eu conseguia mover. – Não irei lhe dar nada que você quer por causa disso.
A figura se aproximou, seu físico era fantástico, seu bíceps tríceps e sei lá mais quantos ps apareciam debaixo da capa negra que cobria de seus pés á sua cabeça, uma espada negra de um metro que devia pesar um tonelada em uma de suas mãos que mais pareciam garras gigantes. Porém a parte de seu rosto que aparecia na penumbra também era negra, um preto brilhante que mais parecia formado por escamas, o cabelo do homem era a luz que brilhava em seu rosto, na verdade era a única luz na casa, porque no lugar onde devia estar seu cabelo chamas tremeluziam.
- Parece que eles não eram de nada mesmo. Veja, - E me deu um chute no estomago, a dor que deveria vir não chegou, o chute apenas me virou de lado, o que me deu uma visão melhor do rosto do homem, seus olhos eram orbitas vazias com uma luz amarelada ao fundo. Pela primeira vez havia percebido que estava deitado. – seu pai era apenas um fracote que se passava por herói.
Seu pai? Agora caiu a ficha, eu era o pai do garoto, ou melhor, eu estava no corpo do pai do garoto e esse tal homem matou o pai e a mãe do garoto.
- Não ouse falar dele! – Hirouke se virou pela primeira vez para encará-lo – Ele foi um homem muito melhor do que você! – O garoto desembainhou sua espada e foi direto para cima do homem, que por sua vez bloqueou o ataque e desferiu um corte em Hirouke, mas não foi o garoto que desmoronou, foi ele.
E com isso acordei com um pulo
avatar
~Dark
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 13/10/2011

Frase pessoal : Hey sir


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Legend of Zelda Darkness Sword

Mensagem por Detcher em Ter 12 Fev 2013 - 21:14

Oyasumi! ~

Gostei, uma Fanfic de Zelda! (~le personagem principal se chama Zelda Link) Eu vi alguns erros, como a palavra "Tábuas" sem o acento, algumas vírgulas faltando, apesar de você mesmo decidir quando e como usá-las, mas é melhor colocar em alguns pontos, como "Você tem muita sorte garoto por não ser esse tal herói, senão não teria poupado a sua vida." - uma vírgula ficaria legal no trecho "[...] garoto, por não ser [...]" e também em "[...] senão, não teria [...]".
Mas quanto ao resto, eu gostei. Achei meio confusa a parte do garoto ser o filho do pai em que ele está no corpo (masoq?).
Continue com sua fic! E boa sorte!
avatar
Detcher
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/05/2011

Frase pessoal : daora a vida.


Ver perfil do usuário http://atsushisbar.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Legend of Zelda Darkness Sword

Mensagem por Fugushi em Ter 12 Fev 2013 - 22:31

Finalmente uma Fic da minha Franquia preferida da Nintendo (já que o Zeroan parou de fazer a dele). O Prólogo está com alguns erros básicos, como a falta de virgulas e a falta de alguns acentos. Eu achei meio sem sentido a parte final que o menino é filho do pai, mas ele está no corpo !? E homem com cabelos de fogo seria o Demise né?
Então boa sorte e continue com a Fic.

Fugushi
Usuário Banido
Usuário Banido

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/10/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Legend of Zelda Darkness Sword

Mensagem por Colt em Qui 14 Fev 2013 - 13:36

*-* Zelda é uma das minhas franquias favoritas da nintendo e eu fico realmente feliz por alguém ter feito uma Fanfic sobre isso. Não vi muitos erros, a não ser pelo fato de eu achar que está com uma organização ruim e isso atrapalha um pouco a leitura, tente separar mais os parágrafos e os diálogos com mais espaços, linhas. A história em si está boa. A espera de novos capítulos. Eu ia comentar ontem a noite, mas minha internet caiu na hora ¬¬, enfim boa sorte ai.
avatar
Colt
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 19/03/2012

Frase pessoal : ba dum tss


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Legend of Zelda Darkness Sword

Mensagem por ~Dark em Qui 21 Fev 2013 - 17:24

Obrigado pelos comentários Detcher, Fugushi e Colt, sobre a dúvida do final confuso, o personagem principal (que para infelicidade de todos não se chamará Link) está no corpo do pai do garoto, que por sua vez fora morto por Demise e logo vocês vão saber o porque disso. Mas chega de falar sobre o final confuso, vamos ao capitulo da semana.
______________________________________________________
Capitulo 1: The Hylian Knights

-Akira! O que houve? Acorde! – Abri meus olhos. – Graças aos deuses, Akira, o que houve?

Estava olhando para meu irmão de criação, Hisagi, que possuía certo zelo por mim por causa da morte dos nossos pais. Na verdade ele é meu primo e seus pais foram assassinados logo depois dos meus. Eles devem ter assassinados todos os nossos pais porque éramos da mesma “família nojenta”.

-Nada, Hisagi, não houve nada, apenas um sonho ruim, só.

Ele me lançou um olhar de desconfiança.

- Deve ter sido bem ruim para você ter berrado tanto.

Lembrei do rosto daquele homem, pele cheia de escamas, luz amarela brilhante ao invés de olhos nas órbitas escuras e cabelos de fogo. Só de pensar em sua imagem me dava um arrepio. Porém também pensei no por que de eu estar no corpo de um homem adulto com o qual o garoto se referia por pai. Por quê?

- Anda, vista-se logo ou vai chegar atrasado para o teste.

O teste. Era hoje. O teste para ser um cavaleiro Hylian, o teste para qual eu treinara e estudara a vida toda, era hoje.

- Hisagi, foi difícil o teste para você? – Parecia uma pergunta boba, mas estava com medo de ter perdido todo esse tempo para acabar fracassando na frente de meu meio irmão.

- Ora, nós somos diferentes, Akira, mesmo que fosse fácil para mim, poderia não ser fácil para você. – Ele era cheio dessas frases que serviam apenas para me desanimar, mas sabia que se o forçasse a falar ele iria começar a chorar, ele realmente é muito sensível ao que aconteceu no passado com seus pais – Agora vista-se logo, Akira.

Hisagi desceu de nosso pequeno quarto e foi para a cozinha do capitão do segundo esquadrão, Junichi Hirakawa, que por sua vez era chefe de Hisagi. Morávamos ali porque não tínhamos uma casa, propriamente dita, e ele conseguiu nos arranjar um quarto para nós, o que é agora proibido na cidadezinha de Hyrule. Ele era um sujeito legal, bastante sábio e muitas vezes ele contava as lendas do grande herói do tempo e que talvez seu descendente estivesse ainda vivo e que poderia ser cada um de nós, o que eu duvidava muito, pois em suas descrições nas lendas ele era dito como alto, de cabelos loiros e grandes olhos azuis brilhantes, e eu e Hisagi tínhamos cabelos castanhos escuros e éramos um tanto baixinhos. A única em que nos encaixávamos era a dos olhos azuis brilhantes, marca registrada dos Houkei.

Vesti minha túnica cerimonial verde e desci as escadas de encontro com nossa cozinha que possuía apenas uma pequena mesa, um fogão a lenha e uma porta para o quarto de Junichi.

Junichi e Hisagi estavam sentados à pequena mesa no meio da cozinha, os dois usando suas túnicas cerimoniais dos cavaleiros Hylian, ambas douradas com um “H” no peito, a de Junichi tinha o distintivo de capitão, que era basicamente três triângulos (triforça) e um H todo incrementado no meio deles.

Junichi era um homem alto de cabelos loiros e olhos azuis atrás de seus óculos retangulares, mas hoje como estava sem os óculos hoje, pude ver bem os seus olhos, um dourado meio acinzentado como areia, como os do garoto de meu sonho. Alguma coisa estava extremamente errada.

Hisagi murmurou alguma coisa inaudível para Junichi assim que cheguei e com essa fala ele colocou seus óculos e olhou pra mim, agora, com seus olhos azuis de novo.

- Ora, parece que você já se vestiu. Sente-se, por favor. – o tom que ele usou ao dizer ”por favor” me dava a impressão de que eu seria treinado para um jantar formal, o que não era nada bom – Akira, hoje como você já sabe ou acabou de descobrir hoje é o dia de seu teste para se tornar um cavaleiro Hylian, então quero que saiba que apenas esperarei o melhor de você. Entendeu?

- Claro, senhor Junichi, e-eu não vou fracassar! – Tentei expressar o máximo de confiança possível, o que não me deu uma esperança tão boa.

- É assim que se fala, criança! Agora, se você fracassar, vou me decepcionar muito com você, pois após todo o treinamento que tivemos com você não poderei acreditar que fracassastes. – Ele me deixava ainda mais deprimido do que já tava.

- Eu já disse senhor, não irei fracassar.

Após isso, começamos a comer em silêncio até Hisagi o quebrar:

- Sabe, Akira, eu acredito que você conseguirá, acredito que você se juntará a nós e se tornará um grande cavaleiro Hylian, que nem o seu pai. – Com esse comentário pude perceber o quanto a minha cara estava horrível.

- Não se preocupe – Tentei abrir meu rosto em um sorriso – Vai dar tudo certo, tenho certeza!

Mais alguns minutos de silêncio se passaram até que Junichi se levantou e disse:

- Iremos então, Hisagi, pegue as minhas coisas e, Akira, cuidado com a terceira prova, confie nos outros dois.

- O que o senhor quer dizer com isso?

-Você irá entender.

E os dois se foram, me deixando sozinho na pequena cozinha.

Após uma hora pensando sobre o que Junichi disse, finalmente o relógio na parede bate dez horas e saio pela porta marrom desbotada em direção à rua.

“A rua” não era muito bem uma bela descrição do lugar, o lugar onde nossa casa se encontrava era na primeira muralha do castelo de Hyrule. Junichi nos havia contado que o capitão do primeiro esquadrão disponibilizava uma casa para o novo capitão de cada esquadrão fazer a vigia das muralhas, só que a casa era uma minúscula construção de pedra com um uma cozinha, um quarto e um banheiro (o segundo andar fora construído recentemente), Junichi recusou na hora, disse que isso era apenas para expulsa-lo do centro da cidade e que a primeira muralha nunca fora protegida há séculos, com raiva o capitão do primeiro esquadrão fora até o rei e contatou a ele que o novo capitão não aceitou a casa que eles lhe ofereceram e como troco soltou um moblin para destruir a casa onde ele morava.

- Eu tenho certeza de que fora ele quem soltara o moblin, quem mais poderia fazer uma baixaria dessas? – Dizia Junichi expressando seu ódio pelo rei.

Enfim, segui pela estradinha que levava ao centro da cidadezinha, por sorte, com meu conhecimento de atalhos para levar à cidade, cheguei lá em meia hora.

A Arena, onde ocorriam os treinamentos e as cerimônias para ser um cavaleiro Hylian, era uma construção baixa de pedras aberta ao ar livre com grandes arquibancadas para o publico. Ficava no lado oeste da cidadezinha, bem longe das duas primeiras muralhas e perto da terceira, onde ficava o castelo.

Passei pelo portal de entrada a caminho de outro portal que levava à arena, porém uma voz me parou no caminho:

- Ora, ora, se não é o garotinho Houkei! Pensei que não deixassem gentinha como você entrar para um dos cavaleiros Hylian. Aposto que foi o idiota daquele Junichi que conseguiu um lugar para você não foi? – Hakuryuu Dragmire, o filho primogênito do rei de Hyrule que infelizmente treinava na mesma classe que eu e tinha tudo para ser do primeiro esquadrão, arrogância e dinheiro. – Você será um fracassado como o seu pai, eu tenho certeza.

Hakuryuu me fuzilou com seus olhos amarelados. Ele tinha cabelos castanhos e sobrancelhas finas e pequenas, bem diferente de seu pai que tinha cabelos ruivos e sobrancelhas enormes, mas o físico deles era igual, altos e musculosos.

- Melhor ter um pai que lutou com bravura até o fim, do que um que foi rei apenas porque era a pessoa mais ligada à antiga família real. Ele é apenas um fracote que menospreza os mais pobres que ele.

- Seu fracassado metido, espere até o teste, você acabou pedir a sua própria morte. – E saiu pelo portal a encontro da arena, fazendo questão de esbarrar em mim.

- Não liga pra ele, Akira, - Olhei ao meu lado e vi que meu melhor amigo, Ryu Amano, estava ao meu lado – ele é apenas um principezinho metido. Anda, vamos.

Ryu era do meu tamanho, tinha cabelos loiros e olhos castanhos, parecia bem fraco, mas era rápido e ágil, mas sua melhor habilidade mesmo era com o arco e flecha, ele conseguia acertar um pássaro em pleno movimento no ar.

Adentramos o segundo portal e vimos a cerimônia de abertura começando, era basicamente um monte de gente de todos os dez esquadrões lutando uns contra os outros sendo assistidos pelo publico e pelos futuros cavaleiros Hylian. O rei estava em seu trono assistindo à cerimônia com um ar de quem está adorando vê-los se matar.

Um rosto apareceu em meio à cerimônia, um garoto de mais ou menos dezenove anos, com cabelos loiros brilhantes e olhos cor de areia. Ele era com certeza o líder dos arrogantes do primeiro esquadrão pelas vezes que eu o vi, mas nunca soube o seu nome. Bom pelo menos até agora.

Seu nome era Hirouke Houkei, o garoto do meu sonho.
_____________________________________________________
Bem, o capitulo ficou um pouco curto, mas semana que vem prometo que vai ser maior. Como se isso fosse uma vantagem ¬¬


By~Murilo: Tópico trancado por inatividade. Caso queira reabri-lo, contate um FanFic Moderador.
avatar
~Dark
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 13/10/2011

Frase pessoal : Hey sir


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Legend of Zelda Darkness Sword

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum