Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

The Blue Bird

Ir em baixo

The Blue Bird

Mensagem por Umbreon_NICE em Qua 2 Jan 2013 - 13:12

The Blue Bird




Pessoas egoístas nunca sabem o que tem na sua frente. Quando se força a fechar os olhos para as coisas boas que estão na sua vida, você vira uma pessoa ruim consigo mesmo e com todos ao seu redor, para de perceber o valor das coisas da vida. O simples ato de banhar na chuva, ou até mesmo o ato de abraçar alguém. O amor se perde em uma tormenta de ódio, numa mente complexa e distorcida, um furação psicodélico, uma cor que não existe, o concordar e discordar, o confuso, o ao mesmo tempo branco e preto, tudo isso e tudo aquilo, junto com o nada.

Falta coesão na vida das pessoas do mundo, e para isso existe O Pássaro Azul , aquele que está em todos os lugares e em lugar nenhum, dependendo de quem você é, ele pode estar no seu companheiro(a), na sua casa, em qualquer lugar que foi importante para você. De tantas cores, e de tantos animais, O Pássaro Azul é o símbolo que ajuda os egoístas, que só aparece para os mesmos, quando eles reconhecem sua infelicidade, e querem mudar isso.


¬ A Bruxa e os Templários ¬

avatar
Umbreon_NICE
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 05/07/2010

Frase pessoal : COMUNISMO ANTI SOCIAL


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Blue Bird

Mensagem por Black~ em Qui 3 Jan 2013 - 13:13

Bom, eu nunca assisti esse filme '-', mas a história parece interessante, bom você escreve bem e talz, parece ser algo meio envolto no drama, não sou muito fã de drama, mas como eu disse parece ser interessante. É só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Blue Bird

Mensagem por Caio. em Sab 5 Jan 2013 - 20:14

Eu achei o prólogo muito agradável e gostoso de se ler. Você com toda certeza evoluiu muito como escritor, assim como designer. Esse icon ficou excelente, parabéns. Pelo que me contou do filme, essa será uma fic filosófica, então, fico aqui no aguardo.
avatar
Caio.
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/06/2010

Frase pessoal : A noir. E blanc. I rouge. U vert. O bleu.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Blue Bird

Mensagem por Diamandis em Dom 6 Jan 2013 - 14:50

Caramba, cara, que prólogo lindo.
A história vai se desenrolar muito bem, pelo jeito. Não perca o ânimo, kchorra.
Vou acompanhar s/c
avatar
Diamandis
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/04/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Blue Bird

Mensagem por pietrosaggioro em Dom 6 Jan 2013 - 15:03

Umb s2 Lindo o prólogo, muito bonito mesmo, o icon também ficou muito bonito, enfim, acompanharei a Fic ;D E boa sorte com ela .-.
avatar
pietrosaggioro
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/10/2009


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Blue Bird

Mensagem por Umbreon_NICE em Seg 7 Jan 2013 - 17:13

@Black~ escreveu:Bom, eu nunca assisti esse filme '-', mas a história parece interessante, bom você escreve bem e talz, parece ser algo meio envolto no drama, não sou muito fã de drama, mas como eu disse parece ser interessante. É só e boa sorte com a fic.
É um filme muito bom, eu recomendo. O drama vai se esclarecer nos capítulos, e obrigado pelo comentário.

Mr. Perry escreveu:Eu achei o prólogo muito agradável e gostoso de se ler. Você com toda certeza evoluiu muito como escritor, assim como designer. Esse icon ficou excelente, parabéns. Pelo que me contou do filme, essa será uma fic filosófica, então, fico aqui no aguardo.
Obrigado, li alguns tutos de designer na PM, e sim, vai ser uma fic filosófica com final surpreendente. Obrigado pelo comentário.

@Diamandis escreveu:Caramba, cara, que prólogo lindo.
A história vai se desenrolar muito bem, pelo jeito. Não perca o ânimo, kchorra.
Vou acompanhar s/c
Thx!! E eu não vou perder o ânimo. Obrigado pelo comment.

@pietrosaggioro escreveu:Umb s2 Lindo o prólogo, muito bonito mesmo, o icon também ficou muito bonito, enfim, acompanharei a Fic ;D E boa sorte com ela .-.
Pietro sz
Valeu pelo comentário.


¬ A Bruxa E Os Templários ¬

Era uma noite tranquila, quando A Bruxa chegou à frente de John, que estava com sua expressão totalmente surpresa, ao ver a formosa e perigosa peste que havia entrado em sua vida, do nada. A tal feiticeira tocou os dois olhos do homem com uma delicadeza impressionante, suas respirações estavam sincronizadas, a batida do coração era como o barulho dos pingos de chuva, que caiam lentamente sobre os dois em meio à floresta abandonada, no qual John e sua família moravam. Receosa, a mulher se aproximou lentamente, até os dois corpos se juntarem, e um beijo afetuoso fossem feito em frente do nada. Naquele momento, John sabia que sua vida viraria algo que ele não conhecia, mas que já existiam muitos anos antes, em sua vida passada. E então, nasceu o homem que busca O Pássaro Azul.

_X_

Um dia antes de tudo isso acontecer, uma família acordava em plenas seis horas de uma bela manhã de sol, em uma cidade meio interiorana, meio metropolitana. Isso acontecia pelo fato de ser um lugar cheio de árvores, gado, fazendas, com um toque mais tecnológico. Na frente da casa dessa família havia um lago, cheio de patos e peixes, a aos arredores, havia muita grama fresca, e várias árvores. A casa era bonita, com uma chaminé de tamanho médio, algumas janelas de vidro transparentes, e bem na entrada, havia um tapete feito de resto de alguns tecidos.

Lá dentro, um homem de estatura média, braços fortes, sendo o direito tatuado com uma tribal que pegava o braço inteiro, uma calça comprida jeans, cabelos lisos e pretos, olhos castanhos e de pele meio branca, sua expressão era de ódio. Ele estava em uma sala de estar bem ampla, e estava discutindo com uma mulher, que estava chorando em prantos.

- Me desculpa, tu acha que isso é culpa minha? – Reclamou a mulher, chorando.

- Namoramos desde a adolescência e só agora... SÓ AGORA? Só agora você me diz
que não pode ter filhos.

- O que você poderia fazer para mudar isso? O QUE VOCÊ FARIA?

- Poderia não ter casado com você! – Berrou John!

O furioso homem saiu da sala, e foi para fora de casa, à mulher ficou lá, desamparada e triste, o chão, molhado de lágrimas, a casa toda era muito triste. Emanava uma infelicidade, uma aura muito ruim. A mulher que tanto chorava se chama Emerald, a esposa de John, que havia recebido a notícia que não podia ter filhos.


Os dois se conheciam desde o Ensino Médio, Emerald, que era um pouco baixa, de seios fartos, um belo corpo, olhos lindos e longos cabelos castanhos escuros. Gostava muito de ler livros, e era de família irlandesa. Sempre usava uma camiseta do Black Sabbath ou Queens Of The Stone Age, quando saia com seus amigos. Em uma dessas farras, conheceu o que seria o seu marido, John.

Naquele tempo, John era líder de uma banda de Stoner Rock e já tinha uma
namorada, no qual, já estavam quase pensando em casamento, até que ele conheceu Emerald, e deixou sua antiga namorada, para ficar com ela, e logo, deixou a banda para fazer faculdade de literatura, deixando seu sonho de ser um rockeiro famoso para trás.

Alguns anos depois, eles se casaram, e passaram meses tentando fazer um filho, até que um dia, ela pensou que estava gravida, foi até um médico, e contou sua situação, mas na verdade, ela ficou sabendo ali mesmo, que era “vazia”, não poderia ter filhos.
Ela escondeu isso durante meses, até fez uma viajem de um mês, para um outro país, em busca da solução para seu problema, mas não achou, e voltou triste para casa.

John com o tempo percebeu o que estava acontecendo, mas tudo ficou claro, quando ele achou o exame escondido no guarda roupa, enquanto procurava seus trajes. Foi lá tirar satisfação dela, mas eles brigam, e param de brigar, eles se destroem de pouco em pouco, e A Bruxa, acha que já esta no momento de tudo isso parar.

_X_

Após o beijo, A Bruxa voltou alguns passos, e olhou inexpressiva para John, que estava sem entender o que estava acontecendo. Ele se sentia o mesmo, mas havia mudado. Tudo que ele conhecia, existia, mas ele já sabia, que tudo ia mudar, e deixar de existir. Da Lua Cheia, sai uma linda mulher, loira e alta, de vestido branco e olhos azuis. Ela se aproximava cada vez mais de John, até chegar ao seu lado.

- Meu nome é Luz.
avatar
Umbreon_NICE
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 05/07/2010

Frase pessoal : COMUNISMO ANTI SOCIAL


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Blue Bird

Mensagem por Caio. em Seg 7 Jan 2013 - 17:42

Bem, tipo... Você começou muito bem. A narração estava bem simplista, de agradável leitura, e a descrição estava excelente. Só que a partir de um momento você meio que deu um desfalque, começando a fazer as coisas rápidas e sem entrar em muitos detalhes, por exemplo:

s dois se conheciam desde o Ensino Médio, Emerald, que era um pouco baixa, de seios fartos, um belo corpo, olhos lindos e longos cabelos castanhos escuros. Gostava muito de ler livros, e era de família irlandesa. Sempre usava uma camiseta do Black Sabbath ou Queens Of The Stone Age, quando saia com seus amigos. Em uma dessas farras, conheceu o que seria o seu marido, John.

Naquele tempo, John era líder de uma banda de Stoner Rock e já tinha uma
namorada, no qual, já estavam quase pensando em casamento, até que ele conheceu Emerald, e deixou sua antiga namorada, para ficar com ela, e logo, deixou a banda para fazer faculdade de literatura, deixando seu sonho de ser um rockeiro famoso para trás.

Alguns anos depois, eles se casaram, e passaram meses tentando fazer um filho, até que um dia, ela pensou que estava gravida, foi até um médico, e contou sua situação, mas na verdade, ela ficou sabendo ali mesmo, que era “vazia”, não poderia ter filhos.
Ela escondeu isso durante meses, até fez uma viajem de um mês, para um outro país, em busca da solução para seu problema, mas não achou, e voltou triste para casa.

Bem, essa parte ficou rápida, principalmente o último parágrafo. Foi tipo ah não posso ter filhos [palavra censurada]-se só vou esconder rsrsrs. Ficou bem assim cara, slá, não explorou muito. Acho que tu quis deixar pequeno e acabou ocultando os fatos.

E também, slá... Essa coisa de adolescente roquem rou ficou meio bizarra, talvez porque você justamente não tenha explorado isso direito (afinal, falou isso tudo em só 3 linhas, ao que parece -q).

Quanto os últimos erros, só vi uns espaços aqui e ali ruins, desnecessários, por exemplo, o enter que tu deu nos terceiro e quarto parágrafos. Essa parte também ficou um pouco bizarra, tipo, olhai:


- Poderia não ter casado com você! – Berrou John!

A exclamação não deveria ficar depois de Berrou John, pois aquilo é você, narrador, que está falando. A idéia que se tem é que você, narrador, está gritando com o leitor e fica mal, slá. Coloque um ponto final, raramente - tipo, MUITO raramente - tu vai usar exclamação em interjeições assim.

Sobre a estória, estou animado pra conhecer essa bruxa aí rere Maybe ela irá pegar John e ele trair Emerald? Curti...
avatar
Caio.
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/06/2010

Frase pessoal : A noir. E blanc. I rouge. U vert. O bleu.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Blue Bird

Mensagem por Black~ em Seg 7 Jan 2013 - 18:31

Bom, tudo que o Perry disse é verdade, você começou descrevendo bem, tava interessante a narração, mas depois parece que você se perdeu e começou a jogar as coisas randomicamente, sem muita descrição, a história é boa, mas poderia ter descrito melhor nesse capítulo. É só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Blue Bird

Mensagem por Diamandis em Sex 11 Jan 2013 - 18:51

Você se embolou legal da metade pra frente, mas mesmo assim. A história é bem agradável de se ler e não notei nenhum erro relevante de escrita.

O Parry disse tudo que tinha pra dizer.

Boa fic e boa sorte, Umbrello.

Sally: Tópico trancado por inatividade. Caso queira reabrir, contate um FFM.
avatar
Diamandis
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/04/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Blue Bird

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum