Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Pokémon Illuminate World Platinum

Ir em baixo

Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por Beta Protocol em Ter 6 Nov 2012 - 15:32

Tenho alguns avisos antes de mostrar pra vocês o capítulo. Devido a algumas circunstâncias, tive que mudar um dos iniciais. No lugar de Riolu, coloco Machop. Quem não gostou, lamento muito. Mas eu realmente precisava alterar.
A fanfic talvez seja um tanto... Comprida! Entre 30 e 40 capítulos. Quando eu começo, não consigo mais parar. Normalmente, eles serão postados no final de semana (Só posso mexer no PC nos Finais de Semana. Só estou me salvando por que estou no final de uma catapora terrível.). Vou fazê-lo de segunda a sexta, escrito à mão, e depois passá-lo para o computador. Eu iria inaugurar o capítulo quando todas as fichas estivessem completas, mas como os secundários não vão aparecer agora e ninguém se inscreveu para o segundo secundário... Vou começar imediatamente! Agora tem uma nova regra: Se até amanhã (07/11/12) ninguém se inscrever para o segundo secundário, as inscrições para esse "papel" estarão definitivamente fechadas! E agora... Como se diz mesmo? Ah, sim... Boa leitura!
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

[color=darkblue]- Não...Você de novo? Por quê veio atrás de mim? Deixe-me... Senão eu vou.... Te atacar com meu pokémon. (Gemia Max Haruka, rolando na cama de um jeito ansioso que revirava os lençóis.) Argh! Saia daqui, eu já disse que não tenho nada contra você... Aaaaaaah!

Erguendo-se de um salto, Max ficou ereto no chão de seu quarto. Ofegando loucamente, tateou sua escrivaninha em busca de seus óculos pretos. Colocou-os no rosto, e começou a observar nervosamente os arredores. No entanto, não havia nada ali. Pelo menos nada que pudesse fazer algum mal ao garoto de treze anos. Entreolhou para o relógio (Que indicava 8:10 AM) e em seguida para o calendário. Já era 17 de Novembro... Além de ser o dia que iria pegar um pokémon no laboratório do Prof.Rowan, era o seu aniversário. Notou três pacotes ao lado de sua porta que estavam organizadamente enfileirados um na frente do outro, como se fosse um trem. Rasgou o primeiro, imaginando quem mandou e o que poderia ser. Suas perguntas foram respondidas quando a TM 24 - ThunderBolt caiu do pacote.

Soube quem enviara: May Haruka, sua irmã mais velha. Ela prometera que iria lhe mandar um item "perfeito para jornadas." Após alguns minutos lutando contra a fita do segundo presente, segurava firmemente uma pokébola. Não uma normal, branca e vermelha, e sim, negra, laranja e verde.

Spoiler:

Mesmo demorando um pouco para reconhece-la, descobriu que era a Pokébola Crepúsculo, que era melhor para capturar pokémons à noite ou em áreas escuras (cavernas), aumentando as chances em 4×. Realmente, era um presente muito útil. Havia um cartão de "Feliz Aniversário" com a caligrafia do seu pai. Ao se recordar dele, ficou um pouco chateado, pois ele havia se separado da esposa, que veio para Sinnoh com Max. Por fim, abriu uma caixa caprichosamente embrulhada. Levou um susto quando viu o que tinha lá dentro: Uma pokédex e outra pokébola, mas essa não tinha nada de especial. Repentinamente, ela se abriu, assustando Max. E dela saiu exatamente o inicial que ele havia desejado: Um Pachirisu, o pokémon esquilo.

Spoiler:

O mais estranho era que ele trazia um papelzinho pendurado na cauda. Eu o peguei, e comecei a ler:

"Filho, eu sei que você está ansioso para começar sua jornada. Então eu fui ao laboratório e o peguei com a devida permissão do Professor. Eu fui trabalhar num restaurante em Hearthome, então pode partir. Vou sentir sua falta... Quando chegar aonde eu estou, procure-me. Com amor...
Mamãe."

Max sentiu uma lágrima escorrendo pelo seu rosto, que caiu no bilhete escrito pela pessoa que cuidou dele quando ele era apenas um bebê chorão. "Então foi assim que May se sentiu quando saiu de casa..." Refletiu o garoto. Porém... Como seria a sensação de viajar por uma região inteira? Ele precisava descobrir... Agora que tinha a permissão da família, poderia partir sem problemas. Sentiu o seu Pachirisu tocando a cabecinha redonda em sua perna. Distraidamente, Max acariciou-o por alguns minutos. Em seguida, abriu as janelas para clarear o ambiente e começou a trocar de roupa e pentear os cabelos escuros. Vestiu tênis verdes, uma camisa da mesma cor, calças vermelhas e enfiou luvas pretas e escarlates em suas mãos. Estava pronto. Pronto para ir onde ninguém foi, e muito mais além.

***


- Ufa! Terminei o meu cartaz. O que acha, Dustox? (Perguntou Mika para seu pokémon.)

- Tox, Tox! (Exclamou a mariposa, dançando acima da cabeça de sua treinadora.)

- Foi exatamente o que eu pensei! Mesmo preferindo ficar só... Preciso me acostumar a ficar com pessoas, caso contrário posso acabar sem conhecer quase ninguém! (Disse ela, sorrindo.)

Um pedaço de cartolina cheio de purpurina grudado num muro cintilava a luz do sol. Nele, havia os dizeres: Procuro parceiro de jornada. Falar com Mika Minami. A garota tinha uma bela aparência; uma fita azulada nos cabelos louro-queimado, olhos arroxeados e um belo vestido no estilo "Lolita". Não é a toa que muitos garotos cochichavam maliciosamente e diversas vezes apontavam em sua direção.

- Dustox, use Ventania naqueles meninos ridículos!

Parecendo zangado por terem "paquerado" sua mestra, o pokémon bateu as asas rapidamente, formando o ataque Gust. Sem hesitar, os jovens saíram correndo em direção as suas casas. O Dustox parecia contente por ter concluído o seu dever.

- Parabéns, você está se saindo cada vez melhor nesse ataque! (Falou Mika, abraçando o seu amigo.)

Mas seu acesso de felicidade foi interrompido quando um esquilinho branco e azul com as bochechas amarelas apareceu na sua frente. Tinha uma cauda enrolada e bem-escovada com uma espécie de três espinhos. Suas orelhas eram pontudas e atentas. Seus olhinhos castanhos brilhavam lindamente, o seu único dente branquinho faiscava e suas delicadas patinhas estavam pousadas em seu estômago. E no momento, ele tinha um sorrisinho maroto estampado no rostinho perfeitamente redondo.

- Oi amiguinho! Você está perdido? Quer ajuda para voltar pra casa?

Porém, o pokémon não estava escutando. Ele olhava o cartaz pregado na parede. Não, ele não olhava. Ele LIA o que estava escrito. Seu olhar soou mais maligno. Por alguma razão, deu um salto imenso, pegando impulso no Dustox, e segurou a fita de Mika. Em seguida, saiu correndo rumo ao norte.

- Ei! Ladrão de enfeites de cabelo! Atrás dele! (E disparou atrás do Pachirisu.)

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Oi, aqui é a Mika! Ele roubou meu laço! Tenho que ir atrás dele... Mas espere! Aquele é o treinador dele?! Não perca o próximo episodio de PIWP: A bagunça está formada! Observem o terrível arrogante!

Autora: Desculpem se ficou curtinho... Dei o meu máximo! Até a próxima!
avatar
Beta Protocol
Membro
Membro

Feminino Idade : 28
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 02/11/2012

Frase pessoal : Piratas do Caribe FOREVER!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por Black~ em Ter 6 Nov 2012 - 15:50

Bom, posso dizer que até ficou bonzinho e talz. Mas espero que não seja nenhuma história clichê de jornada, ginásio e talz. Você escreve bem e talz, só acho que os spoilers não eram muito necessários não. Eu vi alguns erros:

Mesmo demorando um pouco para reconhece-la, descobriu que era a Pokébola Crepúsculo

O certo seria reconhecê-la.

Distraidamente, Max acariciou-o por alguns minutos.

O certo seria: "Max o acariciou".

Acho que foram só esses. Mas eu posso te sugerir que evite colocar os golpes em português. É uma dica apenas, fica melhor em Inglês. Depois das falas você coloca entre parênteses quem falou, o certo seria um hífen logo após a frase. Enfim, é só e boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por Pikachuzinha em Ter 6 Nov 2012 - 21:24

Oi, Beta-chan! Bem, sua fanfic é muito legal! Mas uma coisa atrapalhou-te bastante. E isto foi a falta de organização. Tente não por tantas imagens, não que você tenha posto, mas... Deixa o post estranho. Tente por, primeiramente, um título no capítulo, ou prólogo, ainda não me dei conta do que é. Fora isso, e os erros citados pelo Black, sua estória está bem interessante. Well, é isso. Vou acompanhar. Boa sorte ^^'
avatar
Pikachuzinha
Membro
Membro

Feminino Idade : 17
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 21/07/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por Bro em Ter 6 Nov 2012 - 21:37

@Black~ escreveu:Bom, posso dizer que até ficou bonzinho e talz. Mas espero que não seja nenhuma história clichê de jornada, ginásio e talz. Você escreve bem e talz, só acho que os spoilers não eram muito necessários não. Eu vi alguns erros:

Mesmo demorando um pouco para reconhece-la, descobriu que era a Pokébola Crepúsculo

O certo seria reconhecê-la.

Distraidamente, Max acariciou-o por alguns minutos.

O certo seria: "Max o acariciou".

Acho que foram só esses. Mas eu posso te sugerir que evite colocar os golpes em português. É uma dica apenas, fica melhor em Inglês. Depois das falas você coloca entre parênteses quem falou, o certo seria um hífen logo após a frase. Enfim, é só e boa sorte com a fic.
Bom, concordo com o Black~, mas... no segundo erro, o erro é seu. Pode-se usar "Max acariciou-o" está certo.
avatar
Bro
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 07/04/2012

Frase pessoal : Açaizinho.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por -Murilo em Qua 7 Nov 2012 - 19:44

Olá Beta! Então quer dizer que sua história será sobre a jornada de Max, né? Digamos que essas histórias de jornada não sejam muito originais, mas tudo dependerá de como você vai escrevê-la. Contar a história de Max foi uma boa ideia, apesar de eu o achar bem chato no anime, talvez ele seja legal na sua fic. Um ponto positivo na sua fic foi a escolha dos iniciais. Fugiu do clichê de não ser os mesmos iniciais. Além de que eu adoro Pachirizu, acho-o tão fofinho. Só estranhei ele como inicial porque ele não tem linha evoluitva. Mas enfim, a fic é sua, vamos só acompanhar. Veja algumas coisas não muito agradáveis que eu percebi:

1º Cadê o título? Não sei se foi você que preferiu não colocá-lo, mas eu pelo menos, acho o título essencial. Tanto o título da fic, quando o do capítulo. Mesmo que esse tenha sido só um prólogo, deveria ter avisado, né?

2º Essas partes em parenteses depois da fala não não necessários! QUando se escreve uma ação na fala, você usa o travessão. Veja o exemplo:

- Ufa! Terminei o meu cartaz. O que acha, Dustox? - Perguntou Mika para seu pokémon

Eu particularmente acho assim mais belo.

3º O que foram essa passagem?

O mais estranho era que ele trazia um papelzinho pendurado na cauda. Eu o peguei, e comecei a ler:

Tipo, o texto começa em terceira pessoa, e do nada já fica em primeira pessoas, e depois volta para a terceira. Eu achei um pouco confuso. Geralmente só se usa uma forma de escrever. Se você ficar trocando de uma hora pra outra, ficará realmente confuso.

Quanto as imagens, não tenho nada contra, contanto que continuem dentro dos spoilers. Não percebi erros ortográficos, parabéns. Tirando as coisas acima, eu gostei muito da sua fic. Espero que ela realmente continue. Minha dica é você sempre inovar! Tenha boas histórias pra contar nessa jornada. Fuja do clichê! Faça da sua fic, uma coisa diferente! Estou torcendo por você. Boa sorte^^
avatar
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por DarkZoroark em Qua 7 Nov 2012 - 21:56

Olá Beta
Gostei bastante do prólogo. Jornadas não são algo tão novo, mas uma feita com o Max é, digamos, interessante. lol Norman e Caroline se separaram? Alguma coisa realmente importante deve ter acontecido para que ocorresse um divórcio entre os dois. Pachirisu como inicial é meio estranho (primeira vez que vejo um inicial que não possua uma linha evolutiva), mas isso meio que deu um brilho especial a sua fanfic.
Concordo com o Black~ que os itens ficariam melhor com os nomes em inglês. Afinal, Dusk Ball também pode ser traduzida como Bola Escuridão, Bola Entardecer, etc.
Erros só os que foram citados anteriormente. Como é um prólogo, não há muito mais o que eu possa dizer, só que espero pelo seu próximo Capítulo. (PS: Também sou maior fã de Inazuma Eleven ^^)

Edit by Sally: Agradeça aos comentários apenas quando for postar um episódio.
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

A bagunça está formada! Observem o terrível arrogante!

Mensagem por Beta Protocol em Dom 11 Nov 2012 - 16:08

Mr.Black: Dois errinhos? Só? Ainda bem... Menos do que eu esperava. O.K! Vou tomar mais cuidado com os acentos. Na verdade, será sim... Mas ALGUNS detalhes a mais irão dar mais emoções a esta história... Se eu disser algo, vai ser spoiler. Então... Aguarde-me!

Pikachuziinhahsz: My Girl Eletric! Espero que tenha gostado de tua linda personagem. Vou prestar atenção na organização... Realmente, acho que imagens não serão necessárias! Obrigada por comentar.

Bro: Realmente man, o nosso valoroso Mr.Black errou nessa. E... Alguém vai aparecer na estória hoje! Creio que tu vai gostar de quem eu vou colocar!

DarkZoroark: Podemos fazer o grupo "Fans Maiores de IE"! Foi mesmo um tipo de prólogo. E o motivo da separação dos pais do Max e da May vai ser revelado... Mais tarde.

Pessoal, um alerta: Fora das vistas dos humanos, os pokémons FALAM, como os Fire Tales de Aventuras em Sinnoh.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A bagunça está formada! Observem o terrível arrogante!

Ofegante de tanto correr, Pachirisu largou a fita de Mika ao seu lado. Mesmo que a garota não compreendesse os motivos desse "roubo", o esquilo tinha uma razão para tudo isto: A jovem não procurava um parceiro de jornada? Achando que se pegasse um de seus pertences, iria chamar a atenção dela e assim, as chances que ela e Max tinham de se encontrar aumentaram relativamente. Sendo uma fêmea, acreditava fortemente no amor de contos de fada.

- Ufa! Que trabalheira... Correr é MUITO cansativo... Vou ter um ataque do coração se eu não descansar um pouquinho. - Apoiando sua cabeça num tronco de uma árvore, aproveitou aquela chance pra refletir. - Dizem que Max Haruka já viajou com Ash Kecthum. Então não dá pra negar: Ele deve ter alguma experiência. Os rumores falam que ele já foi amigo de um Jirachi, um Pokémon lendário. Porém, todos os treinadores que minha família já teve foram uma droga. Mas sempre tem um que é diferente... Tem sempre um que até surpreende a gente...

- Volte já aqui, seu teimoso! - A voz de Mika era estrondosa em suas orelhas. -

E a corrida começada em Sandgem estava prestes a se iniciar novamente. Agarrando o laço de Mika com os dentinhos, acelerou o passo em direção a Rota Um. A garota corria muito, mas não era páreo para o pokémon elétrico. No entanto, mal a garota sabia que outra pessoa já procurava a Pachirisu.

***

- Droga! Pra onde ele foi? Logo no primeiro dia de jornada eu perco meu Pokémon! - Suspirou Max, exausto. -

O jovem não percebia que nuvens escuras começavam a se formar no céu que antes estava completamente limpo. E que aquele seria um dos dias mais extraordinários da sua vida. Repentinamente, um som extremamente alto poderia ser ouvido por aquela área em que Max estava. Talvez até na região toda. Não tinha nada de agudo; era um tom grosso, surdo... Como um tambor. Ou um sussurro no meio da escuridão, pois uma voz urrava fortemente:

- Onde você está? Não quero matar Pokémons indefesos para achá-lo! Não vou poupar energias para encontrá-lo! Mestre... Max Haruka! Você pode correr, mas não pode se esconder!

Max perdeu um pouco de cor das faces. E indagou para si mesmo as duas perguntas mais cabeludas no momento: Quem é esta pessoa... E por qual motivo ela queria ir atrás dele?
Seus pensamentos foram bruscamente interrompidos quando seu Pachirisu surgiu a sua frente. Percebeu de imediato que se começasse a chorar de pânico seu Pokémon ficaria perturbado. Então fez a mesma coisa que sua mãe fez ao explicar sobre a separação com Norman: Sorriu por fora e soltou lágrimas por dentro... Após cerca de um minuto abraçado ao esquilinho, notou que este carregava um laço em seus dentes.

- Aonde você arrumou isso?

- Isto é meu! - Gemeu uma garota que apareceu em sua frente, tomando o objeto de suas mãos. -

Mas no momento em que ela surgiu, uma gota de chuva caiu. E mais outra... Logo, uma verdadeira tempestade caiu sobre os garotos. Lentamente, as árvores começaram a sacudir com os rugidos do vento que repentinamente começará a soprar. Sentindo Pachirisu se abrigar dentro de seu casaco, Uma tensão imensa acabou cobrindo Max completamente. Graças a seus óculos, que estavam embaçados por causa da chuva, não conseguia enxergar absolutamente nada. Muito provavelmente, teria extremas dificuldades para voltar pra casa...

- Pelas asas de Giratina! Que temporal é esse que veio do nada? Eu sentia o sol há uns sete minutos atrás! – Disse à garota que era a dona da fita que Pachirisu havia roubado. Em seguida, falou baixinho para Max, estendendo a mão. – Eu não lhe conheço, mas não tenho coragem de te deixar aqui. Vem comigo, vou te ajudar a encontrar o caminho para Sandgem... Essa tempestade pode ser perigosa. Eu poderia usar o meu Dustox para nos ajudar, mas ele não aguenta voar na chuva.

Atravessando a lama com passos pesados, a mariposa verde estava grudada nos cabelos louros de Mika, e Pachirisu ainda permanecia dentro de suas vestes. Ambos tinham certa vergonha de se falar. Porém, quebrando o silêncio dos dois e engolindo a timidez, o garoto perguntará:
- Qual é seu nome?

- Mika Minami. E você é Max Haruka, o filho do líder do ginásio de Hoenn. Já vi seu pai e sua irmã na TV centenas de vezes. – Respondeu ela, com um sorrisinho bobo no rosto. - Eu estava... Procurando um parceiro de jornada. Se não quiser me acompanhar...

- Parceiros de jornada... Vai ser uma boa ideia, pois não quero ficar sozinho durante a noite. – Falou Max, rindo. –

Mika retribuiu o sorriso, dando uma gargalhada silenciosa. Realmente, por mais estranho que isso pudesse parecer, ela ia realmente acompanha-lo durante a “escrita” de sua história pokémon. E possivelmente, esta seria um capítulo importante durante o decorrer dos fatos de sua jornada. Tão depressa quanto à chuva extremamente forte, uma grande amizade nasceu entre eles. Após saírem do lamaçal, perceberam que no momento a coisa mais sensata a se fazer era procurar abrigo. “Árvores não são um bom lugar.” Pensou Max. Se um raio caísse, eles estavam completamente fritos (Tanto no sentido real quanto no figurado.).

- Ali! – Apontou Mika -

Era uma grande caverna coberta de musgo. Mesmo não sendo lá a melhor opção, não houve jeito. Apressadamente, eles correram na direção da estrutura rochosa de um tamanho monstruoso. Chegando lá dentro, retiraram seus sapatos, que estavam completamente encharcados, e secaram suas mochilas. Ninguém reparou que uma sombra que mal se mexia no final da gruta, que observava os movimentos dos garotos. Cerca de cinco minutos depois, o vulto sussurrou com um sorriso malicioso no rosto:

- Se protegendo da natureza, pirralhos? – Era uma pergunta que ele já sabia a resposta. – Lamento muito, mas terão que se retirar. Essa caverna já tem dono... Meu nome é Jin Hoobama.

De modo repentino ele se ergueu, mostrando uma pokébola que estava muito polida. Da mesma forma que ele levantou-se, um raio caiu no solo, o que iluminou o rosto do jovem. Olhos castanhos, cabelos pretos acinzentados, roupas da cor da escuridão, pele pálida. Esta era a aparência simples e obscura do garoto.

- Temos a presença de um membro dos Haruka... Se quiser continuar aqui, terá que batalhar. Se perder, você vai aturar essa chuvinha que vai lhe transformar em cinzas... Se ganhar, poderá ficar. O desafio está lançado... Aceita?

Sem pensar duas vezes, Max chamou por seu Pachirisu que atendeu ao pedido de seu mestre. O adversário lançou lhe um olhar de predador. Em seguida, lançou o seu dispositivo de captura para o teto escuro da caverna.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Aaaaah... Finalmente acabei esse bendito capítulo. Vocês nem imaginam a demora e o trabalho que foi preciso pra fazer esse pônei maldito. A cada dia, eu fazia um pedaço. Tentarei apressar o próximo: A primeira batalha a gente nunca esquece! Finalmente a despedida do lar!
Mais uma coisa: Já fiz o Trainer Card dos protagonistas! Não vou mostrar... Spoilers, sabem como é que é, né?
avatar
Beta Protocol
Membro
Membro

Feminino Idade : 28
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 02/11/2012

Frase pessoal : Piratas do Caribe FOREVER!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por -Murilo em Dom 11 Nov 2012 - 20:37

Olá Beta! Nem respondeu meu coment -chora. Mas vamos em frente. Primeiro, não tenha pressa pra escrever sua fic. Lembre-se que a pressa é inimiga da perfeição. Além de que o ideal é os capítulos serem postados semanalmente.

Os dois protagonistas se encontraram finalmente. Acho que os dois dão uma bela dupla. Sério mesmo, não como um Ash e May da vida. Só achei que eles se tornaram amigos muito rápido. Pelo título no capítulo anterior eu havia achado que o arrogante seria o próprio Max (eu acho o do anime arrogante) mas me parece ser o rival. Que menino chato, o que que tinha ficar os três na caverna? Mas pelo menos assim nós vamos ver a primeira batalha de Max, e com seu possível rival. Ansioso pra saber quem é seu pokémon.

Bom, dessa vez eu li rápido, então não percebi erros, nem nada. Espero que tenha gostado das minhas críticas. Quer uma dica com os treiners cards? No topo da sua fic você pode colocar em um spoiler os personagens. No card você coloca o personagem com os pokés atuais, e aí você vai editando e acrescentando os pokés a medida que os personas vão capturando. Assim você não dá spoiler, e a gente pode ir acompanhando a evolução da equipe dos personagens. Boa sorte com sua fic e continue^^
avatar
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por DarkZoroark em Seg 12 Nov 2012 - 19:29

Olá Beta
Ótimo capítulo. Meio curto, mas mesmo assim incrível. Não precisa se apressar para escrever os capítulos, pois isso muitas vezes acaba fazendo com que erros ocorram... Achei a personalidade do Jin muito boa. Rival típico, mas que possuí algo de diferente (Sorry, não sei explicar). Acho meio apelão chamar eles de pirralhos sendo que, se levarmos em conta o seu escritório, possua a mesma idade que a Mika e ser apenas um ano mais velho que o Max. Estou curioso para saber qual é o Pokémon dele.
Erros não encontrei nenhum, o que é ótimo. Espero pelo seu próximo capítulo.
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

A primeira batalha a gente nunca esquece! Finalmente a despedida do lar!

Mensagem por Beta Protocol em Seg 12 Nov 2012 - 23:38

Murilo_Marcos = Manow, tava tão doida pra postar o capítulo que nem lembrei de tu... Mas eu admito: Eu AMO escrever estas histórias e ler os coments de vocês! Então, sempre posto o mais rápido possível! Valeu por comentar, manolo!

DarkZoroark: Diferente? Vou dizer... Ele é meio que... Possuído. É que ele realmente parece mais velho que Mika e Max... Uhol! Nenhum erro! *Dancinha da epic victory!*

Espero que gostem, pessoal! B-O-A – L-E-I-T-U-R-A-!
--------------------------------------------------------------------------
Acompanhando o barulho das trovoadas do lado de fora, a pokébola soltou um macaquinho de fogo, que certamente obedeceria a seu treinador de um jeito batalhador e fiel. Este era o Chimchar, um dos iniciais do Prof. Rowan. Seu olhar ardia tanto quanto sua cauda, que naturalmente pegava fogo. Já do outro lado, o Pachirisu (Que na verdade era fêmea, algo que ninguém sabia.) encarava o adversário com coragem. Sua cauda já estava erguida, pronta para colaborar na defesa. Mal sabiam que a esquilinha prontamente havia montado uma ótima estratégia, assim como seu treinador.

- Pode ir primeiro! – Exclamou Max, cruzando os braços. –

- Com prazer. Quanto mais rápido terminarmos a minha vitória, melhor. Quero despachar você e a garotinha daqui. – E deu um sorriso cínico. – Use Ember!

- Role-se no chão para desviar, e use Sweet Kiss ¹!

Se enrolando como uma bola de futebol, Pachirisu driblou as brasas e soprou um coração em direção de Chimchar.

- Quebre ele em pedaços com o Flamethrower, e o acerte com Scratch. – Comandou Jin calmamente. -

As chamas que vieram de sua boca fizeram com que “cacos” cor-de-rosa se espalharem pelo chão. Pachirisu tentou se defender, mas não deu certo.
- Não desista agora. Corra em volta dele e use Spark!

Girando freneticamente ao redor de Chimchar, Pachirisu rodava e soltava eletricidade para todos os lados. 90% dos raios acabaram acertando o macaquinho, que gemia cada vez mais. Porém, de súbito, o Pokémon elétrico havia interrompido o golpe e amarrou a rabeira no corpo do adversário. Tudo parte do plano que tinha a vitória como objetivo. Max sabia o que tinha que fazer.

- Agora vamos dar um jeito de reduzir ainda mais a energia dele! Utilize Tackle com força máxima!

Um golpe foi atingido no estômago do Chimchar, que caiu no chão, completamente sem reação. Encostado na parede, o Pokémon estava tentando se erguer. Jin começou a ficar friamente sério.

- Parece que as coisas estão ficando duras... Então não posso mais pegar leve com você. Lamento muito, mas preciso fazer isto. – E sua voz se transformou em um sussurro quase inaudível. – Use o roda de fogo.

Aos poucos, no lugar do Chimchar um grande anel que ardia em chamas cruéis queimava fortemente, iluminando toda a caverna escurecida pela tempestade que rugia lá fora, vendo Mika proteger os olhos com o braço, Jin deu uma risada de gelar o sangue e arrepiar as espinhas.

- Você não pode me vencer! Este é o golpe mais poderoso que meu Pokémon tem... E você não passa de um idiota, que deseja correr pelas rotas com seu inútil Pachirisu. Sabe de uma coisa, pirralho? Não existe essa tolice de bem e mal. Só existe o poder, e aqueles que são demasiados fracos para obtê-lo... Hora de acabar com sua alegria sem sentido! CHIMCHAR, ATAQUE!

Veloz como vento, o círculo cáustico avançava em cima da esquilinha, que não tinha como se defender de uma força tão grande. Relembrando do que Ash Ketchum passava para defender seus pokémons, que considerava seus melhores amigos, Max jogou-se para proteger sua companheira. E sentiu as chamas sugarem seu corpo junto com as queimaduras que se espalhavam pelo seu corpo. Sentia que poderia ter uma espécie de acesso por causa da dor a qualquer momento. Já pensará o que iria dizer para Mika quando acordasse: “Só pra você ter uma ideia... Eu sentia que toda a minha existência não compensava aquela maldita agonia.”. Se é que ele ia acordar. Observava os olhos lagrimejantes de sua Pachirisu, que o olhavam com muita tristeza.

- Vou te dar um nome... Lanna. Lanna Haruka, por que você faz parte da minha família. – Estremeceu por um ardor sinistro em minha mão. – Você foi incrível, Lanna...

Depois disso, Max fechou os olhos e tentou se concentrar em não prestar atenção no latejar em seu corpo. Após o que ele pensou ser uma eternidade, se esforçou para piscar. Viu uma mancha cor-de-rosa que no momento parecia extremamente borrada. Piscou novamente. E o borrão era somente uma Enfermeira Joy sorridente. Isso quer dizer que ele estava no Centro Pokémon...

- Ah, finalmente acordou... Puxa, você ficou muito ferido. Mas depois de cuidados extremos, eu já iria lhe despertar. Você já recebeu alta...
- Espere! Há quanto tempo estou aqui? – Interrompeu Max, recolocando os óculos no rosto suado. –
- Hum... – Ela deu uma risadinha. – Uma semana.

Surpresa. Esta foi à primeira emoção que sentiu. Estivera desacordado há uma semana? Com certeza, as feridas foram graves. Em seguida, dúvidas
atravessaram sua mente. Onde estavam Mika e Lanna? Seus pais e May sabiam do ocorrido? Para que local fora Jin?

- Pachi, Pachi! – Gritou Lanna, pulando em sua cama. –

- Lanna! – Gemeu Max, abraçando-a e fazendo carinho em seus pelos.

Depois de alguns minutos juntos, tendo um momento entre treinador e Pokémon, Joy disse alegremente:

- Você pode sair em sua jornada, agora que está melhor...

Levei outro susto: Desta vez, eu ia REALMENTE começar minha aventura! Fiquei imediatamente animado... Rindo, falei para Lanna:

- Você ouviu? Vamos poder sair por toda a Sinnoh!

- Risu, Risu! – Comemorou a pequena. -

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
¹= Não vou seguir a lógica doida dos jogos. Prefiro a do animê U.U
avatar
Beta Protocol
Membro
Membro

Feminino Idade : 28
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 02/11/2012

Frase pessoal : Piratas do Caribe FOREVER!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por DarkZoroark em Sab 24 Nov 2012 - 1:58

Olá Beta
Desculpe-me por esta demora, mas as provas de recuperação me tiraram um tempo do cão. De qualquer maneira, aqui estou eu para comentar. Achei o capítulo muito bom. A batalha foi simples, mas ainda assim muito boa. Achei muito "Ash Ketchum" quando ele pulo na frente do ataque. Achei um erro neste capítulo.
- Parece que as coisas estão ficando duras... Então não posso mais pegar leve com você. Lamento muito, mas preciso fazer isto. – E sua voz se transformou em um sussurro quase inaudível. – Use o roda de fogo.

Começasse colocando os ataques em inglês, mas este ficou em português. Ficaria melhor Flame Wheel, até porque a tradução pode variar.
O outro erro que eu achei foi que faltou descrição. Descreva um pouco mais os detalhes e acontecimentos que ocorrerem durante a sua fanfic. De resto, está muito bom. Aguardo seu próximo capítulo
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por Bro em Sab 24 Nov 2012 - 11:09

Max... É o nome de um garoto gênio no livro que tô lendo pra escola. Bom, de erros: os fatos acontecem rápido demais. Do nada o Pachirisu voa, joga o beijo e cai. Tente pôr mais detalhes. Também faltam algumas vírgulas aqui e ali.
Fora isso, tá legal. Boa sorte.
avatar
Bro
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 07/04/2012

Frase pessoal : Açaizinho.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por Pikachuzinha em Sab 24 Nov 2012 - 22:24

Nossa, há quanto tempo não comento numa fic, acho que perdi a prática, rs. Mas sua fic em si está legal, ainda mais por causa de que tem um personagem meu nela *-*'. Não estou achando tão clichê essa jornada, mas bem que você poderia variar mais. Achei nón-sense a parte de que ele ficou desacordado durante uma semana. O Max poderia ter retornado a Lanna à pokéball e jogado a toalha, seria mais inteligente. Erros ortográficos não achei, muito bom. E eu também apoio o uso dos ataques em inglês. Sua fic em si aparenta querer ir longe, só depende de você agora. Algo que me incomoda é a ausência de um título nos capítulos. Poderia colocar algo do tipo: "Capítulo 1 - X vs. Y!", para informar o leitor sobre o assunto retratado. E ah, não coloque "---" para separar o post do resto das coisas, fica feio. Procure usar "-x-" centralizado, ou até "~~~", também no centro. N-way, boa sorte e espero o próximo capítulo. :3

By Umbrello: Fic trancada por inatividade, caso quiser re-abrir contate algum FFM.
avatar
Pikachuzinha
Membro
Membro

Feminino Idade : 17
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 21/07/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Illuminate World Platinum

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum