Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Le monde de L'école Pokemon

Ir em baixo

Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por - LeoRiolu em Ter 16 Out 2012 - 20:37

É, chegou a minha vez! Minha primeira Fan-Fiction, a emoção é enorme, ainda mais pra mim!
Pensei muito em que tema iria pegar, gostei bastante da idéia de ter uma escola de pokémons, mas como já existia, solicitei uma parceria, daí saiu. Espero que gostem:




Introdução:
A história se passa na França, num colégio sobre pokémons. Nate e seus amigos, irão batalhar, e muito, para conseguir popularidade e outras coisas.



Personagens:
Personagens Principais:
Nome: Nate Russeau
É um garoto confiante, engraçado, faz tudo pelos amigos. Junto a seus pokémons, irão treinar bastante, para serem bons treinadores, especialistas ou até mesmo coordenadores. Nasceu na França, no mesmo bairro da escola, onde estuda desde os 5 anos, junto a seu Riolu. Idade: 10 Anos
Pokémons de Nate: - -

Nome: Phillip Russeau
Irmão mais velho de Nate, é arrogante, grosso. A única pessoa que o entende, é sua namorada. Idade: 13 Anos
Pokémons de Phillip: - -

Nome: Milla Bel'Air
Vem de uma família muito rica dos EUA, é rockeira, e é a namorada de Phillip, consegue o entender pois tem a mesma personalidade dele. Mesmo arrogante, tem uma voz doce, todos gostam de ouvi-lá cantar. Idade: 13 Anos
Pokémons de Milla:

Nome: Markus Handour
É o garoto problema da classe. Batalha muito bem mesmo! É o melhor amigo de Nate e de Kaila. Nasceu no Canadá, e foi estudar na França pare virar um lider de Ginásio. Idade: 10 Anos
Pokémons de Markus: -

Nome: Kaila Mendez
Kaila é do tipo de garota que sempre tem assunto, Markus e Nate vivem com ela, há boatos de que Kaila sinta uma admiração a mais por Markus. A garota nasceu na Argentina, e se mudou para a França aos 9 anos. Idade: 10 Anos
Pokémons de Kaila: -

Nome: Joulie Nirvan
É a garota isolada da escola. Em toda escola, é a mais calada, mais cautelosa. Ela consegue esconder muito bem sua admiração por Nate. Ela nasceu na Itália, e veio em busca de se tornar uma treinadora.
Pokémons de Joulie: - -

Nome: Sr. Clark
Senhor Clark é o fundador do colégio, dizem que ele tem 1 pokémon especial, que só anda dentro da pokébola, é um Darkrai.
Pokémons do Sr. Clark:

Nome: Stewart Bound
Stewart é o maior rival de Nate, é um garoto muito inteligente, engraçado e muito bom em batalha. Possui pokémons muito fortes, pois tem bastante experiência. Seu pai é o campeão da Alemanha, de onde vieram.
Pokémons de Stewart: - -

Personagens Secundários:
Nomes: Billy Shaun e Milly Shaun
Os dois pequeninos são fãs do Nate, sempre estão vendo suas batalhas.


Capítulos:
Book 1:
Capítulo 1 -Início Explosivo
Capítulo 2 -Nate vs. Stewart! O segredo dos rivais!


Parcerias:



Notas do Autor:
Coloquei os personagens para se aproximarem mais da história, logo logo irei postar o Prólogo e o capítulo 1, não percam!!!


Banner:



---Prólogo---

Era bem de manhã na França, uma limusine estaciona em frente a um prédio. Um prédio grande, com 16 andares, feito totalmente de vidro. Os que estão por dentro avistam os que estão por fora, mas não ao contrário.

- É um belo prédio... - Um homem elogia a grande construção a um homem de cabelo Branco, jogados para o lado.


O homem que elogiou usa uma camisa social, uma calça e um sapato preto brilhante. O homem de cabelos brancos agradece. O outro homem sem entender, pergunta o porquê desse agradecimento. O homem lhe responde dizendo que o prédio pertence a ele.


- Parabéns! Prazer meu nome é Marco - O homem estende o braço.
- Prazer, sou Clark - O homem ajeita a gravata vermelha que esta presa entre uma camisa e um terno preto.

Clark sente uma coisa pontiaguda nas costas, e diz discretamente “ Não toque em mim!”, e sem deixar o cidadão perceber, pega uma pokébola, a joga no chão. E num movimento rápido empurra o homem, pisa do botão do meio da pokébola e de lá um Darkrai sai.

- Eu tentei avisar. – O homem ajeita a gravata novamente, e estendendo o braço comanda seu pokémon – Acabe com esse verme!

E numa nuvem preta, o homem desaparece. Clark olha novamente para o prédio, e abrindo os braços diz:

- Que o ano letivo comece!


Última edição por - LeoRiolu em Sab 20 Out 2012 - 18:48, editado 13 vez(es)
avatar
- LeoRiolu
Membro
Membro

Masculino Idade : 13
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/10/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por DragonKnightV em Qua 17 Out 2012 - 10:37

Achei interessante sua fanfic, não da para dizer muita coisa por que é somente o prólogo, mas parece que mesmo sendo um história centralizada na escola para treinadores pokémon haverá bastante suspense, espero que você continue postando capítulos por que eu vou acompanhar sua fanfic.
avatar
DragonKnightV
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 16/10/2012

Frase pessoal : Que os jogos comecem!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por ~ Fight em Qua 17 Out 2012 - 13:22

Mano! Blz! Lembra de mim? (Não, imagina agente só ficou mandando um monte de Mp um para o outro ontem...)
Prometi o ajudar...
Logo na primeira linha "A emoção é "Enrome"?
Em personagens, "Senhor Clark" Onde diz: " Ele só tem 1 pokémon ...."
Coloque Um no lugar de 1.
Na primeira linha da História se escreve "limousine" na "limusine".
- Eu tentei avisar. – O homem ajeita a gravata novamente, e estendendo o braço comanda seu pokémon – Acabe com esse verme!
Verme é uma palavra muito forte na minha opinião para um menino de 7 anos-q mas agora é serio, modere o vocabulário...
Mas quem o tocou por trás? Eu não entendi essa parte... foi o "Marco"?
E tive uma idéia! para ficar diversificado me deixe eu fazer "Overworlds"(Essas imagenzinhas que você tem dos treinadores em "Introdução", "Personagens" e "Parcerias") de Pokémons em vez de treinadores o que acha?
Banner, Cabeçalho e "Overworlds" eu entrego até hoje a noite por MP como prometido!
A! e só para lembrar não responda esse comentário em outro post! Espere o primeiro capitulo ficar pronto e comente dentro dele, para não ser considerado flood... na minha Fan-Fic fiz isso e me arrependo!
Então é isso! Até mais!
avatar
~ Fight
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/04/2012

Frase pessoal : (¬.¬ )


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por ShadowMaster em Qua 17 Out 2012 - 14:34

Hm... Sua fic parece ser bem legal, vou passar a acompanhá-la de agora em diante. Só achei o prólogo meio pequeno, tente escrever mais, nem que seja para "encher linguiça", colocando mais detalhes e etc.
avatar
ShadowMaster
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/07/2011

Frase pessoal : Time for /vp/!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por Black~ em Qua 17 Out 2012 - 20:05

Comecemos, a história é boa, mas o prólogo não ficou muito bom não. Já começa com erros, como o ZoroarkLuks disse, você escreveu enrome, em vez de enorme. Certo, vamos às fichas dos personagens, achei erros logo lá. Como que os caras de 10 anos têm pokémons como aqueles? Ponha mais realidade por favor. Além disso:

Nome: Phillip Russeau
Irmão mais velho de Nate, é arrogante, grosso. A única pessoa que o entende, é sua namorada. Idade: 13 Anos

Não há necessidade da vírgula ok.

Nome: Joulie Nirvan
É a garota isolada da escola. Em todas as séries, é a mais calada, mais cautelosa. Ela consegue esconder muito bem sua admiração por Nate. Ela nasceu na Itália, e veio em busca de se tornar uma treinadora.

Como assim em todas as séries? Ela estuda em mais de uma sala ao mesmo tempo?

Agora o capítulo, gostei do fato dela ser no mundo real, mesmo odiando a França. Vi que faltou descrição e o capítulo ficou rápido. Além de alguns erros, como vou citar mais abaixo:

- É um belo prédio... - Um homem elogia a grande construção a um homem de cabelo Branco, jogados para o lado.

Não há necessedidade de branco ser em letra maiúscula.

Acho que foi esse, mas você repetiu muito, mas muito mesmo a palavra homem, até me surpreendi. Mas enfim, boa sorte com a fic. Você tem realmente 7 anos? Enfim, boa sorte com a fic e continue com ela.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 1 - Começo explosivo!

Mensagem por - LeoRiolu em Sex 19 Out 2012 - 12:15

Olá pessoal! Obrigado por comentarem, continuem vendo a Fan-Fiction, agora vamos responder os comentários:
Respostas:
@DragonKnightV: Bom cara, obrigado por acompanhar a fan-fiction, continue lendo, pois é, somente o prólogo não tem tanta emoção...
@ZoroarkLuks:Né, nem lembro de ti -q, então cara, eu tava cheio de erros, fiquei muito nervoso, mas obrigado por ler a minha história, espero que goste dela... E aliás, será que pode fazer o banner pra minha fan-fiction?
@ShadowMaster:KKKK, pois é, veja se a linguiça agora está cheia, deu 5 páginas do word! Obrigado e continue lendo a história.
@Mr. Black:Obrigado por ler. Eu tenho que descordar uma coisinha, você disse que não é muita realidade os treinadores terem esses pokémons, veja os pokémons do Ash, do Paul, do Trip, do Gary, eles tem 10 anos, sabia?
E em relação às citações, obrigado por mostrar meus erros, pois é com seus comentários e outros que eu aprendo cada vez mais.
E sobre sua pergunta, eu tenho 7 anos sim rsrsrsrsrs

Agora vamos ao 1º capítulo:


Book 1, Capítulo 1 - Início Explosivo!


Num bairro da França, num dos pequenos prédios de 3 andares, abriga uma família que possui filhos que estudam na grande escola de pokémons. É Fevereiro, dia 2, o dia em que as aulas voltam, acabando as tão amadas férias.
Nate morava num prédio cinza e um azul bem escuro, nada chamativo. Num dos quartos, dormem 2 garotos, Phillip e Nate, os dois estão muito ansiosos para voltar as aulas. Phillip não demonstra, Nate não deixa dúvidas!


- Phill, está ansioso em voltar às aulas? – Nate pergunta sem olhar pro irmão, colocando uma meia preta e azul, e um tênis vermelho.

Phillip pegava suas pokébolas, enquanto respondia com um tom grosso que estava ansioso para voltar às aulas. Nate sorri, pois não liga para arrogância do irmão.


- Nate, Phil! Venham tomar o café! – A mãe chama os dois filhos para tomar o café.

Nate solta Riolu da pokébola, e corre para a cozinha. Ele desce uma pequena escada, com somente 3 degraus, e entra num corredor com portas para os dois lados. Ainda correndo vira à direita, para entrar na cozinha, feita com azulejos brancos, com desenhos de frutas em alguns.


- Oquê tem de café mãe? – Nate fica tentando ver o que sua mãe estava preparando. – É de chocolate, morango, baunilha?
- É um bolo, do seu sabor preferido! – A mãe estendia a bandeja com o bolo em direção a Nate.

Nate pega a bandeja e coloca na mesa, e no mesmo momento Phillip aparece colocando seu boné vermelho. A mãe da um beijo na testa do filho e pergunta se está ansioso. Phillip responde com um sorriso meio falso.


- Aliás, mãe... –Phill olha para o relógio. – Não está na hora?

Os 3 olham uns para os outros.

- Oh não! – Nate põe a mão na testa, como quem acha que está tudo perdido.

A mãe abre uma das gavetas, onde ficam copinhos plásticos. Ela enche os mesmos com café, dá para seus filhos, e olhando bem nos olhos deles diz:


- Corram!

E uma bagunça começou, Nate e Riolu saem da casa por uma porta feita de madeira, que fica na sala. E descem pelas escadas. Phillip pula da janela, segurando sua pokébola, solta seu pokémon ainda no ar.

- Rhyperior me leve para o colégio! – Phillip cai no seu Pokémon, que corre para a escola.

Enquanto isso, Nate acaba de sair do prédio, e tira a conclusão que não iria conseguir chegar a tempo na escola. E correndo, segura o copinho de café quase acabando em uma mão, e na outra uma pokébola.


- Garchomp! Vamos voar! – O pokémon é montado por Nate e Riolu, e voam diretamente para a escola.


- Estou muito ansioso para rever o Nate – Markus senta num banquinho debaixo de uma árvore, junto a Kaila. – E você Kaila?
Kaila parecia estar desatenta, num transe, olhando para o nada. Markus rindo, passa a mão na frente do rosto de Kaila, como se estivesse acordando a mesma.

- Kaila? – Markus pergunta se está tudo bem.
- Ah, oi, desculpa Mark, estava pensando como seria o ano letivo... – Kaila sorrindo, pede para Markus repetir a pergunta.
- Eu perguntei se você não está ansiosa para ver o Nate...

Kaila aponta para o céu, como se estivesse admirada com algo. Markus também olha, e avista Nate e Garchomp voando, se preparando para pousar.
Kaila acena para seu amigo, Markus faz o mesmo. Nate vai descendo aos poucos, e chega no jardim do colégio. Voltando seu pokémon a pokébola.
O Jardim era bem florido, com flores vermelhas, rosas, amarelas, azuis, árvores com frutos, banquinhos brancos. E no centro desse Jardim, um chafariz, branco, com pokémons cuspindo água.


- Markus, Kaila, que saudade! – Nate e Riolu correm para abraçar os amigos
- E ai amigão! – Markus abraça o amigo, com saudade.
- Oi Nate, como você está? – Kaila acena com um belo sorriso.

Nate conta que seus pokémons evoluíram, Markus também tem suas histórias. Kaila tinha a novidade mais legal:


- Minha Kirlia virou Gallade! – Kaila diz de um jeito inocente

Os dois se surpreendem, e pedem para a jovem mostrar a evolução. Mas antes dela pegar o pokébola, duas vozes de crianças se espalham pelo jardim.


- Nate! – Billy e Milly correm para abraçar Nate. – Você vai lutar?
- Lutar? – Nate olha para seus amigos e abre os braços.

Markus toma a frente de Kaila, e explica a situação:


- Pois é, Clark promoveu um mini-torneio, para aproximar os novos alunos dos antigos, e vai acontecer quando bater o sinal. – Markus explica como um sabe tudo.
- Hum... Então eu vou lutar!


TRIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM
Todos corriam para a arena de batalhas da escola. Ela ficava dentro do colégio, no andar subterrâneo, a arena era de cor azul, e as arquibancadas eram protegidas por um vidro bem grosso.
Nate e Markus queriam batalhar, e ficaram esperando num tipo de vestiário, onde se preparam para os testes, as aulas de educação física, e outras coisas.
Nate solta seus 3 pokémons, e conversa com eles, para os preparar para a batalha do começo do ano.


- Olha, não sei com quem vamos lutar, as dificuldades dessa batalha, nem mesmo o nível de batalha dos outros alunos – Nate olha seriamente nos olhos de seus Pokémons. Ele falava de um jeito expressivo. – Mas vamos lutar sério! Iremos ganhar pelo menos uma batalha!

Riolu coloca a mão no meio da roda, Emboar põe a mão em cima da de Riolu, Garchomp e Nate fazem o mesmo. E no “1...2...3...” levantam os braços e com o jeito de cada um dizem:

- Vamos ganhar!

No mesmo momento, a voz do Sr. Clark é emitida por caixas de som espalhadas pelo colégio inteiro. Ele dava início às batalhas, e numa listinha organizada com nomes, chamava os alunos para batalhar.

- Olá a todos! – Clark estava numa sala que ficava no alto, de frente à arena. – Dou início às lutas! E o primeiro desafiante é... Milla Bel’Air e Markus Handour! – Todos estão excitados com as batalhas emocionantes que estão para começar.

Subindo lado a lado as escadas, Milla e Markus vão um para cada lado da arena. E pegam uma pokébola e se posicionam para começar. O Juiz explica as regras.


- A batalha será um contra um, ela terminará quando um dos dois estiverem fora de combate – O juiz levanta as duas bandeiras, uma vermelha e uma azul. – Comecem!

Milla é a primeira a escolher o pokémon, ela foi rápida e escolhe um Toxicroak. Markus escolhe seu Typhlosion.
Os dois pokémons se encaram, Typhlosion acende suas chamas para intimidar o adversário, já Toxicroak fica parado, tranqüilo. Markus começa o comando:


- Typhlosion, use o ataque rápido! – O pokémon pega impulso e chega rapidamente ao adversário
- Toxicroak, golpe de karatê! – Milla parece estar muito calma com a batalha.

Toxicroak acerta em cheio Typhlosion, num ataque de cima para baixo, o pokémon de fogo fica caída em frente ao adversário. Milla aproveitando a brecha, comanda mais uma vez seu pokémon:


- Corte X! – Milla automaticamente fica com uma expressão facial diferente, como se estivesse com prazer a humilhar o adversário.

O ataque pega as costas de Typhlosion, que fica cada vez mais fraco. Markus fica preocupado, e só para checar, pergunta à seu pokémon se ainda da para lutar, que tem uma resposta positiva.


- E ele ainda está de pé! – Nate assiste pela televisão do vestiário junto a seus pokémons. – Vamos lá Markus!
Na arquibancada, uma preocupação enorme atinge Kaila, que com as mãos juntas, torce muito para seu amigo. Que reage muito bem:


- Typhlosion, roda de fogo! – O fogo sai da boca do pokémon para o cobrir.

A roda acerta Toxicroak, pois estavam numa distância muito curta. O pokémon leva danos, mas ainda não está acabado. Milla fecha os olhos, e num comando, parece voltar ao normal:


- Toxicroak, tiro de lama! – A lama sai da boca do pokémon e vai diretamente para Typhlosion.

O pokémon de fogo da dois passos para o lado, que é o suficiente para escapar do ataque.

- Typhlosion, essa é a nossa chance! Aproveite que ele está no ar e use a mordida! – Typhlosion pega impulso e com suas presas ativas, vai diretamente a Toxicroak.

O pokémon venenoso é mordido no braço, e não consegue soltar. Typhlosion começa girar, e ainda no ar, lança Toxicroak para o alto.


- É isso ai! Agora use o giro de fogo! – Markus parece estar animado
- Mas como? – Milla não consegue acreditar.

O giro de fogo do Typhlosion acerta em cheio Toxicroak, que desmaia logo quando cai. Todos gritam, uns com alegria outros, com raiva.


Markus corre em direção a Typhlosion, e abraça o Pokémon com muita vontade e alegria

- Começamos bem o ano amigão! – Markus e Typhlosion agradecem o público e saem pela lateral.

Na arquibancada, Kaila comemora com muita energia, pulando, sorrindo, junto a Billy e Milly. Já no vestiário, o clima é tenso, pois todos estão com expectativas de vencer.
A voz de Clark é ouvida novamente:


- Muito bem, essa batalha foi boa! – Clark volta a ler a listinha. – A próxima batalha será entre um aluno novo, e um nem tanto assim. – Todos dão curtas risadas. – Nate contra Stewart!

A expressão de Nate é de felicidade, e corre em direção as escadas. E lá tem a primeira visão de seu adversário, um garoto com cabelos azuis e armados, uma jaqueta linda. Ele parecia estar nervoso com a batalha, Nate tenta se aproximar:

- Boa sorte! – Nate da um sorriso de quem está querendo uma aproximação
- Para você também, vai precisar – Stewart parece estar confiante, pois nem olha na cara do adversário.

E os dois entram na arena, todos excitados, pois ainda estava começando a batalha. Billy e Milly são os mais agitados, e torcem com uma música que continha “Vamos Nate, vamos Nate, vamos ganhar!”
Depois de subir as escadas, Nate olha para a arquibancada, que está cheia de alunos e professores, não consegue achar seus amigos, mas sabe que estão lá! Stewart entra olhando para a arena, muito focado, com uma expressão de quem está concentrado.

- E os alunos já podem entrar e se posicionar na arena! – O juiz quer dar início a batalha. – Comecem! – O juiz abaixa as duas bandeiras que segura.

Nate escolhe primeiro o pokémon, pega uma pokébola em sua bolsa, e jogando para o alto, um Emboar sai.

- Emboar os detone! – Nate está muito confiante

Stewart aperta o botão central da pokébola, e de lá saindo um grande e poderoso Magmortar!

- Vamos lá amigo...

TO BE CONTINUED...

Não percam a batalha entre Nate e Stewart no próximo capítulo...


Notas do Autor:
Eu deixei algumas partes em Negrito para ajudar os leitores.


Última edição por - LeoRiolu em Sab 20 Out 2012 - 18:12, editado 2 vez(es) (Razão : Deixei um espaço entre os parágrafos para ajudar na leitura. Espero que gostem =D)
avatar
- LeoRiolu
Membro
Membro

Masculino Idade : 13
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/10/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por ~ Fight em Sex 19 Out 2012 - 13:56

- Phill, está ansioso em voltar às aulas? – Nate pergunta sem olhaR para o irmão, colocando uma meia preta e azul, e um tênis vermelho.
Erros Ortograficos corrigidos em vermelho.
Ja viu a velocidade de um Rhyperior cara? Lentuuuuuuu....
E Garchomps não voam, eles planam-q mas esse erro não é tão grave...
Erros de conhecimento acima.
Coloque os ataques(Iniciais do nome) em Maiúsculo pois é nome próprio.
Mas de resto a Fanfic esta muito boa... na primeira luta aposto em Magmortar. kkkk!
avatar
~ Fight
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/04/2012

Frase pessoal : (¬.¬ )


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por Mikh em Sab 20 Out 2012 - 1:12

Jesus Cristo. Tira esse negrito. Não, desculpa. Tira ele. Sério. Eu não consigo nem ler. A história tá bem... sei lá. Razoável. Acho. Sei lá... acho que não vou acompanhar, desculpe. Desejo-lhe somente boa sorte. Os erros de português o carinha acima já citou. Olha, creio que você tem um bom futuro. Só precisa melhorar algumas coisinhas. Até!
avatar
Mikh
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 02/05/2011

Frase pessoal : You stopped being you.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por Pokaabu em Sab 20 Out 2012 - 1:37

Olá, beleza? Olha, para um menino de sete anos acho que o nível da história chega a ser excelente, veja bem, para um menino de sete anos.

Você usa os ataques em português, eu prefiro. Por quê? Primeiro que eu odeio ficar puxando saco de outras línguas e outra é que algumas fan fics nem narram as batalhas e usam os ataques em inglês, eu não conheço todos os ataques, fico meio perdido às vezes :/. As suas batalhas tiveram pouca narração também, tente passar mais emoção. Não se usa mais trema (aqueles dois pontinhos em cima do u), enfim, no mais é isso mesmo. Continue assim.
avatar
Pokaabu
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 02/07/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por Nothermoraes em Sab 20 Out 2012 - 11:09

De boa, sua fic está legalzinha para alguém de sua idade. Eu prefiro golpes em inglês porque sou ao contrário do Pokaabu, fico perdido em golpes em Português. Quando disse "Giro de Fogo" não sei se é Flame Wheel ou Fire Spin. Mas cada um com seu gosto. Nem use Ash como exemplo, ele tomou uma pílula contra envelhecimento Laughing

Mas bem, você teve uma boa criatividade, descreveu fatos bem, mas acho que podia descrever seus personagens. Enfim, acompanharei sua fic. É isso, adios.
avatar
Nothermoraes
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/07/2011

Frase pessoal : I like Froakie!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 2 - Nate vs Stewart! O segredo dos rivais!

Mensagem por - LeoRiolu em Sab 20 Out 2012 - 18:43


Gente, obrigado por lerem a história, obrigado por comentar e vamos responder os comentários
RESPOSTAS:
@ZoroarkLuks: Meu teclado ta horrível! E é falha minha não ter conhecimentos sobre pokémon, vou pesquisar mais! Obrigado por ler, e continue lendo...
@Mikh: Eu coloco em negrito para auxiliar na leitura, leia de novo, agora coloquei espaço entre elas, fica BEM mais fácil.
@Pokaabu: Cara, valeu! Eu também prefiro ataques em português! Em inglês parece que você ta num Nintendo DS '-' #tenso
@Devil Nother Dwmal: Vish, todo mundo fala da minha idade. Bom, eu não curto muito ataques em inglês... Sobre o Ash, ele tem nanismo '-' (Ele tem 34 anos) #Parei

Continuem lendo!!!!!

Vamos à história:


Book 1, Capítulo 2 - Nate vs Stewart! O segredo dos rivais!

Num momento, senti algo que nunca aconteceu antes, uma emoção enorme, batalhando na frente de centenas de pessoas, mostrando a todos o meu talento, o meu dom, o que eu sou capaz, a batalha será difícil, um Magmortar não é tão difícil de derrubar.
Mas não posso desistir, pois, A BATALHA COMEÇOU!



Todos olhavam atentos para a batalha, por enquanto sem nenhum movimento, Emboar e Magmortar se encarando, todos estranham, até que o juiz tenta relembrar os desafiantes:

- A batalha começou...

Stewart da um sorriso irônico e comanda Magmortar:

- Vamos lá, use o Braço de Martelo! – Magmortar deu um salto na direção de Emboar, que fica esperando o ataque numa posição defensiva.
- Emboar, bloqueie com o braço cruzado! – O braço de Magmortar parece entrar em uma disputa com o bloqueio de Emboar.

O bloqueio do grande porco de fogo teve sucesso, fazendo Magmortar recuar alguns passos. Nate sem perder tempo comanda seu Pokémon para atacar.

- Emboar use a Nitro-Carga! – No mesmo momento, o corpo de Emboar começa a pegar fogo, e como uma investida, ele se joga em Magmortar.
- Vamos lá Magmortar, evasiva, depois Braço de Martelo! – E assim se preparava, Emboar ia em direção a Magmortar, que logo evasiva jogando seu corpo para o lado, e logo atacando com o braço.

No meio da multidão, lá estavam Billy, Milly e Kaila, torcendo bastante para o amigo, gritando, torcendo mentalmente, com tabus, cada um tinha sua forma de torcer. No vestiário, muitos alunos assistiam a batalha pela televisão, inclusive Jolie, com uma cara séria, mas torcendo muito por Nate. Zorua, em seu ombro, parecia estar torcendo também pelo Emboar.

- Eles conseguem, eu sei que conseguem. – Jolie parecia estar com esperanças.

De volta à arena de batalha, chega a hora de Stewart comandar seu Pokémon. Os dois monstrinhos estavam com danos, mas ainda não estava acabada a batalha.


- Magmortar, use o Soco de Fogo! – E o Pokémon começava a girar o braço, e numa corrida leve até Emboar, ataca.

Emboar pula do ataque, e com força dos pés, empurra Magmortar para longe, o fazendo cair. Nate fica mais animado, e decide usar seu ataque secreto.

- Emboar vamos terminar isso logo! Colunas de Fogo! – E assim, Emboar pisa com força no chão da arena, assim fazendo várias colunas de fogo na direção de Magmortar.

As colunas faziam buracos na arena, e Magmortar com um olho arregalado tenta levantar o mais rápido possível.

- Mas o que é isto? – Indagava-se Stewart.

Todos se impressionavam com o ataque especial de Emboar, as câmeras do colégio focavam em Nate, que estava com um sorriso de quem está gostando do que vê.
No vestiário todos ficavam de pé, para assistir a batalha, Jolie e Zorua ficavam cada vez mais admiradas com a habilidade nova, ela estava sorrindo, com os olhos brilhando, e dizendo:


- Esse é o Nate que eu conheço...

Clark se admirava com a batalha, pois a habilidade de Emboar nunca foi vista antes na França. O homem falava com seu assistente:

- Eu preciso dessa habilidade – Clark olhava com um olhar de planos para o futuro.

De volta à arena, Magmortar levava dano, e se contorcia de dor, ainda dentro da grande coluna. Emboar estava com suas chamas acesas, demonstrando seu poder a todos. Stewart olhava com atenção o movimento que era feito por Emboar.


- Gostou dessa Stewart? – Nate estava com uma expressão facial confiante. – Pronto Emboar, está legal.

Magmortar caia ajoelhado no meio da arena, e com um grito de Stewart, o grandalhão levantava:

- Magmortar, você consegue! – Stewart gritava para ser ouvido.

O Pokémon se levanta, e logo fica com gestos de quem está sem ferimentos, estava demonstrando que era capaz de lutar, e ajudar seu treinador.

- Uau! – Nate se admirava com o poder de Magmortar, e sem desistir, comanda mais uma vez Emboar. – Faça o chão tremer! Braço de Martelo!

Emboar fazia uma rachadura chegar até Magmortar, e lá, uma coluna de pedra se levanta, atacando Magmortar novamente.
Stewart comanda seu Pokémon para que levante, e é isso que acontece, Magmortar olha para seu treinador, como quem diz “Eu consigo...”


- Magmortar, concentre seu poder nos braços! – Todo poder de Magmortar era apoiado no braço. – Agora o descarregue no buraco onde Emboar atacou!

Nate não sacou a estratégia de Stewart, e achou que não causaria nada, e fica em silêncio. Mas era uma ótima idéia a de Stewart, ele iria fazer um tipo de plágio das Colunas de Fogo, descarregando sua energia nos buracos causados pelo ataque.

- Mas isso é a coluna de fogo! – Nate ficava muito impressionado com a estratégia de Stewart. – Emboar, saia daí!

Era tarde demais, o ataque chegou muito rápido no objetivo. Emboar sentia muitas dores corporais, mas em dobro. A coluna de fogo, em certo modo, sobrecarregou o poder de Magmortar, mas também deixou muitos danos, assim o próximo ataque seria com o poder dobrado.

- O que achou dessa, Nate? – Stewart parecia voltar a batalha. – Desista, Emboar vai cair!
- Nunca! O Emboar sabe lidar com seu próprio ataque! – O pokémon de Nate caia ajoelhado na arena, como Magmortar.
- Não vou ter dó! – Stewart mudava sua expressão, de preocupado para confiante. – Use um combo de Braço de Martelo!

Magmortar andava com tranqüilidade até Emboar, e com muitos ataques no rosto, Emboar ficava grogue, sem saber o que acontecia. Nate abaixa a cabeça, e ajoelha.

- Como é Nate, já vai parar? – Stewart intimidava seu adversário.

Nate não responde, fica ajoelhado, inconsolado, sua estratégia falhou, seu pokémon não foi o suficiente para vencer. Todos ficavam em silêncio, prestando atenção nas ações dos treinadores.

- Vamos Nate! – Stewart ficava nervoso – Você não é o campeão? O melhor? O vitorioso?

Todos na arquibancada falavam baixo “Vamos Nate, você consegue...” No vestiário, todos ficavam chocados com a cena, e davam apoio para Nate.

- Acorda seu covarde! – Stewart estava quase rindo de Nate. – Magmortar, Punho de Fogo!

Magmortar dava um soco no queixo de Emboar, fazendo o mesmo cair de costas na arena. A partir dali Stewart não agüentou, começou a gargalhar. Os alunos na arquibancada olhavam com um olhar de esperanças, e com início de Kaila, Milly e Billy, todos começam a gritar “Vai Nate”, e o grito era repetido várias e várias vezes, na arquibancada, no vestiário, na sala de Clark:

- Vamos Nate, vamos! – Cochichava o assistente do diretor.

Nate coloca a mão no chão, como quem se apóia para levantar. E a torcida grita cada vez mais alto. Stewart não acredita:

- O que? Por que ele? – Stewart e Magmortar começam a olhar em volta de si.
- Vai Nate, vai Nate, vai Nate! – Todos apoiavam o garoto, que se levanta, mas continua com a cabeça abaixada.

Nate coloca a mão no rosto, e a arrasta lentamente, e olhando para o chão, manda uma mensagem a seu adversário:

- Porque desistir, porque se entregar? – Nate olha nos olhos de Stewart – Eu continuarei até o fim!

Todos os alunos começam a pular, numa torcida fervorosa, querendo ver a batalha continuar. E lá está, Nate e Emboar voltando ao topo!

- Emboar, acabe com esse novato! – Nate fica com uma cara de quem está com raiva. – Braço de Martelo!

A distância entre os pokémons era curta, e Emboar logo começa um tipo de combo, socando por cima, por baixo, todos sendo bloqueados, o pokémon de Nate empurrava Magmortar para trás aos poucos. Um erro do bloqueio do pokémon de Stewart compromete a batalha, Emboar acerta um soco na barriga, fazendo Magmortar perder o ar.

- É isso ai! – Nate comemora. – Agora acabe com Bombardeio de Chamas!

Uma chama azul cobre o corpo de Emboar, que usa um tipo de investida em Magmortar. Ao encostar-se ao adversário, essa chama azul fica vermelha, e muito brilhante.
O ataque acerta em cheio, fazendo o adversário ficar caído. Stewart fica com raiva, e logo comanda:

- Use o lança chamas! – Magmortar ataca de longa distância.
- Você também Emboar! – Emboar faz a batalha ficar pau-a-pau

Todos ficam atentos, observam a batalha sem piscar, uma fumaça surge, e todos ficam querendo saber o que escondia aquelas nuvens.

A fumaça ia passando, e todos avistam Emboar e Magmortar desmaiados. O Juiz a o resultado da batalha:


- E eu declaro empate! – O Juiz levanta as duas bandeiras que segura.

Nate retorna seu pokémon, Stewart faz o mesmo. Os dois vão para o meio da arena se encaram entre olhares, se viram para a saída lateral e saem.


- Seu idiota. – Stewart provoca

Nate ignora e sai rapidamente para o vestiário. Clark volta a falar no microfone:

- Nossa, a arena está uma ruína! Usarei uma máquina para consertar o campo. As batalhas estão suspensas, semana que vem iremos dar continuidade...

Muitas reclamações são feitas por parte do público. Kaila desce rapidamente para encontrar os amigos. Billy e Milly correm junto a garota.

Kaila passa por um elevador, e entra num corredor com várias portas automáticas, as paredes eram de cor azul, as portas eram feitas de vidro. Esse corredor ficava debaixo da arena. Kaila andava olhando em todas as portas, de todos os lados, até que chega em uma onde estão Nate e Markus conversando.
Kaila entra parabenizando os dois amigos, e os dois agradecem sorrindo. Markus levanta duma bancada e da um abraço em Kaila, e diz:

- Essa vitória foi para você! – Markus sorri enquanto abraça.
- Nossa, valeu! – Kaila não acredita na homenagem.

Kaila e Markus percebem que Nate está pensativo, e perguntam o que está acontecendo. Não houve resposta, Kaila levanta o queixo de Nate com os dedos, e arrisca perguntar novamente. Desta vez Nate só olha para Kaila e sai pela porta.


Na hora da saída, Kaila e Markus começam a procurar o amigo, e o avistam saindo do colégio pelo portão principal com Riolu. Mas Nate vira para o lado errado, a sua casa ficava pela esquerda, ele segui pela direita, com a cabeça abaixada.

- Nate! – Os dois amigos correm para alcançá-lo.
Markus sai primeiro do colégio, mas não avista Nate. Kaila coloca a mão em seu ombro, e pede para desistir:


- Markus, ele não é louco, ele vai voltar...


Numa quadra longe da cidade, Stewart e seu Magmortar esperam do lado de uma árvore. E lá avistam Nate e Riolu. Stewart se aproxima de Nate:

- Chegou bem na hora...

TO BE CONTINUED...
avatar
- LeoRiolu
Membro
Membro

Masculino Idade : 13
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/10/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por ~ Fight em Sab 20 Out 2012 - 18:59

Massa a batalha!
Acho que vai ter dificuldade de entendimento por algumas pessoas que só conhecem o ataque por o nome em Inglês...Acho melhor no final de cada capitulo colocar uma legenda, exemplo:
Numa quadra longe da cidade, Stewart e seu Magmortar esperam do lado de uma árvore. E lá avistam Nate e Riolu. Stewart se aproxima de Nate:

- Chegou bem na hora...

TO BE CONTINUED...
Legenda:
Lança chamas: Flamethrower
Soco de fogo: Fire Punch

Jato D'Água: Water Gun

Para as pessoas viciadas no DS e não saberem cultura, ficarem sabendo e atrair pessoas.
Não achei erros ortograficos...
E pera... O irmão do Nate chegou na escola?
Momento Publicidade: O Banner, o Cabeçalho e a frase abaixo do banner são de minha autoria kkkk -Sérius


Última edição por ZoroarkLuks em Sab 20 Out 2012 - 20:38, editado 1 vez(es)
avatar
~ Fight
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/04/2012

Frase pessoal : (¬.¬ )


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por Pokaabu em Sab 20 Out 2012 - 19:20

O trem, já falei que não se susa mais trema ( dois pontinhos acima do u ).

O capítulo ficou legal, eu achava que Nate era mulher, Nate ( Natália ), enfim, continue assim, a fan fic tem que ter uma diretriz, o que eu quero dizer, algo que deixe o leitor intrigado para o próximo capítulo, algo a ser descoberto ou revelado. Até o prox. cap.
avatar
Pokaabu
Membro
Membro

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 02/07/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por Ari Tasarov em Sab 20 Out 2012 - 23:19

Como pedido, cá estou... Vou começar pelo prólogo, logo de inicinho notei um erro bem comum: a repetição de palavras, veja:

O homem que elogiou usa uma camisa social, uma calça e um sapato preto brilhante. O homem de cabelos brancos agradece. O outro homem sem entender, pergunta o porquê desse agradecimento. O homem lhe responde dizendo que o prédio pertence a ele.

Viu quantas vezes a repetição desnecessária da palavra 'homem'? Evite isso, pois muitas vezes torna a leitura meio cansativa. E como sempre digo, procure no google por um dicionário de sinônimos (caso tiveres o Word, melhor). Esse mesmo ajuda muito na hora de variar um pouquinho do vocabulário. Mudando de assunto, achei sua introdução um tanto confusa, principalmente a parte que o homem libera o Darkrai, acho que podias ter aprofundado um pouco mais tua narrativa, explorando um pouquinho melhor dos detalhes da cena. Explicação mais completa, entende? .-.

Well, no primeiro episódio, vi que segues insistindo no mesmo erro de repetições, só que dessa vez foi do nome do carinha, Nate isso, Nate aquilo... Use um pouco de "ele, o menino" ou afins...:3 Além que logo no primeiro parágrafo percebi um erinho:

para voltar as aulas.

Se a ''aulas'' estiver completando o sentido de ''voltar'', use a crase. E percebi que em alguns casos usas a mesma de forma errada, como na frase:

Markus fica preocupado, e só pra checar, pergunta à seu pokémon.

Nesse caso, o correto seria ''a'' seu pokémon. e.e E ainda tem mais, revise um pouquinho mais... E pesquise sobre o emprego de crase nas palavras, pois percebi várias trocas aí. Well, em algumas situações tu esqueceu de separar a pontuação das palavras, uma pequena falta de atenção. E percebi alguns probleminhas com as vírgulas, muitas vezes usadas exageradamente. O negrito em si também me atrapalhou, se quiseres destacar a narração, coloque apenas em preto.

Sua narração em si é bem agradável, parabéns! *-* Porém acho que os detalhes estão em falta, você detalha o básico, sabe? Acho que precisa de um aprofundamento melhor. Meu conselho é que tentes imaginar melhor os cenários/emoções e tente transmitir isso pro seu texto. Mas se tens realmente 7 anos, o nogócio tá muito bom, sua ortografia apesar de alguns descuidos é até que boa. Não fiques chateado com o que eu disse, apenas tenta melhorar e seguir meus conselhos, certo?

See you around.
avatar
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por Scrat em Seg 12 Nov 2012 - 22:04

Em fato, sua Fic está boa.
Mas realmente o negrito está atrapalhando na hora da leitura, mas ainda sim é uma ótima fic :3
Só uma pergunta: Sua cor favorita é azul?
Se não for, parece! Pois em todos os capítulos você coloca algo em azul :3

Até Já~

Tópico trancado por inatividade. Caso queira reabri-lo, contate um FanFic Moderador.
avatar
Scrat
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/01/2012

Frase pessoal : "e;


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Le monde de L'école Pokemon

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum