Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Pokémon Caminho Negro

Ir em baixo

Pokémon Caminho Negro

Mensagem por Dark Soul em Ter 18 Set 2012 - 21:52

Pokémon Caminho Negro




Ficha Técnica:


Classificação:+12

Conteúdo:Linguagem imprópria, Violência, Amizade, Mortes. Alguns conteúdos a mais.






  • Personagens

Akio:
Nome: Akio Okumura
Idade: 15 anos
Sexo: Masculino
Pokémons: Nenhum até o momento.
Cargo: Estudante do 8º Ano.
Personalidade: É muito anti-social, não gosta muito de fazer amizades a não ser que ele confie demais na pessoa. Nunca consegue uma amizade com alguma garota, pois é muito tímido ao dizer certas palavras. Defenderia seus amigos mesmo que o impossível possa acontecer.
Descrição: Ele mede 1,39M, possui 42Kg. Tem pele branca, cabelos negros e olhos azulados assim como o mar.

Asuka:
Nome: Asuka Mitsune
Idade: 14 Anos
Sexo: Feminino
Pokémons: Nenhum até o momento.
Cargo: Aluna do 8º Ano.
Personalidade: Sempre é tímida, não se associa muito aos outros. Teve o destino de reencontrar seu amigo do passado, descobre que ele era apenas Akio. É retém um sentimento por ele protege-la de muitos perigos. Sempre quis dizer "Eu te amo" à ele mas nunca consegue.
Descrição: Mede 1,26M. Pesa 38Kg. Tem pele branca, cabelos lisos de tom negro. Olhos azulados, assim como a cor do céu.





Notas do autor: É, essa é minha primeira fanfic aqui neste fórum.Não sou muito bom, quando não me adapto direito, mas prometo me esforçar para uma bela fanfiction. Quaisquer errinho, me avise imediatamente.

Obs: A Fanfic a partir do 3 episódio, ela passa a ser narrada.


Prólogo

– Se supere! - Uma voz suava de meu interior.

– Vamos lá, você consegue! - Não saia de minha cabeça.

– Akio! Acorde! Você não pode morrer agora! - Um sereno tom de uma garota, me dizia as certas palavras.

– A... Asuka... - Disse meio fraco.

– Akio! Não vou suportar você morto! - Disse a garota, de serena voz. Ela parecia estar chorando.

– V... Você consegue sim... - Disse ainda mais fraco.

– Não! - Senti um forte tapa em meu rosto. Disse para mim com raiva: - Você não vai morrer!

Sim... Eu realmente não morri... Mas estava à beira da morte naquele escuro dia, perdi realmente tudo oque havia ganhado. Mas, essa estória não começa deste jeito, mas sim em algum lugar distante desse...

10 anos antes...

Uma garota estava no canto, parecia triste. Ela tinha olhos azuis escuros, cabelos negros e tinha um rabo de cavalo como estilo de cabelo. Usava uma camisa preta, e uma pequena calça negra. Estava chorando, um garoto de cabelos negros, olhos esverdeados, que usava roupas simples, como uma camisa branca e uma calça negra entrou no parque e logo foi diretamente a ela.

– Hey garota! Qual é o seu nome? - pergunto a garota que com um olhar cheio de lágrimas respondeu-me: - Meu nome é... Meu nome é Asuka! - Disse a garota com a cabeça para baixo.

– Bem Asuka. Quer brincar? - Pergunto estendendo a mão. A menina olha para mim, e logo estende sua mão desconfiando um pouco, puxo-a fazendo com que ela se levante.

– Bem, vamos brincar de roda! - pego nas mãos da garota que ficou aparentou corar um pouco, logo começo a girar junto dela.

– E-Er! Como se brinca disso? - Perguntou um pouco confusa.

– Somente gire! - Comecei a girar novamente, a garota girou vagarosamente, ficamos girando até sairmos tontos e cair.

– Opa! - Cai na areia, Asuka também caiu na areia.

– Hahaha! - Comecei a rir

– P-PORQUE ESTÁ RINDO DE MIM? - A Garota disse com lágrimas em seus olhos.

– Não estou rindo de você! Mas sim do que agente acabou de fazer! - Disse com um sorriso no rosto.

– Ah... - A garota deu um pequeno sorriso em seu rosto, logo começou a rir.

– Havana! - Nós começamos a rir.

– Foi muito bom brincar com você! - Disse indo embora.

– E-ESPERE! - Disse a garota correndo até mim, ela tropeçou e caiu perto de seus pés. Levantei-a, meio corada ela agradece.

– Obrigado, mas eu quero brincar mais com você! - Disse à garota que pegou na minha mão, ela levou-o para o escorrega e logo descemos abrindo nossos braços e pegando ar.

– Ah que legal! - Disse caindo de bunda no chão, levanto-me e sou surpreendido por um pula carniça.

– Opa! Agora é Pula carniça? Ok! - Perguntei logo conclui para si, pulei pelas costas de Asuka indo até a frente dela.

Nós brincamos até o Fim da tarde, somente nós dois estavam no parque. Os meus pais preocupados foram procurar-me para ver onde eu estava.

– Filho! - Disse um homem acenando para mim, que estava sentado do lado de Asuka. Nós estávamos olhando para a estrela, vendo os Pokésignos.

– Oh, Papai? - Me levanto e vejo meu Pai.

– Akio vamos para casa! - Disse meu Pai dando a mão para mim.

– Desculpe Asuka! Tenho que ir! - Podou-a e dou um abraço nela, logo disse: - Adeus!

Asuka ficou meio corada, vendo que seu amigo foi embora, decidiu ir embora também.

– Gostou de ficar no parque filho? - Perguntou meu Pai colocando-me em seu colo.

– Adorei papai! - Disse confirmando.

– Que bom, agora vamos para casa! - Disse ele andando para uma casa que estava com porta aberta.

Mais tarde...

– Boa noite filho! - Diz meu pai dando um beijo em minha testa, e logo saindo de meu quarto fechando a porta. Meu quarto estava totalmente escuro, já que não podia enxergar direito. Fecho meus olhos e durmo, mas antes penso: - "Será que Asuka está bem?”.

Continua...

Continua...





Antes de começar com, precisa melhorar na sua escrita, por favor entenda que eu não tenho um bom corretor ortográfico como o Word. Queria poder entrar em uma escola aqui deste fórum.


Banner e regras para parceria:

- Sua fanfic deve haver 1 capítulo ao menos.
- Deve haver 1 comentário, sem que seja um post seu.
- Você deve continua-la tendo um bom espírito, mesmo que ela não seja muito popular.



Última edição por Dark Soul em Qui 20 Set 2012 - 21:15, editado 5 vez(es)
avatar
Dark Soul
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 17/09/2012

Frase pessoal : Tá bom, tenho 13 anos '-'


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Caminho Negro

Mensagem por Drawin em Qua 19 Set 2012 - 1:33

Olá! Vi que é fã de Soul Eater, somos dois. Achei a fic com uma ideia legal, mas não conseguiu colocar no papel.
Antes de começar com, precisa melhorar na sua ortografia. Essa vírgula não era ai, blá blá.

Entenda que eu não possuo um Corretor ortográfico como o Word, mas um que corrige apenas as palavras.
Isso jamais será desculpa. 14 anos já está ótimo para revisar e perceber os erros. Na boa cara, nunca será desculpa.

Usava uma camisa preta, e uma pequena calça negra
Só para avisar:
Short=Calça pequena
Bermuda=Calça nem grande nem pequena, diga-se média
Calça=Calça até o pé, a maior.

Já viu, né...

como uma camisa branca e uma calça negra entrou dentro do parque e logo foi diretamente a ela.
Não me segure, eu VOU citar os erros de vírgula, sei lá, é a minha essência! Mas como já dito: 14 anos é o bastante para ver os erros de vírgula. Sério, na boa, preciso dizer o erro?
Mas vamos aproveitar: a pontuação estão tão, mas TÃO errada, que o parágrafo da citação acima faz parecer que o garoto está chorando. Está num estado que amigo... Revise que vai salvar muitos leitores

- Akio vamos para casa! - Disse meu Pai dando a mão para mim.
Erro básico
- Desculpe Asuka! Tenho que ir! - Pordou-a e dou um abraço nela, logo disse: - Adeus!
Erro de vírgula e nunca coloque um : quando for voltar para fala.
- Gostou de ficar no parque filho? - Perguntou meu Pai colocando-me em seu colo.

- Adorei papai! - Disse confirmando.
Dois erros de vírgula

Foi bacana perceber a afinidade dos personagens. Fora isso temos pouquíssimas descrições sobre o ambiente, e lembrando: o prólogo é feito para apresentar um elemento principal da fic, independente de qual seja. O prólogo não cumpriu, mas pareceu um capítulo, sem falar que é curto. E a cena do pai e filho, dele indo para casa e tudo... Foi rasa, tem palavra melhor. Eu não gostei do prólogo, motivos já citados. Talvez eu acompanhe, isso se o cap.1 me conquistar. Boa sorte!
avatar
Drawin
Membro
Membro

Feminino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 16/09/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Caminho Negro

Mensagem por Rush em Qua 19 Set 2012 - 11:22

Bom dia, Dark Soul!

Olha, sei que este foi só o prólogo e você é novo no ramo das FFs, mas não entendi nada do que se trata a mesma e não me senti muito atraído não... Bem, irei voltar no primeiro capítulo para analisá-lo, e tentar ver como será de lá pra frente. Também faltaram detalhes e mais narração - mesmo que por parte da personagem principal.

Achei algumas coisas muito desnecessárias, tipo:


- Opa! - Cai na areia, Asuka também caiu na areia.

- Hahaha! - Começei a rir

Isso deixa apenas mais cansativo de ler, como a repetição da palavra 'areia' e a narração óbvia. Percebemos que ele começou a rir, haha.

Bom, gostei de como você decidiu criar os laços dos dois protagonistas, isso mostra que ao decorrer da história eles vão se gostar muito, e pelo visto irão até se apaixonar. Pelo menos Asuka tenho certeza, já que a garota 'solitária' e 'invisível' foi entretida pelo garoto sorridente e corajoso, que não se importa com desafios. É essa a impressão que tive inicialmente.

Pelo visto, não será mais uma FF clichê, por isso irei ver o primeiro e segundo capítulos. Sugiro que enriqueça sua narração, detalhe mais, para assim sentirmos que estamos na estória.

Boa sorte, até mais! Aguardo os primeiros capítulos!
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : Agora você não tem mais waifu!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Caminho Negro

Mensagem por Black~ em Qua 19 Set 2012 - 15:03

Bom, pelo visto você é que nem eu, cria personagens legais quando crianças e com o passar do tempo viram totalmente diferentes, isso é bom. Mas a fic ficou mais um diário do que uma fic propriamente dita. Por quê? Pelo simples fato de não ter descrição, ou narração alguma! Isso não é novela, série ou filme, isso é uma escrita, ou seja, não estamos vendo (ah vá?), portanto deve narrar tudo que se passa, não sou bom na descrição, mas posso indicar que você descreva tudo, absolutamente tudo que acontece para podermos imaginar, se não fica, sei lá... Cansativo e chato. Não ligo para tamanho dos capítulo, desde que fique com alta qualidade, está compensando. Sua ortografia é, digamos, fraca, reparei em alguns erros, que vou citá-los aqui:

Mas estava a beira da morte naquele escuro dia, perdi realmente tudo oquê havia ganhado.

Há três erros de ortografia num parágrafo só! Primeiro, o correto seria "à beira da morte", com crase, não como você escreveu. O certo é "o que", separado e sem acento circunflexo.

Usava uma camisa preta, e uma pequena calça negra. Estava chorando, um garoto de cabelos negros, olhos esverdeados, que usava roupas simples, como uma camisa branca e uma calça negra entrou dentro do parque e logo foi diretamente a ela.

Quem tava chorando era o garoto ou a garota? A pontuação foi terrivelmente introduzida aí viu, vamos corrigir isso aí:
Correção escreveu:Usava uma camisa preta, e uma bermuda/calça negra, estava chorando. Um garoto de cabelos negros, olhos esverdeados, que usava roupas simples, como uma camisa branca e uma calça negra entrou dentro do parque e logo foi diretamente a ela.

A história da calça foi explicada anteriormente já. Só reforcei a ideia e corrigi os erros de pontuação.


- Hey garota! Qual é o seu nome? - pergunto a garota que com um olhar cheio de lágrimas respondeu-me: - M-Meu nome é... M-Meu nome é Asuka! - Disse a garota com a cabeça para baixo.

- Bem Asuka. Quer brincar? - Pergunto estendendo a mão. A menina olha para mim, e logo estende sua mão desconfiando um pouco, puxo-a fazendo com que ela se levante.

- Bem, vamos brincar de roda! - pego nas mãos da garota que ficou aparentou corar um pouco, logo começo a girar junto dela.

Perguntou e pego? Para né! Cadê o "u" no final?

- Hahaha! - Começei a rir

Começei? Tem certeza? Não seria "comecei"?

- P-PORQUE ESTÁ RINDO DE MIM?

Explique-me a letra maiúscula.

- Hahaha! - Nós começamos a rir.

Não precisa expressar a risada, a gente sabe como uma pessoa ri.

- E-ESPERE!

Preciso perguntar de novo o por que da letra maíuscula?

- O-Obrigado, mas eu quero brincar mais com você! - Disse a garota que pegou na minha mão, ela levou-o para o escorrega e logo descemos abrindo nossos braços e pegando ar.

Pode me explicar essa parte?

Nós brincamos até o Fim da tarde, somente nós dois estavam no parque. Os meus pais preocupados foram procurar-me para ver aonde eu estava.

Dois erros aqui. Primeiro, o certo seria "somente nós dois estávamos no parque". E o certo seria "onde" ao invés de aonde.

- Desculpe Asuka! Tenho que ir! - Pordou-a e dou um abraço nela, logo disse: - Adeus!

Cadê o sentido?

Acho que foram esses. Mas uma coisa que me irritou pra cac*te foi que toda hora você colocava algo como: "F... fulano, v-vem cá." É todo mundo gago? Pra que isso? Sério, irritante isso. Como a Drawin disse: você tem 14 anos e não há desculpas de Word. Você não faz redação na escola? Seus professores não reclamam de ortografia ruim? Sério que até essa idade você ainda não consegue escrever sem a ajuda de um corretor. Ta, ok, eu uso, mas pra elaborar um bom texto, apenas pra isso, uma vez ou outra eu erro aqui e ali, mas não é desculpa. Enfim, boa sorte com a fic.
avatar
Black~
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/02/2011

Frase pessoal : The winter has come


Ver perfil do usuário http://pokemonblackrpgforum.forumeiros.com./

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Caminho Negro

Mensagem por Dark Soul em Qua 19 Set 2012 - 23:34

Drawin - Bem, eu sou novo mesmo com esse negócio de fanfics, mas eu as vezes passo despercebido por algum erro. Desculpe-me se cometi muitos deles, mas eu quero proteger minha propriedade mais valiosa até o momento, sei que com os erros nós podemos aprender.

Rush - Irei tentar me dar o esforço de melhorar, ou deixar a fanfic mais animada, mas eu não consigo anima-la já que a historia ainda não está nem começando, bem postei o capítulo 01 mas acho que não ficou tão bom.

Mr. Black - Também, achei que seu comentário foi muito bom, explicado e longo, bem. Sou meio novo como citei acima, mas acho que irei melhorar! Enfim, espero que continue lendo a minha fanfic!


Capítulo 01

Atualmente...

- Mais um dia está começando... - Um jovem rapaz de cabelos negros e olhos azulados, aparentava estar caminhando para algum local.

Era uma casa, parecia tão simples quanto ao modelo dela, a casa era de madeira, a tinta tinha um tom marrom. Havia telhas de cor laranja, e uma grande porta de mármore. Havia uma escada em frente à porta. Um pequeno cercado percorria a casa, havia ali um pequeno jardim. Parecia estar de dia, o garoto pegou uma chave de seu bolso, logo colocou na porta, logo a girou fazendo com que a porta fosse aberta.

- Tenho que chegar sem fazer barulho... - Pensei.

Clek Clek

O chão ruía quando me movimentava, estava fazendo o mínimo de barulho que eu poderia. Andei de fininho, para frente da escada que me levava para o segundo andar, assim passei pelo tapete que levava diretamente a ela. Quando ouço um barulho de porta se abrindo, me escondo atrás de um sofá, assim meio curioso levanto minha cabeça e vejo oque está acontecendo.

- Que sede... - Disse uma mulher, de cabelos lisos e castanhos escuros, ela tinha os olhos azulados. Era linda, estava apenas de pijama.

- Vou ver oque tem aqui na geladeira. - A mulher abaixou-se e logo pegou um suco, ela pegou um copo de vidro e logo colocou, despejou o liquido sobre o copo ele tinha a cor violeta. A mulher pegou o copo, logo colocou sobre seus lábios, bebeu o liquido aparentando aprecia-lo.

- Hugh, que delicia! - Disse a mulher com um pequeno sorriso.

- Droga, vá embora Mãe! - Pensei reclamando.

A minha mãe, foi até a pia e lavou o copo. Depois disso ela entrou novamente na porta que ela havia saído e logo a fechou. Continuei a andar sobre o tapete, até que chego ao 2º andar.

- Aleluia! - Pensei aliviado.

Estava em meu corredor, aonde havia três portas. Uma do meu banheiro, outra do meu quarto e o quarto da minha irmã.

- Vamos lá! Só faltam 2 metros! - Pensei não me aguentando.

Cheguei até minha porta, o quarto estava vazio. Senti-me aliviado ao vê-lo. O quarto era pequeno, tinha uma cama de madeira, uma pequena mesa que suportava o peso de meu computador. Um pequeno armário. Cheguei exausto, estava andando em direção a minha cama. Mas antes, peguei o meu pijama, tirei minhas roupas até ficar de cueca. Coloquei meu pijama e deitei-me sobre a cama. Vejo a hora do relógio: 04h30min AM.
Fecho meus olhos começando a dormir.

Escuridão profunda...

No dia seguinte...

O Sol reina como se não fosse o amanhã, os raios de sol batem em meu rosto, aparento estar muito suado, assim me levanto da cama com calor, vejo o sol meus olhos se encolhem, parecia ter um pouco de sensibilidade a luz do sol quando olho diretamente.

- AH! - Reclamei fechando os olhos.

Logo fecho as cortinas da janela e fico meio tonto, caio no chão e machuco minha cabeça.

- Ouch! - Reclamo de dor.

- Ótimo acordo já com um galo na cabeça! - Reclamo ainda mais.

Eu sou Akio Okumura, do 8º Ano da escola de Rustboro, sim. Sou aquele garoto do prólogo, mas de hoje em diante não sou mais uma criança mais sim um adolescente. Ontem a noite foi muito louco, também. Foi o ultimo dia que eu tenho de descanso, pois as aulas irão começar logo, mais um ano longo e chato para suportar.

- Ontem a noite foi uma loucura só! – Digo com um olhar malicioso.

- Akio! O almoço está na mesa! – Escuto uma voz do andar anterior.

- Já vou mãe! – Vou correndo até a cozinha.

Na cozinha...

- Escute bem Akio, Eu, seu Pai e Sua Irmã. Irei viajar para o continente de Kanto, por isso eu coloquei você em uma escola, lá você vai morar com sua tia. Na cidade de Dewford! Lá também há uma escola, mas não quero ouvir queixas sobre isso! Estou em uma constante viajem de negócios!

- Mas até o Papai? – Digo um pouco confuso.

- Sim, afinal ele trabalha no mesmo lugar que eu! – Responde.

- Mas porque a Yume também vai? – Questiono novamente.

- Ela não tem certa idade para entrar em uma escola assim, então é só você e sua tia! – Responde friamente.

- Okay... – Me decepciono.
O dia se passou rapidamente, eu fiquei o dia inteiro em meu computador assim me despedi de alguns amigos de minha cidade. Fiquei o dia inteiro pensando como eu me adaptaria a esta nova escola, e também essa nova cidade, minha tia... Ela é bem atraente admito, mas não vou gostar de ficar longe de minha família.

Oque será de mim?

Continua...


Comentário: Bem, acho que não consigo fazer episódios muito longos, mas vou tentar aumenta-los se a historia ainda me agradar. Pelo que eu estou sentindo, ela pode continuar.
avatar
Dark Soul
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 17/09/2012

Frase pessoal : Tá bom, tenho 13 anos '-'


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Caminho Negro

Mensagem por Ari Tasarov em Qui 20 Set 2012 - 0:16

Pois é, eu li o prólogo e gostei muito apesar de algumas coisas terem me atrapalhado bastante! ^^ Vou destacar algumas coisas que acho que poderiam melhorar:

Repetição de palavras: Cara, é um erro bem comum e eu sei que passa despercebido, mas é muito bom revisar o texto e procurar um dicionário de sinônimos. Olha aqui essa parte:

Uma garota estava no canto, parecia triste. Ela tinha olhos azuis escuros, cabelos negros e tinha um rabo de cavalo como estilo de cabelo. Usava uma camisa preta, e uma pequena calça negra. Estava chorando, um garoto de cabelos negros, olhos esverdeados, que usava roupas simples, como uma camisa branca e uma calça negra entrou no parque e logo foi diretamente a ela.

Viu? Além de ter ficado meio confuso, a repetição de palavras deixou pior...

Personagens sem carisma: Ultimamente andei pedindo muito aos escritores colocarem mais alma nas personagens... Sabe, coloque alguma coisa neles que faça o leitor se importar com o protagonista principalmente. Se me permite dizer ele ficou parecendo mais um robô. =/ Se Akio moresse, eu não ficaria triste, entende?

Falta de narração/descrição/excesso de falas: Foi quase tudo diálogo ó.ó... Cara, tente descrever e narrar os fatos, fazendo o leitor se imaginar na cena ou conseguir imaginar o cenário, os personagens, etc... Narre as ações, descreva as emoções. Lembre-se que uma fic nunca pode ser feita só de diálogos (eu passei o olho pelo primeiro episódio e vi que melhoraste um pouco nisso, então é só pra lembrar, ok?) Porém ainda falta detalhes e algumas explicações.

Falas totalmente desnecessárias: Essa parte aqui foi só pra deixar o episódio maior, né? Olha:

– Opa! - Cai na areia, Asuka também caiu na areia.

– Hahaha! - Comecei a rir

Foi totalmente inútil! =/ Além da repetição da palavra areia.

Além de outra coisinha aqui, que não foi nada desnecessário mas foi um errinho bobo:

– Akio vamos para casa! - Disse meu Pai dando a mão para mim.

Porque a palavra 'pai' está com letra maiúscula?

Enfim, é isso! Amanhã eu leio o primeiro episódio e edito aqui, procure revisar melhor o seu texto e enfim, boa sorte com a fic! õ/

Edit: Primeiro episódio: No primeiro episódio ainda continuaram os mesmos erros que no prólogo, como repetições de palavras e falta de narração/descrição e partes totalmente desnecessárias. Não vou repetir o que já falei, porém vou dar uma reforçada. Olha só essa parte aqui:

Era uma casa, parecia tão simples quanto ao modelo dela, a casa era de madeira, a tinta tinha um tom marrom. Havia telhas de cor laranja, e uma grande porta de mármore. Havia uma escada em frente à porta. Um pequeno cercado percorria a casa, havia ali um pequeno jardim. Parecia estar de dia, o garoto pegou uma chave de seu bolso, logo colocou na porta, logo a girou fazendo com que a porta fosse aberta.

Também ficou muito pequeno, quase do tamanho do seu prólogo! =/ Procure dar uma melhor revisada no seu texto, leia mais e enfim, boa sorte com a fic e até o próximo episódio.


Última edição por - Milley em Qui 20 Set 2012 - 11:31, editado 1 vez(es)
avatar
Ari Tasarov
Membro
Membro

Feminino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 05/03/2012

Frase pessoal : paradise


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Caminho Negro

Mensagem por Drawin em Qui 20 Set 2012 - 0:27

Olá, Dark Soul! O cap saiu bem rápido...
Era uma casa, parecia tão simples quanto ao modelo dela, a casa era de madeira, a tinta tinha um tom marrom.
Vi que nesses capítulos tivemos várias repetições inúteis.

O foco da narração é mudado diversas vezes, alguns exemplos:
- Mais um dia está começando... - Um jovem rapaz de cabelos negros e olhos azulados, aparentava estar caminhando para algum local.
- Tenho que chegar sem fazer barulho... - Pensei.
Perceba como muda de terceira para primeira pessoa. Não faça isso: vai deixar a fic confusa. Fará frases que podemos não perceber se é o narrador ou o personagem que narra e acredite, faz muita diferença.

Clek Clek
Primeiro o certo seria: ´´Clek, Clek!´´ e segundo: não coloque onomatopeias, elas estragam a fic. Além de não termos necessidade pois teve a narração de onde vinha o barulho, aqui só poluiu. E lembre-se de nunca terminar uma frase sem algum tipo de pontuação, é uma regra de ouro.

Percebi que você começou a descrever os personagens, mas bem pouco. Tente colocar tudo, da cor dos olhos até se suas unhas são pintadas ou não. Como sua fic não tem ilustrações (o que é algo bom, ilustrações podem poluir) o leitor vai ficar com o cargo de imaginar a personagem, para conseguir fazer isso é preciso bastante descrição. Ah, do lugares também. Não é só os personagens que tem pouca descrição nesse cap.

- Que sede... - Disse uma mulher, de cabelos lisos e castanhos escuros, ela tinha os olhos azulados. Era linda, estava apenas de pijama.

- Vou ver oque tem aqui na geladeira. - A mulher abaixou-se e logo pegou um suco, ela pegou um copo de vidro e logo colocou, despejou o liquido sobre o copo ele tinha a cor violeta. A mulher pegou o copo, logo colocou sobre seus lábios, bebeu o liquido aparentando aprecia-lo.
Em situação alguma faça isso. Colocar duas ou mais próximas da mesma personagem sem narração em meio a elas significa que é preciso ''mesclar'' as duas, o certo:

´´- Que sede... - Disse uma mulher, de cabelos lisos e castanhos escuros, ela tinha os olhos azulados. Era linda, estava apenas de pijama. - Vou ver o que tem aqui na geladeira

A mulher abaixou-se e logo pegou um suco, ela pegou um copo de vidro e logo colocou, despejou o liquido sobre o copo ele tinha a cor violeta. A mulher pegou o copo, logo colocou sobre seus lábios, bebeu o liquido aparentando aprecia-lo.´´

- Droga, vá embora Mãe! - Pensei reclamando.
O certo seria uma vírgula depois do Pensei.

A minha mãe, foi até a pia e lavou o copo. Depois disso ela entrou novamente na porta que ela havia saído e logo a fechou. Continuei a andar sobre o tapete, até que chego ao 2º andar.
Temos duas vírgulas inúteis aqui, a primeira está depois de mãe e a outra logo depois de tapete, um erro bem comum

Mas antes, peguei o meu pijama,
Vírgula inútil. Além de várias repetições encontradas.

Escuridão profunda...

No dia seguinte...
Não faça isso, é esse tipo de coisa que deixa a leitura maçante, que são os ''...'' Quando usados em excesso da a impressão que quem narra é uma pessoa extremamente velha que fala bem devagar. Nesse caso tudo bem, pois não foi muito repetido, mas tente ao máximo não repetir o ''...''

os raios de sol batem em meu rosto,
O Sol é único, para ele letra maiúscula. Essa ai é falta de atenção.

- Ótimo! Acordo já com um galo na cabeça! - Reclamo ainda mais.
Consertei essa frase no quote, coloquei em negrito o que você deveria ter colocado.

Eu, seu Pai e Sua Irmã.
Nomes de parentes em geral não se coloca letra maiúscula, muito menos o ''Sua''. Qual o corretor ortográfico que você usa?

- Escute bem Akio, Eu, seu Pai e Sua Irmã. Irei viajar para o continente de Kanto, por isso eu coloquei você em uma escola, lá você vai morar com sua tia. Na cidade de Dewford! Lá também há uma escola, mas não quero ouvir queixas sobre isso! Estou em uma constante viajem de negócios!
O começo dessa frase ficou bem confuso. Quem que vai viajar com quem?

Fora não termos explicação do porque ele foi dormir de manhã (mesmo que seja óbvia a resposta) também não temos carisma em nenhum dos personagens, todos são extremamente rasos Também não temos aprofundamento nos próprios sentimentos do protagonista, fazendo com que ele seja só uma peça para a história ocorrer, não tem nada demais. Também porque essa reação é uma reação completamente incomum de um garoto nessa idade: o normal seria no mínimo gritar por mudar de cidade, também porque parece que isso se encaixa em sua personalidade de chegar de manhã em casa.

Explique porque a mãe do garoto não se importou com ele ter vindo tão tarde...

Eh isso, boa sorte com a fic! Estou acompanhando!
avatar
Drawin
Membro
Membro

Feminino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 16/09/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Caminho Negro

Mensagem por Dark Soul em Sex 21 Set 2012 - 20:22

- Milley: Bem, eu cometi vários erros posso admitir. Mas como eu disse, nunca fiz uma fanfic antes. Por isso, eu não tenho muita experiência.

Drawin: Bem, obrigado pelas suas criticas bem construtivas! Com isso eu posso evoluir no ramo de fanfics, mas enfim. Como eu respondi - Milley "nunca fiz uma fanfic antes. Por isso, eu não tenho muita experiência. " Bem, espero que entenda!


Capítulo 02
Um pouco deprimido por não poder dar uma queixa para impedir que eu parta de minha cidade para uma mais distante. Fico o dia inteiro pensando.

- Será que irei me adaptar a minha nova escola?

O tempo passou rapidamente, não tinha muito para fazer, resolvo arrumar minhas malas. Acho algumas coisas como minhas fotos de quando eu era uma criança, e também alguns brinquedos.

- Bons tempos. - Olho para uma foto, vejo que eu era jovem e estava com alguns amigos apenas homens no canto dela há uma menina meio tímida.

Olho novamente para a garota e penso meio confuso.

- Oque? Será que é ela?

Logo após um dia inteirinho de domingo sem fazer nada, decido ficar em meu computador pesquisando a escola aonde eu iria estudar.

- Escola Dewford... – Penso escrevendo no poogle.

Acho alguns resultados, vejo quais são os membros da escola.

- Bem, acho que vou me ferrar! - Digo com toda a certeza.

O dia se passou rapidamente, sem que nada de extraordinário acontecesse, passei em um tédio mortal. Pensei que iria dormir naquela cama pela ultima vez...

- Agora, vou dormir para tentar acordar cedo amanhã. – Digo confiantemente

No dia seguinte.

Dia 25/03 – Litleroot – 10h00min Am.

O Sol raia em minha face, fazendo com que eu vire meu rosto. Não consigo abrir meus olhos, vejo que estou tendo um sonho. Acordo um pouco surpreso, logo saio de minha cama colocando meus sapatos felpudos. Saio de meu pequeno quarto, pegando minha mochila cuja eu arrumei minhas roupas e objetos.

- Adeus quarto. – Digo.

Saio diretamente dele, sigo pelo meu corredor. Vou até a meu banheiro, que se encontrava ocupado. Fico andando pelo meu corredor observando a pequena janela de madeira que dava uma vista para o lado de fora da cidade, era uma grande floresta com quantidade inédita de árvores. Ouço a porta de meu banheiro roer, e avisto minha irmã que acaba de sair de dentro dele.

- Obrigado Aya! – Digo para minha irmã.

- Pode ir lá, Akio! – Responde indo para o andar de baixo.

- Bem, vou logo para esse maldito banheiro!

Entro dentro dele, avisto meu piso de granito tinha as paredes coberto de pedrinhas azuladas, havia diversos objetos, uma pia, uma privada, um chuveiro. Entro no chuveiro totalmente nu, fecho a porta dele logo abro a bica para a água descer. Tomo meu banho calmamente, sem que nada me perturbe. Fecho meus olhos e imagino diversas coisas.

- Que água deliciosa! – Digo indo para baixo dela.

Após alguns minutos no banho, saio com a toalha envolvendo minha cintura. Seco-me logo ponho roupas limpas, coloco meu desodorante penteio meu cabelo e dou um sorriso para o espelho que fazia um reflexo de mim, logo pego a escova dentro de um tubo. Pego-a e escovo meus dentes até mesmo o final deles, logo percebo que sou retardado e digo: - Esqueci a pasta.

Passo a pasta em minha escova, logo começo a escova-lo novamente, após alguns minutos. Saio do banheiro, e desço as escadas. Vejo que minha família já estava pronta para partir, logo digo: - Bom dia família vamos?

Todos se levantam, até que vão para o lado de fora. Minha mãe tranca a casa e logo se despede da casa, entra em um carro de meu pai e logo partirmos em viajem, dentro de nosso veiculo nós discutimos um pouco sobre mim.

- Akio, porque no sábado você chegou tarde? – Questionou-me.

- Bem, a festa foi muito boa! E também, eu já possuo 15 anos, não perderia essa por nada! – Respondo sem medo.

- Não se pode chegar tarde em casa, pensei que você havia sido sequestrado. – Preocupada ,disse.

- Bem, na verdade eu fui sequestrado por duas garotas! Que logo me abandonaram... – Respondo um pouco triste.

- Haha! Até você foi abandonado na adolescência, sua mãe também era assim! – Meu pai ri, até que conta sobre minha mãe.

- Se você contar essa historia você não vai precisar aparecer nesta reunião... – Respondeu ela com um olhar tenebroso.

O restante da viajem pela nossa longa estrada ainda estava por vir, até que chegamos a cidade de Petalburg, no porto de navios da cidade.

Porto de Petalburg – 12:54 PM

- Nossa! 2 Horas de viajem! - Digo um pouco aliviado.

- Vamos logo para o porto! – Responde minha irmã com um mal humor.

Todos nós fomos até o porto, guardando o carro no estacionamento pendente da cidade, andamos até o local de compras de passagens para pegar o navio até Dewford, muitas pessoas esperavam. Eis que o sinal do navio soa.

- Atenção todos os que vão à Dewford. Peguem o navio de numero 004. – Soa uma voz, parecendo uma mulher.

Todos nós embarcamos no navio após mostrar nossas passagens para o segurança do navio, sentamos em um lugar confortável. Deitamos e esperamos o fim da viajem. Após 30 minutos, o navio zarpou de seu ponto, foi movimentando-se pelo mar, o gigante oceano que habitavam criaturas aquáticas, alguns pokémons corajosos nadavam em volta do navio, outros apenas aparentavam o navio de longe. Os do tipo aquático voador, ficavam voando sobre o mastro principal do navio, todos estavam se divertindo muito, até que a viajem chega ao seu fim após uma hora e meia de viajem marítima.

- Então, essa é a cidade de Dewford? – Digo aparentando uma enorme cidade, o inicio dela era uma praia, mas após andar um pouco dava para se perceber escadas levando ao centro da cidade, não era tão grande. Mas o tamanho dela, era como de uma cidade povoada. Estava avistando também a escola em que eu iria estudar, vejo meus pais me levando até o centro da cidade.

- Akio! Aguarde aqui, sua tia já lhe buscara! – Diz minha mãe, dando-me um beijo na bochecha. Logo um forte abraço, meu pai da um sorriso e acaricia minha cabeça, minha irmã me da um abraço dizendo: - Não vou ter alguém para perturbar.

Todos vão embora dizendo seus adeus, mas não admito. Aguardo um pouco até que uma lindo moça chega, era minha tia que possuía cabelos castanhos escuros lisos. Tinha os olhos de mesma cor, usava roupas não muito cobertas. Apenas um top branco, e um short jeans bem curto mesmo.

- Tia? – Digo um pouco chocado.

- Olá, meu sobrinho! – Ela me agarra e me abraça, sou esmagado pelos seus seios, fico um pouco sem folego e logo caio no chão.

Após dar saudações a minha tia, sigo-a até sua casa, vejo que é um lugar meio distante da cidade, subindo a rota de terra que levava até sua casa estilo havaiana, com uma pequena varanda, algumas folhas de palmeira e tom dessa árvore, vejo que é tipicamente uma casa havaiana. Entro dentro dela, é pequena possuindo apenas dois quartos, um banheiro e uma cozinha dividindo com a sala.

- Bem, acho que você ficara naquele quarto ali! – Disse minha tia apontando para a porta do cômodo.

- Ok! Vou desarmar minhas coisas! – Digo com um leve sorriso.

- Hey, Akio! Não há camas, nem estantes nem mesmo uma televisão neste quarto! Por isso você vai ter que trabalhar, para conquistar os objetos! – Minha tia me avisa quando estava ancioso.

Bem, cheguei a esta cidade hoje! Não fui para minha nova escola, no primeiro dia. Mas vi no horário que eu estudo de tarde. Por isso, não fui! Mas agora vou realmente começar minha aventura nesta cidade! Não perca os próximos episódios!



Última edição por Dark Soul em Sex 21 Set 2012 - 21:54, editado 2 vez(es)
avatar
Dark Soul
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 17/09/2012

Frase pessoal : Tá bom, tenho 13 anos '-'


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Caminho Negro

Mensagem por Drawin em Sex 21 Set 2012 - 21:38

Hey, Dark! Cá nós de novo, certo? As críticas, aos elogios:
O tempo passou rapidamente sem oque fazer resolvo arrumar minhas malas. Acho algumas coisas como minhas fotos de quando eu era criança e também alguns brinquedos.
Esse cap teve erros absurdos de vírgulas. Como... você realmente errou ali? Olhe esse quote e como deveria ser:
´´O tempo passou rapidamente, não tinha muito para fazer, resolvo arrumar minhas malas. Acho algumas coisas como minhas fotos de quando eu era uma criança, e também alguns brinquedos´´
Sentiu? Eu poderia citar todos os erros de vírgula, mas são tantos que acho que não aguentaria ler. Se quiser que eu cite os erros ou não diga

Acho alguns resultados, vejo quais são os membros da escola.

- Bem, acho que vou me ferrar! - Digo com toda a certeza.
Porque ele vai se ferrar? Não faz sentido! Se você coloca algo sobre os membros para deixar incompleto? Bem, mas isso também é devido a falta de narração, você precisa desesperadamente de mais adição.

Palavras são repetidas, e uma delas é ''saio'', deixa a leitura bem maçante.

- Que água deliciosa! – Digo indo para baixo dela.
Antes desse quote temos um ponto em que ele fala o que fez no banheiro, então uma coisa:
se você disse algo sobre o futuro, NÃO VOLTE PARA O PASSADO NA LINHA SEGUINTE. Sério, é quase senso comum.

Você só fez o questionamento da mãe por minha causa? Ah, a mãe e o pai pareciam ser ótimos personagens na conversa no carro, porque não mata o garoto e coloca eles como protagonista? Parece melhor do que um personagem sem carisma, personalidade e sem profundidade. Certeza que é.

Cara, isso já está me deixando um pouco irritada:
falamos que tem pouca narração, você continua com pouca narração. Citamos erros de vírgula que podem ser achados com uma revisão somente, e você parece que não revisa.

- Akio! Aguarde aqui, sua tia já lhe buscara
Essa frase está no passado por causa de um acento só: buscará=/=buscara
Buscara: passado
Buscará: futuro.

Eu cheguei a gostar do capítulo, parece que a tia será muito melhor que o protagonista. Enfim, MUITOS erros de vírgula, alguns erros de acento e assim a história segue. Como sempre, aguardo o próximo.
avatar
Drawin
Membro
Membro

Feminino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 16/09/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Caminho Negro

Mensagem por BelphegorP em Sab 22 Set 2012 - 1:45

Você parece ter potencial e querer melhorar, diferente de outros membros, isso é bom. Mas cara, 14 anos, não importa se você é novo ou não nas fics, você deve ter feito uma aula de redação, né? Deve,né? Fez,né? Porque então está puramente ruim? Vamos analisar essa fic que não me animou:

1-Pouca narração

2-Sem descrição

3-Personagens sem carisma e rasos

4-Sem processo de aceitação e desenvolvimento que deveria ter ao simplesmente abandonar a família para ir morar com a tia

5-Mistério falho (sério que acham que a cena do garoto no computador foi acidente?)

6-Vários erros de vírgula citados pelo membro acima

7-Falha em formulação de algumas frases

8-Capítulo pequeno

9-Você deu um pequeno spoiler na ficha dos personagens, porque na fic ainda não tínhamos encontrado a Asuka, que em falar nisso acho que odiarei.

Fic não horrível, mas ruim. Se sentir mal e entrar em depressão com trauma de ''ninguém gosta de mim'' está completamente liberado para trancar a fic, não vai terminar ela de qualquer jeito.



Mr. Black: Fanfic trancada por inatividade. Caso queira reabrí-la mande uma MP a qualquer Fanfic Moderador.
avatar
BelphegorP
Membro
Membro

Feminino Idade : 26
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 19/07/2012

Frase pessoal : Já viu o Sem Rosto? Olhe para trás.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Caminho Negro

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum