Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Another World - God Break

Ir em baixo

Another World - God Break

Mensagem por Colt em Ter 18 Set 2012 - 21:01

Bem galerinha, estou trazendo meu novo projeto, uma ficção cientifica sobre viagens no tempo e realidades alternativas. Desta vez vou fazer com que que este projeto vá para frente e não empaque. Agradecimento ao Mask do Rpg da Mythology por me dar algumas ideias. Enfim, não gosto muito de prólogos, então vamos direto pro primeiro capítulo.

O nome da primeira temporada será "God Break".



Capítulo 01 - O outro mundo.


Tudo estava calmo naquela época, até a fenda surgir. Em uma região no norte da Europa uma perturbação no tempo-espaço foi encontrada. A perturbação foi encontrada depois que tudo na área que ela se encontra sumir, deixando apenas uma cratera gigantesca, chamada de God Break. Dizem que antes da cratera surgir tudo foi engolido por uma imensa luz. Imediatamente cientistas de todo o mundo foram para a tal área, mas nenhuma descobriu o que era a perturbação, inúmeras teorias surgiram. Os governos do mundo tiveram até mesmo a ideia de tentar ativar novamente a fenda, sem pensar nas consequências de seus atos.

O mundo está um completo caos... Pessoas tem medo até mesmo da própria sombra. Conspiradores acusam os governos de esconderem informações da ruptura, criando outras teorias mais loucas que as dos cientistas, alegando ser um feito de tecnologia alienígena ou coisas do tipo.

Este é o ano de 2020, o ano do caos e das mudanças, onde uma perturbação que normalmente não afetaria a vida das pessoas está afetando.

-X-

O acampamento já estava montado. Eu tentava dormir, mas não conseguia, simplesmente o sono não vinha. Levantei-me do saco de dormir para ver as estrelas. Peguei meu jaleco e o coloquei por cima de meu pijama. Fazia certo frio, mas não importei, afinal por baixo do pijama estava usando varias roupas. Caminhei para fora da barraca e me deparei com a bela noite e com a cratera a cerca de meio quilometro de distância. Toquei nas fachas que cobria meu olho esquerdo, meu olho quase cego, que mais atrapalhava do que ajudava, era melhor ficar coberto, sem dar trabalho. Olhei pra cratera e rapidamente direcionei a atenção para as estrelas. Peguei uma foto dentro do bolso direito de meu jaleco. Lá estava eu e minha falecida irmã. Sentia saudade dela... Lembro-me que foi depois de sua morte que dediquei quase todo segundo de minha vida a carreira de físico e astrônomo. A foto tinha dois anos, pensei em como eu tinha mudado pouco, com exceção da facha é claro. Meu cabelo preto não havia mudado de penteado, continuava bagunçado, indo até meu pescoço. Meus olhos castanhos. Minha pele branca. Tudo estava igual, com exceção da altura, fique um pouco mais alto.

- Se minha teoria estiver certa, o God Break não é um perigo tão grande assim. – Falei baixinho só para mim mesmo.

Fui até a barraca em que estava instalado e peguei minha maleta. Voltei para fora e sentei na cadeira que estava na mesa que montamos. Coloquei a maleta na mesa de madeira desmontável e a abri. Peguei uma caneta tinteira e um papel com alguns cálculos, iria refazer e refazer os cálculos, nada podia dar errado, o menor erro poderia causar um efeito novo e inesperado. Como dito, refiz varias vezes, não encontrei nenhum erro, mas queria continuar, estava até me divertindo. Guardei o papel com os cálculos e a caneta e peguei um jornal antigo da época que a fenda foi descoberta, inicialmente pensava-se que um tipo de meteoro tinha caído no local, mas logo foi descoberto que nada havia caído ou explodido ali.

- Queria que fosse apenas um meteoro qualquer, me pouparia muito trabalho, mas até me divirto com isso. – Disse baixinho novamente.
Finalmente o sono veio! Guardei tudo e fui me deitar. Dormi rápido, mas tive uma madrugada desconfortável. Tive um ou dois pesadelos envolvendo o God Break, em um a fenda se abria e eu levava para um lugar onde não havia nada, nem mesmo o tempo, e no outro a fenda se tornava um tipo de buraco negro.

Acordei um pouco assustado e notei que era o único que ainda dormia. Levantei-me e vesti roupas de frio com meu jaleco por cima. Troquei as fachas do olho e sai da barraca lentamente me dirigindo até a mesa. Olhei para a neve e as árvores cobertas de gelo e voltei a me mover. Lá estavam os outros cientistas e nossos assistentes. Eu era o mais jovem do grupo, com apenas 20 anos, também tinham os assistentes que tinham mais ou menos minha idade.

- Que bom que você chegou George, estávamos discutindo a melhor forma de aplicarmos lasers no centro... Você acha é arriscado usar nós pontos onde a perturbação está maior? – Perguntou Cyrus, um dos pesquisadores.

Fiquei calado por um instante enquanto pegava chocolate quente. Cyrus era considerado um verdadeiro gênio, fez inúmeras descobertas, eu o admirava muito. Era um velho de cabelos grisalhos e barba bem feita, seus olhos eram negros, vestia roupa de frio, com um casaco azul por cima.

- Acho que se vamos mesmo fazer isto, devíamos tomar cuidado... Mas acho vale apenas tentar, meus cálculos dizem que só teremos força suficiente pra replicar o evento se usarmos nas zonas de maior perturbação. – Falei calmamente.

- Tudo bem. – Disse Cyrus sorrindo.

-X-

A tarde chegava e assim chegava a hora do experimento. Estávamos de frente à cratera, a cinquenta metros. Vestíamos roupas parecidas com as de um astronauta, com a diferença que parecia uma armadura, para nós proteger. Tinha um pressentimento ruim, mas resolvi não ligar para isto, afinal tínhamos boas chances de manter a perturbação sobre controle. Os mini-canhões de lasers estavam cada um em pedestais presos no chão. Os mais notáveis eram os do centro. Um apontado para o outro. Segundo minha teoria os Lasers de Íons deveria ativar o God Break se fosse em dose certa.

Faltavam dez minutos até a ativação dos canhões. Meu pressentimento só aumentava, mais e mais. Cheguei ao ponto de querer impedir e adiar em alguns dias para poder refazer novamente os cálculos, mas os atuais eram tão perfeitos, não tinha como dar nada errado. Os minutos passavam muito lentamente... Os outros estavam tão alegres com o experimento que se esqueceram de seus riscos e do desperdício de milhões de dólares caso falhasse.

Finalmente os dez minutos passaram, os canhões foram ativados. Nós primeiros segundo nada acontecia. Fora trinta segundos de silencio, trinta segundo de medo do experimento falhar ou ficar fora de controle.

Bem no centro da cratera uma energia de brilho inicialmente fraco começou a se expandir. No centro da energia podíamos ver uma imagem embaçada, era praticamente impossível distinguir o que era. A energia cobriu toda a cratera e se elevou ao céu. Parecia estar estável e sem riscos. Fui me aproximando cuidadosamente da perturbação junto dos outros cientistas. Estava fascinado, era a coisa mais linda que já havia visto na vida. Uma energia imensa podia ser sentida e de alguma forma mexia até com a gravidade, em certo momento nem parecia que estávamos na terra. Continuei a me aproximar e ai foi quando senti uma mão me empurrar, tropecei em uma pedra e cai dentro da fenda. Por um segundo pude escutar os cientistas gritando atrás de mim, pareciam não saber o que fazer... Só queria mesmo era saber quem foi que me empurrou.

Senti cada átomo do meu corpo se separando e se unindo novamente, senti minha mente se fragmentando em milhões de pedaços e depois se unificando novamente. Não sabia se ainda estava vivo e nem tive tempo de pensar nisto. Não consegui ver nada. Meu corpo foi puxado por uma força descomunal e de repente estava em um lugar completamente diferente. Parecia uma cidade fantasma, casas estavam abandonadas e em ruinas, também estavam queimadas. A neve cobria o chão. Resolvi não tirar meu traje especial e comecei a andar pela cidade. Talvez a perturbação fosse um portal para outros lugares... Uma ideia perturbadora me veio, talvez tivesse viajado no tempo ou mesmo estivesse em outra realidade, eram infinitas as possibilidades.

- Só espero ainda estar na terra... É bem provável que eu só tenha sido “teleportado” para este lugar que deve ser só alguns quilômetros da cratera, aparentemente ainda estou na região, não tenho com o que me preocupar, é só fazer algumas ligações.

Enquanto explorava o local em busca de alguém que pudesse me ajudar tentava me comunicar com alguém do grupo usando um sistema de comunição do uniforme. Sem sinal. Comecei a correr em direção a uma floresta que havia mais a frente.

Comecei a escutar vozes na floresta, finalmente encontraria ajudar. Quando coloquei o pé fora da cidade fantasma fui surpreendido por um grupo de homens armados.

- Parado! Quem é você? É um membro do “Novo Mundo”? – Perguntou um.



avatar
Colt
Membro
Membro

Masculino Idade : 22
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 19/03/2012

Frase pessoal : ba dum tss


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Another World - God Break

Mensagem por Drawin em Ter 18 Set 2012 - 21:50

Olá Zic! Estava checando (só checando, sem postar) que você era um hoster de um game que nunca andou... Não tenho nada a ver com isso, foi só um comment para se lembrar que hoster tem responsabilidade. Ao ponto: eu acabei sendo um pouquinho dura nisso, nada demais, realmente não quis ofender, desculpa. Mas é que tem algumas coisas na sua fic que... Parecem absurdas e outras coisas... Então não leve nada a mal, vamos ter paz e ser amigos.

Ok, eu não curto esse tipo de ideia, mas algo me fez querer comentar. Primeiro vamos a falta de prólogo:
Prólogo é necessário para caramba! Vou explicar: prólogo é feito para apresentar o elemento na qual a fic vai girar em torno e os personagens que a povoam e, as vezes, um flashback justificando a história. Com a falta do prólogo temos de explicar tudo em um só cap, fazendo com que fics como a sua fiquem sem muito fundo. Você simplesmente inseriu ali um prólogo! Sem explicações daquilo nem nada, foi um ´´não gosto de prólogo, colocar essa droga aqui´´ Você colocou algo assim nada a vê sendo que a fic não segue esse tipo de narração, só porque tem nojo de um prólogo ou sei lá, preguiça de colocar um ''Prólogo'' com negrito e size 24. Sério, se for colocar um prólogo dentro do cap 1, tenta se esforças para fazer da maneira que tem que ser...

Agora as críticas do que existiu:
Imediatamente cientistas de todo o mundo foram para a tal área
Uma coisa que se deve prezar é realidade. É bom saber que suspensão de descrença todo mundo tem, mesmo que não saiba, e sempre terá algum incomodado com isso. Não chamo esses de babacas, pois SIM queremos realismo. Tanto para aproximar a fic de nós e sentir o terror/medo/pavor dos personagens e para entrar na história, quanto para simplesmente não dizer ´´isso nunca aconteceria. Não quero algo que pegue coisas do nada para os acontecimentos´´ Existem pessoas assim, sou o que só vai pela primeira opção citada. Mas você acha que iriam deixar a Aids, o espaço ou qualquer outra coisa muito importante para ver o God Break (alguém trocará o Deus por bom, é...) Sim, é algo estranho, mas pense: terão pelo menos cientistas que checarão se isso fez algo na atmosfera... Então cara, na boa, sem querer ser pé no saco ou coisa assim... Realismo
O mundo está um completo caos... Pessoas tem medo até mesmo da própria sombra. Conspiradores acusam os governos de esconderem informações da ruptura, criando outras teorias mais loucas que as dos cientistas, alegando ser um feito de tecnologia alienígena ou coisas do tipo.
Ok, eu odeio memes do fundo do coração, mas um facepalm cairia bem aqui. Não, eu acho a ideia legal, mas você acha, pensa mesmo, pensa: que isso realmente aconteceria? Eu tenho uma suspensão de descrença enorme, mas aqui teve que aptar. Principalmente se colocarmos 2020 na coisa... Você não disse que data ocorreu mas temos ideia de alguns 10 anos... O assunto já tinha morrido. Eu poderia engolir essa com um poucos de mal estar se tivesse passado 2 semanas, exemplo

Fazia certo frio, mas não importei, afinal por baixo do pijama estava usando varias roupas.
Eu não vou citar erros de vírgula, já tenho certeza que isso vai dar um wall post, mas o certo seria:
´´Fazia certo frio, mas não ME importei. Afinal, por baixo do pijama estava usando várias roupas´´
Fique atento, cara! Não seja vítimas do horrível monstro do português sem vírgulas e outras coisas!

Toquei nas fachas que cobria meu olho esquerdo,
Tá, parei com isso, mas quando se tem plural se coloca um ''am'' ou ''aõ'' no final. Atenção a esses errinhos..

uma foto dentro do bolso direito de meu jaleco. Lá estava eu e minha falecida irmã
Não me controlei... Diga se quer ou não um wall post com citações... Não quero atrapalhar ninguém. O certo:
´´uma foto dentro do boldo direito do meu jaleco: lá estava eu e minha falecida irmã´´ Ah, ainda não entendi a lógica de pijama>jaleco>mais roupa

Eu quero, mas não vou citar mais vírgulas. Eu quero citar erros de lógica, mas não vou. Estou percebendo que deixar um comment completo é chato para alguns se for wall post
Você acha é arriscado usar nós pontos onde a perturbação está maior
Não é vírgula nem nada, então vale: nós=/=nos.
Nós: duas pessoas ou mais. Acho que já entendeu
Nos: indicação de lugar

Os outros estavam tão alegres com o experimento que se esqueceram de seus riscos e do desperdício de milhões de dólares caso falhasse.
Agora é oficial: parei com esse post, tá grande demais. Explicar: não mandariam, antes de tudo, um moleque de 20 anos para o God Breaker se não fosse um gênio, ao saber de Cyrus acaba por ele não ser. E também: da natureza humana que esses cientistas não ficariam animados com o experimento sem se tremer de medo. Agora eu acabo.

Ah, achei um pouco rápido e sem descrição. Agora... Não pare a fic. Por favor, eu reconheço o quão [insira qualquer palavra que quiser] nesse coment, mas sério cara... Não pare uma fic com uma ideia tão boa por causa disso. Todos tem seus erros, começo de fic então... Mas estou disposta a te ajudaraté o final. Só digo que a ideia é boa, não soube colocar em prática. Vou acompanhar.
EDIT: Elogiar um pouco mais para ter certeza que você não é do tipo ´´comment ruim e entrei em depressão´´ A narração está boa.


Mr. Black: Fanfic trancada por inatividade. Caso queira reabrí-la mande uma MP a qualquer Fanfic Moderador.
avatar
Drawin
Membro
Membro

Feminino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 16/09/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum