Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Pokemon: Crimson Alliance

Ir em baixo

Pokemon: Crimson Alliance

Mensagem por SebLynnch em Sab 25 Ago 2012 - 14:04



Sumário
Capítulo 00: Criação
Capítulo 01: Reconstrução
Capítulo 02: Colisão
Capítulo 03: Tentação
Ficha técnica:


Autora: SebLynnch
Temporadas: 1
Geração: III~IV

Personagens:
Nome: Red
Idade: 22
Dados atuais: Ex-treinador. Último campeão da Liga Pokémon (extinta).
Nome: Green
Idade: 22
Dados atuais: Treinador. Campeão do Torneio Continental.
Nome: Zero
Idade: ???
Dados atuais: Treinador. Atual campeão do Torneio Índigo. Líder da Alliance.
Nome: Gold
Idade: 18
Dados atuais: Treinador. Vice-campeão do Torneio Continental.
Nome: Sebastian
Idade: 17
Dados atuais: Treinador. Vice-campeão do Torneio Índigo.
Nome: Blue
Idade: 21
Dados atuais: Treinadora.
Capítulo 3 em construção. Dados serão atualizados em breve.

Prólogo: Criação
Red bocejou e se espreguiçou, tentando espantar o sono. Sentia-se cansado o bastante para ficar por ali por mais algum tempo. Não que a floresta de Viridian fosse um lugar agradável para tirar mais um cochilo, mas a ideia de que teria que caminhar por várias horas faziam-no sentir-se preguiçoso como um Snorlax.

Por um momento, imaginou se seria uma boa ideia voltar a dormir e esquecer-se de seus compromissos na Liga. Pikachu pulou em seu rosto e roubou seu boné, como fazia toda manhã. Red apenas resmungou baixo e o pegou no colo, ocupando-se em acariciar o Pokémon por alguns instantes antes de colocá-lo em suas pernas e puxar a mochila para perto, checando o conteúdo. Tinha o bastante para chegar à Viridian sem problemas.

Lembrou-se que ainda estava longe de Indigo Plateau e tentou imaginar por que estava se sentindo tão cansado daquele jeito.

Ele ergueu os olhos quando um barulho chamou sua atenção. Poderia ter sido apenas algum treinador ou um Pokémon selvagem, sabia disso, mas desde que acordara, estava com aquela sensação de que algo estava errado. Levantou-se devagar e olhou ao redor, desconfiado e atento.

Red despertou completamente quando o barulho se repetiu, parecendo um pouco mais sutil e mais próximo que antes. Pikachu notou sua repentina tensão e escalou suas roupas até descansar em seu ombro, pronto para defendê-lo. O rapaz podia sentir as pequenas descargas elétricas correndo por seu braço.

“Acho que não é nada,” ele sussurrou, afagando a cabeça amarelada do Pokémon. Estava passando tempo demais naquela floresta. “Eu estou ficando paranoico, isso sim.”

Tateou os bolsos e retornou Pikachu para a pokébola assim que encontrou o objeto. Sabia que o monstrinho estava cansado. Abaixou-se para pegar a mochila, decidido a voltar para a estrada, mas um movimento repentino o alertou. Red se virou e alguém atingiu seu rosto violentamente com um soco.

Por um segundo, pensou que havia deslocado o maxilar. Cambaleou para trás, tentando ignorar a dor e se focar na pessoa. Não o reconheceu de primeiro momento, mas o homem parecia ser um daqueles seguranças que estava acostumado a ver em torneios. Pelo menos, era grande e forte o suficiente para isso.

Outro soco quase o fez perder os sentidos, e ele engasgou quando o homem agarrou seu pescoço com força, o prendendo contra uma árvore. Red se debateu inutilmente, rosnando. Não queria entender o que estava acontecendo. Sentiu uma picada dolorida e, de relance, viu uma seringa com um tipo de líquido roxo, mas não teve tempo para pensar. Em poucos segundos, perdeu a consciência.

Quando acordou, sua cabeça e seu estômago giravam. Todo seu corpo doía como se tivesse sido atropelado por um Rhydon. O rapaz tentou olhar ao redor, querendo descobrir onde estava e o que haviam feito com ele. Seus pulsos estavam firmemente presos, ele podia sentir, e a luz não era forte o suficiente para iluminar o ambiente inteiro.

Pelo pouco que conseguiu notar, estava amarrado a um tipo de maca. Havia outra daquelas bem perto e ele tentou focalizar quem estava ali. Aos poucos, seus olhos se acostumaram à pouca luminosidade e Red sentiu o estômago embrulhar quando reconheceu a outra pessoa presa, bem ao seu lado.

Era como encarar seu reflexo, mas depois de alguns segundos notou que não havia nenhum maldito espelho naquele lugar. Sua cabeça começou a girar ainda mais rápido.

No instante seguinte, teve certeza de que estava perdido.
Notas finais:
Finalmente consegui escrever um prólogo decente (MUITO diferente do original, se eu posso dizer isso) e espero que esteja bom o suficiente desta vez. Não há nenhum (ou muito poucos elementos) ligados ao anime em si, já que não sou nenhuma fã e nunca assisti sequer um episódio, nesta fanfic, que é e sempre foi baseada no jogo Pokemon Red e suas sequências. Críticas construtivas, sugestões, comentários ou dúvidas sempre são muito bem-vindos, já que a minha intenção é melhorar a fic cada vez mais. E ignorem a capa mal feita... Obrigada por ter lido até aqui e boa tarde! :3


Última edição por SebLynnch em Ter 4 Set 2012 - 17:39, editado 10 vez(es)
avatar
SebLynnch
Membro
Membro

Feminino Idade : 25
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/08/2012

Frase pessoal : You and him are as different as day and night.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokemon: Crimson Alliance

Mensagem por BelphegorP em Sab 25 Ago 2012 - 14:27

Eu aconselho a não tirar fanfics do baú. Porque? Simples:se você não se lembra o porque de começar a escrever ou mesmo o sentimento que sentiu ao fazer,os capítulos novos ficaram em uma linha completamente diferente dos velhos. E se você nem se lembra o nome do jogo na qual é baseado,pior ainda. Para a analise:

1-Em algumas partes temos repetições,tais como boné, Equipe Rocket e Pikachu

Tinha certeza de que a Equipe Rocket havia acabado depois de derrotar Giovanni tantas vezes, tanta falta de notícias sobre o grupo...
2-Isso foi basicamente uma falha de lógica [?] Foi somente algo que me incomodou,a fic é sua,mas derrotar Giovanni uma vez deveria ser o bastante para acabar com os Rockets.

3-Não tem muita lógica dizer que você foi derrotado pela Equipe e simplesmente ir ao Poke Center. Eles não roubaram o Pikachu nem tentaram te fazer de refém? Realidade?

4-A morte do Pikachu foi rasa,sem aprofundamento. O drama foi ''construído'' de forma horrenda,fazendo com que você diga ´´Dane-se!´´ para o Pokémon Rato.

5-Como Green soube que a coisinha amarela morreu? Ele sabe ler mentes?

“Vou voltar pra Pallet. É o melhor que eu posso fazer. Eu tenho algum dinheiro que ganhei na Liga, então eu consigo voltar.”
6-Só uma pergunta: ele pode ir para Lavander de graça,porque não para Pallet?

7-Nenhum dos personagens é vivo,você não sente que eles são seres humanos. Primeiro Green,um amigo nunca agiria assim na frente de Red,se você ao menos próximo de um ser humano. E Red parece ter personalidade fraca,raso, ou é só porque você não pensou antes de escrever?

É isso,espero que não tenha sido muito grossa,não é a intensão (tenho tido essa impressão a um tempo) Bem-vindo a área de Fanfics e espero que possa melhorar e passar um tempo com agente aqui.
avatar
BelphegorP
Membro
Membro

Feminino Idade : 26
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 19/07/2012

Frase pessoal : Já viu o Sem Rosto? Olhe para trás.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokemon: Crimson Alliance

Mensagem por SebLynnch em Sab 1 Set 2012 - 18:50

Resposta aos comentários:
Que isso, não foi grosso e nem se preocupe. Como eu disse, críticas construtivas sempre são bem-vindas ^-^
Sim, fiquei um bom tempo sem chegar perto do Word e admito que como ficwriter eu estou realmente sem muita prática. Mas vamos lá:

1. Eu realmente notei isso e revi esses trechos algumas vezes, mas infelizmente não consegui tirar tudo o que eu queria. Vou tentar evitar isso no próximo capítulo.
2. Bem, sim e não. Como eu comentei, a linha da fic está seguindo a do jogo (você tem que derrotar o maldito Giovanni 576947 vezes, enfim...) mas, contudo, porém, entretanto, todavia, Giovanni não é o culpado (dessa vez) e eu vou explicar isso um pouco mais à frente.
3. ...Mea culpa. Na minha cabeça, o Red se aproveitou que tinha derrotado os caras da Equipe Rocket e deu no pé antes que eles pudessem tentar alguma coisa. Vou melhorar isso.
4. O problema de fazer dramas é que... Pois é, você notou o meu problema. D: Drama nunca foi meu forte e eu tento melhorar, mas pelo visto não está dando resultado.
5. Não acho que ele saiba ler mentes, mas ver um cara num Poke Center, sem seu Poke e chorando...
6. Red não foi para Lavender de graça (se é o que pareceu), ele apenas pediu que Green fosse com ele para ter companhia.
7. Pois é, essa foi uma das grandes falhas no capítulo que eu estou tentando consertar. Espero que o próximo capítulo agrade mais.

Capítulo 1: Reconstrução
Cinco anos depois...

Green sorriu para si mesmo ao reconhecer o porto e correu para seu quarto. Alguns treinadores que iriam desembarcar em Kanto também já começavam a se preparar. Eevee continuava adormecido em seu travesseiro enquanto o loiro arrumava suas coisas e só acordou, parecendo mal-humorado, quando foi pego no colo.

- Ora, vamos, nós estamos em casa. – Green sorriu novamente e permitiu que o Pokémon se enfiasse em sua jaqueta. – Sua bola de pelos preguiçosa.

O S.S. Anne finalmente aportou em Kanto depois de alguns minutos. Ele foi um dos primeiros a desembarcarem. Era muito bom estar de volta depois de ter passado todo aquele tempo fora, em Unova. Realmente sentira falta de casa.

Automaticamente, pensou em Red. Não falava com o amigo desde que embarcara para Sinnoh e a ideia de que Red estaria tão forte – ou até mais – quanto ele o animava bastante. Seria muito bom reencontrá-lo.

Antes de se dirigir ao Centro Pokémon, resolveu dar uma volta por Vermillion. A cidade parecia bem maior que antes. Aquilo realmente o surpreendeu. Não se lembrava de tantos prédios em Vermillion – ou tantas pessoas.

- Hey! – Green resmungou quando alguém esbarrou em seu ombro violentamente, quase o derrubando.

- Saia do caminho, pirralho. – O homem o encarou com uma expressão irritada, mas o loiro não se intimidou. – É melhor ir pra casa antes que você se machuque.

- Engraçado, eu ia te dizer o mesmo.

- Está querendo arrumar confusão, moleque?

Green iria retrucar, mas alguém segurou seu ombro com força e o puxou para longe do homem. Ele resmungou baixo e encarou o recém-chegado. O rapaz parecia ter 15 ou 16 anos, mas era forte o suficiente para manter o loiro no lugar.

- Vamos, Karl, não viu que o garoto acabou de desembarcar? Com certeza ele não sabe que você é o maior galanteador da cidade.

- Um dia você ainda vai perder sua língua.

O homem chamado Karl se afastou e sumiu entre algumas pessoas. Green rolou os olhos e se afastou um pouco, tentando reconhecer o rapaz. Ele tinha longos cabelos prateados e olhos dourados. Pela postura, parecia-se muito com um treinador – e dos bons.

- Meu nome é Sebastian. – O rapaz sorriu simpático. – Você não parece ser daqui. Pelo menos, eu nunca te vi antes.

- Eu sou de Pallet, mas parece que eu fiquei muito tempo fora.

- Pelo jeito sim. Vamos, acho que as novidades não saíram de Kanto.

Green concordou e seguiu o garoto até o Centro Pokémon. Ao contrário de Vermillion, o lugar não mudara nada. Ele deixou seus Pokémons descansando e sentou-se perto de Sebastian, numa mesa no fundo do Centro.

- Eu nunca imaginei que Vermillion ia crescer desse jeito. – Green disse sinceramente. – Eu quero dizer, quando eu saí daqui, era uma cidade pequena.

- Muita coisa mudou por aqui. – Sebastian balançou os ombros. – Acho que você se lembra da antiga Team Rocket... – Green assentiu quase automaticamente. Como poderia esquecer? – Bem, a original não existe mais. Agora são conhecidos como Alliance.

- O que você quer dizer?

- Eu quero dizer... – O garoto parou e olhou ao redor por um instante, curvando-se sobre a mesa para poder sussurrar. – Que eles não são os palhaços de antes. Eles são perigosos, de verdade. Parece que o novo líder joga pesado, e alto. Bem alto. Em menos de cinco anos, compraram a Silcorp, tomaram e reconstruíram Kanto inteira.

- E isso... Não é uma coisa boa?

- Claro, se você considerar todas as pessoas que sumiram e todos os Pokémons que eles têm usado para experiências malucas... O que eu quero dizer é que você não está mais na Kanto que conhecia. É bom tomar cuidado. Aquele cara de antes é o mais inofensivo que se pode encontrar hoje em dia.

- Experiências?

- Meu pai era um dos cientistas. – Sebastian umedeceu os lábios rapidamente. – Eles estavam, e acho que ainda estão modificando os Pokémons geneticamente. Transformando todos eles em máquinas de batalha. Como se estivessem se preparando pra um tipo de guerra, entende?

- Não muito. Por que fariam uma coisa dessas?

- Não faço ideia, mas é o que está acontecendo. Melhor cuidar bem dos seus Pokémons enquanto estiver aqui ou voltar para onde você estava.

- Como se eu fosse covarde o bastante para fugir deles. Escute, antes de isso tudo começar havia um campeão da Liga. O nome dele é Red.

Sebastian hesitou, parecendo realmente tenso. – Nunca ouvi falar.

- Você mente muito mal. – Green franziu o cenho, não entendendo aquela reação, mas Sebastian simplesmente se levantou e correu para fora do Centro. – Hey!

O loiro suspirou, decidindo ignorar aquilo. Talvez o moleque só estivesse lhe pegando uma peça. Ele recuperou seus Pokémons e resolveu passar a noite no hotel local. Estava bem maior e mais confortável do que antes, deveria admitir. E mais caro.

Quando apagou as luzes, teve a sensação de que aquela seria uma longa e difícil semana.

-x-x-x-

Ele batucou os dedos na mesa levemente, o rosto apoiado na outra mão. Por quinta vez, encarou os relatórios à sua frente, entediado. Talvez pudesse dar uma volta e brincar com aqueles que se diziam treinadores...

- Chefe, a última carga acabou de desembarcar.

- Ótimo...

- Algum problema, chefe?

- Não. Eu quero que a carga esteja aqui esta noite. Atrasos não serão mais aceitos, espero que isso esteja bem claro.

- Sim, senhor.

- Mais alguma coisa que seja importante?

- Ryu ainda não mandou notícias. Acha que devemos mandar alguém atrás dele?

- Não é necessário. Uma última coisa, o torneio será mais cedo este ano. Arranje para que tudo fique pronto até a próxima semana. Pode ir agora.

- Boa noite, chefe.

Ele esperou o subordinado sair para se levantar e se aproximar da estante nos fundos da sala. Empurrou alguns livros para o canto, apertando o botão escondido ali, e entrou assim que o móvel se afastou da parede automaticamente. Não se incomodou com a pouca luz no ambiente. Pelo contrário, preferia daquele jeito. Sempre preferiu.

Aproximou-se da máquina e tocou o vidro da câmara. O “gêmeo” abriu os olhos, sonolento e confuso, mas sorriu um pouco e estendeu a mão, como se quisesse alcançá-lo. Por um segundou, pareceu realmente decepcionado quando não conseguiu.

- Vai dar tudo certo. Só tenha mais um pouco de paciência. Você vai sair daí logo.

O rapaz preso sorriu um pouco mais e fechou os olhos, adormecendo. Zero suspirou e observou seu “gêmeo” por alguns minutos. Gostaria de tirá-lo dali naquele mesmo instante, mas sabia que não poderia ao menos considerar a ideia. Voltou para sua sala, tentando prestar atenção nos malditos relatórios. Tinha certeza de que teria um longo dia pela frente.

-x-x-x-

Green estranhou aquele movimento repentino no Centro Pokémon. Por mais que as cidades de Kanto fossem maiores agora, não se lembrava de ver tanta gente aglomerada num Centro daquele jeito. Balançou a cabeça, imaginando quando se acostumaria com tudo aquilo. Estava de volta há mais de uma semana e ainda se sentia em outro país.

O Centro de Vermillion parecia especialmente lotado naquele dia, e vários garotos pareciam agitados sobre alguma coisa. Green deixou a curiosidade vencer e tentou se aproximar para descobrir o motivo de tanto alvoroço. Um cartaz diferente chamou sua atenção.

Era sobre um torneio que seria realizado em alguns dias, na Indigo Plateau. O Torneio Índigo estaria aberto a todos os treinadores, de qualquer idade, e ocorreria a semana inteira. Pelo que conseguiu ler, era uma espécie de evento anual. Mesmo que a Alliance fosse a patrocinadora, aquilo o interessou. Talvez conseguisse encontrar Red no torneio. Tinha certeza de que o rapaz nunca perderia um evento daqueles.

Rapidamente, escapou entre as pessoas que se haviam se aglomerado perto do cartaz e se aproximou da atendente do Centro. Para sua surpresa, não precisaria viajar até Viridian para se inscrever. Isso o animou ainda mais e ele assinou alguns papéis, recebendo um tipo de cartão roxo escuro.

- Primeira vez no torneio? – A atendente perguntou, sorrindo com gentileza.

- Sim. – Green assentiu rapidamente e apontou para as crianças perto do cartaz. – É sempre desse jeito?

- Não. É o quinto ano de torneio e será realizado mais cedo, então acho que estão preparando uma surpresa ou algo do tipo.

- Parece interessante.

- Muitos treinadores se inscrevem todos os anos. – A atendente sorriu de novo e entregou um crachá ao loiro. – Isso é tudo, Green. Você vai precisar do cartão e do crachá para entrar no torneio, e tente não se atrasar. O torneio irá começar às 8h em ponto, e você precisa ter no mínimo dois Pokémons se chegar às finais. Se não, você poderá ser desqualificado.

- Entendido. Obrigado.

Green guardou o cartão e o crachá e saiu do Centro Pokémon, tentando imaginar como seria aquele torneio. Talvez fosse bem melhor do que ele estava pensando. Alguém chamou seu nome e ele se virou, sorrindo ao reconhecer Gold. Aproximou-se e abraçou o garoto.

- Hey, o que você está fazendo aqui?

- Eu soube do torneio e vim me inscrever, é claro. – Gold sorriu animado. – Aposto que você vai participar também.

- Acha mesmo que eu iria perder essa? – Green sorriu mais. – E eu aposto que você não chega nem perto das semifinais.

- Não banque o convencido, idiota. Eu lembro bem quem ganhou da última vez.

- Só porque eu deixei você ganhar, pirralho. – O loiro riu e passou o braço pelos ombros do mais novo, o empurrando para o Centro Pokémon. – Quando você chegou?

- Ontem à noite. – O moreno olhou ao redor, parecendo curioso. – As coisas mudaram bastante por aqui, huh?

- Você nem faz ideia, meu amigo.
Notas do capítulo:
Bem, eu tenho certeza de que esse capítulo foi meio que... BEM corrido. Mas acho que deu para explicar uma coisa ou outra. Os próximos capítulos terão explicações um pouco mais detalhadas, não se preocupem. Críticas construtivas, comentários, dúvidas ou sugestões são sempre bem-vindas. Obrigada a quem leu até aqui! :3


Última edição por SebLynnch em Seg 3 Set 2012 - 13:23, editado 1 vez(es)
avatar
SebLynnch
Membro
Membro

Feminino Idade : 25
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/08/2012

Frase pessoal : You and him are as different as day and night.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokemon: Crimson Alliance

Mensagem por -Murilo em Dom 2 Set 2012 - 11:15

Olá! Eu já havia lido o primeiro prólogo quando você postou, mas estava esperando o primeiro capítulo pra comentar. Ainda bem que esperei porque com a mudança da história eu ia ficar perdido. Sabe, acho que gostei muito mais dessa história do que a primeira.
Se eu entendi bem, a nova equipe rocket se chama Alliance, e eles sequestraram e aparentemente clonaram o Red. E parece que o clone é que comanda a equipe "vilã". Pelo meno foi isso que eu entendi, e foi isso que o banner deu a entender. É uma história ótima. Como essa história se passa muito tempo depois dos jogos, acho que não preciso me preocupar com o Green. Ele parece ser uma boa pessoa agora, e aparentemente está sendo o protagonista. E não só ele, mas Gold também apareceu. Adoro as fics que aparecem os personagens dos jogos. Será que a Blue vai aparecer? Estou torcendo *----*

Agora sobre o texto, digamos que ele está bom, mas você usa aspas entre as falas dos personagens. Eu acho que ficaria melhor usar o travessão, e usar as aspas só nos pensamentos. É porque todas as fics daqui são assim, e a sua causou um pouco de estranheza. Uma coisinha ruim que eu acho é quando tem muitas falas seguidas. Seria bom se você colocasse mais um pouco de narração e descrição entre elas pra não ficar uma coisa chata. Veja por exemplo a conversa entre o chefe e o subordinado. Foram muitas falas seguida não acha? Dava pra colocar um pouco de narração alí, falando sobre o lugar, as emoções dos personagens, etc. Erros não encontrei felizmente. Estou gostando muito da sua fics. Vou acompanhá-la. Boa sorte^^



Mr. Black: Post do ABP Mod apagado, por que além de ser considerado flood, foi completamente arrogante.
avatar
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokemon: Crimson Alliance

Mensagem por SebLynnch em Seg 3 Set 2012 - 13:22

Resposta aos comentários:
@Murilo_Marcos:Olá! Que bom que você gostou da mudança de história (não posso mentir, eu também gosto mais dessa do que a anterior) e espero que também goste do que está por vir. Sim, a Blue vai aparecer nos próximos capítulos, não se preocupe (sem spoilers sobre o Zero por enquanto, oops :3). Talvez a Yellow apareça para dar um oi, mas não sei dizer ainda, haha. Bem, quanto às aspas, isso é um costume meu, mas eu posso mudar se isso fizer a fic mais agradável de ler, sem problemas. E sim, o capítulo teve muuuuitas falas seguidas e infelizmente ele ficou MUITO corrido. Com certeza o segundo não vai ser assim, não se preocupe. Obrigada mesmo pelo comentário, me deixou muito feliz! ^-^

@ABP Mod: Desculpe, ou eu ainda estou com muito sono ou eu realmente não entendi seu comentário ou você simplesmente não leu a fic. Você ajudaria muito se explicasse o que quer dizer =)

Capítulo 2: Colisão
Green olhou ao redor, tentando descobrir quantas pessoas haviam se inscrito no torneio. Reconheceu alguns treinadores de Johto e Sinnoh, e um ou outro de Unova, mas todos os outros pareciam ser de Kanto. Balançou a cabeça e conseguiu escapar do aglomerado, procurando por Red ou Gold. A Indigo Plateau ainda estava fechada. Ele olhou ao redor e sentiu alguém cutucar seu ombro.

Gold sorriu maroto e eles olharam para os portões da Indigo Plateau assim que os treinadores começaram a se movimentar. Por algum motivo, Green sentiu um arrepio percorrer sua espinha, mas ignorou-o, mais preocupado em observar o lugar. Não se lembrava daquele prédio ser tão grande. Parecia muito, muito maior que antigamente.

Os treinadores se espalharam pelo hall, conversando entre si baixinho. Todos pareciam ansiosos e nervosos. O loiro deveria admitir que também estivesse se sentindo daquele jeito, mas olhou ao redor, curioso. Estava realmente muito maior, e havia mais balcões dos Centros Pokémons que antes. Atrás dos balcões, painéis piscavam o horário. 8h.

Notou que alguns treinadores assinavam um tipo de ficha e ele se aproximou. Descobriu que teria que assinar aquilo também, e que o cartão serviria para abrir a porta do quarto que ele ficaria acomodado por toda a semana de torneio, enquanto não fosse desclassificado. Chamou Gold e eles rapidamente preencheram os papéis.

Assim que terminou, o loiro passou os olhos pelos treinadores, querendo encontrar Red. Acabou desistindo depois de alguns instantes. Havia muita gente ali e poderia encontrar o amigo mais tarde. Gold comentou alguma coisa e ele encarou o garoto.

- O que foi?

- Tem muita gente participando. – O moreno repetiu. – Eu nunca pensei que Kanto tinha tantos treinadores.

Green não teve tempo de responder. Um peso repentino em seus ombros o fez se desequilibrar e cair. Felizmente não se machucou com a queda brusca. Ele resmungou baixo e olhou para trás, não se surpreendendo ao reconhecer a garota sentada em suas costas. Blue riu divertida, com aquele ar maroto de sempre. Imaginou que ela só havia crescido fisicamente.

- Você precisa ser tão escandalosa desse jeito, mulher?!

- É claro, idiota. Achei que te encontraria aqui.

O loiro rolou os olhos e levantou-se quando Blue fez o favor de sair de cima dele. Ele arrumou a roupa e encarou a garota, mas mal teve tempo de cumprimentá-la. Ela fora mais rápida e praticamente se jogou em seus braços.

- É bom ter você de volta, Green.

- É bom estar de volta. – Ele sorriu e conseguiu se desvencilhar da morena. – Yellow vai participar?

- Não, ela já havia se inscrito em um dos torneios de Sinnoh. – Blue balançou a cabeça e olhou para Gold, sorrindo. – Oi!

Eles ficaram conversando por algum tempo, e Green admitiu que tivesse sentido falta de tudo aquilo. Finalmente, os painéis atrás dos balcões do Centro Pokémon piscaram rapidamente, agora mostrando as listas de treinadores que iriam participar da primeira fase. Ele procurou seu nome, descobrindo que deveria ir para a arena 3. Não soube se deveria ficar animado ou nervoso.

Gold e Blue faziam parte daqueles que entrariam nas próximas fases, e também não encontrou o nome de Red. Pelo que conseguira perceber, havia cinco arenas, com 10 treinadores em cada. Tentou se lembrar de como era a antiga Indigo Plateau, mas acabou esquecendo-se disso quando alguém subiu em um dos balcões, chamando a atenção de todos.

Por um momento, pensou que estava alucinando ou coisa assim. Piscou algumas vezes, não acreditando. Não poderia ser Red. Não com aquela postura, ou com aquelas roupas escuras, ou com aquele ar superior que ele nunca tivera. Procurou o olhar de Blue e notou que ela estava tão – ou até mais – chocada que ele.

- Bem-vindos ao quinto Torneio Índigo. – A voz do moreno despertou sua atenção e Green voltou a encará-lo. – É um prazer tê-los aqui mais um ano. As regras continuam as mesmas: chegar à final.

O loiro tentou encontrar o olhar com o de Red, querendo ter certeza do que estava vendo. Eles se encararam por um instante e ele notou algo diferente no amigo: as íris do moreno não eram vermelhas, como antes. Agora, pareciam bem mais escuras, quase num púrpura brilhante.

- Devido a infelizes ocorrências, a captura do Pokémon de outro treinador está banida do torneio. Aquele que o fizer será desclassificado – e punido.

As íris arroxeadas se demoraram em um grupo de treinadores por alguns segundos. Green sentiu Blue se aproximar, e ele assentiu levemente quando ela puxou sua camiseta. Tinha certeza de que ambos estavam pensando a mesma coisa: aquele não era Red.

- As semifinais e a final ocorrerão no último dia. – Zero continuou. – Espero que todos deem o melhor de si neste torneio. Aqueles que não foram convocados para a primeira fase, por favor, sintam-se a vontade para assistir às batalhas. – Ele indicou pequenos portões do outro lado do hall.

A morena sussurrou “boa sorte” e acenou para Gold. O loiro os observou até que atravessassem os portões, com vários outros treinadores. Sentia o coração bater mais rápido do que deveria. Suspirou e enfiou as mãos nos bolsos, não querendo se sentir tão nervoso daquele jeito – não pelo torneio, mas por Red.

- As arenas serão abertas em poucos minutos.

Zero saltou do balcão e sumiu por trás de alguns seguranças. Depois de alguns instantes, os murmúrios começaram, mas Green não se interessou neles. Sentiu a cabeça girar e tentou se concentrar. Sabia, bem no fundo, que não era nenhum engano. Acabara de ver Red. Suspirou novamente e se virou quando alguém segurou seu ombro.

- Tudo bem? – Sebastian sorriu. – Você parece nervoso. Não é por causa do torneio, é?

- Claro que não. Você disse que nunca tinha visto ele por aqui.

- Pelo que me lembro, você perguntou de alguém chamado Red. – O rapaz balançou os ombros. – Eu falei a verdade. Aquele que você acabou de ver é Zero. Líder da Alliance.

O loiro pensou em rir, mas a expressão séria do mais novo o fez ter certeza de que era verdade. Sua cabeça girou novamente e ele agradeceu por poder se sentar, ou sabia que iria acabar caindo. Sebastian o encarou, preocupado, mas ele só precisou de alguns instantes para se recuperar. Preferiu ficar em silêncio até que os treinadores começassem a se mover e atravessar outros portões, maiores e mais largos que os anteriores.

Eles seguiram por um corredor estreito, mas bem iluminado, e Green pensou na caverna da Indigo Plateau. Imaginou se ela ainda existia. Isso não importava no momento. Logo chegaram ao grande estádio, e ele conseguiu distinguir as arenas. Ergueu os olhos para as arquibancadas e se espantou com o número de pessoas, não só treinadores, que estavam ali para assistir às batalhas.

- Parece que vieram mais pessoas esse ano. – Sebastian comentou. – Acho que vamos ter que nos esforçar. Boa sorte, Green.

Green assentiu rapidamente e seguiu para a arena 3, observando os treinadores. Não pareciam fortes, ou experientes. Um ou dois deles não deviam ter mais de 13 anos. Novamente, pensou em Red, e ele correu os olhos pelas arquibancadas, esperando encontrá-lo. Isso não demorou mais que alguns segundos.

Bem no meio, no melhor lugar do estádio, estava ele. Como sempre, o loiro não conseguiu decifrar o que ele estava pensando. Maldito idiota sem expressão.

Decidiu parar de se concentrar naquilo. Um dos juízes se aproximou, explicando as regras e definindo as duplas. Green iria batalhar com um rapaz que ele quase confundiu com Bill. O garoto não parecia ter mais de 15 anos, ar de inteligente, mas não um bom treinador. Eles seriam os penúltimos a batalhar.

A multidão começou a se alvoroçar. Zero acenou e os juízes deram início à primeira fase do torneio.

As duas primeiras batalhas não demoraram muito, pelo menos na arena em que estava. Os treinadores ali não eram realmente habilidosos. O barulho dos espectadores começou a incomodá-lo. Finalmente chegou sua vez. Acenou para o garoto e puxou a pokébola, libertando Arcanine ao mesmo tempo em que o outro escolhia um Girafarig.

Não se surpreendeu quando foi o vencedor, mas pelo menos o adolescente tinha até se saído bem e sido bem simpático ao aceitar a derrota. Cumprimentaram-se antes dele se juntar aos espectadores, juntamente com os treinadores que haviam perdido na primeira fase.

Os televisores que estiveram mostrando as batalhas durante a fase foram desligados por um momento, depois passaram a exibir as listas dos treinadores para a próxima fase. Green reconheceu o nome de Gold entre eles. Silenciosamente torceu pelo rapaz enquanto seguia os vencedores, mas não foi para a arquibancada. Preferiu voltar ao hall, estranhamente silencioso, e esperar que aquele dia acabasse logo.

Não que não estivesse excitado e animado com o torneio, mas aquela aparição repentina de Red o deixara em choque, mais do que ele gostaria de admitir. Não podia ser verdade. Tinha certeza de que o amigo jamais se uniria a uma equipe como a Alliance. Enterrou o rosto nas mãos, desejando parar de pensar naquilo.

-x-x-x-

- Você lutou bem, Gold.

- Eu sei.

- Não banque o convencido, espertinho. – Blue riu um pouco e olhou ao redor quando eles chegaram ao hall. – Eu estou preocupada com o Green...

- Por causa dele, não é? – Gold passou a mão pela nuca. – Quero dizer, eu nunca achei que o Red pudesse fazer algo desse tipo.

- Nem eu. Bem, vamos encontrar aquele idiota e tomar um bom café da manhã.

Eles vasculharam o hall e alguns quartos, mas Green havia desaparecido. Os treinadores começavam a voltar do estádio e a garota suspirou, parecendo preocupada e ansiosa. Esperava que o loiro não tivesse ido muito longe. Alguns seguranças indicaram o segundo andar, onde ficavam as acomodações dos treinadores, e ela esperou que Green estivesse lá. Por sorte, ele e Gold dividiriam o quarto.

Não demoraram muito para encontrar o aposento, que também estava vazio. Blue suspirou novamente e se sentou na cama mais próxima.

- Você não acha que ele foi embora, acha? – Ela perguntou baixinho, erguendo os olhos para encarar Gold.

- Claro que não. Se ele quisesse, não teria ganhado a primeira fase. – Gold sorriu, tentando acalmá-la. – Aquele idiota deve estar em algum lugar aqui, treinando sozinho. Vem, vamos comer alguma coisa. Em alguma hora ele vai aparecer.
Notas finais:
Oops, não é que a Blue apareceu mais cedo? Bem, eu tentei colocar mais narração e diminuir bastante o número de falas, mas não sei se ficou como eu queria. Não sou muito boa em descrever as cenas de batalhas, mas vou tentar melhorar isso mais pra frente.

O capítulo 1 foi editado para se encaixar no padrão da fic e as personagens foram atualizadas. Comentários, críticas construtivas, dúvidas e sugestões são sempre bem-vindos! Obrigada por ter lido até aqui!
avatar
SebLynnch
Membro
Membro

Feminino Idade : 25
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/08/2012

Frase pessoal : You and him are as different as day and night.


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokemon: Crimson Alliance

Mensagem por -Murilo em Sab 8 Set 2012 - 11:42

Aéé! Blue apareceu. E parece que ela vai ter um bom destaque, já que ela faz parte do trio red/gree/blue. A competição começou, mas não vi nenhuma batalha, uma pena. Fico me perguntando se Green e Gold vão se enfrentar. Uma duvida que tenho: Já que os personagens são mais velhos, Gold apareceu, os eventos de Gold/Silver já aconteceram. Green não é mais o lider de ginásio de viridian? Deve está com outra pessoa, já que ele estava em Unova. Outra duvida que tenho: Já que Green estava em Unova, ele não sabe o que aconteceu em Kanto. Mas e Blue? Ela não sabe que "Red" se tornou zero, lider da nova tema rocket? (outros personagens vão aparecer?)
Bom, o texto continua bom. Melhorou mais na descrição, parabéns! Vou continuar acompanhando. AH! Não tenha pressa pra postar capítulos. Um por semana é mais que suficiente. Só uma dica. Boa sorte^^
avatar
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokemon: Crimson Alliance

Mensagem por Rush em Seg 17 Set 2012 - 11:46

Bom dia, SebLynnch!

Olha, li o prólogo e os dois capítulos e tenho que dizer que gostei muito. Sua narração está boa, você descreve muito bem o ambiente e a personalidade das personagens, porém achei as passagens de tempo meio corridas, pois falta um pouco mais de 'explicação' e detalhes nesta parte. De uma hora para a outra o Green some, o Red - vulgo Zero - aparece, e etc.

Gostei muito da ideia, muito mesmo. Gostei do Zero em si e de Sebastian, achei ele um personagem carismático, mesmo tendo pouca aparição no início. Mas.. A FF será construída em base do Mangá? Ou seja, tudo que aconteceu no Mangá serão apenas lembranças de um passado real dos personagens? Essa é a única dúvida que veio em minha cabeça...

Gosto muito da Blue, mesmo ela sendo 'marota' e 'infantil' ela já conquistou minha paixão por sua personagem, mas outra que eu também adoro é a Yellow, notei que ela foi citada, mas espero que ela apareça. Será que ela irá fazer uma outra busca por Red? Hahaha.

Estou no aguardo do terceiro Capítulo, você já tem um leitor oficial! Haha

Um abraço, até mais!
avatar
Rush
ABP Mod
ABP Mod

Masculino Idade : 23
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/06/2012

Frase pessoal : Agora você não tem mais waifu!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokemon: Crimson Alliance

Mensagem por Drawin em Seg 17 Set 2012 - 12:07

A fic não me cativou, mas acho que ainda é possível. Não consegui uma premissa muito interessante, mas isso dentro de meus gostos, perceba que tem várias pessoas que a curtem, e talvez eu até possa fazê-lo. Então aproveite e veja esses errinhos:
Por algum motivo, Green sentiu um arrepio percorrer sua espinha, mas ignorou-o,
Nuss, essa deve ser a regra mais odiada/ignorada da ortografia... Ela mostra o erro: quado a próxima palavra é: mas, porém (que são dois exemplos para classificar as outras) não se usa a vírgula. Tome cuidado com isso.

Atrás dos balcões, painéis piscavam o horário. 8h.
Acho que aqui teremos principalmente erros de pontuação. Perceba:
´´Atrás dos balcões painéis piscavam o horário; 8h´´
Algumas vírgulas que deveriam ser retiradas e pontuação errada também é um erro comum.

Blue riu divertida, com aquele ar maroto de sempre. Imaginou que ela só havia crescido fisicamente.
Ok, você precisa revisar. É normal perceber que fics não são como pessoas falando na rua, principalmente narração. ´´Blue riu divertida´´ Eu não interpretaria errado se fosse assim:
´´Blue riu, divertida´´ É quase senso comum que isso quer dizer que o narrador percebe que Blue é divertida, mas a frase ´´Blue riu divertida´´ sem a pontuação muda o significado, ficando mais ou menos como uma garota que estava se divertindo. Não sei se foi falta de pontuação ou você realmente quis usar esse vocabulário. Como já dito, não faça isso em fics.

Não use tanto ´´loiro e moreno´´ Depois de um tempo fica maçante, mesmo que não conte como repetição. É normal que as pessoas vão cansar, invente outros apelidos. E também não chame mais de um personagem de moreno, por favor.

Aquele que o fizer será desclassificado – e punido
Mais um erro detectado.

A fic está boa, nada tão incrível, mas merece atenção. Talvez eu acompanhe, talvez não. Lerei o próximo cap, boa sorte!


Mr. Black: Fanfic trancada por inatividade. Caso queira reabrí-la mande uma MP a qualquer Fanfic Moderador.
avatar
Drawin
Membro
Membro

Feminino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 16/09/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokemon: Crimson Alliance

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum