Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

La mundial escuela de los Pokémons

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Re: La mundial escuela de los Pokémons

Mensagem por ~ Fight em Sab 24 Nov 2012 - 11:18

Bom dia(Tarde, Noite) para Vocês pessoas.
O novo capitulo chegou, dessa vez demorou um pouco né? fiquei sem idéias, provas. Coloquei um pouco de Romance nessa capitulo.
Comentários:
-Leo Riolu:Valeu ai garotinho por comentar. Eu manjo de protagonistas-qqq.
Bubble Water:Não sei o que você comentou, mas obrigado mesmo assim.
Arceus Power:Bem vindo cara! Só eu posso usar espanhol aqui!-Sóquenão. O Celebi e o Victini mais para frente será explicado por que eles tem. Obrigado.
Importante

Antes de postar esse Capitulo, quero deixar bem claro que umas pessoas me magoaram em relação a vim nessa área sendo que acesso ela frequentemente, se comento as fics ou não, é por que eu quero. Quero falar ainda que se alguma delas vier aqui de babaquice será também recebida com "Hostilidade".
La mundial escuela de los Pokémons – Cap. 12, Um Simples Shopping.

O Fim de semana chegava. Faltavam poucos dias para as férias começarem. A turma estava animada, afinal iam ao Shopping. Tudo que você pode imaginar estava lá. Joly tinha ficada empolgada para ir lá. Havia inaugurado uma loja que trocava pokémons. Era ideal para Junsen que tinha “Moedas de trocas”. Joly esperava que ele a empresta-se algum.

-Hey! Que horas esse ônibus vai chegar lá? – Reclamou Jetts.
-Jetts, Favor não dar uma de mossa. – Falou Junsen.
-Junsen! Não ofenda as mossas... – Completou Luks.
-Uieeeeeeeeee – Junsen foi à loucura com o comentário de Luks.
-[Censurado tudo o que o Jetts falou].
-Jetts para de falar coisas feias como você! Temos meninas aqui. – Falou Luks.
-As meninas tem nome! – Reclamou Joly
-São: Scrodovalda, Silvana Santa, e Lanca. Lindos nomes. – Falou Junsen.
-Hilário... – Falou ironicamente, Lucy.
-Chegou! Aleluia não aguento ficar perto de vocês! – Falou aliviada, Chen.

Desceram e se dirigiram ao centro dele. Era grande e muito espaçoso. Existiam variadas lojinha de diferentes tamanhos e cores.
-Vamos fazer umas comprinhas! Depois a gente se vê na praça de alimentação.
-Fechado!
Nas meninas...
-Ei! Joly! Vamos comprar roupinhas para os nossos pokémons.
-Vamos!
Foram até uma lojinha ali do lado. Era rosa e estava escrito “Moda feminina Pokémon” em uma letra amarela bem feminina.

Enquanto compravam, nos meninos...
-Vou comprar umas Pokébolas. Ultra Ball bem barata a 500 “Pratas”. Tenho 10.000. Comprarei 10. Rott saia vamos comprar uns Pokéblocks também.
E tirou Rott de sua Pokébola.
Jetts que estava distraído, olhava para o céu que era nítido sendo que parte do teto do Shopping era de vidro.
-O que?! Vá... – Ele ia falando.
-Vá lá Pidgeot! – Uma pessoa de roupas pretas o interrompeu.
-Vá Infernape... – Continuou ele.
O estranho adulto havia soltado Pidgeot. Jetts terminou a frase e soltou o Recém-evoluído Infernape.
-Pidgeot, Aerial Ace.
Junsen olhou a movimentação e viu que tinha UM AVIÃO CAINDO! Era pequeno, Daqueles que só cabiam uma pessoa, mas estava em alta velocidade.
Pidgeot cortou o Projétil, ao meio. Uma parte foi em direção a uma criança tomando um Sorvete em um banquinho.
-Infernape, Flame Wheel!
A roda de fogo acertou a parte do avião jogando-a na parede onde não havia ninguém.
A outra parte foi em direção a umas meninas que estavam voltando, eram Joly, Chen e Lucy.
-Jolyyyyyyyyyyyyyy! Rott, Focus Blast! Não erre! – Falou grosso com o travesso Zoroark.
A esfera azul ficou grande rapidamente e com enorme precisão, Rott acertou em cheio.
Mas ainda restava um problema. A parte do avião ia em direção a outras pessoas.
-Pidgeot, Agility! Rápido! – Falou a misteriosa pessoa.
-Não vai dar tempo! Latios saia. Use o Psychic. Rápido!
Por milésimos de centímetros a crosta do avião não acertou as pessoas.
Junsen tinha conhecimento. Pidgeot era rápido. Mas não daria tempo, Latios tem uma velocidade Impressionante e um ataque de longa distancia. Perfeito para a situação.


-Joly você esta bem? Chen, Lucy?
-Sim estamos! – Respondeu por todas, Joly ainda assustada.
Estavam tão assustadas que todas foram dar um abraço em Junsen.
-Ei! Junsen para de bigamia! Só fui ao banheiro e você faz isso cara! E que destroços são esses.
-Cala a boca Luks! O Junsen nos salvou de um Avião em queda! – Falou Lucy, com raiva.
-Caramba, da próxima vez eu seguro o xixi! – Falou baixinho Luks.
Depois de alguns segundos um banco de avião com uma pessoa vestida de piloto cai, tinha um paraquedas grudado na cadeira o fazendo descer calmamente e bem devagar. Depois que chegou ao chão retirou as fivelas do cinto de segurança.
-Alguém se machucou? – Falou ele mostrando preocupação.
-Sim, tivemos dois mortos ali no canto, mais nove naquela loja...
-Para de brincar, Moleque! Isso é sério! – Falou o homem do Pidgeot, com seu extenso traje preto.
-Tá, parei. – Respondeu envergonhado Junsen.
-Ninguém se machucou, mas... – Continuou o misterioso homem.
-Antes de me acusar, quero deixar claro que ele deu uma pane no sistema não foi culpa minha. – Foi fazendo seu “Habeas Corpus” o piloto.
-Sou David Whili, detetive aposentado, não é meu dever te acusar. A policia já foi chamada, esperem todos aqui.

Depois da rápida chegada da policia, aproximadamente quinze minutos, Ela foi fazendo interrogatórios.
Depois de recolher os depoimentos, Junsen e companhia foram embora.
-É gente nem deu para comprar muita coisa... – Falou tristemente Junsen.
-A deixa, a gente faz isso outro dia... – Respondeu ainda decepcionada, Lucy.
Depois que chegaram foram tomar um banho e foram para o refeitório, jantar. Jetts foi
-Droga! Chegamos tarde todas as mesas estão tomadas. – Resmungou Joly.
-Só tem mesas de três e dois lugares agora. – Constatou Luks.
-Deixa que eu e outra pessoa vamos para aquela mesa de dois lugares. – Falou Lucy esperando certa pessoa se candidatar.
-Eu vou! – Falou Luks.
-Cagada. – Pensou Joly.
E o casalzinho foi à mesa ao lado. No meio da refeição, bem balanceada, com arroz, feijão, tomate e um bife de frango bem leve, Junsen olhou para o lado e teve uma surpresa, já esperada. Luks e Lucy estavam se beijando.
-Esse Luks... Aprendeu comigo. – Pensou Junsen.

Depois da refeição, como de costume foram dormir:
-Eu estou indo pro quarto, gente. Irão me acompanhar? – Perguntou Chen.
-Desculpe-me Chen. Achei um item lá fora da escola, só que é bem pesado e preciso de uma ajuda. Junsen aceita?
-Claro. Mas sem gracinhas! – Falou ele.
-Que tipo de gracinhas? – Perguntou maleficamente, Joly.
-Não finja que não sabe, vamos logo!
-Eu e o Luks vamos para o quarto com você Chen! – Respondeu Lucy que acabara de chegar com Luks.
-Ok! Já voltamos então. – Falou Joly.
Lá fora.
-Eu não estou vendo nada... – Falou Junsen virado de costas para Joly.
-Saia Croconaw...
-Por que mandou o Croconaw sair?
-É que ele sabe a localização exata do local.
-Ok então! Onde esta Croconaw?
Croconaw apontou para uma moita, perto de uma arvore bem grossa. Cabia o corpo de Junsen aberto inteiro lá.
-Continuo não vendo nada...
-Croconaw, Ice Beam agora.
Croconaw mandou o raio de gelo que fez camadas de gelo em “C” que grudaram as mãos e pés de Junsen na árvore. Joly já havia planejado aquilo com Croconaw.
-Joly! Me solta!
-Desculpe Junsen. Pra caso você reagisse. Sei que agora me odeia! Deu para perceber. Mas cometi um engano, eu também erro! Pensei que não me amava! Só pensei! Vi que era verdade! Desculpe-me!
-Joly, eu não...
-Minha vez de falar. Foi mal, admito que peguei pesado aquele dia com você, admito que agi na emoção.
-Joly... Não sei o que dizer. Acho que você não fez a coisa certa. Acho que daquele jeito que você me tratou não se usa... Não sei se vale a pena retornar para isso...
-É verdade? Então fala que não se lembra disso...
-Joly não apela...
Não deu tempo de Junsen terminar a frase. Joly deu um beijo longo em Junsen. Deu até os dois ficarem sem ar.
-Junsen não peço essa resposta agora. Reflita com calma. Amanhã me diga. Hoje foi um dia conturbado.
Joly pegou a Pokébola de Rott, e jogou no chão. Rott saiu.
-Rott, O Junsen está meio preso. Precisa da sua ajuda.
E a menina foi embora. Rott ficou bastante confuso.
-Sem perguntas Rott, Flamethrower nos arcos de Gelo.
E Assim termina mais um capitulo. Quem teria feito o avião cair? Junsen e Joly vão voltar? O Jetts vai parar de falar palavrão? Não percam o próximo capitulo de La Mundial Escuela de Los Pokémons.


Última edição por LatiosMaster em Dom 25 Nov 2012 - 8:43, editado 1 vez(es)
avatar
~ Fight
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 08/04/2012

Frase pessoal : (¬.¬ )


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: La mundial escuela de los Pokémons

Mensagem por Scrat em Sab 24 Nov 2012 - 21:51

Uia O Junsen é bigamo
Gostei do capítulo cara, mas teve um erro de ortografia que eu notei: Não é "abes corpos" e sim "Habeas Corpus".

Morreram 11 pessoas, me gusta :3

UUUUU A Joly Congelando o Junsen pra beijar ele e.e, que romântico :8
Enfim, seu capítulo ficou de mais......

~Até mais

By Umbrello: Fic trancada por inatividade. Caso quiser o topico aberto, contate algum FFM.
avatar
Scrat
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 12/01/2012

Frase pessoal : "e;


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum