Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Jornada em Sibha, um novo continente!

Ir em baixo

Jornada em Sibha, um novo continente!

Mensagem por Natansm em Qui 5 Jul 2012 - 21:20

Bom, essa é minha segunda fic, a primeira está no meu blog, se puder divulgar aqui, alguém me diga, mas lá vai:
Essa Fic é num estilo diferente, tipo em diários.

Pokédex de Natan
Spoiler:
Pokémons


















Prólogo
30 de Maio de 2006
- Uaaaah! 7:30, eu acordo cedo, vou comprar pães ali na frente.
Natan era um menino de 6 anos, mas já saia sozinho, pois mesmo morando em uma cidade grande, seu bairro era um local tranquilo.
- Olá Alemão! Vou comprar pães. Oi Poochy!
Alemão era o porteiro do prédio onde Natan morava, Poochy era seu Poochyena de guarda. No dia 31, o pai de Natan faria aniversário, e eles iam para o campo até o dia 2, aniversario de 7 anos de Natan. Ele estava muito ansioso, por isso acordava cedo todos os dias e comprava pão.

31 de Maio de 2006

-Pai! Pai! Vamos acordar! Acorde a mamãe e o Matias! Vamos vamos vamos!
A alegria de Natan era imensa, e até Matias, o irmãozinho de 3 anos de Natan iria. Depois de todos levantarem, comeram um pão com ovo, escovarem os dentes e se arrumarem. Pegaram o Chevrolet Corsa, e foram pegar a estrada.
A região de Zibha, era muito conhecida por suas paisagens, cidades modernas, e por ser habitat de vários tipos de pokémon, só na ida até a vila de Aliv, Natan viu Pidgeys, Starlys, um Zigzagom e até um Growhite!
Chegaram ao meio-dia em Aliv, pararam em um restaurante rústico para comer, Igor ( pai de Natan ) soltou o Jolteon para ir com Natan à floresta.

-Jolteon! Acho que vi alguma coisa atrás daquele arbusto! - Falou Natan correndo para lá.
-Jolt!
Mas para o azar dos dois, era um Golem feroz que estava dormindo, e Natan o acordou.

-Goo! Leeeeeeeeeeeem! - Exclamou o pokémon dando um "Rollout" em cima dos dois, ele errou Natan por pouco, mas acertou o Jolteon, que como era tipo elétrico, não tinha muito como reagir, mas botou Natan nas costas e correu. Num momento, estavam na floresta fugindo de um Golem furioso, no outro, estavam em uma caverna meio escura. Jolteon desmaia, Natan fica assustado e ouve um barulho:
-Braa...
Era um Abra! Que tinha usado "Teleport" para salva-los!

O Abra das cavernas tinha umas frutas, que entregou a Natan, e também deu uma folha esquisita para o Jolteon, que acordou na hora.
-Jolteon! Você está bem? Esse Abra nos salvou! - Exclama Natan feliz
O Abra mostra afeto por Natan, e os três passam a noite fria juntos...

01 de Junho de 2006

Natan acorda e acorda os pokémon que estavam com ele. Abra se assusta, mas nada faz, Jolteon mostra que quer ir embora, e é o que eles fazem. O Abra conduz eles pela densa floresta, até o ponto onde ficava o restaurante, e desaparece.
Natan vai até o restaurante e fala com a balconista, que logo que percebe que era o "menino desaparecido" , liga para os pais de Natan, que em 10 minutos estão ali, agradecendo a balconista, e dando um sermão em Natan.
-Mas tinha um Golem! E um Abra! - Natan começa
-Jolt! - Jolteon confirma
Igor, sem se convencer, pega um Vaporeon e vai até a floresta com Natan.


Realmente, a marca do "Rollout" está lá, como Natan disse, mas não havia nenhum pokémon. Nenhum, até que tudo começa a tremer.
- Goooooooooooooo!
- Realmente há um Golem Natan! Vaporeon, use "Hydro Pump" - Igor exclama
O Golem cai desmaiado no chão, Igor lança uma Great Ball, que captura o pokémon enfraquecido.
O resto do dia foi comum...

02 de Junho de 2006

-É! Meu! Aniversário!!!!!!!!!!!!!!!!
Natan exclama todo feliz! E vai dar uma volta no parquinho da pousada. Brincando no balanço, vê um rosto familiar...
-Abra! - Exclama Natan correndo até o pokémon, que vem até ele também.
- Ei Abra! Quer ir pra casa comigo? Vamos nos divertir muito! Vamos lá dentro falar com o pai!

E assim, começa a história de uma longa amizade...

Capítulo 1 - A verdadeira história começa!
02 de Junho de 2009

Não moramos mais na cidade de Noporolis, nos mudamos para Lhapo há uma semana, moramos agora em um vilarejo de tamanho mediano, eu e o Abra brincamos todos os dias com o Luã e o Weedle, e o João e o Torchic.

São os unicos amigos que moram aqui no vilarejo. Lhapo é uma cidade com duas vilas, Light Stone, onde moro, e Matgo Town, a parte de metrópole da cidade.
Hoje completo 10 anos, por isso poderei ir sozinho a Floresta Light, tentar capturar meu segundo pokémon, meu pai,que é um cientista renomado, me deu 10 pokébolas, e uma pokédex. Saio de casa as 80:45.
Chego na floresta lá pelas 9:30, meu abra não fica em pokébola, e ele já vai observando o local, e me indica uma trilha pouco usada. Andamos 10 minutos, e avisto um Whismur

Digo para o Abra se teletransportar para trás dele, e usar "Tackle". A combinação funciona, mas o Whismur usa um "Uproar" , que deixa meu Abra fraco, isso não me abala, e falo:
- Abra, use o ataque que treinamos para este momento! "Confusion"
O ataque acerto o Whismur em cheio, que desmaia, então logo lanço uma Pokéball, e o capturo com sucesso!
Volto para casa 10:30, depois de passar no centro pokémon da vila.
- E ai? Apanhou muito na floresta? - Pergunta meu pai
Então solto meu novo amigo
- Whismur! Vai!
Meu pai me parabeniza pela conquista, e me aconcelha:
- Agora Natan, com 10 anos, você deveria começar sua jornada, mas se ficar mais um pouco por aqui, treinando seus pokémon, conversei com os pais de João e Luã, e é o que farão também.
- Tudo bem pai.

03 de Fevereito de 2011

Mas o treinamento dura 1 ano e meio. E digo aos meus pais:
- Esse ano fasso 12, vou começar minha jornada. Começando pelo ginásio de Matgo, tipo lutador. Perfeito para treinar o Abra, mas terrível para o Whismur.
- Se é o que você prefere, vou arrumar uma mochila com suprimentos e roupas. - Diz minha mãe
- Boa sorte, quem sabe algum dia fica tão esperto e forte como eu. hehe - Brinca meu pai.
Passo na casa de meus amigos, mas eles já partiram para a jornada. Então vou também.
Chego em Matgo, as 2 da tarde, e vejo um menino com um Smeargle, vou puxar papo:
- oi, como é seu nome?
-Para você? Luís.
- Cara, quero ser amigável, como é seu nome?
-Dudu, o que veio fazer aqui? Desafiar o líder, suponho?
-Você está certo!
- Mas para vencer o líder, primeiro vai ter que passar pelo filho dele!
- Você é o filho do Clark?
- Exato! Vai Smeargle!
- Vá Abra!

A batalha começa, Abra contra Smeargle. Mando o Abra usar "Confusion", o ataque acerta em cheio, mas Dudu manda o Smeargle usar "Sketch", e copia "Confusion", e então usa contra mim, mas mando o abra desviar, e depois usar "Tackle". Acerto, e o Smargle cai, mas usa "Sketch" de novo, e então usa "Tackle", e Abra quase desmaia.
-Não! - Eu berro - Se não venço uma simples batalha, como vou vencer um líder de ginásio?
Mas eis, que o Abra começa a brilhar, e Dudu exclama:
- Agora é que eu me ferro!
E Abra como de num passe de magica, se transforma num Kadabra.

- Abra! Você evoluiu! Kadabra, use "Confuse Ray" ! - Exclamo com felicidade.
O Smeargle fica confuso, e quando ia atacar, se ataca, e desmaia, enta grito:
- Ganhei! Ganhei minha primeira batalha contra um treinador!!!!
- Parabéns, agora pode ir para o ginásio, fica dobrando a direita. Mas um dia vou te derrotar!
Passo no centro pokémon, e me dirigi ao ginásio, para pegar minha primeira insígnia...

Então vou andando ao ginásio, entro na porta, e um cara me da uma garrafa de águe gelada, e vou andando até o líder:
- Líder Clark, eu te desafio!
- E porque você acha que tem chance contra mim?
- Eu venci seu filho, e tenho pokémon super-efetivos contra você!
- Então aceito seu desafio! Vai Timburr!

- Pra começar, vai Whismur! Use "uproar"!
- Super efetivos? Hehe, já vi que você não entende muio sobre batalhas!
Mas o ataque do Whismur deixa o Timburr um pouco surdo...
- Volte Whismur, vai Kadabra! Use "Confusion"!
- Retiro o que eu disse, você até que entende de batalhas. Use "Low Kick" Timburr!
O Timburr usa "Low Kick", mas logo depois é acertado pelo "Confusion" e fica fora de combate. Então Clark diz:
- Vamos ver se aguenta mais! Vai Makuhita!

- Ele não e páreo para meu Kadabra! Use "Confusion" de novo!
- E você Makuhita, desvie e depois use "Focus Punch"!
A técnica do líder funcionou, o Makuhita desmaiou e depois se concentrou para atacar.
- Kadabra, cuidado com o ataque dele, desvie e depois use "Hypnosis"!
Mas infelizmente meu pokémon foi acertado pelo ataque do líder, ficando bem fraco, mas antes de desmaia, pôs o Makuhita pra dormir!
- Dromindo? E o que você prentende fazer?
- Vai Whismur! Use "Pound". Depois "Uproar"!
Enquanto o Makuhita dorme, vou acertando os ataque consecutivamente. Até que o Makuhita desmaia:
- Então meu jovem, vejo que você ganhou... Pegue a insígnia da Luta, e leve também esse pacote, e entregue para meu filho. Por favor.
- Tudo bem seu Clark. E ainda vamos nos enfrentar de novo! Hehe.
Saio do ginásio feliz, com o pacote nos braços, era pequeno. Entro no Centro Pokémon para recuperar meus pokémon. Enquanto a enfermeira Joy cuida deles, tomo um Suco de Laranja. E vejo alguém conhecido entrar pela porta, um conhecido não, três conhecidos!
- Ei Luã! João! Dudu!
Então quem responde primeiro é o João, seguido do Luã.
- Quando tempo Natan!
- Já tem pokémon evoluídos? Tem que ver meu Kakuka!
E já vou falar com o Dudu:
- Ei Dudu, seu pai me entregou esse pacote para eu entregar para você.
Dudu pega, e lê um cartão em voz alta:
Dudu, esse é um presente do seu pai, para te incentivar na sua jornada. Há quatro pokébolas na caixa, um Snivy, um Oshawoot, um Tepig e um Blitzee. Pegue somente 1, e entregue os outros para seus amigos. Como eu sei que tem outros 3 jovens com você? Bem, sou um líder de ginásio, sei de tudo! Hehehe.
Dudu vai falando:
-Vocês ouviram, eu fico com o Snivy. E vocês?
Eu escolhi o Oshawoot, Luã pegou o Tepig e João ficou com o Blitzee. Depois que nosso pokémon estavam curados, sugeri uma coisa:
- Ei, que tal uma batalha em dupla? Eu e o Dudu, contra o João e o Luã. cada um usa só um pokémon, topam?
Todos toparam, e fomos para trás do Pokémon center batalhar...

Eu comecei, mandei meu novo pokémon, Oshawoot, Luã mandou seu famoso Kakuna, Dudu o seu Smeargle e João o Torchic dele , que na verdade já era um Combuskem!
e VS e

Desculpem o capítulo pequeno... Sugestões são sempre bem vindas!

Capítulo 2 - Rumo a Floresta!

- Oshawoot, use "Water Gun" no Combusken! - Mas o Oshawoot tinha uma personalidade extrema, e simplesmente mostrou a língua pra mim. - Que isso Oshawoot, ataque ele!
Se aproveitando da situação, João ordena que o Combusken ataque:
- Combusken, use "Quick Atack"!
Oshawoot era teimoso, mas não era burro, então desviou do ataque, e ainda botou o pé na frente, fazendo o Combusken cair de cara no chão! E nisso, Dudu parte para o ataque:
- Smeargle, use "Flames" no Kakuna! - Pela abilidade de copiar do Smeargle, nós não tinhamos como saber que ataques ele sabia, e isso era um vantagem para Dudu. Mas Luã não perdeu tempo:
- Kakuna, se proteja! "Harden"!
O casulo pokémon endureceu o aguentou firme, mas enfraqueceu um pouco.
- Kakuna, agora use "Tackle".
O ataque foi em cheio, fazendo o Smeargle cambalear. Mas eu já ordeno para o Oshawoot:
- Agora Oshawoot, use "Water Gun", mas me obedeça!
Oshawoot olhou com aquela cara de "vou fazer porque quero" e lançou o jato de água direto no Combusken, que não aguentou, e desmaiou.
- Não! Combusken! - João exclama
- Mas eu ainda estou de pé! - Diz Luã - Kakuna, use "Tackle"!
O Kakuna não se mecheu, esperou, e só esperou...
- Então eu ordeno! Smeargle, "Flames"! - Ordena Dudu
O Kakuna recebeu o ataque, e desmaiou.
- Meu Kakuna está esquisito, melhor ir ao centro pokémon... - Diz Luã preucupado
- Vou junto... - Diz João
Então vou dando os parabéns para o Oshawoot:
- Parabéns amigão, você foi muito bem!
Mas tudo que recebo em troca é um "Water Gun" na cara. Dudu se despede e vai embora rindo. Retorno o Oshawoot para a pokébola e sigo caminho rumo a floresta negra, não me lembro o nome dela, mas era bem escura...

Estou preparando algo novo para o tópico principal!
Capítulo 3 - O dono da floresta!


Quando chego a borda da floresta vejo uma placa, e ai descubro o nome da floresta:
Floresta Quilsy
Lar de Pokémon maus, não entre sem proteção!

Então pode ser que o meu Abra tenha sua origem daqui. Interessante, mas nenhum dos meus pokémons tem vantagem a psíquico, então vai ser um pouco difícil passar por ela, mas aceito desafios! Entro na floresta e vou caminhando, vejo árvores com uns 10m de altura, de aparência velha, e outras árvores mais altas para o meio da floresta, e quanto mais alta a árvore, mas velha ele parece.
A alguns metros de distância avisto um Lairon, mais um para minha equipe!

- Vai Kadabra! Use "Confusion"!
O ataque leva o Lairon para cima, e o joga para baixo com força, e isso o deixa irritado, fazendo-o usar "Iron Head"! O ataque deixa meu Kadabra um pouco fraco, mas ainda resistente para lutar. Mando ele atacar:
- Use "Psychic"!
O forte ataque deixa o Lairon bem fraco, mas ele usa "Earthquake", e foge. Meu Kadabra desmaiou, então penso em voltar para a cidade, mas algo chama minha tenção...
Um Cofagrigus estava indo para o centro da floresta, pokémon estranho, pensei. Deve ser raro, então vou atrás dele!

Ele passava por um caminho bem esquisito, e difícil de se passar. Comigo só tenho o Oshawoot e o Whismur, eles não são muito fortes, mas eles são meus pokémons, e vou evoluí-los, não importa o que aconteça, eu pensava. De repente tropeço num galho enfiado do chão e dou de cara no chão, olho para frente e vejo uma árvore muito gigante, maior que todas que tinha visto na floresta, eu devia estar no centro dela! Então solto meu Whismur:
- Whimur, vai! Use "Uproar" e veja se acorda algum pokémon raro!
O pedido foi realizado, mas quem apareceu, foi o Cofagrigus, e ele parecia bem bravo! Penso claro, na melhor opção, e mando o Whismur atacar:
- Use "Pound"!
Meu pokémon usou o ataque, mas não fez efeito, pois "Pound" é do tipo Normal, e o Cofagrigus é um pokémon Fantasma, então peço para o Whismur tentar algo novo, e ele usa um golpe novo, "Astonish", que acerta o Cofagrigus, mas não faz muito efeito. Então o Cofagrigus ataca com "Will-o-Wisp" , e deixa meu pokémon queimado, maldito.
- Use "Astonish" de novo!
Ele usa, mas de novo, não tira muito dano. mas eis que derrepente, Whismur começa a brilhar, e a chorar!
- O que está acontecendo com você Whismur?
E ele evoluí para Loudred!

- É isso aí! Loudred, use "Bite"!
Então meu novo pokémon morde com tudo o Cofagrigus, que foge com medo.
- Duas fugas num dia? Estamos bem ou mal, Loudred? Mas voltaremos para desafiar de novo esse Cofagrigus!


Capítulo 4 - A grande Liga Pokémon!


Já era bem tarde da noite quando chegamos ao centro pokémon, pegamos um quarto e dormimos. Kadabra passou a noite na UTI. Os próximos dias foram passados esperando a recuperação de Kadabra. Até que um dia recebemos uma notícia:

11 de Junho de 2009

- Seu Kadabra vai ficar bem, mas precisa descançar. Porque não veio logo que seu Kadabra desmaiou para cá? A recuperação seria bem mais fácil.
Então era isso, a curiosidade quase matou o Kadabra, acho melhor eu, eu voltar pra casa...
Fiquei na cidade de Matgo, até eu me sentir seguro para partir. Foram necessários 6 dias.

17 de Junho de 2009

- Pai! Voltei, acho que ainda não era a hora de começar minha jornada.
Meu pai aparece na porta e me da um abraço:
- Pensei que você ia ficar muito tempo fora! Quem bom que veio passar um final de semana com seus pais! - Fala ele feliz
- Não pai, não é um final de semana. É definitivo. Kadabra quase morreu, e não quero isso isso para mais nenhum pokémon meu, nem de ninguém.
E assim foi feito, fiquei 9 meses na casa dos meus pais.

01 de Março de 2010
A liga pokémon começou, meu pai comprou uma TV de 50 polegadas, só pra vê-la. E claro, eu como amante pokémon, quero ver também.Ligamos no canal 13:
- E a liga está prestes a começar, vamos aqui citar os treinadores participantes: Betti, da cidade de Matgo...
E ele foi citando, até que um nome me chamou atenção, um não, três:
- João, da villa de Lhapo, Luã, do mesmo lugar, e Dudu, filho do líder Clark, da cidade de Matgo. Esses são nossos participantes, e que as lutas sejam sorteadas:
Os sorteios foram lançados, e logo no início, João lutaria com Dudu. Estou ancioso, e triste por não poder participar, e berro da sala:
- Kadabra, venha ver nossos amigos batalharem!
Ele se teleporta de prende os olhos na TV:
- A batalha será 4x4, depois nas semifinais 5x5 e a grande final será 6x6. Comecem as lutas:
- Vai Blaziken! - Manda João
- É sua vez, Quagsire! - Manda Dudu
VS
Então a batalha estava com vantagem para Dudu, vamos ver o que João aprendeu.
- Blaziken, use "Jump Quick"! - João ordena, e como Blaziken era muito rápido, e o Quagsire era lerdo, Dudu nem teve tempo de ordenar. Quagsire tinha tido chutado longe! Mas Dudu revida:
- Quagsire, use "EarthQuake"!
O ataque super efetivo não é o suficiente para parar o Blaziken, que já recebe uma ordem:
- Blaziken, use "Sunny Day"!
O ataque deixa o dia muito quente, e todos na plateia começam a suar, mas Dudu já tinha um plano em mente:
- Quagsire, "Hydro Pump"!
Blaziken desvia do ataque, e então João manda o ataque final:
- Agora Blaziken, "Solar Beam"!
Como o dia estava ensolarado, o ataque funcionou sem carregar, e acertou em cheio o Quagsire de Dudu, que pela fraqueza x4, desmaiou.
- Volte Quagsire
- Venha cá Blaziken!
E o juiz vai falando:
-Primeiro ponto para João. Próxima luta!
- Vai Serperior! - Dudu ordena
- Serperior? Vai Zebstrika! - João manda
VS
- Serperior, use "Dragon Tail"! - Dudu manda seu pokémon atacar com um ataque tipo dragão!
- Zebtrika, use "Flame Charge"! - João usa um ataque tipo fogo, claro, a fraque dos tipos gramas.
O ataque dragão acertou a Zebstrika antes que ela se movesse, mas quando ela levantou, começou a brilhar em fogo, e lançou seu ataque, que acertou em cheio o adversário, que continuou firme e forte!
- Já que ainda não acabou, Serperior, "Leaf Storm"!
João nem teve tempo de comandar seu pokémon, ele já estava em um tornado de folhas cortantes. E quando acabou, Zebstrika estava desmaiada.
- Segundo round acabado. Vencedor Dudu! Estamos empatados em 1 a 1, que a terceira batalha comece!
Os dois mandaram os pokémons ao mesmo tempo:
- Vai Steelix! - Manda João
- É sua vez Absol! - Diz Dudu
VS
Então é Steelix contra Absol. Quem será dos dois que vencerá?



SWEE: Por favor, poste um capítulo de cada vez e sem cometer múltiplos-posts.


Última edição por Natansm em Sab 7 Jul 2012 - 14:07, editado 5 vez(es)
avatar
Natansm
Membro
Membro

Masculino Idade : 28
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 25/06/2012

Frase pessoal : #Water/Ground Quagsire!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum