Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Pokemon World of Adventures

Ir em baixo

Pokemon World of Adventures

Mensagem por Pedro Rici em Sex 9 Mar 2012 - 15:29

É minha segunda fanfic( a primeira só durou o primeiro capituloeudesisti pq ninguem comentou. E ssa é a primeira temporada de Pokemon Word of Adventures e o titulo é Advanced Sinnoh. vamos ao prologo e por favor comente e me de dicas para melhorar.

É nessas datas que seram lançados os epsodios. se mudar o nome ou a data eu mudarei. a cada episodio eu vou colocar um preview e comentem1




Spoiler:
Personagens

Protagonistas

Daniel Stark – Jovem de 12 anos que perdeu a hora quando tinha 10 e não pode pegar seu Pokémon inicial e foi estudar em Jubilife. Começou sua jornada com um Turtwig. Alegre e sentimentalista e adora mel e deseja ser tornar um treinador mais forte do que Lucas. Pokémons: Turtwig - Aipom – Starly – Piplup

Ben Milus – Completou 10 anos recentemente e começou sua jornada no mesmo dia que Daniel. Ele começou sua jornada com uma Chimchar e ele tem o sonho de ser tornar um top Coodernador. Muito atrapalhado e adora cantar, mas tem um péssimo ritmo. Pokémons: Chimchar – Budew

Catarine McRic – Patricinha e mandona tem 10 anos e odeia Daniel por ele ter a derrotado com apenas um Tackle. Ela nasceu em Floarama e vive em mordomia. Começou sua jornada com um Piplup e na sua primeira batalha perdeu para Daniel com apenas um golpe. Pokémons: Piplup – Charmeleon (Shiny)

Carl Snow – Treinador e Coodernador, tem 13 anos e vive desaparecendo e aparecendo do nada. Começou sua jornada com 10 anos, mas não tinha decidido que caminho seguir. Começou com um pequeno Chimchar. Acompanhou Dan e certos momentos. É super interativo e misterioso. Pokémons: Monferno – Staravia – Jigglypuff - Pikachu

Rivais

Roberto Stark – Primo de Daniel, começou sua jornada com 10 anos e sempre humilha Dan por ele não ter começado. Arrogante e cheio de si. Começou com um Turtwig. Já viajou por Sinnoh, Hoenn e agora esta em Kanto. Muito diferente de Dan, ele sempre que o que Dan tem e odeia os amigos de Dan.

Ana Beth – Participa de Contest e tem 10 anos. Conheceu Bem e Carl no Contest de Jubilife e desde então é rival dos dois. Se acha a ultima bolacha do pacote e ela acha que Dan gosta dela, por ele ter feito um comentário que ela era linda. Pokémons: Azurill – Zubat

Cleber M. – Todos confundem seu nome e isso o deixa irritado e faz com que ele perca a cabeça e as batalhas. Ele foi colega de Dan quando tinha 5 anos e agora e começou sua jornada. Não sabe o que quer da vida apenas quer viajar e conhecer novos pokémons. Pokémons: Grotle – Shellos(azul) – Snorlax – Pidgey

Outros

Professor Crist – E é muito jovem e substituiu o Professor Rowan, ele tem um laboratório em Twinleaf e distribui os Pokémons inicias ao jovens treinadores. Muito atrapalhado e mau humorado. Adora pokémons do tipo Dark. Ele trabalhou no Equipe Galáctica, mas se arrependeu. Pokémons: Turtwig – Chimchar – Piplup – Bidoof

Professor Romano – Sobrinho do Professor Rowan, ele continuou o trabalho de tio e cuida do laboratório dele em Sandgem e também cuida do museu e do GYM de Sandgem. Ele adora campo e vive observando os pokémons selvagens. Ele tem o sonho de ser tornar um Aventureiro Pokémon e de viajar o mundo inteiro observando e aprendendo mais sobre os pokémons.

Andre T’ouro – Adestrador de Tauros, vive arrumando encrenca e adora comer. Graças a Dan e Cia ele consegue impressionar seu pai. Tem 13,mas parece que tem 7, chora por qualquer coisa e tem o sonho de ser tornar um Domador Pokémon.



Proximos Capitulos


1 - Voltando, batalhando e ganhando!(Postado)
2 – Agora é eu e você Turtwig! Postado
3 – O primeiro GYM! Heracross VS Turtwig! 18/03
4 – Capturando um Pokémon e se aventurando! 21/03
5 – O poderoso Starly e os novos amigos! 24/03
6 –
7 –
8 –
9 –
10 -
11 –
12 –
13 –
14 –
15 –



Pokemon World of Adventures

Advanced Sinnoh

Prologo

Já havia se passado 25 anos desde que Lucas, Dawn e Berry tinham começado suas jornadas Pokémon. Muita coisa tinha mudado e irei citar as mais importantes. Twinleaf se tornou a cidade dos top coodernadores e treinadores Pokémon. Berry abriu um GYM e Dawn criou a associação das coodernadores e todo ano havia um festival com um torneio e um concurso Pokémon. E os pokémons inicias são distribuídos agora em Twinleaf também. Sandgem se tornou uma cidade fantasma, a única coisa que tem la é o laboratório de pesquisa do sobrinho do professor Rowan, um museu de ciência, em homenagem ao professor Rowan, o GYM que ninguém vai batalhar por ser muito fraco. Sandgem saiu da rota para chegar a Jubilife e assim ninguém mais quer passar por La, já que é muito mais longe e demora mais. Em Jubilife também surgiu um GYM, mas ele não distribui insígnias apenas ensina e treina quem quiser. Não existe mais a cidade de Oreburgh e só a Mina Oreburgh aonde existe um pequeno povoado. Roark, o antigo líder do GYM de Oreburgh foi cuidar do seu pai doente e ficou cuidando do GYM. Floarama continua sendo a mesma, só que agora existe um enorme prédio aonde é a Sede da Associação Top Coodernador . Em Eterna muita coisa mudou, ainda no caminho para Eterna, na Floresta Eterna foi proibida a passagem de visitantes por que estava sendo ameaçada de Extinção e assim criaram um túnel subterrâneo para chegar a Eterna. O GYM ainda continua, na verdade a dois. O primeiro do tipo Grass e um novo do tipo Bug. Gardenia ainda é a líder do GYM do tipo Grass, mas sua filha é a líder do GYM do tipo Bug e vive tentando fazer sua mãe desistir do GYM e se aposentar. Na cidade de Hearthome Fantina se aposentou e ninguém a substituiu e fechando o GYM. Solaceon tem um lindo GYM que a líder é a dona do Day Care. Maylene arrebenta na cidade de Veilstone. Em Pastoria tudo continua na mesma só que agora a líder é a linda filha de Crasher Wake. Celestic agora tem um clube de batalha, igual a de Unova, e o primeiro na região de Sinnoh. Em Canalave que manda agora é Roark. Desde que Byron morreu ele manda no GYM e é o prefeito da cidade. Snowpoint continua nevando todo ano e tem a faculdade pokémon, aonde crianças de 8 a 16 anos estudam e já podem desafiar a elite dos quatros sem insígnia. Em Sunyshore o farol é a fonte de energia, o GYM e o ponto turístico, já que ele só funciona para fazer energia e não pra iluminar. E existe outro farol, bem maior que é iluminado graças ao Luxray de Volkner. Na elite dos quatro uma coisas mudaram. Aaron e Flint continuam, no lugar de Bertha e Lucian esta e o neto de Bertha e Cheryl e o campeão agora é Lucas. E assim um novo treinador se prepara para começar sua jornada.


Última edição por Pedro Rici em Sex 16 Mar 2012 - 11:17, editado 3 vez(es)
avatar
Pedro Rici
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/09/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltando, batalhando e ganhando!

Mensagem por Pedro Rici em Ter 13 Mar 2012 - 8:18

Voltando, batalhando e ganhando!

Em uma grande escola feita de tijolos e rodeados por arvores altas e verdes e cheias de frutas um garoto alto descia a escada da escola. Com cabelos castanhos e olhos verdes, a pele era branca e ele usava calça jeans e uma camisa preta e com uma jaqueta branca e vermelha por cima e seu tênis era preto com detalhes vermelhos. Ele também usava uma mochila preta e branca e carregava uma mala de mão. Ele se despediu dos seus amigos e professores e foi caminhando em direção ao ponto de ônibus. Ali ele esperou por mais de trinta minutos, enquanto esperava jogou Mario no 3DS. Quanto o ônibus chegou, ele entrou e se sentou no fundo. O ônibus era prata e de dois andares. A viagem até Twinleaf ia demorar umas 2 horas. Ele sabia por já tinha viajado um monte de vezes de Twinleaf até Jubilife. Enquanto esperava leu o Guia de Treinador, escrito por Ash Ketchum. Ali mostrava dicas sobre ser um por treinador e interagir com seu Pokémon e também suas aventuras por Kanto, Jotho, Hoenn, Sinnoh e Unova. Ela já tinha lido umas duas vezes e assistido o filme que contava suas aventuras, mas nunca se cansou de aprender mais e de ver e ler aventuras pokémons. No meio do caminho para Twinleaf, o ônibus atolou e ia demorar pelo menos meia hora para desatolar, falou o motorista, enquanto isso ele saiu passear e observar os pokémons. Ele entrou por um bosque e se sentou em uma pedra e começou a observar os pokémons que não estranhavam a presença de uma pessoa ali. Até parecia que eles eram acostumados com a presença humana. Mas era quase impossível já que esse caminho era fora da rota de passagens de treinadores e a cidade mais próxima era Sandgem e ninguém passava por ali, a não ser o ônibus. Ele observou os Starlys voando, os Bidoofs correndo e pulando um no outro, pequenos Budew cheirando flores e brincando e muitos Shinx soltando faíscas e mordendo com carinho um no outro, e nos galhos das arvores havia Pinecos cochilando. Ele ficou observando por mais de 10 minutos sem piscar os olhos até um homem aparecer de surpresa.
-Isso não é lindo, eles brincando, correndo, saltitando, isso me deixa tão feliz- Falou o homem que tinha uma barba rasa e escura, seu cabelo também era escuro e usava um óculos quadrado. Usava uma causa branca e uma camisa branca e por cima uma jaqueta muito grande e ficava aberta e também era preta. Usava um sapato social preto e segurava uma maquina fotográfica e um caderno de anotações. – Me desculpe se te assustei, eu sempre venho aqui observar os pokémons. Ah meu nome é Romano, Professor Romano.
- Ola professor, meu nome é Daniel Stark.
- Você não deve ficar aqui sem um Pokémon Dan, posso te chamar de Dan, não posso?
- Pode me chamar assim. Eu só vim observar e pelo jeito esses pokémons não iriam me atacar. Eles são tão mansos.
- É eu tentei não me manifestar e não assustar eles e eles nunca mais estranharam humanos, também só eu venho aqui e você agora. Mas como eu disse você não pode se aventurar sem pokémons é perigoso.
- Não se preocupe, eu estou indo para Twinleaf pegar meu Pokémon inicial e vou começar minha jornada.
- Ah você vai para Twinleaf? Amanhã começa o festival e tem um torneio e um Contest.
- É eu vou para lá. É eu quero pegar meu pokémon hoje ainda se der e amanhã participar do torneio. Daí depois eu vou desafiar Barry e ganhar minha primeira insígnia.
- É você tem uma meta, você vai naquele ônibus prata de dois andares?
- Sim. Por quê?
- É que ele já foi embora.- Falou o professor calmo e de um certo modo sonso.
- O que! – Gritou Dan e saiu correndo em direção ao ônibus, mas quando chegou à estrada o ônibus não estava mais. Dan entrou em desespero. Como ele iria chegar a Twinleaf. Ele não podia voltar a pé, ia demorar uns dois dias e ele não tinha Pokémon e não podia sair por ai sem um pokémon. E ele ia perder o Festival e quando ele chegasse não haveria nenhum pokémon e ele ia te que esperar mais um ano ou até dois,( Aleluia acabou os e ele ia, e ia) Dan não agüentaria outra vez esperar, e quem suportaria seu primo Roberto, que tinha a mesma idade dele e começou sua jornada quando tinha 10 anos e Dan teve que esperar dois anos. Agora Roberto estava em Kanto, depois de participar da Liga de Sinnoh, ele ganhou da Elite dos quatro, quase ganhou de Lucas, o campeão da elite, e na liga ficou em 4º. Depois foi para Hoenn e ganhou da Elite e do campeão e ficou em 2º na liga de Hoenn e ganhou a Batalha da Fronteira. Agora viajou para Kanto e pelo que eu ouvi já ganhou duas insígnias. ( Morra de inveja) Dan começou a estudar para não ficar ouvindo sua família dizendo como Roberto era bom, e que ele era o orgulho da família( blá, blá e blá) . Mas se ele começasse sua jornada ele mostraria que era melhor. Mas não poderia se não pegasse seu Pokémon hoje, se tivesse sorte amanhã ele pegaria, mas não tinha como chegar lá a não ser a pé, e ele não poderia derrotar Roberto e seu Grotle. Mas havia uma chance, se passasse outro ônibus, ele poderia chegar, era só esperar.
- Não vai passar nenhum ônibus hoje. – Falou o professor Romano
- Como você sabe que eu estou esperando um ônibus e como você tem sabe que não vai passar um hoje? – perguntou Dan
- Eu só sei e eu moro em Sandgem e só passa um ônibus a cada dois dias e passou um ontem. E eu não gosto de perguntas.
- Mas esse que eu tava não passa em Sandgem? E você é um cientista, como que não gosta de perguntas?
- Não ele pega uma outra rota antes de Sandgem. Eu só gosto de respostas e não vou responder mais nada. Se você quiser eu te levo para Sandgem e você fica na minha casa e amanhã você vai.
- Esta bom, mas que horas passa esse ônibus?
- Que bom que você vai comigo, eu não receba visitas desde a conferencia de ciências. Ele passa lá pelas seis e meia da manhã.
- Nossa que cedo,por isso que ele é meio lelê . – Eles seguiram pela estrada até pegar um atalho por dentro da floresta, era uma linda floresta aberta e cheia de flores. Os pokémons andavam do lado deles, e o professor tirava dos bolsos pacotes de comida pokémon e dava para eles. Eles andaram por mais de meia hora e viram pelo menos mais de 5 tipos de pokémons diferentes, eram: Starly, Shinx, Bidoof, Rattatas, Budew, Pineco, Ekans e muitos outro que Dan não sabia qual era. Quando chegaram a Sandgem, Dan pensou que seria uma cidade abandona e suja, como dizia todos os guias e mapas de Sinnoh. Mas era uma cidade limpa, não podia dizer que era alegre, mas também não era triste, no sul havia uma pequena escola. Mais ao norte havia um GYM e do lado um museu e no meio do GYM e da escola havia um laboratório e do lado uma casa abandonada. Eles seguiram em frente e entraram no laboratório. Era um edifício não muito grande com telhado vermelho e uma porta de ferro enferrujado só havia uma janela na frente e dentro era bem organizado, de um lado estava varias estandes cheias de livros sobre pokémon do outro lado havia mesas com pokébolas, um mural, também havia outra mesa cheias de papel e no fundo do laboratório havia outra mesa com um lâmpada e uma cadeira e uma maquina estranha e um computador e telefone.
- Bem vindo ao meu laboratório. – Falou ele alegre. Com se não recebesse uma pessoa em seu laboratório há meses.
- Que legal seu laboratório. Quanto foi a ultima vez que um treinador veio aqui?
- Deixo ver... 2026, não... 2020, acho que não... 2017, é acho que foi. Foi em 2017, eu acho. Mas todo ano tem a conferencia dos cientistas e daí vem até um monte de gente.- Falou ele com uma cara de solitário e depois de inocente.
- E você mora sozinho aqui? Não tem família? Nunca se casou?
- Pra que tanta pergunta você só precisa saber que eu vivo sozinho aqui.
- Ta bom, mas não precisa ser ignorante.- Falou Dan que ficou quieto depois disso.
- Já esta escurecendo vamos entrar e jantar. – Eles entraram no museu e passaram pela sessão de pokémons fosseis, aonde havias fosseis( Ava, eu pensei que na sessão de fosseis havia varias modelos dançando o Rebolition), pedras e esqueletos de pokémons pré-históricos. Depois passaram pelo sessão de pokémons do tipo Dragão, haviam um enorme esqueleto de Dragonite e outros crânios e ossos e havia uma pintura de Latios e Latias. Depois passaram pela biblioteca( pensei que você ia dizer que havia livros na biblioteca) e entraram em uma porta onde havia uma cozinha-sala e do lado outra porta com duas beliches. Na sala havia um sofá vermelho e uma TV de 14 polegadas. No meio do sofá e da TV havia uma mesa de estar com um monte de papeis. Na cozinha havia uma geladeira branca, uma pia e um fogão e uma pequena mesa com duas cadeiras, no quarto havia duas beliches e no meio um criado mudo e em cima dele um abajur, um pequeno guarda-roupa com duas portas marrom.
- É aqui que eu moro.
- Lugar aconchegante, o que você faz aqui?
- Eu cuido do museu, limpo ele, organizo, sou o líder do GYM, no laboratório eu pesquiso sobre pokémons e envio pokémons daqui para outras regiões, para os outros professores saberem mais. É só faço isso mais cuidar da cidade, limpar ela, e cuidar da escola.
- Mas alguém estuda na escola?
- Não, mas eu estudei ai quando criança e então quero continuar me lembrando dela, como ela era.
- Que legal.
- A janta esta pronta. – Eles se sentarão-se à mesa (na verdade é na cadeira, mas isso é modo de falar). O professor preparou um café e ele tinha pão com geléia de vários tipos de frutas. Depois da janta eles lavaram os pratos. E quando acabaram foram assistir o Discovery Battle, onde passava a batalha de Jerry, um jovem de 14 anos que quando tinha dez anos começou sua jornada mais nem conseguiu oito insígnias. Depois viajou por Kanto, Jotho, Hoenn e Unova e ganhou todas as ligas e elite dos quatro. Agora voltou a Sinnoh e começou de novo sua jornada pela região.
- Ele é muito bom. – falou Dan sem piscar
- É ele é ótimo, quiseram o chamar para participar da elite dos Quatro de Sinnoh, mas ele é muito jovem e chamaram o neto de Bertha.
- Se eu participar da liga eu quero derrotar ele.
- Você vai participar não se preocupe. Amanhã de manhã você terá uma surpresa. Vamos dormir.
- Por que eu vou ter uma surpresa?
- Fique quieto e durma. - Ele deitou na cama e fechou os olhos, mas Dan fez mais umas mil perguntas, mas o professor continuou quieto até Dan pegar no sono e ele telefonou para Twinleaf.
Eram seis horas quando Dan acordou. Romano já estava acordado, ele já tinha preparado o café e depois Dan se arrumou e foi no ponto de ônibus, Professor foi junto e esperou até o ônibus chegar.
- Obrigado por tudo. Se eu pudesse agradecer.
- Pode sim, você pode levar essa pokébola para o Professor Crist e quando você começar sua jornada passe por aqui e passe no GYM, eu vou treinar para derrotar você.
- Esta bem, mas é eu que vou te derrotar, tchau - E se despediu e entrou no ônibus que estava vazio, também ele era mas velho do que meu pai, e era todo enferrujado, demorou mas de duas horas para chegar em Twinleaf, no meio do caminho Dan dormiu e só acordou por causa do motorista. Ele teve de andar a pé por mais 20 minutos até chegar a Twinleaf. A cidade havia crescido muito desde a chegada de Dawn e Berry. Mas continuava muito linda com um GYM ao norte e do lado um estádio aonde começava o festival e ela ali que aconteceria o torneio e o Contest. Mais ao sul havia um grande laboratório e do lado um monte de casas, mas a mais velha era as três primeiras e a segunda era a minha. Eu desci a colina correndo e logo cheguei em casa minha mãe estava no telefone, certamente ligando para a escola para saber aonde eu estava. Mas logo que me viu veio correndo me abraçar. Nem deu tempo para eu descreve minha casa.
- Filho você esta bem? Onde você estava? O que você estava fazendo? O que aconteceu? Raptaram-te?
- Calma mãe, me deixa descrever a casa antes.- A sala era grande com um sofá de três lugares preto e uma TV de 42 polegadas, do lado havia a cozinha com um bela cozinha americana, uma mesa com quatro lugares , havia a geladeira e o fogão branco e do lado havia uma escada que levava para meu quarto e dos meus pais, e do lado a escada havia um porta que levava ao banheiro( eu sempre quis saber se os personagens iam ao banheiro).- Agora eu posso responder, o ônibus atolou no caminho e eu fui andar e quando eu voltei o ônibus tinha partido. O professor de Sandgem me ajudou e hoje de manhã eu voltei.
- A eu sabia, ele ligou ontem de noite, mas eu não quis saber o que ele falava e desliguei na cara dele.- Falou sua mãe como se você a coisa mais normal do mundo.
- Mãe, ele foi tão legal, porque você fez isso? Mas deixa eu ir que eu tenho que pegar meu pokémon. – E saiu correndo em direção ao laboratório, sua mãe deu tempo de retrucar sobre o professor ser gente boa. Quando chegou lá a porta estava aberta e ele entrou correndo e foi no fundo onde estavam as pokébolas, mas havia apenas uma.( De tão apressado que ele tava nem deu tempo de descrever)
- Professor Clint eu vim pegar meu pokémon.
- Ola Daniel, só sobrou o Turtwig – E ele jogou a pokébola para cima e saiu um Pokémon quadrúpede com duas folhas na cabeça. Que olhou para ele e começou a chorar feito um bebêzão.
- Esta bom, para de chorar, eu vou ficar com ele, mas você pode ser mas rápido, eu quero participar do torneio. – E o Turtwig parou de chorar e deu uma investida nele, que caiu mas logo se levantou.
- Esta bem, aqui esta sua pokédex, cinco pokébolas e a do Turtwig. – Ele entregou um tipo de celular e seis bolas, brancas e vermelhas. E na hora ele voltou Turtwig para a pokébola.
- Ah, ia me esquecendo. O professor Romano mandou eu te entregar essa pokébola- E ele entregou a pokébola, que pela cara do professor ficou surpreso e espantado e Dan saiu- Tchau – E saiu correndo para o estádio aonde ele começaria de verdade sua jornada.


avatar
Pedro Rici
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/09/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokemon World of Adventures

Mensagem por Pedro Rici em Sex 16 Mar 2012 - 10:46

Agora sou eu e você Turtwig!

Dan correu até o estádio que estava cheio de gente. Era enorme, redondo e alto, parecia um estádio de futebol( na verdade é inspirado no Maracanã) Ele furou a fila e entrou aonde se cadastrava.
- Bom dia- Falou a atendente.
- Ola, eu vim me cadastrar no torneio.
- Por favor, a pokébola do pokémon que vai participar e se você tiver a pokédex, fica mais fácil. - Dan entregou sua pokébola e pokédex e em cinco minutos a atendente devolveu e mandou ele entrar por uma porta a esquerda. Dan entrou lá e andou por um corredor até chegar em uma sala aonde havia uma enorme TV e sofá. Ali estavam os treinadores que iriam participar, uns estavam sentados no sofá, outros alimentando seus pokémons e ali e aqui tinha uns conversando. Dan sentou no sofá e soltou Turtwig, que na hora que o viu começou a chorar.
- Turtwig, por favor para de chorar. O quê que tem com você? Você não gosta de mim? – Mas cada vez que Dan fazia uma pergunta ele chorava mais.- eu acho que você é igual ao Professor Romano, não gosta de perguntas- Mas nada adiantava, e os treinadores começaram a olhar para ele. E teve que voltar o Turtwig.
- Não faça isso ele só esta com fome. – Falou um garoto um pouco mais velho do que ele. E mais alto, usava uma calça preta e uma camisa branca. E por cima uma jaqueta azul. Usava um boné preto e azul e um tênis preto. E uma mochila preta.
- Ah é, como você sabe isso?
- É só olhar para ele e você percebe, solte ele de novo. – Dan soltou Turtwig e logo que saiu começou a chorar. - Toma aqui Turtwig, é ração especial para pokémons do tipo grama. – Ele pegou um pote e colocou ração nela. Era quadrada e marrom e verde e logo o Turtwig comeu tudo e começou a chorar de novo.
- Eu disse que não era fome, ele é um bebezão. – Falou Dan
- Ele só esta com sede agora. – E encheu o pote com água e Turtwig começou a beber e beber até esvaziar o pote. Depois suas folhas começaram a brilhar e ele sorriu.
- Por que as folhas dele esta brilhando?- Perguntou Dan ao garoto.
- A ração contem uma substancia que aumenta o poder dos tipo folha, e quando o Turtwig bebe água ou entra em contato dela, sua defesa aumenta. Misturando os dois ele se torna super poderoso. E como você se chama?
- Daniel ou pode me chamar de Dan, e você como se chama?
- Carl, Carl Snow. Você vai participar do torneio ou do Contest?
- Do torneio, e você? – Perguntou Dan
- Eu acho que dos dois. – Nisso uma voz falou do auto-falante.
- Por favor, os participantes do torneio se dirijam a arena de batalha. – E a maioria das pessoas que estavam ali foram saindo por uma escada e ele seguiu junto com Carl. Depois de descerem as escadas passaram por um corredor escora até sair eu uma arena grande e em redor haviam enormes arquibancadas e o sol batia forte no rosto dele. Havia dos campos de batalhas e em cima da porta de entrada no lado ao contrario da onde eles estavam. E do lado esquerdo havia uma bancada aonde o locutor e mais 4 pessoas estavam sentados. O locutor começou a falar.
- Senhoras e Senhores estamos aqui para assistir e torcer no torneio do Festival e vamos ver quais serão as batalhas. – No painel apareceu os rostos dos participantes, seriam oito batalhas e a dele era a terceira. A primeira era de Carl com outro garoto, depois vinha uma batalhas de um garoto loiro contra uma linda garota. E depois era dele contra uma garota com a cara de brava. E as outras ele nem sabia quem era. Os outros participantes foram para o lado e começou a primeira batalha. Carl soltou um Chimchar que parecia muito forte. E o outro garoto soltou um Combee.
- Comecem a batalhar.
- Combee use o Quick Attack.
- Use Dig e depois use Ember. – Combee começou voar rarido até ele, mas o pequeno macaco começou a cavar e o Combee atacou nada. Depois saiu do chão e soltou brasas da boca e acertou o Combee. Ele ficou fraco mais logo se recuperou. – Agora Chimchar use Flame Wheel.
- Cuidado Combee, use o String Shot pra pará-lo. – Chimchar começou a girar como uma roda e pegou fogo e foi em direção ao Combee que tentava pará-lo com teia que saiam de suas três bocas, mas não parou e ele foi atingido e ficou fora de combate.
- Com isso Carl Snow e Chimchar ganham e passam para a segunda fase. E agora a segunda batalha entre Ben Milus VS Ioga. Que comece a batalha.
- Chimchar arrebenta. – Falou o tal Bem
- Vai lá Beautifly – E soltou uma Borboleta com um narigão, que encarou o macaco com rabo de fogo.- Use String Shot para prende-lo.- E do seu “nariz” saiu uma teia.
- Destruía com o Ember- Mas o Chimchar não sabia esse golpe e ficou preso na teia sem poder se mexer. E Dan percebeu pelo jeito de batalha dele que ele começou sua jornada agora e era sua primeira batalha. – Não Chimchar, então use o Scratch para destruir as teias. – Ele começou a arranhá-las ate se livrar delas. – Agora use Scratch no Beautifly. – E foi correndo em direção a ele.
- Beautifly use Psychic e depois use Gust- Beautifly começou a brilhar de azul e depois Chimchar também e ele foi erguido no ar e caiu no chão perdendo energia e ficando confuso.
- Não Chimchar. – Mais já era tarde. Beautifly começou a bater as asas e formou um redemoinho em redor do Chimchar que deixou ele fora de combate. – Droga.
- E assim Ioga e Beautifly ganha e passam para a segunda fase. Vamos a batalha de Daniel Stark e Catarine McRic – Quando o locutor gritou meu nome, minha mãe gritou La da arquibancada e ergueu uma placa, é melhor eu nem falar o que estava escrito. – Comecem a batalhar.
- Vai l Turtwig - Quando Turtwig sai ele estava dormindo, mas logo acordou com o barulho e suas folhas brilharam.
- Vai Piplup – E soltou um pequeno pingüim azul e branco. E Dan outra vez percebeu que ela era iniciante, por ter um Piplup e por olhar na Pokédex os ataques do Piplup. Dan não olhava por não precisar, já que já sabia os ataques e tudo que tinha que saber sobre os pokémons e sabia que o Piplup era orgulhoso e usaria isso contra ele.- Use o Tackle.
- Turtwig Tackle antes dele- E Turtwig foi mais rápido, mais rápido não. Bem mais rápido e acerto em cheio no Piplup. – Continue e leve ele em direção a parede.- Turtwig continuou e Piplup foi esmagado contra a parede que logo caiu nocauteado.
- E a vitoria vai para Daniel Stark e seu Turtwig, que fez uma batalha rápida.
- Seu... Você vai ver comigo...Filho de uma mãe- Resmungava Catarine, que saiu correndo pelo corredor chorando.
Agora a quarta batalha.- Mais Daniel nem quis ver, foi de novo a sala de espera e deitou no sofá de lá e dormiu, dormiu não só teve pesadelos. Ele sonhou que estava em um lugar escuro, correndo pro nada, fugindo do nada, tentando se esconder do que não podia esquecer. Ele correu e correu, ele tentou parar de correr. Mais sua pernas continuaram correndo. Suas pernas começaram a doer, mas ele não conseguia parar. De repente na frente dele apareceu um Pokémon que parecia um fantasma, ele era preto, com o pescoço vermelho e com um “cabelo” branco. Ele começou a soltar bolas pretas e quando foram chegar nele ágüem gritou seu nome e ele acordou. Carl estava do seu lado e gritava seu nome.
- Dan, Daniel, acorda, sua batalha vai começar, ela é a primeira. – Dan acordou e saiu correndo e Carl caiu no sofá sentado. Ele correu e chegou no campo de batalha aonde de adversário o esperava. Era um garoto gordo e moreno.
- Comecem a batalhar.
- Vai Sentret.
- Turtwig você é quem manda. – Mais ele não tava tão confiante, ele estava com medo daquele pesadelo. - Turtwig use o Bite.
- Sentret pule e use o Iron Tail.- Turtwig abriu a boca e foi em direção ao Sentret mais ele pulou com a cauda. Turtwig mordeu o nada e Sentret foi em direção ao Turtwig com a cauda da cor de ferro e acertou o Turtwig e ele jogou ele longe.
- Use investida.
- Dan ele esta mais fraco, o efeito da ração já passou. – Gritou Carl, mas ele não tava nem ai.
- Sentret use o Cut. – Turtwig foi correndo e Sentret brilhou sua mão e cortou o ar jogando ele para o céu.
- Não Turtwig. -Nisso ele jogo folhas de cabeça que acertaram Sentret e o machucou muito.- Isso foi um Razor Leaf, muito bem, agora use o Bite no rabo dele.- Sentret ainda estava machucado quando Turtwig mordeu seu rabo. – Agora pule e jogue-o no chão- Turtwig pulou e jogou Sentret contra o chão nocauteando.- Nos vencemos mais uma, eba estamos na semi-final.
-Turtwig wig. – Comemorou Turtwig também e nos saímos, Carl veio ao nosso encontro e deu ração pro Turtwig e depois água e ele ficou forte e saudável de novo. Depois começou a batalha do cara do Beautifly e ele ganhou.
- Agora a Batalha de Carl Snow VS Michelle de Santos, comecem a batalhar.
- Vai Chimchar.
- Esta com você Aipom- Ela soltou um macaco com uma mão no rabo e Carl o macaco de fogo. – Aipom use Hidden Power.
- Chimchar use o Dig e depois Flame Wheel- Aipom começou a brilhar e soltou uma esfera brilhante que Chimchar desfiou usando o Dig e depois acertou o Aipom com o Flame Wheel que saiu debaixo da terra e o jogou para longe.- Agora use Ember.
- Cuidado Aipom. – Mas já era tarde, ele foi acertado por uma nuvem de brasas que depois virou chama de verdade e deixou o Aipom todo queimado.
- Uau! Foi um Flamethrower! Parabéns Carl e Chimchar- Gritou Dan comemorando pelo amigo. Ele já havia se esquecido do pesadelo, agora é só alegria, ele tinha ganhando, Carl ganhou e ele estava certo que chegaria a final se tudo ocorresse bem! Mas nada ocorre bem com Daniel Stark. Nunca algo correu bem. Quando era criança com mais ou menos 5 anos. Foi atacado por uma Arbok. Ficou envenenado por mais de um mês e quase morreu e não conseguia dormir por ter pesadelos do pokémon breu negro. Quando tinha 7 anos seus pais e ele foram acampar em colina perto da praia. Quando estavam tomando banho no mar um Tentacruel o puxou para dentro d’água ele estava afogando e envenenado. Meus pais dizem que eu fiquei por mais de três horas embaixo d’água. Ele só se lembra do Tentacruel ter soltado ele por aparecer uma luz azul, que o levou de volta para a terra. Sem esta envenenado e com a saúde perfeita então eu não tive mais pesadelos. Mais até os 10 anos quando não pude começar minha jornada e fugi no meio da floresta fui atacado por uma sombra que vinha do chão ela olhou pra mim e ficou embaixo dos meus pés e começou a engolir ele. Depois disso e só se lembra de estar deitado na cama do seu quarto. Ele perguntou o que tinha acontecido e disseram que uma Ariados. Mas ele contou que foi a sombra do chão mais ninguém acreditou e então ele nunca mais falou sobre aquilo e nunca mais ia falar. E agora ele só tinha que seguir sua jornada quieto. Mas mesmo antes de sair em sua jornada ele já teve o azar de perder o ônibus, mas aquilo foi bom para ajudar a conhecer o professor. Que Arceus o proteja e Cresselia o salve de Darkrai o breu negro e ele ainda acha que foi Phione que o salvo mas ele continua quieto. E também ninguém acredita que ele já estava na dimensão de Giratina, mesmo em sonho ele já esteve.

Preview

No próximo episodio de PWA – Sinnoh Advanced
Dan desafia Barry para uma batalha de GYM! E aprende que nem tudo é como quer!

@ Pepe Akemi Says: Fan Fic inativa por mais de um mês, logo que isso acontece ele é trancado, caso queria reabri-lo só mandar uma Mp a qualquer Fan Fic Moderador. Trancado.
avatar
Pedro Rici
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 18/09/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokemon World of Adventures

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum