Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Over The Rainbow.

Ir em baixo

Over The Rainbow.

Mensagem por Cap'n Cook' em Ter 6 Mar 2012 - 19:03

Classificação: +12 Tema: Intriga familiar ~ Contém: Violência, xingamentos.
Oi pessoal, não continuei a outra fanfic por quê nimguém leu aí eu flopei ela. -q Roteiro de Knew, eu só escrevi. Smile

Próologo :
Vet Hills. As famosas colinas molhadas, localizavam-se próximas a ilha de Cinnabar, lá, secretamente, vários pokémons aquáticos conviviam juntos. Várias famílias pokémon migraram de Pacifidlog para ali. Uma delas, era a família Kame. Numa tarde de segunda feira..

- Que saco ! Não se pode nem mais fazer as coisas que quero nessa droga de casa! - O Blastoise um tanto quanto baixo e
barrigudo saía bufando, pisando forte, raivoso. O chão de leve, até balançava. A tarde ia substituindo uma manhã agitada, pouco a pouco. A brisa tomava o lugar do calor infernal, e a noite estava próxima. Depois de atravessar uma breve e esburacada rota, Blastoise chegara ao seu ponto de descanso, o lugar onde brigas rolavam soltas, más intenções, ainda mais. Ah.. O Toed's bar. Ao entrar no bar flutuante, aquele emaranhado de pokémons aquáticos bêbados perseguiam Blastoise com os olhos. Seu futuro fora honrado. Mais até um marginal merece mais respeito do que Blast é, atualmente. Ele não era o cara do tipo que faz amizades, mas ele acreditava ter um amigo. Esse cara era o Tantus. Nimguém sabia o que aquele suspeito Tentacruel fazia, onde morava. Nada. Só sabiam que ele era um frequentador nato do bar.
- Fala aí, Tantus. - Disse Blastoise, cumprimentando o Tentacruel enquanto procurava sua cadeira adaptada.
- Já faz um tempo que você não vem aqui, não é? - Disse , enquanto virava uma dose de uma bebida de cor roxa.
- Tive uns problemas.. - Disse a tartaruga, se apoiando na mesa do bar.
- Não teve, você quis dizer, não é? - Disse Tantus, olhando pro teto do bar, rindo.
- Veio ao lugar certo para arrumar, hehe! O que vai ser hoje, Blast? - Disse o Politoed, surgindo de trás do bar, lustrando
uma caneca.
- Um Chinchou Chopp, mas com pouco alcóol, pode ser? - Disse o Blastoise, fazendo gestos com a mão.
- Cê que manda , chefia! - Disse Politoed, sorrindo e se dirigindo a cozinha.
- Um momento, eu vou fazer a minha Ekan's Campari, já volto. - Disse Tentacruel, seguindo Politoed até a cozinha. Ambos com
um olhar sombrio.
- O que foi que o Blastoise pediu mesmo? Disse Politoed, olhando para o Tentacruel, que procurava seu precioso Campari entre
as vastas prateleiras.
- Muito alcóol, e um dedinho de Chinchou Chopp. - Disse, pôndo gelo no seu Campari.
- Você não presta! - Disse Politoed, rindo, enquanto preparava a bebida.
- Eu posso não prestar. Mas aquele ali? Por favor.. Se gabava pela velocidade maior de muitos Kingdras, e hoje tá aí. Um
Blastoise gordo e inútil. E ainda mais é um influenciável, com um psicopata preso naquela casca, doido pra sair. Na terceira
dessa doçura, ele já não sabe nem mais se é pra usar a boca ou os canhões pra falar.
A partir dali, foram várias piadas fadantes, como '' aquela vez que cortei o braço de um Machoke '' que enchiam a paciência
de Blastoise, enquanto ele se enchia daquelas doses fatais, fornecidas por seus '' amigos '' . Blastoise já estava com fome,
então se dirigiu de volta até sua casa. Uma pequena garoa tinha início. As pequenas gotículas batinham em seu casco. Ele
abriu a porta de casa e entrou, sombrio.
- Pronto! Agora que o pai de vocês chegou, nós já podemos jantar. - Disse, a mãe Wartortle, tentando fingir estar animada.
- Oba, Blast! Como foi o trabalho hoje? - Disse um dos pequenos Squirtle. Blast puxou uma das cadeiras da mesa com força,
e se sentou nela. Pegou o garfo com força, e os bateu na mesa, violentamente.
- Tom.. Ele não é nosso pai.. Não precisa tratar ele como o papai noel. - Dizia Max, o irmão mais novo, tentando entrar na conversa.
- A COMIDA, MULHER! - Gritou, olhando para sua família como se fossem seus carcereiros.
- Aqui está, meu amor.. - Disse Tania, pegando rapidamente a travessa de Berrys , e servindo-as a Blast.
- QUE MEU AMOR QUE O QUÊ! ME DEIXA COMER EM PAZ, VAGABUNDA! - O Blastoise se empanturrava, com garfadas que balançavam o prato pra lá e pra cá. Por um instante, parou e olhou pra seus filhos, que o olhavam comer esfomeados, e sua mulher, tentando não chorar.
- O QUE FOI, SEUS MERDINHAS? VÃO COMER NÃO NÉ? BELEZA, DEIXA QUE EU COMO! - E então, ele meteu o resto da travessa barriga a baixo, sem fome. E pulou no sofá. Tom, o Squirtle mais velho, viu sua fome passar sozinha. Olhou pra baixo, olhou pra sua mãe, olhou pro seu irmão. Ele imaginava por quê seu padastro fizera aquilo. Por quê poderia ser tão mau? Sua fome de justiça estava tinindo. Determinado a fazer justiça com os próprios punhos se dirigiu até o padastro.
- Quéquetu quer, moleque? - Disse, já segurando uma garrafa de cerveja, enquanto se esforçava pra conseguir olhar o garoto,
sem ter que se levantar do velho sofá.
- Colocar ordem em você.. Desgraçado.. - Disse guaguejando, sem coragem de olhar para o padastro.
- Rá.. RÁRARSARRARARA.. KAKAAKAKAKA.. UUUir.. Esse moleque.. PORRA VELHO! Ele tem que ser comediante, na boa! Beleza. Escuta,
guri. Quem bota ordem aqui, sou eu. - A cada palavra ele foi se posicionando, até que ficou agachado, com os canhões apontados para Tom. Lentamente, vira um HydroPump sair dali.
- Não! - Disse Tania, jogando-se na frente de seu filho para defênde-lo.
- OlHA AQUI, VADIA! TU NÃO TEM NADA QUE SE INTROMETER, VOCÊ QUE EDUCOU ESSE COISINHA AÍ ERRADO! - Gritou o Blastoise, dando um tapa na sua mulher.
- MALDITO! - Tom então usou WaterGun, tentando machucar Blast. O golpe pega na barriga, e não faz qualquer arranhão.
- Refrescante. SENTE ESSA! - O Blastoise então se jogou com o corpo em cima do Squirtle, que voou casa a fora. E ficou ali,
deitado, debaixo da chuva. E assim, deu-se início a um ciclo de ódio, que não terminaria tão cedo.

Capítulo 1 - A porta para um novo caminho
A manhã surgia, com o sol iluminando o grande lago que cercava os moradores dali. A água novamente esquentava, e ganhava
o tom verde da iluminação. Squirtle acordara, completamente encharcado.
- Desgraçado.. - Pôs a mão na cabeça, e a chacoalhou, afim de recuperar a razão.
- Pff.. Mais um dia feliz em Vet Hills. Vão se danar! - O pequeno Squirtle não sabia como
iria ser. Ele apenas subiu.
- Vejam só, o pequeno fracassado. - Dizia Blast, segurando um balde cheio de vômito, enquanto
chutava o que restou de suas garrafas de cerveja. - Mas que merda.. Essa comida não fica
pronta não mulher? Tá, se danem. Vou pro bar, lá tem pessoas que ainda
se importam com esta velha tartaruga!
- Mãe.. - Disse Squirtle, tentando não ser empurrado pelo padastro, que saía bufando.
- Sim, meu filho? - Perguntou Tania preocupada, enquanto secava uma bacia.
- Quero que você e o Max.. Não derramem nenhuma lágrima. Eu.. EU VOU RESOLVER ISSO!
E então, a pequena gota d'água corria pelo rosto de Tania. Orgulho? Arrependimento? Nada se
sabia. Tom apenas saiu de casa, em busca de poder. Caminhou um pouco, e chegou a um
lago, pelo qual butterfrees sobrevoavam.
- Certo, é aqui! - Water Guns potentes saiam da garganta do garoto. Ele fazia acrobacias,
movimentava-se muito rápido. As butterfrees custavam a esquivar. Até que ele se moveu mais
rápido. E shazam! Conseguira acertar as asas da butterfree, fazendo com que caísse. Antes
que ela alcançasse o lago, Squirtle acertou-lhe um outro WaterGun, fazendo ela cair nas
beiras, salvando-a de se afogar.
- Hey garoto! - A mão gelada e grossa tocara seu ombro, dando-lhe um susto. Rapidamente
virou-se.
- Ah! Cherife Poliwrath.. Você me assustou! - Disse, olhando para o velho sapo.
- Ei garoto, acho que não deveria andar por aqui a essa hora. Ouvi falar que teve problemas
em casa e..
- EU VOU RESOLVE-LOS! SAI DA MINHA FRENTE! - Squirtle esgueirou-se , passando por Poliwrath,
e correu, desnorteado e sem razão diante uma escuridão que ele não havia nem sequer reparado, por todo aquele tempo.
- QUAKEPUNCH! - Exclamou Poliwrath, dando um incrível soco no chão, que transmitira uma
onda de energia pela terra, que alcançou os pés de Tom, fazendo-o cair.
- Cara.. Você é bom.. - Disse o pequeno Squirtle, levantando-se com os cotovelos no chão,
sustentando o corpo.
- Não é a toa que sou o cherife daqui, hehe. Venha aqui amanhã. Eu posso te treinar. - Squirtle não
respondeu, apenas levantou-se , e correu, seguindo uma luz. Uma luz forte.. mais perto,
mais barulho. Mais perceptível a imensa algazarra. Até que chegou lá, próximo, não a
frente. A visão não fora nada divertida. Blast abraçando uma Milotic. Beijando-a , em frente
ao Toed's Bar. Squirtle enfureceu-se. Paralisado, sua mente flúia com vinganças o mais violentas possíveis com seu
padastro, até que Poliwrath surgiu pulando de uma poça d'água.
- Se você fizer isso agora.. Vai se arrepender.
- Mas ele nem é meu pai.. - Disse, virando-se para o cherife.
- Não falo dele. Falo de você.. Se for agora, pode até morrer. Você pode dormir em casa
hoje, amanhã você volta pra lá, e a tarde vem treinar.
- Certo.. Cherife..
- Sim?
- Eu vou conseguir?
- Eu tenho certeza.
avatar
Cap'n Cook'
Membro
Membro

Masculino Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 13/12/2011

Frase pessoal : Because everybody hands a poison heart


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Over The Rainbow.

Mensagem por Swize em Sex 16 Mar 2012 - 18:40

Muito bom, me emocionei mais achei sacanagem o tópico tem 100 visitas e nenhum comentário, fique atento aos erros ortográficos, se possível use o Google Chrome que mostra os erros em textos. Só me confundi um pouco mais pro final, é que eu imagino as coisas que acontecem na historia, pensei que o Pequeno Squirtle estava encima de um vitoria - regia ou planta similar D:
avatar
Swize
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 22/02/2012


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Over The Rainbow.

Mensagem por knew em Sex 16 Mar 2012 - 20:14

Vou postar o cap 2 hoje porque o Flex ta com preguiça

Um dia cheio~

Foram pra casa. squirtle não imaginara que aquela pequena cabana era a casa do chefe da segurança de Vet Hills. Mas achou
melhor não reclamar, afinal, ele nem parente de Wrath era. A casa nem sequer tinha portas, cortinas separavam os cômodos.
Riu pra si mesmo, seguiu as instruções de Wrath, e por fim dormiu. Justamente, aquela tinha sido uma noite boa de se dormir.
Fria e longa, um sono bem proveitável.. Acordou bem, e foi até a mesa. Wrath tomava um café, e um Poliwag que ele não fazia
idéia de onde saira se esforçava pra comer sua sopa de Berryes, já que ainda não tinha braços. Wrath abriu os olhos, e se
deparou com Squirtle.
- Oh, perdão! Eu nem os apresentei.. Tom! Este é meu filho, Dave. E Dave, este é o Tom. Ele vai treinar com a gente!
- Oba! Alguém do meu tamanho pra treinar! - Disse o pequeno girino, alegre. Squirtle estava sem jeito, nunca tinha ido até
a casa de ninguém. Seu único amigo era seu irmão..
- Ei garoto! - Aquelas palavras desviaram sua atenção. Pediu para que Tom se senta-se, ele remexeu a comida. Não havia sido
feita por uma '' mãe ''. Mas ele não podia dizer que estava ruim. Todos alimentados, ou quase. Foram até o lago. Ao chegar,
Wrath desenhou uma espécie de quadra no chão, utilizando um giz.
- Pois bem, Tom. Já participou de alguma batalha?
- Com o.. O.. - As lembranças de Blast vinham em cheio. Só de ouvir Toise ele já se estourava.
- Não precisamos citar nomes, hehe. Boom.. Você se importa de lutar com o Dave?
- Com o Dave? - Riu. - Sem problemas, haha! - Wrath sorriu pra Dave, e deu o grito inicial. Dave ficou parado. Determinado
de que seria perfeitamente fácil, Squirtle correu até Dave, com a cabeça apontada pra ele. O vento cortava sua testa,
seria um Headbutt perfeito. Poliwag pulou, e girou. Iron Tail. Em cheio. O impacto de vários quilômetros e quilos de força
se encontraram ali. Squirtle era despreparado, saiu longe. Poliwag não. Ao cair, ''freou'' com a ponta dos pés, parando no
limite da arena. Squirtle tossiu, tentando levantar-se em meio a poeira.
- Não era o que você esperava, não é? - Disse poliwrath, estendendo a mão a Squirtle enquanto ria. Aliás, Poliwag se esbaldava,
de barriga pra cima, balançando os pés. De pé, foi tapeando o corpo, a fim de tirar a poeira.
- E então, quer que eu te deixe em casa agora?
- Senhor Wrath.. Eu não quero ir..
- Mas por quê não garoto?
- Sei que se for lá, terei de lutar. E se for como estou agora, eu vou perder.
- Está bem.
Wrath deixou os dois em casa, e foi trabalhar. Ficaram lá, conversando.
- Então, Wag.. Como pode ser tão forte?
- Treino. Muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito treino. - Disse, mascando uma balinha.
- Hm.. Acha que eu posso vencer um Blastoise?
- Ainda não. Não meeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeesmo.
- Ah, larga de ser chato cara.
- Chato é você!VOCÊÊÊÊêêÊÊÊ! A noite chegou junto com Wrath através daquelas briguinhas bestas. Foram dormir. A noite conversava
com o céu, em mais uma boa noite. Duas noites boa de se dormir seguidas? Interessante..
avatar
knew
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/12/2011

Frase pessoal : deus é top


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Over The Rainbow.

Mensagem por Pichupikachuraich-u em Dom 18 Mar 2012 - 16:43

Tá ficando bom!
continue treinando. Se possível utilize o world ou Google Chrome! Very Happy
@ Pepe Akemi Says: Fan Fic inativa por mais de um mês, logo que isso acontece ele é trancado, caso queria reabri-lo só mandar uma Mp a qualquer Fan Fic Moderador. Trancado.
avatar
Pichupikachuraich-u
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 30/10/2010

Frase pessoal : Cada escolha que você faz é uma pequena revolução


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Over The Rainbow.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum