Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Pokémon Extreme

Ir em baixo

Pokémon Extreme

Mensagem por Sir Dracconildo - Dracco em Ter 31 Jan 2012 - 23:03

Pokémon Extreme


Nome da Fanfiction: Pokémon Extreme
Autor: Sir Dracconildo (Aka Dracco)
Classificação: +12
Guia de Capítulos:

Capítulo 00 - Prólogo

Era cedo, uma leve brisa gelada passava levemente sobre o local, balançando a grama molhada pela chuva do dia anterior. O céu estava levemente nublado, as nuvens recebiam um efeito dourado pela luz solar. NewBark mostrava-se em sua melhor aparência, porém, a calma não fazia parte de seu conteúdo.
No lago da cidade, um grupo de crianças se encontrava no local. Porém, o grupo estava parado. Pareciam estar esperando por algo ou alguém.

- Será que ele não vem? – Perguntou um dos garotos.
- Deve ter amarelado! – Falou outro.
- Esse Chase...

No meio de tantas crianças, um garoto estava calado. Ele vestia uma camiseta sem manga branca e uma bermuda jeans. Ele era um pouco magro, e segurava uma vara de pesca. Era Billy, um dos melhores treinadores Pokémon da cidade.

Além do garoto, havia um jovem adulto entre o grupo. Ele vestia um jaleco branco por cima de uma camisa azul listrada. O homem possuía cabelos castanhos claros e olhos azuis. Era o assistente do famoso professor Elm, Richard.

Richard segurava uma prancheta, enquanto anotava algo nela com uma caneta esferográfica preta. Na prancheta, estavam desenhados vários quadrados e traços, apenas dois não estavam riscados com caneta vermelha. Era uma tabela de um torneio de treinadores.

Todos escutaram o barulho seco, parecia ser o barulho de algo girando na terra grossa. O barulho continuou até que uma nuvem de poeira apareceu, logo aparecendo um garoto cortando a nuvem de poeira com seu skate de duas rodas.
Billy se levantou e andou até o garoto com um sorriso debochado estampado em seu rosto, seu olhar de brincadeira era ao mesmo tempo assustador para os que haviam sido derrotados por ele em uma batalha.

- Pensei que você iria amarelar, Chase. – Disse Billy, sorrindo cinicamente.

- Amarelar por sua causa? Sem chance. – Respondeu o outro, também sorrindo. Sua resposta havia irritado o adversário, porém, o garoto mostrava-se confiante.

Chase possuía cabelos pretos espetados e olhos castanhos avermelhados. O garoto vestia um moletom azul escuro por cima de uma camiseta branca e um jeans preto. Ele calçava um All-Star preto, com um dos pés por cima de seu skate de duas rodas apenas.

Os dois se afastaram e jogaram duas esferas transparentes para o alto, luzes brancas surgiram de dentro das esferas, que tomaram a forma de duas pequenas criaturas.

A primeira criatura apareceu ao lado de Billy. Esta parecia um pequeno lagarto marrom, seu rosto estava oculto por caveira, porém, seus olhos vermelhos encaravam seu oponente com um olhar sério. Era um Cubone.

A segunda criatura, apareceu ao lado de Chase. O corpo do Pokémon possuía uma coloração amarela, na região de seu peito e nos seus braços. Sua cabeça mais se parecia com uma tomada, no meio do seu peito havia um símbolo de um raio. Era um Elekid.
Ao ver os dois Pokémons, muitas crianças ficaram impressionadas. Era possível ouvir cochichos sobre o Pokémon de Chase, alguns bons e outros ruins. Mas o Pokémon amarelo não estava com uma boa vantagem sobre seus adversários, pelo contrário. Pokémons terrestres tinham vantagem contra elétricos.

- Bonee, use o Headbutt! – Mandou Billy, apontando seu dedo indicador para o monstro adversário.

- Apenas desvie. – Disse Chase, esperando atento pelo resultado de seu comando.

O Pokémon terrestre avançou em direção ao elétrico, que apenas esperou calmamente. Bonee tentou acertar o Elekid com uma forte cabeçada, porém, o Pokémon tomada apenas se abaixou, desviando com facilidade.

- Agora, Volt, use o Low Kick! – Comandou o garoto de cabelos negros.

Em um movimento rápido, o Pokémon tomada desferiu um poderoso chute na barriga do Cubone, que acabou sendo arremessado para longe com a força do golpe, até que atingiu o tronco de uma árvore próxima.
O Pokémon terrestre se levantou bem devagar, Volt era bom com golpes do tipo lutador, o que poderia causar problemas para o seu adversário.

- Use o Bone Club! – Gritou Billy, já nervoso com o contra-ataque de seu oponente.

- Use o ThunderShock do jeito que eu te ensinei! – Mandou Chase, com um sorriso confiante estampado no rosto.

O Cubone pegou seu osso, que usava como arma, e correu em direção ao Pokémon elétrico, que soltou um grande raio que correu em direção ao seu adversário.

- Rá! Não sabe que ataques terrestres não recebem danos de elétricos?!
- Quem disse que o seu Cubone é o alvo direto?

O raio dourado mudou sua trajetória, passando pelo Pokémon terrestre e destruindo dois troncos de árvores que ficavam próximos ao seu oponente. Os grandes e firmes troncos caíram em cima do Cubone, que assustado, tentava sair de baixo, mas não conseguia.

Chase havia feito uma ótima estratégia, pois os troncos dos pinheiros estavam muito úmidos por causa da forte chuva do dia anterior. Com sua pele molhada, Bonee poderia ser alvo de ataques elétricos, que em conjunto com a água, deixariam as coisas ruins para o seu lado.

- Finalize com o Shockwave! – Gritou o treinador do Elekid, apontando seu dedo indicador para o Pokémon adversário.

Uma aura dourada possuiu o Pokémon elétrico, causando fortes faíscas saindo de sua cabeça. Volt soltou um grande raio dourado que atingiu o lagarto mascarado, que desmaiou com o golpe. Chase e Volt haviam vencido aquela batalha.

- E com isso está decidido que Chase é o treinador mais forte de NewBark. – Disse o professor assistente Richard, anotando em sua prancheta. – Mas tente não destruir mais árvores, o meio-ambiente agradece.

- Tudo bem, eu acho...

Chase e o professor Richard eram velhos amigos, muitas vezes o garoto de cabelos negros capturava alguns Pokémons para o professor assistente conseguir informações melhores para ajudar seu superior com a Poké-Dex.

O grupo de crianças logo foi devagar se dispersando, até que ficou apenas o professor Richard e Chase, que estavam conversando sobre o novo modelo da Poké-Dex que estava sendo criado pelo professor Elm.

- Uma pergunta, Chase.

- Desembuche.

- Porque não se torna um treinador de verdade? Ficar preso em um único lugar deve ser bem chato para alguém como você.

- Eu pensei a mesma coisa depois que venci o Billy. Mas não me sinto a vontade pra deixar o meu avô e a minha avó e sair em jornada.

Um silêncio irritante tomou conta do clima, a verdade era que Richard estava certo, devia ser algo maçante, ter que ficar preso a um único lugar e não poder viver uma vida mais interessante do que aquela.

- Eu preciso ir, até mais. – Despediu-se Chase, pegando se skate e andando em direção ao caminho que dava em sua casa.

Enquanto andava em seu veiculo, a cabeça do garoto se enchia de dúvidas sobre o que deveria fazer. Talvez sair de casa e viver aventuras de verdade seria melhor do que ficar preso a uma cidadezinha monótona como aquela.
~~End~~


Última edição por Sir Dracconildo - Dracco em Ter 13 Mar 2012 - 0:25, editado 4 vez(es) (Razão : Atualizar Caps)
avatar
Sir Dracconildo - Dracco
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 22/06/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Extreme

Mensagem por cfox em Ter 31 Jan 2012 - 23:23

Dracco o/ Com essa, você completou 7 fics já feitas na PM -q

Eu gostei muito desse prólogo/capítulo 0, a batalha foi bem interessante, e deu para entender bem as personalidades dos treinadores. Além disso, você a narrou muito bem. Eu gostei da estratégia do Chase.
A história também está ótima, estou ansioso para saber o que o Chase fará em seguida.

De erros, só vi uma coisa.

[...] camiseta branca e um jeans preto. Ele calçava um All-Star preto, com um dos pés [...]

Muito bem, você repetiu a palavra "preto". Você poderia ter dito que o All-star era da mesma cor que o jeans. Você só repetiu uma vez, mas mesmo assim não errar em nada é melhor do que errar apenas uma vez.
Mas todo o resto da sua escrita está excelente, acho que essa fic vai ser ótima :3

Espero o próximo :a
avatar
cfox
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 23/11/2010

Frase pessoal : mate imo mixup have been cunts throughout the fuck


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Extreme

Mensagem por DarkZoroark em Qua 1 Fev 2012 - 2:09

Yo dracco o/
Gostei bastante do capítulo/prólogo (Capítulo 00 tem bem cara de prólogo, não?). Como sempre você narrou e descreveu tudo muito bem. As estratégias desenvolvidas pela dupla foram muito boas, embora a do Chase tenha sido melhor. Só encontrei o mesmo erro que o ~Fox disse, mas esse é bem fácil de remediar.
Como é o primeiro cap/prólogo, não dá para escrever um comentário maior que este. Aguardo o cap 01.
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Extreme

Mensagem por Gehrman em Sex 3 Fev 2012 - 19:53

tu me forçou a comentar
oi

Achei a história ao mesmo tempo meio "parecida" e meio "diferente" das outras fics. Bem, parecida porque tem o garoto lá tem um Pokémon, e é motivado a começar uma jornada com um Pokémon. Diferente pelo fato do Pokémon ser um Elekid, algo que não lembro se já vi em outra fic, e também o assistente do professor lá, que pela descrição da fic, ajudará o rapaz de algum modo. Mas, o que importa, é que a fic tá muito bem escrita, e isso melhora tudo. oh1

Bem, passando pelo capítulo, vi uns pequenos erros, mas nada que dificultasse a leitura. Um, por exemplo, foi esse:

- Eu preciso ir, até mais. – Despediu-se Chase, pegando se skate e andando em direção ao caminho que dava em sua casa.

Não deveria ser "seu"?

Gostei da luta do Elekid contra o Cubone. Os carinha lá usando seus poderes pra vencer, e além de usar estratégias pra ganhar. No começo, eu tinha achado que o Cubone iria ganhar, e errei, daora a vida. oh0

Que nem as outras fics, sua escrita tá ótima, descrvendo e narrando muito bem. Que nem o Fóquix falou, sei que a fic vai ser ótima.

Bem, apenas isso que tenho pra dizer, afinal, é o primeiro capítulo. Espero o próximo. oh0

________________

cfox: APARECI NO MULTISHOW


avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Extreme

Mensagem por Gehrman em Seg 12 Mar 2012 - 21:04

Desbloqueada a pedido do dono.
avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Extreme

Mensagem por Sir Dracconildo - Dracco em Ter 13 Mar 2012 - 0:21

Capítulo 01 - Como tudo começou!

Havia se passado um dia desde a vitória de Chase sobre Billy, era por volta das 9:30h da manhã. O garoto de cabelos negros estava dormindo em sua cama, havia batalhado bastante com outros treinadores no dia anterior.

Seu quarto era muito bagunçado, cheio de Posters de treinadores e de coordenadoras, onde assistia de vez em quando batalhas de treinadores em ligas municipais de outros continentes. Ele e seu avô gostavam muito de ver os Pokémons poderosos dos finalistas, assistindo aquelas partidas, Chase criava uma nova estratégia em base á partida assistida.

Volt entrou no seu quarto e cutucou o garoto, na expectativa de acordá-lo para os dois aproveitarem aquela bela manhã. Mas ao invés disso, o moreno virou-se de costas, incomodado com seu Pokémon.
Zangado, o Pokémon tomada abriu a mão e pequenas faíscas amarelas emergiram sobre a sua palma. Com um sorriso malvado, Volt apertou o traseiro de Chase, que o fez pular da cama com o susto.

- Droga, Volt! – Gritou Chase, emburrado. – Quantas vezes eu já disse pra não me acordar desse jeito? Vamos tomar café, bobão.

O garoto estava com pequenas, porém visíveis, olheiras. Não havia dormido direito desde o dia anterior, pois havia ficado maior parte da noite pensando sobre a pergunta do professor Richard. Porque não se tornar um treinador de verdade? Porque não se divertir? Essas dúvidas flutuavam sobre a cabeça daquele jovem.
Enquanto tomava café ao lado de seu Pokémon, Chase assistia com seu avô uma batalha no ginásio de Azalea Town. Era uma luta bastante acirrada, mas por incrível que se pareça, Chase não estava muito interessado.

- Vovô... – Disse Chase, tentando puxar papo. – Você acha que eu sou um bom treinador?

- Em conjunto com o Volt, sim. – Respondeu o velho, sem tirar o rosto de seu jornal. – Mas acho que você pode mais. Seu jeito explosivo está calmo demais pro meu gosto, e alguma coisa me diz que algo está errado com você.

Era verdade, ele estava feliz com o seu título de melhor treinador de NewBark. Mas ao mesmo tempo, insatisfeito. Sentia que, se tornar um treinador de verdade seria muito mais interessante do que ficar preso a uma cidadezinha como NewBark.
A maratona da Liga Johto já havia começado, se ele se tornasse um treinador e competisse pelo continente inteiro, teria uma pequena desvantagem. Mas seria mais legal para ele, pois a competição seria acirrada e ele gostava de desafios.

- Acho que... Acho que quero me tornar um treinador de verdade. – Disse Chase, olhando para seu colo depois de terminar de comer. – Mas eu não sei quanto ao senhor e a vovó, não sei se devo sair em jornada e deixar vocês sozinhos.

Chase não gostava de falar sobre o seu pai, pois quando ele ainda tinha apenas dois anos sua mãe foi vitima de uma epidemia em NewBark e ficou em estado muito grave, ao invés de se preocupar, seu pai deixou um bilhete de despedida e fugiu de casa, os avós do garoto deram queixa na polícia e o paradeiro daquele homem continuou desconhecido.

Com o desaparecimento do pai do garoto, sua mãe ficou muito pior e morreu em uma cama de hospital. Aquilo foi um trauma realmente muito grande para o garoto, mas mesmo assim, seu jeito enérgico foi preservado. Chase odiava seu pai, e o considerava morto.

- Quer dizer como o seu pai? Aquele bobão está desaparecido a mais de onze anos, não sei se está morto ou não, mas eu não me importo de você sair em jornada, desde que você saía acompanhado. Vá falar com o professor Elm, vou arrumar a sua bolsa.

De repente, um raio de alegria tomou conta do garoto, que se levantou da mesa animado com a decisão de seu avô. Seus cabelos pretos espetados pareciam ainda mais enérgicos, como se Volt tivesse lhe dado um choque.

- Obrigado, vovô! – Agradeceu o garoto, puxando Volt pelo braço, que bravo por não ter devorado o seu café todo, lhe dava pequenos choques. – Pare com isso, cabeça de tomada!

O garoto de cabelos negros subiu as escadas e tomou um curto banho quente, depois voltou ao seu quarto e vestiu seu típico jeans e All-Star preto e uma camisa laranja dentro de um moletom azul marinho. Por fim colocou seu boné azul, que se destacava por cima de seus cabelos pretos, além da Poké-Bola de Volt, ele possuía cinco outras Poké-Bolas reservas, presas na fivela de seu cinto.

- Estou indo! – Gritou o garoto, por fim correndo para fora de casa, acompanhado pelo seu Pokémon elétrico. – Até mais, vovô!

~~X~~


No laboratório do famoso professor Elm, havia apenas Richard e o próprio professor trabalhando, o vento frio batia sobre as janelas do local, deixando uma sensação confortável e ao mesmo tempo nostálgica.

- Prepare a injeção, Richard. – Mandou Elm, olhando para uma pequena criatura sentada em uma mesa, pequenas chamas saiam de suas costas, era um Cyndaquil. – Não quero levar mais uma multa de envio de animais não vacinados de novo.
O professor Elm tinha uma aparência de um homem de trinta anos, mesmo com a idade de quarenta e três anos. O mesmo possuía cabelos castanhos curtos e olhos da mesma cor, ele vestia uma calça jeans e uma camisa azul clara, dentro de um jaleco branco.

- Para quem o senhor quer mandar Soul, mesmo? – Perguntou o jovem assistente, ajeitando seus óculos. – Quero dizer, no meio de tantos Cyndaquil’s que temos, porque justo o Soul?
- Você sabe que Soul é especial, Rich. Tanto que em nosso teste de habilidades de batalha, ele recebeu a nota máxima, no meio de outros oitenta com os mesmos atributos. Irei manda-lo para o professor Carvalho, de Kanto, que vai dá-lo para sua bisneta, que deve chegar à NewBark daqui a algumas semanas.
- O senhor é quem sabe...

O pequeno Pokémon, semelhante a um roedor, comia apressadamente um pote cheio de ração Pedigree, criada especialmente para Pokémons de fogo como ele. Ele comia com vontade, tanto que chegava a surpreender qualquer um que duvidasse da fome de alguém tão pequeno. Richard ajeitava suas luvas e dava os toques finais em sua seringa.

- Onde está a agulha, professor? – Perguntou o rapaz, fitando o homem do jaleco.
- Na sua mão, espertão.

- Opa, desculpe. – Sorriu o assistente, inserindo a enorme agulha na seringa. – Soul, venha aqui. Vou lhe dar algo que vai lhe fazer bem, talvez você se incomode, mas vai ser como uma picada de um Weedle, só que sem veneno, ah, você entendeu.

Quando se deparou com aquela agulha, os olhos do Cyndaquil se arregalaram. Ele saltou da mesa rapidamente e correu em direção à porta com uma cara de ‘’Santo Cristo!’’. Só que os dois homens o cercaram, na tentativa de impedi-lo de tomar a injeção.

- Seja um bom menino, Soul. – Disse Richard, em um falso tom doce. – Não vai doer nadinha, ajude, por favor.

- Pegue esse bicho, Richard! – Gritou o professor, levantando os braços. – Ou então vou demiti-lo!

Na tentativa desesperada de pegar o roedor flamejante, o rapaz tentou agarrar Blaze, mas este desviou e esquecendo que ainda estava com a seringa na mão, Richard furou o próprio braço e deu um gritinho. Após dar um último olhar de ‘’Eu não disse?’’ ao assistente de professor, o Pokémon de fogo deu um grande salto e destruiu a janelinha da porta da frente do laboratório.

~~X~~


Um grande dragão negro voava em círculos sobre o céu escuro, o local era desconhecido por praticamente todos os seres humanos, havia vários rochedos e crateras espalhados sobre o chão, um homem estava caído no chão, sangrando muito pela barriga. Outro estava a poucos metros de distância, olhando friamente para o primeiro homem.

- Não vai me dizer? Ou ainda quer que continuemos a nossa brincadeira? Vai ou não me dizer o paradeiro de Mew?

- Desista! Mate-me logo, isso dói muito! – Implorou o primeiro homem, esfregando seu rosto no chão, seus cabelos brancos mostravam que ele era um homem de mais ou menos sessenta anos. – Eu nunca vou contar onde ele está! Eu vou morrer sem lhe contar!
O segundo homem, cuja metade do rosto estava coberta por sombras, apenas dirigiu seu olhar frio ao primeiro e um sorriso falso surgiu sobre sua face, insatisfeito.

- Então é assim? Parece que você não é tão patético quanto eu pensei. – De repente, o dragão negro desce e fica ao lado do homem, de suas presas, uma luz prateada escapava aos poucos. – Acabou pra você, Rowan. Charizard, Hyper Beam.

Um enorme raio de luz branca saiu da boca do dragão negro, que atravessou o corpo de Rowan, o matando instantaneamente. Após o assassinato, o usuário do dragão negro cobriu seu corpo em papel alumínio e o amarrou sobre as costas do Pokémon de fogo.

- Bom trabalho, Charizard. – Disse, enquanto voava sobre as costas do animal. – Aproveite o seu jantar.

~~End~~


Última edição por Sir Dracconildo - Dracco em Ter 13 Mar 2012 - 12:05, editado 1 vez(es)
avatar
Sir Dracconildo - Dracco
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 22/06/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Extreme

Mensagem por DarkZoroark em Ter 13 Mar 2012 - 11:49

Dracco o/
Bom capítulo. A descrição e a narração encontram-se ótimas. Gostei do fato de aparecer um pokémon shiny, quanto mais um Charizard. Coitadinho do Cyndaquil, não merecia levar uma injeção. Não encontrei erro algum, mas não quer dizer que não existam.
Bom, é isso. Aguardo seu próximo cap.
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Extreme

Mensagem por sonicmon em Ter 13 Mar 2012 - 23:03

Saudações Dracco!

Então como prometido eu estou aqui, eu me importo mais sobre a historia do que sobre a grafia (ambas tem igual importancia para uma boa estoria, mas eu pessoalmente me ligo mais nessa) apesar de não achar tambem nenhum erro ortografico.

Uma interrogações foram levantadas quem é Blaze pense ique o Cyndaquil fosse Soul. Eu Gostei do enredo e narração, sua fic tem potencial claro e se você quiser logo logo estara cheia de comentarios bom é so isso que tenho a dizer, parabens deo Seu amigo Sonicmon
avatar
sonicmon
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 04/07/2010

Frase pessoal : "aqueço" luvas, "aqueço


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Extreme

Mensagem por Gehrman em Qua 14 Mar 2012 - 22:17

Tá, eu gostei do capítulo, contando um pouco a mais sobre o Chase, aquele Cyndaquil que o Carvalho daria para a neta, e o Charizard matando o Rowan. Achei bem legal isso, isso mostra que a fic está tomando um rumo diferente daquelas suas outras. Enfim, gostei muito.

A sua narração e sua descrição estão, como sempre, ótimas. O modo que você narra e descreve as coisas, sério, gostei mesmo. Você anda melhorando bastante.

Erros? Achei apenas um, numa frase em que a palavra "mandá-lo" estava sem acento no "a". Mas, realmente, foi apenas esse que eu achei. Mas, como o DZ falou, não significa que não tenham mais outros.

Capítulo pequeno mas com boas explicações, foi básico pra entender algumas coisas que acontecerão no futuro. Mas, vou esperar pra ver o que terá.

Basicamente isso, até.

________________

cfox: APARECI NO MULTISHOW


avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Extreme

Mensagem por -Murilo em Ter 20 Mar 2012 - 22:12

Olá! Que bom que retomou a fic, ainda mais trazendo um novo rumo a ela. No começo parece ser mesmo meio clichê, mas muitos elementos são totalmente originais. O protagonista não é um bobão iniciante, mas esperto e tem um pokémon diferente de um inicial. Agora o final mesmo meio tenso! O cara lá matou o professor Rowan! Parece ser um super vilão! E qualquer história envolvida Mew, é sempre muito misteriosa! Já tenho minhas suspeitas de quem possa ser aquele malvado. Falando da fic, ela é muito bem escrita, não notei erros. Só estranhei mesmo a troca de nomes. É Soul ou Blaze??? Aguardo o próximo capitulo

@ Pepe Akemi Says: Fan Fic inativa por mais de um mês, logo que isso acontece ele é trancado, caso queria reabri-lo só mandar uma Mp a qualquer Fan Fic Moderador. Trancado.
avatar
-Murilo
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 01/03/2011

Frase pessoal : Pq ñ podemos fugir da realidade se ela é uma droga


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon Extreme

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum