Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Grand Chase - Um Novo Começo

Ir em baixo

Grand Chase - Um Novo Começo

Mensagem por Malygos em Sab 7 Jan 2012 - 23:12

Certo.

Pensei bem, planejei muito, e pesquisei pra caramba antes de colocar minhas ideias no papel. Ao contrário da história comum, nesta Cazeaje não será a inimiga principal. Um ser ainda mais poderoso está para surgir.

Os personagens não mudarão em termos algum, mas que tal voltar para a época onde o trio formado pela durona Elesis, a sabia Arme e a flexível Lire está de volta desde os tempos da Floresta do Desafio e a Torre Sombria.

Lothus também não escapa desta história, Serre avô e instrutor de Arme marcará presença, Rainhas de Serdin e Canaban marcaram Vermecia com seus atos e dois personagens novos vão aparecer para esquentar as coisas. Em suma boa leitura.

**


Prólogo




Em algum lugar próximo ao reino de Serdin uma figura alta caminhava numa das varias trilhas feitas somente de terra batida, pela manhã diversas carroças e cavaleiros haviam passado por ela assim como batedores da cidade mágica, porém á noite o silencio era total e nem mesmo os passos metálicos na figura podiam ser ouvidos.

Se encaminhando pelo caminho da direita adentrou uma trilha negra aos quais poucos ou nenhum dos soldados á serviço de Serdin ousaria trilhar. Diziam que era assombrado e que era o local onde monstros ficavam á espreita... Esperando mais uma vitima.

Para ele pouco importava se monstros ou assassinos estivessem a espreita, nada deteria seus princípios e ideais. Ele tinha que cumprir o que prometerá a si mesmo por tantos anos.

Por fim se aproximara de uma torre completamente negra, não ela não havia sido pintada com tinta preta, as pedras que constituíam o corpo da torre eram realmente negras. A torre ia alta e seu limite ele não podia ver, sabia que no fim dela haveria de cumprir sua pequena tarefa, mas o primeiro passo de seu grande trabalho.

A porta de madeira estava selada por barras de ferro negro, eis ali um desafio inútil. Levou uma de suas mãos que estava coberta por um par de luvas negras e tocou seu devido obstáculo, quase que de imediato as barras cederam, as trancas foram abertas e a porta abriu-se para dentro com um baque surdo.

E então ele entrou. Pequenas lamparinas iluminavam as escadarias longas e sinuosas do local.

- Lugar perfeito. – fechou a porta atrás de si e bateu palmas. Uma, duas, três vezes.

Como se o sol estivesse dentro do local, a torre ficará toda iluminada em seu interior. Uma luz branca e reconfortante iluminava o local. Pode ver quando um grupo de cinco goblins de aproximavam dele.

- Patético. – suspirou e retirou o tapa-olho negro que cobria seu olho direito. Um brilho vermelho tomou conta dele e refletindo-se nos olhos goblinicos. – Tragam-me os fragmentos das joias. – esperou um tempo somente para ver o grupo dos monstrinhos continuarem parado. – Rápido!

Os cinco correram em varias direções. O que possuía gorro azul desceu a escada da direita emitindo gritinhos irritantes, o menor dentre os cinco havia entrado por um túnel pequeno por onde somente uma criança (ou um goblin de tamanho inferior) poderia entrar, o que usava um gorro vermelho subiu rapidamente a escada da esquerda enquanto o ultimo guiava o velho que os havia hipnotizado pela escadaria da direita.

O velho não estava ali para brincar de caça ao tesouro com os goblins, estava numa tarefa realmente séria. Sabia que a torre por mais que tomada por aquelas criaturas verdes e mal cheirosas, havia algo mais poderoso. Algo que fazia com que generais temessem a torre... Wendy.

Subindo cada vez mais, o velho e o goblin, chegaram finalmente no que parecia ser o topo da torre. Uma grande porta de aço impedia a passagem do velho para o cômodo á sua frente.

- Chame-os. – disse para o goblin que o guiará até o topo.

A pequena criatura assobiou quatro vezes e de diferentes formas. A primeira fora baixa quase inaudível, a segunda alta e estridente, a terceira aguda e a quarta soará normal. Pela mesma escada vinham os quatro goblins de antes, cada um possuía uma pedrinha diferente nas mãos esverdeadas.

Com as mãos ainda no par de luvas negras o velho coletou cada uma das quatro pedrinhas. Dispensou as pobre criaturas e então começou a murmurar para si mesmo.

- O rubi do fogo para a coragem. – encaixou uma pedrinha triangular na fechadura da porta, um feixe de luz vermelha surgiu de algum lugar somente para acertar a porta de aço.

- A esmeralda para dar-lhe sagacidade. – colocou em seu respectivo lugar uma pedrinha redonda e verde e novamente um feixe de luz, agora verde, atingirá a porta.

- O topázio para renovar seu espirito e a safira que rejuvenesce a alma. – colocou então duas pedrinhas cada qual em seu lugar, juntos feixes de luz amarela e azul tocaram a porta de aço.

E então mais magia, o que era comum na torre, os feixes aumentavam cada vez mais a força de suas respectivas colorações, as pedrinhas já rachavam e perdiam o brilho e então se quebraram tornando-se nada mais do que pó das pequenas joias. Em compensação a porta de aço abria-se devagar.

Após se abrir por completo o velho pode entrar. A sala de pedra negra e lisa estava completamente iluminada pela luz da lua, sua magia de iluminação não afetava aquele lugar. E finalmente ele pode ver a criatura que procurava.

No canto esquerdo da parede, presa e encolhida estava a ‘’temivel’’ criatura e aliada de Lóthus, tenente real de Serdin e Canaban. O corpo da criatura ocuparia o espaço de aproximadamente dois Oaks, seus pelos brancos brilhavam como prata á luz da lua, seus braços envolviam suas pernas e seu chifre azul quase que cristalizado emitia um leve brilho opaco.

Esta era Wendy, a temível e diabólica criatura, que ajudava nos testes dos novatos. Patético.

- Acorde pequenina. – e bateu três palmas novamente. Desta vez ao invés de luz três caveiras feitas de fumaça negra flutuavam ao redor do velho. A criatura começava a acordar. – você será útil para o teste de fato...

Emitiu um breve estalo entre seus dedos da mão direita e uma das caveiras voou em direção da criatura albina. Rodeou o corpo de seu alvo para depois adentrar no mesmo. Wendy urrava de dor, segundos depois uma segunda caveira já possuía seu corpo e finalmente a terceira.

Quando o processo havia sido completado a nova Wendy estava completamente diferente, um brilho negro lampejava em seu olhar, garras cresceram em suas mãos, seu tamanho havia duplicado e seus chifres emitiam um leve ar gélido ao redor.

- Espero que me sirva corretamente. – nas mãos do velho repousava um grande amuleto onde uma pedra vermelha como o sangue repousava em seu centro. – Boa sorte tenente Lóthus...

Com o corpo totalmente constituído de fumaça o velho pode escapar da construção facilmente. O reino de Serdin já tocava seus doze sinos e as tropas já se prontificavam da defesa de sua cidade. A rainha provavelmente estaria em seu trono se preparando para receber a tenente mais importante de seu batalhão especial.

Nuvens negras se aproximavam de Vermécia... Nuvens de caos e de trevas



________________________________
Por hora é só

Total de palavras: 1.080















~Gus: Membros com mais de quatro alertas não podem ter fanfics/HQs, então, trancado!
avatar
Malygos
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 02/01/2012

Frase pessoal : I am Fighter Type ^


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum