Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

A História de Thanatos - Ragnarok.

Ir em baixo

A História de Thanatos - Ragnarok.

Mensagem por Sir Skull Pon em Ter 13 Dez 2011 - 12:25

Iaê pessoal, venho aqui e pela primeria vez posto na área das FFs, hoje venho trazer a vocês uma fanfic que NÃO é de minha autoria, achei ela no PC aqui tem um tempo, caso o criador esteja cadastrado nesse fórum, terei prazer em dar os devidos créditos. Sem mais demora, aí vai.

Capítulo 1
Spoiler:
Capítulo 1 - Ajudar é Preciso

Antes da civilização de Juperos se erguer, antes de Byalan ser engolida pelo mar, quando os elfos andavam pelas calmas ruas de Geffenia. Rune-midgard era diferente, assolado pela paz. Imensos campos verdejantes que sumiam no horizonte podia-se ver onde é agora a republica de arunafelts, uma imensa floresta tropical cortava o continente de leste a oeste, indo de onde hoje é Payon até a praia Kokomo.

Nesse antigo continente, uma pessoa nasce para mudar os rumos da história, para pior? Para melhor? Depende do ponto de vista...

Thanatos nasceu em uma cidade já esquecida pelo tempo, não se sabe sobre sua infância, logo cedo embarcou na vida de aventureiro e como a maioria dos jovens virou um espadachim, não sabia exatamente o que queria fazer nem sabia se a vida de aventureiro era o que realmente queria, sentia apenas um desejo de ajudar os outros.

-Deveria ter virado um noviço.

Foi o que ele pensou sentado em cima de um morro enquanto olhava ao infinito procurando um sentido para tudo aquilo. Ao longe ele podia ver o vento cortando a planície mas logo foi tirado de seus pensamentos com um grito de socorro. Sempre prestativo a ajudar os outros, Thanatos corre em direção ao pedido de ajuda e se depara com vários monstros cercando uma jovem.

Meia dúzia de lobos não era páreo para Thanatos que já era espadachim há muito tempo, um impacto explosivo e tudo estava resolvido, ele se virou para ver se a moça estava bem e foi agarrado pelo pescoço pela mesma.

-Obrigadaobrigadaobrigadaobrigadaobrigadaobrigada!!!! – Disse a jovem, era uma gatuna que parecia machucada e cansada, mas muito agradecida.

-N-não foi nada moça... Você pediu ajuda, era meu dever ajudar... – disse o espadachim já meio constrangido, era normal salvar as pessoas para ele, muitos aventureiros se perdiam por ali e acabavam se deparando com monstros selvagens, ele sempre os ajudava, mas era a primeira vez que alguém lhe agradecia tão veemente.

-Como você se chama? Meu nome é Maeros, prazer em conhecê-lo... Muito obrigado por me salvar daqueles lobos carnívoros e selvagens. Como você falou que se chama mesmo?

-É Thanatos... – a garota continuava pendurada em seu pescoço encarando-o com um imenso sorriso nos lábios

-Legal! Thanatos, nunca ouvi um nome parecido, eu estava andando por aqui quando fui atacada por aqueles lobos sem coração, eu não fiz nada para eles eu juro! Eu estava procurando uns lunáticos, por que eu acabei de virar gatuna sabe... Foi um teste muito difícil... – estranhamente a garota não parava de falar e continuava agarrada no pescoço dele, a cena parecia engraçada, mas o pescoço dele já estava doendo...

-Moça... Maeros... Você já pode parar de me estrangular... Se não eu vou precisar de ajuda...

-Humm? ... aaaa me desculpa... Eu me empolguei hehe... – Ela o solta, mas não se desgruda dele.

-Bem... Já que está tudo resolvido, acho que eu vou embora, até qualquer dia desses moça! – disse Thanatos guardando sua espada e se virando.

-Cadê o seu grupo? – perguntou a gatuna parada em frente dele com o mesmo sorrisão.

-Eu não tenho grupo – falou olhando para a gatuna

-Por que?

-Porque... Porque não ué...

-Por que não?

-Por que eu tô sozinho! – disse Thanatos que tinha a paciência de um Ambernite.

-E por que está sozinho?

-Maeros... Existem pessoas que ficam sozinhas e pessoas que ficam em grupos, eu sou uma das pessoas que ficam sozinhas, entendeu? – Explicou pacientemente para a gatuna que insistia em não deixá-lo ir.

Thanatos via que era inútil tentar ir embora, ela não deixaria, ele então sentou e fincou sua espada no chão, que bateu em uma pedra e caiu logo em seguida, por algum motivo a gatuna achou isso engraçado e caiu na risada, depois de recuperada do ataque de risos e depois que Thanatos percebeu que fincar espada no chão não é uma boa idéia os dois se sentaram lado a lado e ficaram ali por algum tempo.

-Então você não tem um grupo porque nunca te chamaram pra um! – disse a conclusiva Maeros

-Hmm, acho que é por isso mesmo.

-Então ta resolvido! De agora em diante nós dois somos um grupo!

-Ei! Você nem perguntou se eu apoio essa decisão!

-Você apóia essa decisão? – Maeros e seu sorrisão...

-Como se eu tivesse escolha... – disse o espadachim que no fundo gostou da idéia de não ficar sozinho.

Bem pessoal é isso, esse foi o Cap. 1, eu sei que ta meio pequeno mas quando der, vou juntar dois caps em um só. Falou e, se gostou, comente!.
avatar
Sir Skull Pon
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 03/01/2009

Frase pessoal : POOOOONTE, POOOOONTE!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum