Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Summer Vacations in Pluma Island

Ir em baixo

Summer Vacations in Pluma Island

Mensagem por Ventus WingBlade em Qua 5 Out 2011 - 21:19

Hm...É A Minha primeira fic aqui, na Pkm Mythology, espero que eu esteja fazendo certo. Essa fic me veio a cabeça enquanto eu jogava Pangya, sim, pode ser meio idiota isso, mas infelizmente foi o que deu. Espero que gostem dela.

Summer Vacations in Pluma Island!

Prólogo: Uma história para você



Em um pequeno quarto que estava quase totalmente escuro, onde a única luz que havia nele estava vindo de dentro de um abajur em forma de um coração que estava situado em cima da escrivaninha ao lado de uma cama de solteiro, onde uma garota de 11 anos estava deitada, cobria seu cobertor azul claro por cima de si mesma

A Garota estava acordada, parecia estar com medo de algo, até sentir a porta de seu quarto ser aberta lentamente, deixando que uma linha de luz aparecesse aos poucos, até a porta ser totalmente aberta, deixando que a luz do corredor invadisse o local, iluminando o mesmo um pouco. Parado na porta havia um homem que aparentava ter 40 e poucos anos, provavelmente o pai da garota, assim que a mesma o notou na porta, sentou-se na cama com seus olhos verdes brilhando intensamente, seus longos cabelos azuis-escuros que iam até sua cintura apareciam após ela tirar o cobertor de si mesma.

O Homem olhava o brilho nos olhos da mesma e abria um pequeno sorriso no canto de seus lábios e acabou por perguntar:

- Está acordada até essa hora? - Perguntou ele, andando lentamente até a cama e se sentando ao lado da menina

- Não consigo dormir... - Respondeu ela, abaixando a cabeça no mesmo momento, com as bochechas coradas

- Insônia?

- É. Nunca tive isso.

- Hum... Não se preocupe, sei um modo que te ajudará a dormir. - Comentou o homem se aconchegando um pouco no canto da cama

- Sério? Qual papai? - A Garota levantou a cabeça no mesmo momento que ouviu o homem dizer aquilo

- É Uma história de quando eu tinha 14 anos e queria mudar minha rotina diária nas férias de verão. - Começou o velho

- Mudar sua rotina? Qual era sua rotina com 14 anos, papai? - Perguntou a menina, inocentemente

- Assistir televisão, usar o computador, comer e ir ao banheiro, apenas. - Respondeu o pai da garota, um pouco envergonhado


A Menina não agüentara, saber que seu pai apenas fazia aquilo em sua adolescência foi uma surpresa muito divertida, ela começou a rir com seus braços sobre a barriga

- Pare de rir! Você quer ouvir a história ou não? - Retrucava o homem com as bochechas coradas

A Garota limpava uma última lágrima que aparecia graças aos seus risos e então voltava a sua postura anterior, segurando outros risos que tentavam sair da sua boca.

- Pois bem... Um dia em que eu estava entediado e vendo TV, acabou passando um estranho comercial... - Continuou o pai da garota

~ 28 anos atrás... ~

Um garoto com cabelos desarrumados que iam até seu pescoço estava sentado em um longo sofá marrom, ele estava trajando uma camisa preta junto de um short cinza, uma roupa bem casual. A Sala em que ele estava era um pouco grande tinha um enorme tapete vermelho com alguns detalhes em amarelo que estava sobre o chão do local, tinha uma TV de plasma e alguns retratos, a única mesa que havia ali estava na frente do sofá, onde no centro dela havia um pote de água com flores.

O Menino segurava o controle da televisão com sua mão direita e passava os canais rapidamente, estava totalmente entediado.

- Não tem nada de divertido passando... Que saco. - Reclamava o garoto jogando o controle no canto do sofá e inclinando sua cabeça para o alto, fixando seus olhos sobre o teto - Essa rotina esta me irritando...

Um tempo se passava com ele naquela posição, até que o mesmo ouvia um comercial estranho passando na TV e curioso, voltou seu olhar para a mesma

- Se sente irritado com um verão sem nada de novo? - Perguntava o homem na televisão

- Sim... - Respondia o garoto, estranhando aquele comercial

- Então venha para a Ilha do Resort Pluma! Onde a fantasia e a realidade se colidem! - Garantia o homem, fazendo aparecer logo ao seu lado uma tabela amarela, com o endereço, nome e telefone do Resort em vermelho


O Menino estava abismado com aquilo, nunca havia ouvido falar naquele resort, mas realmente seria uma mudança drástica na sua rotina se ele fosse para lá, mas o mesmo estava com medo, porque se fosse, seus pais iriam junto e acabariam envergonhando ele de algum modo que só os familiares conseguem...

- E Antes de acabarmos nosso comercial, devo lembrar que crianças acima de 12 anos podem vir sozinhas com a autorização dos pais! - Continuava o homem do comercial, assustando o garoto, o fazendo ir um pouco para trás - Lembrando que os 100 primeiros que ligarem para nós poderão ir de graça!


Realmente, aquilo foi estranho, mas ele não ligou aquela era uma chance que ele não poderia perder! Tirou seu celular do bolso rapidamente e digitou os números que estavam na tabela

- Vamos... Atende- Pedia o menino com o celular sobre seu ouvido

Após uns momentos de espera, a ligação foi atendida

- Parabéns! Você é o número 59! Acaba de ganhar uma viagem grátis para a Ilha do Resort Pluma, apenas precisa dizer o seu nome e sobrenome! - Avisava uma voz feminina do outro lado da linha

- Só isso..? - Pensou o garoto, surpreso. - Eu me chamo Joseph... Joseph Dreamsearch!

- Certo Joseph Dreamsearch, o seu avião para a Ilha do Resort Pluma parte amanhã, as 16h00min! - Explicou a voz do telefone - Mas antes de desligar, precisamos da permissão dos seus pais

-... - Joseph ficou em silêncio, havia esquecido completamente que precisava da permissão de algum familiar seu... O Que ele faria? Sabia que seus pais não aceitariam ele ir sozinho de jeito nenhum, mas ele não podia desistir agora, necessitava de uma mudança em sua rotina.


Então o garoto se levantou e andou pela casa, passando pelo corredor e indo até o final dele, onde ficava o quarto de seus pais, adentrou no mesmo e viu seu pai vendo TV enquanto sua mãe lia um livro

- Er...Mãe e Pai. - Chamou Joseph um pouco nervoso - Eu queria saber...Se poderia passar as férias de verão nesse novo resort... Eu ganhei uma passagem grátis para ir lá...Mas quero ir sozinho...P-Posso? - Perguntou o menino, gaguejando um pouco

- Não. - Responderam os dois em coro, sem nem virar o olhar para o garoto -

Joseph não ficou tão surpreso, esperava essa resposta, mas tinha um plano extra.

Ele assentiu com a cabeça para os familiares e saiu de lá, voltou para a sala e se sentou, pegou o celular novamente e mudou um pouco a voz, para que ficasse grossa igual a de seu pai

- Olá, aqui é o pai do Joseph... - Começou a imitação - Eu dou a permissão para ele ir ao resort sozinho

- Certo! Já que temos sua aprovação está tudo completo, tenham um bom dia! - Pediu a mulher, desligando o telefone

- Ufa... Consegui... EU irei para a Ilha do Resort pluma! - Pensou Joseph, animado, mas logo ele se lembrava que os seus pais de verdade não haviam liberado para ele ir -... Mas como eu irei para lá?



~ Atualmente.. ~

- E Ai Papai? O Que você fez para ir pro Resort? - Perguntou a menina, fascinada com a história

- Ela gostou mesmo da história... - Pensou Joseph - Certo Certo... Bom, como meus pais não deixaram, a noite quando eles estavam dormindo, eu combinei com um amigo meu que no dia seguinte, fingiríamos que iria para a casa dele passar as férias lá, mas na verdade eu iria para o aeroporto pegar o meu avião, caso acontecesse algo dos meus pais ligarem para lá, meu amigo atenderia e explicaria que está tudo certo.

- Bom plano Papai! - Elogiou a garota, abrindo um sorriso no canto de seus lábios

-É.. Mas esse plano iria me dar um grande trabalho mais a frente... - Comentava Joseph, rindo um pouco

- Grande Trabalho?! Ahhh! Papai continue me contando! Fiquei curiosa! - Pedia a menina, apertando o cobertor com as duas mãos

- Ai Ai... Prevejo que essa noite, eu não dormirei... - Pensou Joseph consigo mesmo, olhando para sua filha e abrindo um largo sorriso - Continuando a história...


~ Continua ~
avatar
Ventus WingBlade
Membro
Membro

Masculino Idade : 24
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 05/10/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum