Pokémon Mythology
Olá, visitante! Vejo que ainda não está conectado ao nosso fórum, faça login.
Espere, você ainda não está cadastrado? D:
Inscreva-se em nosso fórum e venha aproveitar as novidades que estamos preparando pra vocês. Nós teremos o maior prazer em recebê-lo no fórum e se precisar de qualquer ajuda, temos muitos membros e nossa equipe para ajudá-lo! Lembrando que você pode postar sua fanfic, seus desenhos ou edição de imagens, seu vídeo-detonado ou gameplay, participar de um RPG, postar e ler notícias do mundo Pokémon, tirar todas as suas dúvidas sobre todos os jogos de Pokémon, comentar sobre o desenho do momento ou apenas jogar um papo fora. Além de fazer amigos!
Para cadastrar-se clique no botão 'Sign-Up' ou em 'Registrar-se' aqui abaixo. Seja bem vindo!

Pokémon: The Dark Ways...

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ir em baixo

Está gostando da Fanfic?

90% 90% 
[ 27 ]
3% 3% 
[ 1 ]
7% 7% 
[ 2 ]
 
Total dos votos : 30

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkZoroark em Ter 14 Jun 2011 - 18:30

Olá Dialga
Outro belo capítulo. Warui é sem dúvida um grande estrategista. Zumbis fortes esses... Só quero ver o que vai acontecer agora. Aguardo seu próximo cap.
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por Kakro em Ter 14 Jun 2011 - 18:51

Olá de novo Dialga, Kakromon chegou.

Bem, não vi erros de ortografia, (devo de tar cego) narração e descrição como sempre achei ótimo.
Mas houve uma parte que:
@DarkDialga escreveu:
- Chamem um médico! Ou o que tiverem aqui! – Disse Warui retirando um lenço que guardava no bolso que guardava no bolso e colocando no pescoço do rapaz, quase que instantaneamente, os outros dois que enfrentavam a criatura correram pela rua procurando algo.

Voce repetiu o "guardava no bolso".
E agora, ao capítulo em si:

Zumbis ... nunca pensei que poderiam existir no mundo Pokémon, e até pensei que o Ancião e a população que eram os Zombies tentando enganar o Warui.
Mas como vão eles lidar com essa situação? Acho que Warui é esperto o suficiente pra saber.

É tudo, continuarei acompanhando.
avatar
Kakro
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/05/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por Blane_Drew em Qua 15 Jun 2011 - 16:23

Velho sua fic é mara, criei o char pra comentar, sou grande fã da sua fic, adorei a idéia de um treinador mau, tiro aquele peso daqueles treinadores melosos ai meu pokémonzinho querido do meu coração e etc.. adorei mesmo e esse cyndaquil num tem ném um pouco de falta do primeiro treinador? Acho que não ele ama o Warui, o Warui não vai ficar completamente bom né? E esses sonhos daum um mistério, afinal o Warui tem personalidade dupla, mas gostei muito ae, mas se me permiti dizer acho que deveria deixar o cyndaquil evoluir.
avatar
Blane_Drew
Membro
Membro

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 15/06/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por Mich em Qua 15 Jun 2011 - 21:15

Olá DD Tank

Gostei muito do capítulo, Zumbis, Muito legal.

Estou curioso pra saber como Warui salvará Darkville, e mais ansioso ainda para o GYM de Goldenrod. Tomara que não seja como Furaingu

Até mais Dialga, espero ansiosamente o próximo cap.
avatar
Mich
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/04/2011

Frase pessoal : Why not to play along with the city?


Ver perfil do usuário http://micherlock.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkDialga em Dom 3 Jul 2011 - 18:08

Oi pessoal! Demorei não foi? Mas volto sempre! Não importa a demora!

Comentários:

C. Fox: Aumentei o capítulo como você pediu Ok? Continue acompanhando!

DarkZoroark: Zoro! Warui ficou assim de tanto jogar Age Of Mythology XII...

Kakromon: Yo! Kakro! Consertei aquilo que você falou, sorry! E é um tanto bizarro mesmo zumbis no Mundo Pokémon.

Blane_Drew: *Cola Blane_Drew na lista de Leitores* Que bom que gostou da fic... Epa! Warui não tem dupla personalidade coisa nenhuma! Ele só é doidinho...

Nanashin: Nana! Don't Worry... O líder do Gym de Goldenrod não é como Furaingu...

Ok! Hora do novo cap!


Capítulo Vinte e Três: Batalha em DarkVille! O Exército dos Desalmados! Parte Final


Os primeiros demônios cruzavam o buraco na muralha, enquanto isso Warui desabava no chão mais uma vez sem palavras observando as centenas de Desalmados que saíam da floresta, iluminada pela luz estonteante do eclipse. O ancião em vez de ajudar o garoto mais uma vez, saiu correndo gritando como um escravo do chicote do mestre.

- Cyndaquil Cynda Quil! (Vocês não vão tocar um dedo nele!) – Gritou a voz de Cyndaquil, esquanto uma bola de fogo rolando fazia um segundo muro de chamas ardentes.

- Valeu Cyndaquil! – Disse Warui se levantando.

- Cyndaquil Quil Cyndaquil! (Vamos jogar esses vermes de volta na tumba!) – Disse Cyndaquil confiante, e confiança era o que Warui precisava no momento.

O fogo não ia adiantar por muito tempo, já havia falhas em alguns cantos e alguns Desalmados já tentavam passar por elas, por muito pouco sem sucesso. Quando Warui começou á pensar no que ia fazer, Scyther e Butterfree apareceram ao seu lado para lembrá-lo que eles ainda estavam lá.


- É isso! Butterfree e Scyther, usem seus ataques de vento! Cyndaquil Flamethrower! –O vento espalha as chamas do ataque de Cyndaquil, fazendo os Desalmados recuarem e alguns até pegarem fogo, isso inclui o muro de madeira.

- Cyndaquil Cynda! (Eles estão recuando!) – Gritou Cyndaquil vendo as bestas começarem á andar para trás.

- Scyther Scy... (Acho que incendiar o muro não foi uma boa idéia...) – Disse Scyther enquanto o muro começava a quebrar.

- O fogo está acabando com a madeira! – Warui estava certo, em poucos minutos, o muro todo veio abaixo, tornando o fogo fácil de ser atravessado.

Era hora de mudar de tática, sem ir na defensiva e sim para atacar com força total. Com um assobio de Warui, saíram das casas homens e mulheres com lanças, facas e outros objetos cortantes, era hora de acabar com aquilo, e ia ser agora.

Os monstros eram despedaçados com muita facilidade, sua carne estava podre e seus ossos haviam perdido muitos nutrientes necessários para a sua dureza. No lugar do que deveria ser sangue, só saía pó...


- Moradores de DarkVille! Saiam destas terras! – Disse uma voz macabra no topo da descida.

- Mas o quê?! – Gritou Warui espantado quando viu uma figura sinistra de onde vinha a voz.

Era realmente bizarro, um esqueleto de roupas, com jaqueta, sapato e jeans mas seu crânio estava pegando fogo! Warui ficou um tanto surpreso por causa do efeito, mas não durou muito quando ele pensou na falta de originalidade que vilões e rivais podem ter...

Com um mexer de mãos do esqueleto misterioso, todos os Desalmados pararam de lutar, como se estivessem hipnotizados por algum tipo de feitiço estranho.

- Eu não irei negociar! Darei a vocês 1 hora e meia para saírem dessas terras sagradas e nunca mais voltar! 1 hora e meia! Quando a lua ficar totalmente escura! – Disse o esqueleto movendo a mão mais uma vez, e os Desalmados começaram á sair da vila.

Então com um estalar de dedos, chamas envolveram o tal esqueleto e ele desapareceu. Já os Desalmados correram na floresta até sumirem...


- Mas o que foi isso? – Disse Warui sem entender nada do que estava acontecendo.

- Cyndaquil... Cynda Quil? (Falando nisso... Cadê aquele cara?) – Disse Cyndaquil se lembrando do ancião que saiu correndo.

Mas foi só Cyndaquil falar nisso que um bilhete chamuscado desceu do céu, Warui o pegou, estava bem quente, como papel recém-imprimido de impressoras antigas.

- Mas o que é isso? – Warui pega o bilhete e começa á ler em voz alta.

“Cidadãos de DarkVille, para garantir que sairão das Terras Sagradas, capturamos o ancião de sua vila, se quiserem vê-lo novamente deverão sair no tempo determinado, ou ele se unirá ao nosso lado.”

“Kowai, Comandante do Exército dos Desalmados”


- Esses zumbis estão parecendo vivos demais em minha opinião... Tem algum poder místico em cima disso tudo... – Comentou Warui, e seus Pokémon pareciam concordar com ele. – Atenção todo o povinho feio! Reunião lá na frente da árvore.

Logo todos da vila se reuniram em frente da grande árvore, e ficaram chocados quando Warui lhes contou o que aconteceu, fazendo todos soltarem um grito de espanto.

- Olha a calma gente! Pânico não vai ajudar em nada! – Disse Warui, mas não surtiu nenhum efeito nas pessoas amedrontadas. – CALA A BOCA AÊ OU! – Gritou Warui do jeito que só ele sabe fazer, deixando todos espantados e assustados.

- Cyndaquil Cynda... (Pega leve com eles Warui...) – Cochichou Cyndaquil, que estava assustado mesmo estando acostumado com os berros.

- Seguinte: Pânico não vai trazer o coroa de volta! Então iremos mostrar pro cabeça-de-caveira lá que ninguém mexe comigo! – Todos estranharam, mas entraram na onda e gritaram em coro.

- Scyther Scy... (Essa foi a coisa mais ridícula que já vi...) – Cochicou Scyther baixinho para Cyndaquil.

- Cyndaquil Cynda Qui... (Pior que tenho que concordar...) – Respondeu Cyndaquil enquanto Warui se sentia no topo do mundo.

Logo Warui começou á traçar um novo plano, um que não pudesse ser impedido por uma mera pedrinha caindo de uma montanha feia e fedorenta, e a resposta veio á sua mente quando um Diglett surgiu da terra.


- Buracos... Ei pessoal! Vamos cavar buracos! – Disse Warui gritando como se tivesse descoberto a cura do câncer.

- Cyndaquil Cynda... (Depois eles é que não são originais...) – Comentou Cyndaquil, que depois de meia hora cavando buracos com Larvitar estava exausto.

- Ei! Os dois largados aí! – Disse Warui chamando Scyther e Pidgeotto, que não podiam ajudar na escavação. – Já que não vão ajudar na buraqueira podem pelo menos pegar folhas para a camuflagem dos buracos... O que estão esperando? Um convite? – Disse Warui, e os dois Pokémon alçaram voo para a floresta.

Em poucos minutos, não se via buraco algum no caminho, somente várias folhas verdes jogadas em todos os lados, inclusive onde não havia buracos, pois seria bastante suspeito um amontoado de folhas em um só lugar. E o tempo já estava chegando, mal se via metade da lua no céu.

- Gaah! – Gritou um Desalmado julgado como “morto” quando Warui pisou em cima dele.

- Epa! – Gritou Warui caindo no chão de susto, mas o monstro não parecia querer atacá-lo ou coisa do tipo.

- Ny... La... – Respondeu a criatura numa tentativa de comunicação.

Warui conseguia sentir o sofrimento dele, e começou á pensar nos outros Desalmados, alguma força maligna estava impedindo aqueles pobres cadáveres de descansar em paz, e isso dava uma tristeza no coração dele.


- Eu não estou entendendo... – Disse Warui se atrevendo á segurar a mão do Desalmado.

- Ny... La... – Respondeu o monstro mais uma vez apontando para onde os Desalmados tinham vindo e ido embora.

- Cynda? Quil Cyndaquil! (Warui? Warui sai daí!) – Gritou Cyndaquil quando olhou para Warui, chamando a atenção de todos.

Antes que Warui pudesse explicar o que estava acontecendo, uma rajada de ar cortante surgiu rasgando o chão, e fez a cabeça do monstro girar no ar várias vezes antes de cair.

- Não... Essa não... – Disse Warui, mas já era tarde para aquele Desalmado.

- Cyndaquil! Cynda?! (Warui! Você está bem?!) – Disse o rato de fogo se aproximando, Warui parecia bem, mas alguma coisa o perturbava.

Nos minutos seguintes, as “palavras” do Desalmado não saíam da cabeça de Warui, e porque diabos ele apontava para onde os Desalmados foram? Será que ele queria que o levassem até lá? Será que ele queria que Warui fosse até lá? Será que em vida ele era um doido que não falava coisa com coisa? Perguntas que martelaram a cabeça de Warui até 5 minutos antes da hora...

- É isso! Quem pode me levar até o cemitério? – Berrou Warui bem alto, mas somente uma jovem por volta dos 12 anos se ofereceu. – Qual é o seu nome?

- U-Uchikina... – Respondeu a menina muito envergonhada, tão vermelha quanto uma pokébola.

- Ok Uchikina, quando aqueles Desalmados chegarem, eu preciso que você me leve até o cemitério, acha que consegue? – Disse Warui sem reparar na atração da garota por ele.

- Cyndaquil Quil Cyndaqui... (Acho que não teremos tempo de arrumar outra pessoa...) – Comentou Cyndaquil quando olhos vermelhos surgiram na floresta, logo todos olham para cima, e a lua havia desaparecido, deixando um anel brilhante ao seu redor.

- É agora... Mareep, Larvitar, Retornem! – Gritou Warui chamando seus Pokémon de volta. – Vocês dois vem comigo caso precise de ajuda, Scyther e Cyndaquil, vocÊs estão no comando... E você, vamos logo! – Disse Warui segurando a mão da menina (O que a fez quase desmaiar) e correndo para a floresta por outro caminho.

- Por ali! – Disse a menina apontando para as montanhas quando eles entraram na floresta, enquanto isso, os Desalmados desciam ladeira abaixo.

Bolso do Jeans de Warui, Horário que só Arceus sabe.


- Tu acredita que Warui ainda não se tocou que a menina está a fim dele? – Comentou Mareep com Larvitar, fofoqueiro do jeito que ele é.

- E ela não é feinha... Você reparou nela? – Respondeu Larvitar, pela primeira vez interessado em fofocar com Mareep.

- Não... Warui nos chamou tão rápido...

- Pois eu reparei, ela estava de saia azul-escura, camisa branca, tinha cabelos castanhos e olhos azuis que nem os de Warui, e estava tão corada... Ou ela levou muito sol ou ela está se sentindo atraída por Warui. – Respondeu Larvitar, surpreendendo Mareep por ter conseguido pegar tantos detalhes em tão pouco tempo...

Cemitério de DarkVille

- Tá me zoando né? Isso é um cemitério? – Disse Warui olhando para um mausoléu aberto, era impossível enterrar tantos mortos ali.

- O mausoléu é para enganar, nós enterramos nossos mortos em passagens subterrâneas, a entrada é escondida dentro do caixão. – Respondeu Uchikina entrando no lugar e abrindo a tampa do caixão, revelando um caminho secreto.

- Está muito escuro lá dentro... – Disse Warui mas a menina gira um jarro de flores e uma Pokébola cai do teto.

- Saia Clefairy e use o Flash para iluminar nosso caminho. – Disse a garota jogando a Pokébola enquanto fazia uma pose sensual.

O mausoléu era bem pequeno, e sujo, somente de passar o dedo na parede podia se ver o azul-claro que foi dominado pelo cinza da poeira, no caminho até o caixão quase toda a poeira havia sido removida, não... Mais para pisoteada por vários pés... Á esquerda, tinha o vaso de flores murchas, uma pequena cruz e uma vela usada, nada mais...

- Para que lado vamos? – Perguntou Warui quando o túnel se dividiu em dois.

- Enterramos os mortos daquele lado... – Disse a garota apontando para a direita.

- Então é pela a esquerda que vamos! – Respondeu Warui segurando a mão dela mais uma vez e correndo pelo túnel, atrás deles, Clefairy se esforçava para acompanhá-los. – Meu Arceus... Quando foi a última vez que levaram essa coisa pra dar uma caminhada? Que molenga!

O trio correu durante muito tempo, e Warui não podia parar de pensar como as coisas estavam indo na vila: Será que o tal de Kowai havia retornado? Será que seus Pokémon estavam bem? Será que a batalha já havia acabado? Como de costume perguntas martelavam sua cabeça, quando eles chegaram num beco sem saída.

- Eu disse que era pra irmos daquele lado... – Disse Uchikina sem parecer indelicada ou grossa.

- Maldição! – Gritou Warui chutando o chão, mas este começa a rachar.

Logo o trio cai num buraco que parece sem fim, aproveitando a chance, Uchikina se agarra no pescoço de Warui e começa a berrar no seu ouvido, fazendo o pobre coitado ter uma bela dor de cabeça.

DarkVille, alguém tem horas?

- Warui! – Gritou Cyndaquil como se tivesse tendo um presságio.

- Ei Cyndaquil! Para de pensar em Warui e ajuda aqui! – Disse Scyther depois de ter imobilizado um Desalmado, que lutava para mordê-lo.

Cemitério de DarkVille, [insira um horário aqui]


- Ai minha bunda... – Disse Warui se recuperando da queda.

- Acho que torci o tornozelo... – Disse Uchikina fazendo drama, apesar da queda não poder machucar ninguém desse jeito.

- Que bom... Levanta! – Respondeu Warui insensível do que jeito que ele é.

- Não consigo andar... Você vai ter que me carregar... – E desse jeito teve que ser, ela estava achando Warui estava comendo na mão dela... Se ela soubesse o que ele estava pensando de verdade...

Só que havia um problema, tinha 8 caminhos diferentes para escolher, era como uma rosa-dos-ventos: Norte, Sul, Leste, Oeste, Nordeste, Noroeste, Sudeste e Sudoeste... Qual deles devia ser escolhido?

- Eu voto pelo Norte ou Leste! – Disse Uchikina apontando pelos dois caminhos com uma mão, enquanto a outra se segurava no pescoço de Warui, mas este lembrou de uma coisa.

- Ei! Aquele Desalmado... Ele disse: “Ny... La...” Isso lembra Norte e Leste! Vamos pelo Nordeste! – E ele estava certo, quanto mais andavam, viam um brilho verde no final do túnel.

- Outro caixão? – Disse a garota finalmente dando um tempo de passar a mão no peitoral de Warui.

E era verdade, havia outro caixão, mas esse era muito velho mesmo, apesar da madeira estar podre, ele continuava inteiro, tinha algo estranho naquele caixão, e por debaixo da sua tampa vinha o tal brilho verde, que fez um calafrio percorrer a espinha de Warui.

- Então era aqui que aquele Desalmado queria que eu viesse. – Disse Warui jogando a menina no chão. – Eu vou entrar! Você fica aqui e serve de isca pra quem vier... (E se eu tiver sorte, vai ser um Pedobear...) – Pensou Warui tentando abrir o caixão, mas estava muito bem fechado e estava bem difícil abrí-lo.

Bolso do Jeans de Warui, Tô pouco me lixando pra hora.

- Aposto que ele já se tocou... – Disse Mareep se esforçando para não rir.

- Pfff... HAHAHAHAHAHAHA! Warui está ferrado com essa garotinha! Rindo muito alto aqui! – Disse Larvitar rolando de rir na sua Pokébola.

- Eu sei... Eu tô ouvindo... – Disse Mareep tampando os ouvidos.

~x~

Depois de mais de 10 minutos tentando e tendo que aturar Uchikina gritando para animá-lo, Warui desistiu de abrir o caixão á força, e estava todo suado por causa do esforço.

- Deve ter algum tipo de senha secreta... – Respondeu a garota tentando dar uma de esperta.

- Senha Secreta? Sério! Isso não vai colar comigo! – Warui arremessa uma pedra no caixão e tampa quebra, mas uma surpresa os aguarda.

O caixão também era uma passagem... Não... Era um portal para um novo mundo: O Mundo dos Mortos... Warui se atreveu a colocar a cabeça lá dentro, almas voavam em agonia, enquanto um horizonte verde se estendia, pedras brancas flutuavam por lá, e uma escadaria de pedra estava bem na frente de Warui.

- Eu vou... Se eu não voltar... – Começou Warui, e a garota ficou na expectativa de ouvir um “saiba que eu te amo”. – Diga aos meus Pokémon que eles devem seguir em frente... – Warui sai correndo escadaria abaixo, deixando Uchikina decepcionada e surpresa ao mesmo tempo.

Warui desceu a escada durante muito tempo, e já estava esquecido dos Pokémon em seus bolsos, somente quando ele viu um pequeno altar para onde a escadaria levava, ele se lembrou deles, mas era tarde demais para voltar.

Se antes o Altar era mais alguma coisa, deixou de ser, pois só o que restava era uma mesa de pedra com um suporte feito de ouro para alguma coisa... Mas o quê?

- Então você encontrou meu covil... – Disse uma voz atrás de Warui, e era conhecida.

- Kowai... – Respondeu Warui sem ao menos se virar.

Continua...


É hora de descobrir a verdade sobre DarkVille! Warui irá enfrentar Kowai, o Comandante do Exército dos Desalmados, mas ele esconde muitos segredos para alguém que já está morto há muito tempo.
Capítulo Vinte e Quatro: A Batalha Final Por DarkVille! Warui VS Kowai!


Última edição por DarkDialga em Dom 3 Jul 2011 - 19:08, editado 1 vez(es)
avatar
DarkDialga
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/10/2009

Frase pessoal : [Insira uma Frase Pessoal Aqui]


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por Kakro em Dom 3 Jul 2011 - 18:41

Olá Dialga, tudo beleza?

Capítulo muito daora, a mesma coisa: narração, descrição, sempre bom.
Kra, acho que não vou poder dormir hoje, imagina eu acordar e ver almas agonizadas voando pelo meu quarto? De qualquer forma eu gostei, principalmente nessa parte:

@DarkDialga escreveu:- Eu vou... Se eu não voltar... – Começou Warui, e a garota ficou na expectativa de ouvir um “saiba que eu te amo”. – Diga aos meus Pokémon que eles devem seguir em frente... – Warui sai correndo escadaria abaixo, deixando Uchikina decepcionada e surpresa ao mesmo tempo.

Me raxei de rir com isso, que decepção mesmo hein. Por hoje é só isso, adeus.
avatar
Kakro
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/05/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por cfox em Dom 3 Jul 2011 - 18:47

Dark, e aí? Pensei que tinha desistido da Fic, o capítulo demorou.
Interessante, esse Kowai tem um crânio que pega fogo? Só falta a moto para virar o Motoqueiro Fantasma. q-
Achei engraçado as partes das horas.
Noffa, Mundo dos Mortos? Doideira...
Não vi erros de ortografia, mas vi de organização, eu vejo que a narração você escreve em Negrito e as falas em letra normal, não me incomodo com isso, mas às vezes você acaba deixando uma parte da narração sem negrito.
Enfim, Fic muito boa, espero o próximo capítulo.
avatar
cfox
Membro
Membro

Masculino Idade : 18
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 23/11/2010

Frase pessoal : mate imo mixup have been cunts throughout the fuck


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por Gehrman em Dom 3 Jul 2011 - 19:07

Olá, Dark. Bem, gostei bastante desse cápítulo.

Achei poucos erros neste capítulo, alguns de repetição, mas nada que seja ruim. Bem, aqui estão os que eu achei:

- Eu não irei negociar! Darei á vocês 1 hora e meia para saírem dessas terras sagradas e nunca mais voltar! 1 hora e meia! Quando a lua ficar totalmente escura! – Disse o esqueleto movendo a mão mais uma vez, e os Desalmados começaram á sair da vila.

Acho que quis dizer "Darei a vocês". Também acho um pouco mais favorável colocar os números em extenso, mas isso fica à sua escolha.

- Cynda? Quil Cyndaquil! (Warui? Warui sai dái!) – Gritou Cyndaquil quando olhou para Warui, chamando a atenção de todos.

[color=red]Acho que quis dizer "daí".[color]

- U-Uchikina... – Respondeu a menina muito envergonhada, tão vermelho quanto uma pokébola.

Acho que quis dizer "vermelha".

A narração desse capítulo ficou bem legal e fácil de se ler, consegui imaginar bem os acontecimentos, e a descrição também ficou muito boa nele. O tamanho ficou muito bom, gostei bastante.

A cidade Darkville é realmente bem interessante. Os Desalmados fizeram com que esse capítulo ficasse incrível. O Kowai é bem forte, pelo visto. Espero que Warui tenha sorte no próximo capítulo.

Bem, é isso. Espero novos capítulos, até mais.


Última edição por Mr. Weegee em Ter 14 Fev 2012 - 21:39, editado 1 vez(es)
avatar
Gehrman
Fanfic Mod
Fanfic Mod

Masculino Idade : 19
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/04/2011

Frase pessoal : NÃO TEM MEDCO


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkZoroark em Dom 3 Jul 2011 - 19:24

Olá Dialga
Muito bom esse cap. O que o motoqueiro fantasma está fazendo num lugar como esse e se metendo a vilão de terceira categoria?! Ele é vilão de segunda. Guria meio atirada essa Ushikina. Teve alguns erros esse cap, mas nada que eu tenha achado grave. Mareep e Larvitar deram para serem conselheiros amorosos. Aguardo seu próximo cap.
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por Mich em Seg 4 Jul 2011 - 0:10

Olá Dêdê

Nossa, capítulo legal. Meio cansativo, mas legal. Não gostei desse Kowai não, achei ele muito tosco...

Você pecou na descrição, tiveram partes que poderiam ser melhor descritas, sabe...

Bem, é isso Dialga, até o capítulo o/
avatar
Mich
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/04/2011

Frase pessoal : Why not to play along with the city?


Ver perfil do usuário http://micherlock.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkDialga em Ter 14 Fev 2012 - 21:33

Oi pessoal! Estou de volta, só que dessa vez pra ficar... (Isso se meu PC colaborar...). Ok, aproveitem porque eu vi um filme de terror na tv ontem...


Capítulo Vinte e Quatro: A Batalha Final Por DarkVille! Warui VS Kowai!

Warui sentia a luz que irradiava do fogo de Kowai, e sabia que era perigoso ficar parado tanto tempo, mesmo assim, minutos se passaram sem que nenhum dos dois movesse um músculo.

- Então... Lugarzinho deprê esse aqui não? – Disse Warui virando-se lentamente.

As almas pareciam reagir á presença de Kowai, em vez de simplesmente ficarem voando e gritando agonizando, elas o encaravam, como se o temessem.


- Você atreveu á violar os Limites Espirituais... Deve morrer imediatamente e ficar no Mundo dos Mortos até o fim da eternidade... – Kowai estende a sua mão, e uma espécie de buraco negro surge no chão.

Algo emergia do buraco, era um simples corpo de um pobre Noctowl, falecido provavelmente há décadas, seus olhos estavam brancos, metade da sua barriga estava faltando, com ossos ocos á mostra.
Warui queria vomitar, aquela imagem era tão triste que era digna de um filme de terror, depois Kowai fecha a sua mão, e uma das almas penetra dentro do corpo, imediatamente tornando os olhos brancos em rubros.


- Noctowl, Shadow Ball... – Disse Kowai sem alterar a voz, diferente do que os vivos faziam em batalha.

- Epa! – Gritou Warui desviando por pouco. – Mareep ao ataque. – Warui atira a Pokébola de Mareep.

- Use Hypnosis. – Disse Kowai enquanto a forma do seu crânio mudava.
Mareep não demorou em cair no sono, aquele lugar enfraquecia Warui e Mareep cada vez mais, é como se sua força vital fosse lentamente drenada.


- Mareep retorne! Larvitar Vai!

- Zen Headbutt. – A cabeça de Noctowl brilha, enquanto ele mergulha para atacar Larvitar.

- Larvitar! Pule e acerte o chão com tudo que tem! – Ordenou Warui, e logo Larvitar dá um longo salto, voltando e acertando o chão com uma força devastadora.

- Pare. – Só que era tarde demais para o Pokémon de Kowai, o impacto fez uma rocha subir, e logo Noctowl explode como um balão de carne.

- Eu não queria fazer isso... – Disse Warui horrorizado com o que tinha acabado de ver.

Warui estava estranhando a atitude de Kowai, não era o mesmo Comandante dos Desalmados que ele tinha visto. A alma que havia possuído o cadáver daquele Noctowl simplesmente reapareceu, como se nada tivesse acontecido.


- Quem é você de verdade Kowai? – Disse Warui, enquanto outro buraco negro surgia no chão.

- Eu sou Kowai, Comandante do Exército dos Desalmados... – Disse ele fechando a mão, fazendo outra alma possuir o cadáver de um Crobat, cujas asas estavam mutiladas, mas não o suficiente para impedi-lo de voar. – Use o Toxic... Crobat cospe um líquido roxo de sua boca, e assim que entra em contato com Larvitar ele começa á passar mal.

- Larvitar! Seu canalha! Retorne! – Disse Warui trazendo de volta o seu Pokémon.

- Quem é próximo? – Disse Kowai, mas Warui simplesmente o encarou. – Está desistindo?

- Nunca! Não vai sair com a cara limpa! Mareep Acorde! – Disse Warui chamando o Pokémon sonolento, mas felizmente, este está de pé mais uma vez. – Use o Thundershock! – Mareep ataca com uma poderosa rajada elétrica, mas Crobat consegue desviar.

- Air Cutter. – Ar cortante é disparado na direção de Mareep, mas somente alguns pedaços de lã são perdidos.

- Mareep Thunderwave! – A onda elétrica rapidamente paralisa Crobat, que não reage, simplesmente encarando os dois com seus olhos vermelhos.

Então, Warui reparou em algo debaixo do Crobat, estava com alguns pedaços de lã eletrificada, será que ele poderia usar isso para a sua vantagem?


- Toxic. – Disse Kowai vendo que seu Pokémon havia se recuperado.

- Body Slam! – Mareep pula, evitando o líquido tóxico e acertando Crobat, paralisando mais uma vez o Pokémon Morcego.

- Sorte não vai salvá-lo da morte. – Disse Kowai, enquanto as almas ao seu redor se agitavam com sua fúria quieta.

- Eu não temo a morte! Mareep Thunderwave no chão! – O Pokémon não entendia o comando, mas obedeceu mesmo assim.
A onda elétrica se espalhou pelo campo de batalha, e os pedaços de lã começaram a pular igual à pipoca, liberando faíscas que se conectavam brevemente, antes que alguém pudesse perceber Crobat estava no meio de uma tempestade elétrica.


- E agora para o “Grand Finale”... Mareep Thundershock! – O ataque elétrico de Mareep atrai os pedaços de lã, se unindo em um grande relâmpago.

- Creio que é o fim para Crobat. – Disse Kowai vendo a lã grudada no corpo do seu Pokémon, fritando sua pele.

- É isso aí! – Disse Warui depois que o cadáver ficou completamente negro e a alma saiu de seu corpo, mas então, Mareep começa a brilhar. – Ei... Isso é... Será?

O Pokémon ovelha brilhava intensamente enquanto tomava uma postura em duas pernas, logo a lã do seu corpo começava á regredir para a região em volta do seu pescoço, Mareep havia alcançado o seu próximo estágio evolutivo.

- Flaaffy! Nenhum zumbi nos segura agora! – Disse Warui animado com aquela ocasião tão especial.

- Então, que tal prosseguirmos? - Disse Kowai levantando a sua mão, mas dessa vez vários buracos negros surgiram.

- Dessa vez não otário! Flaaffy Thundershock! – Disse Warui pensando rapidamente.

O ataque elétrico atinge o Comandante dos Desalmados, mas enquanto ele caía, seu crânio saiu do lugar, revelando a face de um homem jovem. Mas essa não foi a única mudança, o fogo se extinguiu, e as roupas sujas de terra deram lugar a outras que pareciam novas, o homem de cabelos pretos e espetados olhou para Warui com seus olhos verde-claros. Assim que sua máscara caiu, as almas foram embora, ignorando a presença dos dois.

DarkVille 04h49min, o eclipse está quase no fim.


- Têm muitos deles! – Disse Cyndaquil junto dos sobreviventes do ataque no topo da grande árvore, enquanto vários Desalmados começavam á escalá-la.

- Droga! Não vamos vencer desse jeito! – Respondeu Scyther lançando vários ataques contra os que estavam quase no topo.

Mas, do nada, os Desalmados pararam de se mexer, e começaram á cair da árvore, e os que estavam no chão simplesmente tombaram duros, o barulho do vento era a única coisa que se ouvia.


- Warui conseguiu... – Disse Cyndaquil sentando devido ao cansaço.

Mundo dos Mortos, mesmo horário.


- Sabe... – Disse Warui caminhando em direção ao homem, enquanto os buracos desapareciam. – Sempre achei que a expressão “Que caiam as máscaras” era só uma expressão... – Disse Warui apanhando a máscara em forma de crânio.

– Que tal você me poupar do esforço e falar tudo por livre e espontânea vontade? E se você disser que é comandante dos mortos te jogo da beira desse lugar.

O homem fechou os olhos, abriu novamente e olhou para Warui, demorou, mas finalmente palavras saíram da sua boca.

- Eu sou Jun. E fui enviado para expulsar as pessoas daquela aldeia. – Disse o homem sem se dar ao trabalho de se levantar.

- Por quem? - Disse Warui se sentando, observando a tristeza nos olhos de Jun, viu que ele não era malvado, e não fazia aquilo porque queria.

- Um homem chamado Silver... – Disse ele, fazendo Warui se levantar rapidamente.

- Silver?! Porque você obedeceu? Porque não procurou ajuda? - Disse Warui se controlando para não se irritar.

Lágrimas começaram a sair dos olhos de Jun, Warui logo percebeu que Silver havia feito algo realmente terrível para aquele pobre homem.


- Eu sou órfão desde criança, meu único amigo era o meu Growlithe, depois cresci e comecei á ganhar a vida honestamente como atendente em uma loja de um senhor bondoso que confiava em mim... – Disse Jun, tomando uma breve pausa para respirar. – Mas então Silver e outros homens apareceram e levaram a mim e Growlithe para um lugar desconhecido.

- E então eles ameaçaram matar o seu Pokémon caso não destruísse DarkVille... – Disse Warui num tom de compreensão e solidariedade. – E essa máscara? Porque seu controle sobre os mortos parou quando ela caiu?

- Essa é a lendária máscara Shini, quem a usa tem o domínio completo sobre os mortos, no passado um império utilizou o seu poder para ter mão-de-obra prática e soldados imortais, mas o poder da máscara é perigoso para quem a usa por tanto tempo, e logo uma maldição da máscara roubou as almas de todo o império, transformando-os nos Desalmados.

Subitamente, a máscara começa a tremer e se agitar na mão de Warui, com os buracos dos olhos brilhando da mesma cor do horizonte verde que era visível não importando para que lado olhasse. Flaaffy ficou com tanto medo que começou a atacar a máscara, sem conseguir acertar um só golpe.

- O que ela está fazendo? – Gritou Warui quando raios verdes saíram do buraco dos olhos e atingiram o chão.

- Eu não sei! Eu nunca vi isso! – Respondeu Jun cobrindo os olhos com o braço devido ao forte brilho que era irradiado.
Um Pokémon começou á ser materializado no meio do espaço entre os raios, tinha uma forma familiar para Jun... Era o seu Growlithe.


- Eu não acredito nisso... Growlithe! - Disse Jun indo abraçar o seu Pokémon.

- Cuidado! – Gritou Warui, mas já era muito tarde, a máscara sozinha se encaixou em Jun, transformando-o em Kowai instantaneamente.

- Sua alma é minha!!! – Gritou ele, jogando o Pokémon no chão e começando á enforcá-lo. – Não! – Disse Jun, revertendo para sua forma humana mais uma vez.

E ficou assim, Jun e Kowai se debatiam para tomar o controle, enquanto o Growlithe não tinha coragem para machucar o seu treinador. Warui e Flaaffy estavam tão horrorizados que não conseguiam impedi-lo.


- Por favor! Não deixe que isso aconteça! – Gritou Jun, mas voltou para a forma de Kowai mais uma vez. – Saia daqui mortal! Isso não é da sua conta! – Gritou o Comandante, mudando de forma de novo. – Porque isso está acontecendo?

Então Warui observou, na mesa do altar, letras esculpidas na pedra, que agora brilhavam fortemente no mesmo tom verde, como um contrato mágico sendo cumprido. Depois, reparou que Jun estava quieto.

- Essa não... – Disse Warui se virando, Kowai tinha tomado o controle, e o pobre Growlithe parou de se debater, com seus olhos marrons se fechando.

Assim que o cão morreu, a máscara simplesmente escorregou e caiu no chão, com o brilho verde das suas órbitas se apagando.


- Por quê? – Disse Jun começando á chorar enquanto abraçava o corpo de seu Pokémon, cuja alma ia pra longe deles como se não pudesse vê-los.

- O que acontece com quem não lê as letrinhas miúdas... – Disse Warui apontando para as letras da mesa do altar que ainda brilhavam, elas diziam o seguinte:

“Para o Exército dos Desalmados poder comandar, Seu maior tesouro deve sacrificar.”


- Meu tesouro mais precioso... É tudo culpa minha, e dessa máscara inútil que não pode trazê-lo de volta! – Disse Jun, pegando-a e andando até a beira do altar.

- Ei o que vai fazer? – Disse Warui recolhendo Flaaffy, que estava precisando de um bom descanso.

- Vou ir para junto do meu tesouro... E garantir que ninguém mais sofra o que eu sofri... Adeus... Warui Kurai... - Disse Jun com a máscara junto ao peito, simplesmente caindo no sono eterno.

- Jun... Growlithe... Seus sacrifícios não serão em vão, eu irei por um fim ás atividades de Silver e da NR. – Disse Warui enquanto Jun era envolvido em uma névoa.

Mas havia algo errado, Warui sentia que alguém mais estava ajudando, sabia que tudo isso não seria possível sem a participação de outra pessoa, alguém que conhecesse as terras de DarkVille... Warui tinha a impressão que sabia quem era.


- Jun! Jun! – Gritou uma voz descendo as escadas. – Os Desalmados caíram! O que aconteceu?

- Você!! – Gritou Warui ao ver o ancião da vila com uma aparência mais jovem, ainda usava as mesmas roupas, mas em sua mão estava uma máscara de borracha enrugada. – Parece que Jun não era o único mascarado aqui!

- Como... Como você... – Disse o homem gaguejando.

- Sobrevivi ao ataque dos Desalmados? Eu deveria ter imaginado esse tempo todo, só você poderia ter mostrado aos Desalmados como destruir o muro tão eficientemente. Você não me tratou bem porque precisava de ajuda, e sim porque sabia que eu falharia e morreria tragicamente! Você só não contava com a maldição de uma máscara maldita, e a coragem de um bom homem de se sacrificar para acabar com ela de uma vez por todas.

- Silver vai querer meu couro por causa disso! – Disse o homem recuando.

- Ah, pois ele vai ter que se contentar com pouco, porque quando eu acabar com você... NÃO VAI TER COURO PARA ELE ARRANCAR!!! - Berrou Warui com uma força tão grande que fez o homem cair no chão de medo.

- Não, por favor... Eu te imploro... – Disse o homem chorando falsamente.

- VOCÊ NÃO VALE NADA!!! – Disse Warui chutando o homem igual á vez que fez com Shurui. – Até em desgraça não mostra valor! Em vez de ficar se rastejando como um verme fedido se imponha! Lute seu covarde!!! – Berrou Warui pronto para chutá-lo de novo, mas então o homem saca uma arma do seu bolso, fazendo Warui recuar.

Warui não esperava que o homem fosse á um nível tão baixo ao ponto de sacar uma arma. Aquilo só mostrava a imagem covarde que eles tinham de Silver.


- Ora... Estou sentindo medo? – Disse o homem numa tentativa de amedrontar Warui, mas este não mostrava nenhum sinal de medo. – Você correu para auxiliar seu amiguinho lendário, para não receber nada em troca... É gente como você que me enoja, nessa vida, quem sabe jogar sobe quem não simplesmente serve de degrau... Pena que você não irá viver para por esta lição em prática...

- Quem espalha bondade sem pedir nada em troca, um dia de volta a receberá... Quem espalha maldade... – Disse Warui com um sorriso esperto no rosto.

- Do que você está se gabando garoto? - Disse o homem estendendo o braço com a arma, mas Warui simplesmente fez um sinal de “olhe para trás” com a cabeça.

O homem obedeceu ao sinal, mas preferia não ter feito isso. Atrás dele, estavam as almas de todos os Desalmados, gratos á Warui por ter salvado todos eles do controle da máscara Shini, eles não podiam tocar neles, mas o tal homem não precisava saber disso não é mesmo?


- Argh! Saiam daqui! – Ele se debatia tentando espantar as várias almas que o cercavam, distraindo-o tempo suficiente para que Warui acertasse o seu peito com o cotovelo. – Uoff! – Ofegou o home devido ao golpe, a arma em sua mão cai longe.

- Quando você faz algo bom por outra pessoa sem pedir nada em troca... Pode ter certeza que algo de bom vai acontecer com você. – Disse Warui quieto, pensando quantas vezes ele já tinha feito isso.

- Socorro! – O tal “ancião” não repara que está na beira da escada, e cai, indo para o mesmo destino que Jun.

- Eu te disse, não disse? – Debochou Warui enquanto o homem também é envolvido em uma névoa. – Valeu pessoal! - Disse Warui passando por entre as almas agradecidas.

Warui não queria chegar nem perto daquele lugar novamente, somente pegou seus Pokémon e partiu, sem dar nenhuma explicação.

Ladeira 08h47min


- Cyndaquil Cynda Cynda? (Onde está aquela menina que foi com você?) - Perguntou Cyndaquil curioso, depois de saber de tudo o que aconteceu no cemitério.

- Não sei... Não me importo... Provavelmente correu quando viu aquele cara chegando.

- Waruiii... – Gritou uma voz conhecida logo atrás deles.

- Não pode ser... Ela não... – Warui se vira, mas Uchikina já estava mais uma vez largada em seus braços. – Féla da p...

- Adivinha que vai com você na sua jornada? Eu! Eu vou te apoiar em todas as batalhas, fazer sua comida e quem sabe, á noite nós podemos fazer Outras Coisas... Mas o que realmente importa agora é que eu vou ficar do seu lado Para Sempre...

Aquelas palavras ecoaram na mente de Warui... “Para Sempre...”, “Para Sempre...”, “Para Sempre...”. E enquanto suas pupilas encolhiam, Warui via todo tipo de imagens bizarras:

“- Mãe! Voltei! Adivinha quem vai ser vovó? – Disse um Warui adulto entrando com uma Uchikina barriguda em casa.

"- Warui Kurai, aceita Uchikina como sua esposa, para amar e proteger Para Sempre? – Disse um padre para um galante Warui de 30 anos de terno, segurando a mão de uma mulher em vestido e véu de noiva.

- SANTO CRISTO!!! – Gritou Warui jogando a menina no chão. – Corra Cyndaquil! Corra pela vida! - Disse ele correndo feito doido.

- Warui! Espera! Nós ainda não demos o primeiro beijo! – Gritou a menina se levantando e correndo também.

- “Já não bastava o Shurui...” – Pensou Warui entrando na Ilex Forest.

Continua...

Warui e Uchikina estão viajando juntos, mas Warui não quer saber da idéia de jeito nenhum, mas depois de um telefonema do seu irmão, se esforça para aturá-la e fazer aquilo dar certo. Capítulo Vinte e Cinco: Caminhos Iguais, Intenções Diferentes...


Última edição por DarkDialga em Qua 15 Fev 2012 - 18:22, editado 1 vez(es)
avatar
DarkDialga
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/10/2009

Frase pessoal : [Insira uma Frase Pessoal Aqui]


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkZoroark em Qua 15 Fev 2012 - 16:18

Olá Dialga
Quanto tempo! Fico feliz que não tenhas desistido de sua fic (umas das poucas que ainda são boas). ^^ Coitado do garoto Jun, destino trágico o dele e de seu Growlithe. Achei alguns erros, mas nada que seja grave, em minha modesta opinião. Estou percebendo que o Warui vai sofrer de agora em diante... Como ele mesmo pensou: Já não bastava o Shurui.
Bom, é isso. Aguardo seu próximo capítulo.
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por Kakro em Qua 15 Fev 2012 - 18:10

Olá Dialga, que bom que voltou. Bem, gostei muito do capítulo, ainda não perdeu o seu toque. -q
A batalha entre Kowai e Warui foi muito bem narrada, o que me agradou imenso, porém, via alguns "mas" se repetindo na mesma frase. Fiquei tanto tempo sem ler a Fic, que já nem lembro quem é o Silver. lol
Por último, ri bastante quando o Warui teve aqueles pensamentos sobre a Uchikina. Enfim, como já tinha dito, gostei bastante, espero o próximo. Até mais. o/
avatar
Kakro
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 10/05/2011


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkDialga em Sab 3 Mar 2012 - 16:41

Desculpem o atraso pessoal! Meu Word teve uns problemas aqui.

DarkZoroark: Eu não desisto das coisas assim tão fácil... Mas fico feliz que ainda acompanha depois de tanto tempo, é, a vida de Warui só vai piorar daqui pra frente...

Kakro: Voltei pra ficar! Não lembra nem quem é o Silver... Nem eu XD!

Capítulo Vinte e Cinco: Caminhos Iguais, Intenções Diferentes...

Warui estava começando a se acostumar com os terríveis pesadelos que assombravam suas noites, embora nessa ocasião fosse exceção, visto que o sol já brilhava quando ele desabou no sono.


- Eu... Não consigo me mover... – Falou Warui enquanto uma força misteriosa o esmagava no chão.
Aquele não era um pesadelo típico, onde mãos misteriosas batalhavam pela sua posse, era um mundo branco com preto, tipo o corpo de uma Zebstrika. Ele sentia uma pressão incrível sobre ele, não conseguia nem levantar seus braços, parecia que tinha mil Snorlaxs sobre ele. Mas então a luz branca que significava que ele estava prestes á acordar apareceu e mesmo com o poderoso peso quase o fazendo cuspir seus órgãos para fora, ele era puxado para a luz.


- Não! Eu não quero acordar! Sinto que não devo acordar! – Warui debatia inutilmente para fugir, parecia um Magikarp fora d’água, mas no fim... Ele acordou...

Ele estava na Ilex Forest outra vez, o sol das três da tarde refletia num rio ao lado do seu “acampamento” todos os seus Pokémon dormiram fora das Pokébolas, depois de tanto esforço, mereciam dormir ao ar livre. Espere, havia algo errado, mesmo tendo acordado, Warui ainda sentia um peso terrível sobre ele e uma brisa quente em seu pescoço.


- Dá licença? – Disse Warui tirando o braço de dentro do saco de dormir e cutucando Uchikina, que dormia em cima dele.

- Hã? – Respondeu a menina um tanto grogue. – Ruirui você acordou! – Gritou a menina se levantando num pulo.

- Ruirui é o leite azedo de Miltank! Quem disse que podia dormir em cima de mim? – Disse Warui com as costas doendo.

Os Pokémon pareciam ter reagido, acordando quase ao mesmo tempo em que ele, ainda pareciam muito cansados da batalha da madrugada.


- Eu não achei que você ia se incomodar depois de hoje de manhã... – Disse a garota com uma cara triste.

- O que teve hoje de manhã? – Warui não se lembrava de nenhum motivo convincente para aquilo.

- Bom você assumiu que me amava e tudo e mais então nós... Acho que depois disso é auto-explicativo.

- Sério? – Disse Warui sem acreditar numa palavra. – Nós? – A garota confirmou com a cabeça.

O silêncio predominava no lugar, até os Pokémon ficaram olhando a cena e compartilharam o olhar de “Tá me tirando?” que Warui fazia.

- Oh bem... Fazer o quê? – Disse Warui se levantando.

- Sério? Tá acreditando mesmo? – Disse a garota pulando para o lado dele com os olhos brilhando tanto quanto estrelas.

- Não! – Respondeu Warui saindo do caminho, o que gerou uma queda irônica. – Todos pensam que sou um trouxa por causa de minhas ações “descuidadas”... Mas eu tenho uma frase pra você guria: Não... Me... Subestime... – Disse Warui encarando a garota com um olhar frio, depois simplesmente virou-se e pegou uma toalha da mochila e entrou na floresta com um olhar mal-humorado.

- Lindo! Por causa dessa perua Warui está furioso, e adivinha em quem ele vai acabar descontando? – Resmungou Scyther com rispidez.

- Essa oferecida seguidora de uma figa só vai dar problemas. – Disse Larvitar se juntando á discussão que se formou.

- Aaaawwnn... Estão conversando... Que fofinhos... – Disse Uchikina observando os Pokémon a ofenderem de vários nomes.

Warui foi tomar um bom banho no rio, depois de tanto tempo mexendo em terra, bem que estava precisando tirar toda aquela poeira do corpo, ele devia estar numa área que nunca passou em Ilex, visto que a Pokédex infernalmente apitava toda vez que um Pokémon passava, seja voando, nadando ou por terra.


- “Deve haver outra base da NR por aqui, eles não iriam deixar Jun e aquele cara sozinhos nem nenhum tipo de rádio ou transmissor para avisarem quando DarkVille estaria desocupada.” – Pensou Warui mergulhando no rio.

Aquele mergulho foi super refrescante, a água cristalina era ligeiramente aquecida pelo sol, e o horizonte azul de onde surgiam Magikarps, que seguiam em frente com sua expressão imutável no rosto, e Poliwags, que brincavam com ele por pouco tempo depois seguiam em frente. Ele quase esbarrou em um Golduck! Mas o Pokémon se desculpou amigavelmente e seguiu seu caminho, mas o susto fez Warui soltar quase todo o ar para a boca.


- Ufa... Que susto... – Disse Warui se levantando, ele nadou tanto que nem percebeu que estava numa parte mais rasa, a água batendo um pouco acima dos joelhos.

- Deviam te colocar na televisão, porque isso aqui tá um show! – Disse uma voz conhecida atrás dele, fazendo-o se virar surpreso. – Oiii! – Disse Uchikina deitada em cima de uma pedra.

- O que você quis dizer com... ORA TARADA SUMA DAQUI! – Gritou Warui se cobrindo com a mão enquanto jogava pedras na garota.

- Ai! Isso dói! – Disse a menina fugindo.

Se aquele mergulho havia acalmado Warui, não iria fazer o mesmo duas vezes no caminho de volta, sua cara estava tão vermelha que parecia que poderia evaporar o rio de raiva.

- Ora droga não se pode mais nem tomar um banho sem uma enxerida te observando, aquela oferecida nojenta, vou afogá-la nesse rio... – Disse Warui colocando suas roupas enquanto resmungava.

Warui não demorou em voltar para o lugar de sempre, onde seus Pokémon encaravam Uchikina com uma terrível fúria, que preparava o almoço tardio numa lata sob uma fogueira pequena enquanto cuidava do machucado na cabeça.

- Sabia que a curiosidade matou o gato? – Disse Warui surpreendendo-a.

- Pois se eu fosse você me cuidava porque o único gato aqui é você... – Disse ela soltando uma piscadela.

- Você é um saco! Porque não cai morta e me deixa em paz?! – Berrou Warui no seu tom furioso de sempre.

- Quer saber? Eu vou e pronto! – Disse a garota pegando a sua mochila e indo embora.

Cyndaquil e os outros não perderam tempo e começaram á pular de alegria, Warui ficou parado olhando o caminho por onde Uchikina tinha ido embora com o olhar irritado que sempre teve na cara, até que seu celular tocou:

“Sou um otário puxa-saco que não tem o que fazer! Oh Yeah! Come On Baby!”


- Arceus... Ele não... – Disse Warui lentamente tirando o celular do bolso...

- Te achei Warui... – Disse Konchú com um tom calmo.

- O quê?! Como você passou pela segurança? A floresta devia estar fechada! – Gritou Warui impressionado.

- Digamos que como líder de ginásio eu tenho algumas permissões especiais, e mais, você vai ficar aí! No lugar onde você está na beira do rio! – Warui soltou um “Como?” sem querer. – Digamos que eu encontrei uma aldeia destruída que falaram muito sobre você, e depois, eu achei uma bolsa de insígnias flutuando no rio... – Warui rapidamente revista os bolsos da calça, não estavam lá! – Fica a dica, se quer suas insígnias de volta, fique aí paradinho na beira do rio.

- Seu desgraçado nojento abusado... – Disse Warui enquanto fechava o punho.

- Eu tenho pena de você...

- O que disse maluco? – Gritou Warui tão forte que até seus Pokémon, que encontraram algumas frutas para comer.

- É isso mesmo! Pensa que eu não ouvi sobre a batalha com seus amigos Shurui e Furyõ? Sempre maltratando todos ao seu redor... É por isso que precisa viajar sozinho! Se não fosse tão orgulhoso podia estar viajando com eles ou outro amigo qualquer... – Konchú nem pode terminar de falar, pois Warui quebrou o telefone depois de segurá-lo com tanta força.

- Então eu não consigo arrumar ninguém para viajar comigo não é? Prepare-se para quebrar a cara meu irmãozinho idiota... – Disse Warui para si mesmo soltando o celular quebrado e correndo em direção para a floresta.

- Acho que deveríamos ir também... – Disse Cyndaquil sem a menor vontade.

- Não posso, acabei de comer... – Disse Scyther, dando a desculpa que todos queriam para ficar.

Warui era resistente, podia sobreviver á golpes e ataques terríveis e ainda continuar de pé, mas aquelas palavras o feriram de um jeito que ele nunca sentiu na vida, e ele iria dar o troco de qualquer jeito.

- Não entendo Hop... Eu fiz tudo tão direitinho... Fui sensual, baba-ovo e tudo e ainda assim não deu certo... – Disse Uchikina andando desanimada com seu Hoppip, mas ele era diferente, era verde! - Estou ouvindo alguém vindo, volte Hoppip! Não quero que tentem tomar você pela quarta vez. – Uchikina chama seu Pokémon para a Pokébola e se esconde no topo de uma árvore.

- Puff... Droga! Cadê aquela guria? Que droga! Preciso achá-la e provar para aquele idiota do meu irmão que eu posso ter companhia sim. – Disse Warui descansando um pouco, mas teve a impressão de ouvir algo pulando entre os galhos. – Ora! Quem se importa com o que ele pensa? Vou voltar!

Não demorou muito tempo para a atenção dos seus pensamentos voltarem para á NR, Warui tinha certeza absoluta que eles estavam por perto, talvez até o vigiando nesse exato momento.

- Mas hein? Você? – Gritou Warui surpreso ao voltar, e viu Uchikina alisando seu Hoppip enquanto sentava numa cadeira que não se sabe de onde veio.

- Surpresa! E não adianta disfarçar! Eu ouvi tudo! – Disse ela colocando o Hoppip no chão, para que pudesse socializar com os outros Pokémon.

- ELE É SHINY?! – Disse Warui surpreso com a coloração anormal do Pokémon.

- É claro! Mas bem... É o seguinte: Se você quiser, eu te ajudo á esfregar a cara do seu irmão no chão, mas eu tenho uma pequena condição...

- EU NÃO VOU ME CASAR COM VOCÊ!!! – Berrou Warui imediatamente.

- É claro que não, não sou tão chantagista assim... Você só tem que ficar sem camisa até seu irmão chegar... – Disse ela cobrindo o rosto que começava á corar.

- Eu te odeio... Odeio odeio e odeio! – Disse Warui tirando sua camisa laranja.

Uchikina parou de corar, ao contrário, seu rosto estava pálido e seus olhos pareciam que iriam explodir para fora das órbitas e um pouco de sangue começou a sair do nariz.

- Oi... Você está bem? – Perguntou Warui tão assustado que queria correr.

- AAAAAAAAHH! – Gritou a menina caindo da cadeira depois de um jorro violento de sangue saindo do seu nariz.

- Hop Hop... – Disse o Hoppip com uma cara de desaprovação, usando Aromatherapy para despertar Uchikina.

- Te achei! – Disse Konchú subitamente surgindo das árvores. – Hã? – Disse Konchú criando um clima constrangedor.

Warui encarava seu irmão com uma cara de “Não é o que está pensando”, enquanto suas mãos seguravam as pernas de Uchikina depois de uma tentativa de puxá-la.


- Warui... O que você está fazendo... E sem camisa? – Disse seu irmão com uma cara de “WTF?”.

- Eu juro que não é o que você está pensando... – Disse Warui lentamente afrouxando as mãos.

Dadas as falsas explicações, Konchú finalmente devolveu a bolsa de insígnias, mas não tocou no assunto da NR, ainda...


- Estou vendo que isso é de família... – Disse Uchkina olhando Konchú do mesmo jeito que olhava para Warui.

- Tranque as portas do ginásio... Ela vai instalar câmeras por todo lado! – Comentou Warui enquanto comia o almoço, finalmente pronto.

- Ah, não seja tão mal Warui... – Disse Uchikina se agarrando ao seu pescoço, fazendo uma cara irritada emergir no rosto de Warui. – Eu vou ir tomar banho, não precisa ter vergonha de ir espiar Warui... – Disse ela tirando uma toalha rosa.
Warui nem ligou para o comentário, e finalmente terminou seu almoço, Konchú olhava parar o chão como costumava fazer todas as vezes que se enganava.


- Ela parece ser legal... – Comentou o líder de ginásio.

- É uma peste... – Respondeu Warui rapidamente...

- Vocês estão... Namorando? – Perguntou ele sem saber como lidar com Warui num assunto desses.

- Sem chance! – Disse Warui sem o menor interesse em continuar a conversa. – “Eu tenho que dar um jeito de sumir antes que ele fale da NR...” – Pensou Warui, já pronto para correr, com todas as suas coisas guardadas.

E a chance de Warui tinha aparecido, Konchú havia se virado para o outro lado, ele só precisava sair correndo como um doido.


- Warui... Você sabe que precisamos conversar sobre aqueles caras... – Disse Konchú sem se mexer.Por favor, me prometa que você não irá atrás deles, é muito perigoso...

- Cadê o Warui? – Disse Uchikina, depois de terminar seu banho, fazendo Konchú se virar automaticamente.

- Warui?! – Gritou ele, mas não havia sinal do treinador...

Continua...

Warui finalmente chega em Goldenrod, e rapidamente se dirige para enfrentar Tsujo, o líder do ginásio, mas será que Warui estará pronto para enfrentar sua temida estratégia? Descubram no Capítulo Vinte e Seis: A Batalha Contra o Imprevisível...
avatar
DarkDialga
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/10/2009

Frase pessoal : [Insira uma Frase Pessoal Aqui]


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkZoroark em Sab 3 Mar 2012 - 23:18

Olá DarkDialga
Voltei para comentar. Cara, mais uma vez um ótimo capítulo. Quando eu ouvi o toque do celular pensei que era o Shurui, mas coube bem no Khoury. Cara tarado eu já tinha visto, mas guria é a primeira vez... ou não? Uma coisa que acho única da sua fic é o fato de que não são apenas batalhas de ginásio, o que é ótimo.

Uma perguntinha sem ter haver com a fic: Eu me lembro, de quando você acabou sua fic de PMD, que ela iria ter uma continuação. Vai ou não vai rolar?
Bom é isso. Aguardo seu próximo capítulo.
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkDialga em Qui 8 Mar 2012 - 17:39


Olá pessoal, preciso dar um aviso. Agora que estou tendo aulas á tarde, tenho pouco tempo para escrever a fic, por isso, postarei os capítulos num intervalo de 2 a 3 semanas, mas caso eu tenha tempo e termine antes, eu posto no prazo de 1 semana mesmo.

Obs: Estou estudando para as provas da semana que vem, então sem capítulos nessa ou na próxima semana.

Desculpem o inconveniente...
avatar
DarkDialga
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/10/2009

Frase pessoal : [Insira uma Frase Pessoal Aqui]


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por Lando232 em Seg 12 Mar 2012 - 21:26

Bem...
ÓTIMO CAPÍTULO.
Nada de que eu esteja surpreso.Só queria saber se a Uchikina continuaria junto à ele...
Bem,temos o mesmo problema,Darky-chan,estudamos à tarde.Pessimo horário pra fazer fic é de tarde.Mas pelo menos,tente fazer a fic continuar indo maravilhosa como sempre.TY.Bye.
avatar
Lando232
Membro
Membro

Masculino Idade : 20
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 27/06/2011

Frase pessoal : nobody can change,but i can


Ver perfil do usuário http://www.amorpokemon.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkDialga em Sex 30 Mar 2012 - 22:07

Olá todo mundo! Desculpem a demora! Pra compensar, fiz o cap maior hoje.

Comentários:

DarkZoroark: Se Shurui tivesse o número do celular dele, acho que Warui nunca mais tocava em um na vida. Hehe, até nisso as mulheres estão ganhando espaço hoje em dia, sem preconceito com ninguém é claro, todos devem fazer o que quiser independente de sexo. Sim, a fic vai rolar, é que quando meu PC morreu, levou tudo da fic junto, mas não se preocupe, em meados de abril ela já deve mostrar a cara.

Lando232: Oi! Bem, pra saber se a Uchikina vai continuar com ele, é melhor ler esse cap, a resposta definitiva está aqui (ou não). Na verdade eu não estudo de tarde, mas agora que estou no Ensino Médio, tem dias que preciso ficar na escola de manhã e de tarde, deixando pouco tempo pra fazer a fic de noite. E não me chame de Darky-chan >.<


Capítulo Vinte e Seis: A Batalha Contra O Imprevisível...

Cidade de Goldenrod, 12h47min

- Aleluia! Goldenrod! – Berrou Warui na entrada da cidade, fazendo todos olharem para ele como se ele fosse um doido, Cyndaquil, sempre ao seu lado, cobre o rosto de vergonha.

Finalmente após a travessia da Ilex Forest, Warui finalmente havia chegado na metrópole de Goldenrod, nunca em sua vida ele havia visto prédios tão grandes por tudo que é lado.

- Agora uma parada rápida no Centro Pokémon para o almoço e depois direto pra ginásio.

A cada passo, Warui se admirava com as maravilhas de Goldenrod, tinha todo tipo de lojas, e muitas para treinadores Pokémon, havia lojas de TMs, loja de artigos para criadores Pokémon e muito mais.

- Waruii! – Gritou uma voz feminina atrás deles.

- Não pode ser... – Disse Warui com seus olhos encolhendo, sem coragem para olhar pra trás.

- Te achei!!! – Gritou a voz terrivelmente em seu ouvido, enquanto um peso o jogava no chão.

Warui nunca esteve tão envergonhado em sua vida, já estava com vergonha porque estava com suas roupas sujas, enquanto todos andavam na rua com roupas chiques e limpas, e agora, havia uma tarada em cima dele.


- O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO AQUI CRIATURA DOS INFERNOS?! – Gritou Warui com um misto de vermelho em seu rosto, devido á raiva e á vergonha.

- Achou que iria fugir tão fácil de mim não é seu safadinho? Digo que não! Almas gêmeas devem ficar juntas pela eternidade! - Disse ela, então foi bruscamente empurrada.

Logo, os dois foram juntos para o Centro Pokémon, e Warui reparou em um olhinho amarelo que o espiava por um buraco na mochila rosa da garota, provavelmente o Hoppip Shiny que ela tanto hesitava em mostrar.


- Então... Qual é a sua estratégia para derrotar Tsujo, O Imprevisível? – Perguntou a Uchikina após terminar de comer seu “almoço diet.”, se é que se pode chamar um prato com duas folhas de alface de almoço.

- Não é da sua conta! Tire o seu nariz enorme da minha vida! – Berrou Warui, e por ironia, quando ele abaixou a cabeça seu nariz mergulhou no molho da lasanha que ele devorava.

- Bem feito! Mas se você não quer que eu conte, eu não conto.

Os olhos de Warui arregalaram, como se tivesse sido possuído por um fantasma, o pano branco que ele usava para limpar o nariz escorregou de sua mão e caiu.

- “Isso parece gostoso!” – Disse Cyndaquil, que estava ao lado dos pés de Warui, deixa sua comida de lado para apanhar o pano e lambê-lo.

- Contar o quê? – Perguntou Warui levantando um pouco de sua cadeira marrom.

- A estratégia dele, mas só conto se me der um beijinho. – Uchikina apoia a cabeça nos braços levantados e faz um bico com os lábios, cheia de expectativas.

- Problema seu! Não preciso de sua ajuda! Vou derrotar Tsujo sozinho! – Disse Warui se abaixando para pegar o pano. – Cyndaquil!

Cyndaquil estava muito envergonhado, ele achou o molho da lasanha tão gostoso que engoliu o pano inteiro! Mas por mais estranho que parecesse, Warui somente soltou um sorriso fechado, com um olhar de advertência nos olhos.

Entrada do Ginásio de Goldenrod 13h25min

O ginásio de Goldenrod lembrava mais um casarão e não um ginásio, através de seus muros altos, podia se ver árvores com flores brochando. No grande portão de madeira, encontrava-se pendurada a placa: “Fechado, volte mais tarde!”.


- Que pena... Está fechado... – Disse Uchikina tentando disfarçar sua felicidade, afinal teria mais tempo para ficar junto de Warui.

- Mas sonhe que eu caio nessa! Olhe só isso! – Disse ele sussurando, enquanto ambos se escondiam atrás de um arbusto. – QUE COISA CHATA! PARECE QUE VOU TER QUE VOLTAR OUTRO DIA! - Berrou Warui de trás do arbusto, fazendo a menina tampar os ouvidos.

Não muito depois, uma figura risonha apareceu, destrancando a porta enquanto ria maquiavelicamente e entrava tomando cuidado para não ser vista pelas pessoas da rua.


- Tá no laço, tá no papo! Otário... – Disse Warui enquanto se levantava um pouco depois das portas serem fechadas.

Arena do Ginásio de Goldenrod 13h30min


- Ai ai... Mais uma pegadinha brilhante... – Disse o garoto que tentou enganar Warui, que usava uma roupa azul com círculos verdes, e um short de mesma cor, seus olhos marrons reviravam o lugar atrás de um balde que procurava.

- Sinto informar... Mas sua pegadinha não foi tão boa assim! - Gritou Warui, fazendo o garoto se virar rapidamente. – Onde está Tsujo, o líder do ginásio?

- Está bem aqui! – Disse o garoto apontando para si mesmo, enquanto removia uma touca fina de pano que cobria seus cabelos espetados marrons.

- VOCÊ é o Tsujo? O Imprevisível? – Disse Uchikina espantada, olhando o menino que tinha metade da sua altura.

- Agora eu entendi o título, NINGUÉM poderia prever essa...

Enquanto o garoto dava um chilique e um discurso do tipo “Tamanho não é documento.” Warui o ignorava e seus olhos vasculhavam o local, ele sabia que devia conhecer a sua arena de batalha, depois de pouco tempo, já sabia que equipe escolheria.

- Tanto faz! Agora escolha quatro Pokémon para o combate! Essa é a regra do ginásio! – Disse o menino tirando quatro Pokébolas e jogando-as no chão, a Pokédex de Warui começa á apitar freneticamente.

“Meowth, O Pokémon Gato Arranhão: Ele ama qualquer coisa que brilhe, ele adora especialmente moedas e as pega para esconder secretamente.”

Lickitung, O Pokémon Lambedor: sua língua comprida, coberta de saliva gosmenta, gruda em qualquer coisa, então é muito útil”.

“Porygon, O Pokémon Virtual, um Pokémon feito pelo homem utilizando meios científicos avançados, pode viajar livremente pelo ciberespaço”.

“Stantler, O Pokémon Grande Chifre, aquele que encaram os seus chifres irão gradualmente perder seus sentidos e vão se tornar incapazes de ficar em pé”.


- Agora já sei bastante sobre eles! Cyndaquil, Scyther, Larvitar e Flaffy! Destruir! – Disse Warui lançando as suas Pokébolas.

- Agora... Um toque de mestre para esse desafio... – Disse o garoto apertando um botão na parede, e subitamente, o teto se inclina e as paredes começam á afundar no chão.

- Que palhaçada é essa?! - Gritou Warui enquanto a arena começava á despedaçar.

Warui estava muito surpreso, aquilo era uma arena de vários tipos, havia terreno rochoso para tipos Pedra, um campo de pedras ardentes para tipos Fogo, uma piscina para tipos Água, ventiladores protegidos com uma grade para fortificar tipos Voadores, uma chapa de ferro eletrificada... Tinha de tudo ali.

- Cada um desses espaços tem 3m², e se você quiser me derrotar, vai ter que se adaptar ao campo de batalha. – Disse o garoto com um olhar confiante.

- Grande coisa! Só tenho que ficar longe dos espaços que não fortalecem meus Pokémon! Isso ainda vai ser fácil!

Warui reparou que havia um espaço vazio, sem nada, outro espaço poderia facilmente caber ali, como se fosse obra do destino, eles começaram á se espalhar, como naqueles joguinhos que é preciso empurrar as peças para formar a figura.

- Ai que droga... – Disse Warui tentando não se desesperar, mas a situação estava difícil.

- Hehehehe! Então, se já está pronto, vamos batalhar! Stantler vai! – Disse o garoto, enquanto o Pokémon pulava em um dos espaços, que haviam parados momentaneamente para esse tipo de momento.

- “Droga! E ele só usa Pokémon do tipo Normal, que podem aprender o diabo em variedade de ataques! Não tem como saber o que ele vai fazer á seguir!”. – Pensou Warui, um tanto nervoso. - Scyther atacar! “se não tenho idéia do que fazer um pouco de velocidade vai me dar a vantagem!”

Assim que os dois Pokémon estavam na arena, os espaços começaram á se mexer outra vez, Scyther estava em cima de um pouco de grama alta, enquanto Stantler se encontrava num terreno rochoso.

- Stantler! Stomp! – Stantler pula pronto para esmagar Scyther com um pisão.

- Scyther! Desvie e use Silver Wind! “Ataques em área vão me dar uma garantia de que ele não vai conseguir escapar.” – Gritou Warui, e rapidamente Scyther esquiva voando, e lança uma tempestade de pó prateado contra seu oponente.

- Stantler carregar! – Disse Tsujo, e o Pokémon começa á absorver a luz do sol.

- “O que ele está pensando? Não há tempo de disparar o Solarbeam!” – Pensou Warui, mas esqueceu dos espaços que se moviam, Stantler não precisou mover um centímetro para escapar do ataque, e ainda por cima, acertou um golpe feio em Scyther.

- Como você vai lidar com um campo como esse eu me pergunto. Stantler Shadow Ball! – Uma esfera roxa é criada e Stantler a dispara com velocidade.

- Scyther Metal Claw! – Scyther perfura a bola escura, que cria uma onda de escuridão, tirando ambos de vista.

Warui não conseguia se acostumar com aquele campo maluco, conseguia ouvir o “click click” toda vez que ele se moviam e por isso não conseguia se concentrar de maneira nenhuma.

- Scyther! Onde ele está? – Quando a escuridão sumiu, Stantler havia desaparecido.

- Zen Headbutt! – Warui quase gritou depois disso, Stantler surge com sua cabeça brilhando, vindo do fundo da água no espaço á sua frente.

- Metal Claw! – Gritou Warui fechando os olhos, sem pensar no que havia dito, mas felizmente, Scyther reage á tempo para ricochetear o ataque, fazendo Stantler cair de cara num espaço eletrificado. – Tenho que aproveitar! Scyther Air Slash!

- Um dano crítico! – Gritou Tsujo enquanto Stantler caía num espaço rochoso, derrotado. – Ora... Isso não fica assim! Lickitung!

Mais uma vez, os espaços pararam para a troca de Pokémon, aquele Lickitung parecia lerdo, seria fácil derrotá-lo com Scyther, mas Warui resolveu chamar Flaaffy só por precaução.

- Focus Punch! – Energia começa á ser concentrada na mão de Lickitung.

- “Se Flaaffy acertá-lo antes, o ataque será inútil!” Use Body Slam.

Mais uma vez, os espaços se movem, e Flaaffy cai na água bruscamente, Lickitung se apressa e acerta o soco na água, levantando uma onda que joga o Pokémon ovelha para longe.

- Focus Punch mais uma vez! – Disse o garoto confiante.

- “Espere! Esses ataques tem um padrão! Ele usa um movimento que precisa de tempo para carregar, para persuadir o oponente á atacar, mas como o campo se move, o ataque errará e o oponente ficará incapaz de desviar!” Flaaffy Thundershock!

- Não! Não faça isso! – Disse o garoto sem pensar que estava se entregando.

Com o campo encharcado, não havia para onde fugir, Lickitung levou um terrível choque no final, Warui havia conseguido quebrar a estratégia de Tsujo.


- Isso não vai acontecer de novo! Sunny Day! – Uma esfera de fogo é lançada em direção ao céu, e após uma explosão de luz, o sol fica mais intenso evaporando a água. – Então você viu que eu uso movimentos poderosos podem que precisam carregar, mas uso o campo para evitar dano... Esperto... Mas tem um jeito de trapacear e evitar o carregamento! Solar Beam!

Warui não pode nem pensar no que fazer, pois um raio branco já havia atingido Flaaffy causando danos terríveis, nocauteando o Pokémon.

- Flaffy Retorne! Cyndaquil vai! “Com o Sunny Day, Cyndaquil terá seus ataques de fogo aumentados, enfim uma vantagem que ele não pode acabar.”

- Amador! Acha que vai se dar bem por causa do Sunny Day? Não sou tão burro assim! Veja isto: Water Pulse! – Uma esfera de água é criada por Lickitung, e é lançada em Cyndaquil.

- Desvie! Flame Wheel! – Cyndaquil ficou confuso e não conseguiu desviar, e é atingido, levando sérios danos.

- Tome essa! Solarbeam! – Cyndaquil havia ficado muito confuso devido ao Water Pulse para desviar, felizmente, os espaços tomaram conta de protegê-lo.

- Flame Wheel! – Ordenou Warui, Cyndaquil ainda estava confuso, mas conseguiu usar o ataque, controlá-lo, por outro lado.

Cyndaquil agora era uma bola de fogo frenética, pulando, correndo em zigue-zague, círculos, era impossível saber para onde ele iria parar.


- Water Pulse! - Assim que Cyndaquil ficou indo em linha reta após se curar da confusão, Lickitung já tinha uma bola de água em suas mãos.

- Nada de desistir agora! Cyndaquil combine o Flamethrower com o Flame Wheel e crie seu novo combo: Inferno Furioso! – Disse Warui com uma ideia maluca em mente.

- Mas o que é isso? – Gritou Tsujo depois do efeito devastador do ataque.

O novo combo de Cyndaquil tinha um poder imenso, com chamas girando e chicoteando para todo lado como um tornado, o Water Pulse era lentamente engolido enquanto evaporava rapidamente criando um barulho parecido com faíscas.

Nenhuma mudança de espaços iria salvar Lickitung agora, Cyndaquil direciona todas as chamas em direção ao Pokémon Lambedor, e sem chance de escapatória, ele é rapidamente sugado pelo ataque devastador.


- Opa! – Gritou o garoto se jogando no chão, depois que Lickitung foi cuspido violentamente para fora, quase acertando seu treinador.

- Boa Cyndaquil! Quando você ficou tão poderoso assim? – Disse Warui, um pouco depois de Cyndaquil aterrissar no chão.

- Não! Isso não! É muita falta de sorte! – Gritou Tsujo quando Cyndaquil começou á brilhar.

- Cyndaquil? Está evoluindo? Impossível! Ele ainda está com a Everstone! - Disse Warui enquanto o brilho se tornava mais forte, mas subitamente, ele sumiu, revelando um Cyndaquil totalmente recuperado. – Um espaço... De cura?

- Exato! Todos os espaços curam se tiver um Pokémon em cima dele, mas só se ativam por poucos segundos e em tempos aleatórios... Você teve um pouco de sorte... Vamos acabar com ela, Meowth!

Um Pokémon felino surge de trás de Tsujo, parecia bastante confiante de que venceria a batalha, e rapidamente pulou para o espaço na frente de Cyndaquil.

- Pois bem! Mais uma vez Cyndaquil! Inferno Furioso! – Ordenou Warui, mas o ataque saiu muito mais fraco, não passava de uma roda de fogo comum, com alguns chicotes flamejantes saindo lentamente de vez em quando.

- Water Pulse! – O Meowth criou uma esfera de água em suas mãos, igual á Lickitung, o Inferno Furioso não teve nem chance de oferecer resistência.

- Mas como? Por quê? – Disse Warui enquanto Cyndaquil caia sobre um espaço ardente.

- Você é um novato mesmo não é? Não viu que o poder extra daquela hora foi por causa do Sunny Day? O sol se foi agora a pouco viu? Sem falar na habilidade Blaze do Cyndaquil. – Disse Uchikina depois de observar tudo atentamente.

- Ora cale-se... E o que diabos é o Blaze? – Disse Warui se distraindo por um momento.

- Quando um Pokémon com a habilidade Blaze fica fraco, seus ataques de fogo tem o poder aumentado drasticamente. Combos já são poderosos por natureza própria, combinando-os com o fato de Cyndaquil ser do mesmo tipo que o ataque que ele está lutando, o Sunny Day, que tem o duplo efeito de fortificar ataques de fogo e enfraquecer os de água e o Blaze, virtualmente falando não havia como aquele Water Pulse vencer. – Respondeu a garota, deixando Warui de boca aberta.

- Night Slash! – Quando Warui voltou á concentrar sua atenção á batalha, Cyndaquil já havia sido derrubado depois de um corte poderoso.

Warui não deu nenhuma palavra, havia sido humilhado por uma garota, pior, por uma garota extremamente irritante, agora aquilo não era mais uma mera batalha por uma insígnia de ginásio.


- Scyther! Transforme-o em tiras! – Gritou Warui jogando a Pokébola com força no chão, Scyther tinha o mesmo olhar furioso que ele estava nos olhos. – Ataque com Metal Claw!

Scyther parte com toda velocidade para atingir seu oponente, sua lâmina cortando tudo que surgia no caminho.

- Meowth! Thunder! – Até os ataques especiais de Meowth eram rápidos, num mero flash amarelo, Scyther foi lançado para trás eletrocutado. – Mais uma vez! – Só que o ataque não atingiu, Scyther sumiu, deixando uma falsa imagem sua que desapareceu após o ataque.

- Ele está usando Agility! Nunca vi um Pokémon aprender um movimento assim no meio da batalha! - Disse Uchikina impressionada.

- Você pode saber tudo de mecânica de batalha e tudo mais, agora quando se trata dos meus Pokémon, nunca irá encontrar uma equipe mais imprevisível que a minha! Scyther gire usando Silver Wind!

Scyther girava numa velocidade tão rápida, que o Silver Wind se espalhava como um tapete prateado sobre o chão.

- Meowth pule! – Mas não foi rápido o suficiente, o tapete prateado carrega Meowth como um tsunami leva um carro para longe.

- Está na hora de acabar com isso! Dê tudo que tem num Metal Claw! – Scyther cruza suas lâminas num sinal de X, concentrando toda a sua energia nelas.

- Concordo com você! Iron Tail! – A cauda do Meowth brilha e adquire uma forma metálica, e ele salta para atingir Scyther.

O que aconteceu então foi uma surpresa, Scyther não saiu do lugar, e Meowth se aproximava cada vez mais, e repentinamente, o espaço onde Scyther está se move.


- Ora... O feitiço virou contra o feiticeiro... Isso é o que chamam de ironia pirralho! Acabe com ele Scyther! – [bScyther joga o Meowth imóvel para muito longe com um golpe violento de suas lâminas.


- Meowth não... – Disse o garoto enquanto o Pokémon Felino tentava se levantar, sem sucesso. – Porygon vai!

- Scyther retorne! Larvitar sua hora chegou! - Disse Warui chamando Scyther de volta, e colocando Larvitar, com seu vigor no máximo, desesperado para lutar.

- Porygon Blizzard! -Porygon rapidamente invoca uma poderosa tempestade de neve, que se dirigia á Larvitar.

- Desvie! – Larvitar rapidamente dá um pulo para o lado, caindo num espaço coberto de terra. – “Ótimo! Assim vou poder usar aquele ataque que Larvitar não aprende ainda!” – Pensou Warui com um plano em mente.

- Blizzard mais uma vez! – Tsujo estava indo com tudo, Porygon era seu ultimo Pokémon, e não iria perder tão fácil.

- Sandstorm! – Gritou Warui, e Larvitar joga enormes quantidades de areia contra a tempestade de neve.

Aquela luta seria a decisiva, Warui sabia que Scyther não teria chance nas condições em que estava contra um Porygon que sabe utilizar um ataque poderoso como Blizzard, Larvitar precisava ganhar de qualquer jeito.


- Oh não... – Disse Warui quando a tempestade de neve começava á subjugar a tempestade de areia. – Mergulhe! – Larvitar se enterra á tempo de escapar do ataque.

- Você é esperto... Está usando os espaços para auxiliar seus Pokémon á utilizarem ataques que não sabem ainda, como Sandstorm e Dig, mas você não contava com essa... Ice Beam!

- Maldição! – Era tarde demais para fazer qualquer coisa, todo o espaço em que Larvitar estava foi completamente congelado, com areia e tudo. – Larvitar! Eu sei que você está aí! Aparece! “Droga... Eu não posso perder de novo pra um líder de ginásio... Eu estava tão perto...” Scyther vai! – Sendo incapaz de chamar Larvitar de volta, Warui não tem escolha á não ser chamar Scyther, apesar de hesitar muito antes de fazer isso.

- Quero ter certeza de que isso acaba agora... Lock-on! – Porygon encara Scyther como se estivesse verificando cada ponto de seu corpo, logo após isso, um símbolo de mira surge em Scyther. – É o fim... Hyper Beam!!!

- Scyther fuja com Agility! – Scyther desviou do ataque á tempo, mas o ataque simplesmente deu meia-volta e o perseguiu. – Se eu acabar com o Porygon primeiro... Metal Claw! – As lâminas de Scyther brilham como sempre, mas o Hyper Beam estava muito rápido, e Scyther foi atingido, faltando muito pouco para atingir Porygon.

Warui caiu de joelhos no chão... O dano havia sido muito severo, e Scyther estava no chão, nocauteado, seu último Pokémon... Derrotado...


- Eu devia saber... Eu nunca consigo derrotar vocês logo de início... Talvez eu devesse simplesmente desistir e pronto... – Disse Warui, mas não importou o quanto ele tivesse segurado, uma lágrima desceu seu rosto, e pingou no chão.

- Warui! Olha! – Disse Uchikina surpresa com o que estava vendo.

Warui automaticamente olhou para frente, o gelo estava rachando, com um brilho encarnado sendo refletido para fora.


- Não pode ser... – Disseram Warui e Tsujo juntos, quando o gelo rachou ainda mais, antes de Larvitar surgir de dentro dele, espatifando-o em vários pedaços.

- Larvitar! Eu não acredito! – Disse Warui se levantando, com seu Pokémon sorrindo enquanto irradiava o brilho.

- Eu já vi esse brilho vermelho em algum lugar... É claro! A habilidade do Larvitar: Guts! Quando ele foi congelado, seu poder aumentou e muito! Warui! Você ainda pode vencer. – Disse Uchikina animada, como se absorvesse a alegria de Warui.

- É claro que posso... Não... Podemos! Vamos fazer isso juntos Larvitar! Bite! – Disse Warui com sua esperança revigorada, pronto para lutar até o fim, o mesmo se dizia de Larvitar, que atacou rapidamente com uma mordida.

- Ice Beam Porygon! – Ordenou Tsujo, após que Larvitar recuou para se proteger.

- “DarkVille... É isso...” Larvitar pule no chão com tudo o que tem! – Larvitar repete o mesmo pulo que realizou na batalha por DarkVille, as pedras emergentes bloqueiam o ataque e quebram ao congelar. – Rock Throw!

Larvitar joga uma pedra congelada, que acerta bem na cabeça de Porygon, ninguém sabia dizer se aquilo foi um ataque de Gelo ou Pedra.

- Porygon! Como se atreve?! Thunder! – Ambos Warui e Uchikina ficaram de boca aberta, o ataque atinge Larvitar sem efeito algum.

- Você é retardado? Todo mundo sabe que ataques elétricos não funcionam num tipo Terrestre como Larvitar! Agora você tem que pagar pelo erro! Rock Slide!

Larvitar manda um deslizamento de pedras contra Porygon, o ataque é poderoso demais para ele, garantindo á Warui... Vitória...

- Ganhei! Eu ganhei de um líder de ginásio de primeira! Uhul! Sou F@$%! - Berrou Warui pulando por aí. – Aliás... Você é que é demais Larvitar! Todos vocês! – Warui agarra Larvitar e joga pra cima repetidas vezes...

- Está vendo Hop? Eu disse que por dentro ele tem um bom coração... – Disse Uchikina falando baixinho com seu Hoppip Shiny sempre espiando tudo pelo buraco na mochila.

- Eu ganhei! Tu perdeu' otário! Mas tenho que dizer... Pra um líder de ginásio... Você é o que chamam de Noob...

- Eu não sou um novato! Você quase que perdeu pra mim! – Gritou Tsujo batendo o pé no chão.

- Subestimei o que essa arena bizarra poderia fazer, mas você: Colocou os mesmos ataques em quase todos os seus Pokémon, usar um ataque de água no meio de Sunny Day, usar um ataque elétrico contra um tipo Terrestre...

- Está bem! Está bem! Já sei! – Gritou ele fazendo birra.
[/b]
- Tanto faz! Cadê minha insígnia? – Disse Warui atravessando a arena, agora parada, com a mão estendida.

- Ahm... A insígnia que você quer? – Respondeu Tsujo com os olhos arregalados.

- Ovos de páscoa que não é! Rápido! Não tenho o dia inteiro pirralho! – Disse Warui chegando do outro lado.

- É claro... Você veio á um ginásio, só pode estar procurando por insígnias... “Ai não! Como eu saio dessa agora?” – Disse Tsujo com a cabeça baixa.

- Mas que barulheira foi essa Gaki? – Disse uma voz do interior do ginásio.

- Droga... – Disse o garoto se sentando.

Uma porta se abre nos fundos, e Warui vê um homem robusto e barbudo, com um colete marrom e calças que iam até o calcanhar, mesmo de longe, Warui conseguia enxergar seus óculos minúsculos daqueles que ficam pendurados no nariz.


- Quem é você? – Disse Warui um tanto rude.

- Eu sou Tsujo, Líder do ginásio de Goldenrod. – Respondeu o homem demonstrando um pouco de orgulho.

- O QUÊ?! E QUEM É ESSE PIRRALHO AQUI? – Disse Warui sem conseguir assimilar tudo aquilo direito.

- Esse é o meu aprendiz, Gaki. E ele vai ter 3 minutos para me explicar o que está acontecendo aqui. – Respondeu o homem com uma voz calma, depois de cruzar os braços.

Depois de tudo explicado, Warui era um poço de fúria, Gaki não era líder de ginásio coisa nenhuma, era só um aprendiz que gostava de fazer pegadinhas e queria brincar de Líder de ginásio.


- Peço desculpas por esse terrível inconveniente, venha comigo, irei recuperar seus Pokémon e então teremos uma batalha. – Disse o verdadeiro Tsujo escoltando Warui para os fundos do ginásio

- “Uma parte da estratégia dele já era... Mas eu sinto que não é só isso. Só que ele é tão simples... O que ele pode ter de tão especial assim?” – Pensou Warui, seus pensamentos envolvidos pela duvida antes da batalha iminente.

Continua...


A Batalha entre Warui e Tsujo acaba de começar, e Warui começa á lentamente desvendar O Imprevisível, poderá ele conseguir derrotar Tsujo e seus terríveis Pokémon do Tipo Normal, enquanto tenta usar a Arena Imprevisível para sua vantagem? Capítulo Vinte e Sete: Warui VS Tsujo! O Líder Da Estratégia Errática! 1° Parte
avatar
DarkDialga
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/10/2009

Frase pessoal : [Insira uma Frase Pessoal Aqui]


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkZoroark em Dom 1 Abr 2012 - 20:44

Olá DarkDialga

Desculpe pela demora em comentar, mas tive de fazer alguns trabalhos para o colégio e me deu preguiça de escrever. Novamente, um ótimo capítulo. WTF? chocado a Uchikina é inteligente?! Bem, nem tanto, levando em consideração que ela acha que duas folhas de alfaçe são um almoço (tá mais para um tira-gosto). Que pirralho mais FDP Gaki, parece muito aquela menina que andava com a Janine no anime.
Não encontrei erro nenhum, mas não quer dizer que não existam (sou meio desligado para esse assunto). Mas uma coisa que não me agradou muito foi que você colocou a descrição do ataque logo após o comando, deixando o capítulo um tanto confuso.
Bom, é isso. Aguardo seu próximo capítulo.
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkDialga em Qui 26 Abr 2012 - 19:21

Hola mis amigos! Cheguei com outro cap.

Comentários:
DarkZoroark: Sim, a Uchikina é inteligente (nem parece né?). Vida de menina patricinha é assim, duas folhas de alface por dia.


Capítulo Vinte e Sete: Warui VS Tsujo! O Líder da Estratégia Errática! 1° Parte

- Essa foi muito perto Warui... – Comentou Uchikina, só atrapalhando enquanto ele pensava o que poderia ser tão diferente naquele homem tão ordinário.

- Sim... Se não fosse pelo Larvitar... Estaria tudo acabado... – Disse Warui sentando num banquinho ao lado de uma máquina, que recuperava todos os seus Pokémon.

*Tlim*. A máquina soltou um pequeno alerta, para avisar que os Pokémon estavam completamente recuperados.

- Está na hora, o que vai fazer? – Perguntou ela, enquanto Warui recolhia as Pokébolas.

- Vou seguir o código de batalha de um treinador,e não irei escapar da batalha. Mas isso só vai ser pior para Tsujo, pois hoje não acordei com vontade de perder. – Disse Warui saindo da pequena sala, que só tinha aquela estranha máquina.

Warui mais uma vez teve a visão daquele campo de batalha bizarro, seus espaços movendo freneticamente com um “click clack”, do outro lado da arena, Tsujo o esperava com quatro Pokébolas nas mãos.


- Vamos logo acabar com isso! Pidgeotto, Butterfree, Larvitar e Flaaffy– Disse Warui jogando as Pokébolas para cima depois de pular na arena.

- Pois que assim seja, preparem-se, Tauros, Eevee, Ursaring e Smeargle! - Tsujo joga suas Pokébolas, e delas saem Pokémon que Warui nunca havia visto antes, sua Pokédex rapidamente apitando.

“Tauros, O Pokémon Touro Selvagem, Uma vez que escolhe seu alvo,ataca de cabeça erguida. É famoso por sua natureza violenta.”

“Eevee, O Pokémon Evolução, Por causa de sua constituição genética irregular, rapidamente muda sua forma devido á uma variedade de causas.

“Smeargle, O Pokémon Pintor, Ele marca seu território usando sua cauda como um pincel. Existem mais de 5,000 marcas diferentes.

“Ursaring, O Pokémon Hibernante, No seu território, ele deixa arranhões em árvores que contém frutas deliciosas.


- Agora... Que comecemos – Disse Tsujo baixando a cabeça. – Vou... Destruí-lo... – Disse ele levantando a cabeça mais uma vez com um sorriso maníaco no rosto.

- Medo... – Disseram Warui e Uchikina juntos, enquanto Tsujo fazia um sinal para Ursaring entrar na arena.

- “Um Pokémon grande como esse terá problemas com um pequeno e ágil como Larvitar...” Larvitar acabe com ele! Rock Throw! – Disse Warui cheio de ímpeto, querendo acabar a batalha antes de ter a chance de testemunhar as habilidades de Tsujo.

- Ursaring... Cross Chop! – Disse Tsujo retornando o seu estado normal e calmo.

Ursaring cruza seus braços e atinge a pedra, reduzindo á pedaços minúsculos que caíram no chão.

- Vai precisar de mais que isso! “Ataques físicos vão ser uma furada, mas preciso continuar tentando." Use Rock Slide! – Disse Warui apontando para o urso com um anel no corpo.

- Ursaring pule para a piscina! – Ordenou Tsujo e rapidamente Ursaring se joga para o espaço de água. – Hidden Power!

Ursaring forma seis esferas de água sobre a sua cabeça que são disparadas em Larvitar, causando um dano feio.

- “Hidden Power... Um movimento cujo tipo e poder depende do Pokémon que usa... Digno de Tsujo, O Imprevisível...” – Pensou Uchikina sabendo que era impossível prever como o Hidden Power de um Pokémon seria.

- “Droga, ele pulou para a piscina para aumentar o poder do Hidden Power... Cyndaquil não vai durar com essa tática.” Larvitar Retorne! Vai Flaaffy! – Com o retorno de Larvitar, Flaaffy surge com muita determinação.

- Focus Blast! – Gritou Tsujo sabendo como era perigoso o fato de que seu Ursaring estava na água durante uma batalha contra um oponente elétrico.

- Não corra Flaaffy! Gire em volta! – Nem Tsujo entendeu o que Warui estava fazendo, em vez de desviar, Flaaffy corria ao redor da esfera gigante azul. – Agora segure-a!

Todos ficaram surpresos, Flaaffy estava acumulando estática dentro da esfera azul para dominar o seu poder. O Focus Blast, agora na mão de Flaaffy, havia se tornado amarelo e faiscava rapidamente.

- Agora Flaaffy! Jogue-a! – Flaaffy atira a esfera amarela contra Ursaring que não tem chance de fugir do ataque.

- Warui... Você transformou um Focus Blast em um Electro Ball?! Incrível! – Disse Uchikina tirando a atenção de Warui.

- Eu fiz isso? Ora... É claro que fiz... Umm... O que é um Electro Ball mesmo? – Disse Warui sem conhecer o ataque que havia usado.

- Electro Ball é um ataque do Tipo Elétrico, e quanto mais rápido o usuário é o do que o alvo, mais poderoso ele se torna. Essa não! Cuidado! – Gritou Uchikina, voltando a atenção de Warui para a batalha.

- Flaaffy não! – Flaaffy havia acabado de receber um terrível Cross Chop, felizmente, sua habilidade Static foi ativada, deixando Ursaring paralisado.

- Há! Você pode ser esses ataques complicados e mais, só que a sorte está comigo sua besta! – Disse Warui zombando da cara de Uchikina.

Mas enquanto Warui dava seu showzinho, Flaaffy passou por ele voando nocauteado depois de um terrível Focus Punch, quando Warui se virou, Ursaring estava curado e coberto por uma aura vermelha.

- Onde foi que eu já vi isso antes? – Disse Warui olhando fixo para os olhos de Ursaring, que não demonstravam nenhum sinal de medo.

- Seu burro! Porquê tinha que se distrair da batalha? Você nem viu quando ele comeu uma Cheri Berry e se recuperou da paralisia! Agora você ativou o Guts dele por nada! – Berrou Uchikina furiosa.

- Então esse é o Guts... Que ironia... A habilidade que me salvou agora se rebela contra mim... Flaaffy, obrigado por aumentar o desafio. A coisa só vai ficar mais interessante agora... – Disse Warui chamando Flaaffy de volta com um olhar confiante. – É com você Pidgeotto!

Tsujo não perde tempo em mandar Ursaring atacar com Cross Chop, mas Pidgeotto era mais rápido do que ele, simplesmente evitando o ataque voando por cima dele, e atacando com Wing Attack ao comando de Warui.

- Temos um ligeirinho aqui... Ursaring pode ir com tudo, Cross Chop mais uma vez! – Dessa vez Ursaring não errou, acertando Pidgeotto rapidamente com seus braços cruzados.

- Mas que macumba braba é essa? – Disse Warui enquanto Pidgeotto retomava voo cambaleando.

- Ehhh... Warui... Acho que eu troquei as habilidades, essa é a Quick Feet, que aumenta a velocidade sob as mesmas condições do Guts, mas é só um detalhe né? – Disse Uchikina se esforçando ao máximo para fazer a cara mais meiga possível.

- Você é um saco e eu te odeio com todas as forças do meu coração. – Disse Warui rapidamente para não tirar o olho da batalha. – “Tenho que me livrar dos outros primeiro!” Pidgeotto Whirlwind! - Gritou Warui, e uma rajada de vento poderosa obriga Ursaring á recuar.

- Ora... Utilizando o Whirlwind para negar o Quick Feet... Audacioso se me permite dizer... Tauros destrua-o! – Disse Tsujo, o sorriso maníaco retornando á sua face.

Warui achava que não valia nem o esforço, Pidgeotto estava em grande vantagem uma vez que Tauros não podia pular ou atacá-lo de nenhuma maneira que ele conseguia imaginar.

- Tão previsível... – Disse Tsujo olhando para a cara confiante de Warui, seu temperamento calmo retornando. – Saiba que nunca venho para uma batalha desprevenido. Use Rain Dance.

Nem Warui ou Uchikina entenderam o significado daquilo, Pidgeotto não era afetado de maneira alguma por aquela chuva, somente serviu para deixar Tauros vulnerável á um Wing Attack na cabeça, e pelo jeito que ele gritou, havia sido um golpe crítico.

- Essa não! Foi um golpe crítico! Isso ativa a habilidade Anger Point do Tauros, maximizando seu ataque! – Disse Uchikina enquanto Tauros tinha um olhar furioso fixo em Pidgeotto.

- Cada dia eu odeio mais essas habilidades... Pidgeotto fique em guarda! – Pidgeotto fica concentrado em Tauros, pronto para qualquer eventualidade.

- Saiba que o Anger Point não é a ideia que eu tinha em mente, você está certo, voando seu Pidgeotto pode evitar a maioria dos ataques físicos de Tauros, ignorando o ataque maximizado, mas agora irei forçá-lo a trocar de Pokémon ou vê-lo caído no chão da arena! Tauros use Thunder!

Tauros fica carregado com eletricidade, seus chifres disparando relâmpagos no céu que derramava gotas de chuva sobre o ginásio, aquele ataque era muito poderoso.

- Warui rápido! Troque de Pokémon! – Alertou Uchikina, antes que Tauros acabasse por usar o ataque.

- Mas os outros ficarão vulneráveis por causa do Anger Point! E Pidgeotto pode evitar o Thunder e atacá-lo como sempre! – Disse Warui tentando argumentar, enquanto Tauros mostrava estar quase pronto para disparar o ataque.

- Me escuta! NENHUM Pokémon jamais escapou do Thunder durante o Rain Dance! Se você não trocar logo, ele será nocauteado ou até coisa pior!

- O quê?! - Gritou Warui, enquanto Tauros se levantava sobre as duas pernas e mugia, com seu corpo faiscando com eletricidade.

Warui rapidamente pegou a Pokébola de Pidgeotto e ativou o comando de recuo, e enquanto um pequeno laser vermelho saía do botão da bola, Tauros lançou um relâmpago poderosíssimo contra Pidgeotto. O tempo pareceu parar, enquanto ambas as energias moviam-se em direção ao Pokémon Pombo.
Apesar de a Pokébola ter chamado Pidgeotto rapidamente, não foi rápida o suficiente para impedir um estrago enorme, felizmente, ele ainda estava bem.

- Ho! Essa foi por muito pouco não acha meu amigo? – Disse Tsujo, enquanto a chuva subitamente parou.

- Você não escapará impune seu touro desgraçado! Larvitar vai! – Disse Warui jogando a Pokébola, de onde surge Larvitar pronto para a ação.

- Você pirou?! Larvitar é muito pequeno para aguentar os poderes de Tauros! E ele ainda tem os efeitos do Anger Point! – Reclamou Uchikina fazendo Warui fechar o punho.

- Guria... É sério, ninguém te chamou aqui, você tá assistindo a batalha porque quer, mas se vai ficar, quero que você $%@&-SE e deixe-me lutar minhas batalhas! Larvitar Rock Throw! – Larvitar atira um pedregulho de tamanho considerável na cabeça de Tauros, que agoniza em dor sentindo o olho ferido.

- Tauros não! Vingue-se com Horn Attack! – Tauros avança com sua cabeça inclinada para baixo, pronto para acertar Larvitar com seus chifres.

- Sabe... – Disse Warui colocando as mãos nos bolsos. – Muita gente não sabe, mas se você mirar sempre no ponto mais fraco do oponente, o ataque será crítico quase sempre...

Tauros estava á um metro de Larvitar, mas subitamente, seu espaço move-se, fazendo o touro escorregar.

- Não vai me pegar na minha própria arena! Earthquake! – Gritou Tsujo, e Tauros se joga de verdade no chão para criar um tremor.

- Larvitar pule! – Larvitar obedece, evitando os danos causados pelo terremoto. – Você tem razão, não se deve vir para uma batalha desprevenido... Por isso tratei de visitar um cara conhecido como “Move Tutor” para aprimorar minha equipe. Agora Larvitar! Acabe com Superpower!

Larvitar acaba com golpes poderosos direcionados na cabeça de Tauros, o touro agoniza gritando em dor á cada um dele, até que por fim caiu... Nocauteado.

- Impressionante, nunca vi um Pokémon tão pequeno sobreviver ao Tauros depois que a Anger Point foi ativada. Tenho que te dar uns créditos por isso! Veremos se consegue repetir a façanha. Vai Ursaring! – Dessa vez o sorriso sádico surgiu junto de uma leve gargalhada.

- Heh! Não subestime esse pequenino! Ele pode derrotar oponentes muito maiores do que esse seu ursinho de pelúcia. – Disse Warui confiante ao ponto de desafiar.

- Veremos então, Ursaring Hammer Arm! – Larvitar queria muito ter desviado do ataque, porque sentiu uma dor terrível quando o braço de Ursaring esmagou suas costas.

- Larvitar! Você vai agonizar de dor depois dessa. Saiba que Superpower não é a única surpresa que Larvitar tem! Mud-slap! – Disse Warui, e Larvitar rapidamente se levanta e joga lama nos olhos de Ursaring.

Ursaring não gostou de ter sua visão ferida, pois saiu gritando e pisando forte por onde andava, apesar de estar preocupado, Tsujo começou á rir de uma maneira bizarra.

- Ele está... Rindo ? Que tipo de treinador doentio é você? – Disse Warui enquanto Tsujo ria com a cabeça levantada.

- Me mostre mais... Ataque com todo o seu poder!!! - Tsujo mostra um sorriso enorme, fazendo seus pequenos óculos cairem no chão, Warui estava apavorado ao ver a aparência daquele homem.

- Larvitar Rock Slide! – Um desmoronamento de pedras é lançado contra Ursaring, fazendo-o cair no chão, nocauteado também.

- Kukukuku... Estamos quase lá minha querida... Vamos lá Smeargle! – Enquanto Ursaring voltava para sua Pokébola, o Pokémon Pintor surgiu para o combate, Warui não quis se arriscar e chamou Butterfree.

O sol começou á arder na pele de Warui, mas depois daquela chuva, ele não se importava muito, sem falar que iria dar certa vantagem para ele.

- Butterfree Solarbeam! – Devido ao forte sol que surgiu, Butterfree conseguiu usar o ataque instantaneamente, disparando um raio branco e poderoso contra Smeargle.

- Desvie e use Sketch! – Smeargle dá um pulo para a direita, fazendo o Solarbeam acertar um espaço cheio de água, que espirrou para todo lado, logo, ele faz movimentos com a sua cauda como se estivesse desenhando.

- Que droga que ataque é esse? O que você fez? – Disse Warui começando á se irritar.

- Warui! Esse é o movimento especial do Smeargle, Sketch! Ele copiou o Solarbeam permanentemente! – Disse Uchikina, e enquanto Warui estava virado, pode ouvir Tsujo gritando o comando do ataque.

- Devolva o ataque Butterfree! – Gritou Warui quase que automaticamente.

Butterfree também lança o poderoso raio branco, e os dois se chocam, causando uma onda de energia percorrer a arena, tão poderosa, que os espaços enlouqueceram e começaram á se mover em uma velocidade frenética, ambos precisavam se mover para manter os ataques colidindo.

- Pense em outra coisa Warui! Butterfree vai perder! – Disse Uchikina enquanto via que o raio branco de Butterfree começava á rachar.

- Já pensei nisso! Butterfree solte e use Sleep Powder! – Butterfree larga o seu ataque, e o Solarbeam de Smeargle faz um buraco nas folhas de uma árvore.

Enquanto Butterfree espalhava um pó azul e esquisito, Smeargle ficava cada vez mais sonolento, até que finalmente caiu, sua cauda-pincel, espalhando um pouco de tinta verde, por fim, um último Solarbeam o derrotou seguido de uma explosão.

- Parece que... He he... Terei que chamá-lo de volta... He he... Kuku... – Disse Tsujo fazendo Warui dar um pulo para trás de medo.

Enquanto recolhia seu Pokémon, Tsujo não parava de se contorcer e ter tiques incríveis nos olhos, Warui sentia como se ele tivesse numa espécie de transformação esquisita, suas órbitas remexiam para lados aleatórios.

- BWAHAHAHAHAHAHAHA! – Tsujo não consegue mais se segurar, sua gargalhada maníaca enchendo o coração de Warui com medo, ao longe, ele viu Gaki espiando por uma porta, seu olhar era de apreensão.

- “Não sei se Warui estará pronto para isso... Tsujo... O Grande Líder do Ginásio de Goldenrod... Ele não passa de um sádico...” – Pensou Uchikina enquanto Tsujo gargalhava com sua cabeça para cima e os braços abertos.

Continua...

Tsujo tem somente sua Eevee para lutar, enquanto Warui ainda tem Butterfree, Larvitar e Pidgeotto prontos para o combate, mas o sádico Tsujo começa á demonstrar o porquê é chamado de O Imprevisível... Capítulo Vinte e Sete: Warui Vs Tsujo, O Líder da Estratégia Errática Parte Final
avatar
DarkDialga
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 09/10/2009

Frase pessoal : [Insira uma Frase Pessoal Aqui]


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por DarkZoroark em Qui 3 Maio 2012 - 22:27

Olá Dark Dialga
Ótimo capítulo (não comentei mais cedo por preguiça msm). Gostei bastante da batalha (embora ainda não tenha me acostumado com a Uchikina sendo inteligente ^^'). O Tsujo até que é bem forte, quase tanto quanto psicopata. Por que eu estou achando que esse Eevee é mais do que aparenta...
Quanto aos erros, não encontrei nenhum e a descrição ficou menos confusa do que no último cap, voltando à original de sua fanfic.
Bom, é isso. Aguardo seu próximo capítulo.

@ Pepe Akemi Says: Fan Fic inativa por mais de um mês, logo que isso acontece ele é trancado, caso queria reabri-lo só mandar uma Mp a qualquer Fan Fic Moderador. Trancado.
avatar
DarkZoroark
Membro
Membro

Masculino Idade : 21
Alerta Alerta :
0 / 100 / 10

Data de inscrição : 11/04/2011

Frase pessoal : Let's Play!


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon: The Dark Ways...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum